• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Demetrio brasil urbano 3º ano
 

Demetrio brasil urbano 3º ano

on

  • 949 views

Brasil Questões urbanas; Hierarquia; População Rural versus Urbana.

Brasil Questões urbanas; Hierarquia; População Rural versus Urbana.

Statistics

Views

Total Views
949
Views on SlideShare
949
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
5
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Demetrio brasil urbano 3º ano Demetrio brasil urbano 3º ano Presentation Transcript

    • WWW.MELO-GEOGRAFIA.BLOGSPOT.COM
    • Principais Dilemas Urbanos Prof. Demétrio Melo www.melo-geografia.blogspot.com
    • Visão GeralBrasil26 estados e 1 Distrito Federal5565 municípios8.534.960,5 km2Cerca de 190 mi hab.
    • BRASIL - POPULAÇÃO RELATIVA URBANA E RURAL EM %908070605040302010 0 1940 1950 1960 1970 1980 1991 1996 2000 RURAL URBANA
    • Lazer Existem inúmeras formas de lazer na cidade de São Paulo, entretanto poucas pessoas usufruem desses meios de consumo. O transporte é caro e os equipamentos geralmente encontram-se distantes da populaçãoVista parcial da Av. Paulista Praia de Ubatuba-SP
    • • EM FUNÇÃO DO ENVOLVIMENTO DAS NAÇOES INDUSTRIALIZADAS NA SEGUNDA GUERRA MUNDIAL PAÍSES COMO O BRASIL PROMOVEM O PROCESSO DE SUBSTITUIÇÃO DE IMPORTADOS• GETÚLIO VARGAS (1930-1945) DÁ INÍCIO AO PROCESSO DE INDUSTRIALIZAÇÃO DA ECONOMIA BRASILEIRA
    • • JUSCELINO KUBITSCHEK (DÉCADA DE 1950) PROMOVE FORTE ABERTURA DA ECONOMIA NACIONAL AOS GRANDES GRUPOS ESTRANGEIROS• AMPLIANDO A MALHA RODOVIÁIRIA – FACILITANDO OS DESLOCAMENTOS POPULACIONAIS DO INTERIOR ÀS MAIORES CIDADES DO SUDESTE
    • Plano Urbano Vista de satélite da Cidade do Rio de Janeiro Na cidade do Rio de Janeiro atual há 1 morador em favela para cada habitante geral. O rápido processo de precarização do trabalhador e a falta de controle urbano originaram parte dos problemas enfrentados por seus cidadãos.
    • AS RM’S As regiões metropolitanas brasileiras foramcriadas por lei aprovada no Congresso Nacionalem 1973, que as definiu como um conjunto demunicípios contíguos e integradossocioeconomicamente a uma cidade central ,com serviços públicos e infraestrutura comum,que deveriam ser reconhecidos pelo IBGE.
    • BRASIL: DENSIDADE DEMOGRÁFICA
    • HIERARQUIA URBANA
    • ESPACIALIDADE INDUSTRIAL
    • Habitação Existem 750 favelas cadastradas na cidade do Rio de Janeiro, contra mais de 1400 em São Paulo. Segundo o IBGE em 2000 haviam mais de 1.248.091 na Grande Rio e mais de 1.678.00 na Grande SP.Segundo levantamento da Adm. Municipal existem mais de 14 mil moradores de rua na cidade de São Paulo.
    • O acelerado crescimento dos centros do Sudeste criaram cenas como essas. O antagonismo entre riqueza e pobreza. Favelas do Morumbi-SPSegundo estimativas das Nações Unidas o Brasil em 2020 terá mais de 55 milhões de pessoas vivendo em favelas.
    • Trabalho e renda A força de trabalho feminina já supera os 50% da PEA, entretanto a média salarial delas é cerca de 80% da remuneração dos homens.Indústria têxtil-SP Indústria automotiva-SP
    • TransporteNa capital paulista a média dos engarrafamentos chega a 100 km. O que gera perdas financeiras e aumenta os custos com o transporte.
    • Transporte A precarização dos sistemas de transporte públicos em centros como São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília consomem em média 30% da renda doOutro sério problema é a diminuição da trabalhador. produtividade, uma vez que as longas viagens da casa ao trabalho consomem muitas horas daqueles que necessitam se deslocar.
    • Possíveis SoluçõesIncremento da massa assalariada;Criação de programas que ampliem o acesso à moradia popular;Controle público das áreas que ofereçam maior risco à construção;Incentivo ao transporte público de qualidade;Maior controle da frota de veículos que circulam nos centros urbanos de maior adensamento demográfico e econômico;Utilização dos sistemas de análise de sensoriamento remoto para o planejamento urbano;Remoção das habitações das áreas de risco natural e social;Estímulos ao crédito rural à proprietários rurais;Por em prática o plano Nacional de Prevenção à Catástrofes Naturais.Desenvolvimento dos Planos Diretores participativos.
    • • Grato pela atenção• Bons estudos 