Projecto EFACILER<br />OS SIMPLÓRIOS<br />In Contos Populares Portugueses de Adolfo Coelho<br />
Era uma vez uns pais que tinham três filhas faltas da pinha; vinha lá um rapaz que queria casar <br />com uma delas, mas n...
Disse minha mãe que não falasses tu…<br />Tira-le o telo e mete-le a toler.<br />Ó fulana, o caldo vai-se !!<br />
Pois bem, temos entendido; já estou ao facto de quem vocês são.   Adeus!!!<br />Eu cá vou-me embora.<br />
A mãe ficou zangada e um dia levou as duas filhas que falavam mais<br /> mal e deixou a que falava <br />menos mal em casa...
Olha lá, aí vem um rapaz para te ver e tu põe uma roçada grande na roca e põe-te a fiar para ele se agradar a ti e se ele ...
A  rapariguinha, assim que a mãe saiu pousou a roca, foi à adega, trouxe uma infusa de vinho de meia <br />canada para com...
ASAAdeus, menina!<br />Olhe que eu destas despejo sete ao dia.<br />Será da sua cuba, que não da minha.<br />
E foi-se embora. Depois ao diante falou-se noutro casamento com um que era pouco mais fino que ela; Ajustou-se tudo e um d...
Meteu a mão toda e não a pôde tirar; chamaram-no que a noiva estava pronta e ele lá vai para a igreja com a mão metida no ...
Chegou à Igreja; o padre perguntou-lhe se era vontade dele casar e ele disse que já devia ser há muito.<br />
Pois então dê-me cá a sua mão direita.<br />E vossemecê não remedeia com a esquerda?<br />
Você tem a direita quebrada?<br />Não senhor, mas está ocupada.<br />
Deixe cá ver. Olhe. Isso. Faça assim.<br />
E o abade abanou com a mão.<br />
O outro assim fez e bateu com o porrão na cabeça do abade; este gritou<br />Aqui del rei !!<br />
E houve grande barulho <br />e desmanchou-se o casamento.<br />
Trabalho elaborado por:<br />Luís Henriques<br />Marta Dias<br />Nuno Vieira<br />Paulo Ferreira<br />Ricardo Alves<br />
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Os simplorios

435

Published on

Trabalho realizado pela turma Efa da Duodifusão no âmbito do projecto Efacil Ler 2009 / 2010

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
435
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
2
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Os simplorios

  1. 1. Projecto EFACILER<br />OS SIMPLÓRIOS<br />In Contos Populares Portugueses de Adolfo Coelho<br />
  2. 2. Era uma vez uns pais que tinham três filhas faltas da pinha; vinha lá um rapaz que queria casar <br />com uma delas, mas nem o<br />pai nem a mãe queriam que<br />elas falassem para lhes não conhecerem a toleima. Disse uma diante do namorado:<br />
  3. 3. Disse minha mãe que não falasses tu…<br />Tira-le o telo e mete-le a toler.<br />Ó fulana, o caldo vai-se !!<br />
  4. 4. Pois bem, temos entendido; já estou ao facto de quem vocês são. Adeus!!!<br />Eu cá vou-me embora.<br />
  5. 5. A mãe ficou zangada e um dia levou as duas filhas que falavam mais<br /> mal e deixou a que falava <br />menos mal em casa, para <br />falar a um namorado que <br />tinha e disse-lhe:<br />
  6. 6. Olha lá, aí vem um rapaz para te ver e tu põe uma roçada grande na roca e põe-te a fiar para ele se agradar a ti e se ele disser: “Oh, que rica fiadeira!”, tu dize: “eu destas despejo sete ao dia.”<br />
  7. 7. A rapariguinha, assim que a mãe saiu pousou a roca, foi à adega, trouxe uma infusa de vinho de meia <br />canada para comer umas<br /> sopas; <br />fê-las numa tijela grande e <br />nisto chegou o rapaz. <br />Assim que ele chegou, disse:<br />
  8. 8. ASAAdeus, menina!<br />Olhe que eu destas despejo sete ao dia.<br />Será da sua cuba, que não da minha.<br />
  9. 9. E foi-se embora. Depois ao diante falou-se noutro casamento com um que era pouco mais fino que ela; Ajustou-se tudo e um dia ele veio busca-la a casa para se ir receber. Enquanto a noiva se foi preparar, ele deu volta e achou um porrão com mel; meteu-lhe um dedo e lambeu; achou doce.<br />
  10. 10. Meteu a mão toda e não a pôde tirar; chamaram-no que a noiva estava pronta e ele lá vai para a igreja com a mão metida no porrão.<br />
  11. 11. Chegou à Igreja; o padre perguntou-lhe se era vontade dele casar e ele disse que já devia ser há muito.<br />
  12. 12. Pois então dê-me cá a sua mão direita.<br />E vossemecê não remedeia com a esquerda?<br />
  13. 13. Você tem a direita quebrada?<br />Não senhor, mas está ocupada.<br />
  14. 14. Deixe cá ver. Olhe. Isso. Faça assim.<br />
  15. 15. E o abade abanou com a mão.<br />
  16. 16. O outro assim fez e bateu com o porrão na cabeça do abade; este gritou<br />Aqui del rei !!<br />
  17. 17. E houve grande barulho <br />e desmanchou-se o casamento.<br />
  18. 18. Trabalho elaborado por:<br />Luís Henriques<br />Marta Dias<br />Nuno Vieira<br />Paulo Ferreira<br />Ricardo Alves<br />
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×