AS CONTRADIÇÕES DO  DESENVOLVIMENTOVERSUS MEIO AMBIENTEProfa. Dra. Delza Rodrigues de Carvalho               Delza R. de C...
   O meio ambiente diz respeito a todos, o    desenvolvimento diz respeito a todos, a vida e    o viver dizem respeito a ...
RELAÇÕES DO MEIO AMBIENTE COM O SISTEMA                SOCIAL   A partir da revolução industrial   a velocidade de produ...
Interação do meio ambiente com a atividade                econômica   Como fornecedor de recursos naturais e    receptor ...
Interação do meio ambiente com a atividade                      econômica   a atividade econômica também produz seus    r...
FIGURA 01                    RELAÇÕES DO MEIO AMBIENTE COM O SISTEMA SOCIAL                                              ...
RELAÇÕES DO MEIO AMBIENTE       COM O SISTEMA SOCIAL   É possível proteger o meio ambiente, em um    sentido   absoluto, ...
Modelo de Desenvolvimento   Não, mas é possível decidir, por níveis de    degradação     socialmente aceitáveis pelas    ...
PROPOSTA DE         DESENVOLVIMENT0   Norteado      por    um            padrão   estável   de    crescimento     associa...
Consciência Ambiental   Década de 80.   A degradação ambiental passa a ser vista como uma    barreira decisiva ao desenv...
Desenvolvimento Sustentável   Com     este    relatório         surge         o   conceito   de    Desenvolvimento Susten...
  Em 1992 na cidade do Rio de Janeiro,       ocorreu a denominada de ECO-92:   Convenção e assinatura de acordos sobre  ...
A Agenda 21   Um dos principais resultados da conferência Eco-92    É um documento que estabeleceu a importância de    ca...
A Agenda 21   Contudo, não se estabelecem os necessários    mecanismos                     (económico-financeiros,    ins...
Os objectivos da Conferência   Na Conferência apenas são assinadas 2 das 3    convenções previstas:   a do Clima e da Bi...
Protocolo de Kyoto   1997 a Conferência das Nações Unidas sobre    na qual foi elaborado o Protocolo de Kyoto    com um o...
Consciência Ambiental   Em 2002, em Johannesburgo, na cidade    sul-africana,   através                do   Plano   de   ...
Declaração Política da Cúpula Mundial de            Desenvolvimento Sustentável   O principal objetivo pedir anistia das ...
A Emergência da Consciência Ambiental   Para a História ficam apenas atitudes    simbólicas:   - o Plano de Implementaçã...
A Emergência da Consciência Ambiental   Mesmo      tentando         não         subestimar   os    compromissos assumidos...
Crítica às Ações de Apoio ao Desenvolvimento   Para seguir o caminho do desenvolvimento sustentável,    um dos passos mai...
Crítica às Ações de Apoio ao Desenvolvimento   A eficácia das relações internacionais ao nível do    ambiente, passa pelo...
Crítica às Ações de Apoio ao Desenvolvimento   As rápidas e profundas mudanças ambientais,    econômicas e culturais, pro...
Desenvolvimento Econômico/Proteção do                   Ambiente   As instituições que realizam os principais esforços de...
Desenvolvimento Econômico/Proteção do             Ambiente                          Métodos de Valoração Mercado Hipotétic...
   OBRIGADA     Delza R. de Carvalho
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Relações do meio ambiente com o sistema social

1,199 views
1,038 views

Published on

Published in: Education
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
1,199
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
143
Actions
Shares
0
Downloads
35
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide
  • Delza R. de Carvalho
  • Relações do meio ambiente com o sistema social

    1. 1. AS CONTRADIÇÕES DO DESENVOLVIMENTOVERSUS MEIO AMBIENTEProfa. Dra. Delza Rodrigues de Carvalho Delza R. de Carvalho
    2. 2.  O meio ambiente diz respeito a todos, o desenvolvimento diz respeito a todos, a vida e o viver dizem respeito a todos (....). Joseph Opuma ( 1986) Delza R. de Carvalho
    3. 3. RELAÇÕES DO MEIO AMBIENTE COM O SISTEMA SOCIAL A partir da revolução industrial a velocidade de produção de rejeitos da sociedade; o avanço do mundo urbanizado; e a força poluidora das atividades industriais. superam muito a capacidade regenerativa dos ecossistemas e reciclagem dos recursos naturais renováveis, colocando em níveis de exaustão os demais recursos naturais não renováveis. Delza R. de Carvalho
    4. 4. Interação do meio ambiente com a atividade econômica Como fornecedor de recursos naturais e receptor de resíduos. O sistema natural do meio ambiente produz resíduos que são reciclados no decorrer do tempo (as folhas desprendidas das árvores são decompostas e transformadas no solo em fertilizantes orgânicos para as mesmas plantas e Delza R. de Carvalho árvores.
    5. 5. Interação do meio ambiente com a atividade econômica a atividade econômica também produz seus resíduos, dos quais uma parte é absorvida pela natureza devido a sua capacidade de reciclagem natural; a outra parte que não pode ser reciclada, é despejada diretamente no meio ambiente, como elemento poluidor (alterando as propriedades Delza R. de Carvalho físicas do ar, água e solo).
    6. 6. FIGURA 01 RELAÇÕES DO MEIO AMBIENTE COM O SISTEMA SOCIAL ATIVIDADES ECONÔMICAS MEIO AMBIENTE RECURSOS NATURAIS BENS E SERVIÇOS RESÍDUOS RECICLÁVEIS RESÍDUOS NÃO RECICLÁVEIS BAIXA ENTROPIA ALTA ENTROPIA Elaborado por Delza Rodrigues de Carvalho. Orientação: Prof. Dra. Creuza Santos Lage. Delza R. de Carvalho
    7. 7. RELAÇÕES DO MEIO AMBIENTE COM O SISTEMA SOCIAL É possível proteger o meio ambiente, em um sentido absoluto, uma vez que o desenvolvimento econômico é irreversível, conseqüência do próprio desenvolvimento social e crescimento populacional? Delza R. de Carvalho
    8. 8. Modelo de Desenvolvimento Não, mas é possível decidir, por níveis de degradação socialmente aceitáveis pelas comunidades envolvidas de uma determinada região, que assegurassem um desenvolvimento sustentável às futuras gerações Delza R. de Carvalho
    9. 9. PROPOSTA DE DESENVOLVIMENT0 Norteado por um padrão estável de crescimento associado a uma distribuição mais eqüitativa de renda, garantindo a redução das atuais diferenças sociais e assegurando a garantia dos direitos de cidadania Delza R. de Carvalho
    10. 10. Consciência Ambiental Década de 80. A degradação ambiental passa a ser vista como uma barreira decisiva ao desenvolvimento. O conceito de eco-desenvolvimento nasce, em 1987, com o Relatório Brundtland, intitulado "O Nosso Futuro Comum", publicado pela Comissão Mundial para o Ambiente e Desenvolvimento da ONU. Delza R. de Carvalho
    11. 11. Desenvolvimento Sustentável Com este relatório surge o conceito de Desenvolvimento Sustentável que é definido como aquele que satisfaz as necessidades do presente, sem comprometer a capacidade das gerações futuras satisfazerem as suas próprias carências . Em 1992: Realiza-se no Rio de Janeiro, a Conferência das Nações Unidas sobre Ambiente e Delza R. de Carvalho Desenvolvimento (CNUAD)
    12. 12.  Em 1992 na cidade do Rio de Janeiro, ocorreu a denominada de ECO-92: Convenção e assinatura de acordos sobre mudanças climáticas; Promovida a implantação da declaração sobre necessidade de preservação das florestas existentes no planeta; Convenção sobre a Diversidade Biológica que estabelece uma ligação entre preservação e produção econômica a partir da extração de elementos naturais, como matéria-prima para Delza R. de Carvalho as indústrias
    13. 13. A Agenda 21 Um dos principais resultados da conferência Eco-92 É um documento que estabeleceu a importância de cada país a se comprometer a refletir, global e localmente, sobre a forma pela qual governos, empresas, organizações não-governamentais e todos os setores da sociedade poderiam cooperar no estudo de soluções para os problemas sócio-ambientais; Delza R. de Carvalho
    14. 14. A Agenda 21 Contudo, não se estabelecem os necessários mecanismos (económico-financeiros, institucionais e de transferência tecnológica - indispensáveis para os países menos desenvolvidos) para a sua efetiva concretização. Delza R. de Carvalho
    15. 15. Os objectivos da Conferência Na Conferência apenas são assinadas 2 das 3 convenções previstas: a do Clima e da Biodiversidade; A das Florestas não é conseguida, sem datas de concretização. Delza R. de Carvalho
    16. 16. Protocolo de Kyoto 1997 a Conferência das Nações Unidas sobre na qual foi elaborado o Protocolo de Kyoto com um objetivo básico de reduzir a emissão de gases, e automaticamente diminuir o efeito estufa. Até o ano de 2005 as metas de redução não foram cumpridas pelos países industrializados Delza R. de Carvalho
    17. 17. Consciência Ambiental Em 2002, em Johannesburgo, na cidade sul-africana, através do Plano de Implementação a Agenda 21 foram assinados e aprovados a Declaração Política da Cúpula Mundial de Desenvolvimento Sustentável. Delza R. de Carvalho
    18. 18. Declaração Política da Cúpula Mundial de Desenvolvimento Sustentável O principal objetivo pedir anistia das dívidas adquiridas pelos países pobres, pois muitas vezes as desigualdades são provenientes dos esforços em pagar os débitos, dessa forma impossibilita a implantação efetiva de um desenvolvimento sustentável. Delza R. de Carvalho
    19. 19. A Emergência da Consciência Ambiental Para a História ficam apenas atitudes simbólicas: - o Plano de Implementação de Joanesburgo (que se limita a reafirmar objectivos anteriores); e a Declaração de Joanesburgo para o Desenvolvimento Sustentável – um documento que impressiona pela dimensão poética das promessas e desilude pelo carácter meramente proclamatório. Delza R. de Carvalho
    20. 20. A Emergência da Consciência Ambiental Mesmo tentando não subestimar os compromissos assumidos em matérias como alterações climáticas, acesso a água potável e protecção dos oceanos, é inevitável constatar o evidente fracasso em todas as restantes matérias de política ambiental. Delza R. de Carvalho
    21. 21. Crítica às Ações de Apoio ao Desenvolvimento Para seguir o caminho do desenvolvimento sustentável, um dos passos mais importantes consiste na mudança de muitas das características das atuais relações internacionais, em direção a uma Nova Ordem Económica Internacional. Contudo, ainda é pouco claro como deverá ser realizada a partilha de responsabilidades entre o Norte rico e o Sul empobrecido. Apesar dos países desenvolvidos terem a responsabilidade da maior parte dos problemas ambientais atuais, os Delza R. de Carvalho desenvolvimento são países em indispensáveis para qualquer solução a longo prazo
    22. 22. Crítica às Ações de Apoio ao Desenvolvimento A eficácia das relações internacionais ao nível do ambiente, passa pelo reconhecimento dos efeitos que as decisões de uns têm sobre os outros. E a solução terá de passar pela adoção de mecanismos de funcionamento que permitam transferir recursos dos países ricos para os países pobres. Destaca-se a transferência de tecnologias dos países desenvolvidos para os menos desenvolvidos Delza R. de Carvalho
    23. 23. Crítica às Ações de Apoio ao Desenvolvimento As rápidas e profundas mudanças ambientais, econômicas e culturais, provocadas pela diversidade de interesses e desigualdades nas relações de poder entre atores locais e globais, normalmente enfraquecem as perspectivas de um desenvolvimento territorial sustentável Delza R. de Carvalho
    24. 24. Desenvolvimento Econômico/Proteção do Ambiente As instituições que realizam os principais esforços de ajuda ao desenvolvimento (Banco Mundial, Fundo Monetário Internacional) têm seguido a visão de que os recursos naturais são melhor afectados num sistema de propriedade privada. Ora, tem vindo a ser reconhecido que as instituições locais permitem regular o uso e gestão dos recursos de propriedade colectiva. Delza R. de Carvalho
    25. 25. Desenvolvimento Econômico/Proteção do Ambiente Métodos de Valoração Mercado Hipotético Mercado Substituto Função Efeito Valor de Custo de Preço Custo de Viagem Dose Contingente Viagem Hedônico Hedônico Resposta Delza R. de Carvalho
    26. 26.  OBRIGADA Delza R. de Carvalho

    ×