Arte   o que é
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Arte o que é

on

  • 3,478 views

 

Statistics

Views

Total Views
3,478
Views on SlideShare
3,475
Embed Views
3

Actions

Likes
8
Downloads
305
Comments
1

2 Embeds 3

https://www.facebook.com 2
http://www.linkedin.com 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel

11 of 1

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
  • Olá! Sou professora da Rede Pública Estadual do Ceará e encontro algumas dificuldades no Ensino de Artes. Gostaria muito de utilizar o seu trabalho, com a sua permissão. Grata. Parabéns!
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Arte   o que é Arte o que é Presentation Transcript

    • O QUE É A ARTE ?
    • ISTO É ARTE ? PORQUÊ ?
    • E ISTO É ?
    • UMA ESCADAISTO É ARTE ?
    • ESTA ESCADA É ARTE ?
    • INTRODUÇÃO À LINGUAGEM ARTÍSTICA:O QUE É A ARTE ?•O QUE É A ARTE ?•Quando é que um objeto é obra dearte ou quando não é ?•Qual é o seu valor ?•Para que serve ?•A que dão importância numa obrade arte os historiadores ?Algumas PERGUNTASprévias
    • COMO OBSERVAMOS AOBRA DE ARTE ?ASSENSAÇÕESdo espectadorCONTEMPLAÇÃO REFLEXÃOÉ necessário um processo de formação :•SABER OLHAR A OBRA DE ARTE,•APRENDER A OLHAR PARA A OBRA DEARTEUMA VISITAUMA VISITAAO MUSEUAO MUSEU
    • O QUE É A ARTE ?Redige uma breve explicação na qual defina o quevocê entende por ArteE AINDA:• A Arte tem ou terá alguma função ? Qual ?• É preciso ter algum tipo de conhecimento para entender e apreciaruma obra de arte ? Porquê ?• Já visitou alguma exposição artística ou museu ? O que gostou mais?O que gostaste menos ?• Acredita que o valor de uma obra de arte e o seu “preço” são a mesmacoisa ? Porquê ?• Que fatores ou circunstâncias influenciam o trabalho dos artistas ?Enumera-as.
    • PrimeirasConclusõesO que é a arte ?A função da arteA linguagem artísticaO contexto daobra de arteO valor daobra de arte“Não existe Arte. Hásomente artistas”(E. Gombrich)“Arte é tudo o que ohomem chama Arte”(Dino de Formaggio)
    • A palavra arte tem origem no termo latino Ars.Na Antiguidade considerou-se a arte como aperícia e habilidade na produção humana dealgo.É só a partir de finais do século XV, durante oRenascimento Italiano, quando, pela primeiravez, se faz a distinção entre o artesão e oartista (artesanato e belas artes) e, por issomesmo, entre o artesão, produtor de obrasmúltiplices, e o artista, produtor de obrasúnicas.É também neste período quando se cria umalinguagem articulada para referir-se ao exteriore não à representação formal. Ficando assimclassificadas as artes liberais (as atuais belasartes) em três ofícios: escultores, pintores earquitetos.
    • É nos finais do século XVIII e, sobretudo, emmeados do XIX (primeira industrialização)quando se dá uma verdadeira oposiçãoentre o produto artístico (trabalho global comcarácter exclusivo) e o industrial (trabalhoparcelar e produzido em série).Neste período deu-se um notável incrementodas coleções privadas, criaram-se asprimeiras academias de arte (sem acessopara as mulheres até princípios do séc. XX)e os primeiros museus.Surgiu a idéia de patrimônio com a criaçãodos primeiros museus (nascidos, em muitoscasos, das coleções reais) e osespecialistas como críticos, galeristas ecolecionadores.
    • A GRÉCIA CLÁSSICA (séc. V a.C.): a buscadoideal de “Beleza e a fixação do “Cânoneclássico”.(reivindicação do conceito de CLASSICISMOaolongo da História : Renascimento (séc. XV-XVI),Neoclasicismo (séc. XVIII).O CONCEITO DE ARTE:As respostas ao longo da HistóriaA IDADE MÉDIA (Ocidente, séc. VII-XIV) :A mentalidade religiosa condiciona o valordas expressões artísticas nesta épocae em diferentes culturas (Cristandade, Islão,etc.).A arte é uma forma de Honrar Deus.Na ÉPOCA CONTEMPORÂNEA (a partir do séc.XIX) :• Deslocação definitiva das tradicionaisconcepções da arte.• Multiplicidade de movimentos e estilosartísticos.• Triunfo do subjetivismo e do individualismo.A necessidadeda arte e oPAPEL DOHISTORIADOR
    • A CONSIDERAÇÃO SOCIAL DO ARTISTA(evolução ao longo da História)O trabalho artístico era considerado, tanto naAntiguidade como na Idade Média, comouma ATIVIDADE ARTESANAL, os seus autorescareciam de relevância social.Reconhecimento docaráter intelectualda atividade artística.Consolidação da figurado “Artista”.RenascimentoBarroco(séc. XV-XVIII)Apolo,Anónimo
    • COMO APRENDER A OLHAR UMAOBRA DE ARTEPROCESSO• Interpretar a linguagem artística:saber ler a obra de arte.• Conhecer a morfologia com a qualconstruimos a linguagem artística(arquitetura, escultura, pintura,fotografia, etc.)• Valorização do contexto históricono qual se desenvolve a obra de arte.Um espectador formadoconverte-se num receptorconsciente da obra de arteEXERCITAR O OLHAR - FORMAR O OLHAR
    • TEORIA E FUNÇÃODA ARTE1. A ARTE E ACRIAÇÃO ARTÍSTICA2. NATUREZA DAOBRA DE ARTE3. A OBRA E OESTILO ARTÍSTICO4. CLASSIFICAÇÃO DASOBRAS DE ARTE5. A FUNÇÃO DAOBRA DE ARTE
    • 1. A ARTE E A CRIAÇÃO ARTÍSTICAA criação artística é inerenteao ser humano, desde ainfância e desde as primeirasculturas do Homo Sapiens, aarte e o homem sãoinseparáveis.
    • A obra de arte é, antes demais, comunicação; é umcódigo a mais dos queforam criados pelo Homempara expressar e transmitiridéias e sentimentos, porisso a criação artística éuma linguagem, alinguagem artística.Através da arte o homem imitaou expressa o material ou oimaterial, o artista expressaimagens da realidade físicaou humana ousimplesmente sentimentos,sonhos ou esperanças.Definitivamente, criacopiando, evocando ouinventando.
    • O autor,independentementeda época e domodo deexpressão, é,sobretudo, umcriador, umas vezesrespondendo acritérios ou normasda sua civilização eoutras expressandoas suas idéias esentimentos commaior liberdade.
    • ARTE E BELEZADeve-se mencionarque a criaçãoartística não temnecessariamenteimplícita a idéia debeleza, já que àsvezes se expressacom formas feias eaté grotescas.Goya,Saturno devorando os seusfilhos
    • 2. NATUREZA DA OBRA DE ARTEA obra artística é oresultado de umasérie de fatores queinfluenciam o criadore a obra de arte emsi, já que nelaincidem e seconcentram umasérie decomponentesindividuais (apersonalidade doartista), intelectuais(as idéias da época),sociais (a clientela eos gostos dasociedade domomento) etécnicos.Catedral góticade León - EspanhaTurning Torso, deSantiago Calatrava
    • 2.1. A personalidade do artistaA obra de arte é o reflexo deuma personalidade criadora(“não existe a arte, sóartistas”, assinala E.Gombrich), pelo qualpodemos até chegar aapreciar as característicaspsicológicas do artistaatravés da sua obra (“Auto-retrato” de Van Gogh; “Auto-retrato” de P. Picasso). Mascomo não atua o criadorsem mais referências que oseu própio eu, é inevitávelque o mundo exterior darealidade visível incida sobreos seus sentidos e influencienas suas criações.
    • 2.2 As idéias e os gostos da épocaSobre a personalidade doartista sobrepõe-se o mundode pensamentos esentimentos da época na qualo artista trabalha, o queinfluencia as suas criaçõesconsciente ouinconscientemente. Podeminfluir circunstânciasexcepcionais da biografia deum artista (“Os fusilamentosdo 3 de Maio”, de Goya); osacontecimentos históricos queque ele vivencia (“A Liberdadeguiando o povo”, deDelacroix); ou a obra doscontemporâneos, outro fatorque influencia na produção decada um dos outros artistas.
    • Portanto, asobras de arte nãosão simplesmentea expressão deum artistaindividual,traduzem alémdisso os múltiplosaspectos de umaépoca, de umasociedade, aindaque a últimapalavra a tenha ogênio individual(“A romaria deSan Isidro”, deGoya). A arte é oreflexo dasociedade domomento em quese cria.
    • 2.3. Os conhecimentostécnicosNa medida em que aatividade artísticaexige destreza manual,as possibilidades ecaracterísticas domaterial sobre o qualse trabalha e osconhecimentostécnicos que setenham, em geral esobre materiaisconcretos e sobre assuas possibilidades detrabalho, influenciaminevitavelmente naobra final.
    • A história da arte nãoé acumulativa, umestilo não supõe umprogresso sobre oanterior, nem a arte deum século implicasuperioridade sobre odos precedentes, masé sim no sentidotécnico, porque osmeios de trabalho sevão descobrindo eaperfeiçoandosucessivamente(Cromeleque deStonehenge; eCatedral de Toledo).
    • 3. A OBRA ARTÍSTICA E O ESTILODenominamos "estiloartístico" à forma de semanifestar um artista ouuma coletividademediante característicascomuns que se repetemdurante uma determinadaépoca. Em arte trata-se deum conceito fundamental,sem ele careceríamos doselementos que distinguemtodas as criações de umamesma época e dosentido da evolução dasformas.
    • Relativamente aoprocesso de evoluçãodos estilos e maisconcretamente referindo-nos ao seudesaparecimento esubstituição por outrosnovos, alguns teóricosbaseiam as suasexplicações na apariçãode inovações técnicas,mas esta é só uma dasexplicações possíveis ouaplicável unicamente amomentos concretos,porque também asmudanças de estilopodem dever-se amudanças sociais,ideológicas, religiosas,políticas, etc.Vejamos algumas obras sobre um único tema ao longo da História
    • 4. CLASSIFICAÇÃO DAS OBRAS DEARTE.A classificação quedevemos estabelecer,ficando nela incluídastodas as suasmanifestações, é a quedivide as obras de arteem Artes Plásticas(arquitetura, pintura eescultura), ArtesDecorativas(subordinadas àarquitetura, como osmosaicos, vitrais,etc., os esmaltes, acerâmica ...) e, porúltimo, as Artes NãoPlásticas (literatura,música, dança,fotografia, cinema,etc.).
    • 5. A FUNÇÃO DA ARTEDesde sempre a funçãoprincipal da arte(sobretudo da pintura e daescultura) tem sido aimitação ou representaçãoda realidade (“AsMeninas”, de Velázquez),mas hoje é evidente que afotografia e o cinemacumprem com maiorexatidão estapossibilidade.
    • Na época contemporânea os artistas têm que buscar outrassaídas, convertendo-se a arte numa arte-criação (“Asdemoiselles de Avignon” de Picasso; e “Composição” deMondrian), de alto conteúdo conceitual e subjetivo.
    • 5.1. A função da escultura e da pintura.A função tanto da esculturacomo da pintura tem evoluído aolongo da História. Nas suasprimeiras manifestações(“Bisonte” da gruta de Altamira; e“Vénus” de Willendorf) asfunções estavam definidas peloseu carácter mágico e religioso(função religiosa). Este caráctermágico-religioso tem estadoassociado à arte até aos iníciosda Modernidade, já que asinstituições religiosas tiveram umpapel determinante na criaçãoartística ao longo da História.Tem sido, para além disso, umelemento comúm a todas ascivilizações.
    • Posteriormente,quando asinstituições políticase religiosascomeçaram arealizar grandesedifícios (Estátuasdo templo deRamsés II em Abu-Simbel), a esculturae a pintura servirampara mostrar opoder e a riquezados seusconstructores(função política).
    • Noutras ocasiões (Arcode Constantino)destaca-se uma clarafunção comemorativa,convertendo-se asobras de arte emimportantesinstrumentos"educativos" (funçãocomemorativa eeducativa oupropagandística).Em todos estes casossão também elementosde representação deideais estéticos (funçãoestética).
    • 5.2. A função da arquiteturaTem um fimeminentementeutilitário, tem que seatenderprioritariamente aosaspectos técnicos,embora tambémsejam importantes osaspectos estéticos, oque permitiu que ahistória dos estilosarquitetônicos seja tãorica e variada (oParténon; MuseuGuggenheim deBilbao, de Frank O.Gehry).
    • ALGUMAS TEORIASSOBRE A ARTEA ARTE COMOFORMAA ARTE COMOEXPRESSÃOA ARTE COMOSÍMBOLOA ARTE COMO AGENTEPARA MUDAR A SOCIEDADEA ARTE COMOEDUCAÇÃO MORAL
    • Teorias sobre a arteAs principais teorias sobre aarte:Formalismo:A arte consiste nacombinação de cores,linhas e planos, etc.Estas obras geralmentenão cumprem um fim. É achamada arte pela arte. Aobra é o fim em simesma.
    • Expressionismo:A arte representa nassuas obras asemoções esentimentos do autor.O artista representauma experiênciaemocional servindo-se das diferentesformas de expressãoartísticas.
    • Simbolismo:Teoria que se centra nasignificação da obra. Ossignos estéticoscaracterizam-se por nãoser referenciais, querdizer, não há uma relaçãoobjetiva entre o signo e oobjeto representado.Outra característica é a deque são ícones, querdizer, estabelecemsemelhanças entre aspropriedades do objecto ea imagem que orepresenta. Expressamvalores que contêm osigno em si mesmo.
    • ARTE PARA MUDAR A SOCIEDADE• A arte dá-se sempre numcontexto histórico e socialdeterminado. Algumasteorias indagam sobre opropósito do artista nessecontexto.• Consideram a arte (ou aoartista, mais propriamente)como uma força social: oartista tem uma granderesponsabilidade social, eterá que estar"comprometido" com o seutempo. Esta teoria foidefendida pelos socialistasfranceses do século XIX erapidamente se estendeu aoutros países.
    • A ARTE COMO EDUCAÇÃO MORAL• A concepção moralistabaseia-se na ideia de que aarte há-de estar ao serviçoda moralidade, e chega-se aconsiderar inclusive quedeve ser recusada toda aarte que não prometavalores morais que seconsiderem aceitáveis. Omoralismo na arte remonta aPlatão (século IV a.C.), paraquem as três idéiasfundamentais as quais deveaspirar o ser humano são ade Beleza, Bondade eJustiça, havendo entre elasuma íntima relação.“A morte de Sócrates”, de J.L. David
    • Na atualidade continua viva apolêmica sobre os efeitosmorais da arte e sobre alegitimidade ou não decensurar a arte por critériosmorais e não estéticos