Your SlideShare is downloading. ×
0
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Projeto marca corporativa  pesquisa quantitativa
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Projeto marca corporativa pesquisa quantitativa

293

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
293
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
8
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Preparado com exclusividade para: Projeto Imagem Corporativa Santos Brasil Job 135-10
  • 2. Pesquisa qualitativa Resumo
  • 3. Metodologia e Amostra
    • Amostra  16 entrevistas, distribuídas da seguinte forma:
    • Período de Coleta:
      • 15 de fevereiro a 30 de março de 2011
    Metodologia  Pesquisa qualitativa. Técnica  Entrevistas pessoais, realizadas em ambiente profissional, com duração aproximada de 1 hora. Perfil Clientes Governo Imprensa Novos Profissionais Moradores da região # de entrevistas 6 3 3 2 2
  • 4. Principais Resultados 1. Focos de atenção da economia brasileira 2. Percepção das indústrias portuária, aérea, ferroviária e logística 3. Imagem da Santos Brasil e seus principais concorrentes 4. Relação destas empresas com projetos sociais, comunidade do entorno ou relacionadas ao meio ambiente
  • 5. A indústria portuária
    • Indústria é percebida como bem avançada , mas ainda aquém em infra-estrutura quando se compara com outros grandes portos mundiais (como o de Singapura, Hamburgo...)
    • Está em constante crescimento  estão criando berços de atracação, novos terminais
    • É mencionado como o meio que oferece melhor custo benefício , embora alguns profissionais afirmem que “ o custo operacional é fora da realidade : o que se paga para mover a carga, de armazenagem, acaba encarecendo!”
    • Percepção de vulnerabilidade : qualquer problema com o navio, sistema entra em colapso porque embarcação chega “fora da janela” e tem que ficar boiando
    terminal fica saturado constantemente devido à demanda muito grande, volume de carga alto  grande gargalo da indústria portuária
  • 6.
    • Para representantes do GOVERNO , potencial desta indústria é imenso dada a extensão do litoral brasileiro – 8 mil km de litoral  “ permitem levar uma carga, uma produção, por cabotagem do Rio Grande para a Amazônia através dos portos...coisa que nunca vai ser feita com um custo competitivo se for por rodovia ou ferrovia ”
    • É uma atividade irradiadora de desenvolvimento econômico, que potencializa benefícios e também conseqüências, às vezes não positivas nas cidades  portanto, necessita estar absolutamente integrada em termos de planejamento de ação
    • ARMADORES viram grandes melhorias com a Lei dos Portos de 93: produtividade cresceu bastante, qualidade de atendimento aos navios melhorou significativamente, janelas de atracação e preocupação com a questão das dragagens estão sendo cuidados...
    • Mas, este segmento têm a percepção de uma indústria à beira de um colapso, no limite , sendo interessante e urgente fazer investimentos na região Norte para distribuir melhor a entrada e saída de cargas do país.
    A indústria portuária
  • 7.
    • Para a IMPRENSA , é uma indústria que se profissionalizou muito nos últimos 10 anos, está em expansão contínua e é um setor altamente capitalizado , que se aproveitou do “boom” do comércio exterior que o Brasil vive.
    • No entanto, apontam que é um setor que padece da falta de mão de obra qualificada, resultado de uma falta de investimento na formação verdadeira dos profissionais necessários que o setor demanda.
    • De acordo com estes profissionais, a questão regulatória pode gerar uma concorrência predatória e desleal em relação aos terminais que foram licitados e um ambiente de insegurança jurídica – “ corre-se o risco de se tornar um país onde o porto é sinônimo de bagunça”
    A indústria portuária
  • 8.
    • Imagem entre NOVOS PROFISSIONAIS E CLIENTES é de que processos para desembaraço da carga são muito morosos e extremamente burocráticos - “ uma pessoa comum não consegue fazer nada sem despachante, que por sua vez, vai contratar outro interferente, e assim por diante ”
    • Entre este segmento também corre a percepção de que o grande problema dos portos são os entidades dos trabalhadores  “ pessoal do porto é muito corporativista, não facilitam, não têm boa vontade”...”eu vejo hoje a questão sindical dentro dos portos como um câncer”
    • Entre os REPRESENTANTES DA COMUNIDADE , há a percepção de que a administração portuária é muito deficiente e que quando chegarem os portos privados, toda a estrutura atual provavelmente será rompida e modificada.
    • Apontam ainda a falta de investimento na mão de obra da região nos terminais portuários – “ não conheço ninguém, que trabalha nestes empresas, não tem jovem que queira fazer a vida em Santos trabalhando na área portuária” (comunidade)
    A indústria portuária
  • 9.
    • Assim entrevistados veem como gargalos desta indústria:
      • Questão laboral  “Vem se profissionalizando de uns tempos para cá, antes não havia esta preocupação com a instrumentalização do trabalhador” – “3 pilares que estão na lei não foram aplicados de maneira correta e hoje estamos pagando por isso: indenização, centros de treinamento e multifuncionalidade do trabalhador. Você não pode dizer que o problema do porto são os trabalhadores. O problema do porto, na questão laboral, é que a lei não foi cumprida”
      • De ordem regulatória  burocracia
      • Portos localizados na zona urbana, precisando de melhores acessos
      • Congestionamentos nos portos de Santos e Paranaguá  necessidade de melhor distribuição dos portos brasileiros
      • Dragagem inadequada nos portos
      • Portos desvitalizados, feios  importante revitalizar para atender o turismo
      • Escassez de algumas áreas para colocar contêiners
    A indústria portuária
  • 10.
    • Os gargalos podem ser sintetizados no tripé:
    A indústria portuária Infra-estrutura Regulatória Laboral
  • 11.
    • A imagem da Santos Brasil é extremamente positiva de maneira geral ...
    • melhora à medida em que os entrevistados a conhecem e trabalham,
    • de alguma forma, com esta empresa
    • Percepção de representantes da Comunidade e Novos profissionais não é tão favorável porque não a conhecem, não sabem ao certo onde a Santos Brasil se situa, não têm muitas notícias sobre ela...
    • Por outro lado, moradores de Santos (Novos profissionais e representantes da comunidade) mencionam que:
      • Libra fica em Santos: é possível ver o terminal, seus guindastes verdes trabalhando
      • Libra faz propaganda regularmente em horário nobre na TV, momento em que aproveita para mostrar a tecnologia utilizada em seu terminal
    Imagem da Santos Brasil entre estes, imagem da Libra é melhor
  • 12. Armadores e Clientes que têm uma imagem mais positiva da empresa são aqueles que conhecem pessoas-chave da Santos Brasil e acabam tendo um atendimento mais personalizado Santos Brasil Apesar de desejarem um serviço informatizado, com tecnologia de ponta, que ande sozinho... valorizam as relações in touch , desejam resolver seus problemas pessoalmente através de um telefonema para a pessoa conhecida que vai poder ajudar “ Existem muitas pessoas que te fazem sentir assim. O Roberto Tortima é o grande expoente deste atendimento personalizado. É um cara que te atende sempre, a qualquer momento. Está sempre preocupado em te ajudar. Ele também procura defender seus interesses, mas ele quer resolver o problema. Para nós, esta personalização tem outros nomes também...o Sepúlveda é um antigo conhecido, o Washington Flores...O próprio Marco Antonio, do terminal...todos trabalham muito bem”
  • 13.
    • Destaca-se por :
      • Eficiência – “ carga é expedida ou recebida rapidamente, não fica no terminal...está lá só de passagem” (Imprensa)
      • Profissionalismo – “ eles são profissionais, sabem fazer a coisa dar certo, crescer...as outras são todas familiares”- (Comunidade)
      • Investimentos em tecnologia de informação e automação – “ do portão dela pra dentro, há um nível de automatização que é o maior que tem no Brasil ”(Imprensa e Governo)
      • Infra-estrutura – “ é o terminal que tem mais equipamentos que todos os outro se maior área...é o terminal que nos permitiria o crescimento que a empresa almeja” (Armador)
      • Planejamento estratégico (Imprensa)
      • Modernidade administrativa muito grande – (Governo)
    Santos Brasil
  • 14. Santos Brasil
    • Fragilidades:
      • Captação e formação de seus profissionais – garantir sua demanda, porque esta é uma preocupação do mercado (Imprensa e Governo)
      • Percepção é de que não dá a devida atenção aos caminhoneiros (Imprensa)
      • Fica na margem esquerda, no Guarujá – acesso mais difícil para integração com outros modais (Imprensa) e pouca visibilidade (Comunidade)
      • Questão do IPTU, ou seja, muito pouco da riqueza que passa por Santos fica em Santos – pode distanciar a empresa da cidade (Imprensa)
      • Queda da qualidade do serviço no ano passado: atendimento e disponibilidade de infra-estrutura do terminal (Armadores e Clientes)
      • Não aparece, não divulga seu trabalho, é bem mais apagada do que a Libra, não participa da vida da cidade  presença na mídia tem baixo recall – (Comunidade)
  • 15. Pesquisa quantitativa
  • 16. Objetivo
      • Identificar:
      • Empresa:
        • Nível de Conhecimento da Empresa
        • Imagem da Empresa VS Outras Empresas
        • Imagem da Indústria/ Setor (VS Outras indústrias/ setores)
        • Atributos da Empresa Santos Brasil
        • Atributos VS Outras Empresas
        • Ações de Responsabilidade Social & Ambiental
      • Tema:
        • Relevância dos temas
        • Aderência dos temas à Empresa
        • Uniqueness dos temas relativos à Empresa
        • Aderência dos argumentos (por tema) à Empresa
  • 17. Amostra
    • Foram realizadas 826 entrevistas , distribuídas da seguinte forma:
    • Skateholders Gerais: Comunidade do entorno, Universitários, Jovens Profissionais, Imprensa e ONG’s;
    • Skateholders Específicos: Clientes B2B, Governo, Entidades, Funcionários, Investidores e Clientes Armadores
    Público/ Entrevistas realizadas Comunidades do entorno 264
      • Consumidor – Santos
    81
      • Consumidor – Guarujá
    81
      • Consumidor – Imbituba
    51
      • Consumidor - Vila do Conde
    51 Universitários 57 Jovens profissionais 50 Clientes B2B 31 Governo 32 Imprensa 31 ONGs 31 Entidades 31 Público/ Entrevistas realizadas Funcionários 248
      • Funcionários - Guarujá Porto
    52
      • Funcionários - Guarujá Logística
    35
      • Funcionários – Imbituba
    32
      • Funcionários - Vila do Conde
    30
      • Funcionários - São Bernardo
    32
      • Funcionários - Santos Porto
    31
      • Funcionários - Santos Logística
    36 Investidores/ Acionistas 25 Clientes armadores 24
  • 18. Metodologia
    • Instrumento de coleta de dados: Questionário objetivo e estruturado, com perguntas fechadas e abertas, com duração de aproximadamente 35 minutos.
    • Período de Coleta: De 25/ abril a 31/ maio
    • Universo: diversos públicos que se relacionam com a empresa:
        • Consumidores (comunidades do entorno)
        • Universitários & Novos Profissionais de áreas específicas
        • Clientes B2B e Clientes Armadores
        • Governo: Grandes influenciadores (lobistas), Ministérios, Agencias reguladoras, Exportação, Receita Federal, etc
        • Imprensa: Jornalistas de grandes veículos ligados às áreas de Economia, cobertura portuária, comércio exterior, etc.
        • Funcionários: distribuídos em todas as unidades, em diferentes níveis e áreas
        • ONG`s, Movimentos Sociais, Entidades
        • Investidores e acionistas
    Metodologia  Pesquisa quantitativa via CATI (Computer Assisted Telephone Interview)
  • 19. Estrutura dos Resultados Imagem Coorporativa Conhecimento & Favorabilidade Perfil dos Stakeholders Conclusões Indústrias/ Setores Santos Brasil Responsabilidade Social e Ambiental
  • 20. Distribuição geral da amostra: Público: (%) Praça: (%) Base: 824 Base: 512 *Considera Comunidade do Entorno e Funcionários
  • 21. Sexo: (%)
    • 54% de mulheres entrevistadas no entorno das unidades Santos Brasil.
    • * Não teve controle rígido de cota, mas foi balanceado .
    • Média de idade das respondentes é em torno 42 anos.
    • Os mais jovens estão em Vila do Conde, média de 34 anos.
    Perfil: Comunidade do Entorno Base Comunidade do entorno: 264 Santos: 81; Guarujá: 81; Imbituba: 51; Vila do Conde: 51 Média de idade Faixa Etária: (%) 41,7 45,3 42,3 42,5 34,0
  • 22.
    • A maioria dos entrevistados possui ótimo nível de instrução, 77% possuem pelo menos o colegial completo.
    • Os mais escolarizados estão em Santos e Imbituba.
    • 65% da amostra fazem parte da população economicamente ativa. Destes, 47% trabalham fora período integral.
    PEA (População Economicamente Ativa)  65% * * * * Escolaridade: (%) Ocupação: (%) Base Comunidade do entorno: 264 Santos: 81; Guarujá: 81; Imbituba: 51; Vila do Conde: 51 * 77% Perfil: Comunidade do Entorno
  • 23.
    • Entre os entrevistados a maioria é classe B. Sendo A/B o grupo principal.
    • Em Vila do Conde a grande maioria é classe C, 59%.
    Classe Social: (%) Base Comunidade do entorno: 264 Santos: 81; Guarujá: 81; Imbituba: 51; Vila do Conde: 51 55% Perfil: Comunidade do Entorno
  • 24. Sexo: (%)
    • Bastante homogênea a distribuição do sexo.
    • * Não teve controle rígido de cota, mas foi balanceado.
    • Os universitários tem em média 23 anos e jovens profissionais, aqueles que já saíram da faculdade e estão trabalhando, tem em média 24 anos.
    Perfil: Universitários e Jovens Profissionais Base : Universitários: 57 e Jovens Profissionais: 50 Média de idade Faixa Etária: (%) 22,9 23,8
  • 25.
    • A maioria dos entrevistados é classe A/B, 53%.
    • 18% entre universitários e 14% entre os jovens profissionais recusaram-se a responder os itens de classificação social.
    • Todos os entrevistados considerados em “Universitários” estão cursando alguma faculdade e deles 75% trabalham atualmente. Os “Jovens Profissionais” já concluíram sua graduação e podem fazer outros cursos ou mesmo pós, todos trabalham.
    PEA * * * * Ocupação: (%) * Perfil: Universitários e Jovens Profissionais Base : Universitários: 57 e Jovens Profissionais: 50 Classe Social: (%) 53% População economicamente ativa 75% 100% 58%
  • 26. Perfil: Universitários e Jovens Profissionais Base Total (Universitários + Jovens Profissionais): 107 Faculdades que cursa/ cursou (%) Fatec 8 Unisanta 6 Unaerp 6 Unip 5 Católica Unisantos 5 PUC 4 UESPI 3 UFG 2 Uni Italo 2 Uniesp 2 Funsesi 2 Universidade Ibirapuera 1 Dongomed 1 Unimes 1 Unaesp 1 Universidade 9 de julho 1 Universo 1 Uma 1 Facig 1 Unifiel 1 IFSP 1 Fajanssen 1 Uniabeu 1 Faculdade Cambury 1 Faculdades que cursa/ cursou (%) Unibem 1 Faad 1 Unesp 1 Unicid 1 Unimonte 1 UP-Universidade Positivo 1 FSM 1 FMG 1 Fundação Visconde de Cairu 1 Unianhanguera 1 Ulbra 1 Funaesp 1 Unifai 1 Famath 1 UNB 1 Funcesi 1 Uerj 1 FTC 1 Unifor 1 Universidade Castelo Branco 1 Faculdade ASA 1 Unisa 1 Iescfac 1 Uvv 1 Faculdades que cursa/ cursou (%) Unicastelo 1 Faculdade Visconde do Cairo 1 FBB 1 Faculdade Ouran 1 Mackenzie 1 Faculdade Bahiana de Direito 1 FLF 1 UMA 1 Unisemp 1 Universidade Vale do Acarau 1 Unig 1 FIB 1 Faculdade Integrada Torriceli 1 Faculdade José Lacerda Filho 1 Fape 1 Ufpe 1 Universidade Estacio de As 1 Universidade Cearense 1 Umc 1 Faculdade Cantareira 1 Uemg 1 UFC 1 Universidade Metodista 1 Unirio 1
  • 27.
    • 30% dos entrevistados, entre universitários e jovens profissionais, cursam ou cursaram administração, 10% tecnologia da informação e 6% engenharia e logística.
    • * Lembrando que os dois públicos foram pesquisados no Brasil.
    Perfil: Universitários e Jovens Profissionais Base Total: 107; Universitários: 57 e Jovens Profissionais: 50 * Não foi controlado o tipo do curso em universitários; Jovens Profissionais trabalham nas áreas selecionadas pelo cliente. Curso que fez/ faz: (%) Total Universitários Jovens Profissionais Administração 30 19 42 Tecnologia da informação 10 11 10 NET: Engenharia 6 7 4 Mecânica 3 5 0 Elétrica 2 0 4 Engenharia s/e 1 2 0 Logística 6 4 8 Direito 5 9 0 Publicidade 3 4 2 Economia 2 4 0 Jornalismo 2 2 2 Biologia Marinha 1 2 0 Ciências Contábeis 1 2 0 Ciências da Computação 1 0 2 Negócios Internacionais 1 2 0 Comércio Exterior 1 0 2 Informática 1 0 2 Comunicação Social 1 2 0 Outros cursos 23 25 22
  • 28.
    • As principais áreas em que trabalham são: Administração (48%), tecnologia da informação (20%) e logística (16%).
    • A maioria dos jovens profissionais entrevistados se formaram em 2008 e 2010, 40%.
    Ano de formação: (%) Perfil: Jovens Profissionais Base : Jovens Profissionais: 50 Área em que trabalha: (%)
  • 29.
    • 45% ocupam cargos operacionais, 37% relacionados a transportes e 17% são da área administrativa. A mesma proporção é verificada com relação aos cargos ocupados na empresa.
    • Em Vila do Conde a área administrativa é relativamente maior do que nas outras praças.
    Área que trabalha: (%) Perfil: Funcionários (Resumo) Cargo que ocupa: (%) Base: Total Funcionários: 248; Santos: 67; Guarujá: 87; Imbituba: 32; Vila do Conde: 30 e São Bernardo: 32
  • 30.
    • Os funcionários entrevistados trabalham, em média, a 4 anos na Santos Brasil. Os de São Bernardo estão a menos tempo na empresa, 2 anos.
    Tempo de trabalho na Santos Brasil: (%) Perfil: Funcionários Tempo de trabalho x Área em que trabalha: (%) Base: Total Funcionários: 248; Santos: 67; Guarujá: 87; Imbituba: 32; Vila do Conde: 30 e São Bernardo: 32 Média de tempo de trabalho (em anos) 2,4 3,6 3,0 4,3 4,3 3,8 Média de tempo de trabalho (em anos) 4,3 3,7 3,6 Base: Transportes: 91; Operacional: 111 e Administrativo: 43
  • 31. Perfil: Funcionários – Área em que trabalha * Outras menções considera 0,4% ou menos Parte 1 Área em que trabalha: (%) Total Funcionários Santos Guarujá Imbituba Vila do Conde São Bernardo NET: Operacional 45 45 49 56 27 38 Operacional s/e 27 22 33 34 7 31 Operação de navios 2 2 3 3 0 0 Segurança patrimonial 2 2 2 0 7 0 Central de atendimento 2 4 0 0 3 0 Operador de Gate 1 0 1 3 3 0 Operações portuárias 1 0 1 6 0 0 Captação 1 4 0 0 0 0 Controle de qualidade 1 3 0 0 0 0 Operador de stacker 1 0 1 3 0 0 Controle Aduaneiro 1 2 0 0 3 0 Operador de empilhadeira de transporte 1 2 0 0 0 3 Aduaneiro 1 0 2 0 0 0 *Outras menções (operacional) 4 5 5 6 3 3 NET: Transportes 37 30 45 22 40 41 Logística 10 7 2 0 30 25 Manutenção s/e 5 2 8 9 0 0 Transportes s/e 4 3 6 0 3 6 Portuária 3 7 1 0 0 0 Armazém 2 0 5 0 3 0 Motorista s/e 2 0 5 0 0 0 Conferencia s/e 2 0 5 0 0 0 Comercio exterior/exportação 2 3 0 6 0 0
  • 32. Perfil: Funcionários – Área em que trabalha * Outras menções considera 0,4% ou menos Parte 2 Área em que trabalha: (%) Total Funcionários Santos Guarujá Imbituba Vila do Conde São Bernardo Transportes de cargas 1 2 2 0 0 0 Vistoria de container/Conferência 1 2 0 0 3 3 Distribuição/Distribuidora 1 0 1 0 0 6 Manutenção de Equipamentos 1 0 3 0 0 0 Conferente de pátios 1 0 1 3 0 0 Manutenção elétrica 1 2 0 3 0 0 Transporte Rodoviário 1 3 0 0 0 0 Armazenagem frigorifica 1 0 2 0 0 0 *Outras menções (transportes) 1 0 4 0 0 0 NET: Administrativo 17 24 5 22 30 22 Administração 3 0 1 3 10 6 Financeiro 2 5 0 3 3 0 Planejamento s/e 2 2 1 0 0 6 Planejamento de custo 2 5 0 3 0 0 Informática 1 2 0 3 3 0 Faturamento 1 3 0 0 0 3 Contabilidade 1 2 0 0 7 0 Diretoria de relações institucionais 1 3 0 0 0 0 *Outras menções (administrativo) 5 5 2 9 7 6 NET: Outros 1 2 1 0 3 0 Área Comercial 1 2 0 0 3 0 Serviços gerais 0 0 1 0 0 0 Base 248 67 87 32 30 32
  • 33. Perfil: Funcionários – Cargo que ocupa * Outras menções considera 0,4% ou menos Parte 1 Cargo que ocupa: (%) Total Funcionários Santos Guarujá Imbituba Vila do Conde São Bernardo NET: Operações 48 48 60 59 17 31 Assistente de Operações/Auxiliar/Operacional 9 6 14 13 7 3 Operador de conjunto Transportador 6 7 12 0 0 0 Operador de Empilhadeira/Grande 3 3 2 0 0 13 Operador de RTG 2 2 5 0 0 0 Operador de Equipamento Móvel/ Nível II/ Nível I 2 3 2 3 0 0 Ajudante de Manutenção/Assistente 2 0 2 6 0 0 Operador de Portaria Portuária 2 2 3 0 0 0 Mecânico de Manutenção 1 0 2 3 0 0 Ajudante/Auxiliar 1 2 1 0 0 3 Auxiliar de Operações Gate 1 0 0 9 0 0 Assistente de Captação 1 5 0 0 0 0 Supervisão 1 2 1 0 0 0 Eletricista de Manutenção 1 2 1 0 0 0 Apropriador de Gate 1 0 1 3 0 0 Eletricista s/e 1 0 1 3 0 0 Assistente de Distribuição 1 0 0 0 0 6 Mecânico 1 0 2 0 0 0 Operador de Stacker 1 0 0 6 0 0 Auxiliar de serviços Gerais 1 0 2 0 0 0 Assistente de Atendimento 1 3 0 0 0 0 Operador de Guindaste 1 0 0 6 0 0 Eletricista de Equipamento de Pátio 1 2 1 0 0 0 *Outras menções (operações) 8 12 6 6 10 6
  • 34. Perfil: Funcionários – Cargo que ocupa * Outras menções considera 0,4% ou menos Parte 2 Cargo que ocupa: (%) Total Funcionários Santos Guarujá Imbituba Vila do Conde São Bernardo NET: Transportes 32 19 30 22 43 59 Assistente Logístico 7 0 0 0 30 22 Motorista de Carreta 5 6 7 0 7 0 Motorista s/e 4 2 10 0 0 0 Assistente de Distribuição 3 0 0 0 0 25 Conferente de Container/Vistoriador 2 2 5 0 0 3 Planejador de Pátio 2 0 1 9 0 0 Vistoriador 1 0 3 0 0 0 Conferente de Pátio 1 0 0 6 3 0 Assistente de Transportes 1 2 0 0 0 3 Conferente s/e 1 2 1 0 0 0 Assistente de Exportação 1 0 0 6 0 0 Ajudante de Fiel 1 3 0 0 0 0 *Outras menções (transportes) 3 5 2 0 3 6
  • 35. Perfil: Funcionários – Cargo que ocupa * Outras menções considera 0,4% ou menos Parte 3 Cargo que ocupa: (%) Total Funcionários Santos Guarujá Imbituba Vila do Conde São Bernardo NET: Administração 20 33 9 16 40 6 Assistente Adm. Jr/Auxiliar Adm/ Pleno 5 7 5 0 7 0 Assistente Financeiro 2 5 0 6 0 0 Assistente Contábil 2 2 1 0 7 0 Assistente de Planejamento 2 6 0 0 0 0 Administrativo Jr 1 0 2 3 0 0 Analista Financeiro 1 3 0 0 0 0 Analista de Projetos 1 2 0 0 0 3 Assessora Administrativa 1 2 0 0 3 0 Assistente de Faturamento 0 0 0 0 3 0 Analista de RH 0 0 0 0 3 0 Assistente de Compras 0 0 0 0 3 0 Assistente Documental de Imp. E Exp. 0 0 0 3 0 0 Analista Comercial Jr 0 0 0 0 3 0 Supervisora de Faturamento 0 0 0 0 3 0 Supervisor de sistemas 0 0 0 0 3 0 Coordenadora Administrativa 0 0 0 0 3 0 Assistente Jurídico 0 0 0 3 0 0 *Outras menções (administração) 3 8 1 0 0 3 NET: Outros 1 0 1 3 0 3 Base 248 67 87 32 30 32
  • 36. Perfil: ONG’s, Governo, Imprensa e Entidades
    • Possuem interesse, ou tem afinidade, em praticamente 3 áreas da lista. Entre as principais estão: setor portuário, infraestrutura, logística.
    • Dentro de ONG’s o perfil é um pouco diferente, somente 35% possuem afinidade com a área portuária e 23% com logística, a grande maioria, 52% tem interesse em desenvolvimento social.
    Áreas de interesse: (%) Base Total: 125 Governo: 32; Imprensa: 31, ONGs: 31 e Entidades: 31 Índice de resposta: 3,36 2,94 5,35 1,52 3,65
  • 37. Estrutura dos Resultados Imagem Coorporativa Conhecimento & Favorabilidade Perfil dos Stakeholders Conclusões Responsabilidade Social e Ambiental Indústrias/ Setores Santos Brasil
  • 38.
    • O setor portuário é o mais conhecido pelos entrevistados, 65%. Somente 4% afirmaram que nunca ouviram falar deste setor.
    • Metade também declarou conhecer muito bem ou razoavelmente o setor de transporte rodoviário de cargas.
    • As indústrias de cigarros e de mineração são as menos conhecidas.
    Média (nota 1 a 5) P1. Base: 824 Vou ler alguns tipos de INDUSTRIAS/ SETORES, provavelmente você conhece alguns mais do que outros. Utilizando uma escala de 1 a 5 em que 1 significa “nunca ouvi falar” e 5 significa “conheço muito bem’, gostaria que você me dissesse o quanto você conhece cada um deles. Ao fazer sua escolha, leve em conta todos os modos de como conheceu ou ouviu falar da indústria/ setor. (RU) Indústria/ Setores que conhece: (TOTAL) 65% 50% 63% 72% Parte 1 3,79 3,43 3,33 3,29 2,79 2,75 2,68 2,66 2,41 2,17
  • 39. Indústria/ Setores que conhece: (Stakeholders Gerais e Específicos)
    • Os stakeholders gerais conhecem melhor o setor bancário e indústria de produtos de beleza, com exceção da imprensa;
    • Já em stakeholders específicos, há uma inversão, pois conhecem melhor o setor portuário, transporte rodoviário e armazenagem/ distribuição de cargas.
    Parte 2 P1. Top2 Box (nota 5+4) Total STAKEHOLDERS GERAIS Comunidade do Entorno Universitários Jovens Profissionais Imprensa ONG’s Setor portuário 64 46 50 26 36 61 48 Setor de transporte rodoviário de cargas 50 37 34 35 48 55 32 Setor de armazenagem e distribuição de cargas 47 30 27 23 50 45 26 Setor bancário 44 54 56 53 58 36 52 Indústria de produtos de beleza 28 39 40 46 36 26 42 Setor ferroviário 27 22 22 18 24 36 16 Indústria Petrolífera 23 26 27 30 16 39 16 Setor aeroviário 23 25 22 30 28 42 23 Indústria de mineração 16 18 22 16 6 13 10 Indústria de cigarros 13 17 19 14 14 13 16 Base 824 433 264 57 50 31 31 P1. Top2 Box (nota 5+4) Total STAKEHOLDERS ESPECÍFICOS Clientes B2B Governo Entidades Funcionários Investidores/ Acionistas Clientes armadores Setor portuário 64 84 84 88 100 82 80 96 Setor de transporte rodoviário de cargas 50 64 84 47 65 65 52 58 Setor de armazenagem e distribuição de cargas 47 66 87 56 61 69 40 54 Setor bancário 44 33 29 31 32 32 52 33 Indústria de produtos de beleza 28 16 10 16 10 17 16 13 Setor ferroviário 27 32 32 28 52 26 68 33 Indústria Petrolífera 23 20 16 22 29 18 36 13 Setor aeroviário 23 19 52 22 23 13 40 13 Indústria de mineração 16 15 7 22 16 12 52 8 Indústria de cigarros 13 8 0 3 10 9 4 21 Base 824 391 31 32 31 248 25 24
  • 40. Indústria/ Setores que conhece: (Comunidade)
    • As comunidades mostram-se mais distante das 3 indústrias/ setores de maior conhecimento no total da amostra.
    • A comunidade de Imbituba é que mais conhece as indústrias e setores; A comunidade de Vila do Conde é a que possui menor conhecimento.
    Parte 3 P1. Top2 Box (nota 5+4) Total Comunidade do Entorno Santos Guarujá Imbituba Vila do Conde Setor portuário 64 50 54 42 69 35 Setor de transporte rodoviário de cargas 50 34 30 35 41 31 Setor de armazenagem e distribuição de cargas 47 27 32 20 41 14 Setor bancário 44 56 67 43 71 47 Indústria de produtos de beleza 28 40 49 36 35 35 Setor ferroviário 27 22 21 19 33 16 Indústria Petrolífera 23 27 43 25 20 12 Setor aeroviário 23 22 28 19 20 22 Indústria de mineração 16 22 16 12 28 39 Indústria de cigarros 13 19 28 16 20 8 Base 824 264 81 81 51 51
  • 41. Indústria/ Setores que conhece: (Funcionários)
    • No geral os funcionários possuem bom conhecimento das indústrias e setores estudados, com exceção dos funcionários de São Bernardo.
    Parte 4 P1. Top2 Box (nota 5+4) Total Funcionários Santos Guarujá Imbituba Vila do Conde São Bernardo Setor portuário 64 82 87 84 94 80 53 Setor de transporte rodoviário de cargas 50 65 75 61 59 53 72 Setor de armazenagem e distribuição de cargas 47 69 73 59 63 60 100 Setor bancário 44 32 39 36 34 17 22 Indústria de produtos de beleza 28 17 25 12 16 27 9 Setor ferroviário 27 26 37 20 38 7 25 Indústria Petrolífera 23 18 27 17 6 20 9 Setor aeroviário 23 13 10 13 13 10 22 Indústria de mineração 16 12 15 5 9 40 3 Indústria de cigarros 13 9 15 7 6 7 3 Base 824 248 67 87 32 30 32
  • 42. P2. Base: 824 Ainda pensando nessas indústrias/ setores e utilizando uma escala de 1 a 5 em que 1 significa “nada favorável’ e 5 significa “muito favorável”, eu gostaria que me dissesse o quão favorável ou não é sua opinião ou impressão geral de cada uma delas. Leve em conta tudo aquilo que você acredita seja importante. Lembre-se de que é sua opinião ou impressão geral que nos interessa. (RU) Média (nota 1 a 5) 87% 82% 73% Favorabilidade : Impressão geral das indústria e setores (TOTAL) 79%
    • O setor portuário, o de armazenagem e distribuição de cargas e a indústria dos produtos de beleza representam os 3 pontos com maior favorabilidade entre os entrevistados; 87% são favoráveis ao setor portuário, média de 4,43 em uma escala de 5 pontos.
    • Com certeza a indústria de cigarros é a menos favorável a todos, com 73% de “rejeição”. Poucos mantém-se neutros com relação as industrias e setores pesquisados.
    Parte 1 4,43 4,25 4,13 4,07 4,05 3,99 3,98 3,95 3,89 1,88
  • 43.
    • Dois dos públicos de stakeholders específicos, entidades e funcionários são os mais favoráveis às indústrias e setores pesquisados.
    • Já imprensa (stakeholders gerais) e clientes, tanto B2B quanto Armadores (stakeholders específicos) são os menos favoráveis.
    Favorabilidade : Impressão geral das indústria e setores (Stakeholders Gerais e Específicos) Parte 2 P2. Top2 Box (nota 5+4) Total STAKEHOLDERS GERAIS Comunidade do Entorno Universitários Jovens Profissionais Imprensa ONG’s Setor portuário 87 81 79 82 85 84 88 Setor de armazenagem e distribuição de cargas 83 76 76 71 72 85 75 Indústria de produtos de beleza 78 83 80 90 84 82 95 Indústria Petrolífera 76 73 73 85 79 57 62 Setor bancário 75 76 76 77 85 30 91 Setor de transporte rodoviário de cargas 74 69 72 58 69 57 78 Setor ferroviário 72 70 68 74 81 72 69 Indústria de mineração 70 67 72 71 44 47 63 Setor aeroviário 69 71 67 80 77 73 64 Indústria de cigarros 10 11 11 18 0 17 13 Base 824 433 264 57 50 31 31 P2. Top2 Box (nota 5+4) Total STAKEHOLDERS ESPECÍFICOS Clientes B2B Governo Entidades Funcionários Investidores/ Acionistas Clientes armadores Setor portuário 87 91 57 90 90 98 83 78 Setor de armazenagem e distribuição de cargas 83 87 71 83 93 94 60 62 Indústria de produtos de beleza 78 69 73 70 67 70 50 63 Indústria Petrolífera 76 79 75 92 94 78 81 67 Setor bancário 75 73 50 70 79 76 88 59 Setor de transporte rodoviário de cargas 74 79 62 54 85 90 38 46 Setor ferroviário 72 73 44 79 92 78 54 57 Indústria de mineração 70 74 86 70 92 74 77 50 Setor aeroviário 69 68 67 80 80 75 33 40 Indústria de cigarros 10 8 0 0 0 12 0 0 Base 824 391 31 32 31 248 25 24
  • 44. Favorabilidade : Impressão geral das indústria e setores (Comunidade)
    • Como são mais distantes das indústrias e setores pesquisados a comunidade mostra-se menos favorável do que o restante da amostra.
    • Em Imbituba, são mais favoráveis ao setor de armazenagem, ferroviário e de mineração; em Vila do Conde, destaque para a ind. de mineração e transporte de cargas, é a comunidade de Imbituba a mais favorável a ind. de cigarros, ainda que o percentual seja baixo.
    Parte 3 P2. Top2 Box (nota 5+4) Total Comunidade do Entorno Santos Guarujá Imbituba Vila do Conde Setor portuário 87 79 81 78 86 71 Setor de armazenagem e distribuição de cargas 83 76 80 70 91 58 Indústria de produtos de beleza 78 80 77 83 79 85 Indústria Petrolífera 76 73 81 77 76 35 Setor bancário 75 76 78 76 71 81 Setor de transporte rodoviário de cargas 74 72 71 61 79 82 Setor ferroviário 72 68 64 67 81 53 Indústria de mineração 70 72 68 58 79 83 Setor aeroviário 69 67 71 68 64 58 Indústria de cigarros 10 11 13 4 13 25 Base 824 264 81 81 51 51
  • 45. Favorabilidade : Impressão geral das indústria e setores (Funcionários)
    • Os funcionários por conhecerem melhor as indústrias e setores da pesquisa, mostram-se bastante favoráveis a maioria delas, com exceção da indústria de cigarros, com exceção dos funcionários de Vila do Conde, que não são tão favoráveis ao setor ferroviário, a ind.de produtos de beleza, ao setor bancário e a ind. petrolífera.
    Parte 4 P2. Top2 Box (nota 5+4) Total Funcionários Santos Guarujá Imbituba Vila do Conde São Bernardo Setor portuário 87 98 99 99 100 97 89 Setor de armazenagem e distribuição de cargas 83 94 97 90 96 93 97 Indústria de produtos de beleza 78 70 78 61 83 50 91 Indústria Petrolífera 76 78 83 87 78 63 46 Setor bancário 75 76 77 78 82 61 69 Setor de transporte rodoviário de cargas 74 90 98 90 85 80 90 Setor ferroviário 72 78 82 77 88 46 75 Indústria de mineração 70 74 68 84 73 74 67 Setor aeroviário 69 75 76 73 93 67 64 Indústria de cigarros 10 12 14 17 0 0 20 Base 824 248 67 87 32 30 32
  • 46. Razões das impressões desfavoráveis ao setor portuário (TOTAL) P3. Base: 34 Por que você tem uma opinião desfavorável sobre o setor portuário? Razões das impressões desfavoráveis – setor portuário (%) Falta de infraestrutura nos portos 15 Trânsito desorganizado 15 Demora no embarque e desembarque de cargas 12 Setor pouco desenvolvido 12 Falta de organização 9 Excesso de caminhões 9 Preços são altos 9 Demora na retirada dos containers 6 Aumento de custos 6 Deveria ter mais terminais 6 Sujeiras nas áreas portuárias 6 Falta de manutenção na área portuária 6 Carga parada 6 Excesso de estabilidade 6 Falta de investimentos nas estruturas ferroviárias 3 Número de atracadores insuficiente 3 Muita burocracia para liberação da carga 3 O atendimento é ruim 3 Falta funcionários/ Numero insuficiente de funcionários 3 Não dão abertura para concorrência 3 Prejuízo dos contratantes deste serviço 3 Não funciona 24 horas por dia 3 Descontrole de “entrada” e “saída” do Porto 3 Falta de manutenção nas estradas próximo aos portos 3 Razões das impressões desfavoráveis – setor portuário (%) Não investem na modernização dos portos 3 Falta de transparência no crescimento da empresa 3 Dificuldade na entrada de turismo 3 Funcionários com uma única função 3 Demora no embarque e desembarque de passageiros 3 Falta de transparência nos valores de serviços prestados 3 Não negociam preços 3 Falta de manutenção nos armazéns 3 Falta de estabilidade no setor 3 Falta de investimentos nas estruturas viárias 3 Indiferença com o morador local 3 Falta equipamento nos portos 3 Desastre para o meio ambiente 3 Não contribuem com a economia 3 Prejudicam a pesca na região 3 Excesso de privilégios 3 Excesso de atestado médico 3 O empregado não é valorizado 3 Poderia ter convênio médico 3 Poderia ter PLE (Participação dos Lucros da Empresa) 3 Não contratam pessoas de nível superior da região 3 Excesso de jornada de trabalho imposta aos funcionarios 3 Não sabe/Não respondeu 18
  • 47. Indústria/ Setor que mais cresceu/ investiu nos últimos 5 anos:
    • Para os entrevistados, no geral, o setor portuário e a indústria petrolífera foram os que mais cresceram ou receberam investimentos nos últimos 5 anos.
      • Há diferenças entre os dois grupos de stakeholders: os s. gerais veem mais positivamente a indústria petrolífera (30%) e a indústria de produtos de beleza (16%); dentre os s.específicos, o setor portuário teve 40% das menções, a indústria petrolífera 26% e somente 4% a indústria de produtos de beleza. É bastante positiva a visão dos funcionários da Santos Brasil com relação a ind. Portuária.
    P4. Base: 824// Stakeholders gerais: 433 (Comunidade:264; Universitários: 57; Jovens Profissionais: 50;; Imprensa: 31; ONGs: 31) // Stakeholders Específicos: 391 (Clientes B2B: 31; Governo: 32; Entidades: 31; Funcionários: 248; Investidores/ Acionistas: 25; Clientes Armadores: 24 Stakeholders Gerais: Stakeholders Específicos: Parte 1
  • 48. Indústria/ Setor que mais cresceu/ investiu nos últimos 5 anos:
    • A visão da comunidade é bastante parecida com o total da amostra, porém um percentual mais alto acredita que a indústria de produto de beleza cresceu bastante nos último 5 anos, chega a 18% no geral e é mais alta em Santos e em Vila do Conde.
    • O crescimento do setor portuário é muito mais visível pela comunidade de Imbituba e a indústria de mineração recebeu grande destaque em Vila do Conde, atingindo 33% das menções.
    P4. Base: 824// Comunidade do entorno:264 (Santos: 81; Guarujá: 81; Imbituba: 51 e Vila do Conde: 51) Comunidade: Parte 2
  • 49. Indústria/ Setor que mais cresceu/ investiu nos últimos 5 anos:
    • A visão entre os funcionários é a mesma do total da amostra: o setor portuário e a indústria petrolífera foram os que mais cresceram nos últimos 5 anos. Com destaque do setor portuário em Santos.
    • Os funcionários de São Bernardo identificaram crescimento no setor de armazenagem e distribuição de cargas (25%) e no setor ferroviário (16%, 8pp a mais do que o geral da amostra); os funcionários de Vila do Conde viram o crescimento e desenvolvimento da indústria de mineração, visão semelhante à comunidade local..
    P4. Base: 824// Funcionários: 248 (Santos: 67; Guarujá: 87; Imbituba: 32; Vila do Conde: 30 e São Bernardo: 32) Parte 3 Funcionários:
  • 50. Indústria/ Setor que mais crescerá ou receberá investimentos nos próximos 5 anos: visão futura
    • Na opinião dos entrevistados, a indústria petrolífera e o setor portuário continuarão crescendo e recebendo investimentos nos próximos 5 anos.
    • A leitura é relativamente homogênea entre stakeholders gerais e específicos; Entidades e Clientes armadores veem a indústria petrolífera muito forte. Funcionários da Santos Brasil apostam no setor portuário.
    • Universitários também apostaram na indústria de produtos de beleza, jovens universitários e clientes B2B mencionaram o setor aeroviário.
    Stakeholders Gerais: Stakeholders Específicos: Parte 1 P5. Base: 824// Stakeholders gerais: 433 (Comunidade:264; Universitários: 57; Jovens Profissionais: 50;; Imprensa: 31; ONGs: 31) // Stakeholders Específicos: 391 (Clientes B2B: 31; Governo: 32; Entidades: 31; Funcionários: 248; Investidores/ Acionistas: 25; Clientes Armadores: 24
  • 51. Indústria/ Setor que mais crescerá ou receberá investimentos nos próximos 5 anos: visão futura
    • Também continuarão crescendo nos próximos 5 anos: a indústria petrolífera e o setor portuário.
    • Nas comunidades do entorno de Imbituba é bastante forte a visão de crescimento do setor portuário, bem como na comunidade de Vila do Conde o destaque de crescimento e investimento futuro será da indústria de mineração.
    P5. Base: 824// Comunidade do entorno:264 (Santos: 81; Guarujá: 81; Imbituba: 51 e Vila do Conde: 51) Parte 2 Comunidade:
  • 52. Indústria/ Setor que mais crescerá ou receberá investimentos nos próximos 5 anos: visão futura
    • Para os funcionários da Santos Brasil o setor portuário continuará crescendo fortemente.
    • Em São Bernardo o principal crescimento ficará por conta do setor de armazenamento e distribuição de cargas, com 31% das menções.
    • Novamente destaque para a indústria de mineração para os funcionários da Santos Brasil de Vila do Conde.
    P5. Base: 824// Comunidade do entorno:264 (Santos: 81; Guarujá: 81; Imbituba: 51 e Vila do Conde: 51) Parte 3 Funcionários:
  • 53. Estrutura dos Resultados Imagem Coorporativa Conhecimento & Favorabilidade Perfil dos Stakeholders Conclusões Responsabilidade Social e Ambiental Indústrias/ Setores Santos Brasil
  • 54. TOTAL 70% Stakeholders Gerais 46% Stakeholders Específicos 96% Universitários 23% Comunidade do entorno 45% Governo e órgãos reguladores 98% Imprensa 61% 100% Clientes B2B Conhecimento da Santos Brasil: (Top2Box) Jovens Profissionais 46% ONG’s 87% Entidades 94% Funcionários 81% Clientes Armadores 100% Investidores/ Acionistas 88%
    • 70% dos entrevistados conhecem a Santos Brasil;
    • Dentre stakeholders gerais o conhecimento é mais alto nas ONGs e Imprensa. Entre os específicos o conhecimento é um pouco menos no governo; quase metade da amostra de comunidade conhece a empresa.
    P6. Base: 824// Stakeholders gerais: 433 (Comunidade:264; Universitários: 57; Jovens Profissionais: 50;; Imprensa: 31; ONGs: 31) // Stakeholders Específicos: 391 (Clientes B2B: 31; Governo: 32; Entidades: 31; Funcionários: 248; Investidores/ Acionistas: 25; Clientes Armadores: 24
  • 55.
    • Praticamente todas as empresas da lista possuem conhecimento bastante alto, as principais são Petrobrás, Bradesco, Natura e Santos Brasil.
    • Santos Brasil é a 4ª empresa do ranking de médias, com 3,86 e 70% de conhecimento. Libra Terminais é a 7ª empresa em conhecimento, com 54% e média de 3,36.
    • DHL e Júlio Simões apresentam o menor índice de conhecimento entre as empresas da lista.
    Conhecimento das empresas: (TOTAL) Média (nota 1 a 5) P6. Base: 824 Vou ler nomes de algumas empresas, provavelmente você conhece algumas mais do que outras. Utilizando uma escala de 1 a 5 em que 1 significa “nunca ouvi falar” e 5 significa “conheço muito bem”, eu gostaria que você me dissesse o quanto você conhece cada uma das empresas. Ao fazer sua escolha, leve em conta todos os modos de como conheceu ou ouviu falar da empresa. (RU) 66% 74% 70% 54% Parte 1 4,12 3,94 3,92 3,86 3,76 3,69 3,36 2,40 2,17
  • 56. Conhecimento das empresas: (Stakeholders Gerais e Específicos) Média (nota 1 a 5) Stakeholders Gerais: Stakeholders Específicos: 7º 1º 46% Parte 2 P6. Stakeholders gerais: 433 e Stakeholders Específicos: 391 97% 4,21 4,14 3,94 3,74 3,64 3,36 3,07 1,89 1,75 4,73 4,02 3,85 3,79 3,76 3,76 3,67 2,97 2,63
  • 57.
    • Entre os stakeholders gerais, a comunidade tem menos conhecimento das empresas, universitários, jovens profissionais e imprensa destacam-se entre os públicos.
    Conhecimento das empresas: (Stakeholders Gerais e Específicos) Levando em consideração o Top2Box TOTAL a Santos Brasil é a 2ª em maior conhecimento 2º 1º 3º 5º 4º 7º 2º 4º 6º 5º 1º Parte 3
    • Os públicos de stakeholders específicos tem ótimo conhecimento da Santos Brasil.
    3º 7º 6º P6. Top2 Box (nota 5+4) Total STAKEHOLDERS GERAIS Comunidade do Entorno Universitários Jovens Profissionais Imprensa ONG’s Petrobrás 74 77 68 97 92 100 68 Santos Brasil 70 46 45 23 46 61 87 Bradesco 67 70 64 86 80 74 68 Natura 66 74 71 81 86 74 71 TAM 62 61 51 77 80 90 61 Vale 60 58 53 81 66 81 26 Libra Terminais 54 54 43 26 44 58 58 DHL 27 16 12 14 28 48 3 Júlio Simões 19 12 8 11 20 39 0 Base 824 433 264 57 50 31 31 P6. Top2 Box (nota 5+4) Total STAKEHOLDERS ESPECÍFICOS Clientes B2B Governo Entidades Funcionários Investidores/ Acionistas Clientes armadores Petrobrás 74 70 58 81 77 71 56 75 Santos Brasil 70 97 100 81 94 98 88 100 Bradesco 67 63 71 63 61 62 64 54 Natura 66 58 74 56 52 59 36 50 TAM 62 63 81 63 77 55 80 79 Vale 60 61 55 69 87 58 60 63 Libra Terminais 54 65 84 78 94 57 44 92 DHL 27 40 94 19 48 33 12 83 Júlio Simões 19 27 61 25 39 23 48 0 Base 824 328 31 248 25 24
  • 58. Conhecimento das empresas: (Comunidade) Média (nota 1 a 5) Parte 4
    • Na comunidade do entorno, a Natura, a Petrobrás e o Bradesco são as empresas mais conhecidas, que receberam as mais altas medias. A Santos Brasil ficou em 6º lugar, com 45% de conhecimento (conhece muito bem + conhece razoavelmente) e média 3, é mais forte no Guarujá e Santos e pouquíssimo conhecida em Vila do Conde.
    6º 45% 1º 2º 3º 4º 7º 6º 5º 4,03 4,00 3,87 3,46 3,45 3,09 3,09 1,67 1,61 P6. Top2 Box (nota 5+4) Total Comunidade do Entorno Santos Guarujá Imbituba Vila do Conde Petrobrás 74 68 82 65 63 57 Santos Brasil 70 45 51 59 51 6 Bradesco 67 64 72 61 75 49 Natura 66 71 82 69 75 55 TAM 62 51 69 42 43 43 Vale 60 53 63 43 45 61 Libra Terminais 54 43 65 56 24 6 DHL 27 12 25 6 6 6 Júlio Simões 19 8 15 9 2 4 Base 824 264 81 81 51 51
  • 59. Conhecimento das empresas: (Funcionários) Média (nota 1 a 5) Parte 5 1º 98%
    • Todos os funcionários conhecem a Santos Brasil, claro. Aparece em 1º lugar do ranking.
    • Seguida por Petrobrás e Bradesco, 71% e 62% respectivamente, isso sem considerar as pessoas que disseram conhecer só um pouco a empresa. DHL e Júlio Simões são as empresas menos conhecidas por este público.
    4º 2º 3º 5º 6º 1º 7º 4,84 4,02 3,85 3,71 3,67 3,62 3,55 2,69 2,44 P6. Top2 Box (nota 5+4) Total Funcionários Santos Guarujá Imbituba Vila do Conde São Bernardo Petrobrás 74 71 79 68 72 60 69 Santos Brasil 70 98 99 98 100 100 97 Bradesco 67 62 75 52 47 53 91 Natura 66 59 66 53 47 70 66 TAM 62 55 69 44 47 63 59 Vale 60 58 58 48 50 90 59 Libra Terminais 54 57 78 70 53 13 25 DHL 27 33 48 28 9 13 59 Júlio Simões 19 23 19 18 28 0 56 Base 824 248 67 87 32 30 32
  • 60.
    • Alta favorabilidade às empresas pesquisadas. Destaque para Petrobrás e Santos Brasil, com 91% e médias de 4,44 e 4,52 respectivamente e a Vale com 87% e média de 4,41;
    • A Libra Terminais, concorrente da Santos Brasil, tem 78% de favorabilidade.
    • A DHL e a Júlio Simões são as empresas menos conhecidas e também as com menor índice de favorabilidade.
    Favorabilidade das empresas: (TOTAL) P7. Base somente que conhece a empresa Petrobras: 749; Santos Brasil: 641; Vale: 662; Natura: 713; Libra Terminais: 570; TAM: 687; Bradesco:733; DHL: 349; Júlio Simões: 285 Média (nota 1 a 5) 91% 91% 87% 78% Parte 1 4,54 4,52 4,41 4,18 4,11 4,03 3,92 3,89 3,66
  • 61. Favorabilidade das empresas: (Stakeholders Gerais e Específicos) Média (nota 1 a 5) Stakeholders Gerais: 4º 86% P7. Base somente que conhece a empresa Stakeholders Específicos: 1º 95% Parte 2 4,56 4,42 4,35 4,32 4,27 4,14 3,95 3,93 3,64 4,65 4,51 4,39 3,99 3,98 3,92 3,89 3,88 3,67
  • 62.
    • Apesar de ter o maior índice de favorabilidade (91%), a Santos Brasil aparece apenas em 4º lugar entre os stakeholders gerais, mas permanece em 1º entre os específicos (95%).
    3º 4º 2º 6º 5º 1º 1º 3º 6º 4º Parte 3 7º 5º 7º Favorabilidade das empresas: (Stakeholders Gerais e Específicos) 2º
    • Governo, funcionários e clientes armadores são os mais favoráveis a Santos Brasil.
    P7. Top2 Box (nota 5+4) Total STAKEHOLDERS GERAIS Comunidade do Entorno Universitários Jovens Profissionais Imprensa ONG’s Santos Brasil 91 85 85 62 91 87 90 Petrobrás 91 91 93 88 94 77 94 Vale 87 88 89 92 91 72 79 Natura 79 86 86 87 78 89 100 Libra Terminais 77 84 83 72 81 91 91 TAM 75 79 83 84 71 63 81 Bradesco 72 73 77 75 73 43 70 DHL 66 64 69 63 58 65 25 Júlio Simões 55 50 49 54 20 80 50 P7. Top2 Box (nota 5+4) Total STAKEHOLDERS ESPECÍFICOS Clientes B2B Governo Entidades Funcionários Investidores/ Acionistas Clientes armadores Santos Brasil 91 95 74 100 90 98 84 100 Petrobrás 91 90 82 100 93 91 63 87 Vale 87 87 60 96 93 88 86 86 Natura 79 71 93 84 76 70 63 40 Libra Terminais 77 72 41 86 77 74 78 71 TAM 75 70 68 76 84 74 32 54 Bradesco 72 70 63 71 59 72 91 52 DHL 66 67 71 64 67 71 47 57 Júlio Simões 55 57 68 64 56 57 55 25
  • 63. Favorabilidade das empresas: (Comunidade) P7. Base somente que conhece a empresa Média (nota 1 a 5) 3º Comunidade: 86%
    • As comunidade do entorno das unidades Santos Brasil colocam a empresa apenas no 4º lugar no ranking de favorabilidade. Esse índice é menor em Vila do Conde. A Libra Terminais aparece em 5º lugar neste ranking, sendo mais forte em Imbituba.
    3º 4º 2º 6º 5º 1º Parte 4 4,57 4,42 4,34 4,31 4,24 4,2 4,04 4,00 3,57 P6. Top2 Box (nota 5+4) Total Comunidade do Entorno Santos Guarujá Imbituba Vila do Conde Santos Brasil 91 85 82 87 87 75 Petrobrás 91 93 93 96 86 95 Vale 87 89 92 86 81 93 Natura 79 86 87 81 87 90 Libra Terminais 77 83 85 85 92 33 TAM 75 83 84 81 86 78 Bradesco 72 77 79 67 76 94 DHL 66 69 77 60 60 50 Júlio Simões 55 49 53 47 43 50
  • 64. Favorabilidade das empresas: (Funcionários) P7. Base somente que conhece a empresa 1º Funcionários: 98% Parte 5 6º 1º 3º 5º 4º 2º
    • Os funcionários são bastante favoráveis a empresa em que trabalham, colocaram-na em 1º lugar, com 98%.
    Média (nota 1 a 5) 4,79 4,58 4,42 4,04 3,98 3,94 3,92 3,88 3,60 P6. Top2 Box (nota 6+4) Total Funcionários Santos Guarujá Imbituba Vila do Conde São Bernardo Santos Brasil 91 98 97 99 97 97 100 Petrobrás 91 91 89 92 93 96 87 Vale 87 88 90 87 88 97 78 Natura 79 70 67 74 64 67 74 Libra Terminais 77 74 74 79 72 43 58 TAM 75 74 75 73 76 66 79 Bradesco 72 72 75 71 59 59 87 DHL 66 71 67 68 71 75 81 Júlio Simões 55 57 39 60 65 0 71
  • 65. Características que as empresas tem que ter para que a considerem favorável: Na sua opinião, quais são as características que uma empresa tem que ter para que você tenha uma opinião FAVORÁVEL sobre ela? Algum outro motivo? (RM – EXPLORAR) P9. (%) Total Stakeholders Gerais Stakeholders Específicos Tratar bem os clientes 23 26 19 Cuidar do meio ambiente / não poluir os oceanos 22 27 15 Tratar bem o funcionário 19 16 25 Investir em projetos sociais 12 15 9 Ter um bom planejamento estratégico interno 11 10 12 Oportunidade de crescimento para o funcionário / subir de cargo 11 7 17 Transparência nas suas ações 11 11 10 Treinamento para os funcionários / cursos preparatórios 11 9 13 Cumprir seus compromissos / alcançar suas metas 10 11 10 Boa remuneração aos funcionários 10 9 13 Ser honesta na qualidade dos produtos/Serviços 9 10 7 Ter ética 7 8 5 Lazer aos funcionários: vale teatro, cinema, convênios esportivos 7 5 10 Boa prestação de serviço 7 7 6 Criar mais empregos / crescer e contratar mais pessoas 6 7 3 Bom ambiente de trabalho 6 4 7 Bom relacionamento com a imprensa 5 4 5 P9. (%) Total Stakeholders Gerais Stakeholders Específicos Rapidez na entrega / entregar no prazo certo 4 3 6 Investir em tecnologia 4 2 7 Contratar mão de obra local 3 3 2 Tenha muito capital para investir 3 3 3 Condições seguras de trabalho 3 1 5 Boa comunicação entre superior e subordinado 2 1 4 Bancar estudos para os funcionários 2 1 3 Ser pioneira / ser ousada no mercado, no lançamento de novos produtos 1 1 1 Ser uma empresa que tem muitos contatos 1 1 2 Ter flexibilidade de negociação com o cliente 1 0 2 Não se envolver com ações políticas 1 1 0 Ter preços competitivos 1 0 1 Dar estabilidade para os funcionários 1 0 1 Outras menções (0,4% ou menos) 2 2 2 Não sabe/ Não Respondeu 1 1 2 Base 824 496 328
  • 66. Atenção na análise: base reduzida O restante das empresass não apresentou base suficiente para serem analisadas Razões das impressões desfavoráveis às empresas – (TOTAL por empresa) Por que você tem uma opinião desfavorável sobre a empresa? (RM – EXPLORAR)
    • Apenas 19 pessoas responderam sobre o que faz com que sua opinião seja desfavorável:
    • As opiniões desfavoráveis, principalmente, pelos atrasos na entrega, pela falta de treinamento dos funcionários e por serem irredutíveis em suas negociações.
    • Conflitos entre os sócios foram mencionados por 5% dos respondentes e disseram que a empresa não contrata profissionais da região, mesmo que estes tenham nível superior.
    P8. SANTOS BRASIL (%) Total Atrasam na entrega 11 São irredutíveis nas negociações 11 Falta de treinamento para funcionários 11 Falta de abertura de negociação dos custos de armazenagem. 5 Conflitos entre sócios 5 Não apoiam as ONG's mais importantes 5 Os administradores não são capacitados 5 Empresa não tem espaço físico 5 Não contratam profissionais de nível superior da região 5 Apoiam projetos de baixa credibilidade 5 Muita burocracia 5 Não são prestativos/Não esclarecem dúvidas 5 Não valorizam os funcionários 5 Excesso de jornada de trabalho imposta aos funcionários 5 Não valorizam os estivadores 5 Ambiente ruim de trabalho 5 Má atuação nos terminais 5 Não sabe/Não respondeu 47 Base 19*
  • 67. O restante das empresass não apresentou base suficiente para serem analisadas Razões das impressões desfavoráveis às empresas – (TOTAL por empresa) Por que você tem uma opinião desfavorável sobre a empresa? (RM – EXPLORAR)
    • Veem a Libra Terminais como concorrente da Santos Brasil, por isso tem opinião desfavorável sobre ela. Mas demoram para atender seus clientes e não esclarecem suas dúvidas. 5% disseram que há atraso na entrega e 3% que seus preços são abusivos.
    P8. LIBRA TERMINAIS (%) Total Porque é concorrente 8 Demora no atendimento ao cliente 8 Não são prestativos/Não esclarecem dúvidas 8 Atendimento ruim 5 Empresa não tem espaço físico 5 Atrasam na entrega 5 Tem muitas falhas processuais 5 Seus preços são abusivos/alto 3 São irredutíveis nas negociações 3 Apesar de lucrativa, tem caixa 2 3 Falta de abertura de negociação dos custos de armazenagem 3 Agride o meio ambiente 3 Descontos Indevidos 3 Prendem mercadoria 3 Não gosto desta empresa 3 P8. LIBRA TERMINAIS (%) Total Não é uma empresa de grande porte 3 Não atende as minhas necessidades 3 Uma empresa desorganizada 3 Clientes tem muitos prejuízos com ela 3 A empresa não tem uma boa infraestrutura 3 Falta de treinamento para funcionários 8 Não valorizam os funcionários 5 Ganham pouco 5 Não valorizam os estivadores 3 Não contrata profissionais através de entidade 3 Excesso de jornada de trabalho imposta aos funcionarios 3 Falta de Infraestrutura nos Portos 3 Má atuação nos terminais 3 Não sabe/Não respondeu 27 Base 37
  • 68. O restante das empresass não apresentou base suficiente para serem analisadas Razões das impressões desfavoráveis às empresas – (TOTAL por empresa) Por que você tem uma opinião desfavorável sobre a empresa? (RM – EXPLORAR)
    • No caso do Bradesco, as diversas taxas e tarifas, a demora no atendimento, as filas, os preços abusivos e a não cordialidade no atendimento é que torna sua imagem desfavorável.
    P8. BRADESCO (%) Total Tem muitas taxas e tarifas 28 Demora no atendimento ao cliente 25 Filas demoradas 22 Seus preços são abusivos/alto 19 Atendem de maneira mal educada 17 Tem poucos funcionários 12 Não são prestativos/Não esclarecem dúvidas 9 Muita burocracia 7 Funcionários insatisfeitos 7 Não gosto desta empresa 6 Descontos Indevidos 4 Não respeitam os clientes 4 A empresa não é boa/tem uma imagem ruim 3 Gerente não tem autonomia para resolver todos os problemas dos bancos 3 Não valorizam os funcionários 3 Apesar de lucrativa tem caixa 2 1 São irredutiveis nas negociações 1 O cliente investe e não tem retorno satisfatório 1 Detem quase a metade do mercado 1 Porque é concorrente 1 Não realiza nenhum programa social 1 Funcionário movimenta a conta dos clientes 1 Ambiente ruim de trabalho 1 Não sabe/Não respondeu 7 Base 69
  • 69. O restante das empresass não apresentou base suficiente para serem analisadas Razões das impressões desfavoráveis às empresas – (TOTAL por empresa) Por que você tem uma opinião desfavorável sobre a empresa? (RM – EXPLORAR) P8. NATURA (%) Total Tem um ramo dispensável/não é um ramo essencial 21 É um ramo que tem muita concorrência 14 Seus preços são abusivos/alto 10 Seus revendedores tem pouco lucro nas vendas 7 Empresa não tem espaço fisico 3 Não atende as minhas necessidades 3 Clientes tem muitos prejuízos com ela 3 Não faz investimentos no Brasil 3 Não sabe/Não respondeu 59 Base 29* P8. TAM (%) Total Tem muitos atrasos nos voos 24 Seus preços são abusivos/alto 18 Mudam a rota de voos sem avisar aos passageiros 13 Uma empresa desorganizada 11 Clientes tem muitos prejuízos com ela 9 Fazem Overbooking 9 Não respeitam os clientes 9 Visam somente os lucros da empresa 9 Dificuldade com o reembolso de voos perdidos 9 Dificuldades em renegociar vôos 7 Problemas de manutenção em suas aeronaves/não fazem muita manutenção nos seus equipamentos 7 A empresa não tem uma boa infraestrutura 7 Falta experiencia por parte da gerência 4 Filas demoradas 4 Tem muitos impostos em cima das bagagens de mão 4 Atendem de maneira mal educada 4 Não tratam o passageiro como sua prioridade 4 Demora no atendimento ao cliente 2 Não são prestativos/Não esclarecem dúvidas 2 Não atua na nossa região 2 Não indenizam em caso de acidentes/não dão assistencia aos familiares 2 Não faz investimentos no Brasil 2 Falta de treinamento para funcionários 2 Não sabe/Não respondeu 20 Base 45
  • 70.
    • Petrobrás tem reputação bastante positiva para 79% dos entrevistados. Em seguida, aparece a Vale.
    • A Santos Brasil possui a 3ª melhor reputação: 45% a consideram como uma das melhores empresas, média de 4,02.
    • A Libra Terminais aparece em 6º lugar, com 3,55 de média e com 28% das menções considerando a empresa como uma das melhores.
    • O Bradesco não tem boa reputação para 19% dos entrevistados.
    Média (nota 1 a 5) Reputação das empresas: (TOTAL) P10. Base somente que conhece a empresa Petrobras: 749; Santos Brasil: 641; Vale: 662; Natura: 713; Libra Terminais: 570; TAM: 687; Bradesco:733; DHL: 349; Júlio Simões: 285 79% 65% 42% Parte 1 4,32 4,13 4,02 3,92 3,65 3,55 3,53 3,40 3,38
  • 71. Reputação das empresas: (Stakeholders Gerais e Específicos) P10. Base somente que conhece a empresa Média (nota 1 a 5) Stakeholders Gerais: 4º 53% Stakeholders Específicos: 3º 73% Parte 2 4,30 4,04 3,90 3,81 3,72 3,67 3,54 3,39 3,33 4,34 4,22 4,15 3,95 3,64 3,53 3,48 3,42 3,42
  • 72.
    • Para stakeholders gerais, a Santos Brasil é a 4ª empresa com melhor reputação, é melhor avaliada pela imprensa e jovens profissionais
    3º 1º 4º 7º 6º 2º 1º 3º 6º 5º Parte 3 7º 4º 5º 2º
    • Para stakeholders específicos ela aparece em 3º lugar, a empresa é muito bem avaliada pelos clientes armadores, entidades e funcionários. A avaliação mais negativa foi dos clientes B2B.
    Reputação das empresas: (Stakeholders Gerais e Específicos) P10. Top2 Box (nota 5+4) Total STAKEHOLDERS GERAIS Comunidade do Entorno Universitários Jovens Profissionais Imprensa ONG’s Petrobrás 79 78 75 84 94 74 58 Vale 69 65 63 79 69 69 37 Santos Brasil 65 53 52 38 65 70 50 Natura 60 59 54 70 68 79 38 DHL 45 43 40 38 53 50 25 TAM 42 42 41 36 55 37 35 Libra Terminais 42 47 49 44 42 57 35 Bradesco 39 39 39 42 44 33 40 Júlio Simões 33 37 34 31 33 53 50 P10. Top2 Box (nota 5+4) Total STAKEHOLDERS ESPECÍFICOS Clientes B2B Governo Entidade Funcionários Investidores/ Acionistas Clientes armadores Petrobrás 79 80 67 90 83 84 37 83 Vale 69 73 68 82 80 71 67 77 Santos Brasil 65 73 48 65 77 76 64 83 Natura 60 61 82 72 76 52 94 60 DHL 45 46 39 57 48 45 33 57 TAM 42 43 25 52 52 42 41 46 Libra Terminais 42 37 17 38 45 40 22 42 Bradesco 39 38 33 50 41 34 62 38 Júlio Simões 33 31 24 14 44 31 50 0
  • 73. P10. Base somente que conhece a empresa Média (nota 1 a 5) 4º 52% Comunidade: Reputação das empresas: (Comunidade) Parte 4
    • Para as comunidades do entorno, as empresas com melhor reputação são: Petrobrás e Vale.
    • A Santos Brasil aparece em 4º no ranking com 52% das menções em “é uma das melhores empresas” e “melhor do que a maioria das empresas”, sua média foi de 3,8, em uma escala de 5 pontos.
    • No caso da comunidade, Júlio Simões, Bradesco e TAM são as empresas com pior reputação, com 13%, 22% e 17% respectivamente.
    4,29 3,97 3,83 3,80 3,76 3,56 3,53 3,41 3,39
  • 74. P10. Base somente que conhece a empresa 2º 76% Funcionários: Reputação das empresas: (Funcionários) Parte 5 Média (nota 1 a 5)
    • Já para os funcionários, somente a Petrobrás tem reputação melhor que a Santos Brasil, antes da Vale e da Natura.
    • A Santos Brasil aparece em 2º lugar com 76% das menções e média de 4,25.
    • A Libra Terminais aparece com percentual baixo de menções positivas, apenas 40%, ocupa a 7ª posição do ranking.
    • Júlio Simões e Bradesco são as empresas com pior reputação.
    4,44 4,25 4,19 3,77 3,64 3,56 3,51 3,33 3,27
  • 75. Reputação das empresas: (Comunidade e Funcionários) 3º 1º 4º 7º 6º 2º 5º 4º 1º 2º 5º 6º 3º 7º P2. Top2 Box (nota 5+4) Total Comunidade do Entorno Santos Guarujá Imbituba Vila do Conde Petrobrás 79 75 83 74 56 85 Vale 69 63 61 58 47 83 Santos Brasil 65 52 54 56 44 50 Natura 60 54 59 44 51 64 DHL 45 40 48 50 - 17 Tam 42 41 44 36 28 59 Libra Terminais 42 49 54 53 35 22 Bradesco 39 39 44 33 37 40 Julio Simões 33 34 37 29 29 50 P2. Top2 Box (nota 5+4) Total Funcionários Santos Guarujá Imbituba Vila do Conde São Bernardo Petrobrás 79 84 84 92 76 73 77 Vale 69 71 65 81 64 70 63 Santos Brasil 65 76 78 87 78 47 69 Natura 60 52 58 53 54 33 56 DHL 45 45 41 54 29 50 42 Tam 42 42 30 48 36 48 54 Libra Terminais 42 40 37 49 36 14 8 Bradesco 39 34 33 38 26 19 48 Julio Simões 33 31 11 49 18 - 42
  • 76.
    • Considerando o total dos públicos, a Santos Brasil tem uma reputação positiva, 65% a consideram uma das melhores empresas ou melhor do que a maioria.
    • A reputação da empresa sobe para 73% entre os stakeholders específicos, entre seus funcionários a empresa só perde para a Petrobrás. 39% da comunidade do entorno de suas unidades a classifica como uma das melhores, índice muito importante para a empresa.
    P10. Base somente que conhece a empresa Santos Brasil: 641; Stakeholders Gerais: 314; Stakeholders Específicos: 327; Comunidade: 156; Funcionários: 247 Média (nota 1 a 5) Resumo da Reputação da Santos Brasil: Parte 6 4,02 3,86 4,17 3,80 4,25
  • 77.
    • 63% não rejeitam nenhuma empresa.
    • Bradesco possui o maior índice de rejeição (11%), principalmente para Imprensa, Entidades e Clientes armadores.
    • A Santos Brasil teve 2% de rejeição, sendo mais alto entre os s. gerais: comunidade e ONG’s.
    • A Libra Terminais foi rejeitada por 19% dos clientes B2B.
    Empresas que rejeita: (Stakeholders Gerais e Específicos) Parte 1 P11. REJEIÇÃO (%) Total STAKEHOLDERS GERAIS Comunidade do Entorno Universitários Jovens Profissionais Imprensa ONG’s Bradesco 11 11 10 12 12 26 7 Júlio Simões 10 9 10 12 6 3 3 TAM 8 7 7 9 8 10 3 DHL 6 6 6 9 4 3 3 Libra terminais 6 4 5 4 4 7 3 Natura 3 1 2 2 0 0 0 Santos Brasil 2 4 5 2 2 3 7 Vale 1 2 1 4 2 3 7 Petrobrás 1 1 0 2 2 3 0 Nenhuma 63 65 65 63 72 61 65 Não sabe 2 2 2 0 0 0 13 Índice de Resposta 1,35 1,40 1,36 1,48 1,43 1,50 1,43 Base 824 433 264 57 50 31 31 P11. REJEIÇÃO (%) Total STAKEHOLDERS ESPECÍFICOS Clientes B2B Governo Entidades Funcionários Investidores/ Acionistas Clientes armadores Bradesco 11 11 7 0 23 11 4 21 Júlio Simões 10 11 13 6 3 13 12 0 TAM 8 8 7 0 3 9 20 4 DHL 6 7 13 3 0 9 4 8 Libra terminais 6 7 19 6 0 7 4 4 Natura 3 5 0 0 0 7 4 0 Santos Brasil 2 0 0 0 0 0 0 0 Vale 1 1 3 0 0 0 0 0 Petrobrás 1 1 0 0 0 1 12 0 Nenhuma 63 60 52 84 74 56 64 63 Não sabe 2 1 0 0 0 2 0 0 Índice de Resposta 1,35 1,30 1,27 1,00 1,13 1,33 1,67 1,00 Base 824 391 31 32 31 248 25 24
  • 78. Empresas que rejeita: (Comunidade)
    • A Santos Brasil teve 10% de rejeição na comunidade de Vila do Conde, também rejeitam consideravelmente a Libra Terminais, 14%.
    Parte 2 P11. REJEIÇÃO (%) Total Comunidade do Entorno Santos Guarujá Imbituba Vila do Conde Bradesco 11 10 11 15 4 4 Júlio Simões 10 10 9 9 14 10 TAM 8 7 5 7 6 12 DHL 6 6 4 7 6 6 Libra terminais 6 5 4 1 2 14 Natura 3 2 3 3 0 0 Santos Brasil 2 5 4 4 2 10 Vale 1 1 0 1 4 0 Petrobrás 1 0 0 1 0 0 Todas 0 0 0 0 2 0 Nenhuma 63 65 72 56 73 63 Não sabe 2 2 1 1 0 6 Índice de Resposta 1,35 1,36 1,41 1,11 1,43 1,75 Base 824 264 81 81 51 51
  • 79. Empresas que rejeita: (Funcionários)
    • A Júlio Simões recebeu os índices mais altos de rejeição, principalmente em Imbituba e pelos funcionários de Santos e Vila do Conde.
    Parte 3 P11. REJEIÇÃO (%) Total Funcionários Santos Guarujá Imbituba Vila do Conde São Bernardo Bradesco 11 11 9 10 13 13 9 Júlio Simões 10 13 22 7 6 20 13 TAM 8 9 8 9 9 7 9 DHL 6 9 6 8 16 10 6 Libra terminais 6 7 10 3 3 17 6 Natura 3 7 2 13 6 0 13 Santos Brasil 2 0 0 0 0 0 0 Vale 1 0 0 1 0 0 0 Petrobrás 1 1 2 1 0 0 0 Todas 0 0 0 0 0 0 0 Nenhuma 63 56 54 54 63 60 56 Não sabe 2 2 3 2 0 0 0 Índice de Resposta 1,35 1,33 1,34 1,21 1,42 1,67 1,29 Base 824 248 67 87 32 30 32
  • 80.
    • Os stakeholders específicos conhecem em média 14 empresas do setor portuário, 5 a mais dos que os stakeholders gerais;
    • As mais conhecidas são: Santos Brasil e Libra Terminais, como 88% e 81% das menções.
    • Na sequencia aparecem a Wilson Sons, Tecondi e Rodrimar.
    Conhecimento das empresas do setor portuário (estimulado): P12. Base: 824 Stakeholders gerais: 433 e Stakeholders Específicos: 391 Vou ler o nome de algumas empresas do setor portuário e gostaria que me dissesse quais você conhece, mesmo que seja só de ouvir falar. Mais alguma? (RM) Índice de resposta  11,04 8,55 13,69
  • 81. Estrutura dos Resultados Imagem Coorporativa Conhecimento & Favorabilidade Perfil dos Stakeholders Conclusões Responsabilidade Social e Ambiental Indústrias/ Setores Santos Brasil
  • 82. Imagem Santos Brasil: (TOTAL – Top2Box) P21. Gostaria que você nos desse sua opinião com relação as frases relativas as empresas da indústria portuária e logística. Vamos utilizar uma escala de 1 e 10, quanto mais perto de 10, mais você concorda, quanto mais perto de 1, mais você discorda. Base Total : 641 Fortalezas Fraquezas Contribui para o desenvolvimento do país, respeita seus clientes, tem responsabilidade social e se preocupa em desenvolver projetos de infraestrutura para o país. Não se preocupa com o bem estar de seus funcionários e não faz propaganda suficiente. Top 2 Box: soma das notas 5+4 Contribui para o desenvolvimento do país 88 Respeita seus clientes 86 É uma empresa que tem responsabilidade social 85 É uma empresa que se preocupa em desenvolver projetos de infraestrutura para o país 81 É uma empresa que investe na formação e capacitação de seus funcionários 79 É uma empresa que tem agilidade/ velocidade na tomada de decisões 76 É uma empresa que se preocupa muito em melhorar a relação com a vizinhança 75 Sua localização é privilegiada 73 É uma empresa com muitos investimentos em tecnologia 73 É uma empresa que busca sempre superar desafios 71 É uma empresa respeitada 71 Está preparada para o futuro 70 É uma empresa que apóia/ patrocina projetos culturais 69 É uma empresa com profissionais muito preparados 66 Investem bastante em pesquisa e desenvolvimento 65 É uma empresa em que eu sinto que posso confiar 64 É uma empresa sólida e bem administrada 63 É muito burocrática 61 É uma empresa que tem parcerias com o setor público 59 É considerado um ótimo lugar para se trabalhar 55 É uma empresa que apoia/ patrocina projetos sociais 54 É uma empresa que tem responsabilidade ambiental 46 São comprometidos com a melhoria contínua de seus produtos/serviços 46 Da autonomia e responsabilidade para seus funcionários tomarem as decisões 44 É uma empresa que faz investimentos para melhorar o meio ambiente 43 Faz muita propaganda 38 É uma empresa que respeita e se preocupa com o bem estar de seus funcionários 33
  • 83. Imagem Santos Brasil: (Stakeholders Gerais – Top2Box) P21. Gostaria que você nos desse sua opinião com relação as frases relativas as empresas da indústria portuária e logística. Vamos utilizar uma escala de 1 e 10, quanto mais perto de 10, mais você concorda, quanto mais perto de 1, mais você discorda. Base : 253 Fortalezas Fraquezas Contribui para o desenvolvimento do país, se preocupa em desenvolver projetos de infraestrutura para o país, respeita seus clientes e tem responsabilidade social. Não se preocupa com o bem estar de seus funcionários e não faz propaganda suficiente. Top 2 Box: soma das notas 5+4 Contribui para o desenvolvimento do país 87 É uma empresa que se preocupa em desenvolver projetos de infraestrutura para o país 83 Respeita seus clientes 82 É uma empresa que tem responsabilidade social 81 É uma empresa que investe na formação e capacitação de seus funcionários 78 É uma empresa que se preocupa muito em melhorar a relação com a vizinhança 73 É uma empresa com muitos investimentos em tecnologia 71 É uma empresa que tem agilidade/ velocidade na tomada de decisões 70 É uma empresa respeitada 69 É uma empresa sólida e bem administrada 69 É uma empresa que apoia/ patrocina projetos culturais 69 Sua localização é privilegiada 67 É uma empresa que busca sempre superar desafios 65 Investem bastante em pesquisa e desenvolvimento 61 Está preparada para o futuro 61 É muito burocrática 60 É uma empresa com profissionais muito preparados 59 É considerado um ótimo lugar para se trabalhar 57 É uma empresa que faz investimentos para melhorar o meio ambiente 55 É uma empresa em que eu sinto que posso confiar 54 É uma empresa que tem parcerias com o setor público 52 São comprometidos com a melhoria contínua de seus produtos/serviços 50 Da autonomia e responsabilidade para seus funcionários tomarem as decisões 50 É uma empresa que apoia/ patrocina projetos sociais 44 É uma empresa que tem responsabilidade ambiental 42 É uma empresa que respeita e se preocupa com o bem estar de seus funcionários 38 Faz muita propaganda 37
  • 84. Imagem Santos Brasil: (Stakeholders Específicos – Top2Box) P21. Gostaria que você nos desse sua opinião com relação as frases relativas as empresas da indústria portuária e logística. Vamos utilizar uma escala de 1 e 10, quanto mais perto de 10, mais você concorda, quanto mais perto de 1, mais você discorda. Base : 388 Fortalezas Fraquezas Contribui para o desenvolvimento do país, respeita seus clientes, tem responsabilidade social. Não respeita ou se preocupa com o bem estar de seus funcionários e não faz investimentos para melhorar o meio ambiente, Top 2 Box: soma das notas 5+4 Contribui para o desenvolvimento do país 89 Respeita seus clientes 88 É uma empresa que tem responsabilidade social 87 É uma empresa que investe na formação e capacitação de seus funcionários 80 É uma empresa que tem agilidade/ velocidade na tomada de decisões 80 É uma empresa que se preocupa em desenvolver projetos de infraestrutura para o país 80 É uma empresa que se preocupa muito em melhorar a relação com a vizinhança 77 Sua localização é privilegiada 77 Está preparada para o futuro 76 É uma empresa que busca sempre superar desafios 75 É uma empresa com muitos investimentos em tecnologia 74 É uma empresa respeitada 72 É uma empresa em que eu sinto que posso confiar 71 É uma empresa com profissionais muito preparados 70 É uma empresa que apoia/ patrocina projetos culturais 69 Investem bastante em pesquisa e desenvolvimento 67 É uma empresa que tem parcerias com o setor público 64 É muito burocrática 61 É uma empresa que apoia/ patrocina projetos sociais 61 É uma empresa sólida e bem administrada 59 É considerado um ótimo lugar para se trabalhar 54 É uma empresa que tem responsabilidade ambiental 49 São comprometidos com a melhoria contínua de seus produtos/serviços 43 Da autonomia e responsabilidade para seus funcionários tomarem as decisões 40 Faz muita propaganda 39 É uma empresa que faz investimentos para melhorar o meio ambiente 35 É uma empresa que respeita e se preocupa com o bem estar de seus funcionários 30
  • 85. Imagem Libra Terminais: (TOTAL – Top2Box) P21. Gostaria que você nos desse sua opinião com relação as frases relativas as empresas da indústria portuária e logística. Vamos utilizar uma escala de 1 e 10, quanto mais perto de 10, mais você concorda, quanto mais perto de 1, mais você discorda. Base: 570 Fortalezas Fraquezas Busca sempre superar desafios, investem bastante em pesquisa e desenvolvimento e seus profissionais são muito preparados. Não se preocupa em melhorar a relação com a vizinhança, não é uma empresa respeitada e não tem parcerias com o setor público. Top 2 Box: soma das notas 5+4 É uma empresa que busca sempre superar desafios 90 Investem bastante em pesquisa e desenvolvimento 88 É uma empresa com profissionais muito preparados 83 Sua localização é privilegiada 78 É uma empresa que tem responsabilidade social 76 É uma empresa que tem responsabilidade ambiental 75 Está preparada para o futuro 74 É uma empresa que respeita e se preocupa com o bem estar de seus funcionários 73 É uma empresa que apoia/ patrocina projetos culturais 72 É muito burocrática 72 É uma empresa sólida e bem administrada 71 Da autonomia e responsabilidade para seus funcionários tomarem as decisões 66 É uma empresa que apoia/ patrocina projetos sociais 65 São comprometidos com a melhoria contínua de seus produtos/serviços 64 É uma empresa com muitos investimentos em tecnologia 63 É uma empresa que faz investimentos para melhorar o meio ambiente 63 É considerado um ótimo lugar para se trabalhar 61 É uma empresa que tem agilidade/ velocidade na tomada de decisões 61 Respeita seus clientes 61 Faz muita propaganda 60 Contribui para o desenvolvimento do país 54 É uma empresa que investe na formação e capacitação de seus funcionários 53 É uma empresa que se preocupa em desenvolver projetos de infraestrutura para o país 53 É uma empresa em que eu sinto que posso confiar 52 É uma empresa que tem parcerias com o setor público 49 É uma empresa respeitada 46 É uma empresa que se preocupa muito em melhorar a relação com a vizinhança 44
  • 86. Imagem Petrobrás: (TOTAL – Top2Box) P21. Gostaria que você nos desse sua opinião com relação as frases relativas as empresas da indústria portuária e logística. Vamos utilizar uma escala de 1 e 10, quanto mais perto de 10, mais você concorda, quanto mais perto de 1, mais você discorda. Base : 749 Fortalezas Fraquezas Tem agilidade/ velocidade na tomada de decisões, tem responsabilidade ambiental, preocupa-se em desenvolver projetos da infraestrutura do país, respeita e se preocupa com o bem estar de seus funcionários. Sua localização não é privilegiada, não da autonomia e responsabilidade para seus funcionários tomarem decisões, não busca superar desafios e não tem parcerias com o setor público. Top 2 Box: soma das notas 5+4 É uma empresa que tem agilidade/ velocidade na tomada de decisões 80 É uma empresa que tem responsabilidade ambiental 79 É uma empresa que se preocupa em desenvolver projetos de infraestrutura para o país 76 É uma empresa que respeita e se preocupa com o bem estar de seus funcionários 75 É uma empresa que apoia/ patrocina projetos sociais 75 É muito burocrática 74 É uma empresa sólida e bem administrada 74 É uma empresa que se preocupa muito em melhorar a relação com a vizinhança 72 É uma empresa em que eu sinto que posso confiar 70 É uma empresa respeitada 69 Faz muita propaganda 68 Está preparada para o futuro 67 É uma empresa que faz investimentos para melhorar o meio ambiente 67 É considerado um ótimo lugar para se trabalhar 66 Contribui para o desenvolvimento do país 64 São comprometidos com a melhoria contínua de seus produtos/serviços 62 É uma empresa que apoia/ patrocina projetos culturais 61 É uma empresa com muitos investimentos em tecnologia 58 É uma empresa que investe na formação e capacitação de seus funcionários 58 Investem bastante em pesquisa e desenvolvimento 56 É uma empresa que tem responsabilidade social 53 É uma empresa com profissionais muito preparados 47 Respeita seus clientes 46 Sua localização é privilegiada 43 Da autonomia e responsabilidade para seus funcionários tomarem as decisões 42 É uma empresa que busca sempre superar desafios 37 É uma empresa que tem parcerias com o setor público 32
  • 87. Imagem Vale: (TOTAL – Top2Box) P21. Gostaria que você nos desse sua opinião com relação as frases relativas as empresas da indústria portuária e logística. Vamos utilizar uma escala de 1 e 10, quanto mais perto de 10, mais você concorda, quanto mais perto de 1, mais você discorda. Base: 570 Fortalezas Fraquezas Faz investimentos para melhorar o meio ambiente, respeita e se preocupa com o bem estar de seus funcionários, faz bastante propaganda. Não tem uma localização privilegiada, não sinto que posso confiar nessa empresa, não apoia/ patrocina projetos sociais. Top 2 Box: soma das notas 5+4 É uma empresa que faz investimentos para melhorar o meio ambiente 81 É uma empresa que respeita e se preocupa com o bem estar de seus funcionários 79 Faz muita propaganda 77 Da autonomia e responsabilidade para seus funcionários tomarem as decisões 72 É uma empresa sólida e bem administrada 70 É considerado um ótimo lugar para se trabalhar 65 Contribui para o desenvolvimento do país 65 Respeita seus clientes 64 É uma empresa que investe na formação e capacitação de seus funcionários 63 É uma empresa que tem parcerias com o setor público 62 É uma empresa que se preocupa em desenvolver projetos de infraestrutura para o país 59 É uma empresa que se preocupa muito em melhorar a relação com a vizinhança 58 É uma empresa com muitos investimentos em tecnologia 53 Investem bastante em pesquisa e desenvolvimento 52 É uma empresa que busca sempre superar desafios 49 É uma empresa que tem responsabilidade social 47 São comprometidos com a melhoria contínua de seus produtos/serviços 43 É uma empresa com profissionais muito preparados 42 Está preparada para o futuro 41 É uma empresa que tem agilidade/ velocidade na tomada de decisões 41 É uma empresa que apoia/ patrocina projetos culturais 41 É uma empresa que tem responsabilidade ambiental 41 É muito burocrática 39 É uma empresa respeitada 36 É uma empresa que apoia/ patrocina projetos sociais 33 É uma empresa em que eu sinto que posso confiar 27 Sua localização é privilegiada 27
  • 88. Estrutura dos Resultados Imagem Coorporativa Conhecimento & Favorabilidade Perfil dos Stakeholders Conclusões Responsabilidade Social e Ambiental Indústrias/ Setores Santos Brasil
  • 89. É a favor das concessão dos portos para a iniciativa privada?
    • 73% dos entrevistados são a favor da concessão dos portos para iniciativa privada.
    • Os stakeholders específicos, por viverem mais essa realidade estão mais a favor (83%).
    • Dentre os stakeholders gerais, a imprensa é o público mais o a favor.
    • 20% dos funcionários da Santos Brasil colocaram-se contra a concessão dos portos.
    P14. Base: 824// Stakeholders gerais: 433 (Comunidade:264; Universitários: 57; Jovens Profissionais: 50; Imprensa: 31; ONGs: 31) // Stakeholders Específicos: 391 (Clientes B2B: 31; Governo: 32; Entidades: 31; Funcionários: 248; Investidores/ Acionistas: 25; Clientes Armadores: 24) Stakeholders Gerais: Stakeholders Específicos: Parte 1
  • 90. É a favor das concessão dos portos para a iniciativa privada?
    • A comunidade do entorno em Imbituba e Santos mostraram-se mais favoráveis a concessão dos portos para iniciativa privada. Em Vila do Conde as pessoas ainda estão divididas.
    Parte 2 P14. Base: 824// Comunidade do entorno:264 (Santos: 81; Guarujá: 81; Imbituba: 51 e Vila do Conde: 51) Comunidade:
  • 91. Funcionários: É a favor das concessão dos portos para a iniciativa privada? Parte 3 P14. Base: 824// Funcionários: 248 (Santos: 67; Guarujá: 87; Imbituba: 32; Vila do Conde: 30 e São Bernardo: 32)
    • Os funcionários da Santos Brasil de Imbituba e Santos também mostraram-se mais favoráveis a concessão dos portos para iniciativa privada.
  • 92. Preocupação das empresas do setor portuário com a comunidade de seu entorno :
    • Um pouco mais da metade dos entrevistados, 54%, acha que as empresas portuárias preocupam-se com a comunidade de seu entorno.
    • O percentual aumenta para 72% em stakeholders específicos, porém os clientes B2B da Santos Brasil não acreditam muito neste posicionamento, todos os outros públicos mostraram-se positivos. Porém, somente 42% das pessoas entrevistadas no entorno das unidades Santos Brasil acham que as empresas tem esse tipo de preocupação.
    Stakeholders Gerais: Stakeholders Específicos: Parte 1 P15. Base: 824// Stakeholders gerais: 433 (Comunidade:264; Universitários: 57; Jovens Profissionais: 50; Imprensa: 31; ONGs: 31) // Stakeholders Específicos: 391 (Clientes B2B: 31; Governo: 32; Entidades: 31; Funcionários: 248; Investidores/ Acionistas: 25; Clientes Armadores: 24)
  • 93. Parte 2 P14. Base: 824// Comunidade do entorno:264 (Santos: 81; Guarujá: 81; Imbituba: 51 e Vila do Conde: 51) Comunidade:
    • A comunidade acha que as empresas do setor não estão preocupadas com a comunidade que fica ao seu redor.
    • Entre as comunidades a visão mais negativa está em Vila do Conde; Santos e Imbituba são mais positivos.
    Preocupação das empresas do setor portuário com a comunidade de seu entorno :
  • 94. Funcionários: Parte 3 P14. Base: 824// Funcionários: 248 (Santos: 67; Guarujá: 87; Imbituba: 32; Vila do Conde: 30 e São Bernardo: 32)
    • Visão bastante contrária entre as comunidades do entorno e os funcionários da Santos Brasil. Os primeiros acham que a empresa não está preocupada com a comunidade, já quem trabalha na empresa acha que eles se preocupam sim.
    Preocupação das empresas do setor portuário com a comunidade de seu entorno :
  • 95. Preocupação das empresas do setor portuário com o meio ambiente :
    • Com relação ao meio ambiente a visão é um pouco mais positiva, 58%.
    • O cenário mantém-se o mesmo, a comunidade tem uma visão mais discreta desse posicionamento, enquanto stakeholders específicos, principalmente funcionários e clientes armadores, acham que o setor portuário preocupa-se com o meio ambiente. Clientes B2B não veem o cenário dessa forma.
    Stakeholders Gerais: Stakeholders Específicos: Parte 1 P16. Base: 824// Stakeholders gerais: 433 (Comunidade:264; Universitários: 57; Jovens Profissionais: 50; Imprensa: 31; ONGs: 31) // Stakeholders Específicos: 391 (Clientes B2B: 31; Governo: 32; Entidades: 31; Funcionários: 248; Investidores/ Acionistas: 25; Clientes Armadores: 24)
  • 96. Parte 2 P14. Base: 824// Comunidade do entorno:264 (Santos: 81; Guarujá: 81; Imbituba: 51 e Vila do Conde: 51) Comunidade: Preocupação das empresas do setor portuário com o meio ambiente :
    • 53% da comunidade de Imbituba acha que as empresas preocupam-se com o meio ambiente, já em Vila do Conde, somente 20% tem este pensamento.
  • 97. Funcionários: Parte 3 P14. Base: 824// Funcionários: 248 (Santos: 67; Guarujá: 87; Imbituba: 32; Vila do Conde: 30 e São Bernardo: 32) Preocupação das empresas do setor portuário com o meio ambiente :
    • Com relação ao meio ambiente a visão entre os dois públicos também é divergente.
    • Entre os funcionários, Vila do Conde é a região que menos concorda que há preocupações com o meio ambiente por parte não só da empresa onde trabalha, mas como de todo o setor portuário.
  • 98.
    • Petrobrás , Natura e Vale são vistas como as que mais trabalham para a sociedade e o meio ambiente.
    • A visão de que as empresas fazem esse tipo de trabalho é mais forte entre os stakeholders específico.
    • A Santos Brasil aparece em 5º lugar, seguida pela Libra Terminais; 81% dos stakeholders específicos acham que ela faz algum tipo de trabalho social, cultural ou ambiental.
    Empresas que fazem algum trabalho social, cultural ou voltado ao meio ambiente: P17. Base: 824 Stakeholders gerais: 433 e Stakeholders Específicos: 391 Dentre as empresas que você conhece, quais delas você acredita que faz algum tipo de trabalho social, cultural ou voltado ao meio ambiente? (RM) Índice de resposta: 4,43 3,77 5,14
  • 99. Importância dos Temas: (TOTAL – Top2Box) P18. Base: 824 Muitas vezes, as grandes empresas tomam iniciativas sociais ou apoiam projetos que buscam benefícios para a sociedade. Eu vou ler uma lista de projetos ou iniciativas e gostaria de saber qual a importância que você dá para cada um deles. Para isso vamos usar uma escala de 1 a 10, em que 1 significa NADA IMPORTANTE e 10 significa MUITO IMPORTANTE. Educação; Preservação do meio ambiente; Coleta e reciclagem; Transportes; Incentivos a novos talentos. Temais mais importantes: Revitalização de espaços públicos; Voluntariado através de funcionários e parceiros. Temais menos importantes: Média 1 a 10 9,58 9,61 9,56 9,52 9,45 9,47 9,43 9,35 9,36 9,28 9,29 9,06 8,95 8,80 8,70
  • 100. Importância dos Temas: (Stakeholders Gerais – Top2Box) P18. Base: 433 Preservação do meio ambiente; Educação; Incentivos a novos talentos; Coleta e reciclagem; Muitas vezes, as grandes empresas tomam iniciativas sociais ou apoiam projetos que buscam benefícios para a sociedade. Eu vou ler uma lista de projetos ou iniciativas e gostaria de saber qual a importância que você dá para cada um deles. Para isso vamos usar uma escala de 1 a 10, em que 1 significa NADA IMPORTANTE e 10 significa MUITO IMPORTANTE. Temais mais importantes: Revitalização de espaços públicos; Voluntariado através de funcionários e parceiros. Temais menos importantes: Média 1 a 10 9,63 9,60 9,50 9,56 9,51 9,34 9,48 9,36 9,28 9,25 9,29 9,14 9,00 8,80 8,74
  • 101. Importância dos Temas: (Stakeholders Específicos – Top2Box) P18. Base: 391 Muitas vezes, as grandes empresas tomam iniciativas sociais ou apoiam projetos que buscam benefícios para a sociedade. Eu vou ler uma lista de projetos ou iniciativas e gostaria de saber qual a importância que você dá para cada um deles. Para isso vamos usar uma escala de 1 a 10, em que 1 significa NADA IMPORTANTE e 10 significa MUITO IMPORTANTE. Educação; Coleta e reciclagem; Preservação do meio ambiente; Transportes; Temais mais importantes: Revitalização de espaços públicos; Voluntariado através de funcionários e parceiros. Temais menos importantes: Média 1 a 10 9,66 9,53 9,51 9,59 9,56 9,37 9,37 9,43 9,34 9,32 9,3 8,96 8,89 8,81 8,67
  • 102. Empresas mais adequadas ao financiamento de projetos (TOTAL – Top2Box) P19. Base: 824 Pensando nestes mesmos projetos, gostaria que você me dissesse o quanto é apropriado para uma empresa, criar ou apoiar financeiramente iniciativas como estas. Usando uma escala de 1 a 10, em que 1 significa NADA APROPRIADO e 10 significa MUITO APROPRIADO, indique para cada frase que eu ler, quão apropriado é para a empresa ... * Destaque da Libra Terminais em diversos tipos de projetos que beneficiam a sociedade
  • 103. Empresas mais adequadas ao financiamento de projetos (Stakeholders Gerais – Top2Box) P19. Base: 433 Pensando nestes mesmos projetos, gostaria que você me dissesse o quanto é apropriado para uma empresa, criar ou apoiar financeiramente iniciativas como estas. Usando uma escala de 1 a 10, em que 1 significa NADA APROPRIADO e 10 significa MUITO APROPRIADO, indique para cada frase que eu ler, quão apropriado é para a empresa ... * A Petrobrás e a Vale são mais visíveis a toda a população por isso os respondentes as conectam com a maioria dos projetos, mais do que as outras 2 empresa.
  • 104. Empresas mais adequadas ao financiamento de projetos (Stakeholders Específicos – Top2Box) P19. Base: 391 Pensando nestes mesmos projetos, gostaria que você me dissesse o quanto é apropriado para uma empresa, criar ou apoiar financeiramente iniciativas como estas. Usando uma escala de 1 a 10, em que 1 significa NADA APROPRIADO e 10 significa MUITO APROPRIADO, indique para cada frase que eu ler, quão apropriado é para a empresa ...
  • 105. Agora, pensando na SANTOS BRASIL como uma empresa brasileira que movimenta cerca de 25% dos contêineres no Brasil, oferece soluções de logística, já investiu cerca de R$ 2,8 bilhões em qualificação de mão-de-obra, tecnologia e modernização da infraestrutura portuária nos locais em que seus terminais estão estabelecidos, promove a educação profissional para jovens das comunidades onde atua e alinha-se com boas práticas de preservação ambiental . Sabendo disso, gostaria que você me dissesse o quanto é favorável ou desfavorável a SANTOS BRASIL usando uma escala de 1 a 5, em que 1 significa que é “muito desfavorável” a SANTOS BRASIL e 5 significa que é “muito favorável “a SANTOS BRASIL Grau de favorabilidade: “O quanto a Santos Brasil contribui para sociedade” Média (nota 1 a 5)
    • Praticamente toda a amostra entrevistada é favorável a Santos Brasil , quando obtém mais informações sobre a empresa, em que área atua, o que faz pela sociedade, etc., em uma escala de favorabilidade de 5 pontos recebeu nota 4,68 .
    P20, Base Total: 824 Stakeholders Gerais: 433 e Stakeholders Específicos: 391 Antes do conceito Antes do conceito Antes do conceito 4,52 4,68 4,32 4,63 4,65 4,73
  • 106. Conclusões
    • Conhecimento e favorabilidade:
    • Stakeholders gerais: Universitários e jovens profissionais conhecem muito pouco o setor portuário
    • Nas comunidades do entorno, Vila do Conde conhece menos e é menos favorável ao setor e a empresa. Setor de mineração é forte na região.
    • Stakeholders específicos: Clientes B2B e investidores conhecem menos o setor e os clientes B2B apresentam baixa favorabilidade ao setor.
    • Os funcionários apresentam grande favorabilidade ao setor e a Santos Brasil.
    • No conhecimento de empresas, a Libra terminais é mais conhecida dos stakeholders gerais do que a Santos Brasil, embora a favorabilidade e reputação da Santos Brasil sejam muito mais altas.
  • 107. Conclusões
    • Imagem
    • A imagem da Santos Brasil tem como principais fortalezas o fato de ser percebida como uma empresa que contribui para o desenvolvimento do país, respeita seus clientes e possui responsabilidade social.
    • Não é percebida como uma empresa que se preocupa com o bem estar de seus funcionários (embora possua alta favorabilidade neste público). Também é vista como uma empresa que faz pouca propaganda e poucos investimentos para melhorar o meio ambiente.
    • Os stakeholders gerais não sabem que a Santos Brasil faz algum trabalho social, cultural ou voltado ao meio ambiente. Apenas 30% deste público se recorda de alguma ação versus 81% entre os stakeholders específicos, a mais alta entre todas as empresas neste público.
  • 108. Obrigado! Endereço: Av Brigadeiro Faria Lima, 2355 cj 1901/1907 – 19º andar CEP : 01452-000 São Paulo – SP BRASIL Tel .: +55 (11) 3097-0129 www.institutoanalise.com www.twitter.com/IAnalise Obrigado!

×