Alterações Climáticas, Inundaçõese o Abastecimento de Agua nasCidades Costeiras Angolanasapresentado porA. Cupi BAPTISTADe...
• As alterações climáticas são alterações ao longo dotempo quer devido à variabilidade natural ou comoresultado da activid...
• Uma consequência das alterações climáticas éque, até os fins do século XXI, as temperaturasserão mais elevadas de que ac...
• O aumento das temperaturas pode ter um impactona saúde humana através duma modificação dadistribuição geográfica de doen...
• Os dados limitados metrológica disponível porAngola sugere que a costa de Angola temdemonstrado um aumento da variabilid...
Factores ambientaisAguas InsolaçãoPercipitaçãoO clima de Angola é diverso. Angola situa-se entre áreasáridas e semi-áridas...
• A guerra resultou na destruição de infra-estrutura edas instituições durante quarentos anos.• A capacidade do Governo pa...
Estatísticas meteorológicas econflictoO "gap" dos dados de mais de 30 anos deinformações meteorológicas coincide com orece...
Assentamentos humanos ehabitaçãoQuatro décadas deguerra causaramuma grandemudançademográficaAs populações deáreas de confl...
SISTEMA DE INFORMAÇÃO TERRITORIALDensidade populacional de Luanda
• Angola ao longo deste período foi o país maisrapidamente urbanizado na região Sul Africano.• A cidade de Luanda, com uma...
• Doenças diarréicas como a cólera têm sidoendêmica em Luanda e em algumas outras cidadescosteiras que levam a surtos peri...
Assentamentos afetadas e ehidrologia na região costeiraSoyoLuandaBenguelaNamibe
• Uma pesquisa recente pela Development Workshoptem demonstrado que, em Luanda, muitos deslocadosinternos e outras família...
• Uma.Assentamentos em riscoÁreas onde asÁreas onde aságuas daságuas daschuvas mantêmchuvas mantêmse visíveis.se visíveis....
Assentamentos em risco
Modelo digital do terreno (GIS)MapeamentoMapeamentoparticipativoparticipativo dosdosdanos e riscosdanos e riscosbaseou-se ...
Monitoria e Informação das Sistemas deMonitoria e Informação das Sistemas deAguaAgua• A DW tem utilizado a Sistema de Info...
Áreas e tipos de inundaçãoDeclivesBuracosDesabamentoLagoDesabamento/lagoaLagoaRavinas e inundaçãoÁguas estagnadas<15m15 – ...
Dano estrutural dasconstruções:desabamentos.Danos ambientais
Mapeamento dosdoencasambientais
Problemas crónicas ambientais urbanas• A situação ambiental nas áreas periféricas das cidadesde Angola foi se deteriorando...
Mapa de valores de terra em Luanda 2011
Riscoambiental evalores deterraAssentamentos em risco
• Áreas urbanas de risco ambiental já estãolocalizadas desproporcionalmente em áreas baixasdo litoral. As alterações climá...
1. Montar uma programa da pesquisa paracontribuir para a compreensão do clima davariabilidade climática e mudança climátic...
Obrigado
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Cupi Baptista - Alteraçôas Climáticas e Água Urbana, Maputo, Maio 27 2013

187

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
187
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Cupi Baptista - Alteraçôas Climáticas e Água Urbana, Maputo, Maio 27 2013

  1. 1. Alterações Climáticas, Inundaçõese o Abastecimento de Agua nasCidades Costeiras Angolanasapresentado porA. Cupi BAPTISTADevelopment Workshop Angolaao
  2. 2. • As alterações climáticas são alterações ao longo dotempo quer devido à variabilidade natural ou comoresultado da actividade humana.• Geralmente as alterações climáticas vão tornar maisgraves vulnerabilidades existentes.• Variabilidade de precipitação, ou chuvas maisintensas, implica modificações dos parâmetros dasbacias fluviais (por exemplo a probabilidade deinundações).• Os correntes da costa marítima (como o Corrente deBenguela) são parte do sistema global e podemalterar devido a alterações climáticas.Alterações climáticas
  3. 3. • Uma consequência das alterações climáticas éque, até os fins do século XXI, as temperaturasserão mais elevadas de que actualmente.• Os modelos climáticos indicam que haverá umaumento de mas ou menos 3,0 na temperaturadurante os próximos 100 anos.• Na costa marítima é a subida do nível do mar.• Tem implicações para a adaptação e orientação dehabitação.• O planeamento dos assentamentos humanos nolitoral devem tomar em conta também os riscos decheias e a necessidade de reduzir os riscos deerosão dos solosAssentamentos humanos ehabitação
  4. 4. • O aumento das temperaturas pode ter um impactona saúde humana através duma modificação dadistribuição geográfica de doenças como opaludismo• Ligado às ilhas de calor urbanas, pode ter umimpacto sobre o conforto humano para trabalhar emtemperaturas elevadas.• Inundações mais frequentes podem criar riscos dedoenças ligadas a situações de saneamentodeficiente.• As áreas habitadas serão sujeitas aos riscos deinundação e de erosão que outras áreas se aschuvas torrenciais (e caudais altos durante certosperíodos)Assentamentos humanos ehabitação
  5. 5. • Os dados limitados metrológica disponível porAngola sugere que a costa de Angola temdemonstrado um aumento da variabilidade do clima(principalmente chuva) de um ano para o outro.• Esta variabilidade se estende de alguma formapara o interior.• Fatores que afetam essa variabilidade incluem ainfluência da Corrente de Benguela e• Da posição da Zona de Convergência Inter-Tropical(ZCIT).• O aumento da temperatura na Corrente deBenguela pode levar a maior pluviosidade ao longoda costa e, por vezes interior (embora os efeitospodem ser localizados).Aumento da variabilidade do climaAngolana
  6. 6. Factores ambientaisAguas InsolaçãoPercipitaçãoO clima de Angola é diverso. Angola situa-se entre áreasáridas e semi-áridas ao sul e áreas húmidas ao norte.Por isso há muitas incertezas sobre a o impacto dasalterações climáticas nesta região e provavelmente oimpacto vai ser diferente conforme a área do país
  7. 7. • A guerra resultou na destruição de infra-estrutura edas instituições durante quarentos anos.• A capacidade do Governo para manter umapresença administrativa e coletar dados de todos ostipos também foi afetada.• As últimas estatísticas meteorológicas nacionaiscompleto foram publicadas para o ano 1974.• O governo colonial tinha acumulado uma extensarede de mais de 500 estações meteorológicas emtodo o país.• Exceto por algumas estações urbanas como Luandarelatórios mais cessaram ou foram abandonadas noano seguinte.Estatísticas meteorológicas econflicto
  8. 8. Estatísticas meteorológicas econflictoO "gap" dos dados de mais de 30 anos deinformações meteorológicas coincide com orecente período de acelerada mudançaclimática.1932 1972 2007
  9. 9. Assentamentos humanos ehabitaçãoQuatro décadas deguerra causaramuma grandemudançademográficaAs populações deáreas de conflitorural fugiram para aseguranca dosassentamentosurbanos no litoralResultando em umaurbanização rápidado país.
  10. 10. SISTEMA DE INFORMAÇÃO TERRITORIALDensidade populacional de Luanda
  11. 11. • Angola ao longo deste período foi o país maisrapidamente urbanizado na região Sul Africano.• A cidade de Luanda, com uma taxa de crescimentomédia de 7% é a cidade que mais cresce na África.Urbanização rapidaFonte: UNHabitat 2011
  12. 12. • Doenças diarréicas como a cólera têm sidoendêmica em Luanda e em algumas outras cidadescosteiras que levam a surtos periódicos, como oque, em 2006, com mais de trinta mil casos ealgumas centenas de mortes.• Uma sucessão de enchentes devastadoras nosúltimos anos em cidades acima e abaixo da costa,incluindo Luanda, Benguela e Namibepode ser atribuída a uma combinação de factores,– incluindo a crescente variabilidade climática e– mudanças ambientais induzidas pela liquidação em zonasvulneráveis e– a remoção da vegetação natural nas bacias hidrográficascontíguas.Assentamentos Angolanos e avariabilidade climática
  13. 13. Assentamentos afetadas e ehidrologia na região costeiraSoyoLuandaBenguelaNamibe
  14. 14. • Uma pesquisa recente pela Development Workshoptem demonstrado que, em Luanda, muitos deslocadosinternos e outras famílias pobres se instalaram emzonas mais ambientalmente arriscadas da cidade.• Devido ao rápido aumento valores de propriedade aospobres, muitas vezes por necessidade econômicarealocados em áreas de risco ambiental.• Essas áreas tendem a ser baixas zonas costeiras,bacias hidrográficas suscetíveis a inundações ou comriscos de erosão elevados.• Essas áreas são quase sempre sem serviços desaneamento e abastecimento de água significa que aágua do solo seja poluída.Assentamentos em risco
  15. 15. • Uma.Assentamentos em riscoÁreas onde asÁreas onde aságuas daságuas daschuvas mantêmchuvas mantêmse visíveis.se visíveis. (Fotos(Fotostiradas num voo sobre atiradas num voo sobre acidade)cidade)Levantamento dos danos e riscos
  16. 16. Assentamentos em risco
  17. 17. Modelo digital do terreno (GIS)MapeamentoMapeamentoparticipativoparticipativo dosdosdanos e riscosdanos e riscosbaseou-se nestebaseou-se nesteconjunto de dadosconjunto de dadosSenso Remoto
  18. 18. Monitoria e Informação das Sistemas deMonitoria e Informação das Sistemas deAguaAgua• A DW tem utilizado a Sistema de Informação Geográfica(GIS) como instrumento de suporte a mobilização socialpara monitorar o funcionamento do serviço e planear asintervenções.• O GIS é um poderoso instrumentode avaliação do impacto doPrograma de água e dasustentabilidade financeira dagestão do sistema• Por ex: o GIS permite delinear àdensidade populacional, ilustrarindicadores de saúde pública, preçode água e distâncias a percorrer apé entre os pontos de água.
  19. 19. Áreas e tipos de inundaçãoDeclivesBuracosDesabamentoLagoDesabamento/lagoaLagoaRavinas e inundaçãoÁguas estagnadas<15m15 – 30m30 -45m45 – 60m>60mAvaliação dos tipos de riscoambiental
  20. 20. Dano estrutural dasconstruções:desabamentos.Danos ambientais
  21. 21. Mapeamento dosdoencasambientais
  22. 22. Problemas crónicas ambientais urbanas• A situação ambiental nas áreas periféricas das cidadesde Angola foi se deteriorando progressivamentedurante muitas décadas de conflitos armados.• Podem ser consideradas como estando em crisecrónica de saúde pública e do saneamento ambiental.• O crescimento dos sistemas de saneamento e amanutenção não manteve o ritmo do crescimentopopulacional.• Os poulaçoes mais vulneravais são localizados emsítios de riscos ambientais tal como ao longo de rios oulinhas de drenagem, susceptíveis a erosões severas.• Os grandes cidades costeiras de Angola estãolocalizadas na foz das bacias hidrográficas que colocarestes assentamentos em locais de riscoparticularmente elevado das mudancas climaticas.
  23. 23. Mapa de valores de terra em Luanda 2011
  24. 24. Riscoambiental evalores deterraAssentamentos em risco
  25. 25. • Áreas urbanas de risco ambiental já estãolocalizadas desproporcionalmente em áreas baixasdo litoral. As alterações climáticas vão aumentar orisco de elevação dos mares, o risco de inundaçõese fortes tempestades tropicais• Preparação para desastres e planos de gestão sãocomponentes vitais de uma estratégia de adaptação.• O planeamento urbano precisa refletir formal,hipóteses sobre as mudanças climáticas, tendo emconta novas informações sobre possíveis variações• As próprias comunidades, através de esforçosmicro-planejamento na organização coletiva, podedesenvolver planos e infra-estrutura necessáriapara reduzir sua vulnerabilidade a desastresnaturais.Concluções
  26. 26. 1. Montar uma programa da pesquisa paracontribuir para a compreensão do clima davariabilidade climática e mudança climática naszonas das assentamentos na região costeira.2. Identificar os riscos ambientais urbanos(erosão, inundações, para abastecimento deágua, do nível do mar, intrusão de água salgada)e seus impactos sobre os assentamentoscosteiros.3. Compreender os aspectos espaciais de acessoe acessibilidade de água potável, os níveis depobreza e vulnerabilidade ambiental em áreasurbanas.4. Desenvolver um sistema de informaçãogeográfica (GIS) mapeamento dos diferentesaspectos do acesso à água, a pobreza e risco.Recomendações programaticas
  27. 27. Obrigado

×