Your SlideShare is downloading. ×
Arquitetura moderna
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Arquitetura moderna

22,686

Published on

Published in: Education
0 Comments
6 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
22,686
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
4
Actions
Shares
0
Downloads
584
Comments
0
Likes
6
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Daniela, Julia, Katiele, Lucas,Marta, Mirele, Sabrina e Talita
  • 2. • Reflexo das grandes inovações técnicas que começaram a surgir já no fim do século XIX. • Arquitetura produzida durante parte do século XX, inserida no contexto artístico e cultural do Modernismo. • Modernismo - Um dos princípios básicos foi a renovação, rejeitando toda a arquitetura anterior ao movimento, principalmente a do século XIX, expressada no Ecletismo. O rompimento com a história Taipei 101, um fez parte do discurso dearranha-céu de alguns arquitetos101 andareslocalizado em modernos, como LeTaipe, Taiwan, Corbusier e Adolf Loos.2003.
  • 3. Palácio de Cristal, Londres
  • 4. Características •Momento multifacetado da produção arquitetônica internacional que manifestou alguns princípios seguidos por inúmeros arquitetos, das mais variadas escolas e tendências.Frank Lloyd Wright Le Corbusier • As características podem ser encontradas em origens diversas, como: • Bauhaus, Alemanha; • Frank Lloyd Wright, EUA; • Le Corbusier, França; • Construtivos russos.
  • 5. • Arquitetura sem estilo e sem ornamento que era um elemento típico dos estilos históricos.. • Utilização de formas simples, geométricas e desprovidas de ornamentação, valoriza- se o emprego dos materiais em sua essência com o concreto aparente. • Os edifícios deveriam ser econômicos, limpos, úteis. • Duas frases se tornaram as grandes representantes do modernismo: “Menos é mais.” (arquiteto Mies Van der Rohe) “A forma é função.” (arquiteto proto-moderno Louis Sullivan).World Trade Center, Nova Iorque, 1972.
  • 6. • A maior e mais complexa invenção do homem, a cidade, passa agora a ser projetada de forma Em Chandigarh integral, e não há nada mais notável do que a construção das cidades de Chandigarh, na Índia, por Le Corbusier e Brasília, no Brasil, por Oscar Niemeyer e Lúcio Costa.
  • 7. Brasília
  • 8. Tendências •São várias as tendências modernistas, mas as mais difundidas buscavam romper com todos os padrões históricos anteriores. Pela primeira vez, residências e construções comerciais passaram a ter destaque arquitetônico. Em vez de igrejas, catedrais e palácios, o principal marco do modernismo são gigantescos prédios de escritórios e apartamentos: os arranha-céus. •Materiais como o aço e o concreto armado dão aos arquitetos possibilidades inéditas de criação, distinguindo o “estilo” de tudo que se viu até então.Sears Tower, Chicago, 1974
  • 9. Estações de Trens Parisienses
  • 10. Torre Califa, Dubai
  • 11. • Construções com mais de seis andares eram ineficazes até a invenção dos elevadores (1853) e da bomba d’água (início do século XIX). Esta resolveu o problema de . se levar água da base até o topo dos edifícios, e o elevador se encarregou de levar as pessoas para cima e para baixo com o máximo de rapidez e conforto e o mínimo de esforço.Elevador de S. Justaem Lisboa
  • 12. Empire State Building, Nova Iorque, 1931, primeiro arranha-céu com mais de 100 andares.
  • 13. Arquitetura moderna no Brasil O Modernismo só conseguiu se desenvolver em nosso país, após o inicio do processo de industrialização nos anos 50. Pouco depois, aço, cimento e vidro estavam disponíveis e o Modernismo deslanchou, com a produção de alguns dos nossos maiores arquitetos, entre eles, Oscar Niemeyer.Edifício Gustavo Capanema, Rio de JaneiroConsiderado um marco da ArquiteturaModerna Brasileira, pois é o primeiro prédiomodernista construído, bem como, primeiroedifício neste estilo no Brasil. Foi projetado poruma equipe composta por Lucio Costa, CarlosLeão, Oscar Niemeyer, Affonso Eduardo Reidy,Ernani Vasconcellos e Jorge Machado Moreira,com a consultoria do arquiteto Le Corbusier.
  • 14. • Foi introduzido através da atuação e influência de arquitetos estrangeiros adeptos do movimento, embora tenham sido arquitetos brasileiros, como Oscar Niemeyer e Lúcio Costa, que mais tarde tornaram este estilo conhecido e aceito; Museu de Arte de São Paulo (MASP), da arquiteta Lina Bo Bardi • O arquiteto russo Gregori•Proposta de uma arquitetura racionalista e funcional, sendo que as Warchavchikobras deste estilo apresentavam como características comuns projetou a “Casaformas geométricas definidas, separação entre estrutura e Modernista”vedação, uso de pilotis a fim de liberar o espaço sob o edifício, (1929-1930),integração da arquitetura com o entorno pelo paisagismo, e com as primeira casa emoutras artes plásticas através do emprego de painéis de azulejo estilo Modernodecorados, murais e esculturas. construída em São
  • 15. BrasíliaTotalmente construída com idéias modernistas. O valor do plano urbanístico emonumentos fazem com que Brasília seja um marco mundial da arquitetura e urbanismomodernos. Foi o primeiro núcleo urbano, construído no século XX, considerado digno deser incluído na lista de bens de valor universal, recebendo o título de Patrimônio Culturalda Humanidade, em 1987, pela UNESCO.Plano urbanístico de Lúcio Costa, concebido em quatro escalas estruturais e todassetorizadas:• Monumental – compreendida em todo o Eixo Monumental e que abriga a alma político-administrativa do País;• Gregária – representada por todos os setores de convergência da população;• Residencial – composta pelas Superquadras Sul e Norte;• Bucólica – que permeia as outras três, por se destinar aos gramados, praças, áreas delazer, orla do lago Paranoá e aos jardins tropicais de Burle Marx.
  • 16. Catedral Metropolitana de Nossa Senhora Aparecida, Brasília
  • 17. Palácio da Alvorada, Brasília
  • 18. Congresso Nacional, Brasília
  • 19. Ponte JK
  • 20. Porto Alegre •A arquitetura moderna desponta às vésperas dos anos trinta na capital gaúcha; •Influências: • Escola carioca, de vertente predominantemente corbusiana; • Contribuição acadêmica e prática da arquiteturaAeroporto Salgado Filho (1938), de Nelson Souza. moderna uruguaia; • Modernidade paulista, marcadada pelo racionalismo italiano; • Le Corbusier; • Nativismo carioca; •Verticalização da cidade inicia nos anos trinta, construção de sucessivos prédios altos.
  • 21. Edifício do Pronto Socorro (1940), de Christiano de La Paix Gelbert.
  • 22. “Não é o ângulo reto que me atrai.Nem a linha reta, dura, inflexível,criada pelo homem.O que me atrai é a curva livre e sensual.A curva que encontro nas montanhasdo meu país,no curso sinuoso dos seus rios,nas ondas do mar,nas nuvens do céu,no corpo da mulher preferida.De curvas é feito todo o Universo.O Universo curvo de Einstein.”(Oscar Niemeyer)"A arquitetura é o jogo sábio, correto e magnífico dos volumes dispostos sob aluz." (Le Corbusier)
  • 23. Referências:1 – BIBLIOGRÁFICALambert, Rosemary. História da arte da Universidade de Cambridge: A artedo século XX. São Paulo: Círculo do Livro S.A., 1981.Luccas, Luís Henrique Haas. Arquitetura Moderna em Porto Alegre: umahistória recente.Zevi, Bruno. Saber ver a arquitetura. 5ª edição. São Paulo: Martins Fontes,1996.2 - INTERNEThttp://www.coladaweb.com/artes/arquitetura/arquitetura-modernahttp://pt.wikipedia.org/wiki/Arquitetura_modernahttp://www.educacional.com.br/reportagens/arquitetura/moderna.asphttp://www.niemeyer.org.br/http://archiinbrazil.wordpress.com/arquitetura-moderna/http://www.niemeyer.org.br/http://archiinbrazil.wordpress.com/arquitetura-moderna/

×