Transporte celular

79,562 views
78,798 views

Published on

Existem dois tipos de transportes transmembrana:
Transporte Passivo;
Transporte Ativo;

3 Comments
38 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total views
79,562
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
9
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
3
Likes
38
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Transporte celular

  1. 1. BiologiaTransporte Transmembrana<br />Osmose: Bruno Oliveira; Bárbara Evelyn; Eduardo Filipe;<br />Transporte Passivo: Bruno Henrique; Caio Cesar; Bruna Elen;<br />Transporte Ativo: Cristiane Viana; Denise Lemos; Diego;<br />
  2. 2. Transporte transbembrana<br />É toda e qualquer forma de transporte de moléculas ou células através de uma membrana celular<br />
  3. 3. Tipos de Transportes<br />Existem dois tipos de transportes transmembrana:<br />Transporte Passivo;<br /> Osmose;<br />Transporte Ativo;<br />
  4. 4. Transporte Passivo<br />
  5. 5. Transporte Passivo<br />O transporte passivo ocorre sem gasto de energia, e é o nome que se dá ao fenômeno da passagem natural de pequenas moléculas através da membrana plasmática. Esse fenômeno ocorre devido a diferença de pressão entre os líquidos que ficam dois lados da membrana.<br />
  6. 6.
  7. 7. Tipos de Transporte Passivo<br />Existem três modos de transporte passivo:<br /><ul><li>Difusão Simples;
  8. 8. Difusão Facilitada;
  9. 9. Osmose.</li></li></ul><li>Difusão Simples<br />Ocorre quando um soluto apolar atravessa a membrana para obter isotonia e pelo movimento aleatório e contínua das substâncias pelos líquidos corporais, que ocorre pela sua própria energia cinética.<br />As substâncias normalmente transportadas são gases como 02, N2 e CH4.<br />
  10. 10. Difusão Facilitada<br />Ocorre quando devido ao tamanho da molécula, ela não consegue atravessar sozinha a membrana, sendo então, transportada por uma proteína transportadora que se localiza em alguma membrana biológica.<br />As substâncias normalmente transportadas são a glicose e grande parte dos aminoácidos<br />
  11. 11.
  12. 12. Osmose<br />
  13. 13. Osmose<br />A osmose é o transporte de solvente - do meio de maior concentração para o de menor concentração sem gasto de energia.<br />
  14. 14. Osmose na célula<br />
  15. 15. Como ocorre a osmose<br />A água passa de um meio hipotônico (menor concentração de soluto) para um hipertônico (maior concentração de soluto). O processo se finaliza quando os dois meios ficam com a mesma concentração de soluto (isotônico). <br />
  16. 16. Osmose<br />A osmose, é um processo de extrema importância para as células humanas, pois a concentração de sais se da por tal processo. Como não há gasto de energia, é um processo passivo. <br />
  17. 17. A osmose é divida em dois tipos:<br />Exosmose;<br />Endosmose;<br />
  18. 18. exosmose<br /> Ocorre quando o meio exterior possui uma concentração maior que o interior, fazendo assim com que a corrente de água vá do interior para o exterior.<br />
  19. 19. Exosmose<br />
  20. 20. Endosmose<br />Ao contrario da exosmose na endosmose o meio interior possui uma concentração maior que o exterior, fazendo assim com que a corrente de água seja do exterior para o interior.<br />
  21. 21. Endosmose<br />
  22. 22.
  23. 23. Transporte ativo<br />
  24. 24. Transporte Ativo<br />É a passagem de umasubstância de um meiomenosconcentradopara um meiomaisconcentrado (contra o gradiente), queocorre com gasto de energia a partirdadissociação de umamolécula de AdeninaTrifosfato (ATP).<br />
  25. 25. ATP<br />O ATP armazena energia para atividades realizadas pelas células.<br />ATP + água  ADP + P(fosfato inorgânico) + ENERGIA<br />ADP = adenosina difosfato<br />
  26. 26.
  27. 27. 3 Fontes de Energia<br />1° - Transporte Acoplado.<br />2° - Transporte impulsionado por ATP.<br />3° - Transporte impulsionado por luz.<br />
  28. 28. Transporte acoplado (ativo indireto)<br />No transporte acoplado, o gradiente de concentração mantido no transporte ativo direto de íons ( por ATP ), serve como fonte de energia para o transporte ativo indireto de outras substâncias.<br />
  29. 29. Transporte acoplado (ativo indireto)<br />No transporte ativo indireto, as moléculas movem-se para dentro ou para fora da célula, em conjugação com um íon que lhe fornece energia, por isso este tipo de transporte é do tipo acoplado ou cotransporte.<br />
  30. 30.
  31. 31. Uniporte: Somente um tipo de soluto.<br />Transporte Acoplado<br />Simporte : as substâncias transportadas, em geral açúcares e aminoácidos, movem-se na mesma direção. <br />Antiporte : as substâncias transportadas, em geral íons, movem-se em direção contrária.<br />
  32. 32. Transporte impulsionado por ATP<br /><ul><li>Bomba de NA+ e K+:Este tipo de transporte se dá quando íons como o sódio (Na+) e o potássio (K+), tem que atravessar a membrana contra um gradiente de concentração.
  33. 33. Encontramos concentrações diferentes, dentro e fora da célula, para o sódio e o potássio. </li></li></ul><li>A proteína participante desse tipo de transporte ativo recebe o nome de bomba de sódio e potássio. <br />Todo este mecanismo de transporte ativo que mantém tais distribuições iônicas é de suma importância para a transmissão do impulso nervoso.<br />
  34. 34.
  35. 35. Transporte impulsionado por luz<br />Existem organismos (fototróficos) que utilizam a energia luminosa ao invés da energia proveniente de reações químicas para o seu crescimento. <br />
  36. 36. Um caso a parte - translocação de grupo<br /> A translocação de grupo é um tipo de transporte ativo que possui um diferencial:<br /> A energia é gasta para transportare para modificar a substância transportada. <br /> A membrana é impermeável à “nova” substância, já dentro da célula.<br /> Exemplo: Moléculas de açúcares passam pelo processo.<br />
  37. 37. xx/xx<br />36<br />MEMBRANA PLASMÁTICA<br />FAGOCITOSE<br />ENDOCITOSE<br />SÓLIDOS<br />PINOCITOSE<br />ENGLOBAMENTO<br />LÍQUIDOS<br />TRASPORTE<br />EM<br />QUANTIDADE<br />EXOCITOSE<br />CLASMOCITOSE<br />GRANDES<br />MOLÉCULAS<br />RESÍDUOS<br />ELIMINAÇÃO<br />
  38. 38. Endocitose e exocitose<br />
  39. 39. Endocitose<br />É o processo de ingestão de macromoléculas que não conseguem atravessar a membrana plasmática nem pela parte lipídica nem pela parte protéica.<br /> Dividida em:<br />Fagocitose<br />Pinocitose<br />
  40. 40. Fagocitose<br />Fagocitose é o englobamento e digestão das de partículas ( SÓLIDAS ) ou de célulasmortasporfagócitosoucélulasamebóides.<br />Ex.: Na corrente sanguínea ocorre quando o sistema imunológico identifica um corpo estranho que será englobado e digerido pelos leucócitos. <br />
  41. 41. pinocitose<br />Pinocitose é o englobamento e disgestão de partículas ( LÍQUIDAS ), é um sistema de alimentação celular complementar a fagocitose.<br />Ex.: Como os pequenos vasos sanguíneos obtêm sua nutrição. <br />
  42. 42. Vacúolo digestivo<br />Forma-se o vacúolo digestivo através da fusão entre o lisossomo e bolsas formadas na fagocitose ou pinocitose.<br />
  43. 43. Vacúolo digestivo<br />
  44. 44. Exocitose<br />Exocitose é o processo pelo qual uma célula eucariótica viva liberta substâncias para o fluido extracelular. É o oposto de endocitose. <br />
  45. 45. Clasmocitose<br />Clasmocitose é o processo de eliminação de resíduos provenientes da digestão intracelular realizado pelas células. É uma exocitose. <br />
  46. 46. Clasmocitose<br />
  47. 47. MEMBRANA PLASMÁTICA<br />RESUMO<br />TRANSPORTE EM QUANTIDADE<br />FAGOCITOSE<br />PINOCITOSE<br />CLASMOCITOSE<br />SÓLIDOS<br />LÍQUIDOS<br />RESÍDUOS<br />
  48. 48. Referências<br />http://pt.wikipedia.org/wiki/Clasmocitose<br />http://64.233.163.132/Morfologia/material_didatico/Prof_Cesar_Martins/Biologia_celular<br />http://www.ufmt.br/bionet/conteudos/15.09.04/transporte.htm<br />http://pt.wikipedia.org/wiki/Membrana_plasm%C3%A1tica<br />http://vsites.unb.br/ib/cel/microbiologia/nutricao/nutricao.html<br />Microbiologia/ Vários autores – 6. ed – Porto Alegre: Artmed, 2000<br />Biologia: ensino médio, volume único/ J. Laurence – 1. ed – São Paulo: Nova Geração, 2005 <br />

×