Historia das Cavernas ao Terceiro Milenio - EJA - Planejamento Interativo

38,469 views
38,230 views

Published on

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
38,469
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
83
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Historia das Cavernas ao Terceiro Milenio - EJA - Planejamento Interativo

  1. 1. EDUCAÇÃO DE EJAPLANEJAMENTO JOVENS E ADULTOSINTERATIVO HISTÓRIA DAS CAVERNAS AO TERCEIRO MILÊNIOPROFESSORESCOLA CÓDIGO DA COLEÇÃOANO TURMA 25022COL06 Material de Divulgação da Editora Moderna
  2. 2. EDUCAÇÃO DEJOVENS E ADULTOSCONHEÇA NOSSA PROPOSTA COMPLETA PARA EJA CÓDIGO DA COLEÇÃO CÓDIGO DA COLEÇÃO 25022COL06 25047COL06 HISTÓRIA CONEXÕES COM A DAS CAVERNAS AO HISTÓRIA TERCEIRO MILÊNIO Alexandre Alves Patrícia Ramos Braick Letícia Fagundes de Oliveira Myriam Becho Mota Mais que uma fonte histórica, Uma viagem pela história um registro indispensável com passaporte para o futuro. para suas aulas. CÓDIGO DA COLEÇÃO CÓDIGO DA COLEÇÃO CÓDIGO DA COLEÇÃO CÓDIGO DA COLEÇÃO 25035COL20 25073COL21 25050COL22 25052COL22BIOLOGIA QUÍMICA CONEXÕES COM A FÍSICAJosé Mariano Amabis NA ABORDAGEM FÍSICA CIÊNCIA E TECNOLOGIAGilberto Rodrigues Martho DO COTIDIANO Blaidi Sant’Anna Carlos Magno A. TorresA seleção natural é clara: Francisco Miragaia Peruzzo Gloria Martini Nicolau Gilberto Ferrarosó as obras mais adaptadas Eduardo Leite do Canto Hugo Carneiro Reis Paulo Antonio de Toledo Soaresse destacam no atual Walter Spinelli A dinâmica perfeita entre A mistura de grandes talentosmundo dos jovens. Autores que são fenômenos ciência e cotidiano. em uma coleção que é um em sala de aula e no Enem. laboratório para a vida.
  3. 3. AMPLIAR PERSPECTIVAS, CONSTRUIR UM NOVO MUNDO. CÓDIGO DA COLEÇÃO CÓDIGO DA COLEÇÃO CÓDIGO DA COLEÇÃO CÓDIGO DA COLEÇÃO 25142COL01 25143COL01 25042COL02 25117COL02PORTUGUÊS PORTUGUÊS CONEXÕES COM A MATEMÁTICACONTEXTO, INTERLOCUÇÃO E LITERATURA • GRAMÁTICA MATEMÁTICA PAIVASENTIDO • PRODUÇÃO DE TEXTO Editora responsável: Manoel PaivaMaria Luiza M. Abaurre Leila Lauar Sarmento Juliane Matsubara Barroso A Matemática a toda prova.Maria Bernadete M. Abaurre Douglas Tufano A soma de experiências vistaMarcela Pontara por um ângulo inovador. Uma coleção com osUm trio de autoras que virou melhores predicados dasinônimo de educação. Língua Portuguesa. CÓDIGO DA COLEÇÃO CÓDIGO DO LIVRO CÓDIGO DA COLEÇÃO CÓDIGO DA COLEÇÃO 25058COL05 28886L2928 25074COL33 25185COL33CONEXÕES FILOSOFANDO FREEWAY UPGRADEESTUDOS DE GEOGRAFIA INTRODUÇÃO À FILOSOFIA Editora responsável: Editora responsável:GERAL E DO BRASIL Maria Lúcia de Arruda Aranha Veronica Teodorov Gisele AgaLygia Terra Maria Helena Pires Martins Richmond é a marca de Richmond é a marca deRegina Araújo Um novo olhar para Inglês da Editora Moderna. Inglês da Editora Moderna.Raul Borges Guimarães construir identidades eUma inovação que ultrapassa exercer a cidadania.a fronteira da sala de aula. PNLD 2012
  4. 4. EDUCAÇÃO DEJOVENS E ADULTOS HISTÓRIA PATRÍCIA RAMOS BRAICK MYRIAM BECHO MOTA DAS CAVERNAS AO TERCEIRO MILÊNIO ENTRAR EM SALA DE AULA E FAZER ACONTECER: NOSSAS OBRAS E AUTORES PENSAM COMO VOCÊ. Caro professor, A Educação de Jovens e Adultos (EJA) é considerada uma O livro didático é uma das principais ferramentas do modalidade de ensino adequada às situações, aos perfis e professor na seleção de conteúdos e na escolha da às variadas faixas etárias desse público, para quem deve metodologia e formas de abordagem em sala de aula. Para ser proposto um modelo pedagógico específico. Os tempos isso, alguns cuidados gerais são necessários na mediação da e ritmos de aprendizagem dos adultos são diferentes utilização desse material para o público de EJA: daqueles identificados em crianças e adolescentes. • O conteúdo, baseado nos parâmetros curriculares Por outro lado, o currículo de EJA deve contemplar os nacionais, deve visar a uma ação educativa que mesmos componentes curriculares do Ensino Médio aproveite o saber cotidiano dos alunos, muitas vezes regular, seguindo as diretrizes nacionais. advindo do senso comum, e problematizá-lo, buscando Dessa forma, o professor tem um papel decisivo na a reflexão crítica e a possibilidade de superação e mediação entre o currículo, seus alunos e a prática aquisição de novos conhecimentos. em sala de aula. Isso implica seleção do conteúdo • As atividades devem ser adequadas à faixa etária, e adequação das formas de abordagem dos temas evitando sua infantilização, buscando a compreensão selecionados. Os conteúdos clássicos têm sua importância dos conteúdos e a construção de novos conceitos. Essas diminuída, dando lugar a temas relacionados com o atividades devem envolver contextos significativos para cotidiano dos alunos e o universo do trabalho. os alunos em sua aproximação com a disciplina e não Não se trata de reduzir conteúdos, mas de selecioná-los podem demandar muito tempo para estudos fora do de acordo com essas premissas. ambiente escolar. O Planejamento Interativo aqui apresentado enfoca os principais aspectos dos capítulos selecionados, tendo em vista abordagens pertinentes ao público de EJA, a partir de conhecimentos prévios dos alunos. Esta coleção proporciona aos professores a possibilidade de partir da tradicional periodização histórica, procurando, porém, trabalhá-la em sala de aula conectada à realidade dos alunos e utilizando os materiais de apoio que são apresentados nos capítulos. Nas seções complementares, textos, imagens e uma grande variedade de documentos históricos são discutidos, não apenas como forma de avaliação dos alunos, mas também como possibilidade de compreensão dos processos históricos e de inserção do indivíduo nesse panorama. A seção Atividades permite aos professores avaliar a compreensão dos alunos em relação ao conteúdo dado e também possibilita a ampliação da discussão de conceitos da área de História, permitindo aos estudantes inserirem-se nesse contexto. Esse é o caso da seção A História e o tempo presente, que pode auxiliar o professor nessa aproximação da temática do capítulo estudado com a realidade dos alunos. Bom trabalho!
  5. 5. ORGANIZAÇÃO DO MATERIALCONTEÚDO OBJETIVOS ORIENTAÇÕES DIDÁTICASApresenta os eixos essenciais Define as principais Traz indicações de uso dosque devem ser abordados em competências exigidas recursos propostos, comcada capítulo para orientar o para a assimilação dos base nas sugestões doseu planejamento pedagógico. conteúdos do capítulo. Suplemento para o professor e na vivência em sala de aula. VOLUME 1 DAS ORIGENS DA HUMANIDADE À REFORMA RELIGIOSA CAPÍTULO 1 A CONSTRUÇÃO DA HISTÓRIA CONTEÚDO OBJETIVOS METODOLOGIA AVALIAÇÃO ORIENTAÇÕES DIDÁTICAS • O que é História Aprofundar as noções Estabelecer um paralelo Utilizar a seção Analise A partir do conhecimento • As fontes históricas de tempo histórico e de entre senso comum e o documento para os prévio dos seus alunos, tempo cronológico. definição científica sobre alunos compreenderem articule uma discussão • Lidando com o tempo o conceito de História, o conceito de patrimônio sobre o conceito de Ampliar as noções de • Divisão da História fonte histórica. ferramentas históricas e a histórico, percebendo sua História como ciência e as ocidental concepção do tempo. relação com a sociedade ferramentas básicas da Compreender e exercitar (p. 13). disciplina. • Texto complementar: o método de trabalho do Utilizar a abertura da Patrimônios do mundo historiador na análise das unidade que apresenta Usar a seção Atividades Estimule a elaboração fontes históricas. questões para ordenar para verificar a de um álbum de fotos a linha de reflexão dos compreensão dos pessoais para valorizar a Comparar diferentes jovens e adultos. conceitos por parte dos história de cada um, que calendários. alunos (p. 21 a 23). será apresentado no final Filme da seção Ampliando Desenvolver o método de o conhecimento (p. 25): Trabalhar o conceito de do semestre. realização de pesquisas. Nós que aqui estamos e tempo, com base na seção Indique para assistirem e Valorizar o patrimônio por vós esperamos. A História e o tempo refletirem sobre o filme histórico e cultural das MODERNA DIGITAL: presente (p. 22). Nós que aqui estamos e distintas sociedades. Banco de questões por vós esperamos. METODOLOGIA AVALIAÇÃO Aborda os processos Seleciona textos, questões indicados para a e atividades para promover exposição dos conteúdos. o acompanhamento do aprendizado dos estudantes. CALENDÁRIO 2012 JANEIRO FEVEREIRO MARÇO ABRIL MAIO JUNHO D S T Q Q S S D S T Q Q S S D S T Q Q S S D S T Q Q S S D S T Q Q S S D S T Q Q S S 1 2 3 4 5 6 7 1 2 3 4 1 2 3 1 2 3 4 5 6 7 1 2 3 4 5 1 2 8 9 10 11 12 13 14 5 6 7 8 9 10 11 4 5 6 7 8 9 10 8 9 10 11 12 13 14 6 7 8 9 10 11 12 3 4 5 6 7 8 9 15 16 17 18 19 20 21 12 13 14 15 16 17 18 11 12 13 14 15 16 17 15 16 17 18 19 20 21 13 14 15 16 17 18 19 10 11 12 13 14 15 1622 23 24 25 26 27 28 19 20 21 22 23 24 25 18 19 20 21 22 23 24 22 23 24 25 26 27 28 20 21 22 23 24 25 26 17 18 19 20 21 22 2329 30 31 26 27 28 29 25 26 27 28 29 30 31 29 30 27 28 29 30 31 24 25 26 27 28 29 301 CONFRATERNIZAÇÃO UNIVERSAL 21 CARNAVAL 6 PAIXÃO DE CRISTO 1 DIA DO TRABALHO 7 CORPUS CHRISTI 8 PÁSCOA 21 TIRADENTES JULHO AGOSTO SETEMBRO OUTUBRO NOVEMBRO DEZEMBRO D S T Q Q S S D S T Q Q S S D S T Q Q S S D S T Q Q S S D S T Q Q S S D S T Q Q S S 1 2 3 4 5 6 7 1 2 3 4 1 1 2 3 4 5 6 1 2 3 1 8 9 10 11 12 13 14 5 6 7 8 9 10 11 2 3 4 5 6 7 8 7 8 9 10 11 12 13 4 5 6 7 8 9 10 2 3 4 5 6 7 8 15 16 17 18 19 20 21 12 13 14 15 16 17 18 9 10 11 12 13 14 15 14 15 16 17 18 19 20 11 12 13 14 15 16 17 9 10 11 12 13 14 1522 23 24 25 26 27 28 19 20 21 22 23 24 25 16 17 18 19 20 21 22 21 22 23 24 25 26 27 18 19 20 21 22 23 24 16 17 18 19 20 21 2229 30 31 26 27 28 29 30 31 23 24 25 26 27 28 29 28 29 30 31 25 26 27 28 29 30 23 24 25 26 27 28 29 30 12 N. SRA. APARECIDA 2 FINADOS 30 31 15 PROCLAMAÇÃO DA REPÚBLICA 7 INDEPENDÊNCIA DO BRASIL 25 NATAL História • PNLD 2012
  6. 6. EDUCAÇÃO DEJOVENS E ADULTOS PLANEJAMENTO 2012JANEIRO FEVEREIRO MARÇO 1 D 1 Q 1 Q 2 S 2 Q 2 S 3 T 3 S 3 S 4 Q 4 S 4 D 5 Q 5 D 5 S 6 S 6 S 6 T 7 S 7 T 7 Q 8 D 8 Q 8 Q 9 S 9 Q 9 S 10 T 10 S 10 S 11 Q 11 S 11 D 12 Q 12 D 12 S 13 S 13 S 13 T 14 S 14 T 14 Q 15 D 15 Q 15 Q 16 S 16 Q 16 S 17 T 17 S 17 S 18 Q 18 S 18 D 19 Q 19 D 19 S20 S 20 S 20 T 21 S 21 T 21 Q22 D 22 Q 22 Q23 S 23 Q 23 S24 T 24 S 24 S25 Q 25 S 25 D26 Q 26 D 26 S 27 S 27 S 27 T28 S 28 T 28 Q29 D 29 Q 29 Q30 S 21 CARNAVAL 30 S 31 T 31 S 1 CONFRATERNIZAÇÃO UNIVERSALABRIL MAIO JUNHO 1 D 1 T 1 S 2 S 2 Q 2 S 3 T 3 Q 3 D 4 Q 4 S 4 S 5 Q 5 S 5 T 6 S 6 D 6 Q 7 S 7 S 7 Q 8 D 8 T 8 S 9 S 9 Q 9 S10 T 10 Q 10 D 11 Q 11 S 11 S12 Q 12 S 12 T13 S 13 D 13 Q14 S 14 S 14 Q 15 D 15 T 15 S16 S 16 Q 16 S 17 T 17 Q 17 D18 Q 18 S 18 S19 Q 19 S 19 T20 S 20 D 20 Q21 S 21 S 21 Q22 D 22 T 22 S23 S 23 Q 23 S24 T 24 Q 24 D25 Q 25 S 25 S26 Q 26 S 26 T27 S 27 D 27 Q28 S 28 S 28 Q29 D 29 T 29 S30 S 30 Q 30 S 6 PAIXÃO DE CRISTO 31 Q 7 CORPUS CHRISTI 8 PÁSCOA 1 DIA DO TRABALHO 21 TIRADENTES 6
  7. 7. PLANEJAMENTO 2012JULHO AGOSTO SETEMBRO 1 D 1 Q 1 S 2 S 2 Q 2 D 3 T 3 S 3 S 4 Q 4 S 4 T 5 Q 5 D 5 Q 6 S 6 S 6 Q 7 S 7 T 7 S 8 D 8 Q 8 S 9 S 9 Q 9 D10 T 10 S 10 S 11 Q 11 S 11 T 12 Q 12 D 12 Q 13 S 13 S 13 Q 14 S 14 T 14 S 15 D 15 Q 15 S 16 S 16 Q 16 D 17 T 17 S 17 S 18 Q 18 S 18 T 19 Q 19 D 19 Q20 S 20 S 20 Q 21 S 21 T 21 S22 D 22 Q 22 S23 S 23 Q 23 D24 T 24 S 24 S25 Q 25 S 25 T26 Q 26 D 26 Q27 S 27 S 27 Q28 S 28 T 28 S29 D 29 Q 29 S30 S 30 Q 30 D 31 T 31 S 7 INDEPENDÊNCIA DO BRASILOUTUBRO NOVEMBRO DEZEMBRO 1 S 1 Q 1 S 2 T 2 S 2 D 3 Q 3 S 3 S 4 Q 4 D 4 T 5 S 5 S 5 Q 6 S 6 T 6 Q 7 D 7 Q 7 S 8 S 8 Q 8 S 9 T 9 S 9 D10 Q 10 S 10 S 11 Q 11 D 11 T12 S 12 S 12 Q13 S 13 T 13 Q14 D 14 Q 14 S 15 S 15 Q 15 S16 T 16 S 16 D 17 Q 17 S 17 S18 Q 18 D 18 T19 S 19 S 19 Q20 S 20 T 20 Q21 D 21 Q 21 S22 S 22 Q 22 S23 T 23 S 23 D24 Q 24 S 24 S25 Q 25 D 25 T26 S 26 S 26 Q27 S 27 T 27 Q28 D 28 Q 28 S29 S 29 Q 29 S30 T 30 S 30 D31 Q 2 FINADOS 31 S 12 N. SRA. APARECIDA 15 PROCLAMAÇÃO DA REPÚBLICA 25 NATAL 7 História • PNLD 2012
  8. 8. EDUCAÇÃO DEJOVENS E ADULTOS CONHEÇA NOSSOS RECURSOS PEDAGÓGICOS NO PORTAL: PLANEJAMENTO INTERATIVO www.modernadigital.com.br VOLUME 1 DAS ORIGENS DA HUMANIDADE À REFORMA RELIGIOSA NA EUROPA CAPÍTULO 1 A CONSTRUÇÃO DA HISTÓRIA CONTEÚDO OBJETIVOS METODOLOGIA AVALIAÇÃO ORIENTAÇÕES DIDÁTICAS • O que é História Aprofundar as noções de Estabelecer um paralelo Utilizar a seção Analise o A partir do conhecimento • As fontes históricas tempo histórico e de tempo entre senso comum e documento para os alunos prévio dos seus alunos, cronológico. definição científica sobre compreenderem o conceito articule uma discussão • Lidando com o tempo o conceito de História, de patrimônio histórico, sobre o conceito de Ampliar as noções de fonte • Divisão da História histórica. ferramentas históricas e a percebendo sua relação História como ciência e as ocidental concepção do tempo. com a sociedade (p. 13). ferramentas básicas da Compreender e exercitar disciplina. • Texto complementar: o método de trabalho do Utilizar a abertura da Usar a seção Atividades Patrimônios do mundo historiador na análise das unidade que apresenta para verificar a Estimule a elaboração fontes históricas. questões para ordenar a compreensão dos conceitos de um álbum de fotos linha de reflexão dos jovens por parte dos alunos (p. 21 pessoais para valorizar a Comparar diferentes e adultos. a 23). história de cada um, que calendários. será apresentado no final Filme da seção Ampliando Trabalhar o conceito de Desenvolver o método de o conhecimento (p. 25): tempo, com base na seção do semestre. realização de pesquisas. Nós que aqui estamos e por A História e o tempo Indique para assistirem e Valorizar o patrimônio vós esperamos. presente (p. 22). refletirem sobre o filme histórico e cultural das MODERNA DIGITAL: Nós que aqui estamos e por distintas sociedades. Banco de questões vós esperamos. CAPÍTULO 4 MESOPOTÂMIA, EGITO E O REINO DE CUXE CONTEÚDO OBJETIVOS METODOLOGIA AVALIAÇÃO ORIENTAÇÕES DIDÁTICAS • Mesopotâmia: terra entre Compreender o processo Avaliar a importância Utilizar a seção Atividades Mapeie o conhecimento rios de formação e organização dos rios no processo de para discutir aspectos prévio dos alunos como • Os povos mesopotâmicos das primeiras civilizações desenvolvimento de específicos do capítulo que ponto de partida para e o papel do Estado civilizações e compreender o professor queira ressaltar facilitar o entendimento • Economia e vida social centralizado. a centralização do Estado. (p. 75 a 78). das antigas civilizações. • Ciência e arquitetura Reconhecer a importância Solicitar que os alunos Explorar a seção Analise o Em plenária, solicite a • Religião e literatura da escrita nas primeiras ressaltem a importância da documento, que apresenta leitura do texto Código • A riqueza arqueológica do civilizações. escrita no funcionamento um documento visual de Hamurábi e explore o Iraque Entender as relações da sociedade antiga e comparando as sociedades conceito de ética, moral e entre religião e Estado na contemporânea. da Núbia e do Egito, por as relações entre Direito • Às margens do Nilo: o intermédio da arte (p. 69). e Estado sob diferentes Egito civilização egípcia. MODERNA DIGITAL: Banco de questões visões (p. 58). • Dois reinos, três impérios Compreender as relações entre o Reino de Cuxe e a Mapa animado: Articule uma discussão • A sociedade egípcia civilização egípcia. Origens da agricultura e da que contribua com o • A terra dos deuses pecuária (8000 a.C. - desenvolvimento da 3000 a. C.). formação política dos • A chave da escrita egípcia alunos de EJA. • Cuxe: o grande reino negro CAPÍTULO 6 GRÉCIA: BERÇO DA CIVILIZAÇÃO OCIDENTAL CONTEÚDO OBJETIVOS METODOLOGIA AVALIAÇÃO ORIENTAÇÕES DIDÁTICAS • O mundo grego Entender o processo de Realizar a exposição do Explorar os conhecimentos Inicie o estudo da • Esparta formação da civilização processo de organização da prévios dos alunos sobre Grécia antiga a partir do grega e das principais civilização grega e a forma- o conceito de democracia conhecimento dos alunos • Atenas cidades-Estado. ção das cidades-Estado. para comparações sobre democracia e poder • As Guerras Greco-Pérsicas Compreender o conceito de Discutir conceitual e históricas, utilizando as do Estado. • A Guerra do Peloponeso democracia. historicamente questões seções Analise o documento Utilize a análise da arte como democracia e arte, (p. 102) e Atividades (p. 110). grega para os alunos • A conquista macedônica Perceber as relações entre filosofia, arte e política na estimulando o repertório Utilizar a seção Texto compreenderem o ideal • O amor pelo belo do cotidiano dos alunos. complementar para grego de beleza e arte que Grécia antiga. Aulas expositivas e discutir arte grega (p. 109). influencia nossa sociedade. discussões. Desenvolva a atividade Abertura de Unidade. interdisciplinar do Suplemento de Apoio ao MODERNA DIGITAL: Professor sobre os jogos Mapa animado: olímpicos (p. 29). A Guerra do Peloponeso e o período das hegemonias (431 a.C. - 406 a.C.). 8
  9. 9. Confira indicações de vídeos no final do Planejamento PLANEJAMENTO INTERATIVO CAPÍTULO 7 O ESPLENDOR DE ROMA CONTEÚDO OBJETIVOS METODOLOGIA AVALIAÇÃO ORIENTAÇÕES DIDÁTICAS • Antecedentes Entender o processo de Valorizar o conhecimento Utilizar a seção Texto A partir do repertório dos • Monarquia (753 a 509 a.C.) formação da civilização e a experiência de vida complementar, que alunos, embase a discussão romana. dos jovens e adultos apresenta um texto sobre república, reforma • Res publica ou “coisa para discutir o processo sobre as termas romanas, agrária, religião e cultura. pública” (509 a 31 a.C.) Compreender a organização política da de formação de Roma, para discutir o cotidiano Explore o cotidiano da vida • Ascensão e queda do República e os conflitos principalmente sobre os romano e compará-lo com em Roma e estabeleça Estado imperial (31 a.C. a sociais. conflitos sociais. nossa sociedade (p. 128). um paralelo com o retrato 476 d.C.) Pontuar o abuso da força e Explorar com os alunos a atual da organização da Estudar o processo de • A força do poder formação e desagregação do poder na sociedade. seção Técnicas de trabalho, república brasileira. espiritual do Império Romano. Tratar conceitos como em que há um roteiro Leia as orientações de • A cultura romana cidadania e república e de análise de filmes, como trabalhar cada aspectos cotidianos, ao para tratar do tema dos seção deste capítulo no longo da unidade. gladiadores (p. 132 e 133). Suplemento de Apoio ao MODERNA DIGITAL: Professor (p. 32 a 34). Mapa animado: Domínios romanos entre os séculos II e I a.C. (149-30 a.C.). CAPÍTULO 8 ALTA IDADE MÉDIA CONTEÚDO OBJETIVOS METODOLOGIA AVALIAÇÃO ORIENTAÇÕES DIDÁTICAS • Os povos bárbaros Compreender o processo Discutir com os alunos Explorar a seção Atividades, Convide os alunos para • Idade Média: uma nova de formação do feudalismo o fenômeno dos pois as questões podem analisar o paralelo entre concepção na Europa e suas principais deslocamentos dos povos ser utilizadas para avaliar processos migratórios dos características. bárbaros, num paralelo a compreensão dos povos bárbaros e nos dias • A expansão dos francos e com as migrações no Brasil. alunos sobre os principais atuais. o Império Carolíngio Entender a importância dos deslocamentos dos Ressaltar que as principais assuntos tratados (p. 148 Facilite a participação dos • A Europa dos feudos povos bárbaros e sua características da a 152). alunos para ilustrar a aula • A sociedade feudal influência na constituição sociedade feudal englobam Usar a questão 7 da seção com suas experiências da sociedade feudal. a compreensão do legado Atividades para debater pessoais. de Roma, povos bárbaros e com os alunos a questão da Explore a oposição rural cristianismo. migração, relacionando os versus urbano. Utilizar os textos, problemas da atualidade com os deslocamentos dos Estimule a leitura crítica e boxes e atividades do o registro das observações capítulo para que os povos bárbaros no período estudado (p. 148). do Texto Complementar, alunos compreendam encerrando a aula com a as principais formas de leitura de alguns registros organização da sociedade. (p. 147). CAPÍTULO 12 A CONSOLIDAÇÃO DAS MONARQUIAS NA EUROPA MODERNA CONTEÚDO OBJETIVOS METODOLOGIA AVALIAÇÃO ORIENTAÇÕES DIDÁTICAS • A formação dos Estados Entender a passagem do Apresentar aos alunos Utilizar a seção Analise o Aborde as teorias sobre modernos Estado feudal para o Estado as características do documento para relacionar absolutismo como • As bases do Estado moderno. feudalismo e discutir os a representação do rei na conceito que embasa a moderno Compreender a teoria e a conceitos de absolutismo. pintura e os textos sobre o compreensão da formação formação das monarquias Contextualizar o poder real (p. 201). das monarquias europeias. • O absolutismo monárquico absolutistas. absolutismo na formação Usar, na seção Texto Ressalte a ideia de das principais monarquias complementar, relato monarquia e poder real, • Os teóricos do na Europa. sobre a vida na corte para utilizando o repertório absolutismo ressaltar toda a simbologia do cotidiano dos jovens e Estabelecer um paralelo • Os rituais falam com a história de vida e da realeza (p. 202). adultos. a história das sociedades, Promover um debate em Assista com os alunos ao considerando as grupos sobre a monarquia, filme Vatel: um banquete experiências de vida dos com base na questão 8 da para o rei, do Suplemento alunos de EJA. seção Atividades (p. 203). de Apoio ao Professor, e solicite que façam uma análise crítica sobre o uso do poder (p. 53).Professor, leia as sugestões de avaliação desta coleção no Suplemento para o Professor.Consulte tabela com indicações de slides em Powerpoint nas páginas 17 a 23. Todos os slides podem ser encontrados no site www.modernadigital.com.br 9 História • PNLD 2012
  10. 10. EDUCAÇÃO DEJOVENS E ADULTOS CONHEÇA NOSSOS RECURSOS PEDAGÓGICOS NO PORTAL: PLANEJAMENTO INTERATIVO www.modernadigital.com.br CAPÍTULO 13 O RENASCIMENTO CULTURAL E CIENTÍFICO CONTEÚDO OBJETIVOS METODOLOGIA AVALIAÇÃO ORIENTAÇÕES DIDÁTICAS • O Renascimento Entender o movimento Discutir com os alunos as Utilizar a seção Analise Aproveite a força simbólica • O desenvolvimento humanista e a características gerais da o documento para um do Renascimento em nossa científico revalorização da cultura sociedade europeia e as exercício de leitura sociedade, estimulando clássica. principais transformações comparativa de imagens. a participação dos jovens • O Renascimento nos no campo da arte e da Essa leitura pode ajudar a e adultos para que Países Baixos Compreender as principais características da ciência. entender o renascimento, identifiquem os símbolos Revolução Científica e da Propor exercícios de em oposição à visão no seu próprio cotidiano. arte renascentista. leitura de imagens do medieval (p. 211). Promova um debate sobre Renascimento, buscando Explorar a seção Texto o legado do Renascimento, identificar os valores do complementar (p. 214) e com base no texto da período nessas obras. as questões 5 e 6 da seção questão 7 da seção Atividades (p. 215) para Atividades (p. 215). complementar as análises Desenvolva a sugestão de das pinturas do período. atividade do Suplemento de Apoio ao Professor (p. 54). CAPÍTULO 14 A EXPANSÃO ULTRAMARINA EUROPEIA E O MERCANTILISMO CONTEÚDO OBJETIVOS METODOLOGIA AVALIAÇÃO ORIENTAÇÕES DIDÁTICAS • O grande apelo do Relacionar o Discutir o processo Usar o texto da seção Leia o texto A colonização desconhecido desenvolvimento do das navegações, Analise o documento da lua e peça aos alunos • A visão europeia mercantilismo com a compreendendo as para discutir o choque do que estabeleçam representada nos mapas centralização do poder no motivações e todo o encontro entre europeus e um paralelo com os Estado moderno. imaginário europeu em americanos (p. 227). aspectos econômicos, • O expansionismo ibérico relação ao desconhecido, sociais e culturais que Entender o contexto das Utilizar a seção Texto • O encontro entre explorações marítimas valorizando o repertório complementar para impulsionaram as grandes europeus e americanos europeias e suas relações dos alunos de EJA. trabalhar a ideia das navegações (p. 219). • O mercantilismo com o Estado moderno e o Compreender como navegações como uma Convide-os à análise dos mercantilismo. o funcionamento da aventura ao desconhecido tempos presente, passado economia das monarquias (p. 232). e futuro. europeias permitiu a Explorar, na seção A Proponha uma discussão expansão marítima. História e o tempo sobre as principais MODERNA DIGITAL: presente, a possibilidade características do Mapas animados: de relacionar o contexto mercantilismo e sua Expansionismo luso- da época com a atualidade associação com a -espanhol (1487-1522). (p. 234). centralização do Estado e Viagens marítimas entre os com as viagens marítimas. séculos XV e XVI. VOLUME 2 DA CONQUISTA DA AMÉRICA AO SÉCULO XIX CAPÍTULO 1 AS CULTURAS INDÍGENAS AMERICANAS CONTEÚDO OBJETIVOS METODOLOGIA AVALIAÇÃO ORIENTAÇÕES DIDÁTICAS • Os primeiros habitantes Compreender e caracterizar Fazer um amplo painel Utilizar a seção Analise o Apresente um panorama da América os povos que habitavam a sobre os principais documento para discutir as dos diversos povos e • Sociedades de caçadores, região do atual território povos que habitavam o diferenças e o choque do civilizações que habitavam coletores e agricultores brasileiro no período. continente americano, para encontro entre europeus e o continente americano Entender as grandes discutir com os alunos a astecas (p. 16). antes da chegada dos • Os sioux na América do diversidade cultural. europeus, e analise com Norte civilizações agrícolas Explorar a seção Texto que se estabeleceram no Utilizar os textos dos complementar para os alunos o reflexo na • Ao tupis-guaranis na continente americano. boxes e as atividades com discutir o encontro com o atualidade e possíveis América do Sul imagens para discutir povo Tupinambá no Brasil consequências no futuro. • As grandes civilizações aspectos específicos das (p. 20 e 21). Discuta com os alunos a agrícolas civilizações (especialmente Usar as questões da seção riqueza e a diversidade • Os astecas, guerreiros dos arte e cultura). Atividades para avaliar cultural desses povos, deuses MODERNA DIGITAL: o conteúdo, bem como enriqueça a aula utilizando Animações multimídia: trabalhos específicos sobre o repertório do cotidiano • Os maias, senhores do do público jovem e adulto. tempo Maias, Incas e Astecas. povos indígenas (p. 22 a 25). Texto Antropofagia do • Os súditos do Inca Suplemento de Apoio ao • Povos extintos Professor (p. 16). 10
  11. 11. Confira indicações de vídeos no final do Planejamento PLANEJAMENTO INTERATIVO CAPÍTULO 5 ORGANIZAÇÃO POLÍTICO-ADMINISTRATIVA NA AMÉRICA PORTUGUESA CONTEÚDO OBJETIVOS METODOLOGIA AVALIAÇÃO ORIENTAÇÕES DIDÁTICAS • O Império Português e o Compreender as formas Discutir com os alunos Explorar o texto da seção Busque alterar a concepção papel do Brasil de ocupação do Império os principais objetivos da Analise o documento para negativa de muitos alunos • Os “homens-bons” das Português no território ocupação portuguesa no uma discussão inicial sobre (especialmente jovens e Câmaras Municipais brasileiro. Brasil. os objetivos da ocupação adultos) sobre a ocupação Entender como foram Apresentar as formas do território (p. 71). do Brasil após a descoberta. organizadas as primeiras político-administrativas Utilizar a seção Texto Discuta com eles instituições políticas e a utilizadas para ocupar complementar para análise as motivações dos prática administrativa e explorar o território da importância econômica portugueses na ocupação portuguesa no Brasil. brasileiro recém-descoberto. do pau-brasil no processo do país (diferente da de ocupação territorial América do Norte, por (p. 75). Os objetivos exemplo). econômicos (ciclos de Utilize a sugestão de ocupação) sempre tiveram atividade interdisciplinar papel importante na forma do Suplemento de Apoio ao de ocupação. Professor para estimular o protagonismo dos jovens e adultos (p. 35). CAPÍTULO 6 A ECONOMIA NA AMÉRICA PORTUGUESA E O BRASIL HOLANDÊS CONTEÚDO OBJETIVOS METODOLOGIA AVALIAÇÃO ORIENTAÇÕES DIDÁTICAS • A economia colonial Compreender a forma de Discutir com os alunos a Propor a leitura dos Trabalhe intensamente • As missões religiosas organização da economia importância do comércio textos e boxes do com os alunos a ideia do colonial com a exploração de açúcar e seu papel na capítulo e realizar aulas ciclo da cana-de-açúcar • A independência da da produção do açúcar. economia colonial. Essa expositivas sobre a como uma indústria, e faça Holanda indústria mobilizava indústria açucareira. A conexão com as condições Entender a importância • A União Ibérica do tráfico de grande quantidade de avaliação pode ser feita de trabalho que eles • Os holandeses invadem escravos africanos no mão de obra escrava. com as questões da seção enfrentam no dia a dia. o Brasil funcionamento da A discussão deve ser feita Atividades (p. 92 e 93). Enfatize o comércio que economia colonial. relacionando o comércio de Utilizar a seção Analise o envolvia não só o açúcar, açúcar e escravos. documento para exercício mas também os escravos. Perceber a importância da presença dos holandeses Debater a ocupação de leitura de imagens Retome a questão dos no nordeste brasileiro. holandesa em um contexto da pintura do holandês direitos trabalhistas e mais amplo (União Eckhout (p. 89). o trabalho escravo na Ibérica) e ressaltar as atualidade. transformações artísticas e culturais. Destaque aspectos culturais e artísticos da Indicar o site: ocupação holandesa no http://www.oit.org.br nordeste. CAPÍTULO 10 DAS REVOLUÇÕES INGLESAS À REVOLUÇÃO INDUSTRIAL CONTEÚDO OBJETIVOS METODOLOGIA AVALIAÇÃO ORIENTAÇÕES DIDÁTICAS • Despertar revolucionário Avaliar a importância da Focar a Revolução Utilizar trechos de Solicite aos alunos que • A Revolução Puritana Revolução Industrial e Industrial para facilitar textos dos boxes para falem sobre sua realidade identificar os resultados a compreensão de todo o discutir as condições dos no trabalho. • A Revolução Gloriosa que produziu. processo de transformação trabalhadores no período; Utilize esse repertório • O pioneirismo inglês na Relacionar as duras social ocorrido com compará-las com as da para iniciar a análise da industrialização condições de trabalho a industrialização e atualidade. evolução histórica do • O trabalho na era nas fábricas, no início a organização dos Explorar a seção Atividades, trabalho e a organização industrial da Revolução Industrial, trabalhadores. útil para avaliar a dos trabalhadores. Para • A organização dos à organização dos Focar, nesse processo, três apreensão dos conteúdos alunos de EJA, esse tema é trabalhadores trabalhadores. questões: por que surgiu selecionados pelo professor de grande importância. na Inglaterra; como era (p. 154 a 157). Solicite aos alunos uma • A moral burguesa seu funcionamento; e A seção Ampliando análise crítica do texto quais as condições de o conhecimento traz Trabalho Infantil do vida e de organização dos sugestões de filmes como Suplemento de Apoio ao trabalhadores da indústria Tempos modernos, para Professor, no contexto da na época. abordar o trabalho na Revolução Industrial e nos Indicar o site: fábrica (p. 157). dias atuais (p. 53). http://www.oit.org.brProfessor, leia as sugestões de avaliação desta coleção no Suplemento para o Professor.Consulte tabela com indicações de slides em Powerpoint nas páginas 17 a 23. Todos os slides podem ser encontrados no site www.modernadigital.com.br 11 História • PNLD 2012
  12. 12. EDUCAÇÃO DEJOVENS E ADULTOS CONHEÇA NOSSOS RECURSOS PEDAGÓGICOS NO PORTAL: PLANEJAMENTO INTERATIVO www.modernadigital.com.br CAPÍTULO 11 A REVOLUÇÃO FRANCESA CONTEÚDO OBJETIVOS METODOLOGIA AVALIAÇÃO ORIENTAÇÕES DIDÁTICAS • As críticas ao Antigo Compreender as condições Explorar o conhecimento Analisar e discutir com os Proponha a discussão sobre Regime sociais, políticas e sobre a Revolução Francesa. alunos o trecho do hino A ideais revolucionários, • Fatores da Crise econômicas que levaram O texto apresenta a Marselhesa, presente na tendo como parâmetro ao processo revolucionário sequência de eventos do seção Analise o documento inicial a Revolução • A Assembleia Nacional na França. processo revolucionário. (p. 164). Francesa. Constituinte Perceber os diversos pontos Contextualizar os ideais Comparar esse trecho de Solicite aos alunos que • A Convenção Nacional de vista presentes durante que inspiraram a Revolução A Marselhesa com o trecho pesquisem e elaborem • A revolução em refluxo: o o processo revolucionário. Francesa e como eles da Constituição brasileira uma apresentação sobre a Diretório marcam toda a sociedade apresentado na seção A Declaração dos Direitos do ocidental até hoje. Utilizar História e o tempo presente, Homem e do Cidadão e o os textos dos boxes e os para discutir e debater exercício da cidadania. exercícios do capítulo para a presença dos ideais da Lembre-se de favorecer essa discussão. Revolução Francesa em o desenvolvimento nossos dias (p. 170). da formação política e participação efetiva na transformação da sociedade dos seus alunos de EJA. CAPÍTULO 14 O PROCESSO DE INDEPENDÊNCIA DA AMÉRICA PORTUGUESA CONTEÚDO OBJETIVOS METODOLOGIA AVALIAÇÃO ORIENTAÇÕES DIDÁTICAS • A consolidação das Compreender as razões Abordar, inicialmente, Usar a seção Analise o Discuta com os alunos conquistas burguesas que motivaram a o clima de rebelião que documento para discutir a construção de mitos. • O bloqueio continental Conjuração Mineira e a marcou o Brasil, tendo com os alunos a construção O quadro Analise o Conjuração Baiana e suas como foco as Conjurações dos mitos ligados à documento ilustra a • A queda de Napoleão influências no processo de mineira e baiana. independência (p. 205). construção do mito (p. 205). • O Congresso de Viena independência. Discutir, em seguida, o Complementar essa Trabalhe com os alunos Entender o processo que processo de independência discussão, sugerindo a a ideia do processo de levou à independência do especificamente, a partir elaboração da questão 5 da independência, relacionado Brasil, após a chegada da do episódio da chegada da seção A História e o tempo a um contexto mais amplo. corte portuguesa. família real em 1808, e a presente (p. 213). Discuta a ideia muito sequência de eventos antes difundida de que a história da independência. se faz com personalidades. Peça que os alunos construam um painel com fotos das personagens que viraram mito na atualidade. CAPÍTULO 18 O GOVERNO DE D. PEDRO I E O PERÍODO REGENCIAL CONTEÚDO OBJETIVOS METODOLOGIA AVALIAÇÃO ORIENTAÇÕES DIDÁTICAS • Um príncipe em leilão Compreender o processo Entender a independência Realizar análise do quadro Apresente a independência • O processo de de independência e a como um processo, e não de Pedro Américo (p. 264) e como um processo político independência manutenção da unidade fruto da vontade exclusiva complementar a discussão que se desenvolveu com do Império. de D. Pedro I. com o exercício da seção contestações. • O assentamento das Analise o documento bases do Império Conhecer as principais Discutir com os alunos Estimule a participação rebeliões provinciais do o período de rebeliões (p. 266). dos jovens e adultos para brasileiro período regencial. que foram controladas Utilizar a seção Ampliando que definam o conceito de • Tendências e debates pelo poder central, o conhecimento para liberdade. políticos possibilitando a formação trabalhos extras (p. 283). Assista com eles ao filme • As Regências do Império brasileiro. Ver especialmente as Independência ou morte, e • Os regressistas no poder Indicar o site: possibilidades de trabalho estimule a análise crítica • As revoltas regenciais www.mp.usp.br com o Museu Paulista, desse período histórico. popularmente conhecido Complemente a análise • O golpe da maioridade como Museu do Ipiranga, com a atividade sugerida em relação ao imaginário no Suplemento de Apoio ao da independência. Professor (p. 81).Professor, leia as sugestões de avaliação desta coleção no Suplemento para o Professor.Consulte tabela com indicações de slides em Powerpoint nas páginas 17 a 23. Todos os slides podem ser encontrados no site www.modernadigital.com.br 12
  13. 13. Confira indicações de vídeos no final do Planejamento PLANEJAMENTO INTERATIVO CAPÍTULO 19 O GOVERNO DE D. PEDRO II CONTEÚDO OBJETIVOS METODOLOGIA AVALIAÇÃO ORIENTAÇÕES DIDÁTICAS• Conservador é o mesmo Compreender a Compreender o processo Utilizar as seções Analise o Discuta com os alunos a que liberal? importância da produção de funcionamento documento (p. 297) e Texto importância de entender• Sua majestade, o café cafeeira para o Brasil do do Segundo Reinado, complementar (p. 302) para o período da Monarquia Segundo Reinado. ressaltando a instabilidade trabalhos extras. para compreender as• Outras atividades política e as várias rebeliões transformações ocorridas econômicas Entender as causas e Explorar a seção Atividades, consequências da Guerra do período. que apresenta um bom no país, no século XX.• Uma sociedade em do Paraguai no contexto do Expor a importância da panorama dos assuntos Destaque dois temas: transformação Segundo Reinado. economia cafeeira para tratados no capítulo, para Desenvolvimento da• A Guerra do Paraguai Compreender as causas a transformação do país, discussão com os alunos economia cafeeira e• As leis abolicionistas que levaram ao fim da principalmente no sudeste. (p. 303 a 306). Crise política (rebeliões, escravidão. Efetuar um estudo do Guerra do Paraguai e• A Proclamação da abolicionismo). República Identificar as razões que processo de derrocada da levaram ao fim do Segundo Monarquia com a Guerra Convide-os a refletir sobre Reinado, em 1889. do Paraguai. o longo processo que foi a MODENA DIGITAL: Proclamação da República. Mapa animado: Valorize o conhecimento Sua majestade, o café. prévio dos adultos da turma. VOLUME 3 DO AVANÇO IMPERIALISTA NO SÉCULO XIX AOS DIAS ATUAIS CAPÍTULO 2 O BRASIL NA PRIMEIRA REPÚBLICA CONTEÚDO OBJETIVOS METODOLOGIA AVALIAÇÃO ORIENTAÇÕES DIDÁTICAS• Os primeiros tempos da Compreender as principais Discutir com os alunos Utilizar as seções Analise o Proponha aos alunos República características do regime as características da documento (p. 32) e Texto o estudo aprofundado• A República das republicano surgido em República como forma de complementar (p. 40) desse período, para que Oligarquias 1889, no Brasil. governo e suas relações para discussão de temas compreendam a sociedade Explicar o contexto com a sociedade. específicos do período atual. Temas como• Os movimentos sociais na republicano. urbanização e participação República Oligárquica histórico do processo Discutir cidadania, de reformas urbanas e participação política e Explorar a seção Atividades política ainda estão• O Tenentismo modernização ocorrido em também as resistências para avaliação do conteúdo presentes no debate atual.• A crise dos anos 1920 grandes cidades e capitais, ao governo republicano do capítulo (p. 41 a 43). Realize a atividade proposta• A Semana de Arte na Primeira República. (revoltas e movimento O professor pode utilizar no Suplemento de Apoio Moderna Analisar os movimentos operário). a questão 5 de Análise das ao Professor, incentive os sociais urbanos e rurais Compreender o processo fontes para comparar os alunos de EJA a abordar, sob eclodidos durante a de modernização com problemas urbanos da a ótica do seu cotidiano, a Primeira República. a industrialização, Primeira República com a corrupção política no nosso urbanização e atualidade (p. 42). país (p. 18). Entender a Semana de Arte Moderna e sua influência transformações artísticas. na sociedade brasileira. CAPÍTULO 4 A CRISE DOS ANOS 1920 E A ASCENSÃO NAZIFASCISTA CONTEÚDO OBJETIVOS METODOLOGIA AVALIAÇÃO ORIENTAÇÕES DIDÁTICAS• The american way of life Entender a crise econômica Compreender, de início, os Utilizar os textos dos boxes Ressalte que o tema do• O New Deal: solução mundial nos anos 1920. aspectos econômico- (p. 65 e 68) e os exercícios nazifascismo é bastante democrática Compreender o contexto -sociais da crise de 1929 da seção Atividades familiar aos alunos, que levou à ascensão do que atingiu principalmente (p. 74 e 75) para discutir especialmente de EJA, que• A solução totalitária: o Europa e Estados Unidos. com os alunos a crise conhecem os principais nazifascismo nazifascismo e de outros regimes autoritários na Discutir, em seguida, o social e econômica da personagens históricos• Autoritarismo na Europa e no Japão. processo de ascensão Alemanha, aproveitando o por intermédio de filmes, Península Ibérica dos regimes totalitários conhecimento dos alunos vídeos etc.• Autoritarismo no Japão e o confronto decorrente sobre esse tema no Brasil. Discuta com os alunos (ver boxe sobre definição o contexto que levou à de autoritarismo e ascensão desses regimes. totalitarismo) (p. 67). Tome como ponto de partida o tema do desemprego na Alemanha. Assista com eles ao filme Outra história americana e pontue sobre o racismo. 13 História • PNLD 2012
  14. 14. EDUCAÇÃO DEJOVENS E ADULTOS CONHEÇA NOSSOS RECURSOS PEDAGÓGICOS NO PORTAL: PLANEJAMENTO INTERATIVO www.modernadigital.com.br CAPÍTULO 5 A SEGUNDA GUERRA MUNDIAL CONTEÚDO OBJETIVOS METODOLOGIA AVALIAÇÃO ORIENTAÇÕES DIDÁTICAS • A expansão nazista Conhecer o contexto Adotar dois focos de Explorar a seção Analise o Mobilize o imaginário dos • A perseguição aos judeus europeu que levou à discussão para esse documento para tratar do alunos sobre a Segunda Segunda Guerra Mundial. capítulo. drama do holocausto, com Guerra Mundial, já que • A ofensiva do Eixo a deportação dos judeus está ainda muito presente Discutir as implicações Compreender os fatos que • A ofensiva dos Aliados da guerra e o conceito de levaram ao início da guerra, (p. 82). em nossos dias. • A resistência e a Segunda holocausto. incluindo a sequência de Utilizar os boxes para Exponha a sequência de Guerra Mundial Compreender a situação da eventos da ofensiva do Eixo discussão sobre a bomba fatos que deram origem • O acerto de contas Europa após a vitória dos à vitória dos Aliados. atômica (p. 84 e 85). ao conflito e discuta Aliados. Discutir com os alunos Empregar a seção com os alunos assuntos • A agonia do Velho Mundo importantes, como a os horrores da guerra: Atividades, em especial os holocausto e o uso de exercícios 3 e 5, para tratar destruição proporcionada tecnologia de destruição dos horrores da guerra pelo uso da tecnologia em massa. (p. 88 e 89). bélica e o holocausto promovido pelos nazistas. MODERNA DIGITAL: Mapa animado: Indique o livro Diário de Campanhas na Europa Anne Frank e estimule a (1939-1941). leitura crítica. CAPÍTULO 6 A ERA VARGAS CONTEÚDO OBJETIVOS METODOLOGIA AVALIAÇÃO ORIENTAÇÕES DIDÁTICAS • O movimento de 1930 Compreender as razões Contextualizar em termos Associar o texto de Explore as percepções e • A legislação sindical e o que levaram Getúlio Vargas mundiais a discussão sobre abertura do capítulo (p. visões cristalizadas da Estado corporativista ao poder em 1930. a ascensão de Vargas ao 92) ao exercício da seção A imagem de Vargas, que Conhecer as principais poder e as características História e o tempo presente os alunos da sua turma • Comunistas versus de seu governo (ver (p. 106) para um debate possuem, para ampliar o integralistas características políticas, econômicas e sociais do capítulo 4). sobre a questão trabalhista. assunto e inseri-lo em uma • O Estado Novo: a ditadura Estado Novo. Explorar as resistências ao Utilizar as seções Analise o perspectiva mais ampla. varguista (1937-1945) governo e as características documento (p. 102) e Texto Relacione as observações Compreender os fatores que acarretaram o fim autoritárias. complementar (p. 104) com o panorama mundial do governo ditatorial de Compreender os aspectos para trabalhar com outros e as discussões sobre Vargas, em 1945. culturais da Era Vargas. aspectos do cotidiano e da autoritarismo e populismo. Utilizar para isso o texto da cultura do período. Proponha um debate sobre p. 101, além de documentos a relação de Vargas com os escritos e visuais (ver trabalhadores e o direito de Avaliação). voto das mulheres. CAPÍTULO 8 GOVERNOS POPULISTAS NO BRASIL CONTEÚDO OBJETIVOS METODOLOGIA AVALIAÇÃO ORIENTAÇÕES DIDÁTICAS • O populismo e as políticas Conhecer as principais Discutir com os alunos Utilizar na seção Analise o Exponha o conceito de de massas características do o conteúdo do capítulo, documento a carta- populismo e promova • O governo Dutra (1946 populismo. tendo em vista dois focos: -testamento de Vargas discussões atuais sobre – 1951) Identificar os populismo e contexto geral. para debater as posições esse conceito na América acontecimentos que Debater o populismo divergentes na sociedade Latina. • O governo Vargas (1951 brasileira sobre o papel – 1954) levaram ao fim do segundo com os alunos e buscar Amplie o conceito para governo de Vargas, em comparações com outros desse governante (p. 136). situar historicamente o • O governo Juscelino 1954. países da América Latina. Explorar a seção Atividades período estudado no Brasil Kubitschek (1956 – 1961) para discutir com os e na América Latina. Analisar a política Discutir o governo de • O governo Jânio Quadros econômica adotada pelo Juscelino Kubitschek alunos a questão do Estimule a participação dos (1961) presidente Juscelino com os alunos, tendo desenvolvimentismo e seu alunos mais velhos para • O governo João Goulart Kubitschek. como foco Brasília, impacto no país (p. 144 e falar sobre esse período. (1961 – 1964) desenvolvimentismo 145). Compreender as razões Indique os filmes da seção que contribuíram para o (indústria automobilística) Ampliando o conhecimento golpe militar, em 1964. e Bossa Nova (cultura). para que os alunos apresentem em sala uma análise crítica (p. 107).Professor, leia as sugestões de avaliação desta coleção no Suplemento para o Professor.Consulte tabela com indicações de slides em Powerpoint nas páginas 17 a 23. Todos os slides podem ser encontrados no site www.modernadigital.com.br 14

×