Frutos secos

2,730 views

Published on

Published in: Technology, Health & Medicine
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
2,730
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
293
Actions
Shares
0
Downloads
22
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Frutos secos

  1. 1. Feira do Outono 2ªfeira Frutos secos Ana Sofia Rebelo
  2. 2. Frutos secos • A nutrição e frutos secos não foram sempre considerados bons vizinhos para uma alimentação saudável. Mas isso era numa época em que toda a gordura era considerada má. • No início da década de 1990, um estudo de grande escala, constatou que o consumo de uma porção de frutos secos, mais do que uma vez por semana, parecia proteger contra o enfarte do miocárdio e cerebral, e que quanto maior a frequência deste consumo, mais a protecção contra estas doenças. Ana Sofia Rebelo
  3. 3. Frutos secos • Os frutos secos têm uma quantidade extraordinária de vitaminas e minerais – quantidades que dependem do tipo de fruto. Estas incluem vitamina B1, B5, B9, B2, ácido nicotínico, vitamina E, B6, ferro, zinco, magnésio, fósforo, selénio e cobre. • Desde que opte por não exagerar as quantidades, os frutos secos são altamente nutritivos. A densa qualidade de nutrientes – proteínas, vitaminas e minerais – trazem muitos benefícios para a saúde. Para além do mais, os frutos secos sabem bem, não só quando comidas sozinhas como petisco mas quando são adicionadas das mais variadas formas a pratos principais. Ana Sofia Rebelo
  4. 4. Frutos secos • Frutos secos ricos em gordura boa • A maioria da gordura dos frutos secos é essencialmente gordura mono insaturada e polinsaturada, e contém uma baixa percentagem de gordura que aumenta o nível de colesterol. A gordura monoinsaturada, e particularmente a polinsaturada, baixa o colesterol LDL (mau colesterol) e os níveis de lípidos no sangue. No entanto, e tendo em conta o perfil lipídico dos frutos secos, a sua capacidade para reduzir o colesterol é maior do que a esperada. Assim, é provável que, sendo o seu consumo habitualmente em baixas quantidades, os seus efeitos se façam sentir para além da redução dos níveis de colesterol. • Cheios de nutrientes e outros componentes benéficos • Cada tipo de fruto seco contém uma combinação específica de vitaminas e minerais, além das gorduras, proteínas e fibras. A maioria destes frutos contém, habitualmente, uma elevada quantidade de vitamina E, um poderoso antioxidante que neutraliza os radicais livres e os impede de atacar células saudáveis; ácido fólico, que previne o aumento da concentração de homocisteína (um aminoácido presente no sangue, que é um factor de risco para a doença cardíaca); e magnésio, mineral envolvido no controlo da pressão sanguínea. Os frutos secos também contêm outros componentes benéficos, que contribuem para uma boa Ana Sofia Rebelo saúde do coração.
  5. 5. Frutos secos • Acção anti-inflamatória • Recentemente, tem sido sugerido que os frutos secos ajudam a reduzir a inflamação das artérias, que é um sintoma precoce da doença cardíaca. Estes alimentos são particularmente ricos em arginina, um aminoácido proteico. Arginina é necessária na produção de óxido nítrico, um composto que ajuda a relaxar e dilatar as artérias e outros vasos sanguíneos, promovendo uma boa circulação sanguínea. • Protecção contra outras doenças • Alguns destes estudos evidenciaram que o consumo frequente de frutos secos está associado a um menor risco de diabetes mellitus tipo II, também conhecido como diabetes do adulto. Acredita-se que esta associação se possa dever à sua actividade anti-inflamatória. Também se supõe que estes alimentos possam ter uma acção protectora contra certos tipos de cancro. Ana Sofia Rebelo
  6. 6. Amêndoa A amêndoa, que vemos como um tipo de fruto seco, é tecnicamente a semente do fruto da amendoeira, uma árvore gloriosa de tamanho médio com pequenas flores rosa e brancas. A semente do fruto da amendoeira é aquilo a que nos referimos como amêndoa. As amêndoas são de cor creme, cobertas por uma pele fina acastanhada e envolvidas numa casca dura. As amêndoas são classificadas em duas categorias: doces (Prunus amygdalu var. dulcis) e amarga (Prunus amygdalu var. amara). As amêndoas doces são a variedade comestível. Têm uma forma oval, uma textura normalmente maleável e um sabor maravilhosamente amanteigado. Estão disponíveis no mercado ainda dentro da casca ou a casca retirada. As amêndoas descascadas estão disponíveis inteiras, cortadas ou em pedaços, quer na sua forma natural, com a pele, ou peladas, com a pele retirada. Benefícios para a Saúde ● Tonifica o Sistema Nervoso ● Diminui o Colesterol ● Afecções Cardíacas ● Arteriosclerose ● Afecções Ósseas ● Diabetes ● Gravidez e Lactação Ana Sofia Rebelo
  7. 7. Amendoim • Os amendoins não são “frutos secos”. Do ponto de vista botânico, são legumes e são aparentados com outros alimentos da família das leguminosas, incluindo as ervilhas, lentilhas, grão-de-bico e outros feijões. • Os amendoins crescem de uma forma fascinante. Começam como sendo uma flor à superfície que, devido ao seu peso, se dobra em direcção ao chão. A flor acaba por se enterrar e é nessa altura que o amendoim se desenvolve. A casca castanha venosa ou a vagem do amendoim contém duas ou três sementes de amendoim. Cada semente de formato oval, ou núcleo, engloba dois lóbulos branco-pálido que estão cobertos por uma pele castanha-avermelhada. Ana Sofia Rebelo
  8. 8. Amendoim • Benefícios para a Saúde • Nutre e Fortalece a Pele • Lesões da Pele • Afecções Cardíacas • Colesterol • Hipertensão Arterial Ana Sofia Rebelo
  9. 9. Caju • Os cajus são, na realidade, sementes que aderem ao fundo da castanha-de-caju, o fruto do cajueiro, árvore nativa das áreas costeiras do noroeste brasileiro. A semente que conhecemos como a «noz» de caju em forma de rim tem um sabor delicado e uma textura firme mas ligeiramente esponjosa. • Provavelmente já terá reparado que não são comercializados cajus dentro da casca. Isto deve-se ao facto destas nozes serem sempre vendidas antes de terem casca, visto que o interior da mesma contém resina corrosiva, também conhecida como bálsamo de caju, que deve ser retirada com cuidado antes de os cajus poderem ser consumidos. Esta resina corrosiva é usada na indústria para fabricar vernizes e insecticidas. Ana Sofia Rebelo
  10. 10. Caju • Benefícios para a Saúde • Nervosismo • Irritabilidade • Depressão e Cansaço • Espasmos nos Órgãos Ocos (Cólon, Útero ou Artérias Coronárias) Ana Sofia Rebelo
  11. 11. Nozes • As nozes são uma forma deliciosa de obter nutrição, sabor e textura adicionais a uma refeição. A semente de noz consiste em dois lóbulos irregulares que parecem borboletas abstractas. • Benefícios para a Saúde • Afecções Cardíacas • Colesterol • Arteriosclerose • Insuficiência Cardíaca • Angina de Peito • Afecções do Sistema Nervoso • Transtornos Sexuais e Esterilidade • Diabetes • Aumento da Necessidade de Nutrientes (desportistas, estudantes, etc) Ana Sofia Rebelo
  12. 12. Pevides • As sementes de abóbora, também conhecidas como pevides, são sementes verde-escuras, achatadas. • Enquanto as sementes de abóbora tostadas são provavelmente mais conhecidas pelo seu papel como uma típica guloseima do Dia das Bruxas, estas sementes são tão deliciosas e nutritivas que podem ser apreciadas durante todo o ano. Ana Sofia Rebelo
  13. 13. Pevides • Benefícios para a Saúde • Saúde da Próstata • Colesterol • Acção Anti-inflamatória na Artrite Ana Sofia Rebelo
  14. 14. Sementes linhaça • As sementes de linhaça são conhecidas como Linum usitatissimum, sendo que o nome da espécie significa «muito útil». O termo define definitivamente a versatilidade e valor para a nutrição humana desta semente minúscula. As sementes de linhaça são ligeiramente maiores que as sementes de sésamo e têm uma casca dura, suave e brilhante. • Apesar das sementes de linhaça serem levemente estaladiças, não costumam ser consumidas por inteiro e sim moídas, visto que isto permite o aumento da sua absorção de nutrientes. As sementes de linhaça moídas têm uma textura levemente semelhante à da farinha de milho, sendo potencialmente estaladiças, dependendo de quão bem são moídas. Ana Sofia Rebelo
  15. 15. Sementes linhaça • Benefícios para a Saúde • Acção Anti-inflamatória • Doenças do Coração • Diabetes • Protecção contra Cancros • Colesterol Ana Sofia Rebelo
  16. 16. Avelãs • A avelã é o fruto da aveleira, é pequena, redonda, com casca cor de canela e miolo branco-amarelado, de sabor doce e rica em óleo. O fruto consome-se em cru, tostado e como ingrediente na elaboração de diversos produtos, sendo os mais frequentes os chocolates, amêndoas e torrões. • A avelã seca é muito nutritiva e o seu consumo fornece cerca de 670kcal por 100g. • A avelã contém pouco água e para uma boa conservação deve colocar-se em recipientes hermeticamente fechados, em lugares frescos e secos, pois assim evita-se o seu humedecimento. Os melhores resultados obtêm-se quando se conserva em atmosferas com baixo teor de oxigénio, para não ficar rançosa. Conserva-se melhor e por mais tempo se estiver com casca, se estiver pelada pode-se conservar durante 3-4 meses no frio, ou um ano se for congelada. Ana Sofia Rebelo
  17. 17. Avelãs • Benefícios para a saúde • As avelãs são ricas em gordura não saturada, proteínas, hidratos de carbono, vitamina E, ácido fólico, ácido pantoténico e biotina. A vitamina E é um antioxidante e ajuda desse modo a proteger contra alguns tipos de cancro. O ácido pantoténico (vitamina B5) é necessário para um metabolismo são e para a formação de substâncias reguladoras dos nervos. A biotina é essencial para o funcionamento de muitos sistemas enzimáticos do nosso organismo. Os frutos secos são ricos em gorduras, embora a maioria dos ácidos gordos sejam não saturados, formando parte, deste modo, de uma dieta saudável. Um consumo de pelo menos 150 g de avelãs tem um efeito protector contra os ataques cardíacos. Ana Sofia Rebelo

×