FUNDO SOCIAL DE SOLIDARIEDADE       Um novo olhar do trabalho realizado no Fundo Social foi implementado por meio damudanç...
•      CASAS BRINQUEDOS•      UNIDADE MÓVEL DE INFORMÁTICAProjetos Novos•      RECICLANDO VIDAS•      COOSTUARANÚCLEO PERM...
-      Secretaria Educação (vale transporte)-      Secretaria Cultura/Fundart (agendamento das apresentações, inscrição, p...
Ações: por meio da técnica artesanal na confecção de pães, realização de curso com técnica epráticas de panificação. Curso...
COOSTUARAObjetivo: oferecer qualificação e aperfeiçoamento profissional a 25 mulheres, visando ageração de renda por meio ...
-     Repasse às entidadesParceria: FUSSESP, Comitê Ação da Cidadania, Secretaria de Obras, Fundo Social.2005 – “Quebre O ...
Parceria: com o Fundo Social Estadual (FUSSESP) e Secretaria Estadual de Esportes Turismoe Lazer, Secretaria Municipal de ...
FORUM REGIONAL: POPULAÇÃO EM SITUAÇÃO DE RUAParticipação dos municípios de Jaú, Matão, Ribeirão Preto, São Carlos, e Limei...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

04 fundo social de solidariedade

670 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
670
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
5
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

04 fundo social de solidariedade

  1. 1. FUNDO SOCIAL DE SOLIDARIEDADE Um novo olhar do trabalho realizado no Fundo Social foi implementado por meio damudança de valores e foco nos atendimentos, na gestão de processos e nas prioridades,definidas a partir de dados da pesquisa realizada nos atendimentos dos usuários. Alguns avanços ocorridos nas atividades, programas e projetos viabilizaram a definiçãodos planos de atuação. A recuperação de aspectos positivos agilizou o processo demodernização da gestão e permitiu a incorporação de novos instrumentos essenciais aoexercício da autonomia e da cidadania. Com a definição de objetivos e diretrizesorganizacionais, estabeleceram-se bases estratégicas, direcionamento e priorização da mulher,mudanças da sede e implantação de novos projetos. A gestão anterior era focada na subsistência familiar à qual foram incorporadas novosconceitos com base nas marcas de governo que priorizou a cidade moderna, a participaçãopopular e a inclusão social, como eixo estratégico de planejamento. Em linhas gerais procurou-se adequar periodicamente os cursos oferecidos aos temposmodernos, tornando a ação educativa um processo motivante, destacando-se os seguintesaspectos: os programas e projetos sofreram alterações significativas, foram implantados doisnovos projetos e os atendimentos foram redirecionados às secretarias de competência e asatividades foram mantidas. O Fundo Social de Solidariedade de Araraquara foi criado em 29 de julho de 1983, pelalei nº 2945 e tem como objetivo mobilizar a sociedade araraquarense mediar e articularpolíticas públicas criando condições a execuções que respondam aos problemas sociais locais.Agente de política social, o órgão é ligado ao gabinete do prefeito, formado por um conselhodeliberativo, composto por 26 membros, 12 titulares e 12 suplentes, representantes dediversas áreas da comunidade, sendo o cargo de presidente destinado à primeira dama domunicípio ou pessoa indicada pelo prefeito. Atua em parceria com as diferentes secretarias eunidades administrativas da prefeitura. Os atendimentos foram realizados à RuaExpedicionários do Brasil, 1848 até 05/03/06 e atualmente a sede do órgão é na RuaExpedicionários do Brasil, 1844 – com horário de atendimento das 7:30 as 16:30. PROGRAMAS E PROJETOS – FUNDO SOCIALProjetos existentes• NÚCLEO PERMANENTE DE DOAÇÕES• PROJETO MÃOS DADAS• BANDA MARCIAL OLAVIO FELLIPPE• UNIDADE MÓVEL DE CORTE E COSTURA• ACÁCIA - COOPERATIVA DOS TRIADORES DE MATERIAIS RETORNÁVEIS• PADARIAS ARTESANAIS – PÃO DA VIDA
  2. 2. • CASAS BRINQUEDOS• UNIDADE MÓVEL DE INFORMÁTICAProjetos Novos• RECICLANDO VIDAS• COOSTUARANÚCLEO PERMANENTE DE DOAÇÕESO Projeto Núcleo Permanente de Doações recebe as doações da população araraquarense erepassa às famílias encaminhadas pela Secretaria Municipal de Inclusão Social e Cidadania.Objetivo: Minimizar a situação de precariedade em que vivem.Ações: Arrecadação e repasse das doações de móveis, utensílios domésticos, colchões,materiais de construção, etc.Parcerias:Entidades e instituições sociais de Município (Fisa, Comitê Ação Cidadania, etc)Secretaria Obras (caminhão, funcionários, espaço físico)Secretaria Inclusão Social e Cidadania (triagem e encaminhamento das solicitações).Atendimento: De 2005 a 2008 foram recebidas 101.836 doaçõesPROJETO MÃOS DADASImplantado em fevereiro de 1997, o Projeto consiste em que a família cadastrada no FundoSocial e que dispõe de uma área para construção de residência, participe da demolição de umimóvel, doado por seu proprietário para este fim, utilizando o material retirado da demolição,na construção de sua residência.Objetivo: propiciar melhores condições de vida, através da viabilização da construção oureforma da casa própria.Ações: fornecimento do material retirado do imóvel demolido.Parcerias: Secretaria Municipal Obras e Serviços Públicos, Secretaria de DesenvolvimentoUrbano.BANDA MARCIAL OLÁVIO FELLIPPEEste projeto atende a adolescentes na faixa etária de 12 a 18 anos na aprendizagem demúsica teórica e prática.Objetivo: desenvolver as potencialidades musicais por meio de atividades artísticas e culturaisdesenvolvendo valores como respeito mútuo, ordem disciplina, responsabilidade e construçãode regras de convivência.Ações: composta por 65 integrantes, distribuídos entre instrumentos e corpo coreográfico eum maestro. Os integrantes recebem uma cesta básica mensal e vale transporte parafreqüentar as aulas.Parceiros:
  3. 3. - Secretaria Educação (vale transporte)- Secretaria Cultura/Fundart (agendamento das apresentações, inscrição, pagamentomaestro e coreógrafo)- Fundo Social (distribuição de cesta básica, manutenção, uniformes, corpo coreográfico)***** Em junho de 2006 este projeto passou a ser responsabilidade da SecretariaMunicipal de Cultura.UNIDADE MÓVEL DE CORTE E COSTURA / OFICINA DE BORDADOProjeto de qualificação profissional, curso de corte e costura básico, costura em malha ebordado em fitas.Objetivo: capacitar por meio do conhecimento de corte e costura e do bordado; visandomelhoria da renda familiar.Ações:- as aulas de costura acontecem às segundas-feiras, das 8:00 às 16:00hs, com 15 vagase duração 1 ano.- As aulas de bordado acontecem as quintas-feiras, das 13.00 as 15.00hs, com 15 vagase duração de um ano.Parceiros: FUSSESP – Fundo de Solidariedade e Desenvolvimento Social e Cultural do Estadode São Paulo, SESI – Serviço Social da Industria, Fundo Social de Solidariedade do Municípiode Araraquara.Atendimentos no curso de costura: 210 desde 2005Planseq costura: parceria com Governo Federal e Centro Paula Souza: 65Atendimento no curso de bordado: 105ACÁCIA – ASSOCIAÇÃO TRIADORES DE MATETRIAS RETORNÁVEISEste projeto trabalha com o grupo de triadores no espaço da Usina de Reciclagem eCompostagem de lixo urbano.Objetivo: resgatar a cidadania do grupo por meio da associação e adequar local para lanchese refeições.Ações: doação de 01 prensa, 10 mesas, 40 cadeiras, 01 fogão, 01 geladeira para o refeitório.Parceiros: FUSSESP, Secretaria Municipal de Saúde, Secretaria Municipal de DesenvolvimentoEconômico, Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano, Secretaria de Inclusão Social,Fundo Social de Solidariedade.PADARIAS ARTESANAISProjeto destinado às mulheres para qualificação profissional, melhoria de alimentação egeração de renda.Objetivo: aprendizado na confecção de pães, bolos e confeitos, capacitando-os e qualificando-os para o trabalho, gerando renda.
  4. 4. Ações: por meio da técnica artesanal na confecção de pães, realização de curso com técnica epráticas de panificação. Curso de bolos e confeitos e Curso de aproveitamento da soja.Parceiros: FUSSESP, Fundo Social de Solidariedade.Locais Instalação: AAVida, Lar Escola Rita Maria de Jesus, Seprosic – Lar Nossa Senhora dasMercês, Assentamento Bela Vista, Assentamento Monte Alegre, APAE, Centro ComunitárioNossa Senhora do Carmo, Associação Servos Cristo Redentor e a Padaria Itinerante.**** A Padaria itinerante encontra-se no CRAS - Vale do Sol, para oferecer cursos àcomunidade.Atendimentos: Desde 2005 foram atendidas 372 pessoasCASAS BRINQUEDOSProjeto repassado pelo FUSSESP, que atende a crianças por meio do lúdico, do direito a brincare socializar, estimulando o convívio saudável.Objetivo: estimular, criar hábitos e regras por meio do brinquedo.Ações: criação de espaços para a criança brincar, possibilitando o sentir, explorar, brincar econviver (kit com aproximadamente 200 brinquedos).Parceiros: FUSSESP.UNIDADE MÓVEL DE INFORMÁTICAQualificação profissional para adolescentes acima de 14 anos e adultos. Curso de 64 horas comnoções básicas e avançada na área da informática.Objetivo: capacitar na área da informática, visando facilitar a inserção no mercado detrabalho.Ações: curso com duração de 05 meses e carga horária de 64hs.Parceiros: SENAI, Banco Itaú, FUSSESP, CTA.Atendimentos: 275 certificados entregues de 2005 a 2007RECICLANDO VIDAS ENIDE MARIA FERNANDES DE AGUIAR FRACASSOProjeto destinado aos jovens em situação de vulnerabilidade da região 04, integrandodiferentes atores do poder público, construindo novas e diferentes formas de inserção socialpara esses jovens que apresentam socialização primária e buscam construir novosconhecimentos para uma participação ativa na sociedade.Objetivo: educação para a cidadania (valores) e formação para o trabalho por meio demateriais recicláveis.Ações: oficina de reciclagem de papel, oficina de break, oficina MC, oficina DJ e Grafite.Parcerias: Secretaria Municipal Cultura, Fundart, Secretaria Municipal Inclusão Social eCidadania, Fundo Social de Solidariedade.Atendimento: 51 inscritos, sendo que 14 são participantes com freqüência diária
  5. 5. COOSTUARAObjetivo: oferecer qualificação e aperfeiçoamento profissional a 25 mulheres, visando ageração de renda por meio da cooperativa de costura.Ações: capacitação do grupo na área de costura, capacitação do grupo em Economia Solidária,confecção de sacolas, sacos embalagens, camisolas e camisetas.Parceiros: Fundo Social, Casa da Criança Cristo Rei, Coordenadoria Economia Solidária,SENAI – parceria com o SENAI em 05/08/08.Inicio do curso: 05/08/08Término do curso: 28/10/08 das 13:00 às 16:00Atendimento: 25 pessoas CAMPANHAS / ATIVIDADESCAMPANHA DE ALIMENTOSArrecadação de alimentos, com repasse as entidades sociais cadastradas neste órgão, paraatendimento às famílias em situação de vulnerabilidade social.Ações: articulação e realização do Arrastão da Solidariedade, promoção de eventos com trocade ingressos por alimentos. Parceria com empresas privadas:- Femsa – Campanha Visita Solidária.- Fiat – Cibrapar Solidária- Justiça Federal- Kraft Foods Brasil- Super Mercado GimenesCAMPANHA DE PRODUTOS DE HIGIENEAmenizar a necessidade das entidades sociais, no que diz respeito à falta de produtos parahigiene, que acontece aproximadamente duas ou três vezes por ano.Ações:- Eventos com trocas de ingressos por material de higiene- Realização de campanhas em escolas particulares- Parcerias empresas privadas – Fiat/Cibrapar.CAMPANHA DO AGASALHOArrecadação de agasalhos e cobertores, para repasse as entidades sociais, e entrega àsfamílias cadastradas de nosso Município, normalmente com início em maio.Ações:- Abertura da campanha do agasalho- Divulgação da campanha- Mutirão de arrecadação
  6. 6. - Repasse às entidadesParceria: FUSSESP, Comitê Ação da Cidadania, Secretaria de Obras, Fundo Social.2005 – “Quebre O Gelo” (46.428 peças)2006 – “Basta Um Gesto E Você Aprende Brincando” (45.486 peças)2007 – “A Sua Solidariedade Vai Entrar Para História” (39.571 peças)2008 – “Não Seja Indiferente” (59.006 peças)*** Desde 2001 foram arrecadadas 297.697 peças na Campanha do Agasalho.CAMPANHA DE COMBATE À VIOLÊNCIA CONTRA AS MULHERESCampanha preventiva, para que ao menos nesse dia, não haja nenhuma forma de violênciacontra as mulheres em nosso Município. Realizada sempre no mês de Novembro.Ações: Ações conjuntas com outras secretarias, passeata pelas ruas centrais.Parcerias: Centro de Referência da MulherCAMPANHAS EMERGENCIAISRealizada eventualmente, normalmente quando solicitada.TROTE SOLIDÁRIOObjetiva arrecadar material escolar, alimentos, produtos de higiene e limpeza, brinquedos, etc.Parceria: Realizado em parceria com as Universidades locais, quando os calouros ingressamno ano letivo, fazendo do trote uma campanha solidária.DIA INTERNACIONAL LUTA DAS MULHERES – 08/03Tem como principal objetivo divulgar as campanhas e políticas existentes no Município,sensibilizando sobre a violência doméstica, e a violência contra mulher tendo como parceria eorgão co-resposável o Centro de Referência da Mulher por meio da publicação do caderno“Mulheres na Cidade”.Caderno 1 – 2005 Mulheres e Cidadania.Caderno 2 – 2005 Feminismo(s):- Um outro mundo é possível.Caderno3 – 2006 – Os avanços obtidos na luta contra a violência doméstica e familiar:- LeiMaria da Penha.JOGOS MUNICIPAIS DO IDOSOObjetivo: A integração dos idosos, contribuindo para reverter a imagem do envelhecimentoem nossa cidade e conquistar o respeito das demais gerações, valorizando a prática esportiva,sensibilizando a população para as formas de participação, conquistando o respeito das demaisgerações. Envolve mais de 100 idosos todos os anosSão realizados em diferentes categorias, sendo os primeiros colocados em cada modalidade,representantes do município na fase regional.
  7. 7. Parceria: com o Fundo Social Estadual (FUSSESP) e Secretaria Estadual de Esportes Turismoe Lazer, Secretaria Municipal de Esporte, Turismo e Lazer.Participantes:2005: 150 (14 modalidades)2006: 135 (14 modalidades)2007: 123 (14 modalidades)2008: 119 (16 modalidades)JOGOS REGIONAIS DO IDOSOIntegração dos Idosos de nossa região, valorizando a prática de esporte e o convívio social na“terceira ou melhor idade”.Parceria: Secretaria Estadual e Municipal de Esporte Turismo e Lazer, FUSSESP.Os primeiros colocados são representantes do município nos Jogos Estaduais do Idoso.JOGOS ESTADUAIS DO IDOSOIntegração dos idosos do Estado de São Paulo, valorizando a prática de esportes e o convíviosocial na terceira ou melhor idade. Etapa final dos jogos.Parceria: FUSSESP, Secretaria Estadual e Municipal de Esporte Turismo e Lazer.ARRAIAL DA SOLIDARIEDADE E DA PAZFesta com ambientes decorados, produtos típicos da época, apresentações musicais e dequadrilha. Realizada nos meses de junho ou julho, visa angariar fundos às Entidadesparticipantes e a troca de informações, experiências e apoio entre as entidades. Acontece nospavilhões do CEAR (Centro de Eventos de Araraquara).Parceria: entidades sociais, cadastradas no Fisa, Comitê Ação da Cidadania e Fundo Social.DIA INTERNACIONAL DO VOLUNTÁRIADO (05/12) E DIA DA DECLARAÇÃOUNIVERSAL DOS DIREITOS HUMANOS (10/12)Tem como objetivo valorizar o trabalho voluntário de nosso município, incentivando atividadessolidárias em benefício das classes sociais em situação de vulnerabiliodade socialParceria: Fisa, Comitê Ação Cidadania, CPFL, Correios.Apoio: EPTVPrevê ações como:Arrastão da Solidariedade (alimentos)Almoço de Confraternização (voluntários).DIA INTERNACIONAL DO IDOSO (24/09)Valorizar a 3ª idade, através da confraternização de todos os grupos.Ações em atividades esportivas, palestras, almoço, bailes, etc.
  8. 8. FORUM REGIONAL: POPULAÇÃO EM SITUAÇÃO DE RUAParticipação dos municípios de Jaú, Matão, Ribeirão Preto, São Carlos, e Limeira.Painéis Apresentados• Experiências Regionais• População em situação de Rua• Migrações no Contexto Atual●Parcerias na Travessia●Dificuldades e Desafios Regionais●Morador de Rua Araraquara●Morador de Rua São

×