Your SlideShare is downloading. ×
História de Mato Grosso – A Rusga
História de Mato Grosso – A Rusga <ul><li>Movimento social ocorrido em Mato Grosso, no ano de 1834.  </li></ul><ul><li>Ess...
História de Mato Grosso – A Rusga
Fatores <ul><li>Devido a instabilidade política presente no Império, duas sociedade ambicionavam a tomada do poder provinc...
História de Mato Grosso – A Rusga
Fatores <ul><li>Além dos fatores sociais (miséria e o desejo de expulsar os portugueses), houve os econômicos (domínio do ...
História de Mato Grosso – A Rusga
Atores  <ul><li>Liberais (Sociedade dos Zelosos da Independência); </li></ul><ul><li>Conservadores (Sociedade Filantrópica...
História de Mato Grosso – A Rusga
Objetivos <ul><li>Inicialmente, possuía objetivos políticos moderados, mas assumiu caráter violento, pois os integrantes d...
História de Mato Grosso – A Rusga Bispo D. José
Desfecho <ul><li>Apesar de nenhum dos envolvidos sofrerem algum tipo de punição das autoridades, o clima de disputa políti...
História de Mato Grosso – A Rusga
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

História de Mato Grosso - A Rusga

13,155

Published on

A Rusga (1834)

Published in: Education, Technology, Business
1 Comment
2 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total Views
13,155
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
7
Actions
Shares
0
Downloads
120
Comments
1
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Transcript of "História de Mato Grosso - A Rusga"

  1. 1. História de Mato Grosso – A Rusga
  2. 2. História de Mato Grosso – A Rusga <ul><li>Movimento social ocorrido em Mato Grosso, no ano de 1834. </li></ul><ul><li>Essa revolta aconteceu durante o Período Regencial; </li></ul>Contexto Histórico
  3. 3. História de Mato Grosso – A Rusga
  4. 4. Fatores <ul><li>Devido a instabilidade política presente no Império, duas sociedade ambicionavam a tomada do poder provincial; </li></ul><ul><li>De um lado os políticos liberais defendiam a autonomia dos provincianos e as reformas de antigas práticas; </li></ul><ul><li>De outro, os portugueses defendiam uma política centralizada e a manutenção de privilégios; </li></ul><ul><li>Respectivamente, pela Sociedade dos Zelosos da Independência e pela Sociedade Filantrópica; </li></ul>História de Mato Grosso – A Rusga
  5. 5. História de Mato Grosso – A Rusga
  6. 6. Fatores <ul><li>Além dos fatores sociais (miséria e o desejo de expulsar os portugueses), houve os econômicos (domínio do comércio) e também políticos (disputa pelo poder local); </li></ul>História de Mato Grosso – A Rusga
  7. 7. História de Mato Grosso – A Rusga
  8. 8. Atores <ul><li>Liberais (Sociedade dos Zelosos da Independência); </li></ul><ul><li>Conservadores (Sociedade Filantrópica); </li></ul><ul><li>João Poupino Caldas (Líder liberal); </li></ul><ul><li>Antônio Luis Patrício da Silva Manso (Líder Conservador); </li></ul><ul><li>José Alves Ribeiro (fazendeiro) </li></ul><ul><li>José Jacinto de Carvalho (capitão da Guarda Nacional); </li></ul><ul><li>Pascoal Domingos de Miranda (bacharel); </li></ul><ul><li>Braz Pereira Mendes (professor de filosofia); </li></ul><ul><li>Bento Franco de Camargo (vereador); </li></ul><ul><li>Populares; </li></ul>História de Mato Grosso – A Rusga
  9. 9. História de Mato Grosso – A Rusga
  10. 10. Objetivos <ul><li>Inicialmente, possuía objetivos políticos moderados, mas assumiu caráter violento, pois os integrantes da Sociedade dos Zelosos da Independência desejavam tomar o poder das mãos de seus adversários (os bicudos). </li></ul><ul><li>“ Bicudo” era o termo depreciativo dirigido aos portugueses que foi inspirado pelo nome do bandeirante Manoel de Campos Bicudo, primeiro homem branco que se fixou na região. </li></ul>História de Mato Grosso – A Rusga
  11. 11. História de Mato Grosso – A Rusga Bispo D. José
  12. 12. Desfecho <ul><li>Apesar de nenhum dos envolvidos sofrerem algum tipo de punição das autoridades, o clima de disputa política continuava a se desenvolver em Cuiabá; </li></ul><ul><li>O último capítulo dessa revolta aconteceu em 1836, quando João Poupino Caldas, politicamente desprestigiado resolveu deixar a Província. No exato dia de sua partida, um misterioso conspirador o alvejou pelas costas com uma bala de prata. Na época esse tipo de projétil era especialmente usado para matar alguém considerado traidor. </li></ul>História de Mato Grosso – A Rusga
  13. 13. História de Mato Grosso – A Rusga

×