Your SlideShare is downloading. ×
Ferramentas para coleta de dados na internet
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Ferramentas para coleta de dados na internet

3,129
views

Published on

Algumas ferramentas de coleta de dados na internet para monitoramentos.

Algumas ferramentas de coleta de dados na internet para monitoramentos.


0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
3,129
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
43
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Ferramentas para coleta de dados na Internet Elisangela Lasta
  • 2. Google Alerts Faz buscas automáticas de acordo com palavras-chave que o pesquisador solicitar; Enviando-lhe por e-mail todos os resultados; O retorno das informações pode acontecer todos os dias, semanalmente, ou seja, quando surgirem atualizações.
  • 3. Exemplo: Monitoramento e Análise do Corpus de Estudo Definimos para a busca as palavras Web 2.0, Blogs e Blogs Corporativos; Foram definidas a partir de pesquisa bibliográfica; Consideradas como categorias primárias; Foi a partir dessas três palavras ou categorias iniciais que o programa Google Alerts selecionou os conteúdos disponibilizados na web e os enviou para o e-mail designado.
  • 4. Andamento da coleta de dados: Os dados foram coletados com observação sistemática, não participante, individual e na ambiência da Internet. Após o recebimento dos conteúdos no e-mail indicado fizemos: 1° Triagem; 2° Leitura de todos os conteúdos do primeiro mês; 3° Montagem do quadro com subcategorias derivadas de cada uma das três categorias iniciais; Nos demais meses selecionamos os conteúdos que obedeciam aos critérios dessas subcategorias.
  • 5. Quadro das categorias e subcategorias: Google Alerts Palavras-chave – Categorias Primárias 1. Web 2.0 2. Blogs 3. Blogs Corporativos 2.1. Projeto social para ensinar o uso dessa mídia 3.1. Lançamento de blog corporativo 1.1. Sobre web 2.0 e empresas 3.2. Pesquisas, dados e estudos 2.2. Mídias sociais Digitais 1.2. Redes sociais digitais 3.3. Novas tendências para o ambiente 2.3. Blogs para audiências organizacional 1.3. Aperfeiçoamento da Web 2.0 2.4. Blogs como fonte de pesquisa para jornalistas 3.4. Blogs de profissionais (CEO) 1.4. Sobre Web 2.0 2.5. Blogs como fonte de informação para empresas 3.5. Empresas, instituições que já estão na blogosfera 2.6. Programas para melhorar os blogs 2.7. Pesquisas, dados e estudos 2.8. Exemplo de mau uso de blogs 2.9. Questões judiciais 2.10. Morte do blog 2.11. Crítica sobre as matérias da morte dos blogs 2.12. Uso do blog para negócios
  • 6. Tabulação dos Dados: Todos os dados recebidos por e-mail foram dispostos em planilhas do Excel; Posteriormente realizamos a tabulação, construindo tabelas e gráficos que indicaram a percentagem do aparecimento na web dessas categorias e subcategorias; Assim acompanhamos o desenvolvimento das discussões em torno das três palavras-chave em tempo real e de forma dinâmica; Esses dados ficam disponíveis somente aos pesquisadores; Armazenados pelo tempo que quisessem; Possibilitando assim, a consulta dos dados a qualquer hora e momento conferindo uma maior liberdade para a pesquisa.
  • 7. Feeds RSS Termo “feed” vem do verbo inglês que quer dizer “alimentar”. Ele é um endereço web como qualquer outro, mas com conteúdo diferente. A melhor forma de tirar proveito dos feeds é através de um agregador RSS. Existem vários tipos de agregadores RSS: podem estar integrados no serviço de e-mail, aplicações do desktop ou em outras plataformas (por exemplo, mozilla firefox); Para este tipo de coleta de dados você precisará assinar feeds de RSS de sites, blogs, etc que disponibilizam essa opção.
  • 8. MonitorThis É um Site, no qual, você pode subscrever os resultados de uma lista de 22 motores online (por exemplo: technorati, msn, news, flickr, Yahoo etc); Este serviço constrói um ficheiro OPML que define uma lista de feeds existentes em todas as fontes selecionadas; Porém, é em inglês. http://alp-uckan.net/free/monitorthis
  • 9. Websites para monitoramento (blogs)
  • 10. Blodex, TopLinks no Brasil Websites que acompanham o conteúdo de blogs e de páginas de notícias e tudo o que é falado sobre estes; Preparam um ranking dos posts ou notícias mais comentados e discutidos durante o dia. www.blogdex.net http://toplinks.idearo.com.br
  • 11. Yahoo!Buzz Possibilita acompanhar quais são os termos mais pesquisados na ferramenta de busca para assuntos, como nomes de filmes, de músicas, artistas e outros. http://buzz.yahoo.com
  • 12. Opinmind Ao inserir o objeto de pesquisa (assunto ou marca) a página de resultados monta uma classificação dos posts em duas colunas; Uma com os resultados favoráveis e outra com os desfavoráveis.
  • 13. Referência CIPRIANI, Fábio. Blog corporativo. SP: Novatec, 2006. LASTA, Elisangela. Relações Públicas e os Blogs Corporativos: relações comunicacionais entre as organizações e a sociedade contemporânea no contexto da Web 2.0. Trabalho de conclusão de curso:Santa Maria, 2009.

×