OS PROTESTOS DE HOJE - VÓL I

409 views
348 views

Published on

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
409
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
9
Actions
Shares
0
Downloads
3
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

OS PROTESTOS DE HOJE - VÓL I

  1. 1. 1 MEDITAÇÕES - OS PROTESTOS DE HOJE VOLUME I
  2. 2. 2 Neli Cavalcante Assessoria jurídica Especialista em Leis Cristãs R. Aureliano Coutinho, 228 / 04 Embaré – Santos- Cep: 11.040- 240 Tel. 32314759- 91227361- 91780437 E-mail: nelicavalcante7@yahoo.com.br “e te restituirei os teus juízes, como eram dantes, e os teus conselheiros, como no princípio, então serás chamada cidade de justiça, cidade fiel”.1 1 Isaías 1:26.
  3. 3. 3 Dedicatória: A Deus, pois justiça e juízo são a base do Seu trono.
  4. 4. 4 1. Índice dos demais volumes Índice do primeiro volume 1. Prefácio...............................................................................11 2. Oração..............................................................................13 3. Os Protestos de Hoje.............................................................14 3.1 A terra não é quadrada.......................................................19 3.2 Qual o lugar para se adorar a Deus.......................................28 3.3 Causas da ruína da igreja....................................................32 3.4 Deus pediu um templo?.......................................................36 3.5 O Templo feito por mãos de homens.....................................48 3.6 O Bom Samaritano e a Igreja de Cristo..................................49 3.7 Deus estabeleceu reis na terra p/ reinar sobre o seu povo?......57 3.7.a Os Canibais.....................................................................67 3.7.b Vestes sujas...................................................................72 3.8 A Busca pelas revelações de Deus.........................................79 3.8.a A Oração de Rebecca Brawn..............................................82 3.9 A Simbologia religiosa.......................................................101 3.9.a Fora da igreja há salvação?.............................................102 3.10 Reprisando o assunto......................................................110 3.11 A Corrida para os sinais e milagres....................................119 3.12 O Advogado e o Juiz........................................................121 3.13 A Reforma protestante....................................................124 3.13.a A Ramificação inadmissível na Igreja de Cristo.................131 3.13.b O Fracionamento religioso é revelador............................134 3.13.c As Religiões se mesclam...............................................136 3.13.d Fala Ricardo Gondim....................................................138 3.13.e Fala Josimar Sallun......................................................140 3.13.f Fala Robson Oliveira.....................................................144 3.13.g Fatores relig preponderantes que causaram a reforma......148 3.13.h Religião Bah!...............................................................151 3.13.h.1 Fala Olga Benário......................................................154 3.13.h.2 Fala Beno e Solange Cesar.........................................155 3.14 Textos em parceria.........................................................156 3.14.a Os Vendedores expulsos do templo................................156 3.14.a.1 Falta de respeito exterior...........................................159 3.14.a.2 Falta de respeito interior............................................160 3.14.b Quando teremos orgulho dos nossos representantes......162 3.14.b.1 Comentário de pastores sobre o sindicato.....................166 3.14.b.2 Comentário final.......................................................167 3.14.c Alerta sobre a liberdade e a perseguição religiosa.............168 3.14.c.1 Crime de opinião religiosa..........................................173 3.14.c.2 Perseguição aos ofertastes.........................................174 3.14.d Apocalipse (Nosso futuro promissor)...............................175 3.15 A Tradição e a fé............................................................177 3.15.a Fala Ricardo Gondim....................................................180
  5. 5. 5 3.15.b Fala Dr J. Ron Eaker…………………………………………………………….183 3.16 Discurso Duro................................................................188 3.16.a Fala Augusto Cury........................................................201 3.17 Fazendo a Diferença........................................................202 3.18 Fidelidade e Idolatria.......................................................206 3.18.a Fala Jankélévitch..........................................................211 3.18.b Fala André Conte.........................................................211 3.18.c Fala Ruben.zevallos.com.br...........................................211 3.18.d Teoria da Oscilação......................................................212 3.19 Uma morada para Deus...................................................213 3.20 O Poder da unidade.........................................................217 3.21 Deus não resiste a um coração quebrantado e contrito.........222 3.22 E ai do que não falar.......................................................226 3.23 Os frutos e os dons.........................................................232 3.24 O lixo debaixo do tapete..................................................233 3.24.a Fala Ken Blue..............................................................235 3.24.b Como diz Phillip Keller..................................................235 3.25 O Vício estabelecido e aceito............................................236 3.25.a Fala Sergio Lopes........................................................238 3.25.b Fala Ellen White..........................................................239 3.25.b.1 A Glutonaria: um pecado...........................................239 3.25.b.2 Para a Glória de Deus...............................................240 3.25.b.3 Escolha de vida ou morte..........................................240 3.25.b.4 A Busca da perfeição.................................................241 3.25.b.5 Uma questão de obediência........................................241 3.25.b.6 Penalidade pela ignorância.........................................242 3.25.b.7 Nem sempre é ignorância...........................................242 3.25.b.8 Responsabilidade pela luz...........................................242 3.25.b.9 Uma oferta sem mancha............................................243 3.25.b.10 Uma piedosa oferta.................................................243 3.25.b.11 Por que a Luz Sobre a Reforma da Saúde...................243 3.26 Lavando os pés uns dos outros.........................................250 3.27 A Decisão da águia.........................................................253 3.28 Pedimos desculpas..........................................................254 3.29 Fala Augusto Cury...........................................................255 Índice do segundo volume 1. Prefácio.............................................................................262 2.Oração...............................................................................264 3. O Juízo de Deus começa por quem?......................................265 4. A Prostituta não prevalece...................................................267 5. Fala o Pr Vanderley.............................................................279 6. Fala o Rabino Aryeh Kaplan..................................................283 7. Fala Willian MacDonald........................................................287
  6. 6. 6 8. Carta de um jovem comunista..............................................287 9. Jim Elliot descreve o que é zelo............................................288 10. Fala Rick Joyner...............................................................290 11. Fala Ricardo Gondim.........................................................292 12. Fala Francis Shaeffer.........................................................293 13. Fala Ricardo Gondim.........................................................324 14. O Mestre Invisível.............................................................325 15. O Evangelho de hoje.........................................................326 16. Fotos de instrumentos de tortura de cristãos da I.Média........330 17. A prisão de João Bonyan ...................................................355 18. A Expressão de Willian P. Young.........................................362 19. Perguntas respondidas .....................................................365 20. A urgência de desvencilhar-se das amarras do sistema capitalista..............................................................................367 21. Porque as pessoas parecem gostar de apanhar?....................375 22. É tempo de examinar tudo.................................................381 23. Perguntas respondidas/ Eu só queria saber..........................383 24. As teses para a igreja de hoje............................................387 25. Igreja cristã virtuosa; quem a achará?.................................388 26. Templos!!! Para quê???.....................................................398 27. Como é bom sonhar..........................................................401 28. Nós somos as casas de Deus..............................................403 29. Deus não habita em templos feitos por mãos de homem........405 30. A grande ruptura..............................................................409 31. Coração de pedra.............................................................410 32. O templo de Cristo............................................................412 33. O nosso Sumo-Sacerdote é Cristo.......................................414 34. Denominação (igreja) não salva ninguém.............................420 35. A igreja de Cristo no Novo Testamento................................425 36. Uma igreja consciente não constrói templos magnif...............427 37. Cristianismo sem Cristo.....................................................431 38. Feridos de Deus................................................................433 38.a Trechos do livro “Feridos em nome de Deus”......................436 38.b Fala Marília de Camargo César..........................................436 39. Fogo Consumidor x Babilônia..............................................448 39.a Fala Ken Blue.................................................................449 39. b Fala Phillip Keller...........................................................450 39.c Fala Pascal.....................................................................451 39.d Fala George MacDonald...................................................451 39.e Fala Ayn Rand................................................................451 39.f Fala um missionário sul africano........................................451 39.g Fala Josef Kennedy.........................................................451 39.h Fala Stefhen Arterburn e Jack Felton………………………………………451 39.i Fala Robert Farrar Capon .................................................451 39.j Fala Donald Bloesch.........................................................452 39.k Fala Santo Agostinho.......................................................452 39.l Fala C. Lewis...................................................................452
  7. 7. 7 39.m Fala David Seamands ....................................................452 39.n Fala o Apóstolo Paulo......................................................452 39.o Fala Marcos....................................................................454 39.p Fala Estevão..................................................................454 39.q Fala JESUS CRISTO.........................................................454 40. Não basta ser um sem igreja..............................................458 41. O outro lado da moeda......................................................459 42. O Missionário do diabo.......................................................461 43. A Hierarquia satânica........................................................466 44. Quais os critérios para se abrir uma igreja?..........................472 45. Quem será o Martinho Lutero desta época?..........................477 46. Os idólatras da igreja........................................................479 47. A Decisão da Águia...........................................................480 48. Pedimos desculpas............................................................481 49. Fala Augusto Cury ............................................................482 Índice do terceiro volume 1. Prefácio.............................................................................494 2. Oração..............................................................................496 3. Introdução.........................................................................497 4. Pregação chocante .............................................................510 5. A ira de Deus ....................................................................529 6. Um desafio aos pastores .....................................................531 7. Volta para casa .................................................................533 8. Desligue o ídolo .................................................................535 9. Como você reage ao ser exortado? .......................................537 10. Seja homem ...................................................................538 11. Não conhecemos o Evangelho de Cristo ..............................539 12. Introdução ao Evangelho ..................................................542 12.a Um Evangelho para todos ...............................................542 12.b Um Evangelho para ser pregado ......................................544 12.c Um Evangelho para ser recebido ......................................545 12.d Um Evangelho no qual perseveramos ...............................547 12.e Um Evangelho para o qual somos salvos ...........................548 12.f Um Evangelho para ser retido ..........................................550 12.g Um Evangelho que vem antes de tudo ..............................552 12.h Um Evangelho pronunciado e entregue .............................554 12.i Um Evangelho para ser explicado ......................................556 13. Não espere um arrependimento perfeito .............................558 14. Conheça Cristo, conheça o Evangelho .................................562 15. 10 acusações contra a igreja moderna ................................565 15.a Oração .........................................................................566 15.b Introdução ....................................................................567 15.c Primeira acusação ..........................................................570 15.d Segunda acusação .........................................................573 15.e Terceira acusação...........................................................575
  8. 8. 8 15.f Quarta acusação.............................................................578 15.g Quinta acusação.............................................................581 15.h Sexta acusação..............................................................584 15.i Sétima acusação..............................................................588 15.j Oitava acusação..............................................................593 15.k Nona acusação...............................................................595 15.l Décima acusação.............................................................598 16. Alguns heróis da fé ..........................................................603 16.a João Calvino ..................................................................603 16.b Martinho Lutero ………………………………………………………………………605 16.c Jonathan Edwards ……………………………………………………………………608 16.d Leonard Ravenhil …………………………………………………………………….608 16.e George Whitefield ..........................................................611 16.f John Wesley ...................................................................614 16.g Howel Haris e outros ......................................................617 16.h C.H. Spurgeon ...............................................................618 17. A atualidade da Bíblia .......................................................626 18. Um chamado ao avivamento .............................................627 19. Os reformadores e a Lei- Semelhanças e diferenças .............631 19.a Lutero e a Lei ................................................................632 19.b Zuínglio e a Lei ..............................................................635 19.c Calvino e a Lei ...............................................................637 19.d As confissões reformadas e a Lei ......................................640 19.e Antinomismo e Legalismo ................................................641 20. As igrejas de Lutero são diferentes? ...................................643 21. Porque Lutero tornou-se um anti-semita? ............................644 21.a Notas ...........................................................................655 22. Fé e Predestinação ...........................................................656 22.a Resumo ........................................................................660 22.b Observações .................................................................660 22.c Servos, livres, não predestinados .....................................661 23. Protestantismo ................................................................663 23.a O que o protest. é em sua essência e o que deve ser ..........663 23.b O que o protestantismo não é e nem deveria ser ................663 24. Como pregar e não converter a ninguém? ...........................664 25. Perseguição por causa de Cristo .........................................664 26. A recomendação de Paulo à Timóteo e p todos nós ...............665 27. Comentários da internet ...................................................666 28. Testemunho de Paul Washer .............................................671 29. O Filósofo Soren Aabye Kierkegaard ...................................674 29.a Kierkegaard e a filosofia da religiao pós-hegeliana ..............675 30. Mais concordância ............................................................676 30.a Fala José Ailton...............................................................687 30.a.1Os achados de Deus .....................................................687 30.a.2 A graça da garça .........................................................687 30.a.3 O que tenho a dizer como Igreja de Cristo ......................690 30.a.4 Templos feitos por mãos de homem ..............................691
  9. 9. 9 30.a.5 A opinião do RT s/ exorc nos cultos ev causa polêmica....694 30.a.6 A justiça do Deus das estrelas.......................................696 30.a.7 Pentencostalismo, que loucura! .....................................697 30.a.8 Manual do pastor bem sucedido ....................................701 30.a.9 Perdendo a referência do altar ......................................704 30.a.10 “Ou dá ou desce” ......................................................706 30.a.11 A igreja através dos séculos .......................................707 30.a.11.a O artigo 5º da CF ...................................................715 30.a.12 Igreja congregada dos dias atuais ...............................720 30.a.12.a Catolicismo Romano ...............................................720 30.a.12.b Reformados ...........................................................721 30.a.13 A verdadeira Igreja de Cristo ......................................723 30.a.14 Uma liderança sem foco .............................................729 30.a.15 Eclésia em um breve ensaio .......................................732 30.a.16 Vivendo como igreja ..................................................733 31. Palavras finais..................................................................736 32. A decisão da águia ...........................................................738 33. Pedimos desculpas ...........................................................739 34. Fala Augusto Cury ............................................................740 Índice do quarto volume 1. Prefácio.............................................................................494 2. Oração..............................................................................496 3. A contaminação maldita ......................................................755 3.a Deus nos livre de um país evangélico ..................................761 3.b Entrevista com R. Gondim para a revista Carta Capital ..........766 3.c Comentários da reportagem ..............................................773 3.d Que Deus não nos livre de um país evangélico .....................776 3.e Pr R. Gondim perde coluna em revista cristã por ser a favor do movimento gay .....................................................................782 3.f Se Deus é soberano, Ele é o responsável pelo orgasmo do pedófilo, afirma R. Gondim .....................................................786 3.g O Ecumenismo religioso ....................................................793 3.g.1 Nova classe média evangélica se aproxima da igreja católica, afirma líder da CNBB ..............................................................794 3.g.1.a A farsa do ecumenismo................................................796 3.g.2 Marcha para Jesus na Paraíba reúne evang. e católicos ......801 4. As últimas notícias .............................................................802 4.a Fala Rick Joynner .............................................................815 4.b O que diz a Bíblia sobre o homossexualismo ........................818 4.c Afinal, a liberação da maconha ...........................................820 4.d Ministro diz que fumar maconha no quartel não é crime.........824 4.e STF e a maconha..............................................................825 4.f Drogas ............................................................................828 4.g M. Malta tem apoio da justiça p impedir a m da maconha.......831 4.h Mais notícias sobre a questão.............................................833
  10. 10. 10 4.i Valnice Milhomens.............................................................873 4.i.1 Um parêntese frisando o divórcio .....................................878 4.i.2 Silas Malafaia no Programa do Ratinho (SBT)......................893 4.i.3 O que é prática abominável segundo a Bíblia .....................894 4.i.4 Um pouco mais de Valnice Milhomens................................903 4.i.5 Homossexualismo à luz da Bíblia ......................................909 4.i.6 Como anda o nosso jornalismo ........................................912 4.i.7 Atualizando as notícias ...................................................926 5. O abominável silêncio dos bons ...........................................939 5.a O mau triunfa quando os bons não fazem nada ....................940 5.a.1 Frases de famosos que zombaram de Deus ......................963 6. Curiosidades .....................................................................967 6.a A Destruição do primeiro templo ........................................967 6.b A destruição do segundo templo ........................................970 6.c A destruição do segundo templo sagrado .............................972 6.d Yeshua Hamashiach e o terceiro templo ..............................975 6.e Mais um que derruba dos templos.......................................978 6.f A reiterada destruição dos templos......................................981 6.g O nepotismo nos templos destruídos..................................984 6.g O nepotismo nos templos destruídos..................................984 7. Os crentes estão trocando a verdade de Deus pela mentira..986 8. A Decisão da águia ...........................................................1002 9. Pedimos desculpas ...........................................................1003 10. Fala Augusto Cury ..........................................................1004 Obs: Vide o V volume. Com amor, Neli.
  11. 11. 11 1. Prefácio Querida (o) amiga (o), sedenta (o) e faminta (o) de JUSTIÇA Deixo aqui para sua reflexão, de maneira simples, alguns retalhos escritos, algumas sementes, para que germinem e dêem frutos ao seu coração, certamente inconformado com a injustiça, com a hipocrisia e o desamor. Seja cada uma dessas sementes, água de Deus para regar a sua alma. Livres de cercas religiosas, encontramos Deus fora do status quo, fora do padrão religioso estabelecido, que como revela o Apocalipse é uma verdadeira prisão e uma astuta armadilha anti-Cristo. Encontramos o Poderoso fora dos dogmas, dos rituais vazios, a exemplo de Martinho Lutero e tantos outros que ousaram questionar o que está pré-estabelecido, como ensinou Kant, como denunciou Kierkegaard, e outros tantos filósofos, como também Sto Agostinho, Aquino e outros, que explicaram a fé pela lógica, e aí descobrimos a virtude, o que é santo e justo, e entendemos também o que falou Sócrates: “Só sei que nada sei”. A exemplo de tantos mártires, nos ocupamos em tornar os textos bíblicos populares, como é o propósito de Deus em oposição à religião, esta que é umas das maiores desgraças da humanidade (se não for a maior), e que divide os homens que Jesus veio para unir. É impressionante como este nome, que é acima de todo o nome que se nomeia, provoca tempestades e escandaliza, pois veio testificar que as nossas obras são más. Descobrimos enfim, de maneira maravilhosa, que este Jesus Bíblico, que não pertence a nenhuma religião, mas ao que crê, este que divide a humanidade em antes e depois, o Verbo que se fez carne, O Homem que habitou entre nós, é também Deus (o único), de eternidade à eternidade. Jesus não é religião, mas a única oportunidade para o relacionamento do homem com Deus. A sua ressurreição foi o fato mais extraordinário da humanidade e é fartamente comprovado pela história. Eis o nosso fundamento, a nossa Fonte Primeira: “Pois ninguém pode pôr outro fundamento, além do que já está posto, o qual é Jesus Cristo”.2 2 I aos Cor 3:11.
  12. 12. 12 Há outro que tenha ressuscitado? Observemos para tirar as nossas conclusões: A Bíblia tem 40 livros que foram escritos por 66 autores. Todos estes viveram em épocas totalmente diferentes, eram pessoas de personalidade, cultura, idade, sexo, nações diferentes totalmente uma da outra, porém falaram sobre as mesmas coisas; uma coisa testifica da outra, se encaixa na outra com uma exatidão espantosa. Qual o livro que demora séculos para ser escrito? Qual livro é o best-seller do mundo? Qual livro que termina de ser escrito hoje, sem estar já ultrapassado? Qual o livro que fala com todos, nos quatro cantos do mundo da mesma maneira, que desperta o rico e o pobre, o sábio e o iletrado, sem fazer acepções? Quais as leis que estão inseridas em todos os seguimentos das sociedades, em todos os tempos? Se assim é, como poderia alguém imaginar que estas são palavras de homem? “Pois os seus atributos invisíveis, o seu eterno poder e divindade, são claramente vistos desde a criação do mundo, sendo percebidos mediante as coisas criadas, de modo que eles são inescusáveis;”.3 Escrevemos sob o comando de Deus, que certa feita me deu uma caneta e um livro de ouro (visões espirituais), me instruindo para escrever as coisas divinas que Ele me inspiraria. Recomendo que antes de se expor à leitura, o leitor peça a Deus que lhe revele ao espírito4 o que Ele quer dizer, já que os textos têm as Leis de Deus como fundamento, pois a Bíblia não se interpreta, mas se recebe revelação do Espírito Santo de Deus. E também não há segundo a Bíblia5 interpretações sobre os textos, mas sim revelações, pois a Palavra se renova a cada dia. Coloco aqui um trecho de um livro de Ellen White6 para somar ao que acabamos de falar: (p.8) A Bíblia aponta a Deus como seu autor; no entanto, foi escrita por mãos humanas e, no variado estilo de seus diferentes livros, 3 Romanos 1:20. 4 Se o seu espírito ainda não está recriado, leia João I e vai entender que o que crê na obra da cruz de Cristo, se torna filho depois da confissão dos lábios (Romanos 10:9,10) e o seu nome será escrito pelo dedo de Deus no Livro da Vida (Apocalipse 21:27). Peça então perdão pelos pecados, para quebrar as maldições sobre a sua vida, renuncie a todos os outros deuses (objetos de proteção ou de sorte, imagens, ídolos, filosofias), passe a crer no único Deus e tenha então a partir daí a comunicação direta com o Senhor dos Senhores através da recriação do seu espírito que foi morto no Jardim do Éden, onde se seu a separação entre o homem e o seu Criador. Será então este, o seu novo nascimento como filho de Deus, enfrentando a partir daí a pior guerra que alguém pode enfrentar que é contra o diabo (o príncipe deste mundo). Também, a sua velha natureza que vai continuar morando dentro de você junto com a outra que acabou de nascer, vai se opor a tudo o que vem de Deus, concordando também com o mundo e todos os seus atrativos e tentações. Se perseverar e resistir até o fim, será salvo. Não podemos deixar de frisar que Jesus passará a ser o seu advogado (Ele é invicto) e completará a sua força em cada batalha (vai completar, e não fazer o que compete a você fazer). Eu oro para que você aproveite esta extraordinária oportunidade que Jesus lhe deu, não se rendendo a nenhum suborno. O preço para o seu resgate foi caríssimo e indizível, assim como a promessa de Deus para sua vida. 5 II a Pedro 1:20,21. 6 Ellen G. White; Tradução: Hélio L. grellmann; Casa Publicadora Brasileira; Tatuí/SP; 7ª Ed.
  13. 13. 13 apresenta as características dos diversos escritores. As verdades reveladas são oferecidas por inspiração de Deus (“16 Toda Escritura é divinamente inspirada e proveitosa para ensinar, para repreender, para corrigir, para instruir em justiça;7 ”); acham-se, contudo, expressas em palavras de homens. O Ser Infinito, por meio de Seu Santo Espírito, derramou luz no entendimento e coração de Seus servos. Deu sonhos e visões, símbolos e figuras; e aqueles a quem a verdade foi assim revelada concretizaram os pensamentos em linguagem humana. Escritos em diferentes épocas, por homens que diferiam amplamente em posição e ocupação, tanto quanto em capacitação mental e espiritual, os livros da Bíblia apresentam amplo contraste quanto ao estilo, assim como diversidade no tocante à natureza dos assuntos desvendados. Diferentes formas de expressão foram empregadas por distintos escritores; muitas vezes a mesma verdade é apresentada de modo mais marcante por um escritor do que por outro. À medida que várias escritores apresentam o mesmo tema sob variados aspectos e relações, poderá parecer, ao leitor superficial, descuidado ou preconceituoso, que entre estes autores existem discrepâncias ou contradições; ao mesmo tempo, porém, o estudioso pensante e reverente. Com visão interior mais clara, discernirá aí a harmonia subjacente. A Bíblia é a fonte primeira, é a bússola, o endereço de Deus, onde está impressa a PALAVRA DE DEUS, que é o Verbo que se fez carne e habitou entre nós.8 Ele vai voltar para buscar os que creram: “Eu sou o Alfa e o Ômega, diz o Senhor Deus, aquele que é, e que era, e que há de vir, o Todo-Poderoso”.9 Seria bom que cada um colocasse em ordem os seus “documentos” para estarem prontos para partir com Ele para eternidade a qualquer momento. Para isso, basta crer que Ele (Jesus) é o único caminho para se chegar a Deus, confessar isto com a boca,10 arrependido dos seus pecados e consciente que não é suficiente, mas dependente deste que o criou (não deixe de observar que estamos falando do Cristo Bíblico e não o das Igrejas): “Porque muitos virão em meu nome, dizendo: Eu sou o Cristo; a muitos enganarão”.11 2. Oração: Esta é a oração que Paulo fazia e que agora faremos por você: “17 Para que o Deus de nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai da glória, vos dê em seu conhecimento o espírito de sabedoria e de revelação; 18 tendo iluminados os olhos do vosso entendimento, para que saibais qual seja a esperança da sua vocação, e quais as riquezas da 7 II Timóteo 3:16 8 João 1. 9 Apocalipse 1:8. 10 Romanos 10:8/13. 11 Mateus 24:5.
  14. 14. 14 glória da sua herança nos santos; 19 E qual a sobre excelente grandeza do seu poder sobre nós, os que cremos, segundo a operação da força do seu poder”. 12 E que a paz de Deus, que excede todo o entendimento possa reinar em seu coração. Com amor, Neli. 3. Os “Protestos” de hoje Escrevo e envio textos e cartas, a exemplo de Paulo, debaixo da ordenança do meu Deus, que me deu certa vez uma Caneta e um Livro de Ouro para que eu escreva o que Ele mandar. Quando escutei estas ordens, que veio pela boca de outra pessoa, coloquei “na gaveta” e esperei a confirmação de Deus. Não me inflamo com qualquer notícia deste tipo, pois não ignoro os ardis de satanás e sei também que uma responsabilidade no Reino de Deus é um prenúncio para a carne arder. Não ignoro também o que escuto de qualquer pessoa que seja, mesmo se venha de uma “mula” ou de uma “pedra”, pois pode o Vento Veemente estar falando comigo através destes, conforme Lhe aprouver, e se eu vigiar antes de orar não vou perder a oportunidade magnífica de escutar a Sua voz e o seguir, para saber qual a Sua perfeita vontade, como ovelha que sou, como um soldado que me esforço para ser, e pela graça, filha, dando socos na minha carne todos os dias, me esvaziando do ego, para que Jesus cresça e eu diminua, para que não mais viva eu, mas viva Ele em mim. O que me levou a escrever este texto, entre tantos outros motivos, foi o fato de observar constantemente que as pessoas, ao invés de enviarem alguém para o colo de Deus, as enviam para a igreja. É comum também na boca dos religiosos a frase feita de que não têm “placa”, mas no final contradizem o que falam nas palavras, nas atitudes e ainda deixam claro, mesmo que seja nas entrelinhas, o 12 Efésios 1:17/19.
  15. 15. 15 quanto são partidários, e evidenciam mais uma vez o quanto esta igreja que se diz cristã é fracionada, dividida, tornando-se assim fadada a ser destruída como afirmam as Leis de Deus: “25 Jesus, porém, conhecendo-lhes os pensamentos, disse- lhes: Todo reino dividido contra si mesmo é devastado; e toda cidade, ou casa, dividida contra si mesma não subsistirá”.13 O Espírito de Deus se entristece e sofre muito. Poderiam, por exemplo, essas pessoas dar a sugestão: “desabafe conosco”, pois muitos não querem nem chegar perto de nenhuma igreja, o que acho bastante sensato e coerente, haja vista a quantidade de escândalos na mídia envolvendo as igrejas e sua liderança, porém, talvez não tivessem uma barreira maior para entrar, ou na casa deste, ou sentar em algum bando público, ou mesmo ficar ali em pé, ou entrar no seu estabelecimento comercial, quem sabe para comprar uma pipoca, ou fazer ginástica, ou cortar o cabelo, e quem sabe ali naquele momento Deus estabelecerá o Seu altar, e esta vai escutar alguma palavra de esperança. Foi assim e ainda é o ministério do Mestre da Vida: simples, sem burocracia e com muito amor. Pessoas inteligentes fizeram uma pesquisa onde se somou o espaço físico de todas as igrejas que existem no mundo e então concluíram que se enchessem todas não caberia nem 2% da população mundial, ou seja, 98% das pessoas não estão nas igrejas, mas fora da porta como andava Jesus: “Por isso também Jesus, para santificar o povo pelo seu próprio sangue, sofreu fora da porta. Saiamos pois a ele fora do arraial, levando o seu opróbrio. Porque não temos aqui cidade permanente, mas buscamos a vindoura”.14 13 Mateus 12:25. 14 Hebreus 13:12/14.
  16. 16. 16 Ou seja, todos sabemos onde Jesus andava quando esteve aqui em carne e onde está agora e em qualquer tempo: no meio dos perdidos, fora de quatro paredes, com os pés na lama, junto com os enlameados, ou seja, fora da porta. Este não é um assunto nada fácil, pois derrubar muralhas de Jericó, ou fortalezas formadas desde a infância,15 como o são as tradições, os dogmas religiosos, isto é uma verdadeira guerra: “Ora eu mesmo, Paulo, vos rogo pela mansidão e benignidade de Cristo, eu que, na verdade, quando presente entre vós, sou humilde, mas quando ausente, ousado para convosco; sim, eu vos rogo que, quando estiver presente, não me veja obrigado a usar, com confiança, da ousadia que espero ter para com alguns que nos julgam como se andássemos segundo a carne. Porque, embora andando na carne, não militamos segundo a carne, pois as armas da nossa milícia não são carnais, mas poderosas em Deus, para demolição de fortalezas; derribando raciocínios e todo baluarte que se ergue contra o conhecimento de Deus, e levando cativo todo pensamento à obediência a Cristo; e estando prontos para vingar toda desobediência, quando for cumprida a vossa obediência. Olhais para as coisas segundo a aparência. Se alguém confia de si mesmo que é de Cristo, pense outra vez isto consigo, que, assim como ele é de Cristo, também nós o somos. Pois, ainda que eu me glorie um tanto mais da nossa autoridade, a qual o Senhor nos deu para edificação, e não para vossa destruição, não me envergonharei; para que eu não pareça como se quisera intimidar-vos por cartas. Porque eles dizem: As cartas dele são graves e fortes, mas a sua presença corporal é fraca, e a sua palavra desprezível. Considere o tal isto, que, quais somos no falar por cartas, estando ausentes, tais seremos também no fazer, estando presentes, pois não ousamos contar-nos, ou comparar-nos com alguns, que se louvam a si mesmos; mas estes, medindo-se consigo mesmos e comparando-se consigo mesmos, estão sem entendimento. Nós, porém, não nos gloriaremos além da medida, mas conforme o padrão da medida que Deus nos designou para chegarmos mesmo até vós; porque não nos estendemos além do que convém, como se não chegássemos a vós, pois já chegamos também até vós no evangelho de Cristo,...”16 Temos mesmo a tentação, várias vezes, de “largar a mão do arado”17 , nesta situação, e dizer a Deus de maneira insana: “Agora o problema é deles, pois já falei, e não tenho mais nada a ver com isso”. Porém, não nos pertencemos e adoramos a este Deus que nos comprou com o Seu sangue, que devemos servir e que é nosso Pai, 15 II aos Cor 10. 16 II aos Coríntios 10:1/14. 17 Lucas 9:61.
  17. 17. 17 Marido, Médico, General, Amigo íntimo, Mãe, Irmão e tudo mais, e esta é a razão de estarmos novamente aqui com a Caneta de ouro, escrevendo no Livro de Ouro, para você especialmente e para outros que Deus direcionar, certamente porque aprendemos com Ele, a amar, depois d’Ele, ao próximo como a nós mesmos. Temos vários textos escritos, com o pensamento de “traduzir” novamente as Escrituras para a linguagem popular, já que, mesmo o povo tendo a Bíblia em várias traduções, cores e modelos, não a lêem, mas preferem escutar de um homem, de um “rei”, e não direto do Rei dos Reis, e as coisas estão muito “torcidas” por este motivo. Tempos antes aconteceu a mesma coisa com Martinho Lutero18 , que foi meditar nas Escrituras, ao invés de escutar de homens, percebendo assim a apostasia, as abominações no santuário, e logicamente, como qualquer pessoa honesta, que ama a Deus e que não está ainda presa pela religião, denunciou, expondo assim a sua cabeça como fez João Batista e tantos outros heróis da fé, e como terá que fazer qualquer um que creu e entendeu qual é a sua função nesta terra depois de receber a Boa Notícia. Martinho Lutero A igreja de Cristo então (o Cristo Bíblico e não o da religião), os que “protestaram”, e por isso ficaram conhecidos como protestantes, foram para a periferia como sempre acontece, pois o homem terá que enxergar Jesus sem o “tapete vermelho”, montado em um jumentinho apenas, sem nenhuma formosura ou opulência aparente; terá que “enxergar” o seu Deus apesar d’Ele vir sem a aparência exterior, pois o Reino de Deus vem com aparência interior, sem alardes, publicidades, promessas políticas ou qualquer tipo de barganha, mas só pelo fato simples, maravilhoso e justo fato de se amar a Deus sobre todas as coisas. Como é diferente a essência do Cristo bíblico! Ele alertou que viriam muitos em Seu nome: 18 Recomendamos o comentário deste filme em ”Meditações: Filmes”.
  18. 18. 18 “5 Porque muitos virão em meu nome, dizendo: Eu sou o Cristo; a muitos enganarão. 23 Se, pois, alguém vos disser: Eis aqui o Cristo! ou: Ei-lo aí! não acrediteis; 24 porque hão de surgir falsos cristos e falsos profetas, e farão grandes sinais e prodígios; de modo que, se possível fora, enganariam até os escolhidos”.19 Este homem terá que entender que o Reino está dentro de si e não entre as quatro paredes de um templo. Estamos então “protestando”, outra vez, contra tudo isso: “20 Sendo Jesus interrogado pelos fariseus sobre quando viria o reino de Deus, respondeu-lhes: O reino de Deus não vem com aparência exterior; 21 nem dirão: Ei-lo aqui! ou: Ei-lo ali! pois o reino de Deus está dentro de vós”.20 À princípio pode parecer um pouco, ou muito estranho, tais afirmações, pois estamos acostumados, desde a infância (é uma fortaleza feita de tradições, de costumes humanos, de sofismas, de idéias) a achar que para se encontrar a Deus teremos que ir às igrejas. Ouvimos isso constantemente de várias fontes, inclusive da mídia, através da liderança destas igrejas, os quais “vendem os seu peixe”, alardeando promoções bombásticas aos que freqüentarem as suas detrimento das outras. Sutil (a maioria das vezes nem isso fazem), mas ardentemente, procuram alertar ao povo que só a deles está certa e que dará a solução exata. Oferecem as indulgências e propagam a sua indústria de ídolos21 e, como diz a Palavra de Deus, infelizmente, muitos dos escolhidos caem nesta armadilha, porque transgridem no mandamento: “8 Não se aparte da tua boca o livro desta lei, antes medita nele dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer conforme tudo quanto nele está escrito; porque então farás prosperar o teu caminho, e serás bem sucedido”.22 Porém a ética, a inteligência, o bom senso, nos instrui a que devemos procurar a “nossa” e não a que já estava aqui quando nascemos na terra, feita pelos outros que já estavam aqui. A maturidade nos cobra 19 Matesu 24:5,23,24. 20 Lucas 17:20,21. 21 Atos 19:25. 22 Josué 1:8.
  19. 19. 19 uma posição pensada, medida, ponderada, e não a que está na baciada da vida e pronta. Será esta a nossa? E muito mais que isso: a certa, a de Deus? Kant23 nos alertou para que não compremos nada pronto, sem antes meditar, mesmo que seja a opinião de um especialista no assunto (quantos erram). 3.1 A terra não é quadrada, o átono é divisível, o sol não é o centro Sabemos que, por muitos anos os cientistas nos fizeram crer que a terra era quadrada. Eles falavam, então estava falado! Exatamente como hoje. Porém, alguém resolveu sair da “baciada” e questionar o assunto. Para nós, hoje é fácil, pois sabemos que existe a força da gravidade que prende tudo ao solo, mas nesta época este conceito ainda não existia. Para eles era a mesma coisa que imaginar alguém muito gordo caminhando no teto, pelo simples fato de olharem para qualquer lado e perceberem a terra plana, reta, ou com curvas, altos e baixos. Então o rei da Itália disse: "O planeta em que vivemos, é quadrado. O mais corajoso de nossos marinheiros, se tiver coragem suficiente para ir até o fim do mundo, e enfrentar os terríveis monstros do mar, nos fará mais ricos”. Foi-se aí que começaram a descobrir que o mundo é redondo, pois o marinheiro corajoso, depois de muitos meses em alto mar, voltou para onde partiu. Disse ele então: "Demos a volta ao mundo. Não existe monstros gigantes, muito menos fim do mundo. O mundo é redondo!". O rei, então escutando a o “desvario” do marinheiro, mandou sacrificá-lo. Depois de séculos do feito, surge Galileu Galilei, que possuía um telescópio (que na época era usado para vigiar uma possível invasão dos inimigos). Este então resolveu apontar o telescópio aos céus. Viu ele as crateras redondas da Lua, os planetas 23 Entre tantas coisas, um grande filósofo.
  20. 20. 20 como Vênus e Marte, e retrucou: "Assim como os astros que existem espalhados pelos céus, a Terra também é redonda!" Foi ele então ameaçado de morte. Mas antes de ser esquartejado, ainda em vida, disse: "Eu, Galileu Galilei com minhas pesquisas descobri, que a verdade do povo, é a verdade verdadeira e não a dos cientistas! A Terra é quadrada, e é o Sol, que gira em torno da Terra". Porém, ainda por séculos esta fortaleza ainda prevaleceu: a terra ainda continuava a ser quadrada, por imposição da cúpula. Mas no começo do século XIX, cientistas descobriram que Galileu Galilei, tinha toda razão. A Terra é redonda, pois os outros astros também são. O sistema héliocentrista é o correto, a Terra gira em torno do Sol, não o Sol gira em torno da Terra. Isto significa que a teoria de Kant e de tantos que concordam com ele, ou já agia, ou age assim mesmo antes de saber a opinião dele, está certíssima. Quantas coisas fazemos ainda com a mentalidade tribal, ou seja, a tribo age, pensa assim e assim teremos que fazer para que não sejamos excluídos dela. Somos sociáveis por natureza e o prenuncio de solidão nos é muito assustador e aí então muitas vezes “compramos gato por lebre”, e fazemos coisas avessas aos nossos princípios, por ignorância, por pensar que é muito mais fácil seguir a maioria, ou por covardia. Mais uma vês os homens têm a oportunidade de “dar a mão à palmatória” e reconhecer que não são deuses: Um átomo é indivisível? Por quê?24 Um certo cientista alemão, tentou dividir mas, parece que ele enlouqueceu antes de conseguir a sua nova descoberta. No século 18 Lavoisier conseguiu finalmente mostrar que o átomo (palavra grega que significa indivisível) é a base das substâncias químicas. Mendeleev prosseguiu o trabalho e chegou à tabela periódica dos elementos onde classificou os diferentes tipos de átomos. Assim responderam a uma pergunta muito antiga, que foi 24 Google.
  21. 21. 21 discutida por Demócrito, sobre a divisibilidade da matéria. No entanto no século 19 e 20 continuou-se a dividir o átomo. Thompsom mostrou que o átomo continha partículas menores, os elétrons. Até hoje não se conseguiram dividir os elétrons. Mas Rutherford mostrou que a maior parte da massa do átomo está concentrada no núcleo. Cavendish mostrou que o núcleo é composto por prótons e nêutrons. Nos anos 1950 e 1960 conseguiram finalmente dividir os prótons e os nêutrons, que afinal eram compostos por quarks. Os quarks têm massa, carga elétrica, e ainda três novas propriedades a que se dá o nome spin, de sabor e cor. Assim as suas propriedades são muito ricas e ainda estão a ser investigadas pelos cientistas. Destaca-se a propriedade do confinamento, que esta relacionada com o recente prêmio Nobel de 2004. É que não se conseguiu ainda isolar um quark, pois eles ficam sempre próximos uns dos outros. Para tentar dividir partículas como o elétron ou o quark, os cientistas experimentam chocar com a energia mais alta possível elétrons ou núcleos. Usam aceleradores de partículas, que multiplicam por mais de 1000000000 a sua energia E=mc^2. Cada choque pode conseguir criar milhares de outros quarks ou elétrons, mas até ao momento, todos acabaram por estar "inteiros" e não "partidos". Um quark é um constituinte da matéria muito pequeno. Reside em regiões da ordem de 1/10000000000000000 do metro. Neste momento não é possível dividir um quark, mas os cientistas continuam tentando. E mais um pouco de “abaixo à teoria teórica e incrédula”: Astronomia Bíblica 25 Até hoje, a ciência não conseguiu comprovar vida, além da terra. A terra por enquanto, continua sendo o centro da vida. A Bíblia diz que "os céus manifestam a glória de Deus e o firmamento anuncia as obras de Deus".26 Assim o estudo dos "céus" e do "firmamento" nos faz ter uma idéia da grandeza de Deus que é o criador do cosmo. Este infinito que se encontra além do nosso planeta é obra de Deus. 25 Postado por VALDEMIR às 13:48/ Marcadores: Terra – centro do universo. 26 Salmo 19:1.
  22. 22. 22 Terra – Centro Do Universo Eis aqui um trecho escrito na Folha de São Paulo e que Valdemir em seguida comenta para nós: “O universo sempre foi o que é hoje? Os mais antigos acreditavam, e muitos ainda acreditam, que o universo foi criado por Deus tal qual é hoje. Segundo essa crença, Terra é o centro do universo; mas a partir do século XVI tal concepção foi-se desmoronando, com a afirmação de que o Sol era o centro. Hoje, "a Terra é uma pedrinha que orbita uma estrela pequena que fica na periferia de uma galáxia sem importância à deriva em um universo que se expande".27 Por Valdemir Mota de Menezes Não tenho dúvidas de que a Terra é o centro do Universo, ainda que não seja o centro físico do cosmo, pelo menos é o centro de um espetáculo para os anjos. Aqui se encontra milhões de formas de vida animal e vegetal. Aqui se encontra água em abundancia com criaturas que vivem submersos sobre elas (os peixes, crustáceos, plantas e etc.). Neste planeta Deus Javé colocou o ser humano, que possui elementos e características que o tornam semelhante ao criador do universo. O homem natural talvez não entenda o propósito da espécie humana e todos os demais seres vivos estarem aqui, neste pequeno grão de areia. Mas eu tenho certeza que aqui Deus esteve (e ainda se manifesta entre nós) e nos deixou um legado infinito de amostras da sua presença e do seu poder. Faz dois dias atrás que eu vi uma árvore que dá o fruto de cidra, florindo pela primeira vez para dar os seus frutos. Ajoelhei-me, chorei e louvei a Deus por este sinal da sua presença na Terra. Aquela árvore eu havia plantado alguns anos atrás. Era somente uma semente de uma fruta 27 (Folha de S.Paulo, 10/5/92).
  23. 23. 23 que eu havia comido. Deus criou uma infinidade de criaturas e colocou em todas elas uma semente para que se reproduzissem cada um segundo a sua espécie e assim foi, e assim é. A teoria da Evolução, o Big Bang e outras maluquices teóricas é apenas um disfarce da mente ateísta para poder se auto afirmar sem sua idéia absurda de que Deus não existe. Mas os telescópios poderosos que filma e fotografam o universo, cada vez mais provam que o planeta Terra é alvo de espetáculo impar, criado e dirigido pelo Criador. Em meio a tudo isso existe um sabotador. Mas nada apaga a glória de Deus vista na criação e na abundância de vida que existe neste planeta. O texto acima sugere que o fato do planeta Terra não ser o centro do universo, esta totalmente inviabilizada a doutrina da criação do universo. ENGANO! A Bíblia não apresenta em lugar algum dos seus textos sagrados a informação de que o universo é GEOCÊNTRICO. Até acredito que a Terra é o centro de um plano divino, mas nem por isso seria necessário a Terra estar no centro do Universo. Na carta aos Coríntios Paulo deixa claro que Deus confunde os sábios em seus próprios raciocínios. O texto do Jornal Folha de São Paulo mostra uma conclusão de que Deus não criou o universo como ele é hoje o que também é uma especulação. A verdade é que não sabemos em que ponto Deus criou o universo, estaria o universo com a configuração que tem hoje, ou com aquelas que os cientistas “especulam” como o universo estava a milhões de anos atrás? ----------------------------- Durante muito tempo o sistema de Ptolomeu se manteve aceito sem refutações. Somente no século XVI foram levantadas novas hipóteses sobre o Universo. O astrônomo polonês Nicolau Copérnico (1473-1543), em sua obra Sobre a revolução dos corpos celestes, publicada prudentemente no ano de sua morte, rompe com o passado propondo ser o Sol o centro do Universo. Os seis planetas então conhecidos, Mercúrio, Vênus,
  24. 24. 24 Terra, Marte, Júpiter e Saturno, nessa ordem, descreveriam órbitas circulares em torno do Sol. Galileu Galilei 91564-1642) foi um ardente defensor das idéias copernicanas. A utilização de instrumentos ópticos de forma sistemática nas observações astronômicas lhe permitiu obter fortes evidências a favor do sistema planetário heliocêntrico de Copérnico. Entretanto, coube a um jovem astrônomo alemão, contemporâneo de Galileu, Johames Kepler (1571-1630), estabelecer de forma definitiva como os planetas se movem em volta do Sol. Discípulo e assistente do astrônomo dinamarquês Tycho Brahe (1546 - 1601), Kepler herdou os registros das pacientes e precisas observações de seu mestre, que lhe permitiram após muito estudo e trabalho, enunciar as três leis que explicam o movimento planetário.28 Aqui coloco uma opinião simples e verdadeira colhida no Google e que retrata bem a insistente campanha dos incrédulos quanto à existência de Deus, ou seja, eles se incomodam sobremaneira, sempre com este assunto. Júlia Gabriela: Ora essa, que preconceito idiota! Só porque eu não acredito que nos um dia fomos macacos, acha que eu sou burra a ponto de dizer que a Terra é o centro do universo ou que é um disco de pizza?! Ah, tenha dó né!!! Eis aqui também um trecho colhido para a nossa elucidação: Os modelos do universo29 No Passado muito se especulou sobre o Universo: a sua forma, o que o teria formado entre outras. Criaram-se teorias heliocêntricas e geocêntricas sobre o Universo e apareceram vários modelos sobre o mesmo até à atualidade. Apesar de não ter sido o primeiro modelo apresentado, Aristóteles concluiu que a Terra – forma esférica “imperfeita”, estaria no centro do Universo que até aquela altura era só considerado o Sistema Solar. Aristóteles afirmava que o Universo não tinha “nascido” de um ponto, mas que sempre existiu e nunca tinha sido alterado uma vez 28 Fonte: http://educar.sc.usp.br/licenciatura/2000/gravitacao/introducao.htm. 29 http://anossavolta.blogs.sapo.pt/456.html.
  25. 25. 25 que era “perfeito”. No início do Sec. II Claudio Ptolomeu mantinha uma teoria geocêntrica afirmando que o Sol, a Lua e todos os planetas giravam em torno da Terra em círculos não perfeitos. A Terra era o centro de tudo tendo sido este o modelo adotado até ao Séc. XVI. Ptolomeu considerou o modelo heliocêntrico no entanto não usou esse modelo uma vez que Aristóteles afirmou que «a Terra não poderia ter uma rotação violenta. Observemos o que nos fala Gênesis sobre o assunto: “14 E disse Deus: haja luminares no firmamento do céu, para fazerem separação entre o dia e a noite; sejam eles para sinais e para estações, e para dias e anos; 15 e sirvam de luminares no firmamento do céu, para alumiar a terra. E assim foi. 16 Deus, pois, fez os dois grandes luminares: o luminar maior para governar o dia, e o luminar menor para governar a noite; fez também as estrelas. 17 E Deus os pôs no firmamento do céu para alumiar a terra, 18 para governar o dia e a noite, e para fazer separação entre a luz e as trevas. E viu Deus que isso era bom. 19 E foi a tarde e a manhã, o dia quarto”.30 Percebemos que a Terra é o centro do universo, não por teses ou especulações humanas, mas pelo simples fato de Deus, o CRIADOR de todas as coisas, afirmar que fez os luminares para iluminar a Terra, ou seja, a terra é o centro e os luminares a servem. Não é o que está escrito? Assim como foi perdido tanto tempo para descobrir a redondeza da Terra com tantas teorias e enganos, deveriam, depois do grande blefe, aprender a consultar as Escrituras para entender sobre o universo criado pelo único Deus e economizar tempo. Ou não???!!! “22 E ele o que está assentado sobre o círculo da terra, cujos moradores são para ele como gafanhotos; é ele o que estende os céus como cortina, e o desenrola como tenda para nela habitar”.31 “9 Saberás, pois, que o Senhor teu Deus é que é Deus, o Deus fiel, que guarda o pacto e a misericórdia, até mil gerações, aos que o amam e guardam os seus mandamentos”.32 Jesus disse que não veio trazer paz, mas confusão. O Senhor nos propõe mudanças e que isto seria como andar na contramão neste mundo tenebroso que jaz todo no maligno33 . Disse também que a Sua Palavra dividiria as famílias e que a porta seria muito estreita para se passar para o Reino d’Ele. Não é nem um pouco fácil abandonar 30 Gênesis 1. 31 Isaías 40. 32 Deuteronômio 7. 33 I a João 5:19.
  26. 26. 26 filhos, pais (como Ele abandonou34 ) maridos, empregos, seu ego; não é fácil ser odiado sem causa35 como Ele foi, beber o mesmo cálice que Ele;36 isso, só adoradores farão: “34 Não penseis que vim trazer paz à terra; não vim trazer paz, mas espada. 35 Porque eu vim pôr em dissensão o homem contra seu pai, a filha contra sua mãe, e a nora contra sua sogra; 36 e assim os inimigos do homem serão os da sua própria casa. 37 Quem ama o pai ou a mãe mais do que a mim não é digno de mim; e quem ama o filho ou a filha mais do que a mim não é digno de mim. 38 E quem não toma a sua cruz, e não segue após mim, não é digno de mim. 39 Quem achar a sua vida perdê-la-á, e quem perder a sua vida por amor de mim achá-la-á”. 22 E sereis odiados de todos por causa do meu nome, mas aquele que perseverar até o fim, esse será salvo”.37 O Autor da Vida veio trazer confusão porque quebra tradições, traz um novo modo de pensar, ou nos conduz às veredas antigas, conceitos que vêem de encontro às nossas consciências, nos apontando os erros e nos cobrando mudanças, sob pena de falecimento: “16 Assim diz o Senhor: Ponde-vos nos caminhos, e vede, e perguntai pelas veredas antigas, qual é o bom caminho, e andai por ele; e achareis descanso para as vossas almas. Mas eles disseram: Não andaremos nele”.38 “15 Contudo o meu povo se tem esquecido de mim, queimando incenso a deuses falsos; fizeram-se tropeçar nos seus caminhos, e nas veredas antigas, para que andassem por atalhos não aplainados”.39 34 Mateus 12:46/50. 35 João 15:25. 36 Mateus 20. 37 Mateus 10:22; 34/39. 38 Jeremias 6:16. 39 Jeremias 18:15.
  27. 27. 27 Algumas vezes teremos que fazer o novo, outras teremos que descer degraus e retornar ao ponto que caímos. Muitas vezes esta queda aconteceu lá atrás, na vida dos nossos antepassados; teremos então que nos arrepender pelo pecado deles e pedir perdão por isso, em nosso nome, ou seja, como se nós tivéssemos praticado este pecado: “ (...) puseram-se em pé e confessaram os seus pecados e as iniqüidades de seus pais”.40 Deus nos fala que visita a iniqüidade dos pais nos filhos até a terceira ou quarta geração, ou seja, a maldição acompanha os filhos, netos,41 bisnetos, e só se desfaz pelos sacrifícios de Cristo no Calvário, neste que assim creu, e, não só creu, mas também, de maneira “violenta” (é sobremodo violento amar o inimigo, por exemplo) soube tomar posse desta herança bendita: “12 E desde os dias de João, o Batista, até agora, o reino dos céus é tomado a força, e os violentos o tomam de assalto”.42 “13 Cristo nos resgatou da maldição da lei, fazendo-se maldição por nós; porque está escrito: Maldito todo aquele que for pendurado no madeiro”.43 Certamente Jesus nos ensina a repensar em tudo o que se nos apresenta com sendo o correto, medindo, ponderando à luz da Sua Palavra, de dia e de noite meditando nelas, não apenas no texto, mas este inserido em todo o contexto, de Gênesis ao Apocalipse, e só aí poderemos entender toda esta problemática do homem misturar o Reino de Deus com o reino dos homens, santuário humano com o santuário de Deus. 40 Neemias 9:2. 41 Êxodo 20. 42 Mateus 11:12.. 43 Gálatas 3:13.
  28. 28. 28 3.2 Qual o lugar para se adorar a Deus? Quando surgiram estes templos, ou o costume de se adorar a Deus em templos? Foi assim desde o princípio? Qual a opinião de Deus a respeito do assunto? Pergunta a mulher samaritana para Jesus em que lugar afinal ela deveria ir adorá-lo, já que havia muitas opiniões a respeito do assunto e ela tinha acabado de conhecer Jesus e ter uma experiência maravilhosa com Deus. Tocou no sobrenatural e era grande a alegria do seu coração; queria Lhe prestar culto. Para onde ela deveria ir? Não é o mesmo que pergunta cada pessoa na terra que passa por uma experiência paralela? Sim. As que não perguntam, vão direto para uma igreja, porque viram os que estão ao seu redor assim procederem. Vão, porque não conhecem as Escrituras Sagradas; vão porque nunca pensaram em questionar se este é o caminho para encontrar o “CAMINHO, A VERDADE E A VIDA”, este que ninguém vai ao Pai senão por Ele. Seguem então, a tradição, a “baciada”, muitos, cheios de amor no coração, e aos poucos vão se decepcionando e se retirando do primeiro amor, diante do quadro caótico. Pior do que isso: se ficam, a situação destes é duas vezes pior do que a de antes, ou seja as pessoas ficam duas vezes candidata ao inferno, como fala Mateus44 , pensam que estão servindo a Deus, e estão só servindo à igreja. Pergunta a mulher, como deveriam todos fazer: direto para Jesus, ou seja, para o Verbo, a Bíblia, pois se Ela não falar, jamais alguém verá a alva.45 Observemos o diálogo entre Jesus e esta sábia mulher, que ao ter um encontro com a Vida, largou o seu cântaro, ou seja, toda a sua bagagem mundana que não era pouca e nem leve e “partiu para outra”, que era divina e cheia da paz que excede o entendimento: 44 Capítulo 23. 45 Isaías 8:20.
  29. 29. 29 “Nossos pais adoraram neste monte, e vós dizeis que é em Jerusalém o lugar onde se deve adorar. Disse-lhe Jesus: Mulher, crê-me que a hora vem, em que nem neste monte nem em Jerusalém adorareis o Pai. Vós adorais o que não sabeis; nós adoramos o que sabemos porque a salvação vem dos judeus. Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem. Deus é Espírito, e importa que os que o adoram o adorem em espírito e em verdade”46 . Alguns estão embaraçados com idolatrias e querendo crer no que vê, saindo da condição do bem aventurado, que não viu e creu, porém o templo é espiritual e o “vento do Espírito” é livre, e sopra aonde quer: “O vento sopra onde quer, e ouves a sua voz, mas não sabes de onde vem, nem para onde vai”.47 Fala o Senhor do Universo que o Reino não é visível, mas invisível, porque Deus é Espírito e importa que os que O adoram, o façam em espírito, e não através de coisas visíveis. Eis aqui Jesus dizendo onde devemos adorar: nem aqui, nem ali e nem lá, mas dentro de nós: “(...) O reino de Deus não vem com aparência visível... porque o reino está dentro de vós”.48 Fala o Senhor que Ele desejou habitar dentro de Sião (de nós) e aí vai permanecer para sempre. Haverá algum lugar mais especial e de mais difícil acesso do que o coração de um homem? 46 João 4:20/24. 47 João 3:8. 48 Lucas 17:20,21.
  30. 30. 30 ”Porque o Senhor escolheu a Sião, e desejou-a para a sua habitação, dizendo: Este é o lugar do meu repouso para sempre; aqui habitarei, pois o desejei”.49 Veremos, no decorrer da nossa meditação que a afirmação que temos ouvido pela boca da religião, é falsa, embora nos pareça isto muito chocante: “Não vos fieis em palavras falsas, dizendo: Templo do Senhor, templo do Senhor, templo do Senhor é este”.50 Alguns também falam que não entendem a Bíblia, e que por este motivo não a lê. Este ainda não recebe as revelações porque ainda não se tornou filho, ou, se filho já é, não encheu ainda devidamente, as “talhas”.51 Se alguém confessa com a boca o que sinceramente sente no coração52 (não na mente), renuncia aos outros deuses, pede perdão pelos seus pecados e pelos pecados dos seus pais (maldição familiar), este se torna filho e terá então o seu nome escrito no Livro da Vida.53 O Espírito de Deus então dará a revelação da Sua Palavra (Ele só revela aos seus pequeninos;54 a Bíblia não se interpreta55 ). Lembre-se também que quando isto acontece haverá o tempo de Deus para cada pessoa, ou seja, este terá que encher seis talhas (seis é o limite do homem) até a boca, de água; não de vinho (que simboliza a alegria), até que Deus (só Ele sabe este momento) veja a talha cheia, e aí então esta água (que não tinha cor, cheiro ou sabor – é assim que a Bíblia nos parece no começo) será transformada em vinho, cheio de sabor, perfume e cor. Deus nos fala quem é aceitável para Ele: “35 mas que lhe é aceitável aquele que, em qualquer nação, o teme e pratica o que é justo”.56 Fala também que não seremos julgados pelo exterior, mas Ele vê o coração. Muitos “se dizem”, mas pelos frutos não o são, e muitos que aparentemente não são, na essência o são. Realmente esta é uma afirmação bombástica: “10 glória, porém, e honra e paz a todo aquele que pratica o bem, primeiramente ao judeu, e também ao grego; 11 pois para com Deus não há acepção de pessoas. 12 Porque todos os que sem lei pecaram, sem lei também perecerão; e todos 49 Salmo 132:13,14. 50 Jeremias 7:4. 51 João 2. 52 Romanos 10:8/10. 53 João 1. 54 Mateus 11:25. 55 II de Pedro 1:20,21. 56 Atos 10:35.
  31. 31. 31 os que sob a lei pecaram, pela lei serão julgados. 13 Pois não são justos diante de Deus os que só ouvem a lei; mas serão justificados os que praticam a lei 14 (porque, quando os gentios, que não têm lei, fazem por natureza as coisas da lei, eles, embora não tendo lei, para si mesmos são lei. 15 pois mostram a obra da lei escrita em seus corações, testificando juntamente a sua consciência e os seus pensamentos, quer acusando-os, quer defendendo-os), 16 no dia em que Deus há de julgar os segredos dos homens, por Cristo Jesus, segundo o meu evangelho. 17 Mas se tu és chamado judeu, e repousas na lei, e te glorias em Deus; 18 e conheces a sua vontade e aprovas as coisas excelentes, sendo instruído na lei; 19 e confias que és guia dos cegos, luz dos que estão em trevas, 20 instruidor dos néscios, mestre de crianças, que tens na lei a forma da ciência e da verdade; 21 tu, pois, que ensinas a outrem, não te ensinas a ti mesmo? Tu, que pregas que não se deve furtar, furtas? 22 Tu, que dizes que não se deve cometer adultério, adulteras? Tu, que abominas os ídolos, roubas os templos? 23 Tu, que te glorias na lei, desonras a Deus pela transgressão da lei? 24 Assim pois, por vossa causa, o nome de Deus é blasfemado entre os gentios, como está escrito. 25 Porque a circuncisão é, na verdade, proveitosa, se guardares a lei; mas se tu és transgressor da lei, a tua circuncisão tem-se tornado em incircuncisão. 26 Se, pois, a incircuncisão guardar os preceitos da lei, porventura a incircuncisão não será reputada como circuncisão? 27 E a incircuncisão que por natureza o é, se cumpre a lei, julgará a ti, que com a letra e a circuncisão és transgressor da lei. 28 Porque não é judeu o que o é exteriormente, nem é circuncisão a que o é exteriormente na carne. 29 Mas é judeu aquele que o é interiormente, e circuncisão é a do coração, no espírito, e não na letra; cujo louvor não provém dos homens, mas de Deus”.57 57 Romanos 2:10/26.
  32. 32. 32 3.3 Causas da ruína da igreja Porque estariam tão ruídas, as Igrejas Cristãs, causando tantas vezes danos à sociedade quando deveria ser ao contrário? “E os ensinava, dizendo: Não está escrito: A minha casa será chamada casa de oração para todas as nações? Mas vós a fizestes covil de ladrões”.58 Jesus está falando para a Igreja, que os seus seguidores transformam a Sua casa de oração em covil de ladrões. Quem está falando isso mesmo? O Noivo da Igreja, o Senhor dos Senhores, o Nome que está acima de todo nome que se nomeia, o Senhor dos Exércitos, a Rocha Eterna, o Fogo Consumidor, o Maravilhoso Conselheiro, o Príncipe da Paz, O que não veio trazer paz, o Verbo que se fez carne, a Chama Eterna, o Todo Poderoso, o 58 Marcos 11:17.
  33. 33. 33 Magnificentíssimo. Não poderia caber nos livros do mundo inteiro tudo o que Ele é, e muito menos nestas poucas linhas, mas só isso é mais do que suficiente para entendermos quem é o que está afirmando isso. Se não tivéssemos constatando isso lendo a Sua Palavra, talvez não tivéssemos coragem para afirmar o que nos nossos olhos vêem, mas os nossos corações jamais poderiam negar este fato. O que é um covil de ladrões? Como todos sabemos, é uma toca de malfeitores, um esconderijo de bandidos. A Casa de Oração, a Igreja, foi (o verbo está dizendo que isto já aconteceu) transformada, ou seja, não é mais uma Casa de Oração para todos os povos, mas agora FOI TRANSFORMADA em um lugar de bandidos, onde os marginais se escondem. Já citamos quem afirmou isso, já imprimimos aqui o versículo bíblico onde se encontra esta afirmação, portanto é só abrir a Bíblia (não uma só vez, mas muitas, para conseguir quebrar as estruturas de convencionalismo e tradição, que são verdadeiras fortalezas na vida de uma pessoa) e constatar se isto é verdade ou mentira, se é uma afirmação humana ou Divina. Poderão também especular sobre o assunto e seguir o caminho do maligno, torcendo as afirmações de Jesus, dizendo que “não é bem assim”. Isto acontece muitas vezes, porém querendo ou não quem quer que seja, a Bíblia quer dizer o que Ela diz, e não é por acaso que as pessoas não conseguirão rasgar uma Bíblia sem o menor constrangimento, a não ser que esteja possessa. Para quem Ele está falando coisa tão extraordinária, contraditória, difícil de entender? Para todo o que crê, para a Sua igreja espiritual. Os que são d’Ele e não da religião ama os Seus planos e os entende. “14 Ora, o homem natural não aceita as coisas do Espírito de Deus, porque para ele são loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente”.59 “25 Naquele tempo falou Jesus, dizendo: Graças te dou, ó Pai, Senhor do céu e da terra, porque ocultaste estas coisas aos sábios e 59 I aos Cor 2:14.
  34. 34. 34 entendidos, e as revelaste aos pequeninos”.60 “26 Ora, vede, irmãos, a vossa vocação, que não são muitos os sábios segundo a carne, nem muitos os poderosos. nem muitos os nobres que são chamados. 27 Pelo contrário, Deus escolheu as coisas loucas do mundo para confundir os sábios; e Deus escolheu as coisas fracas do mundo para confundir as fortes; 28 e Deus escolheu as coisas ignóbeis do mundo, e as desprezadas, e as que não são, para reduzir a nada as que são; 29 para que nenhum mortal se glorie na presença de Deus”.61 Este jubila, porque enfim pode entender tão grande conflito. Afinal poderá respirar aliviado o “pequenino” de Deus, porque há uma grande e coerente explicação para este caos que se estabelece aos olhos de todos nos arraiais religiosos. Ninguém deixa de saber que esta igreja estabelecida, a do status quo, não reflete o caráter de Cristo, e também não é nada fácil entender que esta igreja que parece, não é a de Cristo. Estabelece-se o conflito: como pode a igreja ser um covil de ladrões? E ao mesmo tempo: como pode a igreja ser um local onde acontecem tantas abominações? Fala o Apóstolo Paulo: “1 Geralmente se ouve que há entre vós imoralidade, imoralidade que nem mesmo entre os gentios se vê, a ponto de haver quem vive com a mulher de seu pai”.62 A Bíblia erra? Não. Não, e não. Ou não? Alguém pode afirmar ao contrário? Sim, aqueles que ainda não conhecem Jesus, o Verbo que se fez carne, habitou entre nós e morreu no nosso lugar. Ele se fez, ou seja, deu-O a si mesmo (Ele, além de Homem, é também Deus), para nos substituir na morte. A Bíblia é Jesus e Ele jamais erra, e aqui está escrito que dentro desses arraiais acontecem coisas piores que no mundo, então isto não pode ser questionado ou especulado, a não ser pelas pessoas que ainda não tiveram uma experiência pessoal com Deus. Não se pode ver (a não ser os que ainda ignoram) nada mais real e digna de confiança do que esta Palavra, por tantas experiências objetivas que têm acontecendo ao longo da história, aos olhos de todos. Falou Jó: “Eu sei em quem tenho crido”. A verdade é terrível e o homem não está costumado a conviver com ela a este nível (o presente sistema mundial é dirigido pelo maligno, que é o pai da mentira), porém, é inegável que a verdade não vem para nos trazer derrota ou maldade, mas descanso, pois é um refrigério para a alma saber que não se está pautado em uma falácia 60 Mateus 11:25. 61 I aos Cor 1:26/29. 62 I aos Cor 5:1.
  35. 35. 35 ou edificando uma casa sobre a areia, mas sobre uma Rocha. É entusiasmante alguém perceber que não está obrigado a manter uma postura hipócrita em relação a isto, mas terá antes a alegria de poder dizer às pessoas que estão chegando, e se decepcionando, que isto, não é a igreja de Cristo. É maravilhoso perceber a expressão de alívio das pessoas que tem vivido este conflito quando recebem esta boa notícia, ou daquelas que nem sequer chegaram perto de uma delas, tal a aversão que causam. E porque a sociedade reluta tanto para falar, para conjecturar, para “encarar” esta questão que tem sido insistentemente declarada, pelos fatos, pela mídia ao longo da história? Porque as coisas pertinentes a Deus causam tanto terror na raça humana? Culpa? Porque a tradição rançosa é tão enraigada e tão difícil de quebrar? E porque se quebra tão facilmente as tradições que deveriam ser mantidas? O homem, como um ser social, terá que, forçosamente meditar sobre as regras de convivência, sobre os costumes dos iguais e seus respectivos direitos, sobre o que é moral, ética, religião para que possa então fazer os acordos cotidianos, sem os quais seria impossível o relacionamento. O que o homem sabe a respeito da origem dos templos? Este assunto é relevante? Dentro desses templos acontecem conflitos? Sim. O Estado tem provido a justiça no direito, em relação a este assunto? Tem alcançado a cada um na exata medida de desigualdade de cada um, atendendo o princípio da isonomia, estabelecido na Constituição Federal? Se o Estado não tem alcançado a alguns (ou a muitos), não estaria aí, por uma questão de legítima defesa, uma brecha aberta para que ocorra a auto tutela, a justiça própria? Esses que não são alcançados, atendidos, não trariam porventura opressão à sociedade, dada a impossibilidade de se conviver com a injustiça?
  36. 36. 36 3.4 Deus pediu um templo?... Quem resolveu que haveria templos para o homem adorar a Deus? Ou seja, se alguém decidir ter um relacionamento íntimo com Deus terá que freqüentar um desses templos? Como já vimos anteriormente Jesus falou que não, pois os verdadeiros adoradores O adorarão em espírito e em verdade. Já que Deus não muda, como nos afirma Malaquias.63 de onde partiu então esta idéia? “1 Ora, estando o rei Davi em sua casa e tendo-lhe dado o Senhor descanso de todos os seus inimigos em redor, disse o rei ao profeta Natã: Olha eu moro em casa de cedro, e a arca de Deus dentro de uma tenda 3 Respondeu Natã ao rei: Vai e faze tudo quanto está no teu coração, porque o Senhor é contigo.4 Mas naquela mesma noite a palavra do Senhor veio a Natã, dizendo: Vai, e dize ao meu servo Davi: Assim diz o Senhor: Edificar-me-ás tu casa, para a minha habitação? Em 63 Capítulo 3:6.
  37. 37. 37 casa nenhuma habitei, desde o dia em que fiz subir os filhos de Israel do Egito até o dia de hoje, mas tenho andado em tenda e em tabernáculo. Em todo lugar em que andei com todos os filhos de Israel, falei porventura alguma palavra a qualquer das tribos de Israel, ao meu povo de Israel, dizendo: Porque não me edificais uma casa de cedro? Ou seja, Davi, que era um homem que amava a Deus, mas que, embaraçado por sentimentos humanos, não atentou para a grandiosidade de Deus, e os seus pensamentos o levaram a entender que Deus era um coitadinho que não tinha casa para morar. Deus se espantou ao ouvir as pretensões de Davi, e pergunta qual seria esta casa que ele faria, que O coubesse dentro e que fosse digno da Sua Majestade e comportasse toda a Sua glória. Ora... loucuras de nós homens, que insistimos em crer só no que se vê, e não nas coisas invisíveis que são eternas e não perecíveis. Declarou também Deus que nunca havia pedido nada disso e lembrou para Davi que Ele o tirou, não de algum palácio, mas o encontrou atrás das malhadas. “9 e fui contigo, por onde quer que foste, e destruí a todos os teus inimigos diante de ti; e te farei um grande nome, como o nome dos grandes que há na terra. 10 Também designarei lugar para o meu povo, para Israel, e o plantarei ali, para que ele habite no seu lugar, e não mais seja perturbado, e nunca mais os filhos da iniqüidade o aflijam, como dantes, 11 e como desde o dia em que ordenei que houvesse juízes sobre o meu povo Israel. A ti, porém, darei descanso de todos os teus inimigos. Também o Senhor te declara que ele te fará casa. Agora, pois, assim dirás ao meu servo Davi: Assim diz o Senhor dos Exércitos: Eu te tomei da malhada, de detrás das ovelhas, para que fosses príncipe sobre o meu povo, sobre Israel. Quando os teus dias forem completos, e vieres a dormir com teus pais, então farei levantar depois de ti o teu descente, que sair das tuas entranhas, e estabelecerei o seu reino. Este edificará uma casa ao meu nome, e estabelecerei o trono do seu reino para sempre”.64 Falou também que Ele prepararia este lugar para o seu povo, mas não seria da maneira que ele estava pensando. Quando O DESCENDENTE dele chegasse, Este edificaria esta Casa. 64 II a Samuel 7:2/8,12,13.
  38. 38. 38 Continua falando Deus no se espanto, sobre este assunto, no Livro de Atos: “Mas o Altíssimo não habita em templos feitos por mãos de homens, como diz o profeta; O céu é o meu trono, e a terra o estrado dos meus pés. Que casa me edificareis? Diz o Senhor. Ou qual é o lugar do meu repouso?65 Ele fala que não habita em templos que os homens construíram. Que templo será este então que Ele fará, que edificará? Vejamos o que nos fala Isaías a mando de Deus: “Assim diz o Senhor: O céu é o meu trono, e a terra o escabelo dos meus pés; que casa me edificaríeis vós? E qual seria o lugar do meu descanso? Porque a minha mão fez todas estas coisas, e assim todas elas foram feitas, diz o Senhor; mas para esse olharei, para o pobre e abatido de espírito, e que treme da minha palavra”.66 Os céus dos céus não podem conter a Deus, e um templo humano poderia? Vamos ao Livro de Reis verificar sobre a questão: “Mas, na verdade, habitaria Deus na terra? Eis que os céus, e até o céu dos céus, não te poderiam conter, quanto menos esta casa que eu tenho edificado67 . 65 Atos 7:48,49. 66 Isaías 66:1,2. 67 I Reis 8:27.
  39. 39. 39 E também ao Livro de Crônicas. Fala Salomão: “Porém, quem seria capaz de lhe edificar uma casa, visto que os céus e até os céus dos céus O não podem conter? E quem sou eu, que lhe edificasse casa, salvo para queimar incenso perante ele?”68 Está escrito que toda verdade será confirmada pela palavra de duas ou três testemunhas: “16 mas se não te ouvir, leva ainda contigo um ou dois, para que pela boca de duas ou três testemunhas toda palavra seja confirmada”. E, como vimos, o fato dos templos terem sido idéia de Deus está descartada, pois, pela palavra de muito mais de duas ou três testemunhas, esta verdade foi confirmada. Deus nos alerta para meditar nas Escrituras dia e noite para que prosperemos, para que não venhamos a sofrer depois: “8 Não se aparte da tua boca o livro desta lei, antes medita nele dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer conforme tudo quanto nele está escrito; porque então farás prosperar o teu caminho, e serás bem sucedido. 9 Não to mandei eu? Esforça-te, e tem bom ânimo; não te atemorizes, nem te espantes; porque o Senhor teu Deus está contigo, por onde quer que andares”.69 “6 O meu povo está sendo destruído, porque lhe falta o conhecimento. Porquanto rejeitaste o conhecimento, também eu te rejeitarei, para que não sejas sacerdote diante de mim; visto que te esqueceste da lei do teu Deus, também eu me esquecerei de teus filhos”.70 68 II de Crônicas 2:6. 69 Josué 1:8,9. 70 Oséias 4:6.
  40. 40. 40 Percebe-se claramente que Deus não queria templos, talvez porque sabia que o coração do homem iria se enveredar por caminhos religiosos, e iria transformar este templo em covil de ladrões. Entende-se que este templo que a religião fez, não foi um projeto de Deus, mas apesar da Sua majestade e soberania Ele vem atender, respeitar o desejo deste, com algumas condições: “E o Senhor apareceu de noite a Salomão, e disse-lhe: Ouvi a tua oração, e escolhi para mim este lugar para casa de sacrifício. Se eu fechar os céus, e não houver chuva; ou se ordenar aos gafanhotos que consumam a terra; ou se enviar a peste entre o meu povo; e se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e buscar a minha face e se converter dos seus maus caminhos, então eu ouvirei dos céus, e perdoarei os seus pecados, e sararei a sua terra. Agora estarão abertos os meus olhos e atentos os meus ouvidos à oração deste lugar 16 Pois agora escolhi e consagrei esta casa, para que nela esteja o meu nome para sempre; e nela estarão fixos os meus olhos e o meu coração perpetuamente. 17 E, quanto a ti, se andares diante de mim como andou Davi, teu pai, fazendo conforme tudo o que te ordenei, guardando os meus estatutos e as minhas ordenanças, 18 então confirmarei o trono do teu reino, conforme o pacto que fiz com Davi, teu pai, dizendo: Não te faltará varão que governe em Israel”.71 71 2º de Crônicas 7: 12 a 18.
  41. 41. 41 Porém, tudo isso, no caso de o povo de Deus, escutar, atender, obedecer, se humilhar, orar, buscar a face do Senhor continuamente, confessar os seus pecados, se converter dos seus maus caminhos. Fala o Senhor em Deuteronômio72 que os Seus mandamentos não são penosos. A princípio pode parecer que são, mas não podemos negar que a dificuldade chega com a falta de fé. Será penoso para a nossa carne, ou seja, para a pessoa ruim que mora dentro de nós e não se converte, esta que luta contra a pessoa nova que nasceu de Deus, ininterruptamente, para que esta não faça o que quer. A que estiver mais alimentada e mais forte, vencerá.73 Porém, se o trato não fosse cumprido... “(...) Porém se vós vos desviardes, e deixardes os meus estatutos, e os meus mandamentos, que vos tenho proposto, e fordes, e servirdes a outros deuses, e vos prostrardes a eles, então os arrancarei da minha terra que lhes dei, e lançarei da minha presença esta casa que consagrei ao meu nome, e farei com que seja por provérbio e motejo entre todos os povos. E desta casa, que é tão exaltada, qualquer que passar por ela se espantará e dirá: Por que fez o Senhor assim com esta terra e com esta casa? E dirão: Porque deixaram ao Senhor Deus de seus pais, que os tirou da terra do Egito, e se deram a outros deuses, e se prostraram a eles, e os serviram; por isso ele trouxe sobre eles todo este mal”.74 O Livro de Reis75 também narra este contrato peculiar (de fazer e não fazer), de Deus com o homem a respeito desses templos, sendo outra testemunha confirmando esta verdade. 72 Capítulo 30:11/20. 73 Gálatas 5:16/26. 74 II de Crônicas 7:19/22. 75 I de Reis 9:
  42. 42. 42 Já entendemos que o povo de Deus não cumpriu as condições e que Jesus afirmou que transformaram esta casa em covil de ladrões. E agora? Será que Deus vai cumprir o que prometeu em relação a esta casa? Ou será que Deus é “bonzinho” e vai fingir que não viu nada? Será que Deus age assim como homens em relação a contratos, à palavra empenhada? Será que o “sim” d’Ele é “não” e o “não d’Ele é “sim”? Mesmo que alguém nunca tenha lido a Bíblia saberá que o caráter de Deus é intocável e que da mesma forma ensina aos seus filhos, de gênesis ao Apocalipse: se prometeu, mesmo com dano seu, cumpra.76 Observe-se o capítulo sete de Jeremias para se poder medir o tamanho da ira de Deus sobre a falsa religião sem valor: 76 Salmo 15.
  43. 43. 43 “1 A palavra que da parte do Senhor veio a Jeremias, dizendo: 2 Põe-te à porta da casa do Senhor, e proclama ali esta palavra, e dize: Ouvi a palavra do Senhor, todos de Judá, os que entrais por estas portas, para adorardes ao Senhor. 3 Assim diz o Senhor dos exércitos, o Deus de Israel: Emendai os vossos caminhos e as vossas obras, e vos farei habitar neste lugar. 4 Não vos fieis em palavras falsas, dizendo: Templo do Senhor, templo do Senhor, templo do Senhor são estes. 5 Mas, se deveras emendardes os vossos caminhos e as vossas obras; se deveras executardes a justiça entre um homem e o seu próximo; 6 se não oprimirdes o estrangeiro, e o órfão, e a viúva, nem derramardes sangue inocente neste lugar, nem andardes após outros deuses para vosso próprio mal, 7 então eu vos farei habitar neste lugar, na terra que dei a vossos pais desde os tempos antigos e para sempre. 8 Eis que vós confiais em palavras falsas, que para nada são proveitosas. 9 Furtareis vós, e matareis, e cometereis adultério, e jurareis falsamente, e queimareis incenso a Baal, e andareis após outros deuses que não conhecestes, 10 e então vireis, e vos apresentareis diante de mim nesta casa, que se chama pelo meu nome, e direis: Somos livres para praticardes ainda todas essas abominações? 11 Tornou-se, pois, esta casa, que se chama pelo meu nome, uma caverna de salteadores aos vossos olhos? Eis que eu, eu mesmo, vi isso, diz o Senhor. 12 Mas ide agora ao meu lugar, que estava em Siló, onde, ao princípio, fiz habitar o meu nome, e vede o que lhe fiz, por causa da maldade do meu povo Israel. 13 Agora, pois, porquanto fizestes todas estas obras, diz o Senhor, e quando eu vos falei insistentemente, vós não ouvistes, e quando vos chamei, não respondestes, 14 farei também a esta casa, que se chama pelo meu nome, na qual confiais, e a este lugar, que vos dei a vós e a vossos pais, como fiz a Siló. 15 E eu vos lançarei da minha presença, como lancei todos os vossos irmãos, toda a linhagem de Efraim. 16 Tu, pois, não ores por este povo, nem levantes por ele clamor ou oração, nem me importunes; pois eu não te ouvirei. 17 Não vês tu o que eles andam fazendo nas cidades de Judá, e nas ruas de Jerusalém? 18 Os filhos apanham a lenha, e os pais acendem o fogo, e as mulheres amassam a farinha para fazerem bolos à rainha do céu, e oferecem libações a outros deuses, a fim de me provocarem à ira. 19 Acaso é a mim que eles provocam à ira? diz o Senhor; não se provocam a si mesmos, para a sua própria confusão? 20 Portanto assim diz o Senhor Deus: Eis que a minha ira e o meu furor se derramarão sobre este lugar, sobre os homens e sobre os animais, sobre as árvores do campo e sobre os frutos da terra; sim, acender-se-á, e não se apagará. 21 Assim diz o Senhor dos exércitos, o Deus de Israel: Ajuntai os vossos holocaustos aos vossos sacrifícios, e comei a carne. 22 Pois não falei a vossos pais no dia em que os tirei da terra do Egito, nem lhes ordenei coisa alguma acerca de holocaustos ou sacrifícios. 23 Mas isto lhes ordenei: Dai ouvidos à minha voz, e eu serei o vosso Deus, e vós sereis
  44. 44. 44 o meu povo; andai em todo o caminho que eu vos mandar, para que vos vá bem. 24 Mas não ouviram, nem inclinaram os seus ouvidos; porém andaram nos seus próprios conselhos, no propósito do seu coração malvado; e andaram para trás, e não para diante. 25 Desde o dia em que vossos pais saíram da terra do Egito, até hoje, tenho-vos enviado insistentemente todos os meus servos, os profetas, dia após dia; 26, contudo não me deram ouvidos, nem inclinaram os seus ouvidos, mas endureceram a sua cerviz. Fizeram pior do que seus pais. 27 Dir-lhes-ás, pois todas estas palavras, mas não te darão ouvidos; chamá-los-ás, mas não te responderão. 28 E lhes dirás: Esta é a nação que não obedeceu a voz do Senhor seu Deus e não aceitou a correção; já pereceu a verdade, e está exterminada da sua boca. 29 Corta os teus cabelos, Jerusalém, e lança-os fora, e levanta um pranto sobre os altos escalvados; porque o Senhor já rejeitou e desamparou esta geração, objeto do seu furor. 30 Porque os filhos de Judá fizeram o que era mau aos meus olhos, diz o Senhor; puseram as suas abominações na casa que se chama pelo meu nome, para a contaminarem. 31 E edificaram os altos de Tofete, que está no Vale do filho de Hinom, para queimarem no fogo a seus filhos e a suas filhas, o que nunca ordenei, nem me veio à mente. 32 Portanto, eis que vêm os dias, diz o Senhor, em que não se chamará mais Tofete, nem Vale do filho de Hinom, mas o Vale da Matança; pois enterrarão em Tofete, por não haver mais outro lugar. 33 E os cadáveres deste povo servirão de pasto às aves do céu e aos animais da terra; e ninguém os enxotará. 34 E farei cessar nas cidades de Judá, e nas ruas de Jerusalém, a voz de gozo e a voz de alegria, a voz de noivo e a voz de noiva; porque a terra se tornará em desolação”. Fala Deus também em Jeremias sobre o juízo contra a Babilônia, a prostituta do Apocalipse, a religião que vende até alma de homens:
  45. 45. 45 “11 Embora vos alegreis e vos regozijeis, ó saqueadores da minha herança, embora andeis soltos como novilha que pisa a erva, e rincheis como cavalos vigorosos, 12 muito envergonhada será vossa mãe, ficará humilhada a que vos deu à luz; eis que ela será a última das nações, um deserto, uma terra seca e uma solidão. 13 Por causa da ira do Senhor não será habitada, antes se tornará em total desolação; qualquer que passar por Babilônia se espantará, e assobiará por causa de todas as suas pragas. 14 Ponde-vos em ordem para cercar Babilônia, todos os que armais arcos; atirai-lhe, não poupeis as flechas, porque ela tem pecado contra o Senhor. 15 Gritai contra ela rodeando-a; ela já se submeteu; caíram seus baluartes, estão derribados os seus muros. Pois esta é a vingança do Senhor; vingai-vos dela; 29 Convocai contra Babilônia os flecheiros, todos os que armam arcos; acampai- vos contra ela em redor, ninguém escape dela. Pagai-lhe conforme a sua obra; conforme tudo o que ela fez, assim lhe fazei a ela; porque se houve arrogantemente contra o Senhor, contra o Santo de Israel. 31 Eis que eu sou contra ti, ó soberbo, diz o Senhor Deus dos exércitos; pois o teu dia é chegado, o tempo em que te hei de punir? 32 Então tropeçará o soberbo, e cairá, e ninguém haverá que o levante; e porei fogo às suas cidades, o qual consumirá tudo o que está ao seu redor. 36 A espada virá sobre os paroleiros, e eles ficarão insensatos; a espada virá sobre os seus valentes, e eles desfalecerão. 37 A espada virá sobre os seus cavalos, e sobre os seus carros, e sobre todo o povo misto, que se acha no meio dela, e eles se tornarão como mulheres; a espada virá sobre os seus tesouros, e estes serão saqueados. 40 Como quando Deus subverteu a Sodoma e a Gomorra, e às suas cidades vizinhas, diz o Senhor, assim ninguém habitará ali, nem peregrinará nela filho de homem. 46 Ao estrondo da tomada de Babilônia estremece a terra; e o grito se ouve entre as nações. ”77 “6 Fugi do meio de Babilônia, e livre cada um a sua vida; não sejais exterminados na sua punição; pois este é o tempo da vingança do Senhor; ele lhe dará o pago. 7 Na mão do Senhor 77 Jeremias 50:11/15, 29,31,32,36,37,40,46.
  46. 46. 46 a Babilônia era um copo de ouro, o qual embriagava a toda a terra; do seu vinho beberam as nações; por isso as nações estão fora de si. 10 O Senhor trouxe à luz a nossa justiça; vinde e anunciemos em Sião a obra do Senhor nosso Deus. 13 Ó tu, que habitas sobre muitas águas, rica de tesouros! é chegado o teu fim, a medida da tua ganância. 25 Eis-me aqui contra ti, ó monte destruidor, diz o Senhor, que destróis toda a terra; estenderei a minha mão contra ti, e te revolverei dos penhascos abaixo, e farei de ti um monte incendiado. 26 E não tomarão de ti pedra para esquina, nem pedra para fundamentos; mas desolada ficarás perpetuamente, diz o Senhor. 45 Saí do meio dela, ó povo meu, e salve cada um a sua vida do ardor da ira do Senhor”.78 Fala o Senhor também em Apocalipse, desta que se tornou covil de ladrões, guarida de demônios e vende até alma de homens: “1 Depois destas coisas vi descer do céu outro anjo que tinha grande autoridade, e a terra foi iluminada com a sua glória. 2 E ele clamou com voz forte, dizendo: Caiu, caiu a grande Babilônia, e se tornou morada de demônios, e guarida de todo espírito imundo, e guarida de toda ave imunda e detestável. 3 Porque todas as nações têm bebido do vinho da ira da sua prostituição, e os reis da terra se prostituíram com ela; e os mercadores da terra se enriqueceram com a abundância de suas delícias. 4 Ouvi outra voz do céu dizer: Sai dela, povo meu, para que não sejas participante dos sete pecados, e para que não incorras nas suas pragas. 5 Porque os seus pecados se acumularam até o céu, e Deus se lembrou das iniqüidades dela. 6 Tornai a dar-lhe como também ela vos tem dado, e retribuí-lhe em dobro conforme as suas obras; no cálice em que vos deu de beber dai-lhe a ela em dobro. 7 Quanto ela se glorificou, e em delícias esteve, tanto lhe dai de tormento e de pranto; pois que ela diz em seu coração: Estou assentada como rainha, e não sou viúva, e de modo algum verei o pranto. 8 Por isso, num mesmo dia virão as suas pragas, a morte, e o pranto, e a fome; e será consumida no fogo; porque forte é o Senhor Deus que a julga. 9 E os reis da terra, que com ela se prostituíram e viveram em delícias, sobre ela chorarão e prantearão, quando virem a fumaça do seu incêndio; 10 e, estando de longe por medo do tormento dela, dirão: Ai! ai da grande cidade, Babilônia, a cidade forte! pois numa só hora veio o teu julgamento. 11 E sobre ela choram e lamentam os mercadores da terra; porque ninguém compra mais as suas mercadorias: 12 mercadorias de ouro, de prata, de pedras preciosas, de pérolas, de linho fino, de púrpura, de seda e de escarlata; e toda espécie de madeira odorífera, e todo objeto de marfim, de madeira preciosíssima, de bronze, de ferro e de mármore; 13 e canela, especiarias, perfume, mirra e incenso; 78 Jeremias 51:6,7,10,13,25,26,45.
  47. 47. 47 e vinho, azeite, flor de farinha e trigo; e gado, ovelhas, cavalos e carros; e escravos, e até almas de homens. 14 Também os frutos que a tua alma cobiçava foram-se de ti; e todas as coisas delicadas e suntuosas se foram de ti, e nunca mais se acharão. 15 Os mercadores destas coisas, que por ela se enriqueceram, ficarão de longe por medo do tormento dela, chorando e lamentando, 16 dizendo: Ai! ai da grande cidade, da que estava vestida de linho fino, de púrpura, de escarlata, e adornada com ouro, e pedras preciosas, e pérolas! porque numa só hora foram assoladas tantas riquezas. 17 E todo piloto, e todo o que navega para qualquer porto e todos os marinheiros, e todos os que trabalham no mar se puseram de longe; 18 e, contemplando a fumaça do incêndio dela, clamavam: Que cidade é semelhante a esta grande cidade? 19 E lançaram pó sobre as suas cabeças, e clamavam, chorando e lamentando, dizendo: Ai! ai da grande cidade, na qual todos os que tinham naus no mar se enriqueceram em razão da sua opulência! porque numa só hora foi assolada. 20 Exulta sobre ela, ó céu, e vós, santos e apóstolos e profetas; porque Deus vindicou a vossa causa contra ela. 21 Um forte anjo levantou uma pedra, qual uma grande mó, e lançou-a no mar, dizendo: Com igual ímpeto será lançada Babilônia, a grande cidade, e nunca mais será achada. 22 E em ti não se ouvirá mais o som de harpistas, de músicos, de flautistas e de trombeteiros; e nenhum artífice de arte alguma se achará mais em ti; e em ti não mais se ouvirá ruído de mó; 23 e luz de candeia não mais brilhará em ti, e voz de noivo e de noiva não mais em ti se ouvirá; porque os teus mercadores eram os grandes da terra; porque todas as nações foram enganadas pelas tuas feitiçarias. 24 E nela se achou o sangue dos profetas, e dos santos, e de todos os que foram mortos na terra”.79 Afora as providências para os nossos dias temos também uma promessa para um tempo de Paz: “7 Disse Davi a Salomão: Filho meu, quanto a mim, tive em meu coração a propósito de edificar uma casa ao nome do Senhor meu Deus. 8 A palavra do Senhor, porém, veio a mim, dizendo: Tu tens derramado muito sangue, e tens feito grandes guerras; não edificarás casa ao meu nome, porquanto muito sangue tens derramado na terra, perante mim. 9 Eis que te nascerá um filho, que será homem de repouso; porque lhe darei repouso de todos os seus inimigos ao redor; portanto Salomão será o seu nome, e eu darei paz e descanso a Israel nos seus dias. 10 Ele edificará uma casa ao meu nome. Ele me será por filho, e eu lhe serei por pai, e confirmarei o trono de seu reino sobre Israel para sempre”.80 79 Apoca 18. 80 I de Crônicas 22:7/10.
  48. 48. 48 Ora, estamos porventura em tempo de paz, ou em tempo de guerra? Sabemos que esses são dias maus, pois satanás sabe que pouco tempo lhe resta e então vem com o seu requinte. Que tempo é este que o templo será fundado por um homem de repouso? Eis o grande Templo: “22 Nela não vi santuário, porque o seu santuário é o Senhor Deus Todo-Poderoso, e o Cordeiro”.81 3.5 O templo feito por mãos de homens O que se vê expresso nas Escrituras é que não vai sobrar pedra sobre pedra desses templos feitos por mãos de homens, porque o objetivo de Deus é construir o Seu templo no lugar de mais difícil acesso que é exatamente o coração deste homem: “Saindo Jesus do templo, disse-lhe um dos seus discípulos: Mestre, olha! Que pedras, que edifícios! Respondeu-lhe Jesus: Vês estes grandes edifícios? Não ficará pedra sobre pedra, que não seja derrubada”.82 Deste templo do status quo, não vai sobrar nada. E que templo será este que Deus construirá pela mão do descendente de Davi? “58 Nós o ouvimos dizer: Eu destruirei este santuário, construído por mãos de homens, e em três dias edificarei outro, não feito por mãos de homens”.83 81 Apocalipse 21:22. 82 Marcos 13:1,2. 83 Marcos 14:58.

×