Ingleses, franceses e holandeses no novo mundo

24,365 views
24,089 views

Published on

Ingleses, franceses e holandes no novo mundo

Published in: Education
0 Comments
6 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
24,365
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
8,374
Actions
Shares
0
Downloads
208
Comments
0
Likes
6
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Ingleses, franceses e holandeses no novo mundo

  1. 1. Ingleses, franceses e holandeses no Novo Mundo
  2. 2. Ingleses, franceses e holandeses no Novo Mundo A colonização inglesa - As primeiras expedições inglesas à América do Norte ocorreram de 1584 a 1587.- Início da colonização em 1607: primeiro assentamento britânico (Virgínia).
  3. 3. Ingleses, franceses e holandeses no Novo Mundo Puritanos na América, o Mayflower• Primeiros colonizadores britânicos:- fugiam de perseguições religiosas e da marginalização urbana decorrente do êxodo rural na Inglaterra;- as famílias protestantes chegaram à América no navio Mayflower (1620);- buscavam liberdade de culto e prosperidade no novo território;- a ética calvinista conjugava zelo moral, valorização do trabalho, poupança e busca do lucro;- fundação do núcleo de Plymouth, Massachusetts.
  4. 4. Ingleses, franceses e holandeses no Novo Mundo As treze colônias• Formação das treze colônias na costa Atlântica.• As colônias do norte:- pequenas propriedades, lavoura de subsistência (milho, cevada e centeio) ;- predomínio de mão de obra assalariada e de servos temporários;- disponibilidade de matérias primas, desenvolvimento de manufaturas;• As colônias do centro:- predomínio da manufatura metalúrgica e têxtil;- lavoura de subsistência (trigo, aveia, cevada e centeio) - “colônias de pão”;
  5. 5. Ingleses, franceses e holandeses no Novo Mundo
  6. 6. Ingleses, franceses e holandeses no Novo Mundo• As colônias do sul:- adoção do sistema de plantation;- grandes propriedades de terras, uso de mão de obra escrava;- produção voltada para a exportação.• Desenvolvimento de intenso comércio (colônias do norte e do centro);• Comércio triangular: forma de comércio muito lucrativa que incluía três lugares: a América do Norte, as Antilhas e a África.
  7. 7. Ingleses, franceses e holandeses no Novo Mundo
  8. 8. Ingleses, franceses e holandeses no Novo Mundo
  9. 9. Ingleses, franceses e holandeses no Novo Mundo Franceses de norte a sul• Início do séc. XVI: começa a expansão marítima francesa.• Tentativas de ocupação territorial de áreas da América espanhola e portuguesa (todas fracassadas).• Êxito na América do Norte, Antilhas e Guianas – estabelecimento de colônias francesas.
  10. 10. Ingleses, franceses e holandeses no Novo Mundo A França Antártica• Extração de pau-brasil e participação ativa de seu comércio;• Fundação da França Antártica (1555)- liderados por Villegaignon;- Fixação no litoral do atual estado do Rio de Janeiro;- aliança com os Tupinambá;- expulsos pelos portugueses em 1560.
  11. 11. Ingleses, franceses e holandeses no Novo Mundo A França Equinocial• Fundada em 1612, no litoral maranhense.• Financiada pela Coroa francesa e apoiada por nobres e burgueses.• Os franceses são derrotados pelos luso-espanhóis em 1615.• A ocupação efetiva da América Central e do Sul pelos franceses ocorre no séc. XVII (ilhas do Caribe e Guianas, respectivamente).• Estabelecimento de uma economia de plantation, (escravidão e monocultura exportadora).
  12. 12. Ingleses, franceses e holandeses no Novo Mundo
  13. 13. Ingleses, franceses e holandeses no Novo Mundo A presença no norte: Quebec e Louisiana• Expedições francesas na América do Norte.• Estabelecimento de núcleos de povoamento em Quebec (1608), atual Canadá.• Fundação da colônia de Louisiana por volta de 1680.- empreendimento à carga de companhias de comércio.- atividades extrativas (caça, pesca, extração de madeira).• Derrota para os ingleses na Guerra dos Sete Anos (1756-1763)- perda de territórios coloniais.
  14. 14. Ingleses, franceses e holandeses no Novo Mundo Os holandeses invadem a América Portuguesa• Os Países Baixos tiveram grande desenvolvimento comercial e foram parceiros dos lusitanos na distribuição do açúcar.• Intensa participação no comércio açucareiro no séc. XVI.• Expansão do calvinismo e desejo de autonomia em relação à Coroa Espanhola.• Conquista da independência em relação ao império espanhol.• Formação das Províncias Unidas dos Países Baixos.• Importante papel na colonização da América a partir do séc. XVII.
  15. 15. Ingleses, franceses e holandeses no Novo Mundo A União Ibérica• Unificação das coroas portuguesa e espanhola (1580-1640)- tornou inócuo o Tratado de Tordesilhas;- favoreceu a interiorização lusitana (sul do Brasil e Amazônia);- interrompeu a parceria comercial entre portugueses e holandeses;- retaliação à independência das Províncias Unidas;- invasão holandesa ao território brasileiro.
  16. 16. Ingleses, franceses e holandeses no Novo Mundo As invasões de 1624 e 1630• Interesse: comércio açucareiro.• Primeira investida: Bahia (1624):- local estratégico, produção açucareira;- facilitava os ataques aos navios espanhóis e às frotas portuguesas;- criava condições para a expansão do domínio holandês na América e na África;- a resistência colonial reforçada pela armada espanhola, expulsa os holandeses em 1625.• Os holandeses atacaram Pernambuco (1630):- principal núcleo açucareiro da colônia,- permaneceram até 1654;
  17. 17. Ingleses, franceses e holandeses no Novo Mundo Pernambuco holandês• Os holandeses fizeram de Olinda sua base para uma rápida expansão militar.• Derrotaram a resistência lusitana, fragilizada pela falta de recursos.• Entre 1630 e 1637 conquistaram a Paraíba, o Rio Grande do Norte e a ilha de Itamaracá, no litoral pernambucano.• Trégua no conflito luso-holandês entre 1637 e 1641.
  18. 18. Ingleses, franceses e holandeses no Novo Mundo As companhias de comércio holandesas• A Companhia das Índias Orientais:- criada no início do séc. XVII;- ocupação de entrepostos comerciais na África e na Índia;• A Companhia das Índias Ocidentais:- criada em 1621;- organizou o invasão e ocupação do Nordeste;
  19. 19. Ingleses, franceses e holandeses no Novo Mundo O governo de Nassau (1637 - 1644)• Ampliação do território colonial holandês.• Conquista de territórios africanos (Luanda e São Tomé): controle do tráfico negreiro.• Urbanização de Recife.• Conciliação entre holandeses e luso-brasileiros.• Reativação da produção de açúcar.• Concessão de empréstimos aos senhores de engenho.• Conflitos com a direção da Companhia da Índias Ocidentais (WIC) causaram sua demissão.
  20. 20. Ingleses, franceses e holandeses no Novo Mundo A Insurreição Pernambucana (1645-1654)• Movimento pela expulsão dos holandeses.• Causas principais:- queda do preço do açúcar;- crise na economia açucareira;- dívidas dos senhores de engenhos com a WIC.• Líderes principais:- senhores de engenho: André Vidal de Negreiros e João Fernandes Vieira;- populares: o negro Henrique Dias e o indígena Felipe Camarão;
  21. 21. Ingleses, franceses e holandeses no Novo Mundo
  22. 22. Ingleses, franceses e holandeses no Novo Mundo A Insurreição Pernambucana (1645-1654)• Portugal só apoiou os colonos após a trégua de dez com os holandeses (1640-1650).• Mais relevantes combates:- Batalhas de Guararapes (1648 e 1649);- vitórias do luso-brasileiros;• Expulsão definitiva dos holandeses (1654)- conquista de Recife pelos insurretos;• Para alguns historiadores a Coroa portuguesa teria negociado a saída definitiva dos holandeses (pagamento de indenização).
  23. 23. Ingleses, franceses e holandeses no Novo Mundo
  24. 24. Ingleses, franceses e holandeses no Novo Mundo A migração holandesa para o Caribe• Consequências da expulsão dos holandeses:- produção de açúcar pelos holandeses nas Antilhas;- declínio do comércio do açúcar brasileiro no cenário mundial;
  25. 25. Ingleses, franceses e holandeses no Novo Mundo

×