Your SlideShare is downloading. ×
21 Leis de OHM e resistores
21 Leis de OHM e resistores
21 Leis de OHM e resistores
21 Leis de OHM e resistores
21 Leis de OHM e resistores
21 Leis de OHM e resistores
21 Leis de OHM e resistores
21 Leis de OHM e resistores
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

21 Leis de OHM e resistores

286

Published on

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
286
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
7
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  1. AULA 21 LEIS DE OHM E RESISTORES 1- RESISTOR Resistor é todo elemento que tem como função transformar energia elétrica em energia térmica. Este fenômeno é chamado de efeito Joule. Nos esquemas de circuitos os resistores são representados pelos símbolos abaixo. 2- 1ª LEI DE OHM Ohm verificou que a relação entre a tensão elétrica aplicada a um resistor e a intensidade de corrente elétrica que o percorria, era constante quando a temperatura era mantida constante. Esta relação foi chamada de resistência elétrica do resistor. A esses resistores que obedecem a 1ª lei de Ohm, chamamos resistores Ôhmicos. 3- GRÁFICO DO RESISTOR ÔHMICO.
  2. Como a relação entre a tensão e a intensidade de corrente elétrica é uma função de primeiro grau diretamente proporcional, a curva que a representa será uma reta crescente passando pela origem. 4- 2ª LEI DE OHM. Ohm verificou através de inúmeros experimentos que a resistência elétrica de um resistor é diretamente proporcional ao comprimento do resistor e inversamente proporcional à sua área de secção transversal. A constante de proporcionalidade recebe o nome de resistividade elétrica. A resistividade elétrica é característica do material de que é feito o resistor.
  3. 5- ASSOCIAÇÃO DE RESISTORES EM SÉRIE Associação em série é aquela em que os resistores são associados um em seguida ao outro, de tal forma a serem percorridos pela mesma corrente elétrica.
  4. 6- ASSOCIAÇÃO DE RESISTORES EM PARALELO Associação em paralelo é aquela em que os resistores são associados de tal forma a serem submetidos a uma mesma tensão elétrica. Veja que a corrente i se divide em i1 e i2 e que i2 se divide em i3 e i4. Equacionando o circuito, temos:
  5. Na associação em paralelo temos dois casos particulares.
  6. EXERCÍCIOS 1- (USF-SP) – A corrente através de lanterna elétrica e sua pilha é 1,0 ampère e a resistência do filamento é 30 ohms. Qual a tensão elétrica entre os extremos do filamento? 2- (FATEC-SP) – O sistema esquematizado tem resistência equivalente igual a:
  7. a) 4,0W e)n.d.a. b) 2,1W 3,0W c) 3,6W d)1,6W 9,0W 4,0W 5,0W 17W Q P 3- (PUC-SP) – Para o circuito da figura, a resistência equivalente entre os terminais A e B é de: a) 10W b) 5,33W c) 2,4W d) 1,0W e) 0,33W A 3,0W 2,0W 4,0W 1,0W B 4- (FUVEST) – Na associação de resistores da figura abaixo, os valores de i e de R são, respectivamente: a) 8A e 5W b) 5A e 8W c) 1,6A e 5W d) 2,5A e 2W e) 80A e 160W
  8. 20W 4A i 10W 16A R 5- (UFPA) – Dado o circuito abaixo, sua resistência equivalente vale: a) 7W b) 10W c) 3W d) 5W e) 30W 3W 2W RESPOSTAS 1. 2. 3. 4. 5. U=30V ALTERNATIVA ALTERNATIVA ALTERNATIVA ALTERNATIVA A D A C 5W

×