• Like
Débora+ra..
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
128
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
0
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Internet<br /> Tecnologias da informação e comunicação <br /> <br /> Aluno: Débora Ramalho 9ºA Nº12<br /> Professor: Marco Antunes<br /> Poceirão, 22 Março de 2010<br />Índice<br />História da internet<br />A Internet nasceu em 1969, nos Estados Unidos. Interligava originalmente laboratórios de pesquisa e se chamava ARPAnet (ARPA: Advanced Research Projects Agency). <br />Era uma rede do Departamento de Defesa norte-americano. Era o auge da Guerra Fria, e os cientistas queriam uma rede que continuasse de pé em caso de um bombardeio. Surgiu então o conceito central da Internet: é uma rede em que todos os pontos se equivalem e não há um comando central. Assim, se B deixa de funcionar, A e C continuam a poder se comunicar. <br />O nome Internet propriamente dito surgiu bem mais tarde, quando a tecnologia da ARPAnet passou a ser usada para conectar universidades e laboratórios, primeiro nos EUA e depois em outros países. <br />Por isso, não há um único centro que " governa" a Internet. Hoje ela é um conjunto de mais de 40 mil redes no mundo inteiro. O que essas redes têm em comum é o protocolo TCP/IP (Transmission Control Protocol/Internet Protocol), que permite que elas se comuniquem umas com as outras. Esse protocolo é a língua comum dos computadores que integram a Internet. <br />Durante cerca de duas décadas a Internet ficou restrita ao ambiente acadêmico e científico. Em 87 pela primeira vez foi liberado seu uso comercial nos EUA. <br />Mas foi em 92 que a rede virou moda. Começaram a aparecer nos EUA várias empresas provedoras de acesso à Internet. Centenas de milhares de pessoas começaram a pôr informações na Internet, que se tornou uma mania mundial. <br />No Brasil foi liberada a exploração comercial da Internet em 95. Hoje o Comitê Gestor da Internet avalia o número de usuários no país em um milhão (dados de novembro/97). <br />O que é a internet?<br />A internet é um aglomerado de redes à escala mundial, que é utilizada por milhões de computadores, e que estão interligados pelo TCP/IP e que permite acesso a todo o tipo de informações e transferência de dados. <br />A internet tem uma ampla variedade de recursos e serviços, temos como exemplo a possibilidade de pagar as contas do fim do mês por este meio. Tem documentos interligados por hiperligações da World Wide Web (www), e a infra-estrutura que suporta o correio electrónico, comunicação instantânea e compartilhamento de arquivos.<br />Serviços<br />A internet tem vindo a inovar desde os últimos anos, oferecendo cada vez mais serviços aos seus utilizadores, como por exemplo:<br />E-mail – é um serviço que tem a função de enviar e receber mensagens ou anexar arquivos entre usuários.<br />Chat – é um serviço que permite que duas ou mais pessoas possam conversar em tempo real, os chats oferecem a possibilidade de transferir arquivos, e falar e ouvir com outras pessoas.<br />Acesso Remoto - permite que outra pessoa entre no seu computador e faça alterações de qualquer parte do mundo<br />Fornecedores<br />Se for uma ligação doméstica, a exigência em termos de velocidade da ligação é menor do que se falarmos em bancos, universidades, bibliotecas, etc.<br />Modem ou Linha RDIS – Em termos de custos corresponde a uma chamada telefónica. A velocidade de transmissão varia entre os 56 Kbits/s para as linhas analógicas e os 64 Kbits/s para as ligações RDIS.<br />Modem ou cabo ADSL – Esta situação permite uma ligação permanente. Em termos de custos existem várias opções. A velocidade de transmissão varia entre os 640 Kbits/s para as ligações para cabo e os 512 ou 1024 Kbits/s para as ligações ADSL.<br />Os fornecedores são quem fornece a internet para os utilizadores, em Portugal existem diversas como a Sapo, Meo, Clix etc.<br />