Digitalizado e revisado em 24/06/2009
dricalana34@gmail.com
Coleção GRAÇA DE DEUS
O PODER DISPONÍVEL DO LOUVOR
ORIGINAL:
"The Untapped Power in Praise"
Kenneth Hagin Ministries
P. O....
índice
1. A Cura Mediante o Louvor..............................................................7
2. Seus Jericos Espiritu...
Capítulo 1 A Cura Mediante o Louvor
Muitas "curas" para as enfermidades da humanidade têm sido elabo-radas pelos homens e
...
médios atravessaram o país, mascateando garrafas de "cura-tudo ma-ravilhoso" que

alegadamente curariam praticamente todos...
Ali ficou, ferida de enfermidade mortal, quase sem assistência médica, indigente num país
distante, e praticamente abandon...
Antes de essa missionária começar a sua "cura mediante o louvor," seu corpo tinha ficado
totalmente coberto pelas manchas ...
A Cura Mediante o Louvor
11
A Cura Divina
A cura mediante o louvor - a cura da parte de Deus - é uma cura que nunca fracas...
4 Judá se congregou para pedir socorro ao SENHOR; também de todas as cidades de Judá
veio gente para buscar ao SENHOR.
Qua...
19 Dispuseram-se os levitas, dos filhos dos coatitas e dos coreítas, para louvarem ao
SENHOR Deus de Israel, em voz alta s...
2 CRÔNICAS 20.20,21

20
Pela manhã cedo se levantaram e saíram ao deserto de Tecoa; ao saírem eles, pôs-se
Josafá em pé, e...
Servi no Exército dos Estados Unidos, e, no meu treinamento de infantaria, sempre enviávamos
um grupo de reconhecimento pa...
disse: "Não se preocupem com o inimigo. Eu vou livrar vocês. É só Me louvarem e olharem
enquanto opero!"
Ficava claro que ...
instrumentos musicais. Posso imaginar o exército inteiro disposto em ordem, todos em posição
de prontidão: Os lanceiros, o...
6

Àquele que estendeu a terra sobre as águas, porque a sua misericórdia dura para
sempre;
7
Aquele que fez os grandes lum...
14
15

E por entre elas fez passar a Israel, porque a sua misericórdia dura para sempre;
Mas precipitou no Mar Vermelho á ...
20
E a Ogue, rei de Basã, porque a sua misericórdia dura para sempre;
21
Cujas terras deu em herança, porque a sua miseric...
Conte de Novo as Suas Vitórias
Então passe em revista o que Deus fez por você. Olhe para todas as vitórias que Ele lhe deu...
23
Porque os filhos de Amom e de Moabe se levantaram contra os moradores do
monte Seir, para os destruir e exterminar; e, ...
Não temos nenhuma chance de vitória!" e tenham começado a discutir e brigar entre si, até se
eliminaram mutuamente.
O que ...
Haverá circunstâncias na vida que lhe parecerão impossíveis. Mas se é para você permanecer
firme e inamovível na Palavra d...
Você não louva a Deus pelas circunstâncias malignas;
você louva a
Deus a despeito dessas circunstâncias. O enfoque não rec...
ouvir!" Não, nada disso! É só anunciar uma "reunião de louvor," mesmo se você está sozinho,
e começar a louvar de todo o c...
Palavra lhe promete, simplesmente por meio de pôr em prática a sua fé na Palavra e louvar e
agradecer a Deus.
No mundo de ...
ameaçando-o e procurando impedir que tome posse das promessas de Deus para a sua vida.
Olhe somente para Deus e para a Sua...
Capítulo 2 Seus Jericos Espirituais
Jericó foi a primeira batalha que os israelitas travaram depois de atravevessarem o Jo...
Jericó, a primeira cidade que os filhos de Israel tomaram para a sua possessão enquanto viajavam
para dentro de Canaã, não...
cada Jericó espiritual, porque Ele lhe prometeu a vitória em todas as circunstâncias de vida, por
meio de Jesus Cristo (1 ...
JOSUÉ 6.16,20
16 E sucedeu que, na sétima vez, quando os sacerdotes tocavam as trombetas, disse Josué
ao povo: Gritai; por...
Veja bem: quando aprendermos a realmente louvar a Deus com fé e confiança totais na Sua
Palavra, não teremos alguns dos pr...
No dia da formatura, todos os pelotões de cada companhia tinham que marchar na competição
para ganhar o troféu do pelotão ...
Quando você está marchando com um agrupamento de recrutas xucros, com baionetas
desembainhadas, precisa tomar cuidado! Da ...
estrada e, quando estávamos a uma distância de 3 ou 5 metros do muro, dava a ordem: "Para
trás, marchar!" e fazíamos a rev...
Tínhamos sido treinados, pois, para continuar marchando, seja qual for
o obstáculo. Não importa o que atravessava o nosso ...
Ordens de Marcha do Senhor!
No meu andar cristão, Satanás tem jogado uns obstáculos aparentemente intransponíveis na
minha...
No Exército, quando estávamos colidindo com barreiras literais, tais como aquele muro de blocos
de cimento, muitas vezes d...
segundo a Sua Palavra em todas as áreas da sua vida, nenhuma arma forjada contra você
surtirá efeito (Is 54.17).
À medida ...
teria mais problemas, já que creio em Deus! Achava que, com eu andando pela fé, tudo iria
bem, automaticamente. Não imagin...
sempre foi diligente para ocultar a Palavra de Deus no seu coração, e
souber render-se ao Espírito Santo, então, nos momen...
E aquela foi uma das circunstâncias da vida nas quais, depois da vitória inicial, tínhamos que
continuar a louvar a Deus e...
Tínhamos mantido a posição da fé, crendo na sua cura total, mas antes de ele poder jogar o
futebol americano, tínhamos a o...
Seja o que for que necessitar da parte de Deus, está à sua disposição agora, se tão-somente
confiar literalmente na Palavr...
Cristo Jesus, em todas as circunstâncias (2 Co 2.14). E mesmo no Antigo Testamento Deus nos tem
dado muitos exemplos dos S...
já lhe pertence. E uma maneira de fazer isso é mediante o louvor sincero de todo o coração,
pois o louvor diz: "Obrigado, ...
tomar posição firme na Palavra de Deus e começar a confessar a Sua Palavra a respeito da sua
situação, louvando-0 o tempo ...
na vida poderá nos derrotar, tendo Deus do nosso lado. Deus nos prometeu a vitória mediante
Cristo, no meio de todas as ci...
em contato com o natural, produz uma força explosiva em favor de Deus! É verdade! O poder de
Deus é tangível; muitas vezes...
Capítulo 3 O Louvor: Um Modo de Vida!
Firme está o meu coração, ó Deus, o meu coração está firme; cantarei e entoarei louv...
pensamentos negativos, talvez você tenha que deliberadamente praticar o louvor a Deus. Mas se
você fizer assim de modo con...
Onde quer que você esteja, poderá louvar ao Senhor, e esse louvor trará encorajamento ao seu
espírito e será uma fonte con...
Quando, portanto, começar a sentir autocompaixão, não fique pensando só em si mesmo, mas
olhe em derredor e procure alguém...
queriam voltar às aldeias tribais e ministrar ao seu próprio povo! Mesm se acabassem voltando à
África, só queriam morar n...
O cristão derrotado é aquele que não compreende os benefícios e bênçãos ocultos no louvor ao
Senhor. Nunca vi derrotado um...
!
quem poderá nos escutar, e simplesmente derramar o nosso coração diante de Deus. Em
seguida, é só ver como o poder de De...
na igreja, faça a si mesmo esta pergunta: Estou apenas louvando a Deus de modo exterior?
Ou estou louvando a Deus das prof...
as expressões automáticas que saem da boca para fora. O verdadeiro louvor provém do espírito
ou coração do homem, e é expr...
A Música é uma Ferramenta Poderosa do Louvor
Precisamos tomar cuidado especial na área da música eclesiástica, e isso por ...
O poder disponível do louvor (kenneth hagin jr)
O poder disponível do louvor (kenneth hagin jr)
O poder disponível do louvor (kenneth hagin jr)
O poder disponível do louvor (kenneth hagin jr)
O poder disponível do louvor (kenneth hagin jr)
O poder disponível do louvor (kenneth hagin jr)
O poder disponível do louvor (kenneth hagin jr)
O poder disponível do louvor (kenneth hagin jr)
O poder disponível do louvor (kenneth hagin jr)
O poder disponível do louvor (kenneth hagin jr)
O poder disponível do louvor (kenneth hagin jr)
O poder disponível do louvor (kenneth hagin jr)
O poder disponível do louvor (kenneth hagin jr)
O poder disponível do louvor (kenneth hagin jr)
O poder disponível do louvor (kenneth hagin jr)
O poder disponível do louvor (kenneth hagin jr)
O poder disponível do louvor (kenneth hagin jr)
O poder disponível do louvor (kenneth hagin jr)
O poder disponível do louvor (kenneth hagin jr)
O poder disponível do louvor (kenneth hagin jr)
O poder disponível do louvor (kenneth hagin jr)
O poder disponível do louvor (kenneth hagin jr)
O poder disponível do louvor (kenneth hagin jr)
O poder disponível do louvor (kenneth hagin jr)
O poder disponível do louvor (kenneth hagin jr)
O poder disponível do louvor (kenneth hagin jr)
O poder disponível do louvor (kenneth hagin jr)
O poder disponível do louvor (kenneth hagin jr)
O poder disponível do louvor (kenneth hagin jr)
O poder disponível do louvor (kenneth hagin jr)
O poder disponível do louvor (kenneth hagin jr)
O poder disponível do louvor (kenneth hagin jr)
O poder disponível do louvor (kenneth hagin jr)
O poder disponível do louvor (kenneth hagin jr)
O poder disponível do louvor (kenneth hagin jr)
O poder disponível do louvor (kenneth hagin jr)
O poder disponível do louvor (kenneth hagin jr)
O poder disponível do louvor (kenneth hagin jr)
O poder disponível do louvor (kenneth hagin jr)
O poder disponível do louvor (kenneth hagin jr)
O poder disponível do louvor (kenneth hagin jr)
O poder disponível do louvor (kenneth hagin jr)
O poder disponível do louvor (kenneth hagin jr)
O poder disponível do louvor (kenneth hagin jr)
O poder disponível do louvor (kenneth hagin jr)
O poder disponível do louvor (kenneth hagin jr)
O poder disponível do louvor (kenneth hagin jr)
O poder disponível do louvor (kenneth hagin jr)
O poder disponível do louvor (kenneth hagin jr)
O poder disponível do louvor (kenneth hagin jr)
O poder disponível do louvor (kenneth hagin jr)
O poder disponível do louvor (kenneth hagin jr)
O poder disponível do louvor (kenneth hagin jr)
O poder disponível do louvor (kenneth hagin jr)
O poder disponível do louvor (kenneth hagin jr)
O poder disponível do louvor (kenneth hagin jr)
O poder disponível do louvor (kenneth hagin jr)
O poder disponível do louvor (kenneth hagin jr)
O poder disponível do louvor (kenneth hagin jr)
O poder disponível do louvor (kenneth hagin jr)
O poder disponível do louvor (kenneth hagin jr)
O poder disponível do louvor (kenneth hagin jr)
O poder disponível do louvor (kenneth hagin jr)
O poder disponível do louvor (kenneth hagin jr)
O poder disponível do louvor (kenneth hagin jr)
O poder disponível do louvor (kenneth hagin jr)
O poder disponível do louvor (kenneth hagin jr)
O poder disponível do louvor (kenneth hagin jr)
O poder disponível do louvor (kenneth hagin jr)
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

O poder disponível do louvor (kenneth hagin jr)

6,332

Published on

Published in: Spiritual
0 Comments
10 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
6,332
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
860
Comments
0
Likes
10
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

O poder disponível do louvor (kenneth hagin jr)

  1. 1. Digitalizado e revisado em 24/06/2009 dricalana34@gmail.com
  2. 2. Coleção GRAÇA DE DEUS O PODER DISPONÍVEL DO LOUVOR ORIGINAL: "The Untapped Power in Praise" Kenneth Hagin Ministries P. O.Box50126 Tulsa, OK 74150-0126 EDIÇÃO: GRAÇA EDITORIAL Caixa Postal 1815 Rio de Janeiro - RJ Tel: (021) 591-2344 / 594-0375 Traduzido do Original em Inglês "The Untapped Power in Praise" Por Gordon Chown Editoração Eletrônica: Uma Martins DIREITOS RESERVADOS
  3. 3. índice 1. A Cura Mediante o Louvor..............................................................7 2. Seus Jericos Espirituais................................................................29 3. O Louvor: Um Modo de Vida!-........................................................51 4. O Louvor Libera a Sua Fé em Deus..............................................71 5. Obtendo a Plena Medida da Bênção de Deus...............................91 6.O Louvor: Um Reservatório de Poder........................................125
  4. 4. Capítulo 1 A Cura Mediante o Louvor Muitas "curas" para as enfermidades da humanidade têm sido elabo-radas pelos homens e administradas aos homens no decurso das eras. Curas de vários tipos e categorias, desde os remédios caseiros antiqua-dos ale às curas mais sofisticadas dos tempos modernos, têm sido elogiadas como soluções maravilhosas para todas as enfermidades da humanidade. Há vários anos, por exemplo, ouvi falar de uma "cura" que é referida como "a cura mediante o andar descalço." Os proponentes dessa cura declaravam que se as pessoas andassem constantemente descalças - na chuvaou no sol, no granizo ou na neve - todos os tipos de enfermidades seriam aliviadas! Acreditavam que andar descalço fornecia uma cura constante que protegeria as pessoas contra todos os tipos de doenças ou enfermidades! LI, certa vez, um artigo a respeito de outra cura chamada "a cura mediante os banhos de lama." Nesse artigo, havia fotografias de banhos de lama que, alegadamente, até mesmo curavam a depressão! Pelo jeito de algumas pessoasfalarem, parecia que um banho de lama curaria todas as aflições- desde o resfriado até ao câncer! Durante os primeiros dias dos Estados Unidos, os homens dos "re-
  5. 5. médios atravessaram o país, mascateando garrafas de "cura-tudo ma-ravilhoso" que alegadamente curariam praticamente todos os males que afligiam a humanidade. Desde quando o mundo existe, as pessoas sempre têm procurado elaborar as supostas "curas maravilhosas" de várias formas e tipos que, supostamente, curariam milagrosamente a humanidade de todas as doenças e enfermidades, dores e sofrimentos, desconforto e aflição. No decurso das eras, as pessoas têm procurado panacéias milagrosas para curar todas as suas doenças e enfermidades, suas dores e desgostos. Hoje em dia, as pessoas no mundo inteiro estão buscando ajuda e alívio no meio da dor e do sofrimento, e muitas delas chegaram a gastar milhares de dólares na busca da cura dos seus padecimentos. AJBíblia, porém, nos conta a respeito de uma cura que nada custa! Oj?reçjojlesta cura foi pago por outra pessoa! A verdade é que esta cura foi a mais cara de todas, porque custou ao Senhor Jesus Cristo, o Filho de Deus, a Sua própria vida. A morte e a ressurreição de Cristo forneceu-lhe uma cura que nada custa! E se você aplicar fielmente essa cura, ela funcionará todas as vezes. Ojiomejiessa A maior cura conhecida à humanidade acha-se no louvor a Deus. O maior livramento conhecido para os homens está dentro do alcance de todo crente que vive nesta Terra- e é recebido quando louvamos a Deus com um coração sincero de amor e gratidão! A Dra. Lilian B. Yeomans, no seu livro A Cura Celestial, conta a história de uma mulher que foi para a China como missionária há muitos anos, quando a China estava aberta para a pregação do Evangelho. Essa missionária contraiu com varíola. Naqueles dias, não existia cura para essa doença, de modo que os médicos pouca coisa conseguiam fazer por ela. Se uma pessoa contraísse varíola naqueles tempos, não havia esperança - a pessoa simplesmente morria. Era uma doença fatal. Essa missionária ficou de quarentena no seu quarto, e as manchas feias da varíola cobriam o seu corpo desde as plantas dos pés até o alto da cabeça.
  6. 6. Ali ficou, ferida de enfermidade mortal, quase sem assistência médica, indigente num país distante, e praticamente abandonada para morrer. Não sabia o que mais fazer, pois não existia cura, de modo que começou a buscar com fervor ao Senhor. O Senhor sempre recompensa a quem O busca com diligência, e Ele sempre atende a oração sincera, cheia de fé, de modo que Ele lhe falou e lhe mandou louvá-Lo pela Sua fidelidade em cumprir a Sua própria Palavra. Em seguida, Ele lhe mostrou uma visão de duas cestas. Uma cesta continha a provação e a aflição - a varíola. Aquela cesta estava cheia. A outra cesta continha os louvores que ela prestava a Deus, e aquela cesta estava apenas pela melade. O Senhor disse a ela que a cesta dos louvores precisava ficar cheia de louvores, ao ponto de pesar mais do que a cesta das provas e provações. E, ao ficar cheia a cesta de louvores, seria manifestada a sua cura. E essa missionária, deitada no seu quarto de quarentena, começou a louvar e adorar ao Senhor, de dia e de noite, com grande fervor. Todos temiam pela vida dela, e pensavam que os louvores audíveis que provinham do seu quarto não passavam de expressões de delírio. Mas, a despeito de toda a oposição, continuava a louvar a Deus. Louvava a Deus de todo o coração; nada fazia senão louvar ao Senhor. Ela O louvava pela Sua grandeza. Ela O louvava por tudo quanto Ele já fizera por ela. Louvava-O pela Sua fidelidade à Sua Palavra. Louvava-0 pela cura que receberia. Louvava a Deus, e louvava a Deus, elouvava a Deus. Qual foi o resultado de tantos louvores sinceros e dedicados? Finalmente, depois de vários dias de louvores sinceros, o Senhor mostrou-lhe que já estava cheia a cesta de louvores! Ela saiu andando, completamen-te curada, daquele quarto de quarentena! Sua pele era tão macia e límpida como a de uma criança; nenhuma mancha da varíola existia mais no seu corpo.
  7. 7. Antes de essa missionária começar a sua "cura mediante o louvor," seu corpo tinha ficado totalmente coberto pelas manchas da varíola! Você pode imaginar tal coisa? O corpo coberto de varíola, mas, mediante o louvor fervoroso e sincero, saiu andando daquele quarto, totalmente curada! Tinha feito a cura mediante o louvor. Súplicas vs. Ações de Graças Existe uma anedota humorística que demonstra como ao homem faltam gratidão e louvor genuínos. Segundo essa historieta, dois anjos visitavam a terra todas as manhãs. E, nesse conto, cada um dos dois anjos levava uma cesta, e andava pela terra enchendo essa cesta. A cesta de um dos anjos era para coletar pedidos, e a do outro anjo era para coletar agradecimentos. Não demorava muito para a cesta dos pedidos ficar cheia e transbordar. Mas, no fim do dia, quando esses dois anjos voltavam ao Céu, o anjo com a cesta dos agradecimentos tinha meramente uns dois ou três "muito obrigado" na sua cesta. Fica claro que isso não passa de uma estória, uma ilustração; por mais válida que seja a verdade ilustrada, o próprio evento não tem nenhuma comprovação bíblica. Mas não duvido que aponta certa culpa de muitos cristãos: são grandiosos nas suas petições, e ficam devendo quanto ao louvor. Se a raça humana tão-somente compreendesse o poder de Deus que é liberado na oração, creio que aquela situação seria invertida: seríamos grandiosos nos nossos louvores a Deus, e provavelmente não teríamos que Lhe fazer tantos pedidos!
  8. 8. A Cura Mediante o Louvor 11 A Cura Divina A cura mediante o louvor - a cura da parte de Deus - é uma cura que nunca fracassa em nenhuma circunstância ou situação. E é tanto agradável quanto eficaz. O que há de incomum nesta cura é, ainda, que à medida que você aprende a aplicá-la, ela sempre funcionará - e não precisa pagar nada! A razão por que essa cura é tão eficaz, e seus resultados tão garantidos, é porque se baseia na Palavra de Deus! A curai pelo louvor foi comprada e efetivada pelo sangue do Senhor Jesus Cristo no Calvário, quando Ele, na Cruz, pagou o preço da nossa redenção. Mesmo no Antigo Testamento, porém, Deus começou a ensinar aos Seus filhos a respeito da cura mediante o louvor, com seus respectivos benefícios. Precisamos examinar algumas das vitórias poderosas que os filhos de Israel experimentaram como resultado de louvarem a Deus. A Bíblia diz que as coisas que os israelitas experimentaram foram exemplos registrados para a nossa admoestação e benefício (1 Co 10.11). Vamos ver o que Deus ensinou aos filhos de Israel a respeito da Sua capacidade de realizar façanhas poderosas em favor deles pela cura mediante o louvor. Durante o reinado de Josafá, rei de Judá, os inimigos de Israel sublevaram-se para destruir a nação. Os reis de Moabe e de Amom reuniram-se e ajuntaram os seus exércitos para atacarem Josafá e os ,filhos de Israel. 2 CRÔNICAS 20.1-4 1 Depois disto, os filhos de Moabe e os filhos de Amom, com alguns dos amonitas, vieram à peleja contra Josafá. 2 Kntão vieram alguns que avisaram a Josafá, dizendo: Grande multidão vem contra ti dalém do mar e da Síria... 3 Kntão Josafá teve medo e se pôs a buscar ao SENHOR; e apregoou jejum em todo o Judá.
  9. 9. 4 Judá se congregou para pedir socorro ao SENHOR; também de todas as cidades de Judá veio gente para buscar ao SENHOR. Quando os moabitas, os amonitas e os edomitas ("os do monte Seir" - v. 22) vieram contra os israelitas para tentar aniquilá-los na batalha, os israelitas e o rei Josafá tiveram muito medo. Josafá proclamou um jejum na totalidade da região de Judá, porque os israelitas sabiam que não tinham condições de resistir ao inimigo. A nação inteira de Israel começou a orar e a buscar a face de Deus, pedindo o livramento. Quando todos os israelitas estavam reunidos para buscarem o Senhor, Deus lhes falou através de Jaaziel. Em 2 Crônicas 20.15-17, vemos o Senhor dando aos israelitas as Suas instruções e a Sua estratégia para vencer o inimigo. Sem a ajuda de Deus, os israelitas ficariam totalmente derrotados. 2 CRÔNICAS 20.14-19 14 Então veio o Espírito do SENHOR no meio da congregação, sobre Jaaziel... 15 E disse: Dai ouvidos, todo o Judá, e vós, moradores de Jerusalém, e tu, ó rei Josafá, ao que vos diz o SENHOR. Não temais, nem vos assusteis por causa desta grande multidão, pois A PELEJA NÃO É VOSSA, MAS DE DEUS. 16 Amanhã descereis contra eles; eis que sobem pela ladeira de Ziz; encontrá-Ios-eis no fim do vale, defronte do deserto de Jeruel. 17 NESTE ENCONTRO NÃO TEREIS DE PELEJAR; tomai posição, ficai parados, e vede o salvamento que o SENHOR vos dará, ó Judá e Jerusalém. Não temais nem vos assusteis; amanhã saí-lhes ao encontro, porque o SENHOR é convosco. 18 Então Josafá se prostrou com o rosto em terra; e todo o Judá e os moradores de Jerusalém também se prostraram perante o SENHOR e o adoraram.
  10. 10. 19 Dispuseram-se os levitas, dos filhos dos coatitas e dos coreítas, para louvarem ao SENHOR Deus de Israel, em voz alta sobremaneira. A Bíblia diz que o Senhor é poderoso na batalha (SI 24.8), de modo que ninguém poderá conhecer a estratégia militar melhor do que Jesus Cristo, o Comandante Supremo! O que é que o Senhor mandou os israelitas fazer? Ele os mandou convocar seus soldados mais valentes e reunir suas armas mais poderosas? Não; Ele lhes falou algo que não fazia o mínimo lentido para a mente natural. A Batalha é do Senhor! Deus lhes disse que eles não precisariam lutar de modo nenhum na batalha, pois a batalha pertencia a Ele! (Quem dera que os cristãos dos nossos dias aprendessem essa mesma lição!) Em seguida, em 2 Crônicas 20.16, Deus até mesmo avisou os israe-litas exatamente onde descobririam o inimigo: ... eis que sobem pela ladeira de Ziz; enconlrá-los-eis no fim do vale, defronte do deserto de Jeruel. Se, porém, os israelitas não iriam lutar contra o inimigo, o que foi iam, indo para aquele local? Qual seria o propósito daquele vasto exército israelita ir para lá ao encontro do inimigo, se não era para lutar? O v. 17 nos oferece um indício daquilo que os israelitas deviam fazer: O Senhor dissera através de Jaaziel: ... tomai posição, ficai parados... Em outras palavras: o Senhor estava mandando os israelitas simplesmente tomarem posição. Qual era a sua posição? Devia ser uma atitude de louvor! Como sabemos disso? Olhe o que o Senhor revelou a Josafá:
  11. 11. 2 CRÔNICAS 20.20,21 20 Pela manhã cedo se levantaram e saíram ao deserto de Tecoa; ao saírem eles, pôs-se Josafá em pé, e disse: Ouvi-me, ó Judá, e vós, moradores de Jerusalém! Crede no SENHOR vosso Deus, e estareis seguros; crede nos seus profetas, e prosperareis. 21 Aconselhou-se com o povo, e ordenou CANTORES para o SENHOR, que, vestidos de ornamentos sagrados, e MARCHANDO À FRENTE DO EXÉRCITO, LOUVASSEM a Deus, dizendo: RENDEI GRAÇAS AO SENHOR, PORQUE A SUA MISERICÓRDIA DURA PARA SEMPRE. Por certo, o Senhor tinha comunicado durante a noite ao rei Josafá o restante do plano da batalha, pois quando Josafá se levantou no dia seguinte, relatou esse plano ao seu povo. Todos deviam sair ao encontro do inimigo, tendo na boca os louvores a Deus. Estou convicto de que Josafá estivera em muitas batalhas. Como rei de Judá, conhecia bem a estratégia militar. Um comandante militar daquela categoria e qualidade só convocaria um coro e o colocaria na dianteira dos seus homens de guerra se tivesse recebido um recado de Deus! Somente Deus poderia planejar uma estratégia militar assim, e levá-la a efeito com sucesso! Afinal de contas, na vida natural, quem já ouviu falar em marchar à batalha contra o inimigo com cantores na sua dianteira, louvando a Deus? Qual general militar já colocou seus fortes homens de guerra debaixo da liderança de um coro? Mas foi exatamente isso o que Deus mandou Josafá fazer. Os israelitas tinham que tomar a posição de louvor. É claro que, segundo o raciocínio natural, nada disso faz sentido como estratégia militar sadia. Se, por exemplo, você já fez parte de um exército, sabe que um grupo de reconhecimento faz primeiramente uma saída, antes das tropas de guerra, para verificar como está o terreno, e para descobrir as posições do inimigo.
  12. 12. Servi no Exército dos Estados Unidos, e, no meu treinamento de infantaria, sempre enviávamos um grupo de reconhecimento para verificar a situação do terreno e as posições do inimigo, antes do avanço das nossas tropas principais. Sempre havia um grupo de reconhecimento para sair antes de as tropas avançarem. Fomos ensinados no treinamento de infantaria que a responsabilidade do grupo de reconhecimento é espiar a situação e recolher informações - e não se envolver em nenhuma luta contra o inimigo. Se, de fato, 0 grupo de reconhecimento fizer corretamente a sua tarefa, o inimigo nem sequer saberá que esses espias estão na região. O grupo de reconhecimento recolhia tantas informações quantas podia a respeito do inimigo, e passava ao comando das tropas principais todas aquelas informações. Então, quando era para a infantaria lançar um ataque, ela sabia a localização exata dos canhões do inimigo, e dos esconderijos das metralhadoras e dos morteiros. As tropas principais recebiam todos esses avisos prévios mediante as informações trazidas pelo grupo de reconhecimento, e a infantaria conseguia, em seguida, atacar o inimigo com inteligência e eficácia. Mas o Senhor não empregou aquele tipo de estratégia militar na batalha contra os moabitas e os amonitas! Jesus, o Comandante Supremo do exército dos israelitas, conhecia um jeito melhor! Os israelitas deviam confiar em Deus para Ele travar a batalha. E os israelitas deviam demonstrar sua fé e confiança em Deus por meio de louvá-Lo! Além disso, o Senhor não mandou os israelitas simplesmente adota-rem uma estratégia defensiva para meramente defender sua posição contra o inimigo. O Senhor mandou os israelitas saírem marchando na Ofensiva contra o inimigo, mas não para lutarl!A arma ofensiva dos israelitas contra o inimigo era o louvor] Deus poderia ter mandado os israelitas realizarem uma reunião de oração. Ou poderia ter-lhes oferecido muitas estratégias. Mas, ao invés disso, Ele
  13. 13. disse: "Não se preocupem com o inimigo. Eu vou livrar vocês. É só Me louvarem e olharem enquanto opero!" Ficava claro que o Senhor sabia algo a respeito de vencer o inimigo que os filhos de Israel não sabiam. O louvor é uma arma eficaz contra o inimigo! O Senhor sabia que o inimigo não conseguiria tolerar os louvores do povo de Deus! Posto que Deus habita nos louvores do Seu povo (SI 22.3), o inimigo foge diante do som do louvor, porque quando soam os louvores sinceros e fervorosos, Deus entra em cenário! Josafá reuniu o coro dos israelitas e o enviou adiante dos fortes homens de guerra. Às vezes, o plano de Deus nem sempre parece fazer sentido na carne, assim como não o fazia nesse caso. Mas quando Deus nos dá o plano e nos manda o que devemos fazer, ele funcionará todas as vezes, sem falta, por mais estranho que pareça ao homem carnal. Quando o Senhor o mandar fazer alguma coisa, não fique dependendo do seu próprio entendimento - é só obedecer a Ele. Primeiro: certifique-se de que é Ele quem está dando as instruções; se for mesmo Deus quem está falando, essas instruções estarão de acordo com a Sua Palavra. Muitas pessoas procuram executar, em Nome do Senhor, planos que não são os seus. O que o Senhor o manda fazer sempre está em harmonia com a Sua Palavra, e sempre dá bom resultado. Imagine a reação dos generais de Josafá quando o rei colocou o coro na primeira posição nas fileiras, adiante dos fortes homens de guerra, sendo que estes nem tinham licença para lutar! Eram estes, supostamente, os homens poderosos na guerra, os heróis valentes! Alguns deles eram veteranos calejados, marcados pela guerra, que já tinham estado em muitas batalhas; é possível que pensassem que Josafá tinha exagerado desta vez. Mas Deus tinha um plano! Surgiram, pois, os cantores, abrindo o caminho, cantando louvores a Deus. Uma banda musical israelita pode ter acompanhado o coro, pois no Antigo Testamento os israelitas cantavam alegres ao Senhor com
  14. 14. instrumentos musicais. Posso imaginar o exército inteiro disposto em ordem, todos em posição de prontidão: Os lanceiros, os arqueiros, a poderosa infantaria, todos homens de valor - todos enfileirados - e o coro indo diante do exército inteiro! Posso ver na imaginação aquele exército israelita enorme, em posição de prontidão. O rei deu a ordem de marchar e também cantar ao avançar em direção ao inimigo. Talvez algum tenente velho tenha marcado a cadência de: "Marchar: Um, dois, três, quatro. Um, dois, tres, quatro." Mas então todos começaram a cantar:... Rendei graças ao SENHOR, porque a sua misericórdia dura para sempre (2 Cr 20.21). Não sabemos com certeza, mas é possível que os israelitas tenham cantado o Salmo 136 ao saírem para enfrentar o inimigo, pois aquele salmo repete o refrão: ... porque a sua misericórdia dura para sempre. () que sabemos mesmo, no entanto, é que os israelitas engrandeceram e glorificaram a Deus com o seu louvor. Louvando a Deus nos Salmos O Salmo 136 tem várias seções; a primeira parte consiste em louvor a Deus - o Deus dos deuses - e o Grande_Criador SALMO 136.1-9 1 Rendei graças ao SENHOR, porque ele é bom, porque a sua misericórdia dura para sempre. 2 Rendei graças ao Deus dos deuses, porque a sua misericórdia dura para sempre. 3 Rendei graças ao SENHOR dos senhores, porque a sua misericórdia dura para sempre; 4 Ao único que opera grandes maravilhas, porque a sua misericórdia dura para sempre; 5 Aquele que com entendimento fez os céus, porque a sua misericórdia dura para sempre;
  15. 15. 6 Àquele que estendeu a terra sobre as águas, porque a sua misericórdia dura para sempre; 7 Aquele que fez os grandes luminares, porque a sua misericórdia dura para sempre; 8 O sol para presidir ao dia, porque a sua misericórdia dura para sempre; 9 A lua e as estrelas para presidirem à noite, porque a sua misericórdia dura para sempre. Essa primeira seção do salmo enaltece o grande Deus Jeová. Os filhos de Israel dedicavam bastante tempo a agradecer a Deus por causa de Quem Ele é - o Deus dos deuses e o Senhor dos senhores. A Ele louvavam porque Ele é o grande Deus que colocou o sol, a lua e as estrelas nos seus devidos lugares, e que criou o vasto universo e tudo quanto nele existe. Na segunda parte deste salmo, os filhos de Israel louvavam o Deus dos deuses e o Senhor dos senhores pelo Seu grande poder libertador ao livrar seus antepassados da escravidão no Egito. Os israelitas louvavam a Deus pela fé, por aquilo que Ele estava para fazer por eles, baseado naquilo que Ele já fizera por eles, e naquilo que eles sabiam a respeito da Sua fidelidade. Os cristãos hoje precisam aprender uma lição com isso! Nossa fé pode ser encorajada por meio de olhar para trás, para aquilo que Deus já tem feito em nosso favor, e para as vitórias que Ele já nos deu. SALMO 136.10-15 10 Aquele que feriu o Egito nos seus primogênitos, porque a sua misericórdia dura para sempre; 11 E tirou a Israel do meio deles, porque a sua misericórdia dura para sempre; 12 Com mão poderosa e braço estendido, porque a sua misericórdia dura para sempre; 13 Àquele que separou em duas partes o Mar Vermelho, porque a sua misericórdia dura para sempre;
  16. 16. 14 15 E por entre elas fez passar a Israel, porque a sua misericórdia dura para sempre; Mas precipitou no Mar Vermelho á Faraó e ao seu exército, porque a sua misericórdia dura para sempre. Tente imaginar aquele exército israelita avançando contra o inimigo, cantando em coro:... porque a sua misericórdia dura para sempre. Enquanto marchavam e cantavam, a distância a ser percorrida devia ter parecido nada para eles, inspirados pela cadência do cântico. Se você já serviu no exército e marchou, sabe muito bem como o cântico tira seus pensamentos da distância percorrida e da caminhada que ainda está pela frente! Quando servi no exército, e tive que marchar, achei mais fácil cantar durante a viagem, pois então não fiquei pensando no peso da bagagem nas costas e na minha canseira. Era só começar a focalizar a atenção no ritmo do cântico, e meus passos se sentiam mais leves ao captarem a cadência da música. Assim, conseguia marchar uns 30 km. antes de perceber o fato! Imagino que, quanto mais perto os israelitas ficavam do arraial dos inimigos, tanto mais alegres ficavam, porque estavam arrebatados no louvor e adoração ao Senhor. Na terceira parte do Salmo 136, o salmista relata as vitórias que Deus tinha dado a Israel, e enaltece a Deus pela Sua grandeza. SALMOS 136.16-26 16 Àquele que conduziu o seu povo pelo deserto, porque a sua misericórdia dura para sempre; 17 Aquele que feriu grandes reis, porque a sua misericórdia dura para sempre; 18 E tirou a vida a famosos reis, porque a sua misericórdia dura para sempre; 19 A Seom, rei dos amorreus, porque a sua misericórdia dura para sempre;
  17. 17. 20 E a Ogue, rei de Basã, porque a sua misericórdia dura para sempre; 21 Cujas terras deu em herança, porque a sua misericórdia dura para sempre; 22 Em herança a Israel, seu servo, porque a sua misericórdia dura para sempre; 23 A quem se lembrou de nós em nosso abatimento, porque a sua misericórdia dura para sempre; 24 E nos libertou dos nossos adversários, porque a sua misericórdia dura para sempre; 25 E dá alimento a toda carne, porque a sua misericórdia dura para sempre. 26 Oh! Tributai louvores ao Deus dos céus, porque a sua misericórdia dura para sempre. A terceira parte do Salmo 136 exalta ao Senhor porque levou os filhos de Israel à Terra de Canaã, a Terra Prometida deles. Louvavam a Ele por todas as grandes vitórias que Ele lhes dera na vida. A Ele louvavam, também, porque Ele entregara o inimigo nas suas mãos. Existem, dentro desse Salmo 136, muitos princípios válidos para os cristãos hoje, no tocante à adoração. JDeyemos louvar e adorar a Deus por causa de quem Ele é, e devemos louvar aEle por aquilo que tem feito por nós. Contar de novo a respeito das vitórias que recebemos de Cristo será o maior encorajamento para crermos que Deus vai nos ajudar nas nossas circunstâncias atuais. Quando a depressão procurar agarrá-lo, e você começar a experimentar provações e ficar tentado a desanimar, faça urria pausa para refletir a respeito de quem Deus é. Reflita sobre o Deus do universo que criou a Terra e as estrelas e os planetas. Concentre sua atenção na grandeza de Deus, e procure imaginar quão grande Ele realmente é. Então louve-O e O agradeça, porque Ele é grande o suficiente para atender a todas as suas necessidades!
  18. 18. Conte de Novo as Suas Vitórias Então passe em revista o que Deus fez por você. Olhe para todas as vitórias que Ele lhe deu, e dê-Lhe louvor e honra e glória por elas. Quando você relembra suas vitórias em Deus, está pronto para O louvar e agradecer pelas vitórias que lhe está dando agora mesmo - ainda que você apenas as enxergue com os olhos da fé. Enquanto os israelitas marchavam e cantavam, devem ter passado em revista as vitórias que Deus lhes concedera, cantando a respeito de como o Senhor tinha derrotado em favor deles grandes reis, e livrado nações em suas mãos em tempos passados. E, enquanto os israelitas marchavam e louvavam a Deus - saindo para ganhar uma batalha que nem travariam - e cantando as vitórias que Deus já lhes dera -, tornava-se forte a sua fé no Senhor! É exatamente assim que nos acontecerá se louvarmos a Deus quando nos virmos diante de dificuldades - a nossa fé ficará forte! Não precisaremos travar as nossas próprias batalhas! Dependeremos do Senhor para lutar em nosso lugar! Vejo mentalmente os cantores israelitas proclamando com ousadia: "Deus nos redimiu dos nossos inimigos, pois a Sua misericórdia dura para sempre. Não tememos nenhum inimigo, pois o nosso Deus luta em nosso favor! A batalha não é nossa - é de Deus!" A Estratégia Militar do Senhor Vamos ver até que ponto revelou-se ser eficaz a estratégia militar do Senhor, que consistia no louvor! 2 CRÔNICAS 20.22-25 22 Tendo eles começado a CANTAR e a DAR LOUVORES, PÔS O SENHOR EMBOSCADAS contra os filhos de Amora e de Moabe, e os do monte Seir que vieram contra Judá.e FORAM DESBARATADOS.
  19. 19. 23 Porque os filhos de Amom e de Moabe se levantaram contra os moradores do monte Seir, para os destruir e exterminar; e, tendo eles dado cabo dos moradores de Seir, AJUDARAM UNS AOS OUTROS A DESTRUIR-SE. 24 Tendo Judá chegado ao alto que olha para o deserto, procurou ver a multidão, e eis que eram corpos mortos que jaziam em terra, SEM NENHUM SOBREVIVENTE. 25 Vieram Josafá e o seu povo para saquear os despojos, e acharam entre os cadáveres riquezas em abundância e objetos preciosos; tomaram para si mais do que podiam levar, e três dias saquearam o despojo, porque era muito. Enquanto aqueles cantores iam adiante do exército israelita, louvando ao Senhor e adorando0 na beleza da santidade, os inimigos, conforme nos conta a Bíblia, voltaram-se contra si mesmos e se destruíram! Exatamente um dia antes, os israelitas tremiam por causa do inimigo, mas porque obedeceram ao Senhor e entraram em harmonia com o plano dEle, o inimigo foi totalmente derrotado. Havia, na realidade, tantos despojos de guerra para levar, que os israelitas levaram três dias para colher todos os objetos de valor! Não sabemos como Deus levou os inimigos a lutarem uns contra os outros. Como mera especulação, sugiro que Deus fez os inimigos ouvirem os israelitas cantando a respeito do grande Deus de libertação, e das Suas poderosas conquistas na batalha. É possível que isso tenha provocado tanto pânico entre os inimigos que, na sua confusão, voltaram-se uns contra os outros. Outra possibilidade é que Deus usou um imenso microfone "celestial" e amplificou o som dos cantores israelitas com enormes alto-falantes "sobrenaturais," de modo que quando os inimigos ouviram o som, parecia uma grande hoste de gente. Talvez os inimigos tenham dito:
  20. 20. Não temos nenhuma chance de vitória!" e tenham começado a discutir e brigar entre si, até se eliminaram mutuamente. O que sabemos mesmo é que, quando os israelitas se aproximaram do arraial do adversário, nenhum soldado inimigo estava com vida. Atcabara-se a luta! O Senhor fizera exatamente o que prometera que faria. O Senhor travara a batalha em favor dos israelitas. Os filhos de Israel nem sequer precisavam desembainhar as espadas! A batalha era doSenhor, e a vitória era do Senhor! Ora, essa é uma boa estratégia! O que os cristãos dos nossos dias podem aprender desse relato? Entre outras coisas: Deus sempre está do lado dos Seus filhos. Não Importa se se tratava dos filhos de Israel que viviam segundo a Antiga Aliança, ou dos Seus filhos nascidos de novo segundo a Nova Aliança hoje, Deus sempre ajuda os Seus filhos! Ele sempre vem para nos livrar. Satanás, o inimigo de Deus, está no mundo hoje (2 Co 4.4). Preocura vir contra a Igreja do Senhor Jesus Cristo a fim de destruí-la totalmente. Mas a Bíblia diz que nenhuma arma forjada contra nós prosperará (Is 54.17). A batalha não é nossa - não precisamos travar noisas próprias batalhas na vida. Deus diz que Ele travará nossas bati ilhas em nosso favor! Satanás Está Derrotado Além disso, o Senhor já derrotou Satanás na Cruz. Se, portanto, deixássemos de engrandecer a Satanás e de dar tanto crédito a ele, e se nos focalizássemos no Deus que opera milagres, e que luta em nosso favor, veríamos com os próprios olhos as vitórias pelas quais ansiámos! Se o diabo tem tentado bombardeá-lo com tentações, testes e provações, lembre-se de que a batalha não é sua - é de Deus! Você não precisa lutar" contra Satanás. É só se manter firme com a Palavra de Deus, e então começar a louvá-Lo porque Ele está realizando em seu favor o que Ele lhe prometeu na Sua Palavra (Rm 4.21; Hb 10.23).
  21. 21. Haverá circunstâncias na vida que lhe parecerão impossíveis. Mas se é para você permanecer firme e inamovível na Palavra de Deus, e confiando que Ele travará todas as batalhas em seu favor, precisará aprender o poder que existe no louvor. Aprenda a dar a Deus o louvor e a glória no meio de toda a circunstância que se constitui em provação - antes mesmo de se alterarem aqueles obstáculos e circunstâncias! Louve e glorifique a Deus por aquilo que Ele lhe tem prometido na Sua Palavra - embora você não consiga ver nenhuma mudança nas suas circunstâncias, pois assim é a fé! E a fé sempre conquista a vitória (1 João 5.4)! Se sabe que está em Cristo, e o diabo começa a atacá-lo, você pode endireitar os ombros e começar a marchar como um verdadeiro soldado de Deus, com o capacete da salvação intacto, e com o escudo da fé levantado ao alto. Você pode proclamar com ousadia as promessas de Deus, cantando e louvando a Deus com confiança na vitória, e prevalecerá! Veio a hora para a Igreja, o exército do Senhor, começar a avançar marchando e louvar a Deus! Está na hora de louvarmos a Deus como maneira de enfrentar as crises que o diabo procura lançar contra nós! Louve a Deus a Despeito das Circunstâncias Precisamos aprender a louvar e glorificar a Deus diante de todos os obstáculos antes de vermos a vitória. Se aprendermos a louvar a Deus, veremos a vitória em todas as ocasiões, não importa de quão desoladoras as circunstâncias pareçam. Não estou dizendo que devemos louvar a Deus pela provação ou pela enfermidade ou pela tentação que Satanàs procurar lançar contra nós. Não acredito que a Bíblia diga que devamos louvar a Deus porque não temos dinheiro para pagar as nossas contas ou porque não conseguimos alimentar a nossa família.
  22. 22. Você não louva a Deus pelas circunstâncias malignas; você louva a Deus a despeito dessas circunstâncias. O enfoque não recai sobre louvar a Deus pela enfermidade ou doença, pela provação ou tentação; o enfoque recai em louvar a Deus independentemente do que acontecer, porque você confia nEle para levá-lo à vitória. Você deve louvar a Deus pela fé, pois Ele ja lhe deu o livramento. A fé é louvar a Deus antes de ver o poder divino da libertação demonstrado visivelmente em seu favor. Foi exatamente assim que fizeram os filhos de Israel, e foi por isso que foram bem-sucedidos. Mas quando os filhos de Israel saíram para enfrentar o inimigo, simplesmente louvaram a Deus; nada pediram. Veja bem: quando a sua vida está em jogo, você se certificará de que está fazendo exatamente conforme Deus mandou, e vai mesmo fazê-lo de todo o coração! E Deus dissera aos israelitas que sua vitória achava-se no louvor! Muitos cristãos hoje em dia pensam que louvar a Deus consiste apenas em falar, da boca para fora: "Louvado seja Deus," "Louvado seja Deus," algumas vezes. Em seguida, quase de imediato, voltam a exigir: "Senhor, dá-me, dá-me, dá-me"! Mas não é esse o tipo de louvor que convida Deus a agir! Uma Saída da Depressão Da próxima vez que a depressão procurar vir a você, ou as circunstâncias começarem a se avolumar em seu redor, procurando soterrá-lo, não se encurve para aceitar a derrota! A melhor maneira de se livrar da depressão é cantar louvores a Deus. Você não precisa ficar sempre pedindo que Deus o liberte. A Bíblia diz que as promessas de Deus são "sim" e "amém" (2 Co 1.20). Comece, portanto, a louvar a Deus quando as circunstâncias procurarem vencê-lo. A depressão e a opressão do inimigo não poderão permanecer na sua vida quando o seu coração estiver cheio de louvor. Às vezes, nas circunstâncias medonhas, as pessoas falam: "Vamos convocar um jejum! Precisamos orar a noite inteira para Deus nos
  23. 23. ouvir!" Não, nada disso! É só anunciar uma "reunião de louvor," mesmo se você está sozinho, e começar a louvar de todo o coração ao Senhor. Já que Deus, no Antigo Testamento, conseguiu derrotar o inimigo com os louvores dos filhos de Israel - pessoas que não nasceram de novo - imagine o que Ele poderá fazer com os louvores dos Seus filhos nascidos de novo! Aprenda a lição do louvor! Veja essa batalha que os israelitas ganharam mediante o louvor, e ponha em prática a lição! Aprenda a cantar os louvores de Deus quando o inimigo tentar atacá-lo. Sem dúvida, você deve assumir autoridade sobre o inimigo em Nome de Jesus, mas, feito isso, deve focalizar toda a sua atenção no Senhor, louvando-O. À medida que fizer assim, o diabo terá que fugir de você. Creio que há uma "cura" que podemos receber da parte de Deus, através de O louvarmos e adorarmos. Realmente, creio que poderemos atingir o nível mais alto da fé e da vitória à medida que aprendermos a louvar e adorar continuamente a Deus como maneira normal de viver, independentemente das nossas circunstâncias, p^^JmrvojjnajitéiiLa nossa atenção focalizada em Deus. Tome a Sua Posição de Louvor Se o diabo andou procurando bombardeá-lo com tentações, testes e provações, faça o que Deus mandou os israelitas fazerem! Tome a sua posição de louvor! Deus está lhe dizendo a mesma coisa que Ele disse a Israel em 2 Crônicas 20.15-17: "Não tenham medo! A batalha não é de vocês, é Minha! Firmem-se na Minha Palavra e Me louvem. Cuidarei de vocês, se vocês confiarem em Mim!" Reconheça que as provações podem ser vencidas e as vitórias ganhas por meio de louvar e adorar a Deus. Você pode receber a cura por meio de louvar e adorar a Deus, pois o louvor e a adoração são a linguagem da fé. E a Palavra de Deus diz que a cura já nos foi provida (Is 53.5; 1 Pe 2.24; Mt 8.17). Você pode receber da parte de Deus tudo quanto a
  24. 24. Palavra lhe promete, simplesmente por meio de pôr em prática a sua fé na Palavra e louvar e agradecer a Deus. No mundo de hoje, parece que muitos cristãos estão falando a respeito do diabo e engrandecendo o que ele está fazendo, mais do que estão engrandecendo a Deus e aquilo que Ele está fazendo! Glorificam 0 diabo por meio de contar constantemente o que ele está fazendo na vida deles! Não me importo com aquilo que o diabo está fazendo; eleja foi derrotado por Jesus Cristo. Quero saber o que Deus está fazendo na torra hoje. Outros cristãos têm tanta consciência do diabo e tanto medo do inimigo que sempre estão tentando passar desapercebidos diante dele, or assim dizer! E se algum dia realmente louvam ao Senhor, é com sussurros quietos, pois têm medo de que o diabo vá escutar! Mas é justamente ele que deve escutar o povo de Deus louvando ao Senhor! A "Terra de Canaã"do cristão é tomar posse nesta vida daquilo que já nos_pertence legitimamente em Cristo. Tomar posse da nossa herança em Cristo é espiritualmente muito semelhante à tomada de posse da erra de Canaã, fisicamente, para os filhos de Israel. Em outras palavras, gigantes físicos opunham-se aos filhos de Israel; os "gigantes" espirituais procuram opor-se a nós. Aqueles "gigantes" espirituais, no entanto, já foram derrotados no triunfo de Jesus sobre eles na Cruz (Cl 2.15). A Terra de Canaã não tipifica o Céu, pois ali não existem batalhas contra gigantes, nem cidades para serem conquistadas, nem reis para lerem derrotados. A terra de canaã tipiofica a vida do cristão embaixo, na terra. Aqui, nesta vida, temos que travar batalhas e vencer gigantes. Mas não existe nenhum poder do inimigo que consegue ficar firme contra você se tiver aprendido a tomar posição na Palavra de Deus e louvá-lo! Avance com os louvores a Deus na sua boca! Não olhe para o "gigante" - a tentação ou provação - que se coloca no seu caminho,
  25. 25. ameaçando-o e procurando impedir que tome posse das promessas de Deus para a sua vida. Olhe somente para Deus e para a Sua Palavra. Louve-O, porque Ele é poderoso para cumprir o que lhe tem prometido (Rm4.21). Lilian B. Yeomans, M.D., Healingfrom Heaven ("A Cura Celestial"), (1926; Spring-field, Missouri: Gospel Publishing House, 1973), págs. 57, 58.
  26. 26. Capítulo 2 Seus Jericos Espirituais Jericó foi a primeira batalha que os israelitas travaram depois de atravevessarem o Jordão para entrarem na sua Terra Prometida e tomarem posse dela. Deus voltou a dar aos Israelitas o plano para conquistar essa c idade e vencer essa batalha sem combates militares! Essa batalha, tanbém, devia ser ganha com os altos louvores a Deus na boca, e com um brado de vitória! JOSUÉ 6.1-5 1 Ora Jericó estava rigorosamente fechada, por causa dos filhos de Israel: ninguém saía nem entrava. 2 Então disse o SENHOR a Josué: Olha, entreguei na tua mão a Jericó, ao seu rei e aos seus valentes. 3 Vós, pois, todos os homens de guerra, rodeareis a cidade, cercando-a uma vez; assim fareis por seis dias. 4 Sete sacerdotes levarão sete trombetas de chifres de carneiros adiante da arca; no sétimo dia rodeareis a cidade sete vezes, e os sacerdotes tocarão as trombetas. 5 E será que, tocando-se longamente a trombeta de carneiro, ouvindo vós o sonido dela, todo o povo gritará com grande grita: o muro da cidade cairá abaixo, e o povo subirá nele, cada qual em frente de si.
  27. 27. Jericó, a primeira cidade que os filhos de Israel tomaram para a sua possessão enquanto viajavam para dentro de Canaã, não foi conquistada por meio de travar uma batalha! Pense nisso! Deus mandou os israelitas marcharem em derredor de Jericó todos os dias, sem fazer nenhum barulho. Já tinham as suas ordens de marcha, embora para a mente natural as instruções não parecessem fazer sentido. Então, no sétimo dia, os israelitas deviam marchar em derredor de Jericó sete vezes. No sétimo dia, enquanto os israelitas tocavam a trombeta, gritavam e louvavam a Deus, caíram as muralhas. Os israelitas simplesmente entraram e tomaram posse daquilo que Deus lhes promeíeral Nesta batalha, os israelitas não lutaram; simplesmente obedeceram às instruções de Deus: gritavam e louvavam a Deus, e Deus lhes deu a vitória. De fato, para nós, os cristãos que vivemos segundo a Nova Aliança, tomarmos posse da nossa "Terra de Canaã," também teremos nossos Jericós espirituais que precisaremos conquistar para a glória de Deus. Deus tem colocado desejos e alvos no coração de cada um de nós -atividades e alvos que são da Sua vontade para a nossa vida. Todos temos os nossos Jericós que precisamos possuir. Deus, porém, prometeu que nos dará nossos Jericós espirituais! Isso será feito pelo Seu poder e para a Sua glória, e não por nossa própria força ou poder, e daremos a Ele todo o louvor por causa disso! Nossa experiência cristã na Terra é, num sentido espiritual, semelhante à vida física para os filhos de Israel. Os israelitas lutavam contra os inimigos naturais que se avultavam como gigantes. A nossa luta não é contra inimigos físicos, mas contra inimigos sobrenaturais que às vezes parecem ter o tamanho de gigantes. Segundo a Nova Aliança, porém, nosso inimigo, Satanás, já foi derrotado pelo Senhor Jesus Cristo! Basta nos mantermos firmes na vitória de Jesus, declarando a Palavra de Deus, e louvando a Deus pelo nosso triunfo em Cristo. Deus não prometeu que você não teria nenhum Jericó espiritual na sua vida. Mas Ele prometeu mesmo que, através dEle, você poderá conquistar
  28. 28. cada Jericó espiritual, porque Ele lhe prometeu a vitória em todas as circunstâncias de vida, por meio de Jesus Cristo (1 Co 15.57; 2 Co 2.14). Quando, portanto, você se dá cara a cara com seus Jericós espirituais, comece a cercá-los um por um com a Palavra de Deus: "Maior é Aquele que está em mim do que aquele que está no mundo!" "Tudo posso em Cristo que me fortalece." "Pelas Suas pisaduras sou curado." "Sou mais que vencedor em Cristo." "Deus sempre me promete a vitória em todas as circunstâncias!" "Todas as minhas necessidades são atendidas segundo as riquezas em glória mediante Cristo Jesus" (1 Jo 4.4; Fp 4.13; 1 Pe 2.24; Rm 8.37; 2 Co 2.14; Fp 4.19). Depois de ter-se mantido firme na Palavra, passe a demonstrar a sua fé no poder de Deus para operar milagres e para lhe dar suas legítimas posses por meio de louvá-Lo. À medida que você louvar fervorosamente a Deus pela fé, aquelas muralhas ou obstáculos cairão diante de você! Nenhum diabo, nenhuma circunstância maligna pode permanecer na sua presença quando você aprende a louvar a Deus com sinceridade, de todo o coração! Muitos cristãos precisam pedir a Deus que lhes dê mais coragem espiritual, pois quando se dão com uma batalha espiritual, que não chega a ser uma montanha, mas apenas um montículo no qual topam com o dedão do pé, imediatamente se sentem derrotados! E então clamam a I )eus: "Oh, Deus! Por que deixaste que isso me acontecesse?" Deus não introduz adversidade na vida dos Seus filhos; não é Ele que faz as coisas ruins acontecerem na sua vida (João 10.10; Tg 1.17). A Bíblia diz que Satanás é o seu adversário (1 Pe 5.8). Deus não disse que você não teria provas nem provações na vida, mas certamente Ele prometeu que lhe daria a vitória em Cristo, no meio de cada prova e combate. Mas precisará fazer segundo as instruções que os israelitas recebe ram:...Crede no SENHOR vosso Deus, e estareis seguros... (2 Cr 20.20). Você vai ter que crer na Palavra de Deus antes de ser estabelecido e ir bem nesta vida! E você demonstra o que crê por meio de louvar a Deus com absoluta confiança na Sua Palavra!
  29. 29. JOSUÉ 6.16,20 16 E sucedeu que, na sétima vez, quando os sacerdotes tocavam as trombetas, disse Josué ao povo: Gritai; porque o SENHOR vos entregou a cidade... 20 Gritou, pois, o povo e os sacerdotes tocaram as trombe-tas. Tendo ouvido o povo o sonido da trombeta e levantado grande grito, ruíram as muralhas, e o povo subiu à cidade, cada qual em frente de si, e a tomaram. Quando os israelitas cercaram Jericó, tocaram as trombetas e o povo gritou com voz alta. Não acho que aqueles israelitas deram um simples uivo sem significado! Acho que gritaram louvores a Deus. Nenhuma barreira poderia resistir àquele poder, pois os israelitas estavam seguindo o plano de Deus. Quando clamaram a Deus, aquelas muralhas caíram diante do poder de Deus! Quer que as muralhasque o têm procurado prejudicar caiam diante de vo_cê, para passar por cima e tomar posse daquilo que Deus lhe tem prometido? Comece a gritar e louvar a Deus com voz de triunfo, porque você sabe quem é em Cristo. Grite e louve a Deus com voz de triunfo porque você está plenamente convicto de que Deus é poderoso para cumprir aquilo que Ele tem prometido! Todas as vezes na vida em que se encontrar com um Jericó espiritual, não fique com medo. Você tem a vitória em Cristo! Simplesmente comece a marchar em derredor daquelas impossibilidades com gritos de vitória, louvando a Deus de antemão pelo seu triunfo. A fé crê. A Fé confia. Por isso, a fé louva! Proclame com ousadia a sua fé em Deus, ainda que haja um "Jericó" atravessando o seu caminho! 4Não se assuste com isso! Para Deus, aquilo não é obstáculo! Demonstre a sua confiança em Deus, louvando-0 ainda antes de aquele Jericó cair diante de você, e então veja como Deus fará a obra. Os obstáculos não poderão permanecer na presença do povo de Deus quando os fiéis louvarem com sinceridade ao Senhor pela Sua grandeza e pela Sua fidelidade à Sua Palavra.
  30. 30. Veja bem: quando aprendermos a realmente louvar a Deus com fé e confiança totais na Sua Palavra, não teremos alguns dos problemas que tivemos no passado, quando tínhamos dificuldade em ter fé em Deus e em receber bênçãos da parte dele. Por que isto? Porque louvar a Deus fortalece a nossa fé. A Bíblia diz, por exemplo, que Abraão "... ficava forte e se fortalecia na fé à medida que dava louvores e glória a Deus". (Rm 4.20 Amp.). E notamos também em 2 Crônicas capítulo 20 que o louvor era usado como arma ofensiva na batalha contra o inimigo, e não somente como arma defensiva. Os israelitas ganharam uma batalha da máxima importância com a arma ofensiva do louvor e da adoração. Já que Deus usou os louvores dos filhos de Israel para* derrotar o inimigo, sendo que os israelitas eram meras pessoas carnais - não tinham nascido de novo pelo sangue de Jesus quanto mais Deus pode usar nosso louvor, o louvor de filhos e filhas nascidos de novo, para vencer e derrotar as tramas do diabo! É claro que o diabo vai querer jogar barreiras e bloqueios contra nossa fé, enquanto vivermos nesta vida. Não quer que recebamos o que Deus nos tem prometido, de modo que o diabo tentará colocar obstáculos impossíveis e barreiras impenetráveis no meio do nosso caminho. Mas precisamos aprender a resistir-lhe, mesmo quando parece que estamos totalmente cercados por barreiras intransponíveis. Aquelas Barreiras Intransponíveis Quando fiz serviço militar, o sargento-instrutor do nosso pelotão parecia deleitar-se em nos obrigar a fazer longos treinamentos penosos na marcha. Nosso regimento era o último que faria o treinamento com o antigo fuzil M 1. Posto que essa seria a última ocasião de alguém usar aquele tipo de fuzil antes de se tornar obsoleto, o general resolveu organizar uma grandiosa competição de marchas para comemorar o • evento. Um pelotão de cada companhia do regimento de treinamento foi escolhido para participar da competição.
  31. 31. No dia da formatura, todos os pelotões de cada companhia tinham que marchar na competição para ganhar o troféu do pelotão que marchava melhor. Tinham que marchar no campo das paradas militares, diante das vistas do general, que resolveria qual pelotão seria o campeão. Nosso coronel já nos informara que nossa companhia teria que conquistar o troféu - ou sofrer as conseqüências! Ele queria que aquele troféu ficasse em demonstração permanente no seu escritório! Quando começamos os nossos treinos, marchando pela primeira vez como "recrutas zero," e o sargento-instrutor gritou: "Atenção!" pela primeira vez, ficamos todos ali em posição de continência, mortalmente amedrontados. Da primeira vez que começamos a marchar, estávamos tão desajeitados que praticamente nos atropelávamos nas nossas idas e vindas. Não sabíamos marchar! Éramos recrutas xucros. Tínhamos passado exatamente uma semana e dois dias no exército. Depois de proclamado o concurso de passar as tropas em revista, nosso sargento-instrutor declarou: "Este pelotão vai conquistar o troféu para o coronel no dia da formatura! Todas as tardes, depois do jantar, e quando todos os demais estão livres, este pelotão vai sair ao campo das paradas a fim de marchar até depois do escurecer, até aprender a marchar como soldados de verdade!" Por isso, marchávamos, e marchávamos, e marchávamos. No fim da tarde, depois de todos os demais terem acabado os deveres do dia, ficávamos marchando naquele campo: "Um, dois, três, quatro," para a frente e para trás, para a frente e para trás. Marchávamos até escurecer, e em seguida, marchávamos ao luar! Da primeira vez que marchamos, parecíamos um agrupamento desajeitado, sempre atropelando uns aos outros, porque não sabíamos a mínima coisa a respeito de marchar. Marchando durante aquelas longas horas, cantávamos quando ficávamos cansados, porque assim nos esquecíamos da nossa grande cansei-ra. Depois de cerca de cinco semanas de marchas intermináveis, nosso sargento instrutor disse: "Tirem as bainhas das baionetas, e as coloquem nos seus cintos de munições."
  32. 32. Quando você está marchando com um agrupamento de recrutas xucros, com baionetas desembainhadas, precisa tomar cuidado! Da primeira vez que o sargento grita: "Para trás, marchar!" precisa esperar que todos se voltem na mesma direção no mesmo momento, ou então, terá que abaixar a cabeça depressa! Senão, alguém vai se machucar com uma baioneta! Quando o sargento-instrutor deu a ordem: "Para trás, marchar!" os homens voltaram-se em várias direções. Ouvíamos o barulho de metal contra metal, enquanto as baionetas se tocavam acima das nossas cabeças. Nunca na minha vida fiquei tão feliz por estar na fileira da frente! Olhei para trás, e certo recruta comentou: "Agora sei por que usamos esses capacetes de aço na cabeça! Sem capacete, agora eu estaria nas últimas!" Outro soldado, tentando obedecer àquela ordem, dera com a baioneta em cima da cabeça dele! Finalmente, depois de marcharmos todas as tardezinhas, durante umas cinco semanas, o sargento-instrutor convidou o comandante da companhia para sair ao campo e ver-nos desfilar. Até àquelas alturas, já tinhamos ficado bastante adestrados. Quem marchou tantas horas quanto nós marchávamos, acaba aprendendo; a boa forma, marchando em desfile, torna-se parte do nosso ser. Enquanto o sargento-instrutor e o comandante da companhia observavam o nosso desfile, o sargento-instrutor que fora tão duro conosco no início teve que reconhecer: "Creio que vocês conseguirão ganhar aquele troféu! Formam um dos melhores pelotões que já treinei. Agora vou levar vocês marchando, para exibi-los diante dos demais!" Colocou-nos cm desfile perto de outra companhia que estava ensaiando, e aqueles soldados davam um aspecto terrível! Pareciam do jeito que nós éramos quando começamos a marchar pela primeira vez. Muitas vezes, nos nossos treinos, o sargento-instrutor nos mandava marchar ao longo de certo trecho de estrada de asfalto. Bem no fim do trecho, havia um muro de blocos de cimento, com três metros de altura. Usualmente, o sargento-instrutor nos mandava marchar pela
  33. 33. estrada e, quando estávamos a uma distância de 3 ou 5 metros do muro, dava a ordem: "Para trás, marchar!" e fazíamos a reviravolta e voltávamos marchando. Mas certa vez, queria testar a nossa obediência. Ele nos fez descer marchando por aquela estrada de asfalto, mas sem nos dar a ordem da reviravolta. Enquanto nos aproximávamos com firmeza daquele muro de blocos de cimento, dava para eu ver que não havia maneira de passar por cima dele, nem de contorná-lo. E, realmente, não havia nenhum lugar para ir, senão dar de nariz naquele muro! Mas o sargento-instrutor não fez nenhuma pausa na sua cadência: "Um, dois, três, quatro," enquanto nos aproximávamos cada vez mais daquela barreira. Continuávamos marchando: "Um, dois, três, quatro." Dei uma olhada furtiva para o homem ao meu lado, e quando ele olhou para mim, o sargento-instrutor gritou: "Olhos para a frente!" No mesmo instante, voltamos os nossos olhares para a frente! Fiquei na fileira da frente, juntamente com os outros líderes do pelotão, que também provinham do Texas. Finalmente, aquele muro estava diretamente na nossa frente. O sargento não nos deu a ordem de "Para trás, marchar!" de modo que marchamos diretamente até o muro. Enquanto nós quatro, da fileira da frente, ficávamos em frente do muro - com o nariz tocando nele - cada vez que o sargento falava: "Um!" nossos joelhos esquerdos subiam e batiam no muro. Cada vez que dava a contagem de "dois" ou de "quatro," nossos joelhos direitos subiam e batiam no muro. Mas continuávamos marchando mesmo, forçando caminho contra o muro. Resolvi que obedeceria àquela ordem até o muro ceder e marchássemos por cima dele, ou o sargento nos desse a ordem: "Para trás, marchar!" Como resultado daquela prova de obediência, cada um de nós que formávamos a fileira da frente deixou buracos nos uniformes, e tínhamos que comprar outros! Mas recebêramos as nossas ordens, e não titubeamos. Não sei quanto tempo passamos batendo com os joelhos contra aquele muro, mas parecia um tempo bem longo.
  34. 34. Tínhamos sido treinados, pois, para continuar marchando, seja qual for o obstáculo. Não importa o que atravessava o nosso caminho - caminhões, automóveis, animais, fosse o que fosse - tínhamos as nossas ordens de marcha Não devíamos parar de marchar, por qualquer motivo que fosse, a não ser que recebêssemos ordens nesse sentido. Tendo cada um de nós o nariz fazendo pressão contra o muro, nada mais víamos senão aquele muro. Você fala em obstáculos intransponíveis! Mas tínhamos recebido as nossas ordens de marcha. No fim, a disciplina daquele tipo rendeu juros, pois conquistamos aquele troféu! Muitas vezes, como cristãos, passamos por experiências semelhantes na nossa vida espiritual. O inimigo coloca no nosso caminho barreiras aparentemente intransponíveis ao marcharmos pela estrada da vida. Mas temos as ordens que Jesus nos deu, de modo que não vamos interromper os nossos passos! E às vezes, quando marchamos contra os muros da adversidade, o Senhor requer de nós que fiquemos aí, marchando. Em outras palavras, nosso dever é manter-nos firmes, empregando a Palavra de Deus! É isso que é a obediência! Há momentos em que será necessário aquele tipo de determinação pai a vencer o diabo nas circunstâncias da vida. Você terá que simplesmente ficar firme mesmo quando a oposição é esmagadora. Terá que enfrentar Satanás usando a Palavra de Deus, nem olhando para a direita nem para a esquerda, e, mais importante ainda, nunca inter-rompendo os seus passos dados na fé!
  35. 35. Ordens de Marcha do Senhor! No meu andar cristão, Satanás tem jogado uns obstáculos aparentemente intransponíveis na minha frente enquanto eu marcho pela estrada da vida. Mas embora Satanás tenha levantado muros bem diante do meu rosto, sempre continuei marchando, por ter recebido as minhas ordens de marcha da parte do Senhor. Quando você recebe suas ordens de marcha da parte do Senhor, e vê uma barreira no seu caminho, não pare a fim de procurar uma saída. Não procure escavar debaixo daquele obstáculo, nem ir engatinhando para cima, nem contorná-lo. É só continuar marchando, firmando-se nas promessas de Deus enquanto marcha. Nem sequer interrompa o ritmo ou cadência dos passos que toma em obediência àquilo que o Senhor lhe mandou fazer. É só continuar marchando, mas citando com diligência e com todas as suas forças a Palavra de Deus diante de cada barreira ou obstáculo. "Todas as minhas necessidades são atendidas conforme as riquezas de Deus na glória." "Maior é Aquele que está em mim do que aquele que está no mundo." "Não posso fracassar com Aquele que é Maior dentro de mim." E continue marchando. Talvez pareça que a sua situação fique cada vez mais escura, e você sinta que está marchando para dentro da noite. Mas se continuar marchando e louvando a Deus, ouvirá, antes mesmo de poder esperar tal coisa, aquela barreira rachando-se, e a luz da manhã raiará para você. Se você for diligente para tomar posição na Palavra de Deus pela fé, e dar a Deus os louvores devidos ao Seu Nome por causa da Sua fidelidade às Suas promessas, aquela barreira não demorará muito para cair à sua frente, e irá marchar por cima dela, como vencedor! Comece a louvar a Deus pela Sua maravilhosa fidelidade às Suas promessas. Louvado seja Deus, porque a Sua misericórdia dura para sempre! Nada pode impedir o avanço de um filho de Deus quando aprende como louvá-Lo das profundezas do seu coração!
  36. 36. No Exército, quando estávamos colidindo com barreiras literais, tais como aquele muro de blocos de cimento, muitas vezes descobríamos que ajudava quando cantávamos. Podíamos esquecer-nos do fato de que nosso corpo estava cansado e dolorido, se conseguíssemos cantar e tirar a mente das circunstâncias dolorosas. Você, na sua vida cristã, quando achar que está com o nariz contra o muro, mas ainda está marchando em obediência ao Comandante Celestial, comece a cantar louvores a Deus enquanto marcha. Cantar os altos louvores a Deus levantará o seu espírito e ajudará a colocar aquelas circunstâncias na perspectiva certa. Cantar os louvores a Deus ajudá-lo-á a focalizar nEle a sua atenção e levará -aquelas circunstâncias a diminuírem de tamanho por contraste com a grandeza de Deus. O seu socorro provém do Senhor; por isso, olhe para Ele, e não para aquilo que você está passando. Cante os louvores de Deus e erga os seus olhos para focalizar o Deus que é mais do que suficiente, e que tem poder para salvá-lo! Talvez haja momentos em que você seja tentado a duvidar daquilo que Deus lhe prometeu. Mas se tão-somente se mantiver firme ~ em obediência às promessas de Deus, quando as tempestades uivantes da dúvida e do medo procuram amedrontá-lo, e louvar a Deus no meio de toda tentação e provação, Ele Se levantará e Se mostrará forte em seu favor. Aquele que prometeu é fiel (Hb 10.23). E quando o inimigo levantar barreiras em seu caminho, derrube-as mediante a Palavra de Deus! Uma das promessas de Deus é que você é mais do que vencedor em Cristo (Rm 8.37)! Você descobrirá que se marchar de conformidade com as "ordens de marcha" de Deus, e firmar-se nas promessas dEle, repentinamente aquele muro - aquela adversidade que se levantou contra você - começará a rachar-se e a desmoronar. É possível, sim, que você tenha que colocar o seu nariz diretamente contra aquele muro, e continuar marcando passo resolutamente com a Palavra de Deus, mas finalmente aquela barreira será forçada a ceder. Isso porque Deus promete que se estiver andando
  37. 37. segundo a Sua Palavra em todas as áreas da sua vida, nenhuma arma forjada contra você surtirá efeito (Is 54.17). À medida que se firmar na Palavra e louvar a Deus, aquela barreira - não importa o que for terá que vir abaixo! Mas, lembre-se, quanto mais aumentar seu problema por meio de falar e queixar-se a respeito, tanto maior se torna aquele problema - aquele muro! Mas a Palavra de Deus promete que nada poderá resistir ao poder de Deus! Deus promete que você poderá marchar para cima de toda e qualquer barreira mediante o poder do Senhor Jesus Cristo, dando a Deus todo o louvor e glória! Devemos marchar diretamente por cima daquelas barreiras do inimigo, acabar com os seus planos e celebrar a nossa vitória! Nesse exército ao qual você e eu pertencemos, a vitória nos foi prometida por nosso Comandante Supremo, o Senhor Jesus Cristo, não importa qual for a escaramuça, confrontação, ou batalha! Olhe como as suas montanhas desaparecem quando você começa a firmar-se na Palavra de Deus e a louvar ao Senhor pela Sua vitória e livramento na sua vida! Certamente as circunstâncias da vida o colocarão à prova. Você terá a oportunidade de verificar quais são as suas qualidades. Afinal das contas, é fácil louvar a Deus quando tudo está indo bem - quando o sol está brilhando e a brisa suave nos traz o doce aroma das flores! Mas o que você vai fazer quando estiver em pé no convés do navio da vida, e o sol for escurecido pelas nuvens negras da tempestade, e as ondas, açoitadas pelos ventos, levantarem-se acima de você no mar da vida? O que você vai fazer então - quando as crises da vida parecem entrar rolando como as ondas do mar levantadas pela tempestade? Quando não tem dinheiro suficiente para pagar as suas contas? Os filhos estão doentes. O carro está na oficina. As instalações hidráulicas não funcionam. Tudo parece estar em pane! É nessas horas que realmente conta o que você faz! Mas uma coisa posso lhe dizer: choramingar e queixar-se não vai solucionar nada! Talvez você diga: "O que está acontecendo? Tendo andado firme na minha fé em Deus! Por que o diabo está me atacando? Pensava que não
  38. 38. teria mais problemas, já que creio em Deus! Achava que, com eu andando pela fé, tudo iria bem, automaticamente. Não imaginaria que teria mais algum problema!" Não é assim que diz a Bíblia. A Bíblia diz que a provação da vossa fé é mais preciosa do que ouro (1 Pedro 1.7). Ela diz, também: Sabendo que a provação da vossa fé, uma vez confirmada, produz perseverança (Tg 1.3). A Bíblia diz, também, que você terá a vitória em Cristo se mantiver a sua posição com a Palavra e crer em Deus com perseverança (2 Co 2.14; Is 55.11). Quando as circunstâncias parecem estar na pior situação - quando elas ficam mais desoladoras e negras - não é esta a hora certa para ficar fraco na fé! É então que você deve proclamar com ousadia os louvores a Deus pela Sua fidelidade à Sua Palavra! Sei do que estou falando; já passei por tudo isso. As Tempestades da Vida As crises da vida vêm a todos nós. Já tive bastante experiência de ficar firme contra o inimigo, com nenhuma arma senão a Palavra de Deus na mão e os louvores a Deus na boca! Já passei por tudo isso! Vários anos atrás, o inimigo entrou no meu arraial e procurou acabar com minha esposa, comigo e com nosso filho, Craig! No dia 25 de janeiro de 1983, às 14:15 horas, quatro médicos olharam diretamente para mim e foi feita a declaração: "O seu filho tem tumor no cérebro! Se não removermos aquele tumor, o menino morrerá!" Sei como fica quando todas as circunstâncias parecem desoladoras! E especialmente quando recebemos uma notícia como aquela, não sentimos vontade de louvar a Deus! Ficamos por demais paralisados para termos vontade de fazer alguma coisa! As palavras são inadequadas para descreverem nossos sentimentos numa situação assim. Depois de os médicos terem-me dado aquele relatório horrível, pedi-lhes que me deixassem passar algum tempo a sós. Comecei a orar. Se você
  39. 39. sempre foi diligente para ocultar a Palavra de Deus no seu coração, e souber render-se ao Espírito Santo, então, nos momentos de desespero, Aquele que é Maior, que está no seu interior, assumirá o comando. Ele Se levantará poderoso dentro de você e será seu Consolador! / Dou graças ao Senhor porque, no meu coração, eu já lancei alicerces sólidos com a Palavra de Deus. Se você não guardar a Palavra de Deus no seu coração, nada terá para ser seu sustento ou alicerce quando chegarem as crises da vida - e elas vêm a todos nós. Naquela situação desconsoladora, no meio do desespero total, ergui as minhas mãos e comecei a louvar a Deus. Comecei a declarar: "Maior é Aquele que está dentro de mim, do que aquele que está no mundo! O diabo não vai nos destruir. Ele não vai destruir o meu filho! Com Deus do nosso lado, não poderemos ser derrotados. Deus está conosco, e está a nosso favor. E se Deus é por nós, quem poderá ser contra nósV Sim, sei como é andar pelo vale da sombra da morte. É uma provação de fogo! Sei como é ter meu nariz dando fortemente contra uma barreira intransponível, com o diabo gritando contra mim, com voz bem alta: "Você andou pregando o poder de Deus para operar milagres, mas agora Deus não vai fazer nada em seu favor!" Sei como é nada ficar vendo senão o desespero em todos os lados. Sei como é olhar meu filho entrar no centro cirúrgico, sabendo, o tempo todo, que minha única esperança se acha em Deus. Sei como é ter toda a minha fé centralizada em Deus, porque a situação é desesperadora no âmbito natural! Sem dúvida, os médicos possuem suas habilidades, mas somente Deus opera milagres! Minha esposa e eu esperamos durante 12 horas naquela sala de espera do hospital - desde às 7:00 da manhã até às 19:00 horas! Louvávamos a Deus durante o dia inteiro! Finalmente, o médico, que também é um homem de Deus, saiu da sala de operações, e vi escrita no seu rosto a tensão que tinha passado. Falou: "Graças a Deus, tudo está bem! Glorifiquemos a Deus!" e louvamos e glorificamos a Deus durante mais algum tempo!
  40. 40. E aquela foi uma das circunstâncias da vida nas quais, depois da vitória inicial, tínhamos que continuar a louvar a Deus e manter a nossa posição na fé. O médico nos informou que o crânio nunca mais se fecharia no lugar onde tinham feito o buraco através do qual chegaram ao cérebro de Craig, porque o menino já passara da fase da infância na qual o osso ainda poderia crescer. Disseram, ainda, que uma extremidade do tumor ainda ficara no cérebro; não conseguiriam tirar aquela parte sem arriscar a vida de Craig. Não devemos desistir quando as circunstâncias não vão do jeito que queríamos. Não é essa a hora de desistir; é a hora de nos aprofundarmos ainda mais em Deus! Minha esposa e eu resolvemos, diante de Deus, que não ficaríamos satisfeitos com nenhuma solução senão a melhor. Por isso, continuamos louvando a Deus e crendo nEle para desaparecerem todos os sinais daquele tumor, e para um osso novo crescer onde o médico dissera que era impossível. Deus nos dera a certeza de que nosso filho venceria essa crise e que a sua recuperação seria perfeita. Continuávamos, pois, a louvar a Deus pela recuperação perfeita, e pelo adolescente normal e saudável que nosso filho viria a ser. Eu louvava a Deus durante a noite, e por onde quer que ia, louvava a Ele! Louvava continuamente a Deus. E quando p diabo vinha contra mim com medo e dúvidas, às vezes eu procurava um lugar para estar a sós, e orava e cantava louvores a Deus. Não, eu não tinha uma boa voz de cantor, mas Deus não Se importava com isso. Ele sabia escutar o meu coração! Quanto a mim, cantava em voz alta: "Louvado seja Deus, pois as Suas misericórdias duram para sempre! Louvado seja Deus! Não ficarei satisfeito com nada senão o melhor. Pai, vamos receber o Teu melhor na cura de Craig!" O diabo é mentiroso! Quando meu filho saiu do hospital, estava com 40 kg de peso, embora tivesse 13 anos de idade. Mas dentro de 6 meses, passou a pesar 57 kg, e quando começou o nível colegial, resolveu que queria jogar justamente o futebol americanol
  41. 41. Tínhamos mantido a posição da fé, crendo na sua cura total, mas antes de ele poder jogar o futebol americano, tínhamos a obrigação de levá-lo de volta ao médico para fazer um exame. Quando o levamos de volta ao médico para fazer uma tomografía computadorizada do cérebro, aquele resto do tumor tinha desaparecido totalmente! Não somente isso, mas o médico também nos informou: "Falei-lhes que o osso no seu crânio nunca fecharia, mas já cresceu e fechou o buraco," e nos mostrou o raio-X. Com Deus, Nada é Impossível Tínhamos recebido o nosso milagre da parte de Deus! Uma ossifíca-ção nova tinha crescido e tampado o buraco no crânio. O médico disse que isso era impossível segundo a ciência médica! Mas com Deus, nada é impossível (Lc 1.37). Craig ganhou mais uns 20 kg de peso depois daquilo, e passou a jogar futebol americano no colégio! Hoje, nosso filho Craig goza de perfeita saúde, e é completamente normal. Creio que a sua recuperação milagrosa deve-se ao fato de termos continuado a manter nossa fé e a louvar a Deus quando tudo parecia desconsolador. Saímos vitoriosos, pois a Palavra de Deus nos promete o impossível em todas as circunstâncias contrárias! Deus não faz acepção de pessoas (At 10.34). Pois não há distinção... uma vez que o mesmo é o Senhor de todos, rico para com todos que o invocam (Rm 10.12). Se Deus pôde realizar o impossível na nossa vida, mediante a Sua misericórdia e graça, Ele poderá realizar o impossível na sua vida, também! Ouse tomar posição firme na Palavra de Deus, pedindo o seu milagre! Ouse agradecer e louvar a Deus pelo seu milagre, antes de o ver manifestado na vida natural! Há poder no Nome de Jesus e em cantar os Seus louvores! Seja qual for o problema que tiver na vida, se aprender a louvar a Deus antes de ver a resposta às suas orações, Deus lhe dará a vitória!
  42. 42. Seja o que for que necessitar da parte de Deus, está à sua disposição agora, se tão-somente confiar literalmente na Palavra de Deus e louvar a Ele pelas provisões que Ele ja fez por você, segundo a Sua Palavra! Você não precisa convocar alguém para ajudá-lo a louvar a Deus. Não precisa juntar-se à fila de oração, nem pedir a ajuda do seu pastor. Você pode começar por conta própria a invocar a Deus e a louvá-Lo, e ver a sua situação impossível tornar-se possível com Deus! Sem dúvida, é possível que você tenha que manter sua atitude de louvor durante algum período de tempo. A sua situação talvez não seja transformada da noite para o dia; a sua vitória talvez não caia sobre você como as cerejas maduras caem da árvore. Se, porém, você for fiel para confiar em Deus e na Sua Palavra, e para já louvá-Lo de antemão pelo resultado final, virá o dia em que verá sua vitória com seus próprios olhos! Não desista! Permaneça na presença de Deus, e verá a sua fé gloriosamente recompensada! Os louvores a Deus derrubam os muros da adversidade que o diabo levantou para nos prejudicar. O louvor leva aqueles muros e barreiras a desmoronarem. Quando caem por terra, você pode andar livre, na luz e liberdade da Palavra de Deus! Aqueles muros que o inimigo levantou para serem uma ameaça bem alta, terão que desfazer-se e cair, porque quando se manterem firme pela fé na Palavra de Deus, nenhuma arma forjada contra você poderá prevalecer! Quando aqueles' muros do inimigo caírem tombados na terra, você cantará, gritará, e se regozijará com alegria inefável. Jesus já lhe comprou a vitória, de modo que é só manter sua posição com a Palavra de Deus! Sua vitória está garantida, se continuar a louvar a Deus com confiança, firmando-se na Sua Palavra. Louve-O pela Sua grandeza e misericórdia, e verá a sua vitória conquistada. Deus não poderá mentir! Assim Ele tem declarado na Sua Palavra (Nm 23.19). O que Ele tem prometido a você, Ele é poderoso para cumprir (Rm 4.21)! Ele tem prometido que Ele lhe daria a vitória em
  43. 43. Cristo Jesus, em todas as circunstâncias (2 Co 2.14). E mesmo no Antigo Testamento Deus nos tem dado muitos exemplos dos Seus fiéis triunfando sobre o inimigo, quando confiavam em Deus e louvavam a Ele. É só obedecer a Deus e cantar os Seus louvores! Os Louvores Sobem Borbulhando Certo dia, quando comecei a orar e a louvar a Deus, tive uma experiência que foi um refrigério para mim. Tranquei-me num lugar onde ninguém mais podia escutar-me, e comecei a louvar a Deus em voz alta. É provável que tenha ficado cantando e louvando a Deus durante cerca de uma hora e meia. De repente, enquanto cantava e louvava a Deus, os louvores a Deus começaram a subir borbulhando do mais íntimo do meu ser, e saíram rolando numa dimensão sobrenatural. Era como um rio de louvor sobrenatural brotando de dentro de mim, mediante o poder do Espírito Santo. Às vezes, você pode começar a adorar a Deus sozinho com suas forças naturais, e então o Espírito de Deus o pegará, e você verá que louvores sobrenaturais brotam da profundidade do seu espírito! Enalteci e louvei a Deus mediante uma unção sobrenatural do Espírito Santo. E enquanto fiquei envolto nos louvores a Ele, o Senhor começou a revelar respostas a situações a respeito das quais tinha orado durante muito tempo. Pense nisso! As respostas aos problemas que me deixavam perplexo vinham a mim enquanto louvava a Deus! A cura do louvor é a cura mais poderosa que a humanidade já conheceu. Deus a instituiu faz muito tempo, e ela nunca fracassou. Nada toca no coração de Deus mais profundamente do que a oração sincera, de todo o coração. Os louvores a Deus sobem até Ele como aroma de perfume suave. Não importa qual bênção você precisa da parte de Deus - a Palavra de Deus declara que Deus nos tem abençoado com todas as bênçãos espirituais em Cristo Jesus (Ef 1.3). Deus tem a resposta pronta para você! Mas precisará aprender como tomar posse pela fé daquilo que
  44. 44. já lhe pertence. E uma maneira de fazer isso é mediante o louvor sincero de todo o coração, pois o louvor diz: "Obrigado, Pai. Pela fé, já tenho a minha resposta!" Você poderá receber toda e qualquer coisa que necessitar da parte de Deus, se aprender a louvar constantemente a Deus e andar na luz da Sua palavra. Louve a Deus no meio do desespero, quando tudo ao seu redor estiver escuro, e não perceber a sua resposta em lugar nenhum. Mesmo quando as circunstâncias da vida parecerem sombrias, mantenha-se firme e comece a louvar ao Senhor. A realidade é que é justamente quando a escuridão é mais forte e as nuvens das tempestades da adversidade entrarem rolando, que vem a hora de empregar contra o inimigo uma das suas maiores armas ofensivas - os altos louvores a Deus na sua boca! O pecado, a enfermidade e a doença são os nossos adversários; são as ferramentas do inimigo (João 10.10; At 10.38; 1 João 3.8). Quando o diabo estiver assoprando seus ventos uivantes da dúvida e da incredulidade e tentando levá-lo a andar pela vista e não pela fé, chegou a hora de declarar: "Não me importo com aquilo que vejo! Não me importo com o que sinto! Tenho comigo as promessas da Palavra de Deus! Meu Deus é mais do que capaz para satisfazer as minhas necessidades. Meu Deus me acompanhará até à saída vitoriosa!" E se continuar louvando a Deus, e continuar confiando nEle no meio da adversidade, Deus cuidará para que nenhuma arma forjada contra você faça efeito. Satanás procura forjar contra o povo de Deus a arma da doença e da enfermidade. Satanás está dizendo a alguns cristãos que vão ser abatidos com o câncer ou com uma parada cardíaca! Está dizendo a outros que fracassarão na vida, e que os sonhos que Deus lhes deu nunca se realizarão. É por isso que o louvor é tão vital ao cristão. Isso porque o louvor o ajuda a se colocar bem acima das suas circunstâncias, e daquelas dúvidas e temores, levando-o a subir cada vez mais e a conseguir novas perspectivas das suas circunstâncias, através do ponto de vista de Deus. Se você
  45. 45. tomar posição firme na Palavra de Deus e começar a confessar a Sua Palavra a respeito da sua situação, louvando-0 o tempo todo - por mais desesperadora que a situação pareça, Deus a transformará totalmente! À medida que você louvar a Deus - mesmo enquanto você olhar para aquelas trevas que ameaçam cercá-lo, Deus o fará subir para um plano mais alto de onde vislumbrará um raio dourado de esperança no horizonte. Mantenha os olhos fitos em Deus enquanto O louvar e se firmar na Sua Palavra! E aquela esperança brilhará cada vez mais, até você se achar no outro lado daquela montanha que Satanás tinha declarado intransponível. Levante os seus olhos, pois a sua redenção já está próxima! É que o poder de Deus é desencadeado em seu favor através do louvor e da sua fé em Jesus Cristo. À medida que continuar louvando a Deus, verá o poder de Deus começar a dissipar as trevas e desembaraçar as circunstâncias até você estar andando livre no sol aberto da liberdade que Deus lhe dá. Depois disso, você olhará em derredor para ver onde estão os seus problemas, e você não conseguirá localizá-los. Depois disso, você procurará ver as trevas com as quais o inimigo tentou amarrar você, e não existirão mais. Os altos louvores a Deus, provenientes dos seus lábios, liberam o poder de Deus em seu favor, para dissipar as tramas do inimigo. As circunstâncias contrárias não poderão impedir ou estorvar a manifestação do poder de Deus em seu favor! Nenhuma arma poderá surtir efeito contra o poder de Deus. Satanás procurará dizer-lhe que os seus problemas não poderão ser resolvidos. Deus, no entanto, poderá livrá-lo de toda e qualquer coisa que o inimigo tem usado contra você. Você convida o poder de Deus a operar em seu favor quando tem fé na Sua Palavra e os altos louvores a Deus na sua boca. Ande na obediência à Palavra de Deus, louve-O, e veja como Deus desembaraçará os seus problemas! Nosso Deus é grandioso para resolver problemas! O povo de Deus não poderá ser derrotado se tão-somente mantiver os olhos fitos nEle e aprender a firmar-se na Sua Palavra com confiança e fé totais, louvando-0 o tempo todo mesmo quando as circunstâncias parecem ser as piores. Aprendi há muito tempo que se não desistirmos, nada
  46. 46. na vida poderá nos derrotar, tendo Deus do nosso lado. Deus nos prometeu a vitória mediante Cristo, no meio de todas as circunstâncias. Essa é a Sua promessa! E Aquele que tem prometido é fiel (Rm 4.21; Hb 10.23; Hb 11.11). Não acredito em desistência! O diabo pode usar suas táticas e suas manobras, mas se você tãosomente não desistir, e com os louvores a Deus no seu coração e na sua boca, não poderá ser derrotado. O poder de Deus é real! O poder de Deus sempre está à disposição para livrá-lo, mas você se liga com esse poder mediante o louvor. Você convida a demonstração do poder de Deus a entrar nas suas circunstâncias por meio de louvá-Lo! Se aprender a louvar a Deus, o poder de Deus entrará em cena para libertá-lo! É fácil pular e gritar e louvar a Deus quando seus amigos cristãos ao seu redor estão louvando a Deus - quando a atmosfera em derredor está cumulada com a unção e poder divinos. É fácil cantar os louvores a Deus quando a congregação inteira também está louvando a Deus. Mas é questão bem diferente quando se trata de louvar a Deus nas circunstâncias mais adversas, quando o único alicerce que tem para firmar-se é a Palavra de Deus com as Suas promessas. Se, porém, aprender a louvar a Deus naqueles tempos da maior necessidade, é então que Deus o tornará forte na fé! Depois disso, nada mais poderá derrotá-lo, pois aprendeu o segredo do louvor. Nenhum diabo ou circunstância adversa poderá vencê-lo! Nenhum poder do inimigo poderá prejudicá-lo! Em Cristo, você é o vencedor, e não a vítima! O poder de Deus vem nos socorrer quando louvamos, pois o louvor é a linguagem da fé. Se você aprender a louvar a Deus, poderá ser liberto de qualquer problema, prova, ou provação. Quando começar a louvar a Deus, fique pronto para receber as Suas bênçãos! Se andou suportando uma série de testes e provações na sua vida, e sentir que já não dá para agüentar mais nada, comece a louvar a Deus, de todo o seu coração. Conforme já falei muitas vezes, quando o sobrenatural entra
  47. 47. em contato com o natural, produz uma força explosiva em favor de Deus! É verdade! O poder de Deus é tangível; muitas vezes, você consegue senti-lo. O poder de Deus é como a eletricidade. Você não consegue ver a eletricidade, mas se pegar nela, certamente consegue senti-la! É assim o poder de Deus. Você nem sempre o vê, mas quando Ele toca na sua vida e transforma as suas circunstâncias, você fica consciente disso! Deus quer que o Corpo de Cristo experimente o poder no louvor. Quando aparecer um problema ou quando você estiver passando por uma necessidade, ligue-se no poder de Deus que está à sua disposição mediante o louvor. Talvez você não sinta vontade de louvar a Deus. Usualmente, quando as circunstâncias parecem sombrias, louvar é a última coisa que se sente vontade de fazer. Se, porém, você aprender a louvar a Deus independentemente das suas circunstâncias, o poder de Deus surgirá em cena. À medida que dedicar tempo a louvá-Lo na Sua Presença, você descobrirá que seus cuidados, preocupações, frustrações e temores desaparecerão diante da luz da Palavra de Deus e do Seu poder.
  48. 48. Capítulo 3 O Louvor: Um Modo de Vida! Firme está o meu coração, ó Deus, o meu coração está firme; cantarei e entoarei louvores. - Salmo 57.7 Deus, o Criador dos Céus e da Terra, agrada-Se dos nossos louvores. Como poderemos louvar a Deus suficientemente por tudo quanto Ele tem feito por nós, e por tudo quanto Ele ainda está fazendo em nosso favor? Muitas vezes, se tão-somente entendêssemos o que Deus estava fazendo em nosso favor por detrás dos bastidores (por assim dizer), estaríamos louvando a Ele de dia e de noite! É por isso que é tão importante aprender a viver nos louvores de Deus. Quando abrir os olhos de manhã, ao invés de talvez gemer e queixar-se: "Oh, não! mais um dia," pratique o louvor a Deus. Quando o despertador começar a soar de manhã, treine-se a dizer: "Louvado seja o Senhor! Este é o dia que o Senhor fez. Vou me regozijar e ficar alegre nele!" Os Benefícios do Louvor Veja como suas atitudes vão mudar à medida que você praticar o louvor a Deus de manhã.cedo! Por exemplo: ao invés de despertar com
  49. 49. pensamentos negativos, talvez você tenha que deliberadamente praticar o louvor a Deus. Mas se você fizer assim de modo consistente, verá que 4 sua atitude mudará de negativa para positiva. Você descobrirá, na realidade, que louvar a Deus tem efeito benéfico na totalidade do seu dia. Quer saber dos benefícios de Deus? Quando começar o dia com os louvores de Deus nos lábios, veja como os benefícios de Deus aumentam na sua vida porque você está aproveitando um reservatório oculto do poder de Deus! À medida que crescer nessa experiência notável de começar o dia louvando a Deus e vivendo uma vida de louvor, ao invés de se sentir irritável e de mau humor, você descobrirá novas forças e vitalidade na sua vida. Até mesmo a sua família notará a diferença em você! Quando todos os demais ainda estiverem tentando acordar de manhã, você estará sorrindo e cantando e louvando a Deus! Louvar a Deus como sua primeira atividade matutina lhe dá um conceito totalmente diferente do seu dia, porque louvar a Deus encoraja o seu coração. O louvor é um elemento muitíssimo importante na vida cristã por causa do muito que ele opera em nosso favor. Mas às vezes penso que os cristãos têm deixado para os cultos nas igrejas aos domingos essa maneira maravilhosa de receber o poder e as bênçãos de Deus na sua vida. O louvor merece ocupar um lugar muito maior do que isso na nossa vida! Entre outras coisas, a Bíblia diz que a alegria no Senhor é a força dos cristãos (Ne 8.10), e é o louvor que nos leva àquela alegria. A alegria no Senhor sempre está à nossa disposição, mas o louvor nos ajuda a ligar-nos com essa fonte de poder! O louvor é enaltecê-Lo a Deus por aquilo que Ele tem feito em nosso favor: Recordo os feitos do SENHOR, pois me lembro das tuas maravilhas da antigüidade (SI 77.11). E o louvor pode ser quieto, falado em voz baixa, ou pode ser bem audível e expressivo.
  50. 50. Onde quer que você esteja, poderá louvar ao Senhor, e esse louvor trará encorajamento ao seu espírito e será uma fonte contínua de força para a sua vida. E o louvor pode transformar a própria atmosfera espiritual de um lar! Sempre onde abundam os louvores a Deus, prevalece também uma atmosfera tremendamente inspiradora e entusiasta. Quer você reconheça esse fato, quer não, louvar a Deus também afeta grandemente as nossas emoções. Embora sejamos seres espirituais, também temos uma natureza emocional. A natureza do homem, tanto no nível espiritual quanto no nível emocional, é afetada de modo positivo pelo seu louvor a Deus. E podemos ajudar a manter as nossas emoções em harmonia com a Palavra de Deus e estabilizadas pelos louvores que saem do nosso coração - do mais íntimo do nosso ser. Estou certo de que todos nós temos experimentado o que uma atitude negativa e uma confissão negativa fazem de mal na nossa vida. Quanto mais falamos a respeito de como nos sentimos mal, e de como estamos deprimidos, tanto pior se torna a nossa condição. Por outro lado, quanto mais louvamos a Deus por aquilo que Ele está fazendo em nosso favor, tanto melhor nos sentimos e tanto mais brilhante a nossa vida começará a parecer. Louvar a Deus coloca a esperança no lugar do desespero. Louvar a Deus pela Sua bondade dissipa a dúvida, a depressão e a incredulidade. O louvor é tão importante para o crente, porque fornece um meio de ajudá-lo a permanecer na fé e a colocar-se acima das emoções negativas que procuram afundá-lo no lamaçal da dúvida e da incredulidade. E quando estiver andando na fé, nada lhe será impossível com Deus (Lc 1.37). Talvez você não sinta que possui tudo quanto desejaria na vida. Poderá até mesmo olhar em derrèdor e ver outras pessoas que parecem possuir muito mais. Mas, para ter sucesso aos olhos de Deus, você vai precisar permanecer no lado positivo do seu pensar.
  51. 51. Quando, portanto, começar a sentir autocompaixão, não fique pensando só em si mesmo, mas olhe em derredor e procure alguém, menos favorecido, a quem você pode ser uma bênção. Você sempre vai estar em condições melhores do que muitas pessoas; pratique, portanto, considerar sua vida de modo positivo, e não negativo. Quando fizer assim, aprenderá o segredo de louvar a Deus a despeito das suas circunstâncias exteriores, e reconhecerá o valor do tesouro que é um coração grato e generoso. Esse princípio da gratidão a Deus pelas bênçãos das quais desfrutamos tornou-se especialmente real para mim certo dia quando falei com alguns estudantes do Instituto RHEMA que provinham de um país estrangeiro. Quando chegaram nos Estados Unidos, provenientes da República Dominicana, e viram toda a abundância da qual desfrutamos aqui, reconheceram que não deveriam acostumar-se a viver o modo de vida típico norte-americano, cheio de abundância. Por isso, deliberada-mente se limitaram a apenas 32 dólares por mês em gêneros alimentícios enquanto vivessem nos Estados Unidos. Essa limitação da quantia de dinheiro que podiam gastar em comida tinha um propósito: queriam manter o mesmo nível de vida s que conheciam na República Dominicana. Explicaram que, ao man- l terem o padrão de vida normal na sua pátria, as privações ao voltarem para lá não lhes pareceriam um choque tão grande na sua volta às aldeias de origem. Veja bem: provinham de um país do terceiro mundo, e sabiam que S tinham que voltar para lá. Não queriam fazer com que a sua volta à a região fosse penosa demais, de modo que não se permitiram acostumar demasiadamente aos luxos norte-americanos. No país deles, o nível de vida mediano da América do Norte é considerado luxo! Quando visitei o Quênia, um dos pastores nacionais contou-me a respeito das suas dificuldades em enviar jovens africanos às Escolas Bíblicas da Europa e dos Estados Unidos. Esses africanos nativos ficavam tão acostumados com a abundância da vida nas cidades, que não
  52. 52. queriam voltar às aldeias tribais e ministrar ao seu próprio povo! Mesm se acabassem voltando à África, só queriam morar nas cidades modernas urbanizadas, onde pudessem desfrutar dos mesmos confortos que ti-nham conhecido nas cidades grandes no estrangeiro! Não importa em que país moramos, ao invés de sentirmos pena de NÓS mesmos, por causa das circunstâncias desfavoráveis ou desagradá veis, dlevemos começar a louvar a Deus pelas bênçãos que Ele tem derramado sobre nós. O Egoísmo Prejudica as Bênçãos Divinas Creio que a razão por que muitos cristãos não estão desfrutando de ....uma quantidade bem maior das bênçãos de Deus é que são egoístas com bênçãos que já receberam de Deus! Têm fé em Deus para recebere abundância, e quando Deus começa a lhes dar mais fartura, ao invés de compartilhá-la com pessoas necessitadas, só dissipam as bênçãos de DEUS, gastando tudo nos seus próprios desejos. E . muitas vezes, essa falta de gratidão é acompanhada por uma atitude de egoísmo. Os cristãos egoístas continuam gastando cada vez mais nos seus próprios prazeres, e nunca pensam nas necessidades do Mimo. Uma pessoa assim não poderá receber, em última análise, as melhores bênçãos de Deus. Um dos benefícios do louvor é que ele tira nossos olhares de nós mesmos e os fixa em Deus. O louvor a Deus nos ajuda a vencer nossa própria atitude egoísta porque, à medida que gastamos tempo na presen. ça do nosso Pai Celestial, Ele começa a nos transformar, especialmente naquelas áreas de egoísmo ou ingratidão.
  53. 53. O cristão derrotado é aquele que não compreende os benefícios e bênçãos ocultos no louvor ao Senhor. Nunca vi derrotado um cristão que vivesse uma vida de louvor diante de Deus. Por outro lado, nunca vi um cristão vitorioso que não louvasse continuamente ao Senhor! Os cristãos vitoriosos parecem ter uma atitude positiva para com a vida, e muita gratidão no coração para com Deus; deleitam-se em louvar ao Pai Celestial. Quando você se entusiasma e se emociona com Deus, louvar e agradecer a Ele pelas Suas bênçãos fica sendo uma expressão natural da sua gratidão. Você não poderá ser vitorioso sem ser grato a Deus e louvá-Lo por aquilo que Ele lhe tem feito. As pessoas podem expressar de modos diferentes o seu louvor a Deus. Algumas delas são por natureza mais barulhentas e expressivas do que outras, porque suas personalidades são mais expansivas e extrovertidas; por isso, talvez façam mais alarde e demonstração nos seus louvores do que outras pessoas. Mas não devemos criticar a ninguém por não louvarem a Deus da maneira que achamos que devem. O que é importante mesmo é louvar a Deus de todo o coração. A Bíblia diz: Render-te-ei graças, SENHOR, de todo o meu coração... (SI 138.1). Por outro lado, talvez fosse benéfico para aqueles cristãos que têm espírito mais quieto irem sozinhos para algum lugar de vez em quando a fim de louvar a Deus fervorosamente, em voz alta. Às vezes poderia lhes fazer bem fechar todas as portas da casa e levantarem sua voz, louvando seu Pai Celestial, ou louvar assim enquanto viajam de carro sozinhos. Algumas pessoas provavelmente passariam um susto se ouvissem o som da sua própria voz louvando a Deus bem audivelmente! Talvez pareça estranho, mas a verdade é que algumas pessoas têm dificuldade em pregar porque têm medo do som da sua própria voz! Quando, porém, estamos louvando a Deus na igreja, devemos esquecer-nos de
  54. 54. ! quem poderá nos escutar, e simplesmente derramar o nosso coração diante de Deus. Em seguida, é só ver como o poder de Deus agirá nos nossos cultos! Uma Igreja Alegre é Uma Igreja Vitoriosa Uma igreja que não expressa louvor jubiloso é, muitas vezes, uma igreja derrotada. Faça uma pequena pausa para pensar nisso! Uma igreja I om espírito de derrota não tem louvores alegres. Em algumas igrejas, Você nunca ouve as pessoas levantarem a voz para louvar e adorar a Deus. Todas elas cantam os hinos numa altura que pouco passa de um sussurro, e ninguém ousa orar em voz audível. E se alguém levantasse a VOZ cm louvores a Deus, os introdutores provavelmente o escoltariam até à porta da saída, com a máxima pressa! Igrejas assim parecem demonstrar a atitude: Que irreverência! Imaginem só! Louvar a Deus em voz alta na igreja! Como pastor, porém, sei que me sinto muito encorajado quando vejo as pessoas demonstrarem seu amor a Deus através dos seus louvores. Basicamente, nossos cultos de louvor devem refletir nossa profun-da reverência a Deus. Nosso louvor e adoração devem refletir os corações e vidas de pessoas que se entusiasmam pelo seu Pai Celes-tial. Afinal de contas, quando vamos às competições esportivas, llguns entre nós ficamos emocionados e pulamos e gritamos, torcen-do pelo nosso time. Se conseguimos emocionar-nos com um jogador de futebol que Ohuta para o gol, devemos saber não somente reverenciar profundamente Jeus Cristo, que nos redimiu, mas também nos emocionar com Ele! Está na hora de aprendermos a valorizar e estimar .quem realmente merece nosso louvor- o Senhor Jesus Cristo e nosso Pai Celestial! Nosso modo dé cantar na igreja deve também refletir nosso louvor a Deus. Muitas vezes, é gostoso cantarmos na igreja, mais não se trata realmente do louvor. O louvor genuíno deve fluir do coração do homem para Deus. Da próxima vez que você estiver louvando a Deus
  55. 55. na igreja, faça a si mesmo esta pergunta: Estou apenas louvando a Deus de modo exterior? Ou estou louvando a Deus das profundezas do meu coração? Há uma vasta diferença entre o cântico rotineiro de hinos de louvor, e cantá-los das profundezas do seu coração com uma atitude de gratidão a Deus. Às vezes, palavras de louvor podem sair da sua boca, mas o seu coração não tem nenhuma participação verdadeira nisso. E isso não é louvor genuíno. Uma das indicações de semelhante louvor "mecânico" é um rosto inexpressivo, pois você está apenas falando palavras da boca para fora. Você pode até mesmo acompanhar a música com suas mãos e com um "sapatear" carismático. Mas tudo isso não é necessariamente o verdadeiro louvor! Por outro lado, se o seu coração está envolvido, é mesmo o verdadeiro louvor. Mas durante a maior parte do tempo, quando louvamos a Deus de modo mecânico, e o nosso coração não está envolvido, nossa mente também fica a um milhão de quilômetros de distância. E às vezes as pessoas se preocupam tanto com o ritmo certo, que não seria possível louvarem a Deus, pois estão demasiadamente ocupadas acompanhando a música! Em outras palavras: só por que as pessoas abanam os braços e seguem os movimentos externos de louvar a Deus, não comprovam com isso que realmente estão louvando a Deus. Muitas pessoas fazem os gestos externos quando, na realidade, o seu coração está longe de Deus. Quando assim acontece, o louvor fica sendo mais um exercício físico do que outra coisa. As pessoas que fazem assim acabam tendo quinze minutos de exercícios aeróbicos - mas não de louvor! Não acho que os cristãos agem deliberadamente assim. Mas quando louvamos a Deus de modo mecânico, ao invés de se tratar de uma expressão íntima do nosso coração, o louvor passa a ser pouco mais do que um ato mecânico ou demonstração externa. Há uma vasta diferença entre o verdadeiro louvor e a adoração que provêm do nosso coração e
  56. 56. as expressões automáticas que saem da boca para fora. O verdadeiro louvor provém do espírito ou coração do homem, e é expressado pelos seus lábios. Outro sinal do verdadeiro louvor é que quando cantamos na igreja, por exemplo, não estamos "encenando uma peça musical no palco"; louvamos a Deus de todo o coração. Os próprios cânticos devem refletir nossa adoração e louvor a Deus. Em outras palavras, a música não deve desviar de Deus a nossa atenção e enfoque, e fixá-los no homem ou nos objetos; deve atrair nossa atenção e enfoque para a magnificência e o poder de Deus. A música do louvor precisa refletir nossos mais profundos sentimentos de louvor e adoração a Deus, e não se tratar só de palavras bonitas com um ritmo que "pega." Mas às vezes, mormente nos corinhos mais modernos com ritmos fortes, as cadências e o ritmo dos cânticos podem lender a chamar nossa atenção mais à música do que atraí-la para Deus. E existem músicas que só apelam às nossas emoções, e não ao nosso espírito. A música que apela à nossa natureza carnal pode até mesmo nos impedir de adorar a Deus. A verdade é que alguns cânticos de louvor são meramente psicológicos; apelam às emoções do homem, e não ao seu espírito. Mas quando a nossa música expressa louvores a Deus pela Sua grandeza, o O honra por aquilo que Ele tem feito em nosso favor na redenção, tal tipo de música vai além de uma mera excitação superficial e psicológica. O verdadeiro louvor penetra profundamente no âmbito do espírito e agrada a Deus. O verdadeiro louvor também edifica e levantaa nosso próprio espírito.
  57. 57. A Música é uma Ferramenta Poderosa do Louvor Precisamos tomar cuidado especial na área da música eclesiástica, e isso por dois motivos. Um dos motivos dos nossos cuidados tem que ver com a origem da música. Estudando a Bíblia, vêse que Lúcifer era originalmente o encarregado da música. Lúcifer era o músico-mor de Deus (Ez 28.13-14), Quando Lúcifer rebelou-se contra Deus e caiu, perverteu o propósito da música para adorar a ele mesmo, e não a Deus. Outra razão por que precisamos tomar cuidado com nossa música de igreja é que quase nada existe com mais capacidade para afetar a natureza humana e as emoções do homem do que a música. A música deve ter um efeito positivo, e não negativo, sobre nós. A música pode ajudar os crentes a entrar no espírito do louvor e da adoração, ou pode prejudicar o seu culto a Deus. Os instrumentos musicais foram originalmente criados para louvar a Deus. A Bíblia diz muita coisa a respeito do emprego dos instrumentos musicais para louvar ao Senhor, mas o diabo tem procurado perverter a música e empregar os instrumentos musicais para louvar a ele, e não a Deus. Esse fato, no entanto, não deve impedir os cristãos de usarem os instrumentos musicais de conformidade com a intenção original de Deus - para louvar ao Senhor! Muitas pessoas dão a impressão de achar que não devemos ter música bela na igreja; parece que pensam que a igreja deve ser tão quieta e severa como um velório! Mas realmente devemos empregar a música para louvar e glorificar a Deus! A igreja precisa voltar ao louvor e adoração bíblicos genuínos na música. No verdadeiro louvor e adoração, a congregação é levada a entrar num estado de reverência, louvor e adoração a Deus no seu próprio espírito. O verdadeiro louvor e adoração não é uma experiência física ou psicológica. No começo do Movimento Carismático, os carismáticos criticavam as igrejas tradicionais por causa do seu ritual e dos seus cultos mecani-

×