O natal em portugal

6,066 views

Published on

Powerpoint com informações sobre a celebração do Natal em Portugal, tradições portuguesas e gastronomia típica segundo a região.

DICA: neste powerpoint, depois de ler em conjunto o nome das comidas, perguntar aos alunos se, através das imagens, as conseguem identificar;

Published in: Education
0 Comments
4 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
6,066
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
23
Actions
Shares
0
Downloads
167
Comments
0
Likes
4
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

O natal em portugal

  1. 1. O Natalem Portugal
  2. 2. Músicas de NatalMúsicas de Natal“A todos um bom natal”“Pinheirinho”“Natal de Elvas”
  3. 3. Por que é que se celebra o Natal?No Natal, dia 25 deDezembro, celebra-se oaniversário donascimento de JesusCristo.Esta é uma das festascatólicas maisimportantes daactualidade.
  4. 4. O Pai Natal e as RenasA origem do Pai Natal é muito antiga. Nos paísesnórdicos, era costume alguém vestir-se com pelese representar o "Inverno", visitando as casas ondelhe ofereciam de beber e de comer, pois, se otratassem bem, iriam ter sorte. Mais tarde, essePai Natal foi associado a São Nicolau.Só no século XIX é que surgiu uma imagemdefinida do Pai Natal: o norte-americano ClementMoore, em 1822, escreveu o poema "Uma Visitade São Nicolau", em que o descrevia empormenor e, desde então, tem sido essa a imagemutilizada: um velhote gordinho e alegre, que sedesloca num trenó puxado por oito renas e queentra em casa pela chaminé.A cor dos trajos: Por volta de 1930, a Coca-Colacontratou um publicitário para criar a campanha deInverno. Deste modo, o encarnado e o branco, queeram as cores da empresa, ficaram associadas àfigura do Pai Natal.
  5. 5. O PresépioO presépio é a representaçãoartística do nascimento doMenino Jesus num estábulo,acompanhado pela VirgemMaria, S. José, uma vaca e umburro. Muitas vezesacrescentam-se outras figuras,como os Reis Magos, pastores,ovelhas, anjos, etc.Os presépios são expostos nãosó em Igrejas, como também emcasas particulares e até mesmoem muitos locais públicos.
  6. 6. A árvore de NatalA tradição de ter em casa aÁrvore de Natal decoradacomeçou na Alemanha, noséculo XVI, e foi passando paraoutros países.Em Portugal, dá-se maissignificado a ter o presépio doque a árvore de Natal.A estrela de Belém: segundoa tradição,esta estrela guiou osReis Magos desde o Orienteaté ao local onde Jesusnasceu, para que estespudessem presenteá-Lo comouro, incenso e mirra.
  7. 7. Os PresentesOs PresentesNo Natal, é normal oferecerem-se presentes aos familiares eamigos e, em Portugal, estes abrem-se à meia-noite, no dia25 de Dezembro.Há quem considere que a tradição da entrega de presentes noNatal surgiu graças à lembrança da entrega de presentes aoMenino Jesus pelos Reis Magos.
  8. 8. Tradições portuguesasDia 24 de Dezembro:Consoada ou Ceia de Natal: o jantar de Natal.Missa do Galo: para as famílias católicas. É amissa que se celebra na noite de Natal (àmeia-noite) e o seu nome vem de uma fábulaque diz que foi este animal o primeiro apresenciar o nascimento de Jesus, ficandoencarregado de o anunciar ao mundo.Dia 25 de Dezembro:Almoço e jantar, em que são servidas as“roupas-velhas”.
  9. 9. O que se comeO que se comeAlgarve:●Perú recheado;●Carne de porco fritacom amêijoas eberbigões;●Empanadilhas;●Broas de milho;●Rabanadas;●Filhós
  10. 10. Alentejo:●Bacalhau cozido comcouve;●Perú recheado comcarne e enchidos;●Azevias de grão oubatata-doce;●Coscorões;●Carolo;
  11. 11. Extremadura:●Bacalhau cozido combatatas e couves(Consoada);●Cabrito assado combatatinhas (dia 25);●Broas;●Aletria;●Fatias douradas;●Azevias;●Filhós.
  12. 12. Beiras:●Bacalhau cozido combatatas e couves(Consoada);●Cabrito assado combatatinhas (dia 25);●Rabanadas;●Sonhos;●Filhós do joelho;●Bolo torto.
  13. 13. Trás-os-Montes e AltoDouro:●Polvo e bacalhau,servidos com batatas ecouve;●Canja de galinha (dia25);●Perú, leitão, borrego ouporco assado (dia 25)●Passas e frutos secos;●Migas doces;●Filhós de Jerimum;
  14. 14. Entre o Douro eMinho:●Polvo e bacalhauservidos com batatas ecouve;●Perú assado recheadocom creme decastanhas;●Mexidos de leite ouvinho;●Aletria;●Rabanadas;
  15. 15. Açores:●Canja de galinha;●Galinha assada ouguisada;●Rabanadas;●Bolos secos;●Arroz doce;●Suspiros;●Rosquilhas deaguardente;●Licores de tanjerina eanis.
  16. 16. Madeira:●Espetadas (dia 24);●Carne em vinha-e-alhos (dia 25);●Canja de galinha (dia25);●Licores;●Bolo de mel;●Bolo de noz;●Bolo de abóbora.
  17. 17. Bolo ReieBolo RainhaBolo Rei:Bolo Rei:Reza a lenda que este doceReza a lenda que este docerepresenta os presentesrepresenta os presentesoferecidos pelos Reis Magosoferecidos pelos Reis Magosao Menino Jesus aquando doao Menino Jesus aquando doseu nascimento. A côdeaseu nascimento. A côdeasimboliza o ouro, as frutassimboliza o ouro, as frutassecas e cristalizadas a mirra,secas e cristalizadas a mirra,e o aroma do bolo o incenso.e o aroma do bolo o incenso.
  18. 18. Músicas de Natal“A Todos Um Bom Natal”“Pinheirinho”RefrãoA todos um Bom NatalA todos um Bom NatalQue seja um Bom Natal, para todos vósQue seja um Bom Natal, para todos vósNo Natal pela manhãOuvem-se os sinos tocarE há uma grande alegria, no arRefrãoA todos um Bom NatalA todos um Bom NatalQue seja um Bom Natal, para todos vósQue seja um Bom Natal, para todos vósNesta manhã de NatalHá em todos os paísesMuitos milhões de meninos, felizesRefrãoA todos um Bom NatalA todos um Bom NatalQue seja um Bom Natal, para todos vósQue seja um Bom Natal, para todos vósVão aos saltos pela casaDescalças ou com chinelosProcurar suas prendas, tão belasRefrãoA todos um Bom NatalA todos um Bom NatalQue seja um Bom Natal, para todos vósQue seja um Bom Natal, para todos vósDepois há danças de rodaAs crianças dão as mãosNo Natal todos se sentem irmãosRefrãoA todos um Bom NatalA todos um Bom NatalQue seja um Bom Natal, para todos vósQue seja um Bom Natal, para todos vósSe isto fosse verdadePara todos os MeninosEra bom ouvir os sinos tocar.RefrãoA todos um Bom NatalA todos um Bom NatalQue seja um Bom Natal, para todos vósQue seja um Bom Natal, para todos vósPinheirinho, pinheirinhoDe ramos verdinhosPra enfeitar, pra enfeitarBolas, bonequinhos.Pinheirinho, pinheirinhoDe ramos verdinhosPra enfeitar, pra enfeitarBolas, bonequinhos.Uma bola aquiOutra acoláLuzinhas que trememQue lindo que está.Olha o Pai NatalDe barbas branquinhasTraz o saco cheioDe lindas prendinhas.Pinheirinho, pinheirinhoDe ramos verdinhosPra enfeitar, pra enfeitarBolas, bonequinhos.Pinheirinho, pinheirinhoDe ramos verdinhosPra enfeitar, pra enfeitarBolas, bonequinhos. (até ao fim)
  19. 19. “Natal de Elvas”Estas palavras disse a VirgemAi quando nasceu o MeninoAi vinde cá meu anjo loiroMeu sacramento divinoRefrãoOlhei para o céu, estava estreladoVi o Deus Menino em palhas deitado.Em palhas deitado, em palhas estendido,Filho duma rosa, dum cravo nascido!Arre, burrito, vamos a BelémVer o Deus Menino que a senhora tem;Que a senhora tem, que a senhora adora.Arre, burrito, vamo-nos emboraEu hei-de dar ao MeninoUma fitinha pró chapéuE ele também me há-de darUm lugarzinho no céu.RefrãoOlhei para o céu, estava estreladoVi o Deus Menino em palhas deitado.Em palhas deitado, em palhas estendido,Filho duma rosa, dum cravo nascido!Arre, burrito, vamos a BelémVer o Deus Menino que a senhora tem;Que a senhora tem, que a senhora adora.Arre, burrito, vamo-nos emboraNo seio da virgem MariaEncarnou a divina graça;Entrou e saiu por elaComo o sol pela vidraça.RefrãoOlhei para o céu, estava estreladoVi o Deus Menino em palhas deitado.Em palhas deitado, em palhas estendido,Filho duma rosa, dum cravo nascido!Arre, burrito, vamos a BelémVer o Deus Menino que a senhora tem;Que a senhora tem, que a senhora adora.Arre, burrito, vamo-nos embora

×