Geografia

1,556 views
1,251 views

Published on

Published in: Education
0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
1,556
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
611
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Geografia

  1. 1. AUTORIA: MÁRCIO FRANÇA EDIÇÃO: ALEXANDRE OLSEMANN CRÉDITO DA IMAGEM DE ABERTURA: Pulsar Imagens/Luis Salvatore © Editora Positivo Ltda., 2013 1 GEOGRAFIA volume 1
  2. 2. 1. Fundamentos de Cartografia
  3. 3. Cartografia Épocas remotas Até hoje Babilônia Ga-Sur (2500 a C) Mapa mais antigo Atual Iraque Gregos Romanos Representação da Terra em um plano Registros de rotas Busca por respostas Tábua de argila retratando a parte norte da Mesopotâmia, constituindo o mapa mais antigo de que se tem notícia. CHIANCA,RosalyM.Braga.Mapasa realidadenopapel.4ed.SãoPaulo: Ática,1998.p.37.Adaptação.
  4. 4. Orientação Linha do Equador 0° a 90° Paralelos 0° a 180° Observação de astros Meridianos Meridiano de Greenwich Norte ou sul Leste ou oeste Latitude Longitude Sol Lua Estrelas Coordenadas geográficas
  5. 5. Rosa dos ventos (Rosa dos rumos) DivanzirPadilha.2009.Digital.
  6. 6. Fusos horários 15° longitude Oeste para lesteRotação da terra Terra como circunferência 24 horas 360° 360° : 24 h 15° 1884 Conferência Internacional do Meridiano (EUA) Horas aumentam para leste Horas diminuem para oeste
  7. 7. Brasil: Fusos horáriosThiagoGranadoSouza Fonte: OBSERVATÓRIO NACIONAL. Disponível em: <http://www.horalegalbrasil.mct.on.br/>. Acesso em: 4 jul. 2012. Adaptação. Mapacomescalacalculadaparaaversãoimpressadomaterialdidático.
  8. 8. Projeções cartográficas Projeção equivalente Projeção cônica conforme Projeção equidistante Projeção azimutal/zenital Propriedades Tipo de superfície Projeção plana Projeção cônica Projeção cilíndrica Posição da superfície Projeção equatorial Projeção oblíqua Projeção transversa Projeção polar
  9. 9. Escala Cartográfica Numérica 1 : 50 000 1 cm = 10 km Gráfica Nominal Até 1 : 25 000 Grande Média Pequena 1 : 25 000 a 1 : 250 000 1:500 000 a unidades de medida menores Globo Mapas Carta Planta Especiais ou técnicos Temáticos 0 10 20 30 km
  10. 10. MarceloBittencourt,2009.Digital. Sistema SIG Fonte:Disponívelem:<http://www.enggeografica.fc.ul.pt>.Acessoem:12jun.2012 Administração de áreas Análise Demográfica Engenharia Ambiente Marketing Finanças Modelação Operações LogísticaAdministração de terrenos Concordância Serviço ao cliente Seleção do local Procedimentos de emergência
  11. 11. 2. Interações no espaço natural
  12. 12. Estrutura interna da Terra Oceânica Crosta Manto Núcleo Litosfera Astenosfera Mesosfera Núcleo Externo: líquido Continental Ferro e níquel Interno: sólido Propriedades químicas Propriedades físicas
  13. 13. Principais placas tectônicas da Terra TalitaKathyBora Fonte: NATHAN. Atlas du 21.e siècle. Paris: Nathan, 2007. p. 152, mapa (b). Adaptação. Mapacomescalacalculadaparaaversãoimpressadomaterialdidático.
  14. 14. Rochas Magmáticas ou ígneas Sedimentares Metamórficas Solidificação do magma Intrusivas ou plutônicas Extrusivas ou vulcânicas Ex: Granito Ex: Basalto Decomposição de outras rochas Clásticas ou detríticas Químicas Ex: Arenito Ex: Calcário Temperatura e pressão Ex: Mármore e Gnaisse
  15. 15. Perfil esquemático de solo DivanzirPadilha.2009.Digital. Fonte: LEPSCH, Igo F. Formação e conservação dos solos. São Paulo: Oficina de Textos, 2002. p. 20. O Oo – pouco decomposto; Od – mais decomposto E Horizonte claro de máxima remoção de argila e/ou óxidos de ferro B Horizonte de máxima expressão de cor e de agregação ou de concentração de materiais de A e E C Material inconsolidado de rocha alterada presumivelmente semelhante ao que deu origem ao solum C Material inconsolidado de rocha alterada presumivelmente semelhante ao que deu origem ao solum Regollto Solum A Horizonte mineral com acúmulo de húmus
  16. 16. Ciclo hidrológico DivanzirPadilha.2009.Digital. Fonte: BORGHETTI, Nádia R. B.; BORGHETTI, José Roberto; ROSA FILHO, Ernani Francisco. A integração das águas: revelando o verdadeiro Aquífero Guarani. Curitiba: Edição da Autora, 2011. p. 55.
  17. 17. Correntes marítimas MonyraGuttervillCubas Fonte: ATLAS geográfico escolar. 4. ed. Rio de Janeiro: IBGE, 2007. p. 58. Adaptação. Mapacomescalacalculadaparaaversãoimpressadomaterialdidático.
  18. 18. Rio Leito ou calha Foz Caminho definido Curso Caminho percorrido Superior Médio Inferior Erosão Transporte Deposição Estuário Delta Único canal Vários canais
  19. 19. Rio Tipo de relevo Regime Escoamento Nival ou glacial Pluvial Misto Derretimento da neve Água da chuva Derretimento da neve e água da chuva Planalto Planície Correntes e cachoeiras Navegação Permanente Intermitente Efêmero Não seca Seca Breve período
  20. 20. Clima Temperatura AltitudeLatitude Relevo Cobertura florestal Quantidade de calor Maior latitude – menor temperatura Menor latitude – maior temperatura Maior altitude – menor temperatura Menor altitude – maior temperatura Disposição Temperatura e umidade Clima Maritimidade/ continentalidade Umidade Pressão atmosférica Efeito Coriollis Massas de ar Distância/proximi dade de corpos hídricos Vapor d´água Circulação de ar/ventos Desvio dos ventos HS Esquerda HN Direita Quente e úmida Quente e seca Fria e úmida Fria e seca
  21. 21. Acordos Internacionais Protocolo de Kyoto Convenção do clima COP 17 Fundo verde para o clima Mecanismos de desenvolvimento limpo (MDL) Créditos ou certificados de carbono
  22. 22. Clima Vegetação Polar Frio de montanha Temperado Mediterrâneo Tropical/Equatorial Tropical Semiárido Desértico Frio Tundra Variada Temperada Mediterrânea Floresta pluvial tropical/ Equatorial Cerrado/estepes/pradarias Arbustiva/xerófita Xerófilas Floresta de coníferas
  23. 23. 3. Interações no espaço social
  24. 24. População Conjunto de indivíduos Crescimento Crescimento vegetativo Migrações Positivo Nulo Negativo Deslocamentos populacionais Transição demográfica Estágios Estacionário alto Expansão inicial Expansão tardia ou continuada Estacionário baixo
  25. 25. CassianoDarela.2013.Digital.
  26. 26. Distribuição geográfica das sociedades Fatores físicos Fatores históricos e culturais Fatores econômicos Planície Planalto Clima Agricultura Centros urbanos Indústria Agricultura mecanizada Pecuária extensiva Industrialização Prestação de serviços 50% 45% Limitação Baixa concentração populacional Elevada concentração populacional
  27. 27. Taxa de fecundidade total por regiões do mundo Fonte: HOGAn, daniel Joseph; MARAndOLA JR., eduardo; OJiMA, Ricardo; GOLdeMBeRG, José (Coord.). População e ambiente: desafios à sustentabilidade. São Paulo: Blucher, 2010. v. 1. p. 21. (Sustentabilidade).
  28. 28. Deslocamentos populacionais Migração Imigração Emigração Fatores Nacional ou interna Campo-cidade Pendular Internacional ou externa Expulsão Fome Renda Falta moradia Desenvolvimento econômico e social Estudos Atração
  29. 29. Movimentos populacionais no Brasil ThiagoGranadoSouza Fonte: iBGe– instituto Brasileiro de Geografia e estatística. Reflexões sobre os deslocamentos populacionais no Brasil. Rio de Janeiro, 2011. disponível em: <http://www.ibge.gov.br/home/estatistica/populacao/reflexoes_deslocamentos/deslocamentos.pdf>. Acesso em: 11 maio 2012. Adaptação Mapacomescalacalculadaparaaversãoimpressadomaterialdidático.
  30. 30. Cidades Comerciais Portuárias Turísticas Industriais Função Político- administrativas Tecnológicas Origem Agrupamentos urbanos Hierarquia Conurbação Região metropolitana Megalópole Cidade global Metrópole nacional Metrópole regional Capital regional Centro regional
  31. 31. Porcentagem da população residente em áreas urbanas por região (1950-2030) JúniorHeinrichs.2009.Digital. Fonte: UNFPA. Situação da população mundial 2007: desencadeando o potencial do crescimento urbano. UNFPA, 2007.
  32. 32. Problemas urbanos Especulação imobiliária Desemprego e subemprego Saneamento básico Local conhecido como El Gallinero (o galinheiro), localizado em La Cañada, favela dos arredores de Madri – Espanha, 2010. LatinStock/Corbis/NoahAddis
  33. 33. Exclusão social no mundo ThiagoGranadoSouza Fonte: POCHMAnn, Marcio et al. Atlas da exclusão social: a exclusão no mundo. São Paulo: Cortez, 2004. p. 57. v. 4. Adaptação Mapacomescalacalculadaparaaversãoimpressadomaterialdidático.
  34. 34. 4. Interações entre sociedade e natureza
  35. 35. Agricultura Agrossistemas Mercado ou moderna Sem solo Plantation Biológica ou orgânica Especulativa Subsistência Precisão Pecuária Extensiva Intensiva Baixa produtividade Baixa densidade Elevada produtividade Elevada concentração de criação e cultivos associados
  36. 36. Recursos naturais Renováveis Não-Renováveis Água Solo Sol Vento Carvão Petróleo Gás Natural
  37. 37. Fontes de energia Carvão mineral Petróleo Gás natural NuclearBiomassa Hidráulica Etanol Eólica Solar
  38. 38. Distribuição das fontes de energia no mundo TiagoGaranadoSouza Fonte: HAMBLIN, W. K.; CHRISTIANSEN, E. H. Earth’s Dynamic Systems. USA: Prentice Hall, 1998. p. 646, 661 e 665. Adaptação. Mapacomescalacalculadaparaaversãoimpressadomaterialdidático.
  39. 39. 1ª Revolução Industrial 2ª Revolução Industrial 3ª Revolução Industrial Demanda de mercadorias Grã-Bretanha Máquina a vapor Tear mecânico Carvão mineral Disponibilidade de capital Metalurgia e siderurgia Telefone e telégrafo Gerador elétrico Eletricidade Petróleo Século XIX Internet Microeletrônica e microchips Hardwares, Softwares Revolução Técnico-científica Após a 2ª GM Crescimento populacional Século XVIII Mão-de-obra rural França, Alemanha, Itália, Bélgica, Estados Unidos e Japão Estados Unidos: Potência industrial Taylorismo Fordismo Comércio eletrônico
  40. 40. Industrialização Plataformas de exportação Tardia Países subdesenvolvidos Países desenvolvidos Dependente de capital Substituição de importações Terceira Revolução Industrial Indústrias de base Indústrias de ponta Disponibilidade de capital
  41. 41. Concentração industrial mundial TalitaKathyBora Fonte: PHILIP’S. Internacional School Atlas. Second Edition. London. 2006. p. 34. Adaptação Mapacomescalacalculadaparaaversãoimpressadomaterialdidático.
  42. 42. Espaço industrial Fatores Localização Capital Mercado consumidor Infraestrutura produtiva Mão de obra
  43. 43. Setor Terciário Comércio e prestação de serviços Básico Superior Quaternário Doméstico Mão de obra qualificada Mão de obra especializada Glowimagens/Tuul Glowimagens/SuperStock NASA
  44. 44. CassianoDarela.2013.Digital. Fonte: The Central Intelligence Agency (CIA). The World Factbook 2012. Disponível em: <https://www.cia.gov/library/publications/the-world-factbook/index.html>. Acesso em: 27 ago. 2012. Distribuição da PEA por setores da economia (%)
  45. 45. Setor Terciário Diversificações Informática Biotecnologia Comércio Ensino e pesquisa Transportes Turismo

×