1  Técnicas de obtenção denanocompósitos poliméricos           Profa. Dra. Laura Berasain Gonella (UCS)  Equipe Executora:...
2      Compósitos Versus Nanocompósitos  Compósitos convencionais      materiais heterogêneos      carga de 20- 40 % g ...
3         Vantagens Nanocompósitos Materiais mais leves com       melhores propriedades  mecânicas, alta resistência   té...
4           Vantagens Nanocompósitos Materiais anti-chama e com alta estabilidade térmica                  Indústria de f...
5               Tipos de nanocargas         Partículas esféricas             Exemplos: sílica, óxido de titânio, alumina ...
6                        Morfologia dos nanocompósitos                                                                    ...
7      Caracterização dos nanocompósitosAnálise Morfológica       Difração de raio-X (DRX)       Microscopia eletrônica...
8              Estrutura da montimorilonita  Tetraédrica SiO2Octaédrica Al2O3                                             ...
9                Estrutura das argilas MMT                        MMTNa+             d=1,32 nm                    -    CH2...
10                 Análise Morfológica por DRX das MMT                                                      2 = 2,75°    ...
11                 Análise Morfológica por MEV das MMT                                                                    ...
12   Análise da composição química da MMTNa+ (EDS)                                          AluminosilicatosFonte: Dados e...
13  Análise da composição química da MMT-(EtOH)2M1T1N+ (EDS)                           Presença de carbono: grupo graxoFon...
14    Condições para obtenção dos nanocompósitos     Interação argila/polímero                 - estrutura orgânica do mo...
15                  Nanocompósitos comerciais     Bayer AG fabrica embalagens a base de nanocompósitos     de nylon 6 com...
16              Nanocompósitos comerciais  Honeywell fabrica garrafas              com   multicamadas    de  PET/Nanocomp...
17               Nanocompósitos comerciais  GM fabrica estribo (nanocompósito de poliolefinas) de um  modelo van.Fonte:GM...
18               Nanocompósitos comerciais  GM fabrica partes dos carros com redução de 7% do peso,  estabilidade dimensi...
19Técnicas de obtenção de nanocompósitos              poliméricosMétodo de polimerização in situMétodo de intercalação e...
20                                        Polimerização in situ                                                           ...
21                Polimerização in situNanocompósito  intercaladoNanocompósito  esfoliado                               Al...
22  Nanocompósitos obtidos por Polimerização in situ  Toyota Motor Company – patente da obtenção do nanocompósito de nylo...
23    Nanocompósitos obtidos por Polimerização in situ   Nanocompósitos de polietileno (PE) com montimorilonitas  modific...
24    Nanocompósitos obtidos por Polimerização in situ   Patente WO 047598: preparação de Nanocompósitos de  poliolefinas...
25                                 Intercalação em solução                                                            EVAP...
26             Nanocompósitos obtidos por Intercalação                                               em solução   Nanocom...
27             Nanocompósitos obtidos por Intercalação                                              em solução   Nanocomp...
28  Intercalação no estado fundido                    + POLÍMERO                                  FATORES         QUE    ...
29                         Intercalação no estado fundido                                                                 ...
30Variáveis do Processamento por Intercalação no estado fundido                                          rosca            ...
31 Variáveis do Processamento por Intercalação no estado fundido                                                          ...
32     Nanocompósitos obtidos por Intercalação no estado                         fundido   Nanocompósito de poliamida 6 c...
33                 Mecanismo de dispersão da nanocarga durante o                Processamento por Intercalação no estado f...
34       Nanocompósitos obtidos por Intercalação no estado                           fundido    Nanocompósitos de polipro...
35  Nanocompósitos obtidos por Intercalação no estado                      fundido Projeto UCS/UFRGS: Nanocompósitos de P...
36 Nanocompósitos obtidos por Intercalação no estado                     fundido Projeto Tintas/UCS: Nanocompósitos de re...
37Muito obrigada pela atenção!
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Técnicas de obtenção de nanocompósitos poliméricos

4,153

Published on

Palestra realizada no dia 23 de março de 2011 na UCS, com um público de 45 pessoas (estudantes e profissionais), com apoio do Instituto Nacional de Engenharia de Superfícies.

1 Comment
1 Like
Statistics
Notes
  • de Colombia que buena informacion lastima que no se pueda traducir a cualquier idioma
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
No Downloads
Views
Total Views
4,153
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
186
Comments
1
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Técnicas de obtenção de nanocompósitos poliméricos

  1. 1. 1 Técnicas de obtenção denanocompósitos poliméricos Profa. Dra. Laura Berasain Gonella (UCS) Equipe Executora: Profa.Dra. Janaina da Silva Crespo (UCS) Profa.Dra. Raquel S. Mauler (UFRGS) Msc. Larissa N. Carli (UFRGS) Profa. Dra. Giovanna Machado (CETENE-PE) Prof. Msc. Glaúcio A. Carvalho (UCS)
  2. 2. 2 Compósitos Versus Nanocompósitos  Compósitos convencionais materiais heterogêneos carga de 20- 40 % g (fibra de vidro) melhorar as propriedades partículas dispersas na matriz (10-6m) mecânicas  Nanocompósitos carga de 2 - 5 % g (Exemplo: montmorilonita - aluminosilicatos) partículas com uma das dimensões na ordem de 10-9m c =100 - 500 nm r = c/e e~1 nmRazão de aspecto (r)grande: permite a adição  área superficial: interage maisde menos carga com o polímeroFonte: Adaptado - Ray, S. S.; Okamoto. Prog. Polym. Sci., v. 28, p. 1539-1641, 2003.
  3. 3. 3 Vantagens Nanocompósitos Materiais mais leves com melhores propriedades mecânicas, alta resistência térmica e estabilidade dimensional Indústria automobilística Redução do peso: Menor consumo de combustível Reciclagem
  4. 4. 4 Vantagens Nanocompósitos Materiais anti-chama e com alta estabilidade térmica Indústria de fios elétricos Melhora das propriedades de barreira a gases e transparência Indústria de embalagens
  5. 5. 5 Tipos de nanocargas  Partículas esféricas Exemplos: sílica, óxido de titânio, alumina  Fibras e nanotubos Exemplo: Nanotubos de carbono  Estrutura em camadas Exemplo: Argila montmorilonita (MMT)Fontes: - Fornes, T.D.; Paul, D.R. Polymer, v.13, n° 4, p. 212-217, 2003. - Bousmina, M. ; Congresso PPS 2004 Americas Regional Meeting - Novembro 2004.
  6. 6. 6 Morfologia dos nanocompósitos - d = 8 -10 nm -Perda de prop. mecânicas e melhoria nas prop. de barreira- d = 2 - 3 nm -Embalagens (alimentos,- Melhora nas prop. médicas, cosméticos)mecânicas- Peças automotivas- Retardante de chama Fontes: - Fornes, T.D.; Paul, Polymer, v.13, n° 4, p. 212-217, 2003. - Bousmina, M. ; Congresso PPS 2004 Americas Regional Meeting - Novembro 2004.
  7. 7. 7 Caracterização dos nanocompósitosAnálise Morfológica Difração de raio-X (DRX) Microscopia eletrônica de transmissão (MET) Microscopia de força atômica (AFM)
  8. 8. 8 Estrutura da montimorilonita Tetraédrica SiO2Octaédrica Al2O3 1 nmTetraédrica SiO2 0.98 nm  MMT: íons de sódio e cálcio: não tem interação com o polímero orgânico Modificação orgânica com sal de amônio: promove a interação com o polímero Fonte: Adaptado - Ray, S. S.; Okamoto. Prog. Polym. Sci., v. 28, p. 1539-1641, 2003.
  9. 9. 9 Estrutura das argilas MMT MMTNa+ d=1,32 nm - CH2CH2OH Cl (EtOH)2M1T1N+ + EtOH = hidróxi etilCLOISITE® 30B T N CH3 M = metil 90 meq/100g argila T = graxo CH2CH2OH d=1,85nm HT = graxo hidrogenado Cl- CH3CLOISITE ®15A M2(HT)2N+ HT N CH3 125 meq/100g argila d=3,23 nm HT Fonte: Adaptado www.nanoclay.com
  10. 10. 10 Análise Morfológica por DRX das MMT 2 = 2,75° MMTNa+: d = 1,32 nm + MMT-M2(HT)2N MMT-(EtOH)2M1T1N+: d = 1,89 nm 2 = 4,75° Intensidade(cps) 2 = 6,9° MMT-(EtOH) M T N + MMTNa+ não modificada 2 1 1 MMT-M2(HT)2N+: d = 3,54 nm 2 = 6,8° d = 1,31 nm MMTNa+ 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 2(graus)Fonte: Dados experimentais do Doutorado de Laura Gonella, 2007.
  11. 11. 11 Análise Morfológica por MEV das MMT Aumento da distância entre as galerias 2 m 2 m Área elevada MMTNa+ MMT-(EtOH)2M1T1N+ espessura baixaFonte: Dados experimentais do Doutorado de Laura Gonella, 2007.
  12. 12. 12 Análise da composição química da MMTNa+ (EDS) AluminosilicatosFonte: Dados experimentais do Doutorado de Laura Gonella, 2007.
  13. 13. 13 Análise da composição química da MMT-(EtOH)2M1T1N+ (EDS) Presença de carbono: grupo graxoFonte: Dados experimentais do Doutorado de Laura Gonella, 2007.
  14. 14. 14 Condições para obtenção dos nanocompósitos Interação argila/polímero - estrutura orgânica do modificador - concentração do modificador % g de argila boa dispersão da argila na matriz poliméricaFonte: - Ray, S. S.; Okamoto. Prog. Polym. Sci., v. 28, p. 1539-1641, 2003.
  15. 15. 15 Nanocompósitos comerciais Bayer AG fabrica embalagens a base de nanocompósitos de nylon 6 com argila modificada organicamente.• espessura de cada folha <  da luz  área superficial das camadas: dificulta a• orientação preferencial das folhas: não difusão dos gasesrefletem e nem desviam a luz: transparência Fonte: www.bayer.com
  16. 16. 16 Nanocompósitos comerciais Honeywell fabrica garrafas com multicamadas de PET/Nanocompósito de PA/PET. • Barreira à gases • Boa adesão entre PET e PAFonte: www.honeywell.com
  17. 17. 17 Nanocompósitos comerciais GM fabrica estribo (nanocompósito de poliolefinas) de um modelo van.Fonte:GM- Nanocomposites 2004 e Plastic Technology – October 2001
  18. 18. 18 Nanocompósitos comerciais GM fabrica partes dos carros com redução de 7% do peso, estabilidade dimensional com alterações de temperatura.Fonte:GM- Nanocomposites 2004 e GM- website 2005.
  19. 19. 19Técnicas de obtenção de nanocompósitos poliméricosMétodo de polimerização in situMétodo de intercalação em soluçãoMétodo de intercalação no estado fundido
  20. 20. 20 Polimerização in situ  Há a formação do polímero entre as camadas + INICIADOR da argila  Favorece a esfoliação das camadas da MMT na matriz polimérica ReatorFonte: - Ray, S. S.; Okamoto. Prog. Polym. Sci., v. 28, p. 1539-1641, 2003.
  21. 21. 21 Polimerização in situNanocompósito intercaladoNanocompósito esfoliado Alto grau de esfoliação
  22. 22. 22 Nanocompósitos obtidos por Polimerização in situ  Toyota Motor Company – patente da obtenção do nanocompósito de nylon 6 com 4 % g de montimorilonita (nanocompósito esfoliado); Nanocompósito em relação ao PA 6 puro apresentou melhores: Propriedades térmicas Propriedades mecânicas Propriedades de barreiraFontes: - Ray, S. S.; Okamoto. Prog. Polym. Sci., v. 28, p. 1539-1641, 2003. - Cho, J. W; Paul, D. R. Polymer, v. 42, p. 1083-1094, 2001.
  23. 23. 23 Nanocompósitos obtidos por Polimerização in situ  Nanocompósitos de polietileno (PE) com montimorilonitas modificadas organicamente apresentaram:  Morfologia esfoliada  Aumento de 30 % do módulo Young comparado com o PE puroFontes:- Zapata, P. e colaboradores. J. Chil. Chem. Soc, v. 53, 2008. - Du, K. e colaboradores. Macromol Rapid Commun., v. 28, p. 2294, 2007.
  24. 24. 24 Nanocompósitos obtidos por Polimerização in situ  Patente WO 047598: preparação de Nanocompósitos de poliolefinas ou poliestireno (PS) com argila natural: Modificação da argila natural com íons alquil amônio; Argila organofílica: resultam em nanocompósitos com valores de resistência na ruptura superiores em relação as poliolefinas convencionais.Fonte:- Alexandre, M. e colaboradores. Patent, WO 047598, 1999.
  25. 25. 25 Intercalação em solução EVAPORAÇÃO DO SOLVENTE Alto grau de intercalação + POLÍMERO + SOLVENTE Solvente PRECIPITAÇÃO DO POLÍMEROSolúvel com o polímeroInteração com ananocarga: dispersãoFonte: - Ray, S. S.; Okamoto. Prog. Polym. Sci., v. 28, p. 1539-1641, 2003.
  26. 26. 26 Nanocompósitos obtidos por Intercalação em solução  Nanocompósito de SBS com MMT modificada organicamente:  Solvente Tolueno: dispersão da argila no SBS  Solvente Etanol: Precipitação do SBS  Morfologia intercalada  Ganho no módulo  Estabilidade do alongamentoFonte:- Liao, M. e colaboradores. Journal of Apllied Polym. Science, v.92, p. 3430, 2004.
  27. 27. 27 Nanocompósitos obtidos por Intercalação em solução  Nanocompósito de SBR com MMT modificada organicamente:  Solvente Tolueno  Morfologia intercaladaFonte:- Ganter, M. e colaboradores. Gumni Kunstst, v.54, p. 166, 2001.
  28. 28. 28 Intercalação no estado fundido + POLÍMERO FATORES QUE INFLUENCIAM NO PROCESSAMENTO Compatibilidade química nanocarga/polímero  Alto/baixo cissalhamento: pode promover a dispersão da nanocarga no polímero: degradação do polímeroCâmara de mistura Fonte: - Ray, S. S.; Okamoto. Prog. Polym. Sci., v. 28, p. 1539-1641, 2003.
  29. 29. 29 Intercalação no estado fundido Dispersão da nanocarga:Compatibilidade química nanocarga/polímero  Granulometrias similares promove + POLÍMERO melhora na homogeneização na mistura ExtrusoraFontes: - Ray, S. S.; Okamoto. Prog. Polym. Sci., v. 28, p. 1539-1641, 2003. - Cho, J. W; Paul, D. R. Polymer, v. 42, p. 1083-1094, 2001.
  30. 30. 30Variáveis do Processamento por Intercalação no estado fundido rosca funil matriz canhão Motor Motor TIPOS DE ROSCA Monorosca: diminui a homogeneização e a dispersão da nanocarga na matriz polimérica Dupla rosca: promove a melhora na homogeneização dos materiais/dispersão Dupla rosca Monorosca
  31. 31. 31 Variáveis do Processamento por Intercalação no estado fundido rosca funil matriz canhão Motor Motor VELOCIDADE DE ROTAÇÃO Pode BAIXA: maior tempo de residência→ melhora na homogeneização/dispersão da nanocarga promover a degradação  ALTA: alto cissalhamento → promove a melhora na homogeneização/dispersão da nanocarga do polímeroFontes: - Dennis, H.R. e colaboradores. Polymer, v.42, p. 9513, 2001. - Peltola, P. e colaboradores. Polymer Engineering and Science, v.46, p. 995, 2006.
  32. 32. 32 Nanocompósitos obtidos por Intercalação no estado fundido  Nanocompósito de poliamida 6 com MMT modificadas organicamente:  Alta Afinidade nanocarga/polímero: facilidade de ocorrer a esfoliação  Baixa Afinidade nanocarga/polímero: forte interação entre as camadas da argila, no qual o cissalhamento somente separa as partículas em tactóides Separação das camadasFonte:- Dennis, H.R. e colaboradores. Polymer, v.42, p. 9513, 2001.
  33. 33. 33 Mecanismo de dispersão da nanocarga durante o Processamento por Intercalação no estado fundido Afinidade nanocarga/polímero baixa INTERAÇÃO FORTE ENTRE AS CAMADAS DA ARGILA DISTÂNCIA PEQUENA CISSALHAMENTO Separação das camadasFontes:- Dennis, H.R. e colaboradores. Polymer, v.42, p. 9513, 2001. - Bousmina, M. Macromolecules, v. 39, p. 4259, 2006. - Yoshida, O e colaboradores. Journal of Polymer Enginnering, v.26, p. 916, 2006.
  34. 34. 34 Nanocompósitos obtidos por Intercalação no estado fundido  Nanocompósitos de polipropileno (PP) com MMT modificadas organicamente com agente de compatibilização (PP-g-MA):  Morfologia intercalada: melhor dispersão da MMT  Propriedades mecânicas melhores comparadas com os nanocompósitos não compatibilizados IntercalaçãoFontes: - Lopez- Quintanilla, M.L. e colaboradores. Journal of Applied Polymer Science, p. 4748, 2006. - Peltola, P. e colaboradores. Polymer Engineering and Science, v.46, p. 995, 2006. - vermogen, A. e colaboradores. Macromolecules, v. 38, p. 9661, 2005.
  35. 35. 35 Nanocompósitos obtidos por Intercalação no estado fundido Projeto UCS/UFRGS: Nanocompósitos de PHBV com MMTmodificada organicamente (Cloisite 30B):  3% MMT (Morfologia intercalada/aglomerados/esfoliada): maior Estabilidade térmica comparada com 5 % MMT (intercalada/esfoliada/aglomerados) PROPRIEDADES MECÂNICAS SUPERIORES PARA NANOCOMPÓSITO COM 5 % MMTMaior grau de esfoliação Maior grau de Fonte: Dados experimentais do intercalação/aglomerados Doutorado de Larissa Carli, 2011.
  36. 36. 36 Nanocompósitos obtidos por Intercalação no estado fundido Projeto Tintas/UCS: Nanocompósitos de resina epóxi com4% g de MMT modificada organicamente (Cloisite 30B):  Morfologia esfoliada: aumento de 10% da propriedade de barreira comparado com a resina epóxi pura (após 504 h de exposição névoa salina). Esfoliação Fonte: Dados experimentais do Mestrado de Diego Piazza, 2011.
  37. 37. 37Muito obrigada pela atenção!
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×