Antes e depois da 	   	           	 					        cibercultura<br />Elaine Paes da Silva<br />Emmili Cristini Aniceto da Si...
		Iniciando por volta da década de 40, a EAD promovia acesso ao conhecimento à segmentos sociais menos favorecidos.<br />	...
		Com a chegada das fitas e vídeos cassetes a EAD incorporou estes dispositivos como complemento ao rádio e ao material im...
		Antes os alunos da EAD contava eventualmente com algum tipo de interação com a equipe de formação, porém essas interaçõe...
 	A cibercultura trouxe inúmeras possibilidades para se repensar as hegemônicas práticas de Educação a Distância.<br />
	Com a chegada da internet começou a se pensar em desenhos didáticos que contemplasse processos interativos entre formando...
Com a segunda geração da Internet,<br /> a chamada WEB 2.0, <br />é que a cibercultura se consolida.<br />
A cibercultura, ao conjugar texto, áudio, imagem, animação e vídeo, assume uma natureza hipermidiática, que potencializa a...
		Através da cibercultura o usuário torna-se produtor e desenvolvedor de conteúdo e não somente um receptor de mensagem. C...
		Sendo assim, as características coautorais dos dispositivos e interfaces da iberculturaoportunizam a vivência plena da d...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Antes e depois da cibercultura

430 views
356 views

Published on

trabalho realizada através da proposta da disciplina Educação a Distancia do curso de pedagogia da UERJ pelo consorcio CEDERJ

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
430
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
5
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Antes e depois da cibercultura

  1. 1. Antes e depois da cibercultura<br />Elaine Paes da Silva<br />Emmili Cristini Aniceto da Silva<br />Mônica da Silva Souza<br />
  2. 2. Iniciando por volta da década de 40, a EAD promovia acesso ao conhecimento à segmentos sociais menos favorecidos.<br /> E tinha como principal difusor o rádio.<br />
  3. 3. Com a chegada das fitas e vídeos cassetes a EAD incorporou estes dispositivos como complemento ao rádio e ao material impresso. Anos mais tarde o CD e o DVD vieram cumprir as suas funções.<br /> Como a EAD era pensada a partir de uma abordagem instrucionista, a lógica da mídia de massa predominava nos cursos desenvolvidos em EAD.<br />
  4. 4. Antes os alunos da EAD contava eventualmente com algum tipo de interação com a equipe de formação, porém essas interações só ocorriam por carta ou telefone.<br />
  5. 5. A cibercultura trouxe inúmeras possibilidades para se repensar as hegemônicas práticas de Educação a Distância.<br />
  6. 6. Com a chegada da internet começou a se pensar em desenhos didáticos que contemplasse processos interativos entre formando e formadores.<br />
  7. 7. Com a segunda geração da Internet,<br /> a chamada WEB 2.0, <br />é que a cibercultura se consolida.<br />
  8. 8. A cibercultura, ao conjugar texto, áudio, imagem, animação e vídeo, assume uma natureza hipermidiática, que potencializa as formas de publicação, compartilhamento e organização de informações e amplia os espaços de interação (PRIMO, 2008)<br />
  9. 9. Através da cibercultura o usuário torna-se produtor e desenvolvedor de conteúdo e não somente um receptor de mensagem. Cria-se assim, as redes sociais que promovem comunidades de atividades ou interesses, graças à democratização não só do acesso à informação, mas também da publicação.<br />
  10. 10. Sendo assim, as características coautorais dos dispositivos e interfaces da iberculturaoportunizam a vivência plena da dialogiadigital e da mediação partilhada: elementos fundantes da formação de comunidades de aprendizagem, para além dos tempos e espaços da sala de aula.<br />

×