Your SlideShare is downloading. ×
0
António Ferreira - Insegurança na Internet
António Ferreira - Insegurança na Internet
António Ferreira - Insegurança na Internet
António Ferreira - Insegurança na Internet
António Ferreira - Insegurança na Internet
António Ferreira - Insegurança na Internet
António Ferreira - Insegurança na Internet
António Ferreira - Insegurança na Internet
António Ferreira - Insegurança na Internet
António Ferreira - Insegurança na Internet
António Ferreira - Insegurança na Internet
António Ferreira - Insegurança na Internet
António Ferreira - Insegurança na Internet
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

António Ferreira - Insegurança na Internet

1,164

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
1,164
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. António Ferreira Nº4
    Tema: Insegurança na Internet
  • 2. (In) Segurança na Internet
    Estes últimos meses, a insegurança na Internet tem sido um tema cada dia mais importante para as pessoas e para as empresas. Todo o mês aparece um novo vírus, e a cada dias mais recebemos emails indesejados (spam). Veja quem está atrás disso e quais as soluções para não ser a próxima vítima.
  • 3. Spam e dinheiro
    Mandar spam é a prática mais lucrativa da Internet. Algumas estimativas dão a taxa de 1 compra por 15.000 emails mandados. Parece pouco, mas sabendo o número de spams que se pode mandar por dia, dá um retorno considerável. Um spammer com "large pipe", uma conecção muita rápida à Internet, chega a mandar 180 milhões de emails por dia. Podemos fazer contas: se o spammer vende por exemplo um produto por 10 dólares, 180 milhões x $10 / 15.000 = 120.000 dólares. Isso é na teoria mas, na realidade, o spam não deixa de ser muito lucrativo. Por isso recebemos tantas mensagens indesejadas no nosso email.
  • 4. Vírus e sistema operacional MS Windows
    O sistema operacional Windows é o mais usado (90%) no PC. Ele também é o sistema mais vulnerável e ameaçado pela nova geração de vírus: os worms e trojans. É muito fácil ter um computador infectado: basta esquecermo-nos de baixar o update do antivírus e do Windows. Na verdade, a maioria das pessoas e das empresas têm computadores não actualizados. Isso por que nem toda a gente sabe que existem estas actualizações, e também porque actualizar o sistema é demorado. Outro factor de contaminação é o leitor de emails MS Outlook Express que muita gente usa. Dado ter muitas falhas de segurança , muitos vírus têm-se propagado através dele, usando a lista de emails armazenada no catálogo de endereços.
  • 5. Crime organizado
    A nova geração de ameaças na Internet tem a ver directamente com o crime organizado que se apropriou do mercado de spam, da técnica dos criadores de vírus, da indústria pornográfica infantil e do roubo de números de cartões de crédito, aproveitando-se também da fraqueza do Windows. Já podemos ver as consequências: recebemos emails disfarçados pedindo a senha ou o número de nosso cartão de crédito, recebemos, a cada dia, mais emails pornográficos com fotos de crianças ou emails vendendo cópias ilegais de software.
  • 6. Os riscos que se correm
    A nova técnica para mandar spam é o uso de BotNets: infectar máquinas com um vírus, tomar o controle remoto de um computador, e usá-lo como servidor para mandar o spam. Os filtros anti-spam têm grandes dificuldades para este novo tipo de spam, pois não vem sempre do mesmo remetente, mais sim de milhares de remetentes ao mesmo tempo, e não têm como bloquear isso. Se tiver uma máquina infectada, nem vai perceber, pois a pessoa que tiver o controle dela, vai usá-la remotamente de forma invisível. Sua máquina vai começar a mandar vírus e milhares de mensagens ilegais (roubo de número de cartão de crédito, venda de software roubado, venda de órgãos, pornografia infantil, venda de lista de emails...) a partir do seu local de trabalho ou da sua casa. Chega um dia em que o seu provedor de acesso à Internet vai saber disso, pois muitas pessoas vão reclamar que recebem isso sempre do mesmo local. O seu provedor já sabe que o seu computador está enviando spam ilegal dia e noite e pode accioná-lo judicialmente.
  • 7. Como se proteger?
    Se não se tem o MS Windows no computador, não há motivo para preocupações, pois estas ameaças de segurança na Internet só existem com o Windows. Para quem usa Windows, é indispensável usar um firewall correctamente configurado, instalar um anti-vírus sempre actualizado, e fazer sempre as actualizações do Windows. Para quem usa cópias ilegais do Windows, há o inconveniente de não serem permitidas actualizações periódicas do anti-vírus.
  • 8.
  • 9. Crianças ignoram normas de segurança em redes sociais
    Um estudo mostrou que cerca de 40% das crianças deixam os seus dados visíveis em redes sociais, apesar das constantes advertências sobre o perigo de se deixar disponíveis ao público informações pessoais como número de telefone ou endereço de Internet.
    De acordo com a agência Reuters, o estudo da organização britânica Ofcom descobriu que muitas crianças superaram as restrições de idade para publicar o seu perfil em redes como Bebo, MySpace e Facebook. Além disso, metade das crianças - e um terço das que têm entre 8 e 11 anos de idade - estão registadas em alguma rede social.
  • 10. conselhos para segurança das crianças na Internet
    1- Não publicar informação que te possa identificar como menor nem revelar o local onde vives ou estudas. Utiliza um nickname em vez do nome real nos perfis. Nunca reveles dados como o teu número de telefone ou a tua morada.
    2- Se alguém te abordar e incomodar com mensagens e contactos estranhos, dá conhecimento a um adulto.
    3- Cuidado com a informação partilhada online e com quem tem acesso à mesma. Especial cuidado em particular com fotografias e vídeos, por poderem ser facilmente vistas por estranhos.
    4- Mantém relacionamentos apenas com conhecidos.
    5- Nunca marcar encontros com estranhos cujo contacto tem origem em redes sociais.
  • 11. No que diz respeito ao malware (vírus, worms, etc.)
    -Não clicar em ficheiros suspeitos de fontes desconhecidas ou não fiáveis. Isto aplica-se às mensagens recebidas através de redes sociais e e-mail.
    -Ao clicar em links, observar a página a que se acede. Se não a reconhecer, encerrar o browser.
    -Mesmo que não se observe nada de estranho na página mas seja solicitado o download de algo, não aceitar. Provavelmente tratar-se-á de algum tipo de malware.
  • 12. Conclusão
    Com este trabalho fiquei a saber mais como proteger o
    Meu computador .
  • 13. FIM

×