• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Planejamento estratégico da manutenção
 

Planejamento estratégico da manutenção

on

  • 6,633 views

 

Statistics

Views

Total Views
6,633
Views on SlideShare
6,633
Embed Views
0

Actions

Likes
3
Downloads
141
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Planejamento estratégico da manutenção Planejamento estratégico da manutenção Presentation Transcript

    • Planejamento Estratégico 2011 à 2015
    • 1 - Premissas- Conhecer o ambiente do negócio. - Produto final Aruaco Resinas - Produto final Grupo Arauco- Conhecer a cultura da empresa.- Disseminar a cultura da empresa.- Alinhar o pensamento da manutenção com a produção e a direção.- Definir fronteiras. - Responsabilidades da Manutenção. - Responsabilidades da Produção.- Quebrar paradigmas.
    • 2 - Definição de Conceitos Proposta para elaboração da missão, visão e objetivos da manutenção.- Missão da Manutenção: Garantir a disponibilidade dos sistemas funcionais comconfiabilidade.- Visão da manutenção: Ser reconhecida como referência em gestão de manutençãopelo Grupo Arauco ate 2015.- Objetivos da Manutenção: Aumentar a disponibilidade e a confiabilidade operacionaldos equipamentos, obras e instalações, minimizando os custose garantindo a continuidade do trabalho operacional comsegurança, qualidade e sem agredir o meio ambiente.
    • 3 - Manutenção Processo crítico Programa Sistematizado- Plano de Lubrificação. - Otimizado. - Classe Mundial.- Plano de Inspeção. - Manutenção Detectiva. - Manutenção Preventiva.- Plano de Manutenção. - Manutenção Corretiva Planejada. - Manutenção Preventiva. - Manutenção Detectiva. - Manutenção Preditiva. - Precisa. - Concisa. - Quebra ( corretiva não programada – emergência ). 4
    • - Analise de Falhas. - Fmea (Análise do modo de falha e seus efeitos). - Fmeca (Análise do modo, efeito e criticidade da falha). - FTA (Análise da árvore de falhas). - 5W 2H. - Diagrama de Ishikawa (Causa e efeito). - Masp. - RCFA.- Indicadores. - Disponibilidade. - MTTR (Tempo médio entre os reparos). - MTBF (Tempo médio entre as falhas). - Custos. - Backlog. - Satisfação do Cliente. - Retrabalho. - Frequência de falhas. - Metas.- Sobressalentes. - Criticidade dos componentes. - Volume de estoque. - Gestão de estoque. 5
    • 4 – Gestão de Custos- Orçamentos / Definições. - Orçamento anual. - Orçamento para reparo geral. - Estimativas. - Domínio do orçamento. - Cumprimento do orçamento. 6
    • 5 – Metas- Definições de Índices: - Disponibilidade / mês por produção. - Horas extras. - Acidentes. - Ocorrências ambientais. - Absenteísmo. - Projetos e melhorias. - Cumprimento programa de manutenção. - Redução de Custos. - Otimização dos recursos. - Outros. 7
    • 6 – Implementação de novas sistemáticas- PCOM - Planejamento. - Controle. - Organização.- MCC - Manutenção Centrada na Confiabilidade.-5 S - Reestruturação da cultura de organização e limpeza. 8
    • 7 – Procedimentos- Instruções de Trabalho. - Elaboração de procedimentos técnicos para realização das atividades. - Elaboração de procedimento para solicitação de material. - Elaboração do Macro Fluxo da Manutenção. - Padronização das rotinas de manutenção. - Estudos e implementações de normas técnicas. - Treinamento e desenvolvimento de pessoal em procedimentos e normas técnicas.- Instruções de Segurança. - Elaboração de procedimentos de segurança para realização das atividades. - Treinamento dos colaboradores nos procedimentos desenvolvidos. 9
    • 8 – Recursos- Mão de obra - Revisão do efetivo atual. - Otimização da mão de obra.- Ferramentas. - Avaliação das ferramentas atuais. - Levantamento das necessidades atuais. - Levantamento do tipos de ferramentas e dispositivos especiais. - Reestruturação da Oficina Central.- Engenharia. - Própria. - Contratada. - As Built dos desenhos existentes. - Estrutura de arquivo técnico.- Materiais. - Desenvolvimento de fornecedores. - Desenvolvimento de componentes tecnologicamente modernos. 10
    • 9 – Conclusão Acreditamos que com a implantação destes seguimentos,disponibilização dos recursos, muito trabalho e dedicação, podemosatingir a excelência em manutenção e nos tornarmos referência emgestão de manutenção, não somente para o Grupo Arauco, mastambém para toda a região industrial até 2015. Para Refletir: “ “ Não podemos fazer tudo o que queremos. Mas devemos querer fazer tudo o que podemos “ !!!!! Araucária 21/03/2011 Edson Gonçalves 11