COMUNICAR  PARA CRIAR VALOR NO TERCEIRO SECTOR Confiança • Cooperação • Paixão...  Inspirando a Mudança! Congresso de Inov...
Fonte  The Johns Hopkins “Comparative Nonprofit Sector Project” e Universidade Católica Portuguesa, 2005  www.jhu.edu / cc...
Inovação no Terceiro Sector Fonte   Julian Birkinshaw, co-founder InnovationLab, London Business School Que diferencia uma...
P R O C E S S O Pessoas – Liderança – Cultura Organizacional Ferramentas Offline e Online Técnicas de gestão dos processos...
Desenvolvimento de Relações de Confiança = Fonte de Vantagem Competitiva Barney&Hansen 1994 Confiança é uma construção cen...
Gerir Comunicação e Reputação ... que ofereça uma   Proposta de Valor para Clientes, Colaboradores e Sociedade ... ... Gar...
Compreender os objectivos de negócio, issues e barreiras Identificar stakeholders chave e suas percepções actuais vs desej...
European Communicator Monitor 2009 Fonte   http://www.zerfass.de/ecm/ECM2009-European_Communication_Monitor-Results.pdf   ...
Marketing Media Sociais Redes Sociais ( MySpace ,  Facebook ,  LinkedIn ) Social bookmarking ( Digg ) Review/ ratings site...
Processo de Participação: abordagem Humana Associações de amizade e alianças à volta de  produtos, serviços, ideias e caus...
1 2 3 4 Integre o básico no Site corporativo ou Blog: Online, RSS, Avaliação Dissemine conhecimento, hábitos de redes Soci...
Rede Dianova ONG COM ESTATUTO CONSULTIVO ESPECIAL JUNTO DO CONSELHO ECONÓMICO E SOCIAL DAS NAÇÕES UNIDAS SECRETÁRIA-ADJUNT...
Quem Somos Instituição Particular de Solidariedade Social e  Associação de Utilidade Pública  que intervém na  Educação, J...
A Nossa Equipa 9 novas contratações 2009 Total de Colaboradores 52 Intervenção 87% Administração 13% Sexo Masculino 45% Fe...
Gerindo Relações com Multi-Stakeholders <ul><li>Governo </li></ul><ul><li>Legisladores </li></ul><ul><li>Reguladores </li>...
Integrando meios de Comunicação tradicionais OFFLINE com os Novos Media e Redes Sociais ONLINE DIANOVA Comunicação Interna...
Prática Comunicação Online Integrada BANCO DE DEPÓSITO CONFIANÇA <ul><li>Os Mercados não são mais do que... CONVERSAS! </l...
ImPACTO Social Directo 2.041 Pessoas 83,7% Aumento BANCO DE DEPÓSITO CONFIANÇA Inclusão Social 98 Prevenção & Educação 412...
ImPACTO Comunicação OUTPUT IMPACT OUTCOMES Com que eficácia disseminamos a nossa mensagem <ul><li>Mensagens Media Positiva...
Obrigado O que pode começar a fazer HOJE? Abordagem integrada aos Stakeholders RP Rel. Governo Comm. Interna Marca/Causa R...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Dianova Comunicacao Congresso Inovacao Social UDIPSS

1,040 views
964 views

Published on

"Comunicar para criar valor no Terceiro Sector" foi o tema da apresentação da Dianova no Congresso de Inovação Social realizado a 16 de Dezembro no Porto. Foram disponibilizados dois exemplos de estratégias de comunicação - offline e online - que as as ONG/IPSS podem rápida e economicamente por em prática para dar início ao envolvimento com os seus stakeholders ante problemáticas específicas.

Published in: Business, Education
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
1,040
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
4
Actions
Shares
0
Downloads
24
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Dianova Comunicacao Congresso Inovacao Social UDIPSS

  1. 1. COMUNICAR PARA CRIAR VALOR NO TERCEIRO SECTOR Confiança • Cooperação • Paixão... Inspirando a Mudança! Congresso de Inovação Social UDIPSS Porto, 16 de Dezembro de 2009
  2. 2. Fonte The Johns Hopkins “Comparative Nonprofit Sector Project” e Universidade Católica Portuguesa, 2005 www.jhu.edu / ccss GLOBAL (40 PAÍSES) PORTUGAL O Sector Não Lucrativo Global e Portugal
  3. 3. Inovação no Terceiro Sector Fonte Julian Birkinshaw, co-founder InnovationLab, London Business School Que diferencia uma Organização da Sociedade Civil Especialmente Eficaz? Alinhar Percepções dos Stakeholders com Objectivos da Organização ( Modelo de Múltiplos Constituintes ) <ul><li>Direcções mais eficazes, tomando </li></ul><ul><li>decisões certas e fazendo bem as coisas </li></ul><ul><li>Maior uso de procedimentos correctos de gestão (avaliação de necessidades, planeamento estratégico, mensuração de satisfação) </li></ul><ul><li>Maior uso de estratégias de gestão de mudança </li></ul><ul><li>(procura novas fontes de receitas, incremento de legitimação, controlo de custos) </li></ul><ul><li>Ter Direcção com prestígio social relacionado apenas moderadamente </li></ul>Fonte “Nonprofit Organizational Effectiveness: contrasts between especially effective and less effective organizations”, Herman & Renz, 1998, Nonprofit Management and Leadership GESTÃO DA INOVAÇÃO INOVAÇÃO NAS PRÁTICAS DE TRABALHO FONTE VANTAGEM COMPETITIVA
  4. 4. P R O C E S S O Pessoas – Liderança – Cultura Organizacional Ferramentas Offline e Online Técnicas de gestão dos processos de mudança <ul><li>Que procedimentos e competências necessitamos? </li></ul><ul><li>O que é preciso mudar? </li></ul><ul><li>Como gerir a mudança em harmonia com os nossos valores? </li></ul>Estratégia Comunicação da Mudança Fluxo proactivo/construtivo Awareness Ι Compreensão | Compromisso | Mudança Informação Ι Diálogo | Envolvimento | Reconhecimento + + Gestão da Mudança Mudança Positiva vs Sustentabilidade e Desenvolvimento Organizacional
  5. 5. Desenvolvimento de Relações de Confiança = Fonte de Vantagem Competitiva Barney&Hansen 1994 Confiança é uma construção central no enquadramento e dinâmica da gestão de relacionamentos ( Credd & Miles, 1996 ). Desenvolver e manter a Confiança é tido como especialmente importante para a eficácia organizacional ( Davis et al, 2000 ) A R I S T O T L E S Brand/Marketing Engagement: Transparência, Honestidade & Interactividade ... em contar a história, experiência através de canais adequados para criar e manter relações de benefícios mútuos Reputação Ser de Confiança ... através da demonstração de depósitos de boas práticas no “banco da confiança” Credibilidade da Fonte Ethos -> carácter & integridade Logos -> expertise & competência Pathos -> carisma Confiança: a base dos Relacionamentos
  6. 6. Gerir Comunicação e Reputação ... que ofereça uma Proposta de Valor para Clientes, Colaboradores e Sociedade ... ... Garantindo a Sustentabilidade da Organização! O B J E C T I V O Criar uma marca corporativa fidedigna através da criação de um tipo inspirador de organização não lucrativa...
  7. 7. Compreender os objectivos de negócio, issues e barreiras Identificar stakeholders chave e suas percepções actuais vs desejadas Desenvolver uma comunicação estratégica que colmate o gap através dos drivers racionais e emocionais Gerindo Percepções PARA QUÊ? PARA QUEM? COM QUE OBJECTIVO? A missão da Comunicação é criar valor para os clientes ao ajudar a construir uma opinião informada acerca do produto/serviço
  8. 8. European Communicator Monitor 2009 Fonte http://www.zerfass.de/ecm/ECM2009-European_Communication_Monitor-Results.pdf 64,4% dos profissionais de comunicação estão envolvidos nos processos de decisão e planeamento Gestão da Mudança/Comunicação interna e CSR serão as áreas de maior crescimento na gestão da comunicação <ul><li>Os principais desafios nos próximos anos na Europa: </li></ul><ul><li>ligar a estratégia de negócio com a comunicação (47,3%) e lidar com a evolução digital e web social (45%) são as principais áreas estratégicas em evidência </li></ul><ul><li>comunicação online (20,2%), relações media online (31,5%) e media sociais (34,6%) registam os maiores crescimentos como canais de comunicação </li></ul>Tendências na Gestão da Comunicação
  9. 9. Marketing Media Sociais Redes Sociais ( MySpace , Facebook , LinkedIn ) Social bookmarking ( Digg ) Review/ ratings sites ( ePinions , BizRate ) Social media multimedia ( Flickr , YouTube ) Fóruns, Blogs e Agregadores de notícias Cada Media pode ser optimizado para gerar awareness e tráfico O Marketing através dos Media Sociais permite conectar-se a uma audiência a um nível pessoal e específico, permitindo à Marca/Causa interagir directamente com uma comunidade específica. Social Media Marketing é a forma de Marketing Digital que procura atingir os objectivos de comunicação da marca ou de marketing através da participação em:
  10. 10. Processo de Participação: abordagem Humana Associações de amizade e alianças à volta de produtos, serviços, ideias e causas É impulsionada por Pessoas em Comunidades nas quais comunicam e se congregam É criar culturas vibrantes e enriquecidas e usar ferramentas com que nos mantemos conectados É Criar, Partilhar e Descobrir novos Conteúdos Ecossistema que molda atitudes e comportamentos individuais Interacção humana
  11. 11. 1 2 3 4 Integre o básico no Site corporativo ou Blog: Online, RSS, Avaliação Dissemine conhecimento, hábitos de redes Sociais na sua Organização Torne as Redes Sociais (Twitter, Facebook, Flickr) parte das suas Operações quotidianas Verifique, mude, adapte e renove Fonte Philippe Borremans, Chief Social Media Officer, Van Marcke Group, Social Media WGC EACD Os seus Próximos Passos nas Redes Sociais
  12. 12. Rede Dianova ONG COM ESTATUTO CONSULTIVO ESPECIAL JUNTO DO CONSELHO ECONÓMICO E SOCIAL DAS NAÇÕES UNIDAS SECRETÁRIA-ADJUNTA DO C.A. DO COMITÉ DE VIENA DAS ORGANIZAÇÕES DA SOCIEDADE CIVIL PARA A POLÍTICA DE DROGAS
  13. 13. Quem Somos Instituição Particular de Solidariedade Social e Associação de Utilidade Pública que intervém na Educação, Juventude e Toxicodependência PROTOCOLOS AFILIAÇÕES Prevenção Comportamentos de Risco e Educação para a Saúde Tratamento e Reinserção de Toxicodependentes Desenvolvimento Sócio- Comunitário (Projecto SOLIS) Agente da Responsabilidade Social das Organizações Agente da Rede Social e Saúde Agente da Economia Social e Solidária Membro da Rede Dianova
  14. 14. A Nossa Equipa 9 novas contratações 2009 Total de Colaboradores 52 Intervenção 87% Administração 13% Sexo Masculino 45% Feminino 55% Idade (média) 41 anos Rácio Rotatividade 6,25% (Retenção Talentos 93,75%)
  15. 15. Gerindo Relações com Multi-Stakeholders <ul><li>Governo </li></ul><ul><li>Legisladores </li></ul><ul><li>Reguladores </li></ul><ul><li>Políticos </li></ul><ul><li>Administração Central e Local </li></ul><ul><li>Analistas de Projectos </li></ul><ul><li>Agências </li></ul><ul><li>Internacionais </li></ul><ul><li>Organização </li></ul><ul><li>Direcção </li></ul><ul><li>Empregados </li></ul><ul><li>Voluntários </li></ul><ul><li>Sócios </li></ul><ul><li>Fornecedores </li></ul><ul><li>Parceiros </li></ul><ul><li>Clientes </li></ul><ul><li>“ Shareholders” </li></ul><ul><li>Comunidade </li></ul><ul><li>Líderes </li></ul><ul><li>Analistas e Financeiros </li></ul><ul><li>Investidores e Patrocinadores </li></ul><ul><li>Público em geral </li></ul><ul><li>Academia e </li></ul><ul><li>Científico </li></ul><ul><li>Mercado </li></ul><ul><li>Prescritores </li></ul><ul><li>Profissionais de </li></ul><ul><li>Saúde , Social, Educação </li></ul><ul><li>Potenciais Clientes </li></ul><ul><li>Famílias </li></ul><ul><li>Líderes de Opinião </li></ul><ul><li>Concorrência </li></ul>Cultura de Cooperação e Cooptição na resolução de problemas numa perspectiva educativa e inclusiva <ul><li>Bom cidadão corporativo? </li></ul><ul><li>Desenvolvimento e Inclusão Social? </li></ul><ul><li>Um bom local de trabalho? </li></ul><ul><li>Equipa Coesa? </li></ul><ul><li>Inovadora? </li></ul><ul><li>Governança corporativa? </li></ul><ul><li>Impacto Social? </li></ul><ul><li>Qualidade de serviço? </li></ul><ul><li>Eficácia? </li></ul><ul><li>Relacionamentos sinérgicos? </li></ul>Confiável? Compromisso?
  16. 16. Integrando meios de Comunicação tradicionais OFFLINE com os Novos Media e Redes Sociais ONLINE DIANOVA Comunicação Interna “ Inspirando a Mudança” Conceito criativo Gestão da Marca Comunicação Corporativa Relações Governamentais Relações Media Comunicação Saúde Marketing Social e de Saúde Comunicação Online e Social Media BANCO DE DEPÓSITO CONFIANÇA Prática Comunicação Integrada
  17. 17. Prática Comunicação Online Integrada BANCO DE DEPÓSITO CONFIANÇA <ul><li>Os Mercados não são mais do que... CONVERSAS! </li></ul><ul><li>DIÁLOGO: </li></ul><ul><li>Bidireccional </li></ul><ul><li>Pessoas </li></ul><ul><li>Informação </li></ul><ul><li>Participação </li></ul>http://www.www.dianova.pt http://www.youtube.com/user/dianovaportugal http://www.flickr.com/photos/dianovaportugal http://twitter.com/dianovapt http://www.slideshare.com/dianova http://www.linkedin.com/in/ruipmartins http://www.facebook.com/ruipaulomartins   http://www.thestartracker.com http://ruimartins.myplaxo.com http://rs100fronteiras.ning.com/profile/RuiMartins http://pt.wikipedia.org/wiki/Dianova_Portugal
  18. 18. ImPACTO Social Directo 2.041 Pessoas 83,7% Aumento BANCO DE DEPÓSITO CONFIANÇA Inclusão Social 98 Prevenção & Educação 412 Des. Sócio-comunitário 1.133 Programa Tratamento 85 Formação & Inter. Familiar 313
  19. 19. ImPACTO Comunicação OUTPUT IMPACT OUTCOMES Com que eficácia disseminamos a nossa mensagem <ul><li>Mensagens Media Positivas </li></ul><ul><li>Cobertura Media regional, nacional e local: </li></ul><ul><li>48 notícias, </li></ul><ul><li>1,2 milhões de leitores </li></ul><ul><li>€ 75.607 ROI </li></ul><ul><li>Média de 6.660 visitas mensais ao site Dianova </li></ul>Que efeito tem a nossa comunicação nos stakeholders <ul><li>Reconhecimento positivo da capacidade de mudança, inovação e profissionalismo </li></ul><ul><li>Aumento de 19,2% pedidos informação online </li></ul><ul><li>Inflexão na curva da procura de tratamento: aumento 30,2% nas admissões </li></ul>Que mudanças através métricas de mensuração BANCO DE DEPÓSITO CONFIANÇA
  20. 20. Obrigado O que pode começar a fazer HOJE? Abordagem integrada aos Stakeholders RP Rel. Governo Comm. Interna Marca/Causa Redes Kit Envolvimento com mensagens chave (racionais e emocionais) Ligar programa Externo com Comunicação interna para envolver e inspirar Colaboradores Programa MKT Social ajudar os públicos alvo a modificar comportamento Estratégia Media activa com entrevistas, opiniões, testemunhos, e redes sociais Envolvimento com Governo e Autoridades Locais usando mensagens chave com enquadramento específico Diálogo Online constante para públicos específicos Canais orientados a interacção estimulando diálogo, recursos e respostas

×