Modalidade de Fraude em Caixas Eletrônicos

  • 335 views
Uploaded on

 

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
No Downloads

Views

Total Views
335
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
3
Comments
0
Likes
1

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Roubo nos Caixas
    • Inicialmente, podemos verificar a aproximação de um cliente no caixa eletrônico, o qual, aparentemente, está realizando uma simples transação
  • 2.
    • Contudo, o que realmente está acontecendo, é a instalação de um dispositivo flexível dentro do caixa, com a finalidade de “capturar” o cartão do próximo usuário.
    Instalação do Dispositivo
  • 3. Conduta dos Criminosos
    • Alterar um caixa é uma atividade arriscada. Estes indivíduos estão sempre acompanhados de um ou mais comparsas, os quais observam a aproximação de possíveis vítimas em potencial ou da polícia.
  • 4.
    • Aqui vemos um cliente utilizando o caixa após a colocação do dispositivo. Resultado: o caixa eletrônico retêm o cartão e impede a transação
    A Vítima (Cliente)
  • 5. A Captura
    • O cliente, com o cartão capturado, fica confuso, provavelmente se pergunta o porquê da retenção.
    • Logo após, entra em cena o fraudador, que oferece ajuda.
  • 6. A Assistência
    • Aqui vemos o fraudador pretendendo dar assistência.
    • Mas, o que ele está fazendo de verdade é memorizar a senha da vítima.
  • 7. Obtendo a Senha
    • Ele convence a vítima/cliente de que poderá recuperar seu cartão teclando a senha.
    • Mentira, ele aperta ambos os botões de “cancel” e “enter”.
  • 8. Dando-se por vencido
    • Depois de várias tentativas, o cliente se convence que o cartão foi capturado pelo caixa eletrônico. Ambos, o cliente o o fraudador, deixam a cabine do caixa.
  • 9. Apropriação do Cartão
    • Convencido que o cliente foi embora, o fraudador regressa para sacar o cartão capturado no dispositivo. Agora ele não só tem o cartão como também a senha da vítima.
  • 10. O Prejuízo
    • Na posse do cartão e da senha da vítima, o fraudador saca o dinheiro do caixa eletrônico.
  • 11. O Dispositivo
    • O material é feito de papel de radiografia (raio-X).
    • Por ter uma coloração escura e por se parecer com o mesmo material utilizado no caixa eletrônico, muitas vezes passa despercebido pelo usuário.
  • 12. Como Reconhecer?
    • O dispositivo é instalado no local onde se coloca o cartão magnético, ficando visível apenas uma pequena ponta para fora. Dessa forma, o cartão não é engolido pela máquina e prende o cartão.
  • 13. Camuflagem do Dispositivo
    • A ponta, que estava visível, é presa ao caixa, tornando-a imperceptível. O cliente não consegue detectar o dispositivo.
  • 14. Funcionamento do Aparelho
    • São feitos cortes em ambos os lados do dispositivo para ter certeza que o cartão ficará preso dentro do caixa eletrônico.
  • 15. Recuperando o Dispositivo
    • Com a saída do cliente, o fraudador desprende as pontas do dispositivo e retira o cartão da vítima.
  • 16. Recomendações
    • Se o cartão ficar retido, verificar a presença de algum objeto estranho que possa estar prendendo o cartão na máquina;
    • Procure retirar o dispositivo, a fim de resgatar o cartão;
    • Não aceite ajuda de terceiros “bem intencionados”, que normalmente agem com muita educação e calma;
    • Nunca digite a senha em frente a outras pessoas;
    • Comunique, imediatamente, o ocorrido ao banco.
  • 17. Repasse esta mensagem ao maior numero de pessoas conhecidas