0
PROCESSOS DE FORMAÇÃO DE <br />
As palavras estão em constante processo de evolução, o que torna a língua um fenômeno vivo. Enquanto alguns vocábulos caem...
Na criação das palavras portuguesas, é necessário ter em conta os seguintes processos de formação:<br />1 - Derivação – pr...
<ul><li>2 - Composição - processo em que ocorre a junção de dois ou mais radicais (ou palavras), donde resultam:
a) Palavras compostas por aglutinação: quando da junção de duas palavras resulta uma palavra nova com apenas uma sílaba ac...
DERIVAÇÃO: EXEMPLO<br />
Além desses processos, a língua portuguesa também possui outros processos para a formação de palavras / renovação do léxic...
Abreviação vocabular: redução da palavra até o limite de sua compreensão (ex: metro, moto, pneu, foto, dr., obs.)
Siglas: a formação de siglas utiliza as letras iniciais de uma sequência de palavras</li></ul>OMS: Organização Mundial de ...
Prefixos e sufixos mais utilizados. Anote seus significados para resolver os exercícios relacionados<br />
Forme palavra usando prefixos	<br />Iludir<br />Ver<br />Feliz<br />Partilhar<br />Moral<br />Ler<br />Veloz<br />Dizer<br...
Forme dois cognatos através de sufixação<br />Pátria<br />Terra<br />Flor<br />Jornal<br />Pedra<br />Fácil<br />mercado<b...
Verbo: estrutura<br />a) Radical: parte invariável, que expressa o significado essencial do verbo: <br />falar<br />b) Tem...
Modos verbais<br /><ul><li>INDICATIVO: certeza
SUBJUNTIVO: desejo, aspiração
IMPERATIVO: ordem ou pedido</li></ul>Se quisermos.....<br />Quando pudermos...<br />Eu quis ...<br />Manterei minha palavr...
EXERCÍCIOS<br />1.(PUCC-SP) Observe: o verbo atrair produz atração. Usando esse modelo, aponte substantivos para:<br />a) ...
2. (Fuvest-SP) "O diminutivo é uma maneira ao mesmo tempo afetuosa e precavida de usar a linguagem. Afetuosa porque geralm...
(FEI-SP) Siga o modelo:<br />difícil —> dificuldade<br />a) magro       <br />b) semelhante                 c) autêntico<b...
modelo:<br />Almoço fora todos os dias. —> Se você almoçar fora todos os dias, eu também almoçarei.<br />a) Passo os fins ...
OROTGRAFIA: REGRAS GERAIS<br />
G/J<br />
S/Z<br />
X/CH<br />
SS/Ç	<br />
Classe de palavras<br /> A parte da gramática que estuda as classes de palavras é a MORFOLOGIA (morfo = forma, logia = est...
Principais características de cada classe de palavras:<br />
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Formação palavras

6,972

Published on

Estruturas elementares das palavras em língua portuguesa.

Published in: Education, Technology
0 Comments
6 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
6,972
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
306
Comments
0
Likes
6
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Transcript of "Formação palavras"

  1. 1. PROCESSOS DE FORMAÇÃO DE <br />
  2. 2.
  3. 3.
  4. 4. As palavras estão em constante processo de evolução, o que torna a língua um fenômeno vivo. Enquanto alguns vocábulos caem em desuso (arcaísmos), outros nascem (neologismos) e outros mudam de significado com o passar do tempo.<br />Na Língua Portuguesa, em função da estruturação e origem das palavras encontramos a seguinte divisão:<br />palavras primitivas – não derivam de outras (ex: casa, flor);<br />palavras derivadas – formadas a partir de uma outra palavra pré-existente (ex: casebre, florzinha);<br />palavras simples – palavras que só possuem um radical (ex: couve, flor);<br />palavras compostas – palavras que se formam a partir da junção de duas ou mais palavras (ex: couve-flor, aguardente);<br />
  5. 5. Na criação das palavras portuguesas, é necessário ter em conta os seguintes processos de formação:<br />1 - Derivação – processo em que à palavra primitiva se juntam afixos (prefixos e/ou sufixos), dando origem a:<br /><ul><li>a) Palavras derivadas por prefixação: junta-se um prefixo à palavra primitiva</li></ul>ex: inútil, afônico, insensível, antítese, contradizer, remexer<br /><ul><li>b) Palavras derivadas por sufixação: junta-se um sufixo à palavra primitiva</li></ul>ex: claramente, trabalhador, dentada, laranjal, americano<br /><ul><li>c) Palavras derivadas por prefixação e sufixação: acréscimo simultâneo de prefixo e sufixo, à palavra primitiva</li></ul>ex: enlatado, infelizmente, inclassificável<br />
  6. 6. <ul><li>2 - Composição - processo em que ocorre a junção de dois ou mais radicais (ou palavras), donde resultam:
  7. 7. a) Palavras compostas por aglutinação: quando da junção de duas palavras resulta uma palavra nova com apenas uma sílaba acentuada (uma dessas palavras perde um fonema)</li></ul>ex: pernalta, fidalgo, vinagre, aguardente, planalto<br /><ul><li>b) Palavras compostas por justaposição: quando as duas (ou mais) palavras que se juntam não perdem nenhum fonema, mantendo, por isso, a pronúncia que apresentam antes da composição.</li></ul>ex: girassol, sexta-feira, passatempo, porta-moedas<br />
  8. 8. DERIVAÇÃO: EXEMPLO<br />
  9. 9. Além desses processos, a língua portuguesa também possui outros processos para a formação de palavras / renovação do léxico, tais como:<br /><ul><li>Onomatopeia: reprodução imitativa de sons (ex: pingue-pingue, zunzum, miau)
  10. 10. Abreviação vocabular: redução da palavra até o limite de sua compreensão (ex: metro, moto, pneu, foto, dr., obs.)
  11. 11. Siglas: a formação de siglas utiliza as letras iniciais de uma sequência de palavras</li></ul>OMS: Organização Mundial de Saúde<br />TV: televisão<br />ONU: Organização das Nações Unidas<br /><ul><li>Neologismo/estrangeirismo: nome dado ao processo de criação de novas palavras, ou para palavras que adquirem um novo significado.</li></ul>ex: croissant, surf, software, shopping, pizza, bife, andebol…<br />
  12. 12. Prefixos e sufixos mais utilizados. Anote seus significados para resolver os exercícios relacionados<br />
  13. 13.
  14. 14. Forme palavra usando prefixos <br />Iludir<br />Ver<br />Feliz<br />Partilhar<br />Moral<br />Ler<br />Veloz<br />Dizer<br />Atento<br />“USE PRINCIPALMENTE PREFIXOS DE NEGAÇÃO”<br />
  15. 15. Forme dois cognatos através de sufixação<br />Pátria<br />Terra<br />Flor<br />Jornal<br />Pedra<br />Fácil<br />mercado<br />
  16. 16. Verbo: estrutura<br />a) Radical: parte invariável, que expressa o significado essencial do verbo: <br />falar<br />b) Tema: indica a conjugação: <br /> falar<br />c) Desinência modo-temporal: indica o tempo e o modo<br /> falávamos<br />d) Desinência número-temporal: designa a pessoa do discurso<br /> falamos<br />
  17. 17. Modos verbais<br /><ul><li>INDICATIVO: certeza
  18. 18. SUBJUNTIVO: desejo, aspiração
  19. 19. IMPERATIVO: ordem ou pedido</li></ul>Se quisermos.....<br />Quando pudermos...<br />Eu quis ...<br />Manterei minha palavra...<br />Mantenha sua rota...<br />
  20. 20.
  21. 21. EXERCÍCIOS<br />1.(PUCC-SP) Observe: o verbo atrair produz atração. Usando esse modelo, aponte substantivos para:<br />a) aspergir <br />b) mudar<br />c) isentar<br /> <br />
  22. 22. 2. (Fuvest-SP) "O diminutivo é uma maneira ao mesmo tempo afetuosa e precavida de usar a linguagem. Afetuosa porque geralmente o usamos para designar o que é agradável, aquelas coisas tão afáveis que se deixam diminuir sem perder o sentido. E precavida porque também o usamos para desarmar certas palavras que, por sua forma original, são ameaçadoras demais." ) Paulo. Círculo do Livro. (Luís Fernando Veríssimo, Diminutivos)<br />A alternativa inteiramente de acordo com a definição do autor de diminutivo é:<br />a) O iogurtinho que vale por um bifinho.<br />b) Ser brotinho é sorrir dos homens e rir interminavelmente das mulheres.<br />c) Gosto muito de te ver, Leãozinho.<br />d) Essa menininha é terrível.<br />e) Vamos bater um papinho.<br />
  23. 23. (FEI-SP) Siga o modelo:<br />difícil —> dificuldade<br />a) magro <br />b) semelhante c) autêntico<br />
  24. 24. modelo:<br />Almoço fora todos os dias. —> Se você almoçar fora todos os dias, eu também almoçarei.<br />a) Passo os fins de semana na chácara.<br />b) Compro frutas no supermercado.<br />c) Ouço música de madrugada.<br />d) Vejo sombras no jardim.<br />e) Nado duas horas por dia.<br />
  25. 25. OROTGRAFIA: REGRAS GERAIS<br />
  26. 26. G/J<br />
  27. 27. S/Z<br />
  28. 28.
  29. 29. X/CH<br />
  30. 30.
  31. 31. SS/Ç <br />
  32. 32.
  33. 33. Classe de palavras<br /> A parte da gramática que estuda as classes de palavras é a MORFOLOGIA (morfo = forma, logia = estudo), ou seja, o estudo da forma. Na morfologia, portanto, não estudamos as relações entre as palavras, o contexto em que são empregadas, ou outros fatores que podem influenciá-la, mas somente a forma da palavra.<br />
  34. 34. Principais características de cada classe de palavras:<br />
  35. 35.
  36. 36. Observe o uso da palavra “indicador”<br />
  37. 37.
  38. 38. A alternativa que apresenta classes de palavras cujos sentidos podem ser modificados pelo advérbio são:<br />a) adjetivo - advérbio - verbo. b) verbo - interjeição - conjunção. c) conjunção - numeral - adjetivo. d) adjetivo - verbo - interjeição. e) interjeição - advérbio - verbo.<br />
  39. 39. Em "Tem bocas que murmuram preces...", a seqüência morfológica é:<br />a) verbo-substantivo-pronome relativo-verbo-substantivo. b) verbo-substantivo-conjunção integrante-verbo-substantivo. c) verbo-substantivo-conjunção coordenativa-verbo-adjetivo. d) verbo-adjetivo-pronome indefinido-verbo-substantivo. e) verbo-advérbio-pronome relativo-verbo-substantivo.<br />A única alternativa em que as palavras são, respectivamente, substantivo abstrato, adjetivo biforme e preposição é:<br />a) beijo-alegre-durante b) remédio-inteligente-perante c) feiúra-lúdico-segundo d) ar-parco-por e) dor-veloz-consoante<br />
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×