Your SlideShare is downloading. ×
0
Sobre    Contato   ApoioElaborado porElisangela Lasta                        Artigo Intercom                              ...
Sobre               (contextualização)•   Partimos do contexto da web 2.0 no qual tanto os sujeitos    como     as   organ...
Sobre   (contextualização)
Objetivo• Observar e demonstrar a “cauda longa” que o  blog corporativo Fatos & Dados gerou, desde  junho de 2009 até sete...
Parte 1 -    Lançamento do Blog               Corporativo Fatos e Dados da Petrobras• Lançado em 2 de junho de 2009;• Cogi...
Parte 1 -    Lançamento do Blog              Corporativo Fatos e Dados da Petrobras• Fragmento      retirado        de    ...
Parte 2 -      Comunicação Organizacional                 na ambiência da mídia digital                              Mídia...
Parte 2 -      Comunicação Organizacional                     na ambiência da mídia digital                               ...
Parte 3 -      A cauda longa do lançamento                   do blog corporativo da Petrobras•   O conceito da “cauda long...
Parte 3 -      A cauda longa do lançamento                do blog corporativo da Petrobras•   O percurso metodológico real...
Parte 3 -      A cauda longa do lançamento                  do blog corporativo da Petrobras         Monitoramento estraté...
Parte 3 -      A cauda longa do lançamento                      do blog corporativo da Petrobras•   2º. Condução do proces...
Parte 3 -      A cauda longa do lançamento                 do blog corporativo da Petrobras•   3º.    Identificação       ...
Parte 3 -      A cauda longa do lançamento                  do blog corporativo da Petrobras•   4º. Apresentação dos resul...
Parte 3 -      A cauda longa do lançamento                      do blog corporativo da Petrobras•   Deslocamento da cauda ...
Cauda Longa da Informação•   Na sua “cabeça” encontramos as empresas de comunicação (hits)    com maior número de alertas ...
Cauda Longa da Informaçãoy = Alertas                                                        A linha é a trajetória dos ale...
Cauda Longa da Informação•   Tanto empresas de comunicação como a sociedade conectada podem    ter um espaço nessa ambiênc...
Considerações Parciais•   O uso do blog corporativo permite que a organização se relacione    diretamente com seus público...
Considerações Parciais•   Um   possível     posicionamento      estratégico     de   atuação   para   a    comunicação org...
ContatoDr(a) Eugenia M. R. BarichelloE-mail: eugeniabarichello@gmail.comElisangela LastaE-mail: elisangela.lasta@gmail.com...
Apoio
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Comunicação organizacional na mídia digital a cauda longa da informação gerada após o lançamento do blog corporativo fatos e dados da petrobras

844

Published on

Trabalho apresentado no Colóquio Acadêmico no dia 3 de setembro. Finalistas do prêmio estudantil da Intercom edição 2010-2011 - Franscisco Morel.

Published in: Business
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
844
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
8
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Transcript of "Comunicação organizacional na mídia digital a cauda longa da informação gerada após o lançamento do blog corporativo fatos e dados da petrobras"

  1. 1. Sobre Contato ApoioElaborado porElisangela Lasta Artigo Intercom Cauda Longa ConsideraçõesContextualização Objetivo Parte 1 Parte 2 Parte 3 da Informação parciais Comunicação Organizacional na Mídia Digital: A Cauda Longa da Informação Gerada após o Lançamento do Blog Corporativo Fatos e Dados da Petrobras Mestranda Elisangela Lasta Profª. Drª. Eugenia M. R. Barichello
  2. 2. Sobre (contextualização)• Partimos do contexto da web 2.0 no qual tanto os sujeitos como as organizações podem criar, produzir e disseminar conteúdos que se propagam e circulam nessa ambiência originando uma cauda longa da informação (que irá traduzir as manifestações das organizações e dos sujeitos conectados a internet).• Esse panorama traçado evidencia um alto nível para monitorarmos os comportamentos e opiniões nessa conjuntura.• E os blogs corporativos podem ser um espaço para a negociação, para o diálogo e para práticas cooperativas entre organização-público e vice-versa.
  3. 3. Sobre (contextualização)
  4. 4. Objetivo• Observar e demonstrar a “cauda longa” que o blog corporativo Fatos & Dados gerou, desde junho de 2009 até setembro do mesmo ano, salientando algumas potencialidades que esta ação pode agregar para a comunicação organizacional.
  5. 5. Parte 1 - Lançamento do Blog Corporativo Fatos e Dados da Petrobras• Lançado em 2 de junho de 2009;• Cogitamos a hipótese de que a organização adotou o blog com a intenção de: “[...] estabelecer links de comunicação externa e conversações com seus clientes com o intuito de poder se expressar diretamente sem a participação dos meios de comunicação tradicionais, além de poder receber um feedback de grande valor sem intermediários” [grifos nossos] (ALONSO, 2007, p.101).
  6. 6. Parte 1 - Lançamento do Blog Corporativo Fatos e Dados da Petrobras• Fragmento retirado de post do blog que confirma nossa hipótese: A iniciativa de criar o blog Fatos e Dados, na opinião da Petrobras, é um marco na construção de novas pontes de comunicação com os públicos de relacionamento da companhia em uma nova era de circulação de informação digital em tempo real. A chamada blogosfera permite uma relação direta entre a fonte divulgadora de informação e leitores, sem a necessidade de filtros, de maneira que a decisão sobre o que interessa de fato ao receptor seja por ele selecionada [grifos nossos] (http://www.blogspetrobras.com.br/fatosedados/?p=368, Petrobras, 07/02/2009, 21h24min).
  7. 7. Parte 2 - Comunicação Organizacional na ambiência da mídia digital Mídia Tradicional• “[...] restrição do acesso aos meios de comunicação disponíveis utilizados pelas empresas e pela sociedade em seus relacionamentos. [...] meios de comunicação unidirecional, baixa interatividade, de pouca abrangência e velocidade, administradas e operadas exclusivamente por especialistas [...]” (NASSAR, 2008, p.193).
  8. 8. Parte 2 - Comunicação Organizacional na ambiência da mídia digital Mídia Digital• Mais um espaço estratégico para a comunicação organizacional; Sujeitos capazes de construírem seus próprios espaços de atuação (BARICHELLO, 2009);• Livre circulação de informações, conteúdos, opiniões e diálogo; Processos comunicacionais pluridirecionais e de relações que primam pela negociação (FELICE, 2008);• Permanente recriação do contexto da comunicação organizacional (CARDOSO, 2009);• “[...] A idéia consiste em aproveitar as vantagens da Web” (PÓVOA, 2000).
  9. 9. Parte 3 - A cauda longa do lançamento do blog corporativo da Petrobras• O conceito da “cauda longa” proposto por Anderson (2006) sob a perspectiva da economia é deslocado nessa pesquisa para o conceito de “cauda longa da informação” proposto por Belochio (2009).• “[...] o que antes era publicado com exclusividade pelos conglomerados - detentores do poder econômico e do prestígio mercadológico - agora divide espaço com iniciativas de amadores. Acredita-se que o quadro atual configura uma cauda longa da informação” [grifo nosso] (BELOCHIO, 2009, p.3).
  10. 10. Parte 3 - A cauda longa do lançamento do blog corporativo da Petrobras• O percurso metodológico realizado para alcançarmos o objetivo desta pesquisa se baseou na estratégia de monitoramento de Cipriani (2006) conjuntamente com o uso da ferramenta de coleta de dados Google Alerts.• Pois, “Além de criar um blog para participar dessas conversas [...] deve sempre monitorar o que está sendo dito” [grifo nosso] (CIPRIANI, 2006, p.116).
  11. 11. Parte 3 - A cauda longa do lançamento do blog corporativo da Petrobras Monitoramento estratégico (CIPRIANI, 2006)• 1º. Desenvolvimento de estratégias de pesquisa: Nessa etapa busca-se estruturar um plano de pesquisa baseado em questões vinculadas à organização.• Definimos assim como palavras-chave principais: blog e blog corporativo e secundárias: Fatos e Dados e Petrobras.• Ferramenta de coleta de dados na ambiência da web: Google Alerts.• Período de coleta: 4 meses (desde o seu lançamento – junho a setembro de 2009).• Tratamento dos dados: leitura e triagem dos alertas e produção de tabela em Excel com o cruzamento dos dados selecionados.
  12. 12. Parte 3 - A cauda longa do lançamento do blog corporativo da Petrobras• 2º. Condução do processo de mensuração: esta etapa deve ser iniciada pelos assuntos principais e após os assuntos secundários.• Como optamos pela ferramenta de coleta de dados Google Alerts e como esta funciona a partir da escolha de palavras-chave pelo pesquisador, selecionando assim, os conteúdos disponibilizados na web contendo essas palavras-chave e os enviando ao e-mail do pesquisador.• Essa primeira coleta realizada pela ferramenta se configura nos assuntos principais (blog e blog corporativo).• Ficando, portanto, a realização da segunda coleta a partir da leitura e triagem desses alertas de acordo com os assuntos secundários (Fatos e Dados e Petrobras.
  13. 13. Parte 3 - A cauda longa do lançamento do blog corporativo da Petrobras• 3º. Identificação e classificação dos fatos relevantes: nessa etapa se identifica e se classifica os dados coletados.• Somente identificamos e classificamos os alertas coletados a partir dos critérios descritos anteriormente.• Separamos e catalogamos esses dados em planilha criada no Excel para a posteriori mensurarmos os resultados.
  14. 14. Parte 3 - A cauda longa do lançamento do blog corporativo da Petrobras• 4º. Apresentação dos resultados: essa etapa visa a demonstração geral dos resultados do monitoramento.• Nessa pesquisa demonstramos o resultado geral do monitoramento a partir de um gráfico.• Através desse gráfico pudemos evidenciar a “cauda longa da informação” gerada após o lançamento do blog corporativo Fatos e Dados da Petrobras.• Gráfico representado em função das informações (alertas) coletadas no eixo y e classificadas pelo tempo (quatro meses) no eixo x.
  15. 15. Parte 3 - A cauda longa do lançamento do blog corporativo da Petrobras• Deslocamento da cauda longa da economia (ANDERSON, 2006) para a da informação (BELOCHIO, 2009):• [...] no topo da curva da demanda ficam os chamados hits, ou seja, os produtos mais consumidos, preferidos pela grande maioria do público. Na cauda longa da informação esse seria o caso dos meios informativos tradicionais, que conquistaram credibilidade no decorrer de sua história [...]. Na cauda, conforme descreve o autor, encontram-se os nichos, aqui entendidos como os meios alternativos e customizados de informação. (BELOCHIO, 2009, p.3).• Neste estudo, consideramos como hits os alertas provenientes das grandes empresas de comunicação e como não-hits os alertas oriundos fora desse eixo hegemônico.
  16. 16. Cauda Longa da Informação• Na sua “cabeça” encontramos as empresas de comunicação (hits) com maior número de alertas (62,68%), porém somente nos dois primeiros meses.• E na “cauda” os que estão fora desse eixo hegemônico das empresas comunicação (não-hits) a pesar de terem menos alertas (37,31%) possuem uma constante.
  17. 17. Cauda Longa da Informaçãoy = Alertas A linha é a trajetória dos alertas 42 Cabeça - Hits (informações) gerados por todos. Sendo que, a cabeça é formada pelos alertas proferidos pelas grandes empresas de comunicação (hits) e cauda pelos outros (não hits). Cauda longa (Anderson, 2006) refere-se à curva de Pareto: que cai 15 rapidamente no eixo Y, mas estende-se longamente no Cauda Longa – Não-Hits eixo X chamada de “longa cauda”. 5 X = período Junho Julho Agosto Setembro
  18. 18. Cauda Longa da Informação• Tanto empresas de comunicação como a sociedade conectada podem ter um espaço nessa ambiência para criar, produzir e disseminar conteúdos que podem se propagar e circular, originando uma possível cauda longa da informação.• Já a comunicação organizacional na mídia digital não está nem na cabeça nem na cauda, porém suas ações podem ser responsáveis diretas pelo desencadeamento de uma cauda longa da informação.
  19. 19. Considerações Parciais• O uso do blog corporativo permite que a organização se relacione diretamente com seus públicos, sem a necessidade, portanto, da mediação dos meios de comunicação tradicionais, podendo receber feedback direto sem intermediários.• Esse fato de as organizações e os sujeitos poderem construir seus próprios espaços de atuação na ambiência da mídia digital consequentemente descentraliza as relações sociais e comunicacionais dos sujeitos que agem nessa ambiência, levando as organizações a buscarem constantemente estratégias para estabelecer relacionamentos na web com esses sujeitos.
  20. 20. Considerações Parciais• Um possível posicionamento estratégico de atuação para a comunicação organizacional pode ser articulado pelo uso do blog corporativo, conjuntamente com estratégias de monitoramento dos comportamentos nessa ambiência, acompanhando os fluxos comunicacionais e informacionais dos públicos de interesse.• Pois, como demonstrado no gráfico 1 haviam opiniões de todas as ordens (hits e não-hits) que promoveram indiretamente o blog da Petrobras por meio da disseminação de informações que o referenciavam.
  21. 21. ContatoDr(a) Eugenia M. R. BarichelloE-mail: eugeniabarichello@gmail.comElisangela LastaE-mail: elisangela.lasta@gmail.comTwitter: @ElisangelaLastaFacebook:Elisangela Lasta
  22. 22. Apoio
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×