Composições 5º f
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Composições 5º f

on

  • 887 views

 

Statistics

Views

Total Views
887
Views on SlideShare
744
Embed Views
143

Actions

Likes
0
Downloads
0
Comments
0

5 Embeds 143

http://turmadacristina.blogspot.pt 114
http://www.turmadacristina.blogspot.pt 24
http://turmadacristina.blogspot.com.br 2
http://turmadacristina.blogspot.com 2
http://turmadacristina.blogspot.de 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft Word

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Composições 5º f Composições 5º f Document Transcript

    • A casa do Manuel Quando Joana estava a pensar em dar os seuspresentes ao Manuel imaginou como seria a casa dele:com paredes desgastadas, sem aquecimento, só com bufode animal escuro e, coitado, vivia com ele um burro e umavaca, só com palhas para se aquecer. Aiiii! Deve ser horrível!-disse Joana para siprópria. Joana saiu de casa discretamente e foi ao curralonde Manuel vivia, mas antes pegou nos presentes,numavela (fogo), uma manta e alguma comida! Joana estavamuito abalada, mas para se sentir mais feliz, levou aoManuel o que era preciso para estar confortável! Olá Joana, o que estás aqui a fazer a estashoras?-perguntou Manuel. Olá, tive pena, tu não tens prendas, aqui estámuito frio e escuro,por isso trouxe-te aqui algumascoisas,pensei que ias gostar.-respondeu. Manuel comovido agradeceu: Joana muito, muito obrigado, nunca ninguémfez isto por mim, não era preciso! Claro que era, espero que tenhas gostado. Olha,agora tenho que ir embora!-disse Joana. Adeus, cuidado, já é tarde e é perigoso.-avisaManuel. Despediram-se, e ficou cada um no seu canto. Manuel ficou muitíssimo contente,porque tinhapresentes,luz e comida. Com isto,Deus retribuiu a Joana o que ela fez,dando-lhe presente.Joana agradeceu e chamou a este natal “Natal Mágico"! Inês Peixoto, 5ºF
    • O meu Natal Se eu pudesse escolher como seria o meu Natal,seria passado com mais pessoas da minha família eamigos. Quando as pessoas chegassem a casa,cumprimentavam-se umas às outras e esperavam, ouna sala ou na cozinha. Depois de tudo estar em cima da mesa, e todos aspessoas que tínhamos convidado já estarem lá,finalmente começávamos a comer as entradas. E essasseriam: batatas fritas, saladas, uvas passas, nozes,amendoins, salsichas, sumos… O jantar seria polvo ou bacalhau com batatascozidas. A sobremesa seria: rabanadas, fruta, gelado, pão-de-ló… Depois disso, esperávamos até à meia-noite paraabrir os presentes. No final, as pessoas iam-se embora. Francisco Queirós, 5ºF Joana Gosta da Minha Casa
    • Joana saia de sua casa devagarinho para ninguém acordar, abriuo portão e saiu rapidamente. Seguiu para a floresta, onde começou a ficar mais frio e quantomais se aproximava da casa do Manuel, mais frio sentia. Quando chegou a casa de Manuel disse: Olá, Manuel. – disse Joana. Olá Joana. – disse Manuel. Manuel, toma os teus presentes de Natal. – disse Joana. Muito obrigado, Joana. – disse Manuel. O manuel, com tanta felicidade no seu coração, deu um abraço aJoana e decidiu mostrar a sua casa a Joana: Joana, esta é a minha casa, muito pequena, como podesver, é uma cabana que tem palha onde eu e a minha mãe dormimos, e osnossos cobertores são o boi e a vaca, que nos dão o seu bafo. –disseoManuel. Está bem, eu não me importo. – disse Joana. A nossa cozinha é aquela. Na fogueira aquecemos a sopa. Anossa casa de banho é no rio e as necessidades, no monte de palhavelha. –disse Manuel Joana não se importava com a casa, o que lhe interessava eraa amizade constituída com Manuel. Lúcia Miranda, 5ºF A Casa do Manuel
    • Na casa do Manuel moravam lá um boi, um burro, opai, a mãe e ele. A casa era de madura, tinha um bebedouro, umcomedouro, palha e o telhado era inclinado. O Manuel, a mãe e o pai não sentiam frio, porque oboi e o burro com o bafo os aqueciam. O Manuel não passava fome, porque o dono da quintadeixava-os recolher os frutos e os vegetais que tinha aquinta. Eles para cozinhar faziam fogueiras, as panelas, assertãs, os pratos, os garfos, as facas, as canecas, ascolheres e as tigelas era o dono da quinta que lhes davaquando comprava outras loiças. A sopa era fraquinha só tinha: água, couves, cenourase batatas mas quando faziam dava para muito tempo. Mas o Manuel, o pai e a mãe gostavam de lá viver,mas mesmo que não aprovassem tinham de lá viver. Filipe Carvalho, 5ºF O meu Natal de sonho
    • Eu gostava de passar o Natal em Nova Iorque. Naépoca natalícia, esta cidade ainda fica mais bonita, lá hágrandes arranha-céus, com muitos ecrãs reluzentes,também existem muitas lojas, que no Natal esgotamquase todas. Gostava de ir para lá com todos os familiares ealguns amigos. Normalmente, no Natal montam umaárvore de Natal gigante no centro da cidade. Eu adoraria estar lá com a família, e com os amigos,porque o Natal é a minha festa favorita. O Natal é acelebração do nascimento de Jesus Cristo. A minha família, também adoraria passar lá o Natal.Na minha família todos adoramos o Natal, porque se dá erecebe prendas. Em Nova Iorque, vivem algumas das pessoas maisfamosas do mundo. É por estas razões, que eu queria passar lá o Natal. Feliz Natal a todos!!! Tomás Carvalhal, 5ºF O meu Natal
    • No dia 24 de Dezembro é uma época especial, é quandoJesus Cristo nasceu. Nesse dia, levanto-me com um espírito melhor, mais alegre,pois à noite vou abrir as minhas prendas. Faço a minha árvore na sala e de manhã vou ver a minhaárvore. Quando olho, vejo tantas prendas que me apetece logoabri-las. Durante o dia, a minha família toda traz prendas. Quando chega a hora de jantar como bacalhau e batatascozidas. Passo o meu Natal em casa dos meus avós, com a minhamãe, com a minha avó, com o meu avô, com a minha tia, com aminha madrinha, com os meus primos e com o meu padrinho. O meu Natal sempre foi muito feliz, pois dão-me tudo quequero e principalmente amor e carinho. Eu só abro as prendas à meia-noite, pois o Pai Natal vem só aessa hora. E assim se passa o meuNatal feliz! Ana Filipa Ferreira, 5ºF