Your SlideShare is downloading. ×
Participação Social
Participação Social
Participação Social
Participação Social
Participação Social
Participação Social
Participação Social
Participação Social
Participação Social
Participação Social
Participação Social
Participação Social
Participação Social
Participação Social
Participação Social
Participação Social
Participação Social
Participação Social
Participação Social
Participação Social
Participação Social
Participação Social
Participação Social
Participação Social
Participação Social
Participação Social
Participação Social
Participação Social
Participação Social
Participação Social
Participação Social
Participação Social
Participação Social
Participação Social
Participação Social
Participação Social
Participação Social
Participação Social
Participação Social
Participação Social
Participação Social
Participação Social
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Participação Social

2,807

Published on

Participação Social …

Participação Social
Selo UNICEF

Published in: Education
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
2,807
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
36
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. capa Temas de Participação Social
  • 2. É uma proposta que mobiliza os municípios do Semiárido e da Amazônia Legal Brasileira para melhorar de maneira concreta a vida de cada criança e adolescente Busca contribuir com a redução das iniquidades, em sintonia com os ODMs – Objetivos de Desenvolvimento do Milênio Gestores, técnicos, conselheiros, lideranças sociais, comunicadores e as próprias crianças, adolescentes e suas famílias são estimulados e apoiados a avançar na garantia dos direitos de cada menino e menina Os municípios que mais conseguem avançar em um ciclo de 3 anos conquistam o reconhecimento internacional, com o Selo UNICEF Município Aprovado Edição 2009-2012 O que é Selo UNICEF?
  • 3. Como o Selo é conquistado? O que é Selo UNICEF? O Selo UNICEF valoriza o esforço para alcançar melhores resultados nos municípios Cada município será comparado com outros de seu próprio estado e que vivem realidades semelhantes, a partir dos subgrupos definidos pelo Selo UNICEF A avaliação dos municípios está dividida em três eixos: Eixo 01: Impacto Social Eixo 02: Gestão de Políticas Públicas Eixo 03: Participação Social
  • 4. Neste eixo, são avaliadas as condições de vida de meninas e meninos no município. Os avanços nesse sentido serão medidos a partir de 13 indicadores ligados às ODMs e coletados em fontes oficiais no início e no final da edição do Selo. EIXO 1 : IMPACTO SOCIAL
  • 5. Neste eixo, são avaliadas em que medida as políticas públicas, ações e programas criados, gerenciados e implementados pelo município estão contribuindo com o alcance dos resultados do Impacto Social. Esse acompanhamento será feito a partir de 19 indicadores ligados às ODMs e coletados em fontes oficiais , no início e no final da edição do Selo. Eixo 02: Gestão das Políticas Públicas
  • 6. Neste eixo, serão avaliadas as capacidades do município em mobilizar diversos setores para a realização de 2 fóruns comunitários e atividades e projetos em torno de 3 temas importantes para a garantia dos direitos de crianças e adolescentes. Eixo 03: Participação Social
  • 7. Etapas já desenvolvidas 2009-2010 Indicação Articulador Criação Comissão Pró-Selo Adesão pelo gestor 1º Encontro de Capacitação Comprovação funcionamento CMDCA e CT 2º Encontro de Capacitação (Fórum)
  • 8. Etapas já desenvolvidas 2009-2010 Produção de Diagnóstico Participativo Realização Do 1º Fórum Comunitário Finalização Plano de Ação Municipal 3º Ciclo de Capacitação ( Guia Políticas Públicas e Guia Adolescentes ) Estamos aqui! 4º Ciclo de Capacitação 5º Ciclo de Capacitação
  • 9. Em foco: Os temas da Participação Social
  • 10. Fazem parte deste eixo: 1º Fórum Comunitário – para discussão do diagnóstico e elaboração do Plano de Ação – até set 2010 Atividades temáticas – para mobilizar escolas e comunidades – até abril 2012 2º Fórum Comunitário – para avaliação do desenvolvimento do Plano, incluindo os temas – em maio/junho 2012 Eixo 03: Participação Social
  • 11.
    • Cada pessoa – incluindo cada criança e adolescente – tem o direito de participar das discussões e decisões que afetam suas vidas.
    • Para avançar na garantia dos direitos da infância e adolescência, é crucial a participação social na discussão, elaboração e controle de políticas públicas .
    Atividades temáticas: Ideias-base Para tanto, o Selo propõe 3 temas atuais e desafiadores para provocar essa participação social no dia-a-dia dos municípios
  • 12. 2. Cultura e Identidade:Comunicação para a Igualdade Étnico-racial 3. Esporte e Cidadania 1. Educação para Convivência com o Semiárido / Mudança Climática Temas propostos
  • 13.  
  • 14.
    • Todos têm que saber que o município , inscrito no Selo, agora está na fase de desenvolver os temas da Participação Social.
    • O GT deve preparar um comunicado para todas as escolas e associações culturais, ambientais e esportivas), informando que o município está desenvolvendo ações de educação contextualizada, educação étnico-racial e esporte. E convocar todos!!!
    Comunicar para aumentar a participação
    • 1. Todos têm o direito de receber informações
    • A comunicação é um direito constitucional e deve ser percebida como uma política pública
    • A comunicação pode ampliar o acesso às outras políticas públicas como saúde, educação e assistência social
  • 15. Comunicar para aumentar a participação
    • 2. A informação deve ser útil
    • A população precisa ser informada sobre os objetivos, a importância e o  desenvolvimento das ações governamentais
    • A comunicação, para ser efetiva, tem que ser planejada
    • O município pode formar um sub-grupo de trabalho dedicado à comunicação
    • Este grupo será responsável por mapear e alimentar com informações os meios de comunicação
  • 16. Comunicar para aumentar a participação
    • 3. Comunicar é ser criativo
    • É preciso estar atento para criar mecanismos para que toda a população receba informações
    • A realidade de cada município é que determina as melhores formas de comunicar
    • Os adolescentes podem organizar a comunicação nas redes sociais (Blogs, Facebook, Twitter), promovendo debates e discussões sobre o andamento dos trabalhos de cada tema
    • Mesmo a melhor tecnologia pode não dispensar o carro de som
  • 17. Comunicar para aumentar a participação
    • 4. Todos precisam estar mobilizados
    • A mobilização é efetiva quando promove nas pessoas a vontade de participar e envolver-se em temas de interesse coletivo.
    • Os adolescentes costumam se reunir em grupos de interesse
    • (esporte, religião, cultura, etc).
    • É importante identificar em cada tema quais são os adolescentes que mais se interessam e podem contribuir.
  • 18. Comunicar para aumentar a participação
    • Os GTs podem desenvolver espaços para que a comunidade participe na reflexão e produção de informação sobre os temas de Participação
    • A comunidade deve ter espaços locais para se posicionar sobre todos os assuntos
    • 5. Todos podem produzir informação
    • Crianças e adolescentes podem e devem ser comunicadores nos seus municípios
    • A comunidade se desenvolve mais quando pode expressar suas ideias
  • 19.  
  • 20. Instrumentos de cidadania
    • Utilizando as letras
    • Jornal Escolar - Mural
    • Jornal Escolar - Impresso
  • 21. Criando jornais murais...
  • 22. Criando jornais murais...
  • 23. Criando jornais escolares
  • 24. Criando jornais escolares
  • 25. Instrumentos de cidadania
    • Utilizando os sons
    • Rádio escola
    • Rádio comunitária
    • Rádio comercial
    • Auto falante
  • 26. Utilizando novas tecnologias...
    • Blog como
    • ferramenta
    • para...
  • 27. Utilizando novas tecnologias... ... divulgar fatos, fotos, eventos, turismo e jornais.
  • 28. Um por todos, todos por um
  • 29. Usar o blog para compartilhar informações e divulgar as ações do Grupo de Trabalho http://www.cruzselounicef.blogspot.com/ Como estamos nos comunicando
  • 30. Oficinas de habilidades
  • 31. Como estamos nos comunicando Mobilizar os participantes pelo Facebook www.facebook.com
  • 32. Como estamos nos comunicando Acompanhar as novidades do Selo: Site: www.selounicef.org.br
  • 33. Os temas da Participação Social Como nos organizar?
  • 34. Passo a passo dos Temas Município define quais temas serão trabalhados Articulador e Comissão Pró-Selo identificam um mobilizador (a) para cada tema Cada mobilizador(a) agrega mais pessoas, incluindo adolescentes, e forma Grupo de Trabalho, integrado com Comissão Pró-Selo O Grupo constrói um Plano de Trabalho , integrado ao Plano Municipal Pró-Selo
  • 35. Passo a passo dos Temas (cont.) Atividades são desenvolvidas pelo município até abril de 2012 . As ações são devidamente registradas e sistematizadas durante todo processo. O trabalho desenvolvido é apresentado durante o 2º Fórum Comunitário. O trabalho é avaliado pelo mediador(a) contratado pelo UNICEF e pela comunidade durante o 2º Fórum Comunitário em maio/junho de 2012 . Atenção : não serão enviados produtos ao escritório do UNICEF. Eles serão apresentados e avaliados durante o 2º Fórum
  • 36. Atividades e atribuições do Grupo de Trabalho
    • Primeiras atividades :
    • definir suas regras de funcionamento;
    • conversar sobre o tema e as ações a serem realizadas;
    • elaborar um cronograma de trabalho;
    • ter a certeza de que todos têm um bom entendimento da proposta.
    Principais atribuições: • executar, com qualidade, as ações propostas para o tema; • articular-se com a Comissão Pró-Selo do município; • estimular e motivar instituições e pessoas para participar das várias ações; • registrar tudo o que for feito, com fotos, pequenos filmes, cartazes, blogs .
    • O município que participou da edição 2007/2008 do Selo deve buscar as pessoas envolvidas para serem parceiras na nova jornada. É importante partir de algo já conhecido e realizado;
    • Faz toda diferença incluir grupos de adolescentes do município, como jovens comunicadores e grêmios estudantis.
  • 37. Dicas sobre o Plano de Trabalho
    • Garantir que todo GT conheça e entenda a metodologia proposta para cada tema.
    • Discutir a situação do município em relação ao tema.
    • O ponto de partida é retomar a linha de base e o diagnóstico produzido para o 1º Fórum. Assim será possível começar a compreender a situação deste tema em relação às crianças e adolescentes.
    • É importante também checar o que aparece no Plano Municipal de Ação para integrar e/ou atualizar as ações.
  • 38. Onde queremos chegar
    • Temáticas inseridas na agenda pública do município.
    • Participação social fortalecida no município.
    • Crianças e adolescentes participando das discussão, elaboração e monitoramento da garantia de seus direitos.
    • Políticas públicas da infância e adolescência fortalecidas, com avanço na superação das iniquidades.
  • 39. Pontos importantes
    • Articulação dos Grupos de Trabalho com a Comissão Municipal Pró-Selo.
    • Participação ativa e qualificada dos adolescentes em todas as etapas, incluindo o planejamento e avaliação e não apenas na execução das atividades.
    • As ações dos temas devem ser integradas ao Plano Municipal de Ação do Selo UNICEF, contribuindo com a melhoria dos indicadores.
  • 40. Pontos importantes (cont.)
    • O contato do UNICEF e parceiros com o município continua sendo com o(a) articulador(a) .
    • O foco da avaliação será a capacidade do município em promover a participação social, valorizando a participação das crianças e adolescentes, contemplando a área urbana e rural, valorizando a diversidade de gênero e étnico-racial.
    • Importante :
    • O 2º Fórum Comunitário acontecerá no município entre maio e junho de 2012
  • 41.
    • Qual trabalho nos temas já é desenvolvido no município?
    • O que as propostas dos temas trazem de inovador?
    • Quais os principais desafios para estes temas?
    • Como iniciar a mobilização?
    Mãos à obra!
  • 42. Realização Apoio Parceria técnica

×