Ti Verde

  • 1,744 views
Uploaded on

Ti verde

Ti verde

More in: Technology
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
  • baum!
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
1,744
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1

Actions

Shares
Downloads
58
Comments
1
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. São Paulo, 1º Semestre 2010. Tecnologia da Informação Sustentável TI Verde Synercorp Technologies do Brasil + Grupo Zion Technologies Brasil + Solid Systems Computer Services – South AmericaUniram-se para formar a Aliança AmbienTI© que é uma rede global ©para prestação de serviços relacionados à Tecnologia daInformação Verde ao mercado Multinacional.Esta Aliança surgiu em 2009 da necessidade de oferecermos aomercado um portfólio completo de serviços e produtos para cadamembro, através da soma das especializações, competências,conhecimentos, produtos, soluções e serviços individuais de cadamembro.
  • 2. O facilitador desta aliança é que este portfólio pode ser oferecidopor cada membro ao mercado como sendo seu, realizando todoprocesso de comercialização, respeitando a base de clientes,recebendo a mesma proporcionalidade de rentabilidade divididapelas empresas envolvidas neste empreendimento.Uma organização ao afiliar-se deve estar preparada para: • Integrar sistemas necessários – visão única de demandas • Compartilhar processos, informações e clientes • Prover conhecimento e dedicação com qualidade na prestação dos serviços • Atuar com Ética e Conduta em todos os empreendimentos desta aliançaBenefícios desta Aliança aos seus membros: • Base de clientes potencializada pela soma dos membros da Aliança • Disponibilidade de recursos e profissionais para suprir as demandas de mercado • Maior rentabilidade proporcionada pela abrangência e capilaridade dos membros • Modelo elaborado visando preservar o relacionamento e retorno financeiroAs organizações afiliadas se comprometem a trabalharem emconjunto nos clientes, visando: • Planejar, escalonar, melhorar e diferenciar os serviços propostos aos clientes; • Idealizar, criar, mesclar e implantar rapidamente novas ofertas e diferenciadas; • Maximizar a utilização das soluções e infra-estrutura sem sacrificar o desempenho; • Oferecer maior governança e qualidade nos serviços a custos mais baixos; • Integrar organização e processos para extrair maior eficiência operacional.
  • 3. Hoje esta aliança possui organizações como SynercorpTechnologies do Brasil, Zion Technologies e SSCS - Solid SystemsComputer Services - South America.A Synercorp Technologies do Brasil é uma integradora brasileiracom padrões globais de qualidade, presente no território nacionalatravés de representantes e canais especializados. Nossaorganização é constituída por divisões de negócio independentes,provendo serviços e soluções estratégicas a cada um de nossosclientes.A Zion Technologies é uma empresa integradora de soluções emtecnologia presente em todos os países da America Latina, focadaem serviços e equipamentos para área de TI.A Zion atende contratos ativos de manutenção de equipamentos(Servidores, Storages, Autoloaders) (HP, IBM, SUN), com tempo deatendimento de 4 horas em todos os países da America Latina.A SSCS - Solid Systems Computer Services - South America é umaempresa fundada em 1989, focada em manutenção deequipamentos de TI.A SSCS atende contratos ativos de manutenção de equipamentos(Servidores, Storages, Autoloaders) (HP, IBM, SUN), com tempo deatendimento de 4 e 2 horas, atuação global e presença em todos oscontinentes (presença em 62 países).Esta aliança permitiu um portfólio para infra-estrutura de basepara TI, cabendo:• Fornecimento e locação de multimarcas de equipamentos, de portes variáveis;• Estrutura para atendimento e logística robusta na America latina;• Implantação, manuseio, atendimento e manutenção do parque computacional;• Suprimento de materiais e peças. Garantindo todo o ciclo e gestão;• Facilidades como limpeza e higienização de datacenters, como aplicação de anticépticos e bactericidas para equipamentos dentro das organizações;• Propriedade em projetos para movimentação de datacenters;
  • 4. • Projeto e montagem da infra-estrutura para datacenters e áreas correlatas, englobando projeto e implantação de cabeamento estruturado, patch panel e aparatos;• Expertise em suporte para hardware e software em diversas plataformas, englobando parque de impressoras;Por que o conceito de TI VERDE tem apaixonado tantas pessoas etem crescido de forma tão rápida?A resposta é simples: Os estudos em TI VERDE, e conseqüentemente o aperfeiçoamentode diversas tecnologias envolvidas, tais como técnicas defabricação de equipamentos com maior capacidade deprocessamento, armazenamento, etc, que consomem muito menosenergia e são muito mais eficientes que outros modelos maisantigos, produzindo ganhos substanciais em produtividade, bemcomo forte redução de custos e aumento de performance dossistemas, aumentando a produtividade de seus colaboradores, nosmais diversos níveis.Citamos como exemplos de redução de custos:- A Readequação dos sistemas de controle ambiente, comoSistemas de ar condicionado, adequação de sua capacidade,limpeza geral nos dutos, filtros, aplicação de sensores, válvulas decontrole, monitores em pontos estratégicos; Análises de elementosdiscrepantes, que contribuem para perdas no sistema,ocasionando sobrecarga nas máquinas, enfim, uma completareavaliação e readequação desses sistemas geralmente implicaem sensíveis reduções de custo, principalmente com energiaelétrica.- A implementação de sistemas de Teleconferência e telepresença, tecnologia usualmente aplicada em iniciativas de TIVerde. As vantagens são visíveis, tais como: ganhos deprodutividade e performance dos funcionários, redução de custoscom despesas de viagem tais como passagens aéreas, hotéis,
  • 5. traslados, contribuindo assim com a menor emissão de gasescausadores do efeito estufa que seriam decorrentes da viagem, eaumento das margens de lucro como resultado de menores custosgerais de escritórios, combustível para aquecimento, iluminação,etc.- Controle e Adequação do parque de equipamentoscomputacionais, otimizando sua performance através de up-grades em equipamentos do parque instalado, de forma a evitarsempre que possível novas aquisições e expansõesdesnecessárias, tendo em vista que na maioria dos casos osequipamentos trabalham sub-dimensionados para sua capacidade.Com uma correta distribuição de tarefas entre os diversoselementos de informática, incrementando seu grau de utilização ereduzindo o consumo de energia, espaço em data-center, geraçãode calor, bem como o uso de consumíveis (ex papel/toner, etc..) osganhos realmente são surpreendentes e o ROI supera todas asexpectativas mais otimistas.Fazem parte desta iniciativa ações como Consolidação e/ouVirtualização de Servidores, “Outsourcing de Impressão”,Manutenções preventivas em todos os sistemas envolvidos, paragarantir a constante otimização do ambiente por completo,gerenciamento do descarte ecologicamente correto dos elementosmaléficos ao meio ambiente, tais como, baterias, pilhas, lâmpadasfluorescentes, tubos de vídeo, resíduos químicos, materiaisferrosos, metais pesados, enfim uma infinidade de poluentessempre presentes na sucata de equipamentos eletrônicos e deinformática.Se analisarmos o ROI, é inegável que tornar-se VERDE produzenormes ganhos tangíveis, mas talvez ainda maiores ganhosIntangíveis, já que a palavra de ordem nas sociedades evoluídaspassou a ser – SUSTENTABILIDADE e PRESERVAÇÃOAMBIENTAL.Todos, de alguma forma tem como objetivo ajudar a construir umplaneta sustentável, mais saudável e feliz para as próximasgerações e toda medida nesse sentido se torna altamentemotivadora e satisfatória.
  • 6. Vantagens Financeiras:A principal motivação para que as organizações avaliarem aadoção de boas práticas de TI VERDE estão relacionadas àredução de custos e investimentos trazidos por essas medidas.Este conceito é orientado ao uso de tecnologias "politicamentecorretas", que sejam ecológicas e consumam menos energiapara diminuir a quantidade de CO2 (dióxido de carbono) que elaslançam no ar. Esta prática também incentiva a reciclagem ereutilização dos equipamentos relacionados à Tecnologia daInformação.Do ponto de vista de custos (Opex), os projetos e soluçõesrelacionadas a TI VERDE permitem a redução de gastos comenergia elétrica, refrigeração dos datacenters, custos com equipee taxas com licenças de hardware. Em relação aos investimentos(Capex), a tecnologia verde desempenha papel relevante paraeliminar novas necessidades de investimentos, uma vez queotimiza o uso e a vida útil dos ativos, além de incrementar o espaçofísico, a capacidade de refrigeração e física de datacenters.Detalhamento Técnico dos tópicos abordados:A Synercorp Technologies através da Zion - sua Divisão deSustentabilidade da Tecnologia da Informação, atua emconsultorias e projetos visando apoiar o cliente a entender melhoreste novo segmento, direcionar suas ações, montar suasestratégias e acompanhar todo o ciclo, desde o projeto eimplantação, até a operação e manutenção preventiva e corretiva,garantindo o sucesso da implementação de forma sustentada.Nosso consultores, somados aos parceiros estratégicos, estãoaptos e capacitados a orientar da melhor forma possível nossosclientes, de forma que, juntos, realizem gradativamente aimplementação de novas tecnologias em substituição daquelasatualmente em uso.Todos os Projetos desenvolvidos pela AmbienTI, passarãoincondicionalmente pela Divisão de Sustentabilidade onde serãoavaliados e se necessário, adequados, nos seguintes aspectos: • Maximizar a eficiência energética durante a vida útil do produto
  • 7. • Automação e conseqüentemente a redução do consumo de Energia. • Ar condicionado – projetos que façam uma emissão menor ou nula de gases. incorporando manutenção preventiva e corretiva para garantir o perfeito funcionamento dos elementos envolvidos, controles, alarmes, limpeza periódica, troca de filtros, filmagens de dutos internos através de robôs, execução de limpeza especial, etc. • Consolidação e virtualização. Garantindo a otimização dos recursos computacionais existentes e evitando a necessidade de novas aquisições, sempre que possível. . • Blades – servidores – redução de consumo / energia. Plano de evolução que possa direcionar os novos investimentos em bases verdes sustentáveis hoje e no futuro. • Reciclagem e reutilização de materiais oriundos de TI. Preservação do meio ambiente e proteção com grande projeção da imagem de sua empresa. • Manutenção preventiva dos equipamentos – evitar consumos desnecessários. Economia de recursos que possibilita novos investimentos sustentados. • Descarte certificado e controlado de material de TI – encontrar destino adequado. • Tecnologias novas a serem escolhidas de menor consumo. Sempre privilegiando as praticas verdes pré estabelecidas, garantindo assim os investimentos de forma sustentável. • Tele trabalho causando redução de custos e ganho de tempo/produtividade. • Reduzir o uso de materiais perigosos para o meio ambiente. • Promover a reciclagem ou biodegradabilidade dos produtos. • Extinguir a fabricação de resíduos poluentes ao meio ambiente.Objetivos e Benefícios Gerais deste Serviço:Controle e garantia de Sucesso perene da Corporação,beneficiando acima de tudo o ser humano de hoje e de amanhã,protegendo o patrimônio natural e o habitat das gerações futuras.Esse deve ser o objetivo de cada pessoa individualmente, bemcomo das instituições estabelecidas, cada um assumindo suaparcela de responsabilidade não somente na reversão dosprocessos degradativos do passado, mas garantindo a busca
  • 8. constante e diária de um planeta saudável que possa ser habitadode forma plena, através das gerações.Entregáveis previstos e generalistas:Projetos em absoluta consonância com os termos eresponsabilidades acima descritos.Orientação e consultoria técnica em quaisquer fases de projetosque demandem aquisição de equipamentos eletro-eletrônicos,geradores de calor ou gases, vapores, resíduos contaminantes,etc...- Solução na Retirada e adequação no destino final dedescartes/sucatas, baterias, pilhas, resíduos metálicos, líquidocontaminantes, resíduos químicos, elementos ativos, que possamagredir o solo e suas riquezas, leitos subterrâneos de água doce,etc...- Soluções de controle e monitoramento de consumo de energiaelétrica, apontamentos dos elementos “top” de consumo epossíveis soluções para redução da carga / consumo, etc...- Soluções completas no tocante a climatização de ambientes,adequação de sistemas de ar condicionado, garantia defuncionamento em regime OTIMO através de adequação econtratos de manutenção preventiva e corretiva, etc...Modernos sistemas de computação verde dependem de: • Pessoas • Redes • HardwareComo tal, uma iniciativa de computação verde deve ser denatureza sistêmica, e abordar os problemas cada vez maissofisticados. soluçãoElementos de tal solução incluem itens como: • Utilização de energia. • Virtualização do servidor de recursos.
  • 9. • Soluções em thin client. • Tele trabalho. • Disposição de resíduos eletrônicos. • Cumprimento regulamentar. • Reestruturação de gestão. • Retorno sobre investimento (ROI). • Satisfação do usuário final.Consolidação de Servidores:Um pensamento comum entre administradores de rede é de ter umservidor por serviço. Esta medida garante uma maior segurança emaior disponibilidade dos serviços na rede, já que a falha de umservidor só afeta um serviço e a vulnerabilidade de um serviço sóexpõe um servidor.No entanto, a taxa de utilização dos recursos de hardware de umservidor é extremamente baixa, o que indica uma subutilização deseus recursos. A consolidação de servidores consiste em usarapenas uma máquina física com diversas máquinas virtuais, sendouma para cada servidor. Essa nova abordagem garante oisolamento dos servidores e apresenta as vantagens de aumentara taxa de utilização de servidores, reduzir os custos operacionais,criar ambientes mais flexíveis e reduzir custos de administração.O ponto mais importante da consolidação de servidores é o melhoraproveitamento dos recursos, já que se existem n servidores comuma taxa de utilização x, tal que x < 100%, é menos custoso e maisvantajoso consolidar os n servidores em apenas um, com taxa deutilização de n.x, desde que n.x < 100%.Outro ponto a ser levantado é que a consolidação permite ocuparmenos espaço físico com servidores, pois estes passam a serapenas uma máquina física. Isso propicia menos gastos comeletricidade, já que o número de máquinas é menor, e commanutenção de máquinas. Vale ainda lembrar que a virtualizaçãoaumenta a flexibilidade, pois pode-se instalar diversos ambientesem uma mesma máquina, por exemplo, ter serviços que sãoexecutados em ambiente Windows, coexistindo em uma mesma
  • 10. máquina física, mas em máquinas virtuais distintas, que serviçosque são executados em ambiente Linux.Virtualização de servidores:Virtualização de Servidores se refere à captação de recursoscomputacionais, tais como o processo de funcionamento de doisou mais computadores lógicos em um conjunto de sistemas dehardware físico.O conceito surgiu com os sistemas operacionais de mainframe IBMda década de 1960, mas foi comercializado para x86 compatívelcom computadores apenas na década de 1990.Com a virtualização, um administrador de sistema poderácombinar vários sistemas físicos em máquinas virtuais em umúnico e poderoso sistema, assim, tirar o hardware original ereduzindo energia e refrigeração de consumo. Desvantagens.Vantagens e Desvantagens.Existem diversas vantagens na virtualização, a seguir serãocitadas as principais • Segurança: Usando máquinas virtuais, pode ser definido qual é o melhor ambiente para executar cada serviço, com diferentes requerimentos de segurança, ferramentas diferentes e o sistema operacional mais adequado para cada serviço. Além disso, cada máquina virtual é isolada das demais. Usando uma máquina virtual para cada serviço, a vulnerabilidade de um serviço não prejudica os demais, por outro lado, se o serviço de virtualização não for muito bem planejado, instalado e configurado de forma correta, as máquinas virtuais podem se tornar menos seguras que as máquinas físicas justamente por causa do VMM [2]. Este ponto é interessante, pois se o sistema operacional hospedeiro tiver alguma vulnerabilidade, todas as máquinas virtuais que estão hospedadas nessa máquina física estão vulneráveis, já que o VMM é uma camada de software, portanto, como qualquer software, está sujeito a vulnerabilidades. • Confiança e disponibilidade: A falha de um software não prejudica os demais serviços.
  • 11. • Custo: A redução de custos é possível de ser alcançada com a consolidação de pequenos servidores em outros mais poderosos. Essa redução pode variar de 29% a 64%• Adaptação às diferentes cargas de trabalho: Variações na carga de trabalho podem ser tratadas facilmente. Ferramentas autônomas podem realocar recursos de uma máquina virtual para a outra.• Balanceamento de carga: Toda a máquina virtual está encapsulada no VMM. Sendo assim é fácil trocar a máquina virtual de plataforma, a fim de aumentar o seu desempenho.• Suporte a aplicações legadas: Quando uma empresa decide migrar para um novo Sistema Operacional, é possível manter o sistema operacional antigo sendo executado em uma máquina virtual, o que reduz os custos com a migração. Vale ainda lembrar que a virtualização pode ser útil para aplicações que são executadas em hardware legado, que está sujeito a falhas e tem altos custos de manutenção. Com a virtualização desse hardware, é possível executar essas aplicações em hardwares mais novos, com custo de manutenção mais baixo e maior confiabilidade. Por outro lado, existem as desvantagens da virtualização, sendo as principais:• Gerenciamento: Os ambientes virtuais necessitam ser instanciados, monitorados, configurados e salvos. Existem produtos que fornecem essas soluções, mas esse é o campo no qual estão os maiores investimentos na área de virtualização, justamente por se tratar de um dos maiores contratempos na implementação da virtualização. Vale lembrar que o VMWare é a plataforma mais flexível e fácil de usar, mas ainda apresenta falhas que comprometem a segurança, assim como as demais plataformas.• Desempenho: Atualmente, não existem métodos consolidados para medir o desempenho de ambientes virtualizados. No entanto, a introdução de uma camada extra de software entre o sistema operacional e o hardware, o VMM ou hypervisor, gera um custo de processamento superior ao que se teria sem a virtualização. Outro ponto importante de ressaltar é que não se
  • 12. sabe exatamente quantas máquinas virtuais podem ser executadas por processador, sem que haja o prejuízo da qualidade de serviço.Virtualização da Infra-estrutura de TI: Infra-A virtualização da infra-estrutura de TI diferencia-se daconsolidação de servidores na medida em que a consolidação sóprevê o isolamento dos servidores em máquinas virtuais, enquantoa virtualização da infra-estrutura de TI vai mais além. Avirtualização da infra- estrutura de TI prevê a virtualização de todaa estrutura da rede, com a criação de comutadores, roteadores eoutros equipamentos virtuais, interconectado às máquinas virtuais.Outro ponto de distinção entre a consolidação e a virtualização dainfra-estrutura é que esta permite a alocação dinâmica de recursospara as máquinas virtuais, levando a um processo de automaçãoda infra-estrutura de TI.Gestão de energia:Advanced Configuration and Power Interface (ACPI), um padrãoaberto de setor, permite que um sistema operacional controlediretamente com o poder de salvar os aspectos do seu hardwaresubjacente. Isto permite que um sistema desligue automaticamenteum componente, tais como monitores e discos rígidos após definiros períodos de inatividade. Além disso, um sistema de hibernação,onde a maior parte dos componentes (incluindo a CPU e o sistemaRAM) é desligada. ACPI é o sucessor de um anterior padrão Intel-Microsoft, chamada Advanced Power Management, Permitindouma BIOS do computador para controlar funções de gestão deenergia. Alguns programas permitem ao usuário ajustarmanualmente a tensão fornecida à CPU, o que reduz tanto aquantidade de calor produzido e eletricidade consumida. Esteprocesso é chamado undervolting. Alguns CPUs podemautomaticamente fazer um undervolt do processador, dependendodo volume de trabalho, esta tecnologia é chamada de "SpeedStep"em processadores Intel, "PowerNow!" / "CoolnQuiet" em chipsAMD, longo da Via CPUs, e LongRun com processadoresTransmeta.
  • 13. Fontes de alimentação:Alimentação de Computadores desktop (PSUs) são geralmente 70-75% de eficiência, dissipando o restante da energia como calor.Uma iniciativa da indústria chamado 80 PLUS certifica PSUs quesão pelo menos 80% eficiente, normalmente esses modelos sãodrop-in substituições para modelos antigos, menos eficiente PSUs.A partir de 20 de julho de 2007, todos os novos certificados 4.0Energy Star desktop PSUs deve ser de pelo menos 80% eficaz.Armazenamento:Formato menor (por exemplo, 2,5 polegada) unidades de discorígido muitas vezes consomem menos energia do que por gigabytefisicamente maiores. Diferentemente unidades de disco rígido,drives de estado sólido armazena dados na memória flash ouDRAM. Sem partes móveis, o consumo de energia pode serreduzida para uma fraca capacidade de dispositivo flash baseado.Mesmo a modestos tamanhos, DRAM-based SSDs podem utilizarmais energia do que os discos rígidos (por exemplo, 4GB i - RAMusa mais energia e espaço que unidades de laptop). UnidadesFlash de based são geralmente mais lentos para escrever do queos discos rígidos. No disco rígido os preços caíram, quanto aoarmazenamento têm tendência para aumento da capacidade defazer mais dados disponíveis on-line. Isso inclui arquivos e backupde dados que anteriormente tenham sido guardadas em fita ououtro armazenamento off-line. O aumento do armazenamentoonline aumenta o consumo de energia. Redução da potênciaconsumida por grandes matrizes de armazenamento, enquantocontinua a proporcionar os benefícios de armazenamento online.Placa de Vídeo:Um rápido GPU pode ser o maior consumidor de energia de umcomputador.Nº de placa de vídeo - uma utilização partilhada terminal, thinclient, ou software desktop partilhado se mostra necessário. Utilizea saída de vídeo motherboard - tipicamente 3D de baixaperformance e baixo consumo de energia. Selecione uma GPUbaseada na média potência ou o desempenho por watt.
  • 14. Monitores:Monitores LCD normalmente usam um cátodo frio com lâmpadafluorescente que fornece luz para o visor. Alguns monitores maisrecentes utilizam uma série de díodos emissores de luz (LEDs) emvez da lâmpada fluorescente, o que reduz a quantidade de energiautilizada pelo visor.Comparativos Monitores LCD x CRTInformações Gerais: Gerais: CRT 17 (LG LCD 15 (LG LCD 17 (LGIndicadores Flatron T730SH) L1553S-SF) L177Ws)Custo Monitor R$ 295,00 R$ 376,00 R$ 499,00Consumo por 68 17 23hora (W)Consumo 4 1 1standbyConsumo Total (Kw/hora ao ano)Perfil de CRT 17 (LG Flatron LCD 15 (LG LCD 17 (LGuso T730SH) L1553S-SF) L177Ws)8 horas/dia 141,984 35,496 48,02414 248,472 62,118 84,042horas/dia24 425,952 106,488 144,072horas/diaCusto Eletricidade/anoPerfil de CRT 17 (LG Flatron LCD 15 (LG LCD 17 (LGuso T730SH) L1553S-SF) L177Ws)8 horas/dia R$ 44,02 R$ 11,00 R$ 14,8914 R$ 77,03 R$ 19,26 R$ 26,05horas/dia
  • 15. 24 R$ 132,05 R$ 33,01 R$ 44,66horas/diaCusto em 3 anosPerfil de CRT 17 (LG Flatron LCD 15 (LG LCD 17 (LGuso T730SH) L1553S-SF) L177Ws)8 horas/dia R$ 132,05 R$ 33,01 R$ 44,6614 R$ 231,08 R$ 57,77 R$ 78,16horas/dia24 R$ 396,14 R$ 99,03 R$ 133,99horas/diaCusto Final após três anos de uso (energia + preço aquisição)Perfil de CRT 17 (LG Flatron LCD 15 (LG LCD 17 (LGuso T730SH) L1553S-SF) L177Ws)8 horas/dia R$ 427,05 R$ 409,01 R$ 543,6614 R$ 526,08 R$ 433,77 R$ 577,16horas/dia24 R$ 691,14 R$ 475,03 R$ 632,99horas/diaUm fator subjetivo, mas importante, é que um funcionário queganhar um monitor LCD para trabalhar certamente ficará bemmotivado e prestigiado.Teleconferência:Teleconferência e tele presença são tecnologias muitas vezesimplementadas em iniciativas de TI Verde. As vantagens sãomuitas, ganho de produtividade e tempo dos funcionários, reduçãode custos com despesas de viagem tais como passagens aéreas,hotéis, taxi bem como a redução do desgaste físico dosfuncionários, redução dos gases causadores do efeito estufa queseriam decorrentes da viagem, e aumento das margens de lucrocomo resultado de menores custos gerais de escritórios,
  • 16. combustível para aquecimento, iluminação, etc.As economias são significativas, a média anual do consumo deenergia para edifícios é superior a 23 quilowatts-hora por péquadrado, com aquecimento, ar condicionado e de iluminaçãorepresentando 70% do consumo total de energia consumida. (VoIP):Voz sobre IP (VoIP):Reduz a fiação de telefonia, através da partilha de infra-estruturasexistentes a Ethernet. Telefone VoIP tem maior extensão demobilidade e também fez um Hot desking mais prático.Sobre Thin Client:Os Thin Clients são dispositivos versáteis para aplicaçõesdiversas. Baixo custo e alto desempenho para estruturascomputacionais baseadas em TC/SBC (Thin Client Server BasedComputing). Soluções escaláveis de computação centrada emrede, a melhor forma de distribuir aplicativos com segurança,agilidade e de fácil gerenciamento de todos os usuários. Maiorfacilidade de implementação, administração, disponibilizando aousuário console completo de um desktop.Veja as vantagens dos Thin Clients: • Substituição de uma estrutura de rede convencional (cliente/servidor); • Menor custo de aquisição; • Economia de energia; • Redução do espaço físico; • Baixo custo de licenciamento; • Segurança de dados e antivírus; • Fácil implementação e gerenciamento; • Processamento realizado no servidor; • Atualizações feitas diretamente no servidor.Produto ecologicamente correto:Considere os benefícios imediatos dos Thin Clients • Consomem quase 90% menos eletricidade do que um PC;
  • 17. • Geram menos calor em relação a um PC, ou seja, menos ar- condicionado ou refrigeração: custos ligados a emissão de CO2; • Têm um longo ciclo de vida comparado a um PC; • Continua redução do consumo de energia pelos nossos dispositivos, a maioria dos produtos vão desde 9W até 30W; • Continua redução de impacto ambiental na produção dos nossos produtos; • Adiciona mais flexibilidade e características de nossos produtos para qualquer necessidade de reduzir os tradicionais PCs. PC Thin Client Economia 3 servidores 4 servidores e 5.2 KiloWatts porAtivos e 50 PC´s 50 Thin Clients hora a menos 6.280 watts 1.020 Watts 17.884 KWH aTotal Watts por hora por Hora menos por ano R$ 5.901,72 menos 21.352 KWH 3.468 KWHTotal KWH de consumo por ano por ano elétrico por ano.Custo Totall de 11.624 CO2 aeletricidade por R$ 7.046,16 R$ 1.144,44 menos de CO2 porano ano Economia 187 kgTotal CO2 13.878.80 kg 2.254,20 kg de CO2 de uso poremitido por ano (13.9 Tons) (2.2 Tons) anoConsiderações Gerais: • Média consumo PC 110 Watts; • Média Server consumo 260 Watts; • Média Thin Client 10 Watts; • Utilização média de 10 horas por dia, 340 dias por ano; • Média comercial electricidade taxa R$ 0,11 por kWh; • As emissões de CO2 por kWh 0,65 kg.Imprima com mais eficiência:Desktops e laptops não são a única área onde TI pode melhorar aeficiência. As impressoras tendem a ser trocadas com menosfreqüência do que os PCs, mas a cada ano novos modelos trazemmais eficiência.
  • 18. • A cada geração de impressoras da Hewlett-Packard, por exemplo, a eficiência de energia aumentou entre 7% e 15%. Portanto, a substituição de unidades de algumas gerações passadas por novos modelos Energy Star pode reduzir os custos de energia em 25%. Além disso, o empacotamento de consumíveis é menor nas novas máquinas, o que resulta em menos descarte.• Novas tecnologias também estão melhorando a eficiência. No primeiro semestre, a HP começou a trocar os tubos fluorescentes utilizados para fotocópia por LEDs em alguns produtos. A tecnologia consome 1,4 vez menos energia durante a cópia e quatro vezes menos energia quando está ociosa.• As impressoras também estão mais inteligentes em relação a quando entrar no modo de baixo consumo de energia. O modelo multifuncional da Xerox, por exemplo, monitora o padrão de uso da impressora ao longo do tempo para decidir quando desativá- la e colocá-la online.• Outra medida que pode reduzir danos ao meio ambiente seria configurar as impressoras para imprimir em ambos os lados. Apesar de o modo duplex não economizar energia, evita a utilização desnecessária de papel. O modo duplex diminui em 25% o consumo de papel.• A conta de energia da empresa não vai baixar, mas os custos de papel e as emissões de energia e carbono envolvidas em produzir o papel, sim.• Os administradores podem configurar impressão duplex em todas as impressoras, definir modos de economia de energia ou configurar as máquinas para desligar durante horas específicas da noite ou do fim de semana usando ferramentas de automação de diversos fabricantes de impressoras.• Consolidação e melhor gerenciamento de impressoras, scanners e outros periféricos também ajudam a economizar energia e dinheiro. Uma copiadora, uma impressora e um aparelho de fax individualmente podem consumir 1.400 kWh de energia por ano, enquanto uma impressora multifuncional consome metade disso.• As impressoras multifuncionais, que combinam cópia, impressão, digitalização e fax, oferecem eficiência adicional, facilitando o gerenciamento de consumíveis e economizando não só espaço mas também energia. A consolidação de apenas
  • 19. dois dispositivos em uma única máquina, por exemplo, reduz o consumo de energia em aproximadamente 40%, segundo a HP, indo um pouco além, podemos configurar o serviço de roteamento de faxes recebidos para uma caixa de entrada de e- mail ao invés de para uma impressora.Os esforços de TI verde devem olhar além do data center. Sim,este é o ponto certo pra começar, já que a virtualização econsolidação dos servidores podem diminuir os gastos e tambémrender benefícios ambientais como o baixo uso de energia sem anecessidade de criar uma nova central de dados. Mas as empresastêm ambições maiores e, como as equipes de TI tentam fazer suaparte, leia a seguir dez aspectos que devem ser considerados nahora de tornar-se verde.Olhe além do data Center:Muitos computadores são deixados ligados por tempo demais, umproblema que a área de TI pode resolver tanto com mudanças natecnologia, quanto com campanhas de conscientização.Independentemente da abordagem, este é o momento certo parapromover esforços que ultrapassem a área de TI, já que osfuncionários estão mais receptivos a tais mudanças.Mais empresas estão pensando em softwares de gerenciamentoativo de energia. Podemos usar solução de gerenciamento de PCspara controle central de energia. As empresas que optam porsoftware como serviço, normalmente, o fazem para economizar.Mas esse também pode ser visto como um investimento verde.Microsoft e Google vêm gastando bilhões de dólares na construçãode novos data centers, geralmente perto de suas fontes deenergia, e ao mesmo tempo investindo pesado em novastecnologias e processos que os façam mais eficientes em termosde energia. O data center da Microsoft em San Antonio (EUA) temsensores que medem quase todo o consumo de energia, usa umsoftware de gerenciamento de energia desenvolvido internamente,chamado Scry, tem virtualização em escala de massa e recicla aágua usada no sistema de refrigeração. Software como serviço éuma das atitudes mais verdes que as pessoas podem ter.Fatores culturais são a maior barreira:
  • 20. Teoricamente, ninguém se opõe a salvar o planeta, mas o processode tornar-se verde pode criar bastante resistência. De certa forma,é um desafio carregado de políticas, os funcionários estãopreocupados que os ganhos em eficiência signifiquem cortes naequipe. Ainda assim, os fatores culturais podem ajudar quandoalgo funciona. Com o sucesso do lançamento de novos datacenters, as empresas tem considerado novas iniciativas verdes. Asempresas precisam enfrentar as áreas em que o comportamento"auto-otimizado" das pessoas entre em conflito com os objetivosverdes. Embora as empresas geralmente ajustem as configuraçõesde gerenciamento de força dos PCs, alguns dos funcionáriosdesfazem estas configurações. Softwares de gerenciamento deforça de diversos fornecedores podem travar essas configuraçõese ligar os computadores automaticamente minutos antes que osfuncionários cheguem às suas mesas pela manhã. Ou, com umagrande campanha de conscientização, as empresas podem terresultados sem necessitar de alterações na tecnologia. A SonyPictures usa, há algum tempo, a opção de proteção de tela nosPCs, mas vem trabalhando em uma campanha interna para que osfuncionários desliguem o monitor quando forem passar algumtempo afastados de suas máquinas. Isso deve ser um incentivopara o maior desafio da empresa: apagar as luzes.RecicleRecicle mais:E-cycling está cada vez mais prevalente. Muitas empresas têmalgum tipo de programa de reciclagem de hardware. Mas isso nãoé suficiente quando se têm milhões de computadores e telefonescelulares fechando seu ciclo de vida todos os anos - foram 2,6milhões de toneladas de lixo eletrônico de empresas e pessoas em2005, de acordo com os registros da Agência de ProteçãoAmbiental dos EUA.A reciclagem de telefones celulares é ainda pior. Uma pesquisa daNokia apontou que apenas 3% dos aparelhos são reciclados nomundo todo e quase metade das pessoas que participaram dapesquisa não sabiam que era possível reciclar telefones celulares.Ainda assim, a Nokia, a Hewlett-Packard e outras empresasprivadas como a ReCellular, oferecem programas de reciclagemde celular gratuitos ou bem baratos.
  • 21. Não se esqueça de medir...As empresas devem colher dados sobre os gastos passados paratermos uma noção melhor do sucesso do projeto de TI verde,recomenda-se que as empresas meçam o total de energia usadopelos data centers a cada 15 minutos e monitorem os níveis dosubsistema para ajudar as empresas a desenvolver as métricas debase e encontrar pontos problemáticos, fazendo medições aolongo do ano. Mas mesmo uma simples análise de inventário, podedescobrir problemas inesperados. Muitas empresas mantêmligados servidores mortos só por garantia.Existem diversas ferramentas que podem ajudar empresas a mediro uso de energia por circuito ou por dispositivo, assim como porairflow. Por exemplo: O Tivoli Monitoring Power Management, daIBM, permite avaliar fatores como o consumo individual de umservidor, para que durante os períodos de pouca utilização, aenergia que alimenta o sistema seja cortada, desligandoestrategicamente CPUs individuais.Não espere por dados perfeitos:Os líderes de TI acham que o impacto das iniciativas de TI verdeserá um número difícil de definir com precisão. As empresaspodem coletar muitos dados, mas nem sempre é óbvio o que fazercom eles. Métricas normalmente usadas e elogiadas por gruposcomo a Zion e usadas pela Microsoft e outras empresas incluemPower Usage Effectiveness e Data Center Infrastructure Efficiency,enquanto outras como a Corporate Average Data Efficiency, daMcKinsey, também são destacadas. Em agosto, a EPA (Agência deProteção Ambiental dos EUA) iniciou uma pesquisa para coletar,mensalmente, informações de consumo de energia de 240 datacenters com o objetivo de criar, possivelmente, especificações doEnergy Star para data centers de eficiência energética. Existe umcertificado para as construções verdes sob o ponto de vistaambiental e de consumo de energia, que algumas empresas,receberam por seus data centers, embora seja mais do quealgumas empresas gostariam de suportar.Para a maioria das empresas, a melhor comparação será opassado, usado para definir objetivos de aperfeiçoamento maisagressivos. A Highmark, por exemplo, inicialmente queria
  • 22. aumentar o uso de CPUs em 10% e reduzir o consumo de energiaem 5%. Quando atingiu os 5%, a meta passou a ser a redução de10% do consumo de energia.Energia alternativa não é barata.Quando a Highmark criou seu novo data center, há sete anos,fontes de energia alternativa não eram parte do plano.Futuramente, Mark O"Gara, vice-presidente de gerenciamento deinfra-estrutura, disse que terão energia alternativa, embora sejauma decisão direcionada mais por razões de responsabilidadeambiental e considerações práticas, do que por simples reduçãonos custos. Fontes de energia alternativa não são baratas, e paramuitas empresas não será pratico colocar os data centers emlocais onde a energia eólica ou hidroelétrica sejam acessíveis, e oretorno da energia solar é demorado. A Highmark vem analisandoas possibilidades da energia solar e de gás propano ao invés dediesel.Em algumas áreas dos Estados Unidos, as empresas podemescolher energia alternativa; em Maryland, os clientes da BaltimoreGás & Eletric, por exemplo, podem escolher ter a energia geradapor fontes "verdes" se pagarem um pouquinho a mais. A Monsantoparticipa de uma parceria com sua distribuidora de energia,Ameren U E, chamada Pure Power que leva a Monsanto 10% de suaenergia de fontes renováveis.A AISO.net tem 120 painéis solares em seu data centers daCalifórnia. Com custo de instalação de aproximadamente U$100.000, que foi recompensado na economia com energia nosúltimos sete anos, disse Phil Nail, CTO, ele considera os painéisuma proteção contra os preços de energia. A Microsoft não incluiuenergia solar em seu mega data center que deve começar afuncionar em breve na ensolarada San Antonio (EUA), alegandoque a tecnologia está longe de ser uma boa combinação para umaoperação dessa escala. Ainda assim, foi construída para suportaro peso e usar a energia solar dos painéis, caso a tecnologiaamadureça.ParceriaParceria com a produção:As áreas de TI costumam usar uma pequena porcentagem daenergia total de uma empresa. Portanto, a melhor opção é que a TI
  • 23. ajude a empresa a cuidar da outra parte, Para isso, a área de TIprecisa criar uma parceria íntima com a equipe de gestão deprodução, para implementação de sensores e softwares degerenciamento de produção automática que podem ir desde omonitoramento e controle de todas as luzes até o controle remotodo ar condicionado.A Universidade Ave Maria, na Florida, tem feito exatamente isso. Aescola com mais de 600 alunos usa hardware e softwares paramonitorar e gerenciar água, energia, luzes e ar condicionado portodo o campus. Cada sistema no campus é acessível via Webbrowser, assim as equipes podem monitorar esses sistemas econtrolar remotamente as áreas que podem render mais gasto. Osgerentes de TI, como Brian Mehaffey, VP de sistemas de tecnologiae engenharia da Universidade, podem fazer coisas como desligar aventilação da igreja do campus se for ineficiente.Por exemplo, Mehaffey percebeu que as contas de energia elétricasó da igreja chegavam a U$ 22 mil por mês, então ele usou osistema para rever a ventilação, a qualidade, a temperatura, aumidade e o uso de energia. Ele descobriu que o ar condicionadoestava funcionando na capacidade máxima mesmo que a igrejaestivesse vazia a maior parte do tempo. Durante os períodos sematividade da igreja, Mehaffey e sua equipe desligaram todos ossistemas, um por um, observando em tempo real as mudanças natemperatura, umidade, qualidade do ar e uso de energia a cadanovo ajuste a desligando o próximo sistema caso o ambienteestivesse em confortável equilíbrio. Agora a igreja gastaaproximadamente U$ 5 mil por mês em energia, e ainda é um lugarconfortável. "Estamos falando em uma economia de U$ 150.000por ano só em energia elétrica", disse ele.Considere também o uso de água, não só de energia elétrica:O resfriamento dos data centers usa muita água. A Microsoftrecicla mais de 602 mil galões de água por dia em seu data centerem San Antonio. A Highmark coleta água da chuva e armazena nosubsolo em um tanque com capacidade para 100 mil galões, parausar no resfriamento dos sistemas de TI. "Muita gente ignora oproblema da água", disse O"Gara, vice-presidente degerenciamento de infra-estrutura. A IBM tem um painel degerenciamento de água e carbono que pode ser usado com outros
  • 24. painéis ou softwares de gestão de produção para criar relatóriossobre o uso de água e energia elétrica.Por meio do monitoramento central do sistema hidráulico, aUniversidade Ave Maria, na Flórida, descobriu que, ao contrário doque se imagina, não é no banheiro que se gasta mais água, e simno sistema de ar condicionado da escola. É mais um incentivo paramonitorar as instalações e descobrir maneiras mais eficientes deresfriá-las.Desafie o senso comum:As equipes de TI devem estar preparadas para fazer as coisas demodo diferente para ser mais verde. Até mesmo configurações decorredores quentes/corredores frios, chão mais alto e práticas delongo standby nos data centers estão recebendo uma novaatenção. Se os racks são muito baixos ou se os ajustes do arcondicionado são pouco eficientes, estratégias de corredorquente/corredor frio economizam menos do que se imagina.O novo data center de eficiência energética da UniversidadeBryant, suspende o sistema de resfriamento ao invés de levantá-lo.Muitos data centers não foram construídos para os ambientescompactos virtualizados e computadores de alta densidademarcados por servidores blade. Conforme as empresasconsolidam os data centers, elas têm a oportunidade de incorporarnovas abordagens.As empresas vão lutar para encontrar o equilíbrio entre a TI verdee as outras necessidades do negócio. A HCL Technologies, umaempresa de terceirização, acredita que o armazenamento ebackup, duas demandas que parecem apenas subir nas empresasdos EUA, são as maiores sugadoras de energia na área de TI, disseAnubhay Saxena, VP associado para a América. Quanto maisfirewalls e sistemas anti-invasão ou de detecção de invasão asempresas rodem, mais energia esses sistemas gastam e maisenergia é necessária para transferir os dados via rede. No entanto,ninguém está dizendo que é o momento de abrir mão dessesesforços.Mas as questões de segurança são um bom exemplo de o que énecessário para se tornar verde. Segurança de informaçãofunciona melhor quando é considerada a cada passo de uma
  • 25. iniciativa de negócio, e não deixada de lado durante aimplementação. Para que a TI verde cause impacto, é preciso amesma presença no processo.Consultoria: onsultoria:Cada vez mais a área de TI das corporações está trabalhando eminiciativas e agendas de trabalhos relacionados a TI VERDE. Aprincipal motivação para as organizações avaliarem a adoção deboas práticas de TI VERDE está relacionada à redução de custos einvestimentos trazidos por essas medidas. Este conceito éorientado ao uso de tecnologias "politicamente corretas", quesejam ecológicas e consumam menos energia, diminuindo assim aemissão de CO2 na atmosfera. Esta prática também incentiva areciclagem e reutilização dos equipamentos relacionados àTecnologia da Informação.Do ponto de vista de custos (Opex), os projetos e soluçõesrelacionados a TI VERDE permitem redução de gastos com energiaelétrica consumida pelos equipamentos e na climatização dosdatacenters, custos com equipe e taxas com licenças de hardware.Em relação aos investimentos (Capex), a tecnologia verdedesempenha papel relevante para eliminar novas necessidades deinvestimentos, uma vez que otimiza a utilização e a vida útil dosativos, além de incrementar o espaço físico, a capacidade derefrigeração e física de datacenters.A AmbienTI realiza serviços consultivos e projetos visando apoiar ocliente a entender melhor este novo segmento, direcionar suasações, montar suas estratégias e acompanhar todo o ciclo, desdeo projeto e implantação, até a operação e manutenção preventiva ecorretiva, garantindo o sucesso da implementação de formasustentada.Nossos consultores e parceiros estratégicos estão capacitados aorientar nossos clientes na escolha, implementação e operação denovas tecnologias em substituição daquelas atualmente em uso.Gerenciamento de Infraestrutura e Operações: Operações:
  • 26. A AmbienTI oferece ao mercado um novo conceito para gestão deimpressão, denominado “Impressão sob demanda”.Através deste novo conceito, os projetos de “Outsourcing” deimpressão ganham um novo dinamismo, onde o cliente passa aadotar os modernos conceitos “On-demand”, onde o custo deimpressão é otimizado mediante controle total de toda a cadeiadeste processo, com resultados orientados à padrões desustentabilidade priorizando as melhores práticas em TI Verde,que implica na garantia de economia em consumíveis, evitandodesperdícios de papel, toner, cartuchos, logística de reposição,espaço para estoque, bem como o precioso tempo das inúmeraspessoas de cada departamento, constantemente envolvidas emcontrolar o estoque, solicitar a compra, organizar, distribuir,efetuar a reposição, manutenção preventiva e corretiva dosequipamentos, garantia de qualidade dos documentos impressos,etc.Nossa solução envolve desde a terceirização da aquisição deimpressoras, gerenciamento, administração de consumíveis eassistência técnica dentro de uma organização. Com isto, o clientepode focar as suas atenções no core business da empresa,economizando tempo e dinheiro.O “outsourcing” de Impressão começa com a instalação de umSoftware de Monitoramento que visa gerar um levantamentodetalhado do parque de impressões. Nessa fase é medido o custoreal e atual por equipamento, a manutenção, o desperdício detempo e outros recursos desde o suprimento até o papel.Invariavelmente, máquinas com vários anos de uso, tecnologiasultrapassadas e baixa produtividade podem ser substituídas, comsensível aumento de eficiência e qualidade, bem como no tempo deimpressão e espaços físicos menores, com um controle de estoquebem mais rígido e devidamente programado, evitando inclusive asperdas por vencimento de validade das unidades de consumíveise/ou papel, transparências, lâminas, etc.Benefícios:Economia de papel, pelo controle por área na organização – TIVERDE.
  • 27. Impressões confidenciais garantidas e controladas, disparadas nolocal e no momento da necessidade através do uso de senhaspessoais.Velocidade de impressão por toda a organização ou por áreasespecificas, controle de prioridades e “workload” distribuído cominteligência pela rede de impressão.Assistência técnica homologada pelo fabricante, garantindosempre a reposição com peças genuínas e consumíveis originais.Equipamentos de backup – disponíveis através de SLA’s emcontratos.Eliminação de formulários pré-impressos, utilizando os formuláriosdigitais embutidos nas impressorasEcologicamente correto, logo que utilizamos equipamentos livresde chumbo no seu processo de fabricação (Lead Free)Descarte correto e controlado de toners, garantindo a nãocontaminação do meio ambiente. – TI VERDE. Clientes: Principais Clientes:
  • 28. Atenciosamente, Zion Technologies Kleber Garcia Alcatrão Phone: +55 (11) 2954-4015 Phone: +55 (11) 3534-5228 Phone: +55 (11) 3534-3885 Fax: +55 (11) 2954-2850 Mobile1: +55 (11) 7614-0076 Mobile2: +55 (11) 7529-6059 Mail: kleber@ziontechgroup.com Msn: kalcatrao@hotmail.com Web (Brasil): www.ziontechgroup.com.brWeb (South America): www.ziontechgroup.com Web (Global): www.sscs-sa.comEcommerce: www.ztg.com.br/ecommerce/zion Zion Web Solutions: www.ztg.com.br