A formula da inovacao design echos light

545 views

Published on

Essa apresentação fez parte do workshop modelos de negócios inovadores que aconteceu na Design Echos nos dias 29 de agosto a 3 setembro.

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
545
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
13
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide
  • SOC July8-2002 09/02/11 03:31 PM
  • SOC July8-2002 09/02/11 03:31 PM
  • SOC July8-2002 09/02/11 03:31 PM
  • SOC July8-2002 09/02/11 03:31 PM
  • SOC July8-2002 09/02/11 03:31 PM
  • SOC July8-2002 09/02/11 03:31 PM
  • SOC July8-2002 09/02/11 03:31 PM
  • SOC July8-2002 09/02/11 03:31 PM
  • SOC July8-2002 09/02/11 03:31 PM
  • SOC July8-2002 09/02/11 03:31 PM
  • SOC July8-2002 09/02/11 03:31 PM
  • SOC July8-2002 09/02/11 03:31 PM
  • SOC July8-2002 09/02/11 03:31 PM
  • SOC July8-2002 09/02/11 03:31 PM Essa constatação foi uma das razões para o nascimento do TRANSFORMAÇÃO 2005. E talvez a principal palavrinha que vocês tem ouvido e cansarão de ouvir, seja INOVAÇÃO. Lembram-se que pouco tempo atrás falávamos da necessidade de MUDAR? Pois agora o discurso é que mudou. Não basta mudar. É necessário INOVAR.
  • SOC July8-2002 09/02/11 03:31 PM
  • SOC July8-2002 09/02/11 03:31 PM São exemplos de programas orientados para eficiência que produzem resultados de curto prazo, mas que eventualmente esgotam-se. Há um limite na quantidade de lucro que pode ser extraído de uma quantidade fixa de faturamento.
  • SOC July8-2002 09/02/11 03:31 PM
  • SOC July8-2002 09/02/11 03:31 PM
  • SOC July8-2002 09/02/11 03:31 PM
  • SOC July8-2002 09/02/11 03:31 PM
  • SOC July8-2002 09/02/11 03:31 PM
  • SOC July8-2002 09/02/11 03:31 PM
  • SOC July8-2002 09/02/11 03:31 PM
  • SOC July8-2002 09/02/11 03:31 PM
  • SOC July8-2002 09/02/11 03:31 PM
  • SOC July8-2002 09/02/11 03:31 PM
  • SOC July8-2002 09/02/11 03:31 PM
  • SOC July8-2002 09/02/11 03:31 PM
  • SOC July8-2002 09/02/11 03:31 PM
  • SOC July8-2002 09/02/11 03:31 PM
  • SOC July8-2002 09/02/11 03:31 PM
  • SOC July8-2002 09/02/11 03:31 PM
  • SOC July8-2002 09/02/11 03:31 PM
  • SOC July8-2002 09/02/11 03:31 PM
  • SOC July8-2002 09/02/11 03:31 PM
  • SOC July8-2002 09/02/11 03:31 PM
  • SOC July8-2002 09/02/11 03:31 PM
  • SOC July8-2002 09/02/11 03:31 PM
  • SOC July8-2002 09/02/11 03:31 PM
  • SOC July8-2002 09/02/11 03:31 PM
  • SOC July8-2002 09/02/11 03:31 PM
  • SOC July8-2002 09/02/11 03:31 PM
  • SOC July8-2002 09/02/11 03:31 PM
  • SOC July8-2002 09/02/11 03:31 PM
  • SOC July8-2002 09/02/11 03:31 PM
  • A formula da inovacao design echos light

    1. 1. Numa promoção Design Echos
    2. 2. <ul><li>Fitness </li></ul><ul><li>Intelectual </li></ul>Iscas Intelectuais
    3. 3. <ul><li>O cérebro é como um músculo. Se não se exercitar, atrofia. </li></ul>
    4. 4. <ul><li>Técnica </li></ul>Motivacional Autoajuda Comportamental Provocacional Autoatrapalhamento
    5. 5. in ia Vf x Spp x R Com Luciano Pires www.lucianopires.com.br A Fórmula da Inovação
    6. 6. Árvore de Valor Produto 23,2% Sup. Comercial 11,9% Sup. Promoc./ Comunicação 18,9% Sup. Técnico 10,3% Atendimento 23,3% Áreas de Valor Percebido pelo Mercado e suas respectivas Importâncias relativas Relacionamto 4,4% Imagem 8 % Valor Percebido 100% Satisfação Cliente
    7. 7. Paridade como fator de Comoditização
    8. 8. Quem é que ganha ? O melhor do Ponto de Vista Técnico Ou... Aquele que melhor Entender as Necessidades Dos clientes, Seu Comportamento, Pensamento, Raciocínio e Decisão ? Percepção de valor
    9. 9. Michael Hammer Beyond Reengineering “ Uma companhia não é definida por seus produtos e serviços, mas por seus processos.”
    10. 10. O que faz um produto classificar-se como comóditi... ...é a atitude das empresas por trás dele... ...e a leitura e sentimentos dos consumidores frente àquelas marcas .
    11. 11. Ser ou não ser COMÓDITI é decisão NOSSA!
    12. 12. A saída: criar diferenciações perceptuais para afastar o fantasma da comoditização .
    13. 13. A fórmula da Inovação Índice de Inovação in
    14. 14. Falando de inovação... inovação otimização
    15. 15. inovação como processo... <ul><li>Busca sistemática, organizada e contínua por novas oportunidades. </li></ul>
    16. 16. O caso da Gildemeister Onde: Nakata, 1995 Problema: torneava no máximo 12,5 mm e precisava tornear 14,5 mm Diagnóstico: impossível sem reformar, mas a reforma custaria o preço de uma máquina nova Solução: Nilton Henrique, um operador que não sabia que era impossível, foi lá e fez...
    17. 17. Falando de inovação... <ul><li>Inovação deve ser entendida de forma compreensiva. </li></ul>
    18. 18. Os quatro vértices da inovação CULTURA DA INOVAÇÃO Processos Marketing Organização Produtos
    19. 19. A fórmula da Inovação ia Índice de Percepção da Inconveniência Atual Índice de Inovação in
    20. 20. Satisfação do Cliente Conceito Defensivo Satisfação do Cliente <ul><li>Clientes atuais e passados </li></ul><ul><li>Experiência passada </li></ul><ul><li>Atributos de Produto </li></ul><ul><li>(o que os vendedores estão oferecendo) </li></ul>
    21. 21. Satisfação do Cliente = Satisfação De Desempenho Ex - Expectativa sa
    22. 22. <ul><li>FOCO NA EXPECTATIVA E NA EXPERIÊNCIA ! </li></ul>
    23. 23. A fórmula da Inovação Vf x Índice de Percepção da Vantagem Futura Índice de Inovação Índice de Percepção da Inconveniência Atual in ia
    24. 24. O “melhor negócio” na PERCEPÇÃO do cliente é onde deve estar ancorada nossa estratégia.
    25. 25. Satisfação e Valor Percebido pelo Cliente Valor Percebido pelo Cliente David C. Swaddling and Charles Miller. “Don`t Measure Customer Satisfaction”Quality Progress. Volume 35-Number5 Conceito Ofensivo ! Conceito Defensivo Satisfação do Cliente <ul><li>Clientes atuais e passados </li></ul><ul><li>Experiência passada </li></ul><ul><li>Atributos de Produto </li></ul><ul><li>(o que os vendedores estão oferecendo) </li></ul><ul><li>Clientes atuais e futuros </li></ul><ul><li>Experiência futura </li></ul><ul><li>Benefícios </li></ul><ul><li>(o que os clientes estão comprando) </li></ul>
    26. 26. A fórmula da Inovação R Índice de Percepção Do Risco Índice de Inovação Índice de Percepção da Inconveniência Atual Índice de Percepção da Vantagem Futura in ia Vf x
    27. 27. O fator UAU!
    28. 28. Marca não é apenas a manifestação física ou gráfica dos sinais de representação visual da empresa.
    29. 29. Marca é o conjunto organizado de percepções e de sentimentos que identifica m a empresa, seus produtos e serviços e os diferencia m de seus eventuais concorrentes .
    30. 30. <ul><li>FOCO NA PERCEPÇÃO! </li></ul>
    31. 31. Rubem Alves – 1933... <ul><li>Rotinas e repetições paralisam o pensamento Inteligência se alimenta de desafios. Sem desafios ela murcha, encolhe. O conhecimento só se inicia quando o familiar deixa de ser familiar, quando nos espantamos diante de um enigma: UAU! </li></ul>
    32. 32. Rubem Alves – 1933... <ul><li>É no espanto que o pensamento começa. </li></ul>
    33. 33. Graças aos CEUS !
    34. 34. A mente guarda os CEUS ! Ú NICO S ENSORIAL C RIATIVO E XCEPCIONAL
    35. 35. Num mercado competitivo, ser mediano, jogar pelas regras, é ser invisível!
    36. 36. <ul><li>FAÇA DIFERENTE! </li></ul>
    37. 37. <ul><li>FAÇA JÁ! </li></ul>
    38. 38. <ul><li>DESENVOLVA HABILIDADES PARA A INOVAÇÃO. </li></ul>
    39. 39. <ul><li>CRIE EXPECTATIVAS NÃO RAZOÁVEIS. </li></ul>
    40. 40. <ul><li>DEFENDA UMA CAUSA, NÃO UM NEGÓCIO. </li></ul>
    41. 41. <ul><li>RECOMPENSE! </li></ul>
    42. 42. A fórmula da Inovação Spp x Índice de Sucesso dos Primeiros Passos Índice de Inovação Índice de Percepção da Inconveniência Atual Índice de Percepção da Vantagem Futura Índice de Percepção Do Risco in ia Vf x R
    43. 43. <ul><li>Inovação como disciplina se pratica por meio do uso imaginativo – e não genial – de conhecimentos que estão ao alcance de todos. </li></ul>Para conceber novas maneiras de fazer velhas coisas.
    44. 44. A fórmula da Inovação <ul><li>in </li></ul>ia Vf x Spp x R
    45. 45. Muito obrigado www.lucianopires.com.br

    ×