MIP

1,343
-1

Published on

0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
1,343
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
62
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

MIP

  1. 1. Manejo Integrado de Pragas Profª Luciana Borges Ceres/ Setembro 2011 Ministério da EducaçãoSecretaria de Educação Profissional e TecnológicaInstituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia Goiano Campus Ceres
  2. 2. Introdução   <ul><ul><li>São mais de um milhão de espécies de insetos descritas, das quais cerca de 10% causam danos a animais e plantas. </li></ul></ul>
  3. 3. <ul><ul><li>Segundo o departamento de Agricultura dos EUA (USDA) anualmente são catalogados mais cinco mil tipos. </li></ul></ul>
  4. 4. <ul><ul><li>O uso inadequado de inseticidas organossintéticos, como o DDT (diclorodifeniltricloretano), dificultou ainda mais o controle das pragas. </li></ul></ul>
  5. 5. O que é MIP? “ É o sistema de manejo de pragas que no contexto associa o ambiente e a dinâmica populacional da espécie, utiliza todas as técnicas apropriadas e métodos de forma tão compatível quanto possível e mantém a população da praga em níveis abaixo daqueles capazes de causar dano econômico&quot;. Definição dada pela Food and Agriculture (FAO)
  6. 6. Fundamentos do MIP 1. Exploração do controle natural 2. Estudo dos níveis de tolerância das plantas aos danos causados pelas pragas 3. Monitoramento das populações 4. Detalhamento da biologia e da ecologia da cultura e de suas pragas
  7. 7. Importante! <ul><ul><li>O objetivo principal do programa não é eliminar todos os insetos danosos do cultivo, mas sim diminuir seu número ao ponto de não causarem danos, trazendo de volta o equilíbrio do agrossistema que havia sido desfeito pelos inseticidas. </li></ul></ul>
  8. 8. Monitoramento <ul><ul><li>Fundamental para o bom funcionamento do programa. </li></ul></ul><ul><ul><li>Deve ser realizado na área antes mesmo do inicio do cultivo. </li></ul></ul>
  9. 9. Práticas no MIP <ul><ul><li>Uso de sementes resistentes. </li></ul></ul><ul><ul><li>Uso do controle químico ao lado de controladores biológicos. </li></ul></ul><ul><ul><li>Práticas agrícolas especiais, como a rotação de cultura, plantio de culturas-armadilhas e colheitas em épocas menos favoráveis às pragas. </li></ul></ul>
  10. 10. Controle biológico <ul><ul><li>É feito utilizando-se predadores naturais das pragas em questão. </li></ul></ul>Joaninha eliminando pulgões
  11. 11. Exemplo de uma cadeia com algumas pragas e os seus controladores biológicos:
  12. 12. Microorganismos utilizados no controle biológico de pragas: Agente Biológico O que ele ataca Como se aplica Fungo  Metarhizium anisopliae Cigarrinha da folha da cana-de-açúcar O fungo é pulverizado e, em contato com o corpo do inseto, causa doença. Fungo  Metarhizium anisopliae Broca dos citrus O fungo é polvilhado nos buracos da planta contaminando a praga. Fungo  Beauveria bassiana Besouro &quot;moleque-da-bananeira&quot; O fungo é aplicado em forma de pasta em pedaços de bananeira que são colocados ao redor das árvores servindo de isca.
  13. 13. Método Alternativo para Controle de Pragas <ul><ul><li>Pode-se construir armadilhas em meio a lavoura utilizando feromônios como isca, pois eles afetam apenas a espécie alvo. </li></ul></ul>
  14. 14. Diferenças entre o Controle Químico e o Biológico
  15. 15. Referências Bibliográficas <ul><ul><li>http://www.cenedcursos.com.br/manejo-integrado-de-insetos-praga.html </li></ul></ul><ul><ul><li>http://www.planetaorganico.com.br/controle.htm </li></ul></ul><ul><ul><li>http://www.edcentaurus.com.br/materias/granja.php?id=2526 </li></ul></ul><ul><ul><li>http://www.seplan.go.gov.br/sepin/pub/conj/conj9/07.htm </li></ul></ul><ul><ul><li>http://www.viprag.com.br/mip.htm </li></ul></ul><ul><ul><li>http://agroecologiamt.blogspot.com/2010/11/controle-biologico-de-insetos-praga-com.html </li></ul></ul>
  16. 16. Obrigado!
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×