Arte mesopotâmica

4,196 views
3,941 views

Published on

Trabalho sobre as artes dos povos mesopotâmicos. 2°A

João Marcos, Bianca, Luanna, Rhayanne e Jullyanne

Published in: Education
0 Comments
5 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
4,196
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
80
Actions
Shares
0
Downloads
118
Comments
0
Likes
5
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Arte mesopotâmica

  1. 1. 29/3/2012EREMPADREOSMAR ARTE MESOPOTÂMICANOVAES João Marcos Nascimento da Silva, 2 “A”
  2. 2. ARTE SUMÉRIAArte da antiga Suméria (sul da antiga Babilônia, hoje sul do Iraque), teve lugar nolocal onde se desenvolveu uma civilização de cidades-estados durante o terceiromilênio a.C. Os sumérios apresentaram uma das mais ricas e variadas tradiçõesartísticas do mundo antigo, a base sobre a qual se desenvolveu a arte dos assírios ebabilônios. Grande parte do que conhecemos da arte suméria procede dasescavações das cidades de Ur e Erech. O aspecto dominante da arquitetura dasgrandes cidades era o templo-torre (zigurate). As fachadas com colunas tinhamdecoração de lápis-lazúli, conchas e madrepérola. Também eram produzidas joiasdo mais delicado trabalho em ouro e prata, esculturas de cobre, cerâmica, gravurae selos. Os sumérios trabalhavam bem a pedra e a madeira, e foram pioneiros nautilização de veículos com rodas.ARTE ASSÍRIAA arte da Assíria desenvolveu-se no reino (situado onde hoje está o Iraque) queestabeleceu um dos maiores impérios do antigo Oriente Próximo.No início de sua história, os assírios parecem ter sido dominados pelas civilizaçõesmais poderosas da Babilônia e da Suméria. O império alcançou seu apogeu nogoverno de Senaqueribe (705-681 a.C.), que reconstruiu a antiga Nínive, trazendoágua das montanhas para dentro da cidade através de um elaborado sistema decanais, e criando uma rede de ruas e praças. As escavações arqueológicascomprovam que as construções eram grandiosas e fartamente adornadascom pinturas e esculturas.Apenas fragmentos das pinturas foram preservados, mas uma considerávelquantidade de esculturas sobrevive. Os assírios foram um povo guerreiro ena arte se dedicaram a glorificar seus reis e exércitos; o tipo de trabalho maiscaracterístico era uma sequência de painéis de pedra esculpidos com baixos-relevos representando cenas militares ou de caça. Este tipo de relevo narrativo,disposto em torno de salões governamentais ou pátios, é uma invenção assíria econstitui sua maior contribuição para o mundo da arte.
  3. 3. A outra forma específica de escultura assíria era o Lamassu, um colossal animalalado, com cabeça humana, utilizado aos pares para flanquear a entradade palácios. A civilização assíria sucumbiu quando sua capital, Nínive, foi capturadapelos babilônios e medas em 612 a.C.ARTE BABILÔNICAA arte da Babilônia desenvolveu-se no reino antigo do Oriente Próximo; suacapital era Babilônia, cujas ruínas estão próximas da cidade de Al Hillah, no Iraque.Provavelmente, a cidade foi fundada no quarto milênio a.C., tornando-se o centrode um vasto império no século XVIII a.C., sob o reinado de Hamurabi. O povobabilônio mais antigo era herdeiro direto da civilização suméria, que inspirou aarte da sua primeira dinastia. A partir do século XVII a.C., a Babilônia foi dominadapor outros povos e de 722 a 626 a.C. esteve sob o controle da Assíria. A Babilôniaatingiu seu período de apogeu e prestígio depois de ter colaborado para a derrotados assírios.Nabucodonosor II, cujo reinado se estendeu de 605 a 562 a.C., reconstruiu a capitalcomo uma das maiores cidades da Antiguidade e foi, provavelmente, o responsávelpelos famosos jardins suspensos da Babilônia, dispostos de forma engenhosa emterraços elevados, irrigados por canais provenientes do rio Eufrates. A melhorvisão do esplendor da arquitetura babilônica pode ser obtida através da Porta deIshtar (575 a.C.) uma luxuosa estrutura de tijolos esmaltados reconstruídano Museu Staatliche, na antiga Berlim Oriental. Era a mais grandiosa das oitoportas que serviam de entrada para a Babilônia.
  4. 4. ARTE PERSAA arte persa é um conjunto de obras e estilos artísticos que se originaram ou sedesenvolveram na Pérsia. Entre 550 e 500 a.C., uma tribo habitante da planícieiraniana adorava a luz e o sol, acreditava na luta entre o bem e o mal e há muitotempo encontrava-se sob o jugo dos medos. Estes rudes guerreiros eram os persas.Em 558 a.C., sob o comando de Ciro, o Grande, eles se revoltaram e derrotaramseus opressores. Conquistaram depois o reino da Lídia, em 546 a.C. e o daBabilônia, em 539 a.C., construindo o Império Persa e dominandoos jônios na Grécia. Foram, porém, derrotados na batalha de Maratona, em 490 a.C.,durante o governo de Dario I. Outra batalha famosa, a de Salamina, em 480 a.C. deuinício a uma série de derrotas, que culminaram com a revolta dos gregos,auxiliados pelos egípcios, representando o início da derrocada deste Império.Esta civilização era essencialmente guerreira, característica naturalmente expressaem sua produção artística, com a criação de criaturas míticas, fantásticas, quasesempre grandiosas, figuras com cabeças humanas e corpos de leão, touro e águia.Suas esculturas eram modeladas com argila e mármore, seus palácios eimponentes construções testemunham o valor da arquitetura persa,as sedas e tapeçarias foram idealizadas como verdadeiras obras de arte.

×