Your SlideShare is downloading. ×
Científico    estudos new photon
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Introducing the official SlideShare app

Stunning, full-screen experience for iPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Científico estudos new photon

169
views

Published on

photon

photon

Published in: Healthcare

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
169
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
2
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Produto com a nova patente mundial PHOTON PLATINA
  • 2. PHOTON PLATINA •Photon Platina é a luz que absorve todo e qualquer comprimento de onda de luz através do pó com partículas semicondutoras microscópicas que aumenta e radia as ondas de [LUZ]. •É a luz que possui os seguintes efeitos: oEfeito de radiação infravermelha longa, em função de seu caráter ondulatório, oEfeito fotocatalisador, em função das partículas de luz.
  • 3. PHOTON PLATINA TEORIA DO PHOTON PLATINA
  • 4. Reage às moléculas de água e matérias orgânicas, visando manter o desequilíbrio entre o positivo e o negativo. A reação na superfície do pó com partículas semicondutoras microscópicas Photon Platina.
  • 5. PHOTON Photon (Fóton) = Partículas de luz. •Século 17: Grande discussão sobre a luz. Newton defende a teoria das partículas de luz em oposição à teoria das ondas de luz. •1905: Chegada a uma conclusão quanto à discussão sobre a luz. Einstein divulga a teoria da ótica quântica (efeito fotoelétrico). •1923: Efeito Compton. Provou a existência de partículas de luz através do fenômeno de espalhamento do raio X. Essas partículas de luz passam a ser chamadas “Photon (ou Fóton)”.
  • 6. PATENTES JÁ OBTIDAS PARA O PHOTON PLATINA EM 18 PAÍSES DO MUNDO •NO JAPÃO: No. 1539868 – “Pó para a radiação de infravermelho longo”. No. 1842992 – “Pó para a fraca radiação de infravermelho longo e as fibras sintéticas que contém o mesmo”. •NOS ESTADOS UNIDOS: No. 5258228 – “Pó para a fraca radiação de infravermelho longo, as fibras sintéticas que contém o mesmo e os produtos que utilizam tais fibras”. •NO EPC (12 PAÍSES DA EUROPA): No. 0462275 – “Pó para a fraca radiação de infravermelho longo, as fibras sintéticas que contém o mesmo e os produtos que utilizam tais fibras”. •OUTROS PAÍSES: Canadá, Coréia do Sul, Taiwan, Singapura e Hong Kong.
  • 7. Taiwan 26/10/2004 Registro No. 205601 (Escoamento de eletricidade excessiva) China 08/06/2005 Registro No. ZL01808585.7 (Escoamento de eletricidade excessiva) Europa 01/03/2006 Registro No. 1291405 (Escoamento de eletricidade excessiva) Coréia do Sul 24/08/2006 Registro No. 618661 (Escoamento de eletricidade excessiva) Coréia do Sul 31/08/2006 Registro No. 621452 (Dissolução de coágulos) Austrália 10/08/2006 Registro No. 2003242081 (Dissolução de coágulos) NOVAS PATENTES REQUERIDAS INTERNACIONALMENTE (PCT – Tratado de Cooperação para Patentes) “Compostos cerâmicos com inclusão de ouro branco que possuem características anticoagulantes (dissolução de coágulos sanguíneos) e os produtos que contém tais compostos”. “Compostos para radiação de infravermelhos com excelente escoamento do excesso da eletricidade, as fibras que contém esses compostos e os produtos que utilizam tais fibras”.
  • 8. OS EFEITOS DO PHOTON PLATINA (NOVA PATENTE) SOBRE A COAGULAÇÃO SANGUÍNEA E A FIBRINÓLISE Tromboxano B2 (TXB2) 6-keto-Prostaglandina F1α (PGF1α)
  • 9. FIBRAS QUE CONTÉM PHOTON PLATINA (NOVA PATENTE) Colóide de platina + Óxido de titânio + Alumina (óxido e alumínio) + Prata “Compostos cerâmicos com inclusão de ouro branco que possuem características anticoagulantes (dissolução de coágulos sanguíneos) e os produtos que contém tais compostos”. CARACTERÍSTICAS Item solicitado (extração): Substância de caráter coagulante. Síntese (extração): Possibilitar o excelente desempenho anticoagulante, sem contudo tender a hemorragias.
  • 10. TESES E ARTIGOS SOBRE O PHOTON PLATINA •Artigo publicado na revista “Inflamação” da Sociedade Japonesa de Inflamações: “A função das fibras de ondas eletromagnéticas de platina que radiam infravermelho nos leucócitos humanos e seu efeito na reação de formação do peróxido de lipídio”. •Tese apresentada na Sociedade Japonesa de Fotomedicina e Fotobiologia: “Sobre os efeitos que as fibras de Photon Platina causam nos sistemas de coagulação e fibrinólise”. •Artigo publicado na “Física Aplicada”: “A superfície do óxido de titânio após uma fotoexcitação – Um novo rumo para a fotocatalisação”. •Tese: “Estudo duplo-cego sobre a participação do Photon Platina no efeito de diminuição do lactato no organismo de atletas”. •Tese: “Aplicação das fibras de Photon Platina em tratamentos médicos”. •Tese: “Avaliação dos efeitos observados no uso do “Platinum Photon Hot” em pacientes com problemas ósseos ou nas articulações”. •Livro: “Photon Platina – O surpreendente poder curativo”. •Livro: “A terapia e a cura pela luz”.
  • 11. APRESENTAÇÃO DO PHOTON PLATINA EM SOCIEDADES CIENTÍFICAS •SOCIEDADE ITALIANA DE ONCOLOGIA – 1990 “Os efeitos da radiação infravermelha longa emitida por fibras de ondas eletromagnéticas de platina nas atividades das linhas de células neutrófilas e leucemia mielóide, bem como o desenvolvimento de tumores malignos”. •SOCIEDADE JAPONESA DE INFLAMAÇÕES – 1991 “A função das fibras de ondas eletromagnéticas de platina que radiam infravermelho nos leucócitos humanos e seu efeito na reação de formação do peróxido de lipídio”. •SOCIEDADE JAPONESA DE FOTOMEDICINA E FOTOBIOLOGIA – 2002, 2003 E 2004 “Sobre os efeitos que as fibras de Photon Platina causam nos sistemas de coagulação e fibrinólise”. •SOCIEDADE ITALIANA DE OXIGENOTERAPIA E OZONOTERAPIA – MARÇO DE 2004 “Diagnóstico e aplicação individual para um tratamento seguro através da emissão do Photon Platina”.
  • 12. DADOS DA MEDIÇÃO DE FÓTONS (EM IRRADIAÇÃO POR LED) FIBRAS DO PHOTON PLATINA (NOVA PATENTE) Medição efetuada pela Tohoku Electronic Industrial Co., Ltd., usando o Chemiluminescence Analyzer.
  • 13. O EFEITO BACTERICIDA DAS FIBRAS DO PHOTON PLATINA (NOVA PATENTE) • SARM (Estafilococo dourado resistente à meticilina). •É uma bactéria que se tornou resistente a vários antibióticos. Foi descoberto originalmente no Reino Unido,e actualmente está muito propagado, particularemente nos edificios hospitalares, onde, por causa da resistência crescente, o Staphylococcus aureus (estafilococo dourado) é mesmo chamado uma superbactéria (ou super-germe). • Estafilococo dourado. •É a mais virulenta espécie do seu género. Cerca de 15% dos individuos são portadores de S.aureus, na pele ou nasofaringe. A infecção é frequentemente causada por pequenos cortes na pele Efeito bactericida sem o uso de solventes orgânicos.
  • 14. O EFEITO BACTERICIDA DAS FIBRAS DO PHOTON PLATINA (NOVA PATENTE) Parte 2 • Klebsiella pneumoniae. Pode causar pneumonia embora seja mais comum a sua implicação em infecções hospitares (aparelho urinário e feridas), em particular em doente imunologicamente deprimidos. • Escherichia coli. A presença da E.coli em água ou alimentos é indicativa de contaminação com fezes humanas (ou mais raramente de outros animais). A quantidade da bactéria em cada mililitro de água é uma das principais medidas usadas no controlo da higiene da água potável municipal, preparados alimentares. Esta medida é conhecida oficialmente como índice coliforme da água. Efeito bactericida sem o uso de solventes orgânicos.
  • 15. O EFEITO BACTERICIDA DAS FIBRAS DO PHOTON PLATINA (NOVA PATENTE) Metodologia de teste estabelecido pelo FDA (Food and Drug Administration) dos E.U.A. Teste de efeito bactericida – Metodologia: FDA U.S. Pharmacopoeia 23 Microbial Limit Test (61) RESULTADO: LIMITE: Quantidade de microorganismos em geral (CFU/g) 1,0 x 10 - Escherichia coli Negativo Negativo Estafilococo dourado Negativo Negativo Salmonella Negativo Negativo Pseudomonas aeruginosa ou Pseudomonas pyocyanea Negativo Negativo Fungos (CFU/g) <10 <10 Leveduras (CFU/g) <10 <10 Medição efetuada pela SGS
  • 16. O EFEITO BACTERICIDA DAS FIBRAS DO PHOTON PLATINA (NOVA PATENTE) SARM (Estafilococo dourado resistente à meticilina) Imediatamente após a aplicação 24 horas depois Laboratório de Análises em Produtos Alimentícios do Japão Método utilizado: AATCC100-1999 Associação Americana de Tecnologia em Fibras e Tingimento
  • 17. O EFEITO BACTERICIDA DAS FIBRAS DO PHOTON PLATINA (NOVA PATENTE) Método utilizado: AATCC100-1999 Associação Americana de Tecnologia em Fibras e Tingimento Medido pela SGS 24 horas após a aplicação
  • 18. O EFEITO BACTERICIDA DAS FIBRAS DO PHOTON PLATINA (NOVA PATENTE) Teste de efeito bactericida efetuado pelo Laboratório de Tecnologia Alimentícia de Tóquio Quantidade de bactérias 18 horas depois
  • 19. Tempo que expressa a velocidade máxima de absorção de líquidos (em seg.) Velocidade máxima da absorção de líquidos (ml/seg.) Volume absorvido no momento expresso na coluna à esquerda (ml) Volume máximo absorvido (seg.) Volume máximo absorvido (ml) Fibras comuns 1 0,044 0,044 180 0,914 Fibras do Photon Platina (nova patente) 1 0,076 0,076 175 1,454 Centro Japonês de Qualidade e Tecnologia em Produtos Têxteis A ABSORSÃO DE LÍQUIDOS PELAS FIBRAS DO PHOTON PLATINA (NOVA PATENTE) Velocidade máxima da absorção (ml/seg.) Volume absorvido (ml)
  • 20. A ABSORSÃO DE LÍQUIDOS E A RAPIDEZ DE SECAGEM DAS FIBRAS DO PHOTON PLATINA (NOVA PATENTE) Centro Japonês de Qualidade e Tecnologia em Produtos Têxteis
  • 21. RESULTADO DO TESTE ELETROSTÁTICO NAS FIBRAS DO PHOTON PLATINA (NOVA PATENTE) Evitar a energia estática no corpo (Controle da liberação de cálcio) Instituto Metropolitano de Pesquisas em Tecnologia Industrial de Tóquio – Método de medição da meia-vida
  • 22. A SEGURANÇA DAS FIBRAS DO PHOTON PLATINA (NOVA PATENTE) Teste de conformidade com as especificações para utensílios, recipientes e embalagens de resina sintética (conforme o comunicado No. 20 do Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar Social). •Teste de materiais: Valores obtidos: Padrão: Cádmio Abaixo de 1 ppm (Não superior a 100 ppm) Chumbo Abaixo de 10 ppm (Não superior a 100 ppm) •Teste de eluição: Valores obtidos: Padrão: Metais pesados (sendo Pb) Abaixo de 1 ppm (Não superior a 1 ppm) Consumo de permanganato de potássio 1,4 ppm (Abaixo de 10 ppm) Resíduos de evaporação (exsudação de água) Abaixo de 5ppm (Não superior a 30 ppm)
  • 23. EFICÁCIA DO PHOTON PLATINA (NOVA PATENTE) NOS TRATAMENTOS MÉDICOS •Comprovada por teses e grande quantidade de dados obtidos através de hemogramas e exames laboratoriais, entre outros. •Pesquisa e desenvolvimento em cooperação com hospitais, universidades.
  • 24. INFLUÊNCIA DAS FIBRAS DE PHOTON PLATINA (NOVA PATENTE) NA FAGOCITOSE, CAPACIDADE DE MIGRAÇÃO E PRODUÇÃO DE O2 DOS NEUTRÓFILOS [Ca2+]i, BEM COMO NA TRANSFORMAÇÃO LINFOBLÁSTICA – Parte 1
  • 25. INFLUÊNCIA DAS FIBRAS DE PHOTON PLATINA (NOVA PATENTE) NA FAGOCITOSE, CAPACIDADE DE MIGRAÇÃO E PRODUÇÃO DE O2 DOS NEUTRÓFILOS [Ca2+]i, BEM COMO NA TRANSFORMAÇÃO LINFOBLÁSTICA – Parte 2
  • 26. PHOTON PLATINA (NOVA PATENTE) RESULTADO DA ANÁLISE DOS 27 TIPOS DE AMINOÁCIDOS NO SANGUE Não tratado (detalhes não informados) Tratado com Photon Platina (nova patente) 1. Coleta de sangue (em tubos de ensaio) - Não tratado (detalhes não informados) - Tratado com Photon Platina (nova patente) 2. Medição do nível de aminoácido no sangue (nmol/ml).
  • 27. RESULTADO DA MEDIÇÃO DE AMINOÁCIDOS NO SANGUE Medição efetuada em 14/05/1994 NOME DO AMINOÁCIDO MEDIÇÃO A (Normal) PADRÃO (Plasma) (nmol/ml) MEDIÇÃO B (Platina) TENDÊNCIA (Comparação A e B) * Taurina 220 45 – 61 211 Próximo do padrão * Uréia 4790 3100 – 5090 4677 Dentro do padrão Ácido aspártio 42 Tr – 3 27 Próximo do padrão Treonina 184 119 – 171 176 Próximo do padrão Serina 156 80 – 142 144 Próximo do padrão Aspargina 80 44 – 65 73 Próximo do padrão Ácido glutâmico 202 21 – 33 163 Próximo do padrão Glutamina 657 491 – 750 623 Dentro do padrão Prolina 210 146 – 267 184 Dentro do padrão Glicina 479 202 – 307 369 Próximo do padrão Alanina 445 255 – 591 436 Dentro do padrão * Citrulina 142 26 – 42 83 Próximo do padrão * Ácido alfa-aminobutírico 22 17 – 25 20 Dentro do padrão Valina 281 207 – 274 278 Próximo do padrão Cistina 53 42 – 59 53 Dentro do padrão Metionina 37 31 – 39 37 Dentro do padrão Isoleucina 98 64 – 112 97 Dentro do padrão Leucina 180 126 – 184 178 Dentro do padrão Tirosina 68 61 – 84 67 Dentro do padrão Fenilalanina 54 55 – 71 52 Fora do padrão * 1-Metil-histidina 3 Abaixo de 4 3 Dentro do padrão Histidina 92 79 – 114 90 Dentro do padrão * 3-Metil-histidina 2 Abaixo de 3 2 Dentro do padrão * Ornitina 124 50 – 82 100 Próximo do padrão Lisina 239 153 – 263 226 Dentro do padrão Triptofano 73 55 – 85 71 Dentro do padrão Arginina 62 83 – 130 77 Próximo do padrão Razão de Fischer:4,58 Razão de Fischer: 4,65 * As substâncias assinaladas com * são substâncias similares ao aminoácido, ou são substâncias que reagem positivamente à Ninidrina.
  • 28. ESTUDO DUPLO-CEGO SOBRE A PARTICIPAÇÃO DO PHOTON PLATINA NO EFEITO DE DIMINUIÇÃO DO LACTATO NO ORGANISMO DE ATLETAS Depto. de Bioestatística da Faculdade de Medicina, Universidade de Murcia, Espanha Dr. Jose Antonio Villiegas García Dra. Maria Teresa Martinez Rocamora Prof. Manuel Canteras Jordana VALORES MÉDIOS POR CONVERSÃO LOGARÍTMICA
  • 29. SOBRE O EFEITO DE ELIMINAÇÃO DA FADIGA COM O PHOTON PLATINA (NOVA PATENTE) Tempo de repouso (em minutos)
  • 30. A PARTICIPAÇÃO DO PHOTON PLATINA (NOVA PATENTE) NO METABOLISMO DO ÁCIDO LÁTICO
  • 31. ESTUDO SOBRE OS EFEITOS DO USO DO PHOTON PLATINA (NOVA PATENTE) NA CIRCULAÇÃO SANGUÍNEA Teste de viscosidade do sangue (MC-FAN) Pessoa saudável Antes Após o uso do Photon Platina Arterosclerose
  • 32. Um material minúsculo em formato de partículas coloidais á base de metais Colóide de Platina + Dióxido de Titânio + Alumina (dióxido e alumínio) + Prata, criado e patenteado pelo inventor japonês Professor Dr. Toshio Komuro. Batizado de Platinum Photon é capaz de emitir o espectro de luz de 4 a 14 microns semelhante aos raios benéficos do sol, denominados infravermelho longo, liberando energia de 0,004 W/cm2. suficientes para ativar as moléculas de água e incrementar o funcionamento vital das celulas. O QUE É PHOTON? PLATINA TITÂNIO ALUMÍNIO + PRATA + +
  • 33. PHOT N A ENERGIA BENÉFICA PARA SUA SAÚDE A fibra de Platina Photon emite ondas infra-vermelhas com comprimento de 4 a 14m, a mesma energia presente nos raios vitais irradiados pelo sol. Infra-vermelho curto Infra-vermelho médio Infra-vermelho longo 1m 3m 4m Raio Vital 14m 20m
  • 34. COMPOSIÇÃO DO CORPO HUMANO ÁGUA ± 70% GORDURA HOMEM : 10 A 20% - MÉDIA 15% MULHER : 20 A 30% - MÉDIA 25% PROTEÍNA MINERAL AÇÚCAR Baseada na Tabela de Lohman (1986) e na Tabela de Nagamine (1972).
  • 35. Fundamentos Biológicos A água é o maior componente em nosso organismo (liquido intersticial), contendo entre 60 a 70% deste elemento. A molécula de água normalmente não esta só, contendo sais minerais e nutrientes. Quando intoxicadas existem gases, metais pesados, componentes orgânicos, etc o que origina grande quantidade de aglomerados moleculares “clusters”. A glicose e o oxigênio são muito importantes para a vida celular. A glicose por ser fonte de energia e o oxigênio por que permite sua combustão da chamada via aeróbica.
  • 36. Propriedades O Photon tem a propriedade de emitir energia que faz vibrar as moléculas de água e esta vibração libera as toxinas indesejadas, facilitando a osmose e nutrição celular. Podemos concluir, para que as células componentes básicos do nosso organismo tenham um bom funcionamento metabólico, é preciso que a água orgânica esteja suficientemente fluída, o qual permitirá uma melhora nos intercâmbios intra e extracelulares.
  • 37. Terapia do Infra Vermelho Longo Photon A energia infravermelha emitida por Photon ativa as moléculas de água em nosso corpo, melhorando o nível de oxigenação celular. Ajuda na eliminação de gorduras, resíduos químicos e toxinas do sangue, reduzindo o nível de acidez e aumentando a melhora do fluxo sanguínea e de todo o sistema nervoso. Resultado de pesquisas da medicina moderna demonstraram que esta energia elimina eficientemente o cansaço, ativa a circulação sanguínea e a ajuda a neutralizar o excesso de energia estática do corpo, melhorando o controle da liberação de cálcio. Antes do uso Após 1 hora de uso Imagens Infravermelho mostram a ação do Photon Platinum
  • 38. A ação do Photon A renovação celular removendo as células mortas A neutralizar o excesso de energia estática do corpo Ajuda Melhora A circulação sanguínea A nutrição celular Otimiza A micro circulação periférica A oxigenação muscular Reduz O ácido lático As toxinas corpórea Previne Micro traumas e distensões musculares A osteoporose, artrites e reumatismos.