OS PROTESTOS DE HOJE - VÓL I
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

OS PROTESTOS DE HOJE - VÓL I

on

  • 432 views

 

Statistics

Views

Total Views
432
Views on SlideShare
425
Embed Views
7

Actions

Likes
1
Downloads
1
Comments
0

1 Embed 7

http://abraabibliafecheaigreja.blogspot.com.br 7

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft Word

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

OS PROTESTOS DE HOJE - VÓL I OS PROTESTOS DE HOJE - VÓL I Document Transcript

  • 1 MEDITAÇÕES - OS PROTESTOS DE HOJE VOLUME I
  • 2 Neli Cavalcante Assessoria jurídica Especialista em Leis Cristãs R. Aureliano Coutinho, 228 / 04 Embaré – Santos- Cep: 11.040- 240 Tel. 32314759- 91227361- 91780437 E-mail: nelicavalcante7@yahoo.com.br “e te restituirei os teus juízes, como eram dantes, e os teus conselheiros, como no princípio, então serás chamada cidade de justiça, cidade fiel”.1 1 Isaías 1:26.
  • 3 Dedicatória: A Deus, pois justiça e juízo são a base do Seu trono.
  • 4 1. Índice dos demais volumes Índice do primeiro volume 1. Prefácio...............................................................................11 2. Oração..............................................................................13 3. Os Protestos de Hoje.............................................................14 3.1 A terra não é quadrada.......................................................19 3.2 Qual o lugar para se adorar a Deus.......................................28 3.3 Causas da ruína da igreja....................................................32 3.4 Deus pediu um templo?.......................................................36 3.5 O Templo feito por mãos de homens.....................................48 3.6 O Bom Samaritano e a Igreja de Cristo..................................49 3.7 Deus estabeleceu reis na terra p/ reinar sobre o seu povo?......57 3.7.a Os Canibais.....................................................................67 3.7.b Vestes sujas...................................................................72 3.8 A Busca pelas revelações de Deus.........................................79 3.8.a A Oração de Rebecca Brawn..............................................82 3.9 A Simbologia religiosa.......................................................101 3.9.a Fora da igreja há salvação?.............................................102 3.10 Reprisando o assunto......................................................110 3.11 A Corrida para os sinais e milagres....................................119 3.12 O Advogado e o Juiz........................................................121 3.13 A Reforma protestante....................................................124 3.13.a A Ramificação inadmissível na Igreja de Cristo.................131 3.13.b O Fracionamento religioso é revelador............................134 3.13.c As Religiões se mesclam...............................................136 3.13.d Fala Ricardo Gondim....................................................138 3.13.e Fala Josimar Sallun......................................................140 3.13.f Fala Robson Oliveira.....................................................144 3.13.g Fatores relig preponderantes que causaram a reforma......148 3.13.h Religião Bah!...............................................................151 3.13.h.1 Fala Olga Benário......................................................154 3.13.h.2 Fala Beno e Solange Cesar.........................................155 3.14 Textos em parceria.........................................................156 3.14.a Os Vendedores expulsos do templo................................156 3.14.a.1 Falta de respeito exterior...........................................159 3.14.a.2 Falta de respeito interior............................................160 3.14.b Quando teremos orgulho dos nossos representantes......162 3.14.b.1 Comentário de pastores sobre o sindicato.....................166 3.14.b.2 Comentário final.......................................................167 3.14.c Alerta sobre a liberdade e a perseguição religiosa.............168 3.14.c.1 Crime de opinião religiosa..........................................173 3.14.c.2 Perseguição aos ofertastes.........................................174 3.14.d Apocalipse (Nosso futuro promissor)...............................175 3.15 A Tradição e a fé............................................................177 3.15.a Fala Ricardo Gondim....................................................180
  • 5 3.15.b Fala Dr J. Ron Eaker…………………………………………………………….183 3.16 Discurso Duro................................................................188 3.16.a Fala Augusto Cury........................................................201 3.17 Fazendo a Diferença........................................................202 3.18 Fidelidade e Idolatria.......................................................206 3.18.a Fala Jankélévitch..........................................................211 3.18.b Fala André Conte.........................................................211 3.18.c Fala Ruben.zevallos.com.br...........................................211 3.18.d Teoria da Oscilação......................................................212 3.19 Uma morada para Deus...................................................213 3.20 O Poder da unidade.........................................................217 3.21 Deus não resiste a um coração quebrantado e contrito.........222 3.22 E ai do que não falar.......................................................226 3.23 Os frutos e os dons.........................................................232 3.24 O lixo debaixo do tapete..................................................233 3.24.a Fala Ken Blue..............................................................235 3.24.b Como diz Phillip Keller..................................................235 3.25 O Vício estabelecido e aceito............................................236 3.25.a Fala Sergio Lopes........................................................238 3.25.b Fala Ellen White..........................................................239 3.25.b.1 A Glutonaria: um pecado...........................................239 3.25.b.2 Para a Glória de Deus...............................................240 3.25.b.3 Escolha de vida ou morte..........................................240 3.25.b.4 A Busca da perfeição.................................................241 3.25.b.5 Uma questão de obediência........................................241 3.25.b.6 Penalidade pela ignorância.........................................242 3.25.b.7 Nem sempre é ignorância...........................................242 3.25.b.8 Responsabilidade pela luz...........................................242 3.25.b.9 Uma oferta sem mancha............................................243 3.25.b.10 Uma piedosa oferta.................................................243 3.25.b.11 Por que a Luz Sobre a Reforma da Saúde...................243 3.26 Lavando os pés uns dos outros.........................................250 3.27 A Decisão da águia.........................................................253 3.28 Pedimos desculpas..........................................................254 3.29 Fala Augusto Cury...........................................................255 Índice do segundo volume 1. Prefácio.............................................................................262 2.Oração...............................................................................264 3. O Juízo de Deus começa por quem?......................................265 4. A Prostituta não prevalece...................................................267 5. Fala o Pr Vanderley.............................................................279 6. Fala o Rabino Aryeh Kaplan..................................................283 7. Fala Willian MacDonald........................................................287
  • 6 8. Carta de um jovem comunista..............................................287 9. Jim Elliot descreve o que é zelo............................................288 10. Fala Rick Joyner...............................................................290 11. Fala Ricardo Gondim.........................................................292 12. Fala Francis Shaeffer.........................................................293 13. Fala Ricardo Gondim.........................................................324 14. O Mestre Invisível.............................................................325 15. O Evangelho de hoje.........................................................326 16. Fotos de instrumentos de tortura de cristãos da I.Média........330 17. A prisão de João Bonyan ...................................................355 18. A Expressão de Willian P. Young.........................................362 19. Perguntas respondidas .....................................................365 20. A urgência de desvencilhar-se das amarras do sistema capitalista..............................................................................367 21. Porque as pessoas parecem gostar de apanhar?....................375 22. É tempo de examinar tudo.................................................381 23. Perguntas respondidas/ Eu só queria saber..........................383 24. As teses para a igreja de hoje............................................387 25. Igreja cristã virtuosa; quem a achará?.................................388 26. Templos!!! Para quê???.....................................................398 27. Como é bom sonhar..........................................................401 28. Nós somos as casas de Deus..............................................403 29. Deus não habita em templos feitos por mãos de homem........405 30. A grande ruptura..............................................................409 31. Coração de pedra.............................................................410 32. O templo de Cristo............................................................412 33. O nosso Sumo-Sacerdote é Cristo.......................................414 34. Denominação (igreja) não salva ninguém.............................420 35. A igreja de Cristo no Novo Testamento................................425 36. Uma igreja consciente não constrói templos magnif...............427 37. Cristianismo sem Cristo.....................................................431 38. Feridos de Deus................................................................433 38.a Trechos do livro “Feridos em nome de Deus”......................436 38.b Fala Marília de Camargo César..........................................436 39. Fogo Consumidor x Babilônia..............................................448 39.a Fala Ken Blue.................................................................449 39. b Fala Phillip Keller...........................................................450 39.c Fala Pascal.....................................................................451 39.d Fala George MacDonald...................................................451 39.e Fala Ayn Rand................................................................451 39.f Fala um missionário sul africano........................................451 39.g Fala Josef Kennedy.........................................................451 39.h Fala Stefhen Arterburn e Jack Felton………………………………………451 39.i Fala Robert Farrar Capon .................................................451 39.j Fala Donald Bloesch.........................................................452 39.k Fala Santo Agostinho.......................................................452 39.l Fala C. Lewis...................................................................452
  • 7 39.m Fala David Seamands ....................................................452 39.n Fala o Apóstolo Paulo......................................................452 39.o Fala Marcos....................................................................454 39.p Fala Estevão..................................................................454 39.q Fala JESUS CRISTO.........................................................454 40. Não basta ser um sem igreja..............................................458 41. O outro lado da moeda......................................................459 42. O Missionário do diabo.......................................................461 43. A Hierarquia satânica........................................................466 44. Quais os critérios para se abrir uma igreja?..........................472 45. Quem será o Martinho Lutero desta época?..........................477 46. Os idólatras da igreja........................................................479 47. A Decisão da Águia...........................................................480 48. Pedimos desculpas............................................................481 49. Fala Augusto Cury ............................................................482 Índice do terceiro volume 1. Prefácio.............................................................................494 2. Oração..............................................................................496 3. Introdução.........................................................................497 4. Pregação chocante .............................................................510 5. A ira de Deus ....................................................................529 6. Um desafio aos pastores .....................................................531 7. Volta para casa .................................................................533 8. Desligue o ídolo .................................................................535 9. Como você reage ao ser exortado? .......................................537 10. Seja homem ...................................................................538 11. Não conhecemos o Evangelho de Cristo ..............................539 12. Introdução ao Evangelho ..................................................542 12.a Um Evangelho para todos ...............................................542 12.b Um Evangelho para ser pregado ......................................544 12.c Um Evangelho para ser recebido ......................................545 12.d Um Evangelho no qual perseveramos ...............................547 12.e Um Evangelho para o qual somos salvos ...........................548 12.f Um Evangelho para ser retido ..........................................550 12.g Um Evangelho que vem antes de tudo ..............................552 12.h Um Evangelho pronunciado e entregue .............................554 12.i Um Evangelho para ser explicado ......................................556 13. Não espere um arrependimento perfeito .............................558 14. Conheça Cristo, conheça o Evangelho .................................562 15. 10 acusações contra a igreja moderna ................................565 15.a Oração .........................................................................566 15.b Introdução ....................................................................567 15.c Primeira acusação ..........................................................570 15.d Segunda acusação .........................................................573 15.e Terceira acusação...........................................................575
  • 8 15.f Quarta acusação.............................................................578 15.g Quinta acusação.............................................................581 15.h Sexta acusação..............................................................584 15.i Sétima acusação..............................................................588 15.j Oitava acusação..............................................................593 15.k Nona acusação...............................................................595 15.l Décima acusação.............................................................598 16. Alguns heróis da fé ..........................................................603 16.a João Calvino ..................................................................603 16.b Martinho Lutero ………………………………………………………………………605 16.c Jonathan Edwards ……………………………………………………………………608 16.d Leonard Ravenhil …………………………………………………………………….608 16.e George Whitefield ..........................................................611 16.f John Wesley ...................................................................614 16.g Howel Haris e outros ......................................................617 16.h C.H. Spurgeon ...............................................................618 17. A atualidade da Bíblia .......................................................626 18. Um chamado ao avivamento .............................................627 19. Os reformadores e a Lei- Semelhanças e diferenças .............631 19.a Lutero e a Lei ................................................................632 19.b Zuínglio e a Lei ..............................................................635 19.c Calvino e a Lei ...............................................................637 19.d As confissões reformadas e a Lei ......................................640 19.e Antinomismo e Legalismo ................................................641 20. As igrejas de Lutero são diferentes? ...................................643 21. Porque Lutero tornou-se um anti-semita? ............................644 21.a Notas ...........................................................................655 22. Fé e Predestinação ...........................................................656 22.a Resumo ........................................................................660 22.b Observações .................................................................660 22.c Servos, livres, não predestinados .....................................661 23. Protestantismo ................................................................663 23.a O que o protest. é em sua essência e o que deve ser ..........663 23.b O que o protestantismo não é e nem deveria ser ................663 24. Como pregar e não converter a ninguém? ...........................664 25. Perseguição por causa de Cristo .........................................664 26. A recomendação de Paulo à Timóteo e p todos nós ...............665 27. Comentários da internet ...................................................666 28. Testemunho de Paul Washer .............................................671 29. O Filósofo Soren Aabye Kierkegaard ...................................674 29.a Kierkegaard e a filosofia da religiao pós-hegeliana ..............675 30. Mais concordância ............................................................676 30.a Fala José Ailton...............................................................687 30.a.1Os achados de Deus .....................................................687 30.a.2 A graça da garça .........................................................687 30.a.3 O que tenho a dizer como Igreja de Cristo ......................690 30.a.4 Templos feitos por mãos de homem ..............................691
  • 9 30.a.5 A opinião do RT s/ exorc nos cultos ev causa polêmica....694 30.a.6 A justiça do Deus das estrelas.......................................696 30.a.7 Pentencostalismo, que loucura! .....................................697 30.a.8 Manual do pastor bem sucedido ....................................701 30.a.9 Perdendo a referência do altar ......................................704 30.a.10 “Ou dá ou desce” ......................................................706 30.a.11 A igreja através dos séculos .......................................707 30.a.11.a O artigo 5º da CF ...................................................715 30.a.12 Igreja congregada dos dias atuais ...............................720 30.a.12.a Catolicismo Romano ...............................................720 30.a.12.b Reformados ...........................................................721 30.a.13 A verdadeira Igreja de Cristo ......................................723 30.a.14 Uma liderança sem foco .............................................729 30.a.15 Eclésia em um breve ensaio .......................................732 30.a.16 Vivendo como igreja ..................................................733 31. Palavras finais..................................................................736 32. A decisão da águia ...........................................................738 33. Pedimos desculpas ...........................................................739 34. Fala Augusto Cury ............................................................740 Índice do quarto volume 1. Prefácio.............................................................................494 2. Oração..............................................................................496 3. A contaminação maldita ......................................................755 3.a Deus nos livre de um país evangélico ..................................761 3.b Entrevista com R. Gondim para a revista Carta Capital ..........766 3.c Comentários da reportagem ..............................................773 3.d Que Deus não nos livre de um país evangélico .....................776 3.e Pr R. Gondim perde coluna em revista cristã por ser a favor do movimento gay .....................................................................782 3.f Se Deus é soberano, Ele é o responsável pelo orgasmo do pedófilo, afirma R. Gondim .....................................................786 3.g O Ecumenismo religioso ....................................................793 3.g.1 Nova classe média evangélica se aproxima da igreja católica, afirma líder da CNBB ..............................................................794 3.g.1.a A farsa do ecumenismo................................................796 3.g.2 Marcha para Jesus na Paraíba reúne evang. e católicos ......801 4. As últimas notícias .............................................................802 4.a Fala Rick Joynner .............................................................815 4.b O que diz a Bíblia sobre o homossexualismo ........................818 4.c Afinal, a liberação da maconha ...........................................820 4.d Ministro diz que fumar maconha no quartel não é crime.........824 4.e STF e a maconha..............................................................825 4.f Drogas ............................................................................828 4.g M. Malta tem apoio da justiça p impedir a m da maconha.......831 4.h Mais notícias sobre a questão.............................................833
  • 10 4.i Valnice Milhomens.............................................................873 4.i.1 Um parêntese frisando o divórcio .....................................878 4.i.2 Silas Malafaia no Programa do Ratinho (SBT)......................893 4.i.3 O que é prática abominável segundo a Bíblia .....................894 4.i.4 Um pouco mais de Valnice Milhomens................................903 4.i.5 Homossexualismo à luz da Bíblia ......................................909 4.i.6 Como anda o nosso jornalismo ........................................912 4.i.7 Atualizando as notícias ...................................................926 5. O abominável silêncio dos bons ...........................................939 5.a O mau triunfa quando os bons não fazem nada ....................940 5.a.1 Frases de famosos que zombaram de Deus ......................963 6. Curiosidades .....................................................................967 6.a A Destruição do primeiro templo ........................................967 6.b A destruição do segundo templo ........................................970 6.c A destruição do segundo templo sagrado .............................972 6.d Yeshua Hamashiach e o terceiro templo ..............................975 6.e Mais um que derruba dos templos.......................................978 6.f A reiterada destruição dos templos......................................981 6.g O nepotismo nos templos destruídos..................................984 6.g O nepotismo nos templos destruídos..................................984 7. Os crentes estão trocando a verdade de Deus pela mentira..986 8. A Decisão da águia ...........................................................1002 9. Pedimos desculpas ...........................................................1003 10. Fala Augusto Cury ..........................................................1004 Obs: Vide o V volume. Com amor, Neli.
  • 11 1. Prefácio Querida (o) amiga (o), sedenta (o) e faminta (o) de JUSTIÇA Deixo aqui para sua reflexão, de maneira simples, alguns retalhos escritos, algumas sementes, para que germinem e dêem frutos ao seu coração, certamente inconformado com a injustiça, com a hipocrisia e o desamor. Seja cada uma dessas sementes, água de Deus para regar a sua alma. Livres de cercas religiosas, encontramos Deus fora do status quo, fora do padrão religioso estabelecido, que como revela o Apocalipse é uma verdadeira prisão e uma astuta armadilha anti-Cristo. Encontramos o Poderoso fora dos dogmas, dos rituais vazios, a exemplo de Martinho Lutero e tantos outros que ousaram questionar o que está pré-estabelecido, como ensinou Kant, como denunciou Kierkegaard, e outros tantos filósofos, como também Sto Agostinho, Aquino e outros, que explicaram a fé pela lógica, e aí descobrimos a virtude, o que é santo e justo, e entendemos também o que falou Sócrates: “Só sei que nada sei”. A exemplo de tantos mártires, nos ocupamos em tornar os textos bíblicos populares, como é o propósito de Deus em oposição à religião, esta que é umas das maiores desgraças da humanidade (se não for a maior), e que divide os homens que Jesus veio para unir. É impressionante como este nome, que é acima de todo o nome que se nomeia, provoca tempestades e escandaliza, pois veio testificar que as nossas obras são más. Descobrimos enfim, de maneira maravilhosa, que este Jesus Bíblico, que não pertence a nenhuma religião, mas ao que crê, este que divide a humanidade em antes e depois, o Verbo que se fez carne, O Homem que habitou entre nós, é também Deus (o único), de eternidade à eternidade. Jesus não é religião, mas a única oportunidade para o relacionamento do homem com Deus. A sua ressurreição foi o fato mais extraordinário da humanidade e é fartamente comprovado pela história. Eis o nosso fundamento, a nossa Fonte Primeira: “Pois ninguém pode pôr outro fundamento, além do que já está posto, o qual é Jesus Cristo”.2 2 I aos Cor 3:11.
  • 12 Há outro que tenha ressuscitado? Observemos para tirar as nossas conclusões: A Bíblia tem 40 livros que foram escritos por 66 autores. Todos estes viveram em épocas totalmente diferentes, eram pessoas de personalidade, cultura, idade, sexo, nações diferentes totalmente uma da outra, porém falaram sobre as mesmas coisas; uma coisa testifica da outra, se encaixa na outra com uma exatidão espantosa. Qual o livro que demora séculos para ser escrito? Qual livro é o best-seller do mundo? Qual livro que termina de ser escrito hoje, sem estar já ultrapassado? Qual o livro que fala com todos, nos quatro cantos do mundo da mesma maneira, que desperta o rico e o pobre, o sábio e o iletrado, sem fazer acepções? Quais as leis que estão inseridas em todos os seguimentos das sociedades, em todos os tempos? Se assim é, como poderia alguém imaginar que estas são palavras de homem? “Pois os seus atributos invisíveis, o seu eterno poder e divindade, são claramente vistos desde a criação do mundo, sendo percebidos mediante as coisas criadas, de modo que eles são inescusáveis;”.3 Escrevemos sob o comando de Deus, que certa feita me deu uma caneta e um livro de ouro (visões espirituais), me instruindo para escrever as coisas divinas que Ele me inspiraria. Recomendo que antes de se expor à leitura, o leitor peça a Deus que lhe revele ao espírito4 o que Ele quer dizer, já que os textos têm as Leis de Deus como fundamento, pois a Bíblia não se interpreta, mas se recebe revelação do Espírito Santo de Deus. E também não há segundo a Bíblia5 interpretações sobre os textos, mas sim revelações, pois a Palavra se renova a cada dia. Coloco aqui um trecho de um livro de Ellen White6 para somar ao que acabamos de falar: (p.8) A Bíblia aponta a Deus como seu autor; no entanto, foi escrita por mãos humanas e, no variado estilo de seus diferentes livros, 3 Romanos 1:20. 4 Se o seu espírito ainda não está recriado, leia João I e vai entender que o que crê na obra da cruz de Cristo, se torna filho depois da confissão dos lábios (Romanos 10:9,10) e o seu nome será escrito pelo dedo de Deus no Livro da Vida (Apocalipse 21:27). Peça então perdão pelos pecados, para quebrar as maldições sobre a sua vida, renuncie a todos os outros deuses (objetos de proteção ou de sorte, imagens, ídolos, filosofias), passe a crer no único Deus e tenha então a partir daí a comunicação direta com o Senhor dos Senhores através da recriação do seu espírito que foi morto no Jardim do Éden, onde se seu a separação entre o homem e o seu Criador. Será então este, o seu novo nascimento como filho de Deus, enfrentando a partir daí a pior guerra que alguém pode enfrentar que é contra o diabo (o príncipe deste mundo). Também, a sua velha natureza que vai continuar morando dentro de você junto com a outra que acabou de nascer, vai se opor a tudo o que vem de Deus, concordando também com o mundo e todos os seus atrativos e tentações. Se perseverar e resistir até o fim, será salvo. Não podemos deixar de frisar que Jesus passará a ser o seu advogado (Ele é invicto) e completará a sua força em cada batalha (vai completar, e não fazer o que compete a você fazer). Eu oro para que você aproveite esta extraordinária oportunidade que Jesus lhe deu, não se rendendo a nenhum suborno. O preço para o seu resgate foi caríssimo e indizível, assim como a promessa de Deus para sua vida. 5 II a Pedro 1:20,21. 6 Ellen G. White; Tradução: Hélio L. grellmann; Casa Publicadora Brasileira; Tatuí/SP; 7ª Ed.
  • 13 apresenta as características dos diversos escritores. As verdades reveladas são oferecidas por inspiração de Deus (“16 Toda Escritura é divinamente inspirada e proveitosa para ensinar, para repreender, para corrigir, para instruir em justiça;7 ”); acham-se, contudo, expressas em palavras de homens. O Ser Infinito, por meio de Seu Santo Espírito, derramou luz no entendimento e coração de Seus servos. Deu sonhos e visões, símbolos e figuras; e aqueles a quem a verdade foi assim revelada concretizaram os pensamentos em linguagem humana. Escritos em diferentes épocas, por homens que diferiam amplamente em posição e ocupação, tanto quanto em capacitação mental e espiritual, os livros da Bíblia apresentam amplo contraste quanto ao estilo, assim como diversidade no tocante à natureza dos assuntos desvendados. Diferentes formas de expressão foram empregadas por distintos escritores; muitas vezes a mesma verdade é apresentada de modo mais marcante por um escritor do que por outro. À medida que várias escritores apresentam o mesmo tema sob variados aspectos e relações, poderá parecer, ao leitor superficial, descuidado ou preconceituoso, que entre estes autores existem discrepâncias ou contradições; ao mesmo tempo, porém, o estudioso pensante e reverente. Com visão interior mais clara, discernirá aí a harmonia subjacente. A Bíblia é a fonte primeira, é a bússola, o endereço de Deus, onde está impressa a PALAVRA DE DEUS, que é o Verbo que se fez carne e habitou entre nós.8 Ele vai voltar para buscar os que creram: “Eu sou o Alfa e o Ômega, diz o Senhor Deus, aquele que é, e que era, e que há de vir, o Todo-Poderoso”.9 Seria bom que cada um colocasse em ordem os seus “documentos” para estarem prontos para partir com Ele para eternidade a qualquer momento. Para isso, basta crer que Ele (Jesus) é o único caminho para se chegar a Deus, confessar isto com a boca,10 arrependido dos seus pecados e consciente que não é suficiente, mas dependente deste que o criou (não deixe de observar que estamos falando do Cristo Bíblico e não o das Igrejas): “Porque muitos virão em meu nome, dizendo: Eu sou o Cristo; a muitos enganarão”.11 2. Oração: Esta é a oração que Paulo fazia e que agora faremos por você: “17 Para que o Deus de nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai da glória, vos dê em seu conhecimento o espírito de sabedoria e de revelação; 18 tendo iluminados os olhos do vosso entendimento, para que saibais qual seja a esperança da sua vocação, e quais as riquezas da 7 II Timóteo 3:16 8 João 1. 9 Apocalipse 1:8. 10 Romanos 10:8/13. 11 Mateus 24:5.
  • 14 glória da sua herança nos santos; 19 E qual a sobre excelente grandeza do seu poder sobre nós, os que cremos, segundo a operação da força do seu poder”. 12 E que a paz de Deus, que excede todo o entendimento possa reinar em seu coração. Com amor, Neli. 3. Os “Protestos” de hoje Escrevo e envio textos e cartas, a exemplo de Paulo, debaixo da ordenança do meu Deus, que me deu certa vez uma Caneta e um Livro de Ouro para que eu escreva o que Ele mandar. Quando escutei estas ordens, que veio pela boca de outra pessoa, coloquei “na gaveta” e esperei a confirmação de Deus. Não me inflamo com qualquer notícia deste tipo, pois não ignoro os ardis de satanás e sei também que uma responsabilidade no Reino de Deus é um prenúncio para a carne arder. Não ignoro também o que escuto de qualquer pessoa que seja, mesmo se venha de uma “mula” ou de uma “pedra”, pois pode o Vento Veemente estar falando comigo através destes, conforme Lhe aprouver, e se eu vigiar antes de orar não vou perder a oportunidade magnífica de escutar a Sua voz e o seguir, para saber qual a Sua perfeita vontade, como ovelha que sou, como um soldado que me esforço para ser, e pela graça, filha, dando socos na minha carne todos os dias, me esvaziando do ego, para que Jesus cresça e eu diminua, para que não mais viva eu, mas viva Ele em mim. O que me levou a escrever este texto, entre tantos outros motivos, foi o fato de observar constantemente que as pessoas, ao invés de enviarem alguém para o colo de Deus, as enviam para a igreja. É comum também na boca dos religiosos a frase feita de que não têm “placa”, mas no final contradizem o que falam nas palavras, nas atitudes e ainda deixam claro, mesmo que seja nas entrelinhas, o 12 Efésios 1:17/19.
  • 15 quanto são partidários, e evidenciam mais uma vez o quanto esta igreja que se diz cristã é fracionada, dividida, tornando-se assim fadada a ser destruída como afirmam as Leis de Deus: “25 Jesus, porém, conhecendo-lhes os pensamentos, disse- lhes: Todo reino dividido contra si mesmo é devastado; e toda cidade, ou casa, dividida contra si mesma não subsistirá”.13 O Espírito de Deus se entristece e sofre muito. Poderiam, por exemplo, essas pessoas dar a sugestão: “desabafe conosco”, pois muitos não querem nem chegar perto de nenhuma igreja, o que acho bastante sensato e coerente, haja vista a quantidade de escândalos na mídia envolvendo as igrejas e sua liderança, porém, talvez não tivessem uma barreira maior para entrar, ou na casa deste, ou sentar em algum bando público, ou mesmo ficar ali em pé, ou entrar no seu estabelecimento comercial, quem sabe para comprar uma pipoca, ou fazer ginástica, ou cortar o cabelo, e quem sabe ali naquele momento Deus estabelecerá o Seu altar, e esta vai escutar alguma palavra de esperança. Foi assim e ainda é o ministério do Mestre da Vida: simples, sem burocracia e com muito amor. Pessoas inteligentes fizeram uma pesquisa onde se somou o espaço físico de todas as igrejas que existem no mundo e então concluíram que se enchessem todas não caberia nem 2% da população mundial, ou seja, 98% das pessoas não estão nas igrejas, mas fora da porta como andava Jesus: “Por isso também Jesus, para santificar o povo pelo seu próprio sangue, sofreu fora da porta. Saiamos pois a ele fora do arraial, levando o seu opróbrio. Porque não temos aqui cidade permanente, mas buscamos a vindoura”.14 13 Mateus 12:25. 14 Hebreus 13:12/14.
  • 16 Ou seja, todos sabemos onde Jesus andava quando esteve aqui em carne e onde está agora e em qualquer tempo: no meio dos perdidos, fora de quatro paredes, com os pés na lama, junto com os enlameados, ou seja, fora da porta. Este não é um assunto nada fácil, pois derrubar muralhas de Jericó, ou fortalezas formadas desde a infância,15 como o são as tradições, os dogmas religiosos, isto é uma verdadeira guerra: “Ora eu mesmo, Paulo, vos rogo pela mansidão e benignidade de Cristo, eu que, na verdade, quando presente entre vós, sou humilde, mas quando ausente, ousado para convosco; sim, eu vos rogo que, quando estiver presente, não me veja obrigado a usar, com confiança, da ousadia que espero ter para com alguns que nos julgam como se andássemos segundo a carne. Porque, embora andando na carne, não militamos segundo a carne, pois as armas da nossa milícia não são carnais, mas poderosas em Deus, para demolição de fortalezas; derribando raciocínios e todo baluarte que se ergue contra o conhecimento de Deus, e levando cativo todo pensamento à obediência a Cristo; e estando prontos para vingar toda desobediência, quando for cumprida a vossa obediência. Olhais para as coisas segundo a aparência. Se alguém confia de si mesmo que é de Cristo, pense outra vez isto consigo, que, assim como ele é de Cristo, também nós o somos. Pois, ainda que eu me glorie um tanto mais da nossa autoridade, a qual o Senhor nos deu para edificação, e não para vossa destruição, não me envergonharei; para que eu não pareça como se quisera intimidar-vos por cartas. Porque eles dizem: As cartas dele são graves e fortes, mas a sua presença corporal é fraca, e a sua palavra desprezível. Considere o tal isto, que, quais somos no falar por cartas, estando ausentes, tais seremos também no fazer, estando presentes, pois não ousamos contar-nos, ou comparar-nos com alguns, que se louvam a si mesmos; mas estes, medindo-se consigo mesmos e comparando-se consigo mesmos, estão sem entendimento. Nós, porém, não nos gloriaremos além da medida, mas conforme o padrão da medida que Deus nos designou para chegarmos mesmo até vós; porque não nos estendemos além do que convém, como se não chegássemos a vós, pois já chegamos também até vós no evangelho de Cristo,...”16 Temos mesmo a tentação, várias vezes, de “largar a mão do arado”17 , nesta situação, e dizer a Deus de maneira insana: “Agora o problema é deles, pois já falei, e não tenho mais nada a ver com isso”. Porém, não nos pertencemos e adoramos a este Deus que nos comprou com o Seu sangue, que devemos servir e que é nosso Pai, 15 II aos Cor 10. 16 II aos Coríntios 10:1/14. 17 Lucas 9:61.
  • 17 Marido, Médico, General, Amigo íntimo, Mãe, Irmão e tudo mais, e esta é a razão de estarmos novamente aqui com a Caneta de ouro, escrevendo no Livro de Ouro, para você especialmente e para outros que Deus direcionar, certamente porque aprendemos com Ele, a amar, depois d’Ele, ao próximo como a nós mesmos. Temos vários textos escritos, com o pensamento de “traduzir” novamente as Escrituras para a linguagem popular, já que, mesmo o povo tendo a Bíblia em várias traduções, cores e modelos, não a lêem, mas preferem escutar de um homem, de um “rei”, e não direto do Rei dos Reis, e as coisas estão muito “torcidas” por este motivo. Tempos antes aconteceu a mesma coisa com Martinho Lutero18 , que foi meditar nas Escrituras, ao invés de escutar de homens, percebendo assim a apostasia, as abominações no santuário, e logicamente, como qualquer pessoa honesta, que ama a Deus e que não está ainda presa pela religião, denunciou, expondo assim a sua cabeça como fez João Batista e tantos outros heróis da fé, e como terá que fazer qualquer um que creu e entendeu qual é a sua função nesta terra depois de receber a Boa Notícia. Martinho Lutero A igreja de Cristo então (o Cristo Bíblico e não o da religião), os que “protestaram”, e por isso ficaram conhecidos como protestantes, foram para a periferia como sempre acontece, pois o homem terá que enxergar Jesus sem o “tapete vermelho”, montado em um jumentinho apenas, sem nenhuma formosura ou opulência aparente; terá que “enxergar” o seu Deus apesar d’Ele vir sem a aparência exterior, pois o Reino de Deus vem com aparência interior, sem alardes, publicidades, promessas políticas ou qualquer tipo de barganha, mas só pelo fato simples, maravilhoso e justo fato de se amar a Deus sobre todas as coisas. Como é diferente a essência do Cristo bíblico! Ele alertou que viriam muitos em Seu nome: 18 Recomendamos o comentário deste filme em ”Meditações: Filmes”.
  • 18 “5 Porque muitos virão em meu nome, dizendo: Eu sou o Cristo; a muitos enganarão. 23 Se, pois, alguém vos disser: Eis aqui o Cristo! ou: Ei-lo aí! não acrediteis; 24 porque hão de surgir falsos cristos e falsos profetas, e farão grandes sinais e prodígios; de modo que, se possível fora, enganariam até os escolhidos”.19 Este homem terá que entender que o Reino está dentro de si e não entre as quatro paredes de um templo. Estamos então “protestando”, outra vez, contra tudo isso: “20 Sendo Jesus interrogado pelos fariseus sobre quando viria o reino de Deus, respondeu-lhes: O reino de Deus não vem com aparência exterior; 21 nem dirão: Ei-lo aqui! ou: Ei-lo ali! pois o reino de Deus está dentro de vós”.20 À princípio pode parecer um pouco, ou muito estranho, tais afirmações, pois estamos acostumados, desde a infância (é uma fortaleza feita de tradições, de costumes humanos, de sofismas, de idéias) a achar que para se encontrar a Deus teremos que ir às igrejas. Ouvimos isso constantemente de várias fontes, inclusive da mídia, através da liderança destas igrejas, os quais “vendem os seu peixe”, alardeando promoções bombásticas aos que freqüentarem as suas detrimento das outras. Sutil (a maioria das vezes nem isso fazem), mas ardentemente, procuram alertar ao povo que só a deles está certa e que dará a solução exata. Oferecem as indulgências e propagam a sua indústria de ídolos21 e, como diz a Palavra de Deus, infelizmente, muitos dos escolhidos caem nesta armadilha, porque transgridem no mandamento: “8 Não se aparte da tua boca o livro desta lei, antes medita nele dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer conforme tudo quanto nele está escrito; porque então farás prosperar o teu caminho, e serás bem sucedido”.22 Porém a ética, a inteligência, o bom senso, nos instrui a que devemos procurar a “nossa” e não a que já estava aqui quando nascemos na terra, feita pelos outros que já estavam aqui. A maturidade nos cobra 19 Matesu 24:5,23,24. 20 Lucas 17:20,21. 21 Atos 19:25. 22 Josué 1:8.
  • 19 uma posição pensada, medida, ponderada, e não a que está na baciada da vida e pronta. Será esta a nossa? E muito mais que isso: a certa, a de Deus? Kant23 nos alertou para que não compremos nada pronto, sem antes meditar, mesmo que seja a opinião de um especialista no assunto (quantos erram). 3.1 A terra não é quadrada, o átono é divisível, o sol não é o centro Sabemos que, por muitos anos os cientistas nos fizeram crer que a terra era quadrada. Eles falavam, então estava falado! Exatamente como hoje. Porém, alguém resolveu sair da “baciada” e questionar o assunto. Para nós, hoje é fácil, pois sabemos que existe a força da gravidade que prende tudo ao solo, mas nesta época este conceito ainda não existia. Para eles era a mesma coisa que imaginar alguém muito gordo caminhando no teto, pelo simples fato de olharem para qualquer lado e perceberem a terra plana, reta, ou com curvas, altos e baixos. Então o rei da Itália disse: "O planeta em que vivemos, é quadrado. O mais corajoso de nossos marinheiros, se tiver coragem suficiente para ir até o fim do mundo, e enfrentar os terríveis monstros do mar, nos fará mais ricos”. Foi-se aí que começaram a descobrir que o mundo é redondo, pois o marinheiro corajoso, depois de muitos meses em alto mar, voltou para onde partiu. Disse ele então: "Demos a volta ao mundo. Não existe monstros gigantes, muito menos fim do mundo. O mundo é redondo!". O rei, então escutando a o “desvario” do marinheiro, mandou sacrificá-lo. Depois de séculos do feito, surge Galileu Galilei, que possuía um telescópio (que na época era usado para vigiar uma possível invasão dos inimigos). Este então resolveu apontar o telescópio aos céus. Viu ele as crateras redondas da Lua, os planetas 23 Entre tantas coisas, um grande filósofo.
  • 20 como Vênus e Marte, e retrucou: "Assim como os astros que existem espalhados pelos céus, a Terra também é redonda!" Foi ele então ameaçado de morte. Mas antes de ser esquartejado, ainda em vida, disse: "Eu, Galileu Galilei com minhas pesquisas descobri, que a verdade do povo, é a verdade verdadeira e não a dos cientistas! A Terra é quadrada, e é o Sol, que gira em torno da Terra". Porém, ainda por séculos esta fortaleza ainda prevaleceu: a terra ainda continuava a ser quadrada, por imposição da cúpula. Mas no começo do século XIX, cientistas descobriram que Galileu Galilei, tinha toda razão. A Terra é redonda, pois os outros astros também são. O sistema héliocentrista é o correto, a Terra gira em torno do Sol, não o Sol gira em torno da Terra. Isto significa que a teoria de Kant e de tantos que concordam com ele, ou já agia, ou age assim mesmo antes de saber a opinião dele, está certíssima. Quantas coisas fazemos ainda com a mentalidade tribal, ou seja, a tribo age, pensa assim e assim teremos que fazer para que não sejamos excluídos dela. Somos sociáveis por natureza e o prenuncio de solidão nos é muito assustador e aí então muitas vezes “compramos gato por lebre”, e fazemos coisas avessas aos nossos princípios, por ignorância, por pensar que é muito mais fácil seguir a maioria, ou por covardia. Mais uma vês os homens têm a oportunidade de “dar a mão à palmatória” e reconhecer que não são deuses: Um átomo é indivisível? Por quê?24 Um certo cientista alemão, tentou dividir mas, parece que ele enlouqueceu antes de conseguir a sua nova descoberta. No século 18 Lavoisier conseguiu finalmente mostrar que o átomo (palavra grega que significa indivisível) é a base das substâncias químicas. Mendeleev prosseguiu o trabalho e chegou à tabela periódica dos elementos onde classificou os diferentes tipos de átomos. Assim responderam a uma pergunta muito antiga, que foi 24 Google.
  • 21 discutida por Demócrito, sobre a divisibilidade da matéria. No entanto no século 19 e 20 continuou-se a dividir o átomo. Thompsom mostrou que o átomo continha partículas menores, os elétrons. Até hoje não se conseguiram dividir os elétrons. Mas Rutherford mostrou que a maior parte da massa do átomo está concentrada no núcleo. Cavendish mostrou que o núcleo é composto por prótons e nêutrons. Nos anos 1950 e 1960 conseguiram finalmente dividir os prótons e os nêutrons, que afinal eram compostos por quarks. Os quarks têm massa, carga elétrica, e ainda três novas propriedades a que se dá o nome spin, de sabor e cor. Assim as suas propriedades são muito ricas e ainda estão a ser investigadas pelos cientistas. Destaca-se a propriedade do confinamento, que esta relacionada com o recente prêmio Nobel de 2004. É que não se conseguiu ainda isolar um quark, pois eles ficam sempre próximos uns dos outros. Para tentar dividir partículas como o elétron ou o quark, os cientistas experimentam chocar com a energia mais alta possível elétrons ou núcleos. Usam aceleradores de partículas, que multiplicam por mais de 1000000000 a sua energia E=mc^2. Cada choque pode conseguir criar milhares de outros quarks ou elétrons, mas até ao momento, todos acabaram por estar "inteiros" e não "partidos". Um quark é um constituinte da matéria muito pequeno. Reside em regiões da ordem de 1/10000000000000000 do metro. Neste momento não é possível dividir um quark, mas os cientistas continuam tentando. E mais um pouco de “abaixo à teoria teórica e incrédula”: Astronomia Bíblica 25 Até hoje, a ciência não conseguiu comprovar vida, além da terra. A terra por enquanto, continua sendo o centro da vida. A Bíblia diz que "os céus manifestam a glória de Deus e o firmamento anuncia as obras de Deus".26 Assim o estudo dos "céus" e do "firmamento" nos faz ter uma idéia da grandeza de Deus que é o criador do cosmo. Este infinito que se encontra além do nosso planeta é obra de Deus. 25 Postado por VALDEMIR às 13:48/ Marcadores: Terra – centro do universo. 26 Salmo 19:1.
  • 22 Terra – Centro Do Universo Eis aqui um trecho escrito na Folha de São Paulo e que Valdemir em seguida comenta para nós: “O universo sempre foi o que é hoje? Os mais antigos acreditavam, e muitos ainda acreditam, que o universo foi criado por Deus tal qual é hoje. Segundo essa crença, Terra é o centro do universo; mas a partir do século XVI tal concepção foi-se desmoronando, com a afirmação de que o Sol era o centro. Hoje, "a Terra é uma pedrinha que orbita uma estrela pequena que fica na periferia de uma galáxia sem importância à deriva em um universo que se expande".27 Por Valdemir Mota de Menezes Não tenho dúvidas de que a Terra é o centro do Universo, ainda que não seja o centro físico do cosmo, pelo menos é o centro de um espetáculo para os anjos. Aqui se encontra milhões de formas de vida animal e vegetal. Aqui se encontra água em abundancia com criaturas que vivem submersos sobre elas (os peixes, crustáceos, plantas e etc.). Neste planeta Deus Javé colocou o ser humano, que possui elementos e características que o tornam semelhante ao criador do universo. O homem natural talvez não entenda o propósito da espécie humana e todos os demais seres vivos estarem aqui, neste pequeno grão de areia. Mas eu tenho certeza que aqui Deus esteve (e ainda se manifesta entre nós) e nos deixou um legado infinito de amostras da sua presença e do seu poder. Faz dois dias atrás que eu vi uma árvore que dá o fruto de cidra, florindo pela primeira vez para dar os seus frutos. Ajoelhei-me, chorei e louvei a Deus por este sinal da sua presença na Terra. Aquela árvore eu havia plantado alguns anos atrás. Era somente uma semente de uma fruta 27 (Folha de S.Paulo, 10/5/92).
  • 23 que eu havia comido. Deus criou uma infinidade de criaturas e colocou em todas elas uma semente para que se reproduzissem cada um segundo a sua espécie e assim foi, e assim é. A teoria da Evolução, o Big Bang e outras maluquices teóricas é apenas um disfarce da mente ateísta para poder se auto afirmar sem sua idéia absurda de que Deus não existe. Mas os telescópios poderosos que filma e fotografam o universo, cada vez mais provam que o planeta Terra é alvo de espetáculo impar, criado e dirigido pelo Criador. Em meio a tudo isso existe um sabotador. Mas nada apaga a glória de Deus vista na criação e na abundância de vida que existe neste planeta. O texto acima sugere que o fato do planeta Terra não ser o centro do universo, esta totalmente inviabilizada a doutrina da criação do universo. ENGANO! A Bíblia não apresenta em lugar algum dos seus textos sagrados a informação de que o universo é GEOCÊNTRICO. Até acredito que a Terra é o centro de um plano divino, mas nem por isso seria necessário a Terra estar no centro do Universo. Na carta aos Coríntios Paulo deixa claro que Deus confunde os sábios em seus próprios raciocínios. O texto do Jornal Folha de São Paulo mostra uma conclusão de que Deus não criou o universo como ele é hoje o que também é uma especulação. A verdade é que não sabemos em que ponto Deus criou o universo, estaria o universo com a configuração que tem hoje, ou com aquelas que os cientistas “especulam” como o universo estava a milhões de anos atrás? ----------------------------- Durante muito tempo o sistema de Ptolomeu se manteve aceito sem refutações. Somente no século XVI foram levantadas novas hipóteses sobre o Universo. O astrônomo polonês Nicolau Copérnico (1473-1543), em sua obra Sobre a revolução dos corpos celestes, publicada prudentemente no ano de sua morte, rompe com o passado propondo ser o Sol o centro do Universo. Os seis planetas então conhecidos, Mercúrio, Vênus,
  • 24 Terra, Marte, Júpiter e Saturno, nessa ordem, descreveriam órbitas circulares em torno do Sol. Galileu Galilei 91564-1642) foi um ardente defensor das idéias copernicanas. A utilização de instrumentos ópticos de forma sistemática nas observações astronômicas lhe permitiu obter fortes evidências a favor do sistema planetário heliocêntrico de Copérnico. Entretanto, coube a um jovem astrônomo alemão, contemporâneo de Galileu, Johames Kepler (1571-1630), estabelecer de forma definitiva como os planetas se movem em volta do Sol. Discípulo e assistente do astrônomo dinamarquês Tycho Brahe (1546 - 1601), Kepler herdou os registros das pacientes e precisas observações de seu mestre, que lhe permitiram após muito estudo e trabalho, enunciar as três leis que explicam o movimento planetário.28 Aqui coloco uma opinião simples e verdadeira colhida no Google e que retrata bem a insistente campanha dos incrédulos quanto à existência de Deus, ou seja, eles se incomodam sobremaneira, sempre com este assunto. Júlia Gabriela: Ora essa, que preconceito idiota! Só porque eu não acredito que nos um dia fomos macacos, acha que eu sou burra a ponto de dizer que a Terra é o centro do universo ou que é um disco de pizza?! Ah, tenha dó né!!! Eis aqui também um trecho colhido para a nossa elucidação: Os modelos do universo29 No Passado muito se especulou sobre o Universo: a sua forma, o que o teria formado entre outras. Criaram-se teorias heliocêntricas e geocêntricas sobre o Universo e apareceram vários modelos sobre o mesmo até à atualidade. Apesar de não ter sido o primeiro modelo apresentado, Aristóteles concluiu que a Terra – forma esférica “imperfeita”, estaria no centro do Universo que até aquela altura era só considerado o Sistema Solar. Aristóteles afirmava que o Universo não tinha “nascido” de um ponto, mas que sempre existiu e nunca tinha sido alterado uma vez 28 Fonte: http://educar.sc.usp.br/licenciatura/2000/gravitacao/introducao.htm. 29 http://anossavolta.blogs.sapo.pt/456.html.
  • 25 que era “perfeito”. No início do Sec. II Claudio Ptolomeu mantinha uma teoria geocêntrica afirmando que o Sol, a Lua e todos os planetas giravam em torno da Terra em círculos não perfeitos. A Terra era o centro de tudo tendo sido este o modelo adotado até ao Séc. XVI. Ptolomeu considerou o modelo heliocêntrico no entanto não usou esse modelo uma vez que Aristóteles afirmou que «a Terra não poderia ter uma rotação violenta. Observemos o que nos fala Gênesis sobre o assunto: “14 E disse Deus: haja luminares no firmamento do céu, para fazerem separação entre o dia e a noite; sejam eles para sinais e para estações, e para dias e anos; 15 e sirvam de luminares no firmamento do céu, para alumiar a terra. E assim foi. 16 Deus, pois, fez os dois grandes luminares: o luminar maior para governar o dia, e o luminar menor para governar a noite; fez também as estrelas. 17 E Deus os pôs no firmamento do céu para alumiar a terra, 18 para governar o dia e a noite, e para fazer separação entre a luz e as trevas. E viu Deus que isso era bom. 19 E foi a tarde e a manhã, o dia quarto”.30 Percebemos que a Terra é o centro do universo, não por teses ou especulações humanas, mas pelo simples fato de Deus, o CRIADOR de todas as coisas, afirmar que fez os luminares para iluminar a Terra, ou seja, a terra é o centro e os luminares a servem. Não é o que está escrito? Assim como foi perdido tanto tempo para descobrir a redondeza da Terra com tantas teorias e enganos, deveriam, depois do grande blefe, aprender a consultar as Escrituras para entender sobre o universo criado pelo único Deus e economizar tempo. Ou não???!!! “22 E ele o que está assentado sobre o círculo da terra, cujos moradores são para ele como gafanhotos; é ele o que estende os céus como cortina, e o desenrola como tenda para nela habitar”.31 “9 Saberás, pois, que o Senhor teu Deus é que é Deus, o Deus fiel, que guarda o pacto e a misericórdia, até mil gerações, aos que o amam e guardam os seus mandamentos”.32 Jesus disse que não veio trazer paz, mas confusão. O Senhor nos propõe mudanças e que isto seria como andar na contramão neste mundo tenebroso que jaz todo no maligno33 . Disse também que a Sua Palavra dividiria as famílias e que a porta seria muito estreita para se passar para o Reino d’Ele. Não é nem um pouco fácil abandonar 30 Gênesis 1. 31 Isaías 40. 32 Deuteronômio 7. 33 I a João 5:19.
  • 26 filhos, pais (como Ele abandonou34 ) maridos, empregos, seu ego; não é fácil ser odiado sem causa35 como Ele foi, beber o mesmo cálice que Ele;36 isso, só adoradores farão: “34 Não penseis que vim trazer paz à terra; não vim trazer paz, mas espada. 35 Porque eu vim pôr em dissensão o homem contra seu pai, a filha contra sua mãe, e a nora contra sua sogra; 36 e assim os inimigos do homem serão os da sua própria casa. 37 Quem ama o pai ou a mãe mais do que a mim não é digno de mim; e quem ama o filho ou a filha mais do que a mim não é digno de mim. 38 E quem não toma a sua cruz, e não segue após mim, não é digno de mim. 39 Quem achar a sua vida perdê-la-á, e quem perder a sua vida por amor de mim achá-la-á”. 22 E sereis odiados de todos por causa do meu nome, mas aquele que perseverar até o fim, esse será salvo”.37 O Autor da Vida veio trazer confusão porque quebra tradições, traz um novo modo de pensar, ou nos conduz às veredas antigas, conceitos que vêem de encontro às nossas consciências, nos apontando os erros e nos cobrando mudanças, sob pena de falecimento: “16 Assim diz o Senhor: Ponde-vos nos caminhos, e vede, e perguntai pelas veredas antigas, qual é o bom caminho, e andai por ele; e achareis descanso para as vossas almas. Mas eles disseram: Não andaremos nele”.38 “15 Contudo o meu povo se tem esquecido de mim, queimando incenso a deuses falsos; fizeram-se tropeçar nos seus caminhos, e nas veredas antigas, para que andassem por atalhos não aplainados”.39 34 Mateus 12:46/50. 35 João 15:25. 36 Mateus 20. 37 Mateus 10:22; 34/39. 38 Jeremias 6:16. 39 Jeremias 18:15.
  • 27 Algumas vezes teremos que fazer o novo, outras teremos que descer degraus e retornar ao ponto que caímos. Muitas vezes esta queda aconteceu lá atrás, na vida dos nossos antepassados; teremos então que nos arrepender pelo pecado deles e pedir perdão por isso, em nosso nome, ou seja, como se nós tivéssemos praticado este pecado: “ (...) puseram-se em pé e confessaram os seus pecados e as iniqüidades de seus pais”.40 Deus nos fala que visita a iniqüidade dos pais nos filhos até a terceira ou quarta geração, ou seja, a maldição acompanha os filhos, netos,41 bisnetos, e só se desfaz pelos sacrifícios de Cristo no Calvário, neste que assim creu, e, não só creu, mas também, de maneira “violenta” (é sobremodo violento amar o inimigo, por exemplo) soube tomar posse desta herança bendita: “12 E desde os dias de João, o Batista, até agora, o reino dos céus é tomado a força, e os violentos o tomam de assalto”.42 “13 Cristo nos resgatou da maldição da lei, fazendo-se maldição por nós; porque está escrito: Maldito todo aquele que for pendurado no madeiro”.43 Certamente Jesus nos ensina a repensar em tudo o que se nos apresenta com sendo o correto, medindo, ponderando à luz da Sua Palavra, de dia e de noite meditando nelas, não apenas no texto, mas este inserido em todo o contexto, de Gênesis ao Apocalipse, e só aí poderemos entender toda esta problemática do homem misturar o Reino de Deus com o reino dos homens, santuário humano com o santuário de Deus. 40 Neemias 9:2. 41 Êxodo 20. 42 Mateus 11:12.. 43 Gálatas 3:13.
  • 28 3.2 Qual o lugar para se adorar a Deus? Quando surgiram estes templos, ou o costume de se adorar a Deus em templos? Foi assim desde o princípio? Qual a opinião de Deus a respeito do assunto? Pergunta a mulher samaritana para Jesus em que lugar afinal ela deveria ir adorá-lo, já que havia muitas opiniões a respeito do assunto e ela tinha acabado de conhecer Jesus e ter uma experiência maravilhosa com Deus. Tocou no sobrenatural e era grande a alegria do seu coração; queria Lhe prestar culto. Para onde ela deveria ir? Não é o mesmo que pergunta cada pessoa na terra que passa por uma experiência paralela? Sim. As que não perguntam, vão direto para uma igreja, porque viram os que estão ao seu redor assim procederem. Vão, porque não conhecem as Escrituras Sagradas; vão porque nunca pensaram em questionar se este é o caminho para encontrar o “CAMINHO, A VERDADE E A VIDA”, este que ninguém vai ao Pai senão por Ele. Seguem então, a tradição, a “baciada”, muitos, cheios de amor no coração, e aos poucos vão se decepcionando e se retirando do primeiro amor, diante do quadro caótico. Pior do que isso: se ficam, a situação destes é duas vezes pior do que a de antes, ou seja as pessoas ficam duas vezes candidata ao inferno, como fala Mateus44 , pensam que estão servindo a Deus, e estão só servindo à igreja. Pergunta a mulher, como deveriam todos fazer: direto para Jesus, ou seja, para o Verbo, a Bíblia, pois se Ela não falar, jamais alguém verá a alva.45 Observemos o diálogo entre Jesus e esta sábia mulher, que ao ter um encontro com a Vida, largou o seu cântaro, ou seja, toda a sua bagagem mundana que não era pouca e nem leve e “partiu para outra”, que era divina e cheia da paz que excede o entendimento: 44 Capítulo 23. 45 Isaías 8:20.
  • 29 “Nossos pais adoraram neste monte, e vós dizeis que é em Jerusalém o lugar onde se deve adorar. Disse-lhe Jesus: Mulher, crê-me que a hora vem, em que nem neste monte nem em Jerusalém adorareis o Pai. Vós adorais o que não sabeis; nós adoramos o que sabemos porque a salvação vem dos judeus. Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem. Deus é Espírito, e importa que os que o adoram o adorem em espírito e em verdade”46 . Alguns estão embaraçados com idolatrias e querendo crer no que vê, saindo da condição do bem aventurado, que não viu e creu, porém o templo é espiritual e o “vento do Espírito” é livre, e sopra aonde quer: “O vento sopra onde quer, e ouves a sua voz, mas não sabes de onde vem, nem para onde vai”.47 Fala o Senhor do Universo que o Reino não é visível, mas invisível, porque Deus é Espírito e importa que os que O adoram, o façam em espírito, e não através de coisas visíveis. Eis aqui Jesus dizendo onde devemos adorar: nem aqui, nem ali e nem lá, mas dentro de nós: “(...) O reino de Deus não vem com aparência visível... porque o reino está dentro de vós”.48 Fala o Senhor que Ele desejou habitar dentro de Sião (de nós) e aí vai permanecer para sempre. Haverá algum lugar mais especial e de mais difícil acesso do que o coração de um homem? 46 João 4:20/24. 47 João 3:8. 48 Lucas 17:20,21.
  • 30 ”Porque o Senhor escolheu a Sião, e desejou-a para a sua habitação, dizendo: Este é o lugar do meu repouso para sempre; aqui habitarei, pois o desejei”.49 Veremos, no decorrer da nossa meditação que a afirmação que temos ouvido pela boca da religião, é falsa, embora nos pareça isto muito chocante: “Não vos fieis em palavras falsas, dizendo: Templo do Senhor, templo do Senhor, templo do Senhor é este”.50 Alguns também falam que não entendem a Bíblia, e que por este motivo não a lê. Este ainda não recebe as revelações porque ainda não se tornou filho, ou, se filho já é, não encheu ainda devidamente, as “talhas”.51 Se alguém confessa com a boca o que sinceramente sente no coração52 (não na mente), renuncia aos outros deuses, pede perdão pelos seus pecados e pelos pecados dos seus pais (maldição familiar), este se torna filho e terá então o seu nome escrito no Livro da Vida.53 O Espírito de Deus então dará a revelação da Sua Palavra (Ele só revela aos seus pequeninos;54 a Bíblia não se interpreta55 ). Lembre-se também que quando isto acontece haverá o tempo de Deus para cada pessoa, ou seja, este terá que encher seis talhas (seis é o limite do homem) até a boca, de água; não de vinho (que simboliza a alegria), até que Deus (só Ele sabe este momento) veja a talha cheia, e aí então esta água (que não tinha cor, cheiro ou sabor – é assim que a Bíblia nos parece no começo) será transformada em vinho, cheio de sabor, perfume e cor. Deus nos fala quem é aceitável para Ele: “35 mas que lhe é aceitável aquele que, em qualquer nação, o teme e pratica o que é justo”.56 Fala também que não seremos julgados pelo exterior, mas Ele vê o coração. Muitos “se dizem”, mas pelos frutos não o são, e muitos que aparentemente não são, na essência o são. Realmente esta é uma afirmação bombástica: “10 glória, porém, e honra e paz a todo aquele que pratica o bem, primeiramente ao judeu, e também ao grego; 11 pois para com Deus não há acepção de pessoas. 12 Porque todos os que sem lei pecaram, sem lei também perecerão; e todos 49 Salmo 132:13,14. 50 Jeremias 7:4. 51 João 2. 52 Romanos 10:8/10. 53 João 1. 54 Mateus 11:25. 55 II de Pedro 1:20,21. 56 Atos 10:35.
  • 31 os que sob a lei pecaram, pela lei serão julgados. 13 Pois não são justos diante de Deus os que só ouvem a lei; mas serão justificados os que praticam a lei 14 (porque, quando os gentios, que não têm lei, fazem por natureza as coisas da lei, eles, embora não tendo lei, para si mesmos são lei. 15 pois mostram a obra da lei escrita em seus corações, testificando juntamente a sua consciência e os seus pensamentos, quer acusando-os, quer defendendo-os), 16 no dia em que Deus há de julgar os segredos dos homens, por Cristo Jesus, segundo o meu evangelho. 17 Mas se tu és chamado judeu, e repousas na lei, e te glorias em Deus; 18 e conheces a sua vontade e aprovas as coisas excelentes, sendo instruído na lei; 19 e confias que és guia dos cegos, luz dos que estão em trevas, 20 instruidor dos néscios, mestre de crianças, que tens na lei a forma da ciência e da verdade; 21 tu, pois, que ensinas a outrem, não te ensinas a ti mesmo? Tu, que pregas que não se deve furtar, furtas? 22 Tu, que dizes que não se deve cometer adultério, adulteras? Tu, que abominas os ídolos, roubas os templos? 23 Tu, que te glorias na lei, desonras a Deus pela transgressão da lei? 24 Assim pois, por vossa causa, o nome de Deus é blasfemado entre os gentios, como está escrito. 25 Porque a circuncisão é, na verdade, proveitosa, se guardares a lei; mas se tu és transgressor da lei, a tua circuncisão tem-se tornado em incircuncisão. 26 Se, pois, a incircuncisão guardar os preceitos da lei, porventura a incircuncisão não será reputada como circuncisão? 27 E a incircuncisão que por natureza o é, se cumpre a lei, julgará a ti, que com a letra e a circuncisão és transgressor da lei. 28 Porque não é judeu o que o é exteriormente, nem é circuncisão a que o é exteriormente na carne. 29 Mas é judeu aquele que o é interiormente, e circuncisão é a do coração, no espírito, e não na letra; cujo louvor não provém dos homens, mas de Deus”.57 57 Romanos 2:10/26.
  • 32 3.3 Causas da ruína da igreja Porque estariam tão ruídas, as Igrejas Cristãs, causando tantas vezes danos à sociedade quando deveria ser ao contrário? “E os ensinava, dizendo: Não está escrito: A minha casa será chamada casa de oração para todas as nações? Mas vós a fizestes covil de ladrões”.58 Jesus está falando para a Igreja, que os seus seguidores transformam a Sua casa de oração em covil de ladrões. Quem está falando isso mesmo? O Noivo da Igreja, o Senhor dos Senhores, o Nome que está acima de todo nome que se nomeia, o Senhor dos Exércitos, a Rocha Eterna, o Fogo Consumidor, o Maravilhoso Conselheiro, o Príncipe da Paz, O que não veio trazer paz, o Verbo que se fez carne, a Chama Eterna, o Todo Poderoso, o 58 Marcos 11:17.
  • 33 Magnificentíssimo. Não poderia caber nos livros do mundo inteiro tudo o que Ele é, e muito menos nestas poucas linhas, mas só isso é mais do que suficiente para entendermos quem é o que está afirmando isso. Se não tivéssemos constatando isso lendo a Sua Palavra, talvez não tivéssemos coragem para afirmar o que nos nossos olhos vêem, mas os nossos corações jamais poderiam negar este fato. O que é um covil de ladrões? Como todos sabemos, é uma toca de malfeitores, um esconderijo de bandidos. A Casa de Oração, a Igreja, foi (o verbo está dizendo que isto já aconteceu) transformada, ou seja, não é mais uma Casa de Oração para todos os povos, mas agora FOI TRANSFORMADA em um lugar de bandidos, onde os marginais se escondem. Já citamos quem afirmou isso, já imprimimos aqui o versículo bíblico onde se encontra esta afirmação, portanto é só abrir a Bíblia (não uma só vez, mas muitas, para conseguir quebrar as estruturas de convencionalismo e tradição, que são verdadeiras fortalezas na vida de uma pessoa) e constatar se isto é verdade ou mentira, se é uma afirmação humana ou Divina. Poderão também especular sobre o assunto e seguir o caminho do maligno, torcendo as afirmações de Jesus, dizendo que “não é bem assim”. Isto acontece muitas vezes, porém querendo ou não quem quer que seja, a Bíblia quer dizer o que Ela diz, e não é por acaso que as pessoas não conseguirão rasgar uma Bíblia sem o menor constrangimento, a não ser que esteja possessa. Para quem Ele está falando coisa tão extraordinária, contraditória, difícil de entender? Para todo o que crê, para a Sua igreja espiritual. Os que são d’Ele e não da religião ama os Seus planos e os entende. “14 Ora, o homem natural não aceita as coisas do Espírito de Deus, porque para ele são loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente”.59 “25 Naquele tempo falou Jesus, dizendo: Graças te dou, ó Pai, Senhor do céu e da terra, porque ocultaste estas coisas aos sábios e 59 I aos Cor 2:14.
  • 34 entendidos, e as revelaste aos pequeninos”.60 “26 Ora, vede, irmãos, a vossa vocação, que não são muitos os sábios segundo a carne, nem muitos os poderosos. nem muitos os nobres que são chamados. 27 Pelo contrário, Deus escolheu as coisas loucas do mundo para confundir os sábios; e Deus escolheu as coisas fracas do mundo para confundir as fortes; 28 e Deus escolheu as coisas ignóbeis do mundo, e as desprezadas, e as que não são, para reduzir a nada as que são; 29 para que nenhum mortal se glorie na presença de Deus”.61 Este jubila, porque enfim pode entender tão grande conflito. Afinal poderá respirar aliviado o “pequenino” de Deus, porque há uma grande e coerente explicação para este caos que se estabelece aos olhos de todos nos arraiais religiosos. Ninguém deixa de saber que esta igreja estabelecida, a do status quo, não reflete o caráter de Cristo, e também não é nada fácil entender que esta igreja que parece, não é a de Cristo. Estabelece-se o conflito: como pode a igreja ser um covil de ladrões? E ao mesmo tempo: como pode a igreja ser um local onde acontecem tantas abominações? Fala o Apóstolo Paulo: “1 Geralmente se ouve que há entre vós imoralidade, imoralidade que nem mesmo entre os gentios se vê, a ponto de haver quem vive com a mulher de seu pai”.62 A Bíblia erra? Não. Não, e não. Ou não? Alguém pode afirmar ao contrário? Sim, aqueles que ainda não conhecem Jesus, o Verbo que se fez carne, habitou entre nós e morreu no nosso lugar. Ele se fez, ou seja, deu-O a si mesmo (Ele, além de Homem, é também Deus), para nos substituir na morte. A Bíblia é Jesus e Ele jamais erra, e aqui está escrito que dentro desses arraiais acontecem coisas piores que no mundo, então isto não pode ser questionado ou especulado, a não ser pelas pessoas que ainda não tiveram uma experiência pessoal com Deus. Não se pode ver (a não ser os que ainda ignoram) nada mais real e digna de confiança do que esta Palavra, por tantas experiências objetivas que têm acontecendo ao longo da história, aos olhos de todos. Falou Jó: “Eu sei em quem tenho crido”. A verdade é terrível e o homem não está costumado a conviver com ela a este nível (o presente sistema mundial é dirigido pelo maligno, que é o pai da mentira), porém, é inegável que a verdade não vem para nos trazer derrota ou maldade, mas descanso, pois é um refrigério para a alma saber que não se está pautado em uma falácia 60 Mateus 11:25. 61 I aos Cor 1:26/29. 62 I aos Cor 5:1.
  • 35 ou edificando uma casa sobre a areia, mas sobre uma Rocha. É entusiasmante alguém perceber que não está obrigado a manter uma postura hipócrita em relação a isto, mas terá antes a alegria de poder dizer às pessoas que estão chegando, e se decepcionando, que isto, não é a igreja de Cristo. É maravilhoso perceber a expressão de alívio das pessoas que tem vivido este conflito quando recebem esta boa notícia, ou daquelas que nem sequer chegaram perto de uma delas, tal a aversão que causam. E porque a sociedade reluta tanto para falar, para conjecturar, para “encarar” esta questão que tem sido insistentemente declarada, pelos fatos, pela mídia ao longo da história? Porque as coisas pertinentes a Deus causam tanto terror na raça humana? Culpa? Porque a tradição rançosa é tão enraigada e tão difícil de quebrar? E porque se quebra tão facilmente as tradições que deveriam ser mantidas? O homem, como um ser social, terá que, forçosamente meditar sobre as regras de convivência, sobre os costumes dos iguais e seus respectivos direitos, sobre o que é moral, ética, religião para que possa então fazer os acordos cotidianos, sem os quais seria impossível o relacionamento. O que o homem sabe a respeito da origem dos templos? Este assunto é relevante? Dentro desses templos acontecem conflitos? Sim. O Estado tem provido a justiça no direito, em relação a este assunto? Tem alcançado a cada um na exata medida de desigualdade de cada um, atendendo o princípio da isonomia, estabelecido na Constituição Federal? Se o Estado não tem alcançado a alguns (ou a muitos), não estaria aí, por uma questão de legítima defesa, uma brecha aberta para que ocorra a auto tutela, a justiça própria? Esses que não são alcançados, atendidos, não trariam porventura opressão à sociedade, dada a impossibilidade de se conviver com a injustiça?
  • 36 3.4 Deus pediu um templo?... Quem resolveu que haveria templos para o homem adorar a Deus? Ou seja, se alguém decidir ter um relacionamento íntimo com Deus terá que freqüentar um desses templos? Como já vimos anteriormente Jesus falou que não, pois os verdadeiros adoradores O adorarão em espírito e em verdade. Já que Deus não muda, como nos afirma Malaquias.63 de onde partiu então esta idéia? “1 Ora, estando o rei Davi em sua casa e tendo-lhe dado o Senhor descanso de todos os seus inimigos em redor, disse o rei ao profeta Natã: Olha eu moro em casa de cedro, e a arca de Deus dentro de uma tenda 3 Respondeu Natã ao rei: Vai e faze tudo quanto está no teu coração, porque o Senhor é contigo.4 Mas naquela mesma noite a palavra do Senhor veio a Natã, dizendo: Vai, e dize ao meu servo Davi: Assim diz o Senhor: Edificar-me-ás tu casa, para a minha habitação? Em 63 Capítulo 3:6.
  • 37 casa nenhuma habitei, desde o dia em que fiz subir os filhos de Israel do Egito até o dia de hoje, mas tenho andado em tenda e em tabernáculo. Em todo lugar em que andei com todos os filhos de Israel, falei porventura alguma palavra a qualquer das tribos de Israel, ao meu povo de Israel, dizendo: Porque não me edificais uma casa de cedro? Ou seja, Davi, que era um homem que amava a Deus, mas que, embaraçado por sentimentos humanos, não atentou para a grandiosidade de Deus, e os seus pensamentos o levaram a entender que Deus era um coitadinho que não tinha casa para morar. Deus se espantou ao ouvir as pretensões de Davi, e pergunta qual seria esta casa que ele faria, que O coubesse dentro e que fosse digno da Sua Majestade e comportasse toda a Sua glória. Ora... loucuras de nós homens, que insistimos em crer só no que se vê, e não nas coisas invisíveis que são eternas e não perecíveis. Declarou também Deus que nunca havia pedido nada disso e lembrou para Davi que Ele o tirou, não de algum palácio, mas o encontrou atrás das malhadas. “9 e fui contigo, por onde quer que foste, e destruí a todos os teus inimigos diante de ti; e te farei um grande nome, como o nome dos grandes que há na terra. 10 Também designarei lugar para o meu povo, para Israel, e o plantarei ali, para que ele habite no seu lugar, e não mais seja perturbado, e nunca mais os filhos da iniqüidade o aflijam, como dantes, 11 e como desde o dia em que ordenei que houvesse juízes sobre o meu povo Israel. A ti, porém, darei descanso de todos os teus inimigos. Também o Senhor te declara que ele te fará casa. Agora, pois, assim dirás ao meu servo Davi: Assim diz o Senhor dos Exércitos: Eu te tomei da malhada, de detrás das ovelhas, para que fosses príncipe sobre o meu povo, sobre Israel. Quando os teus dias forem completos, e vieres a dormir com teus pais, então farei levantar depois de ti o teu descente, que sair das tuas entranhas, e estabelecerei o seu reino. Este edificará uma casa ao meu nome, e estabelecerei o trono do seu reino para sempre”.64 Falou também que Ele prepararia este lugar para o seu povo, mas não seria da maneira que ele estava pensando. Quando O DESCENDENTE dele chegasse, Este edificaria esta Casa. 64 II a Samuel 7:2/8,12,13.
  • 38 Continua falando Deus no se espanto, sobre este assunto, no Livro de Atos: “Mas o Altíssimo não habita em templos feitos por mãos de homens, como diz o profeta; O céu é o meu trono, e a terra o estrado dos meus pés. Que casa me edificareis? Diz o Senhor. Ou qual é o lugar do meu repouso?65 Ele fala que não habita em templos que os homens construíram. Que templo será este então que Ele fará, que edificará? Vejamos o que nos fala Isaías a mando de Deus: “Assim diz o Senhor: O céu é o meu trono, e a terra o escabelo dos meus pés; que casa me edificaríeis vós? E qual seria o lugar do meu descanso? Porque a minha mão fez todas estas coisas, e assim todas elas foram feitas, diz o Senhor; mas para esse olharei, para o pobre e abatido de espírito, e que treme da minha palavra”.66 Os céus dos céus não podem conter a Deus, e um templo humano poderia? Vamos ao Livro de Reis verificar sobre a questão: “Mas, na verdade, habitaria Deus na terra? Eis que os céus, e até o céu dos céus, não te poderiam conter, quanto menos esta casa que eu tenho edificado67 . 65 Atos 7:48,49. 66 Isaías 66:1,2. 67 I Reis 8:27.
  • 39 E também ao Livro de Crônicas. Fala Salomão: “Porém, quem seria capaz de lhe edificar uma casa, visto que os céus e até os céus dos céus O não podem conter? E quem sou eu, que lhe edificasse casa, salvo para queimar incenso perante ele?”68 Está escrito que toda verdade será confirmada pela palavra de duas ou três testemunhas: “16 mas se não te ouvir, leva ainda contigo um ou dois, para que pela boca de duas ou três testemunhas toda palavra seja confirmada”. E, como vimos, o fato dos templos terem sido idéia de Deus está descartada, pois, pela palavra de muito mais de duas ou três testemunhas, esta verdade foi confirmada. Deus nos alerta para meditar nas Escrituras dia e noite para que prosperemos, para que não venhamos a sofrer depois: “8 Não se aparte da tua boca o livro desta lei, antes medita nele dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer conforme tudo quanto nele está escrito; porque então farás prosperar o teu caminho, e serás bem sucedido. 9 Não to mandei eu? Esforça-te, e tem bom ânimo; não te atemorizes, nem te espantes; porque o Senhor teu Deus está contigo, por onde quer que andares”.69 “6 O meu povo está sendo destruído, porque lhe falta o conhecimento. Porquanto rejeitaste o conhecimento, também eu te rejeitarei, para que não sejas sacerdote diante de mim; visto que te esqueceste da lei do teu Deus, também eu me esquecerei de teus filhos”.70 68 II de Crônicas 2:6. 69 Josué 1:8,9. 70 Oséias 4:6.
  • 40 Percebe-se claramente que Deus não queria templos, talvez porque sabia que o coração do homem iria se enveredar por caminhos religiosos, e iria transformar este templo em covil de ladrões. Entende-se que este templo que a religião fez, não foi um projeto de Deus, mas apesar da Sua majestade e soberania Ele vem atender, respeitar o desejo deste, com algumas condições: “E o Senhor apareceu de noite a Salomão, e disse-lhe: Ouvi a tua oração, e escolhi para mim este lugar para casa de sacrifício. Se eu fechar os céus, e não houver chuva; ou se ordenar aos gafanhotos que consumam a terra; ou se enviar a peste entre o meu povo; e se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e buscar a minha face e se converter dos seus maus caminhos, então eu ouvirei dos céus, e perdoarei os seus pecados, e sararei a sua terra. Agora estarão abertos os meus olhos e atentos os meus ouvidos à oração deste lugar 16 Pois agora escolhi e consagrei esta casa, para que nela esteja o meu nome para sempre; e nela estarão fixos os meus olhos e o meu coração perpetuamente. 17 E, quanto a ti, se andares diante de mim como andou Davi, teu pai, fazendo conforme tudo o que te ordenei, guardando os meus estatutos e as minhas ordenanças, 18 então confirmarei o trono do teu reino, conforme o pacto que fiz com Davi, teu pai, dizendo: Não te faltará varão que governe em Israel”.71 71 2º de Crônicas 7: 12 a 18.
  • 41 Porém, tudo isso, no caso de o povo de Deus, escutar, atender, obedecer, se humilhar, orar, buscar a face do Senhor continuamente, confessar os seus pecados, se converter dos seus maus caminhos. Fala o Senhor em Deuteronômio72 que os Seus mandamentos não são penosos. A princípio pode parecer que são, mas não podemos negar que a dificuldade chega com a falta de fé. Será penoso para a nossa carne, ou seja, para a pessoa ruim que mora dentro de nós e não se converte, esta que luta contra a pessoa nova que nasceu de Deus, ininterruptamente, para que esta não faça o que quer. A que estiver mais alimentada e mais forte, vencerá.73 Porém, se o trato não fosse cumprido... “(...) Porém se vós vos desviardes, e deixardes os meus estatutos, e os meus mandamentos, que vos tenho proposto, e fordes, e servirdes a outros deuses, e vos prostrardes a eles, então os arrancarei da minha terra que lhes dei, e lançarei da minha presença esta casa que consagrei ao meu nome, e farei com que seja por provérbio e motejo entre todos os povos. E desta casa, que é tão exaltada, qualquer que passar por ela se espantará e dirá: Por que fez o Senhor assim com esta terra e com esta casa? E dirão: Porque deixaram ao Senhor Deus de seus pais, que os tirou da terra do Egito, e se deram a outros deuses, e se prostraram a eles, e os serviram; por isso ele trouxe sobre eles todo este mal”.74 O Livro de Reis75 também narra este contrato peculiar (de fazer e não fazer), de Deus com o homem a respeito desses templos, sendo outra testemunha confirmando esta verdade. 72 Capítulo 30:11/20. 73 Gálatas 5:16/26. 74 II de Crônicas 7:19/22. 75 I de Reis 9:
  • 42 Já entendemos que o povo de Deus não cumpriu as condições e que Jesus afirmou que transformaram esta casa em covil de ladrões. E agora? Será que Deus vai cumprir o que prometeu em relação a esta casa? Ou será que Deus é “bonzinho” e vai fingir que não viu nada? Será que Deus age assim como homens em relação a contratos, à palavra empenhada? Será que o “sim” d’Ele é “não” e o “não d’Ele é “sim”? Mesmo que alguém nunca tenha lido a Bíblia saberá que o caráter de Deus é intocável e que da mesma forma ensina aos seus filhos, de gênesis ao Apocalipse: se prometeu, mesmo com dano seu, cumpra.76 Observe-se o capítulo sete de Jeremias para se poder medir o tamanho da ira de Deus sobre a falsa religião sem valor: 76 Salmo 15.
  • 43 “1 A palavra que da parte do Senhor veio a Jeremias, dizendo: 2 Põe-te à porta da casa do Senhor, e proclama ali esta palavra, e dize: Ouvi a palavra do Senhor, todos de Judá, os que entrais por estas portas, para adorardes ao Senhor. 3 Assim diz o Senhor dos exércitos, o Deus de Israel: Emendai os vossos caminhos e as vossas obras, e vos farei habitar neste lugar. 4 Não vos fieis em palavras falsas, dizendo: Templo do Senhor, templo do Senhor, templo do Senhor são estes. 5 Mas, se deveras emendardes os vossos caminhos e as vossas obras; se deveras executardes a justiça entre um homem e o seu próximo; 6 se não oprimirdes o estrangeiro, e o órfão, e a viúva, nem derramardes sangue inocente neste lugar, nem andardes após outros deuses para vosso próprio mal, 7 então eu vos farei habitar neste lugar, na terra que dei a vossos pais desde os tempos antigos e para sempre. 8 Eis que vós confiais em palavras falsas, que para nada são proveitosas. 9 Furtareis vós, e matareis, e cometereis adultério, e jurareis falsamente, e queimareis incenso a Baal, e andareis após outros deuses que não conhecestes, 10 e então vireis, e vos apresentareis diante de mim nesta casa, que se chama pelo meu nome, e direis: Somos livres para praticardes ainda todas essas abominações? 11 Tornou-se, pois, esta casa, que se chama pelo meu nome, uma caverna de salteadores aos vossos olhos? Eis que eu, eu mesmo, vi isso, diz o Senhor. 12 Mas ide agora ao meu lugar, que estava em Siló, onde, ao princípio, fiz habitar o meu nome, e vede o que lhe fiz, por causa da maldade do meu povo Israel. 13 Agora, pois, porquanto fizestes todas estas obras, diz o Senhor, e quando eu vos falei insistentemente, vós não ouvistes, e quando vos chamei, não respondestes, 14 farei também a esta casa, que se chama pelo meu nome, na qual confiais, e a este lugar, que vos dei a vós e a vossos pais, como fiz a Siló. 15 E eu vos lançarei da minha presença, como lancei todos os vossos irmãos, toda a linhagem de Efraim. 16 Tu, pois, não ores por este povo, nem levantes por ele clamor ou oração, nem me importunes; pois eu não te ouvirei. 17 Não vês tu o que eles andam fazendo nas cidades de Judá, e nas ruas de Jerusalém? 18 Os filhos apanham a lenha, e os pais acendem o fogo, e as mulheres amassam a farinha para fazerem bolos à rainha do céu, e oferecem libações a outros deuses, a fim de me provocarem à ira. 19 Acaso é a mim que eles provocam à ira? diz o Senhor; não se provocam a si mesmos, para a sua própria confusão? 20 Portanto assim diz o Senhor Deus: Eis que a minha ira e o meu furor se derramarão sobre este lugar, sobre os homens e sobre os animais, sobre as árvores do campo e sobre os frutos da terra; sim, acender-se-á, e não se apagará. 21 Assim diz o Senhor dos exércitos, o Deus de Israel: Ajuntai os vossos holocaustos aos vossos sacrifícios, e comei a carne. 22 Pois não falei a vossos pais no dia em que os tirei da terra do Egito, nem lhes ordenei coisa alguma acerca de holocaustos ou sacrifícios. 23 Mas isto lhes ordenei: Dai ouvidos à minha voz, e eu serei o vosso Deus, e vós sereis
  • 44 o meu povo; andai em todo o caminho que eu vos mandar, para que vos vá bem. 24 Mas não ouviram, nem inclinaram os seus ouvidos; porém andaram nos seus próprios conselhos, no propósito do seu coração malvado; e andaram para trás, e não para diante. 25 Desde o dia em que vossos pais saíram da terra do Egito, até hoje, tenho-vos enviado insistentemente todos os meus servos, os profetas, dia após dia; 26, contudo não me deram ouvidos, nem inclinaram os seus ouvidos, mas endureceram a sua cerviz. Fizeram pior do que seus pais. 27 Dir-lhes-ás, pois todas estas palavras, mas não te darão ouvidos; chamá-los-ás, mas não te responderão. 28 E lhes dirás: Esta é a nação que não obedeceu a voz do Senhor seu Deus e não aceitou a correção; já pereceu a verdade, e está exterminada da sua boca. 29 Corta os teus cabelos, Jerusalém, e lança-os fora, e levanta um pranto sobre os altos escalvados; porque o Senhor já rejeitou e desamparou esta geração, objeto do seu furor. 30 Porque os filhos de Judá fizeram o que era mau aos meus olhos, diz o Senhor; puseram as suas abominações na casa que se chama pelo meu nome, para a contaminarem. 31 E edificaram os altos de Tofete, que está no Vale do filho de Hinom, para queimarem no fogo a seus filhos e a suas filhas, o que nunca ordenei, nem me veio à mente. 32 Portanto, eis que vêm os dias, diz o Senhor, em que não se chamará mais Tofete, nem Vale do filho de Hinom, mas o Vale da Matança; pois enterrarão em Tofete, por não haver mais outro lugar. 33 E os cadáveres deste povo servirão de pasto às aves do céu e aos animais da terra; e ninguém os enxotará. 34 E farei cessar nas cidades de Judá, e nas ruas de Jerusalém, a voz de gozo e a voz de alegria, a voz de noivo e a voz de noiva; porque a terra se tornará em desolação”. Fala Deus também em Jeremias sobre o juízo contra a Babilônia, a prostituta do Apocalipse, a religião que vende até alma de homens:
  • 45 “11 Embora vos alegreis e vos regozijeis, ó saqueadores da minha herança, embora andeis soltos como novilha que pisa a erva, e rincheis como cavalos vigorosos, 12 muito envergonhada será vossa mãe, ficará humilhada a que vos deu à luz; eis que ela será a última das nações, um deserto, uma terra seca e uma solidão. 13 Por causa da ira do Senhor não será habitada, antes se tornará em total desolação; qualquer que passar por Babilônia se espantará, e assobiará por causa de todas as suas pragas. 14 Ponde-vos em ordem para cercar Babilônia, todos os que armais arcos; atirai-lhe, não poupeis as flechas, porque ela tem pecado contra o Senhor. 15 Gritai contra ela rodeando-a; ela já se submeteu; caíram seus baluartes, estão derribados os seus muros. Pois esta é a vingança do Senhor; vingai-vos dela; 29 Convocai contra Babilônia os flecheiros, todos os que armam arcos; acampai- vos contra ela em redor, ninguém escape dela. Pagai-lhe conforme a sua obra; conforme tudo o que ela fez, assim lhe fazei a ela; porque se houve arrogantemente contra o Senhor, contra o Santo de Israel. 31 Eis que eu sou contra ti, ó soberbo, diz o Senhor Deus dos exércitos; pois o teu dia é chegado, o tempo em que te hei de punir? 32 Então tropeçará o soberbo, e cairá, e ninguém haverá que o levante; e porei fogo às suas cidades, o qual consumirá tudo o que está ao seu redor. 36 A espada virá sobre os paroleiros, e eles ficarão insensatos; a espada virá sobre os seus valentes, e eles desfalecerão. 37 A espada virá sobre os seus cavalos, e sobre os seus carros, e sobre todo o povo misto, que se acha no meio dela, e eles se tornarão como mulheres; a espada virá sobre os seus tesouros, e estes serão saqueados. 40 Como quando Deus subverteu a Sodoma e a Gomorra, e às suas cidades vizinhas, diz o Senhor, assim ninguém habitará ali, nem peregrinará nela filho de homem. 46 Ao estrondo da tomada de Babilônia estremece a terra; e o grito se ouve entre as nações. ”77 “6 Fugi do meio de Babilônia, e livre cada um a sua vida; não sejais exterminados na sua punição; pois este é o tempo da vingança do Senhor; ele lhe dará o pago. 7 Na mão do Senhor 77 Jeremias 50:11/15, 29,31,32,36,37,40,46.
  • 46 a Babilônia era um copo de ouro, o qual embriagava a toda a terra; do seu vinho beberam as nações; por isso as nações estão fora de si. 10 O Senhor trouxe à luz a nossa justiça; vinde e anunciemos em Sião a obra do Senhor nosso Deus. 13 Ó tu, que habitas sobre muitas águas, rica de tesouros! é chegado o teu fim, a medida da tua ganância. 25 Eis-me aqui contra ti, ó monte destruidor, diz o Senhor, que destróis toda a terra; estenderei a minha mão contra ti, e te revolverei dos penhascos abaixo, e farei de ti um monte incendiado. 26 E não tomarão de ti pedra para esquina, nem pedra para fundamentos; mas desolada ficarás perpetuamente, diz o Senhor. 45 Saí do meio dela, ó povo meu, e salve cada um a sua vida do ardor da ira do Senhor”.78 Fala o Senhor também em Apocalipse, desta que se tornou covil de ladrões, guarida de demônios e vende até alma de homens: “1 Depois destas coisas vi descer do céu outro anjo que tinha grande autoridade, e a terra foi iluminada com a sua glória. 2 E ele clamou com voz forte, dizendo: Caiu, caiu a grande Babilônia, e se tornou morada de demônios, e guarida de todo espírito imundo, e guarida de toda ave imunda e detestável. 3 Porque todas as nações têm bebido do vinho da ira da sua prostituição, e os reis da terra se prostituíram com ela; e os mercadores da terra se enriqueceram com a abundância de suas delícias. 4 Ouvi outra voz do céu dizer: Sai dela, povo meu, para que não sejas participante dos sete pecados, e para que não incorras nas suas pragas. 5 Porque os seus pecados se acumularam até o céu, e Deus se lembrou das iniqüidades dela. 6 Tornai a dar-lhe como também ela vos tem dado, e retribuí-lhe em dobro conforme as suas obras; no cálice em que vos deu de beber dai-lhe a ela em dobro. 7 Quanto ela se glorificou, e em delícias esteve, tanto lhe dai de tormento e de pranto; pois que ela diz em seu coração: Estou assentada como rainha, e não sou viúva, e de modo algum verei o pranto. 8 Por isso, num mesmo dia virão as suas pragas, a morte, e o pranto, e a fome; e será consumida no fogo; porque forte é o Senhor Deus que a julga. 9 E os reis da terra, que com ela se prostituíram e viveram em delícias, sobre ela chorarão e prantearão, quando virem a fumaça do seu incêndio; 10 e, estando de longe por medo do tormento dela, dirão: Ai! ai da grande cidade, Babilônia, a cidade forte! pois numa só hora veio o teu julgamento. 11 E sobre ela choram e lamentam os mercadores da terra; porque ninguém compra mais as suas mercadorias: 12 mercadorias de ouro, de prata, de pedras preciosas, de pérolas, de linho fino, de púrpura, de seda e de escarlata; e toda espécie de madeira odorífera, e todo objeto de marfim, de madeira preciosíssima, de bronze, de ferro e de mármore; 13 e canela, especiarias, perfume, mirra e incenso; 78 Jeremias 51:6,7,10,13,25,26,45.
  • 47 e vinho, azeite, flor de farinha e trigo; e gado, ovelhas, cavalos e carros; e escravos, e até almas de homens. 14 Também os frutos que a tua alma cobiçava foram-se de ti; e todas as coisas delicadas e suntuosas se foram de ti, e nunca mais se acharão. 15 Os mercadores destas coisas, que por ela se enriqueceram, ficarão de longe por medo do tormento dela, chorando e lamentando, 16 dizendo: Ai! ai da grande cidade, da que estava vestida de linho fino, de púrpura, de escarlata, e adornada com ouro, e pedras preciosas, e pérolas! porque numa só hora foram assoladas tantas riquezas. 17 E todo piloto, e todo o que navega para qualquer porto e todos os marinheiros, e todos os que trabalham no mar se puseram de longe; 18 e, contemplando a fumaça do incêndio dela, clamavam: Que cidade é semelhante a esta grande cidade? 19 E lançaram pó sobre as suas cabeças, e clamavam, chorando e lamentando, dizendo: Ai! ai da grande cidade, na qual todos os que tinham naus no mar se enriqueceram em razão da sua opulência! porque numa só hora foi assolada. 20 Exulta sobre ela, ó céu, e vós, santos e apóstolos e profetas; porque Deus vindicou a vossa causa contra ela. 21 Um forte anjo levantou uma pedra, qual uma grande mó, e lançou-a no mar, dizendo: Com igual ímpeto será lançada Babilônia, a grande cidade, e nunca mais será achada. 22 E em ti não se ouvirá mais o som de harpistas, de músicos, de flautistas e de trombeteiros; e nenhum artífice de arte alguma se achará mais em ti; e em ti não mais se ouvirá ruído de mó; 23 e luz de candeia não mais brilhará em ti, e voz de noivo e de noiva não mais em ti se ouvirá; porque os teus mercadores eram os grandes da terra; porque todas as nações foram enganadas pelas tuas feitiçarias. 24 E nela se achou o sangue dos profetas, e dos santos, e de todos os que foram mortos na terra”.79 Afora as providências para os nossos dias temos também uma promessa para um tempo de Paz: “7 Disse Davi a Salomão: Filho meu, quanto a mim, tive em meu coração a propósito de edificar uma casa ao nome do Senhor meu Deus. 8 A palavra do Senhor, porém, veio a mim, dizendo: Tu tens derramado muito sangue, e tens feito grandes guerras; não edificarás casa ao meu nome, porquanto muito sangue tens derramado na terra, perante mim. 9 Eis que te nascerá um filho, que será homem de repouso; porque lhe darei repouso de todos os seus inimigos ao redor; portanto Salomão será o seu nome, e eu darei paz e descanso a Israel nos seus dias. 10 Ele edificará uma casa ao meu nome. Ele me será por filho, e eu lhe serei por pai, e confirmarei o trono de seu reino sobre Israel para sempre”.80 79 Apoca 18. 80 I de Crônicas 22:7/10.
  • 48 Ora, estamos porventura em tempo de paz, ou em tempo de guerra? Sabemos que esses são dias maus, pois satanás sabe que pouco tempo lhe resta e então vem com o seu requinte. Que tempo é este que o templo será fundado por um homem de repouso? Eis o grande Templo: “22 Nela não vi santuário, porque o seu santuário é o Senhor Deus Todo-Poderoso, e o Cordeiro”.81 3.5 O templo feito por mãos de homens O que se vê expresso nas Escrituras é que não vai sobrar pedra sobre pedra desses templos feitos por mãos de homens, porque o objetivo de Deus é construir o Seu templo no lugar de mais difícil acesso que é exatamente o coração deste homem: “Saindo Jesus do templo, disse-lhe um dos seus discípulos: Mestre, olha! Que pedras, que edifícios! Respondeu-lhe Jesus: Vês estes grandes edifícios? Não ficará pedra sobre pedra, que não seja derrubada”.82 Deste templo do status quo, não vai sobrar nada. E que templo será este que Deus construirá pela mão do descendente de Davi? “58 Nós o ouvimos dizer: Eu destruirei este santuário, construído por mãos de homens, e em três dias edificarei outro, não feito por mãos de homens”.83 81 Apocalipse 21:22. 82 Marcos 13:1,2. 83 Marcos 14:58.
  • 49 Sabemos que Jesus ressuscitou ao terceiro dia como havia dito. Veio como filho unigênito e ressurgiu como primogênito entre os filhos de Deus na terra, pois d’Ele foram gerados todos os outros filhos: “29 Porque os que dantes conheceu, também os predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho, a fim de que ele seja o primogênito entre muitos irmãos;”.84 “40 pois, como Jonas esteve três dias e três noites no ventre do grande peixe, assim estará o Filho do homem três dias e três noites no seio da terra”.85 “31 Começou então a ensinar-lhes que era necessário que o Filho do homem padecesse muitas coisas, que fosse rejeitado pelos anciãos e principais sacerdotes e pelos escribas, que fosse morto, e que depois de três dias ressurgisse”.86 “(...) e hão de escarnecê-lo e cuspir nele, e açoitá-lo, e matá-lo; e depois de três dias ressurgirá”.87 “Nós o ouvimos dizer: Eu destruirei este santuário, construído por mãos de homens, e em três dias edificarei outro, não feito por mãos de homens”.88 Ou seja, este santuário será eterno, pois não é feito por mãos de homens. 3.6 O Bom Samaritano e a Igreja de Cristo “Descia um homem de Jerusalém para Jericó, e caiu nas mãos dos assaltantes, os quais o despojaram e, espancando-o, se retiraram, deixando-o meio morto”.89 84 Romanos 8:29. 85 Mateus 12:40. 86 Marcos 8:31. 87 Marcos 10:34. 88 Marcos 14:58. 89 Lucas 10:30.
  • 50 Todos que descem de Jerusalém para Jericó (paralelo com Jerusalém celestial) são destroçados, assim como Jonas desceu para Tarsis, desceu para o porão do navio, desceu para as profundezas dos mares, e depois desceu para a barriga do peixe. Quem foge de Deus não pára mais de descer. Jericó se traduz por “muralhas altas e mal cheirosas”, e alguém feito à semelhança de Deus, não deveria descer para esta “cidade”, a não ser que queira rolar na lama como porco, ser assaltado e despedaçado pelo diabo. Porque satanás perderia a oportunidade de despedaçar o tal que lhe deu esta oportunidade, se é esta a sua função? Deus nos deu a oportunidade de reinar na terra por seis dias proféticos (6 mil anos): “Os mais altos céus são do Senhor, mas a terra deu-a ele aos filhos dos homens”.90 Porém usamos mal o livre arbítrio, resistimos pouco, traímos em alta escala e caímos no laço, nos transformando em comida de serpente, filhos da ira, da perdição, escravos do diabo. Se as coisas vão mal no planeta, cobremos de nós e regressivamente do diabo, aquele ao qual nos associamos e nos tornamos escravos: ”Disse-lhe o diabo: Dar-te-ei toda esta autoridade e a glória destes reinos, pois a mim me foi entregue, e a dou a quem quiser”.91 Jesus resistiu até o fim e resgatou esta terra para nós outra vez: 90 Sl 115:16. 91 Lucas 4:6.
  • 51 “Eis a terra que eu vos dei; entrai e possuí a terra que o Senhor jurou a vossos pais, Abraão, Isaque e Jacó, que a daria a eles e à sua semente”.92 Muitos não sabem “tomar posse”, e outros, sabem, mas não têm coragem para lutar com o inimigo que ainda ocupa o lugar: “Sabemos que somos de Deus, e que o mundo inteiro jaz no maligno”.93 “Se te mostras frouxo no dia da angústia, verdadeiramente és frouxo”.94 A lei e os profetas duraram até João. Desde então é anunciado o reino de Deus, e todo homem emprega força para entrar nele”.95 “Melhor é o longânimo do que o valente, e o que governa o seu espírito do que o que toma uma cidade”.96 “Mas quanto aos medrosos, e aos incrédulos, e aos abomináveis, e aos homicidas, e aos adúlteros, e aos feiticeiros, e aos idólatras, e a todos os mentirosos, a sua parte será no lago de fogo que arde com fogo e enxofre, que é a segunda morte”. 97 A primeira morte é a física, depois espera-se o julgamento, e os condenados (os que morreram sem Cristo) não vão passar 10 anos, 30, 100, 500, l000, 5000 anos sofrendo, e depois serão resgatados, mas estarão eternamente mortos, vivendo com satanás. Continuamos escutando Deus para Sua Palavra sobre o que significa “tomar posse do Reino dos Céus”: “Proclamei isto entre as nações: Santificai uma guerra! Suscitai os valentes! Cheguem-se, subam todos os homens de guerra. Forjai espadas das relhas dos vossos arados, e lanças das vossas podadeiras. Diga o fraco, sou forte. Ajuntai-vos e vinde, todos os povos em redor, e congregai-vos ali. Ó Senhor faze descer o teus valentes. Suscitem-se as nações, e subam ao vale de Josafá, porque ali me assentarei para julgar todas as nações em redor. Lançai a foice porque já está madura a seara. Vinde, descei, porque o lagar está cheio, os vasos dos lagares transbordam; porque a sua malícia é grande. Multidões, multidões no vale da decisão! Porque o Dia do Senhor está perto, no vale da decisão. O Senhor troveja diante do seu exército; muito grande é o seu arraial e poderosos são os que executam a sua palavra. O dia do Senhor é grande e muito terrível, quem o poderá suportar ?” 98 “Outros experimentaram escárnios e açoites, e até algemas e prisões.Foram apedrejados; foram tentados; foram cerrados 92 Deuteronômio 1:8. 93 I a João 5:19. 94 Prov 24:10. 95 Lucas 16:16. 96 Prov 16:32 97 Ap.21:8. 98 Joel 2:11 - 3:
  • 52 pelo meio; foram mortos ao fio da espada. Andaram vestidos de peles de ovelhas e de cabras, necessitados, aflitos e maltratados (dos quais o mundo não era digno), errantes pelos desertos e montes, e pelas covas e cavernas da terra”.99 “Mas a todos os que o receberam, àqueles que crêem no seu nome, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus”.100 A verdade posicional é a que Cristo já fez, e a experimental é a nossa atitude de enfrentar o inferno, a carne e o mundo, andando na contra-mão, aborrecendo a todos e a si mesmo, esvaziando-se, jogando fora toda a sua reputação, (como ele fez), ou seja, morrendo para nascer outra vez em novidade de vida: VOLTAR DE JERICÓ E SUBIR PARA JERUSALÉM. Ele já nos resgatou a terra, e nos dá de graça, mas deixa bem claro que não é barato, e portanto não é para qualquer um. “Casualmente descia pelo mesmo caminho certo sacerdote que, vendo-o, passou de largo. De igual modo também um levita chegou àquele lugar e, vendo-o, passou de largo”.101 O sacerdote e o levita também iam descendo pelo mesmo caminho (são sujeitos às mesmas paixões), ou então estavam “engessados” pela religião, e a misericórdia estava extinta ou quase, pois não prestaram o socorro esperado, ou seja, a religião, os religiosos perderam o rumo, faliram. 99 Hebreus 11:36/38. 100 João 1:12. 101 Lucas 10:31,32.
  • 53 Os sacerdotes e todo este esquema montado de rituais não socorrem o homem (a não ser que lhes dê lucro)102 , ao contrário o tornam duas vezes condenado, enganado e frustrado. OBSERVEMOS QUE A BÍBLIA NOS ESTÁ FALANDO QUE QUEM SOCORRE O DESTROÇADO É ALGUÉM QUE É CONSIDERADO PELA RELIGIÃO COMO DESPRESÍVEL. Eles estão tão “doentes” que mesmo lendo isso no Livro Sagrado ou vendo muitos “samaritanos” hoje fazendo a mesma coisa, desprezam, ignoram e se recusam a ver o que Deus está mostrando. “Ai de vós, escribas e fariseus hipócritas! Percorreis o mar e a terra para fazer um prosélito, e depois de o terdes feito, o tornais filho do inferno duas vezes mais do que vós. Tudo o que fazem é a fim de serdes vistos pelos homens. Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! Dais o dízimo da hortelã, do endro e do cominho, mas negligenciais o mais importante da lei, a justiça, a misericórdia e a fé. Devíeis, porém, fazer estas coisas, sem omitir aquelas. Assim também vós exteriormente pareceis justos aos homens, mas interiormente estais cheios de hipocrisia e de iniqüidade. Insensatos e cegos! Qual é o maior: a oferta, ou o altar que santifica a oferta? Serpentes, raças de víboras! Como escapareis da condenação do inferno?”.103 Estes foram o maior problema do ministério de Jesus. Esses O crucificaram, por ódio e inveja, e continuam hoje, fazendo a mesma coisa com os Seus seguidores: “Chegada a manhã, todos os principais sacerdotes e os anciãos do povo, tomaram a decisão de matar Jesus”104 . “Pois sabia que por inveja o haviam entregado”.105 102 Ezequiel 33:31. 103 Mateus 23. 104 Mateus 27:1. 105 Mateus 27:18.
  • 54 A religião é a prostituta do Apocalipse. Ela com seu comércio, compra alma de homens. Em provérbios ela é apresentada como a adúltera, a sedutora, a espuma, a que parece, mas não é, a que tem aparência de piedade, mas nega o poder, a que se senta no lugar mais alto da cidade, e aprisiona os incautos. “Mas um samaritano (o último da fila, o desprezível), que ia de viagem (Ele esteve aqui, o Emmanuel, Deus conosco, que habitou entre nós, que veio para os seus e os seus não o receberam), chegou perto dele, viu-o e moveu-se de compaixão”.106 O homem meio morto encontra enfim o socorro bem presente no dia da sua angustia, vindo do mais inesperado, pois nada se podia esperar do povo de Samaria (a aparência engana o homem), no entanto Jesus sempre está no inesperado, junto com os perdidos, os assaltados, os desesperançados e chega para suprir o que os sacerdotes e os levitas não fizeram, e que deveriam fazer. Ele é o Pastor que vem buscar a desgarrada que não tem ninguém que a ajude: 106 Lucas 10:33.
  • 55 “Aproximando-se, atou-lhe as feridas, deitando-lhes azeite e vinho. Então pondo-o sobre a sua cavalgadura, levou-o para uma hospedaria e cuidou dele”.107 O Espírito Santo cura as feridas com o azeite da unção, amortece a dor, nos traz alegria com o vinho e depois nos leva a hospedaria. Que hospedaria é esta? “Partindo no outro dia, tirou dois denários (salário para dois dias), deu-os ao hospedeiro, e disse-lhe: Cuida dele, e tudo o que mais gastares com ele eu te pagarei quando voltar”.108 Jesus, confiou o perdido à esta hospedaria, À IGREJA, deixou o dinheiro necessário e disse que pagaria o que faltasse na Sua volta. Talvez não seja muito interessante receber ordenado do reino invisível de Deus. É o conflito: Perde-se aqui para ganhar lá ou ganha-se aqui para perder lá? É melhor receber dos homens ou de Deus? 107 Lucas 10:34. 108 Lucas 10:35.
  • 56 Deus nos fala: “(...) e ela deu a luz a seu filho primogênito, envolveu-o em panos, e o deitou numa manjedoura, PORQUE NÃO HAVIA LUGAR PARA ELES NA HOSPEDARIA”.109 Ou seja, nunca houve lugar na “hospedaria” para Jesus, pois os reis que empossamos se sentaram na cadeira de Moisés e tomaram o lugar do Rei dos Reis. Esses reis (que nós pedimos) que tomaram o trono do altíssimo, junto conosco, transformaram a hospedaria em covil de ladrões e gastaram o dinheiro para a cura das ovelhas, “curando superficialmente a ferida da filha do meu povo”,110 como fala Jeremias, para gastarem em seus próprios deleites, engordando a si mesmos e enfraquecendo as ovelhas, que vivem desgarradas como quem não tem pastor, como veremos a seguir no Livro do profeta Ezequiel. 109 Lucas 2:7. 110 Jeremias 6:14.
  • 57 Deus nos deu seis dias proféticos para reinar, antes disso não retirará a sua palavra, razão de satanás ainda fazer tanto estrago apesar de derrotado. Enquanto houver um homem na terra dando legalidade a ele, os aleijões vão continuar acontecendo. Jesus venceu aqui porque era homem e não porque era Deus. Só um homem tem autoridade para reinar na terra; foi assim que Ele estabeleceu, e não voltará atrás na sua Palavra. Jesus entrou aqui legalmente, nascido de uma mulher, era homem e inculpável, um Cordeiro sem macha e nem dolo, conforme declarou todos os que O inspecionaram, por isso era apto para o sacrifício. Entregamos a terra para o diabo, satanás reinou dois dias, os profetas reinaram mais dois, totalizando quatro dias. A igreja reinará mais de dois dias? Estamos então vivendo os últimos minutos desses seis dias, e Ele voltará (o salário é só para dois dias) para buscar o que é seu. Você é d’Ele, vá e tome posse! “Buscai ao Senhor enquanto se pode achar, invocai-o, enquanto está perto!”.111 “Por isso estais vós também apercebidos, porque o Filho do homem há de vir à hora que não penseis”.112 “E como aos homens está ordenado morrer uma só vez, vindo depois disso o juízo”.113 “Quem vencer herdará todas as coisas, e eu serei o seu Deus, e ele será o meu filho”.114 “Mas a todos os que o receberam, aqueles que crêem no seu nome, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus”.115 “O Tempo está cumprido e o reino de Deus está próximo. Arrependei-vos e crede no evangelho”.116 Como vimos, a igreja de Cristo é espiritual. Vimos também que se desviou da rota. A essência dela não está mais nesta igreja estabelecida do status quo, mas na periferia. 3.7 Deus estabeleceu reis na terra para reinar sobre o seu povo? 111 Isaías 55:6. 112 Mateus 24:44. 113 Hebreus 9:27. 114 Apoc 21:7. 115 João 1:12. 116 Marcos 1:15.
  • 58 O povo sempre teve medo de Deus (culpa?), preferindo um relacionamento à distância, preferindo as Leis, as ordenanças, as quais não cumpriram (algum dia tiveram a firme convicção de às cumprir?), e por isso pediram um rei e tudo o mais que pudessem ver e tocar. Em Isaías está escrito o plano de Deus para os últimos dias na terra, em relação à liderança do seu povo: “Restituir-te-ei os teus juízes como eram dantes e os teus conselheiros como antigamente. Então te chamarão cidade de justiça, cidade fiel”.117 Ou seja, Ele tem planos de retornar às veredas antigas, e estabelecerá os juízes como eram antes. Consultar um juiz elimina toda a burocracia, vem abolir também todos os títulos que hoje se vê cada vez mais profusos, e também, como se sabe, um juiz não é partidário, e, portanto, muito mais fácil de lidar, e muito menos subornável. O que acontecerá com os reis que estão empossados ainda? Reza o Salmo 23 que só temos um Pastor: “Eu sou o Teu Pastor”. E no livro de João, o Senhor afirma que haverá..., ou seja, como era antes, só haverá um Pastor e um rebanho: ”(...) e haverá um só rebanho e um só pastor”.118 Sim, sabemos que está escrito na Constituição Divina que Deus estabelece os ministérios de apóstolos, pastores, mestres, etc.? Sim, no Reino de Deus tudo é muito organizado. Mas de onde partiu esta 117 Isaías 1:26. 118 Cap 10:16.
  • 59 idéia de liderança? A Bíblia nos descreve119 o pranto de Samuel, por ver a rejeição do povo diante da sua velhice, pedindo um rei. Vimos também o pranto maior ainda de Deus dizendo a Samuel que a Ele rejeitavam, pois era Ele, a fonte de toda provisão: “7 Disse o Senhor a Samuel: Ouve a voz do povo em tudo quanto te dizem, pois não é a ti que têm rejeitado, porém a mim, para que eu não reine sobre eles. 8 Conforme todas as obras que fizeram desde o dia em que os tirei do Egito até o dia de hoje, deixando-me a mim e servindo a outros deuses, assim também fazem a ti. 9 Agora, pois, ouve a sua voz, contudo lhes protestarás solenemente, e lhes declararás qual será o modo de agir do rei que houver de reinar sobre eles”. 120 Deus argumenta de todas as maneiras possíveis, com muito sofrimento o que seria para eles esse rei. Prestemos atenção a cada detalhe e ficaremos espantados com a fidelidade e exatidão com que Deus descreve qual seria a atitude desses reis, desta “liderança” que tanto pedimos sobre nós, transportando as Palavras Sagradas para os dias de hoje: “10 Referiu, pois, Samuel todas as palavras do Senhor ao povo, que lhe havia pedido um rei, 11 e disse: Este será o modo de agir do rei que houver de reinar sobre vós: tomará os vossos filhos, e os porá sobre os seus carros, e para serem seus cavaleiros, e para correrem adiante dos seus carros; 12 e os porá por chefes de mil e chefes de cinqüenta, para 119 I a Samuel 8. 120 I a Samuel 8:7/9.
  • 60 lavrarem os seus campos, fazerem as suas colheitas e fabricarem as suas armas de guerra e os petrechos de seus carros.13 Tomará as vossas filhas para perfumistas, cozinheiras e padeiras. 14 Tomará o melhor das vossas terras, das vossas vinhas e dos vossos elivais, e o dará aos seus servos. 15 Tomará e dízimo das vossas sementes e das vossas vinhas, para dar aos seus oficiais e aos seus servos. 16 Também os vossos servos e as vossas servas, e os vossos melhores mancebos, e os vossos jumentos tomará, e os empregará no seu trabalho. 17 Tomará o dízimo do vosso rebanho; e vós lhe servireis de escravos. 18 Então naquele dia clamareis por causa de vosso rei, que vós mesmos houverdes escolhido; mas o Senhor não vos ouvira. 19 O povo, porém, não quis ouvir a voz de Samuel; e disseram: Não, mas haverá sobre nós um rei, 20 para que nós também sejamos como todas as outras nações, e para que o nosso rei nos julgue, e saia adiante de nós, e peleje as nossas batalhas. 21 Ouviu, pois, Samuel todas as palavras do povo, e as repetiu aos ouvidos do Senhor. 22 Disse o Senhor a Samuel: Dá ouvidos à sua voz, e constitui-lhes rei. Então Samuel disse aos homens de Israel: Volte cada um para a sua cidade”.121 Fala-nos Deus em Deuteronômio como deveria se comportar o rei: “14 Quando entrares na terra que o Senhor teu Deus te dá, e a possuíres e, nela habitando, disseres: Porei sobre mim um rei, como o fazem todas as nações que estão em redor de mim; 15 porás certamente sobre ti como rei aquele que o Senhor teu Deus escolher. Porás um dentre teus irmãos como rei sobre ti; não poderás pôr sobre ti um estrangeiro, homem que não seja de teus irmãos. 16 Ele, porém, não multiplicará para si cavalos, nem fará voltar o povo ao Egito, para multiplicar cavalos; pois o Senhor vos tem dito: Nunca mais voltareis por 121 I a Samuel 8:10/22.
  • 61 este caminho. 17 Tampouco multiplicará para si mulheres, para que o seu coração não se desvie; nem multiplicará muito para si a prata e o ouro. 18 Será também que, quando se assentar sobre o trono do seu reino, escreverá para si, num livro, uma cópia desta lei, do exemplar que está diante dos levitas sacerdotes. 19 E o terá consigo, e nele lerá todos os dias da sua vida, para que aprenda a temer ao Senhor seu Deus, e a guardar todas as palavras desta lei, e estes estatutos, a fim de os cumprir; 20 para que seu coração não se exalte sobre seus irmãos, e não se aparte do mandamento, nem para a direita nem para a esquerda; a fim de que prolongue os seus dias no seu reino, ele e seus filhos, no meio de Israel”.122 Deus nos avisou então, com detalhes, qual seria a nossa sorte quanto à nossa louca e injusta pretensão, porém o nosso coração corrupto, a nossa rebeldia, a nossa fronte obstinada nos fez rejeitar todo o conselho de Deus, e hoje vemos a lástima (a grande maioria nem sabe que isto tudo está escrito). E cobramos de quem? E nos afastamos de quem? E quem perde? Fala Samuel ao povo com o coração destroçado: “17 Então Samuel convocou o povo ao Senhor em Mizpá; 18 e disse aos filhos de Israel: Assim diz o Senhor Deus de Israel: Eu fiz subir a Israel do Egito, e vos livrei da mão dos egípcios e da mão de todos os reinos que vos oprimiam. 19 Mas vós hoje rejeitastes a vosso Deus, àquele que vos livrou de todos os vossos males e angústias, e lhe dissestes: Põe um rei sobre nós”.123 “1 Então disse Samuel a todo o Israel: Eis que vos dei ouvidos em tudo quanto me dissestes, e constituí sobre vós um rei. 2 122 Deuteronômio 17:14/20. 123 I a Samuel 10:17/19.
  • 62 Agora, eis que o rei vai adiante de vós; quanto a mim, já sou velho e encanecido, e meus filhos estão convosco: eu tenho andado adiante de vós desde a minha mocidade até o dia de hoje. 3 Eis-me aqui! testificai contra mim perante o Senhor, e perante o seu ungido. De quem tomei o boi? ou de quem tomei o jumento? ou a quem defraudei? ou a quem tenho oprimido? ou da mão de quem tenho recebido peita para encobrir com ela os meus olhos? E eu vo-lo restituirei”.124 Deus escolhe então o rei que pedia o povo, ou seja, um que tivesse a aparência de rei, posto que destronaram o Rei que não viam e o Seu digno representante: “23 Correram, pois, e o trouxeram dali; e estando ele no meio do povo, sobressaía em altura a todo o povo desde os ombros para cima. 24 Então disse Samuel a todo o povo: Vedes já a quem o Senhor escolheu: Não há entre o povo nenhum semelhante a ele. Então todo o povo o aclamou, dizendo: Viva o rei”.125 Samuel então documenta tudo a mando de Deus (Deus é legalista e organizado em Seus contratos, haja vista que todo este relato está devidamente documentado pelos séculos dos séculos). Observemos também que Saul não se importa com opinião contrária e segue o seu caminho, como é próprio dos reis humanos: “25 Também declarou Samuel ao povo a lei do reino, e a escreveu num livro, e pô-lo perante o Senhor. Então Samuel despediu todo o povo, cada um para sua casa. 26 E foi também Saul para sua casa em Gibeá; e foram com ele homens de valor, aqueles cujo coração Deus tocara. 27 Mas alguns homens ímpios disseram: Como pode este homem nos 124 I Samuel 12:1/3. 125 I Samuel 10:23,24.
  • 63 livrar? E o desprezaram, e não lhe trouxeram presentes; porém ele se fez como surdo”.126 Deus então entrega o povo às suas paixões infames127 , e estabelece as cláusulas do contrato. Observemos como é perigoso estarmos insistindo em uma petição, sem, contudo averiguar se esta está dentro dos princípios, dos planos de Deus: “13 Agora, eis o rei que escolhestes e que pedistes; eis que o Senhor tem posto sobre vós um rei. 14 Se temerdes ao Senhor, e o servirdes, e derdes ouvidos à sua voz, e não fordes rebeldes às suas ordens, e se tanto vós como o rei que reina sobre vós seguirdes o Senhor vosso Deus, bem está; 15, mas se não derdes ouvidos à voz do Senhor, e fordes rebeldes às suas ordens, a mão do Senhor será contra vós, como foi contra vossos pais”.128 Samuel ainda fala ao povo que tanto amava e que sempre cuidara: “16 Portanto ficai agora aqui, e vede esta grande coisa que o Senhor vai fazer diante dos vossos olhos. 17 Não é hoje a sega do trigo? clamarei, pois, ao Senhor, para que ele envie trovões e chuva; e sabereis e vereis que é grande a vossa maldade, que fizestes perante o Senhor, pedindo para vós um rei. 18 Então invocou Samuel ao Senhor, e o Senhor enviou naquele dia trovões e chuva; pelo que todo o povo temeu sobremaneira ao Senhor e a Samuel. O povo então cai em si, porém o absurdo já estava feito: “19 Disse todo o povo a Samuel: Roga pelos teus servos ao Senhor teu Deus, para que não morramos; porque a todos os nossos pecados temos acrescentado este mal, de pedirmos para nós um rei”.129 126 I Samuel 25/27. 127 Romanos 1:26. 128 ! Samuel 12:13/15. 129 I Samuel 12:19.
  • 64 Disse Samuel ao rebelde povo que embora tivessem feito todo este mal, tudo haveria de correr bem se eles não se desviassem do que foi acertado no pacto. Falou o grande juiz que apesar de tudo estaria junto deles para instruí-los e para orar por eles. E ai dele se assim não o fizesse. Disse a eles que não se esquecessem de tudo o que Deus já os tinha feito e que fossem fiéis, sob pena de perecer, todos eles junto com o rei que pediram: “20 Então disse Samuel ao povo: Não temais; vós fizestes todo este mal; porém não vos desvieis de seguir ao Senhor, mas servi-o de todo o vosso coração. 21 Não vos desvieis; porquanto seguiríeis coisas vãs, que nada aproveitam, e tampouco vos livrarão, porque são vãs. 22 Pois o Senhor, por causa do seu grande nome, não desamparará o seu povo; porque aprouve ao Senhor fazer de vós o seu povo. 23 E quanto a mim, longe de mim esteja o pecar contra o Senhor, deixando de orar por vos; eu vos ensinarei o caminho bom e direito. 24 Tão-somente temei ao Senhor, e servi-o fielmente de todo o vosso coração; pois vede quão grandiosas coisas vos fez. 25 Se, porém, perseverardes em fazer o mal, perecereis, assim vós como o vosso rei”.130 Tivemos que suportar esta situação terrível até os dias de hoje. Suportamos as terríveis conseqüências do nosso grande erro, porém, fala o Senhor que: “5 Porque a sua ira dura só um momento; no seu favor está a vida. O choro pode durar uma noite; pela manhã, porém, vem o cântico de júbilo”.131 Temos boas notícias, pois como já vimos, Deus estabelecerá os juízes nos finais dos tempos, e haverá então “um só pastor e um só rebanho, como está escrito. Ezequiel registra esta estremecedora declaração de Deus: 130 I Samuel 12:13/25. 131 Salmo 30:5.
  • 65 ”1 Veio a mim a palavra do Senhor, dizendo: 2 Filho do homem, profetiza contra os pastores de Israel; profetiza, e dize aos pastores: Assim diz o Senhor Deus: Ai dos pastores de Israel que se apascentam a si mesmos! Não devem os pastores apascentar as ovelhas? 3 Comeis a gordura, e vos vestis da lã; matais o cevado; mas não apascentais as ovelhas. 4 A fraca não fortalecestes, a doente não curastes, a quebrada não ligastes, a desgarrada não tornastes a trazer, e a perdida não buscastes; mas dominais sobre elas com rigor e dureza. 5 Assim se espalharam, por não haver pastor; e tornaram-se pasto a todas as feras do campo, porquanto se espalharam. 6 As minhas ovelhas andaram desgarradas por todos os montes, e por todo alto outeiro; sim, as minhas ovelhas andaram espalhadas por toda a face da terra, sem haver quem as procurasse, ou as buscasse. 7 Portanto, ó pastores, ouvi a palavra do Senhor: 8 Vivo eu, diz o Senhor Deus, que porquanto as minhas ovelhas foram entregues à rapina, e as minhas ovelhas vieram a servir de pasto a todas as feras do campo, por falta de pastor, e os meus pastores não procuraram as minhas ovelhas, pois se apascentaram a si mesmos, e não apascentaram as minhas ovelhas; 9 portanto, ó pastores, ouvi a palavra do Senhor: 10 Assim diz o Senhor Deus: Eis que eu estou contra os pastores; das suas mãos requererei as minhas ovelhas, e farei que eles deixem de apascentar as ovelhas, de sorte que não se apascentarão mais a si mesmos. Livrarei as minhas ovelhas da sua boca, para que não lhes sirvam mais de pasto. 11 Porque assim diz o Senhor Deus: Eis que eu, eu mesmo, procurarei as minhas ovelhas, e as buscarei. 12 Como o pastor busca o seu rebanho, no dia em que está no meio das suas ovelhas dispersas, assim buscarei as minhas ovelhas. Livrá-las-ei de todos os lugares por onde foram espalhadas, no dia de nuvens e de escuridão. 13 Sim, tirá-las-ei para fora dos povos, e as congregarei dos países, e as introduzirei na sua terra, e as apascentarei sobre os montes de Israel, junto às correntes d'água, e em todos os lugares habitados da terra. 14 Em bons pastos as apascentarei, e nos altos montes de Israel será o seu curral; deitar-se-ão ali num bom curral, e pastarão em pastos gordos nos montes de Israel. 15 Eu mesmo apascentarei as minhas ovelhas, e eu as farei repousar, diz o Senhor Deus. 16 A perdida buscarei, e a desgarrada tornarei a trazer; a quebrada
  • 66 ligarei, e a enferma fortalecerei; e a gorda e a forte vigiarei. Apascentá-las-ei com justiça. 17 Quanto a vós, ó ovelhas minhas, assim diz o Senhor Deus: Eis que eu julgarei entre ovelhas e ovelhas, entre carneiros e bodes. 18 Acaso não vos basta fartar-vos do bom pasto, senão que pisais o resto de vossos pastos aos vossos pés? e beber as águas limpas, senão que sujais o resto com os vossos pés? 19 E as minhas ovelhas hão de comer o que haveis pisado, e beber o que haveis sujado com os vossos pés. 20 Por isso o Senhor Deus assim lhes diz: Eis que eu, eu mesmo, julgarei entre a ovelha gorda e a ovelha magra. 21 Porquanto com o lado e com o ombro dais empurrões, e com as vossas pontas escorneais todas as fracas, até que as espalhais para fora, 22 portanto salvarei as minhas ovelhas, e não servirão mais de presa; e julgarei entre ovelhas e ovelhas. 23 E suscitarei sobre elas um só pastor para as apascentar, o meu servo Davi. Ele as apascentará, e lhes servirá de pastor. 24 E eu, o Senhor, serei o seu Deus, e o meu servo Davi será príncipe no meio delas; eu, o Senhor, o disse. 25 Farei com elas um pacto de paz; e removerei da terra os animais ruins, de sorte que elas habitarão em segurança no deserto, e dormirão nos bosques. 26 E delas e dos lugares ao redor do meu outeiro farei uma bênção; e farei descer a chuva a seu tempo; chuvas de bênçãos serão. 27 E as árvores do campo darão o seu fruto, e a terra dará a sua novidade, e estarão seguras na sua terra; saberão que eu sou o Senhor, quando eu quebrar os canzis do seu jugo e as livrar da mão dos que se serviam delas. 28 Pois não servirão mais de presa aos gentios, nem as devorarão mais os animais da terra; mas habitarão seguramente, e ninguém haverá que as espante. 29 Também lhes levantarei uma plantação de renome, e nunca mais serão consumidas pela fome na terra, nem mais levarão sobre si o opróbrio das nações. 30 Saberão, porém, que eu, o Senhor seu Deus, estou com elas, e que elas são o meu povo, a casa de Israel, diz o Senhor Deus. 31 Vós, ovelhas minhas, ovelhas do meu pasto, sois homens, e eu sou o vosso Deus, diz o Senhor Deus”. 132 Ou seja, Deus está falando aqui que vai tirar as ovelhas dos pastores (os reis), e dá-las ao descendente de Davi (Jesus), que será nosso Pastor. Enfocamos aqui a letra da música “A geração de Samuel”133 , pois, embora não tenhamos conversado com o autor (louvor muito ungido), recebemos no espírito uma revelação espetacular sobre a letra da música. A geração de Samuel, cremos, é a geração dos juízes, que retornam segundo a profecia de Isaías, que foi feita há muito tempo atrás. É a geração que depõe Saul (tira os reis do púlpito) e que unge Davi (entroniza Jesus outra vez: “Haverá um só 132 Cap 34. 133 Ministério do Avivamento/ Fernandinho.
  • 67 Pastor e um só rebanho”134 ). Saul também representa a desobediência. Observamos na letra da música, que acontece hoje, diante dos nossos olhos o cumprimento da profecia, a semente que foi plantada há muito tempo atrás através dos profetas de Deus. Eu faço parte de um novo tempo Que está nascendo em minha nação Eu sou o fruto, de uma semente Que foi plantada, há muito tempo atrás Por meus irmãos A geração de Samuel está se levantando em todo lugar A geração que depõe Saul A geração que unge Davi Para um tempo de louvor Uma geração segundo o coração de Deus Que cumpre os propósitos de Deus nesta terra Deus está invadindo a terra de profetas Geração de Profetas135 A Geração de profetas que Deus está levantando está sendo moldada na dor, na solidão, na renuncia de coisas que só quem as deixa sabe dizer o quando dói! Profetas inconformados com o pecado, inconformados com a injustiça social e com a falta de unidade no Corpo de Cristo! Aiiiiiiiiiii, aiiiiiiiiiii, aiiiiiiiiiiii, é o gemido do Vaso na Olaria pra ser como Ele quer que seja!!! Que dor é ser amassado nas mãos do Oleiro e receber o molde que nos fará ser profetas neste tempo do fim! Cremos que a dor é muito maior do que esta que o autor descreve, mas, temos que afirmar que jamais se poderá descrever a glória que é alguém estar perto do seu Deus e esperar n’Ele a cada instante. 3.7.a Os Canibais 134 Ezequiel 34:23; João 10:16. 135 mundodouelinton.blogspot.com/2009/01/gerao-de...
  • 68 È uma boa notícia saber que na mesa farta do Cordeiro temos o alimento para o nosso espírito. No Livro de Salmos colhemos o Maná... “4 Acaso não tem conhecimento nem sequer um dos que praticam a iniqüidade, que comem o meu povo como se comessem pão, e que não invocam o Senhor?136 . E o que percebemos aqui, mais uma vez, é o alerta sobre a liderança mercenária que come o povo de Deus: “4 Ouvi isto, vós que pisais os necessitados, e destruís os miseráveis da terra”.137 Vale mais uma vez mencionar o fato de que o homem pediu para Samuel (o último juiz) um rei, sem atentar para a realidade, sem pensar que o que estavam fazendo era rejeitar a Deus, o Rei, o que mandava a chuva e o sol, para lhes dar o mantimento diário. Deus, sofrendo a afronta, o desprezo e a ingratidão deste povo, avisou-os através de Samuel que seriam fortemente oprimidos, dominados e saqueados por estes reis. Mas o povo estava cego e desvairado e não quiseram escutar o alerta divino, e então vemos hoje o resultado da nossa loucura, pois os que deveriam estar representando a Deus são os piores “do pedaço”. Estes que vêm como anjos de luz, comem o povo de Deus, que não estão acostumados (pois são rebeldes) a consultar as Escrituras Sagradas para saber dos seus direitos e deveres. Querendo facilidades, consultando homens, reis, que falam palavras persuasivas, sedutoras e enganosas, torcendo ardilosamente os mandamentos de Deus, como o foi na época de Martinho Lutero. As pessoas, como já falamos, são facilmente enganadas por estes líderes. Vale mais uma vez falar por que: “6 O meu povo está sendo destruído, porque lhes falta o conhecimento. Porquanto rejeitaste o conhecimento, (...) 136 Salmo 14: 137 Amós 8:4.
  • 69 também eu te rejeitarei (...) visto que te esqueceste da lei do teu Deus, (...)”.138 Como já citamos, necessário se faz, outra vez, a exemplo de Lutero, traduzir a Bíblia para o povo, apesar desta estar amplamente traduzida e à disposição do qualquer um, para que as pessoas entendam a Lei do seu Criador e então se voltem para Ele e Ele os possa curar. Ao longo da história podemos ver no Livro de Reis, que quase nenhum desses serviu a Deus, mas ao seu ventre139 . E hoje, embora seja difícil enxergar algum que sirva, reza a Palavra: “4 Mas que lhe diz a resposta divina? Reservei para mim sete mil varões que não dobraram os joelhos diante de Baal”. Ou seja, no meio destes joios há os trigos, e só uma pessoa espiritual pode discernir a diferença entre um e outro, que são iguais na aparência, sendo o oposto na essência: “14 Ora, o homem natural não aceita as coisas do Espírito de Deus, porque para ele são loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente. 15 Mas o que é espiritual discerne bem tudo, enquanto ele por ninguém é discernido. 16 Pois, quem jamais conheceu a mente do Senhor, para que possa instruí-lo? Mas nós temos a mente de Cristo..”140 Nunca será demais repetir que o espiritual é o que é no interior e não o cumpridor de rituais exteriores, como Jesus, que não tinha nenhuma aparência exterior, e por isso foi totalmente descartado pelos religiosos, como rei. Seria prudente que as 138 Oséias 4:6. 139 Filipenses 3:19. 140 I aos Cor 2:14/16.
  • 70 pessoas atentassem para este fato enquanto têm tempo para isto: há pessoas que rejeitam a oportunidade de salvação espiritual que lhe garante viver eternamente ao lado de Deus, porque se embaraça com as aparências: “1 No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus. 2 Ele estava no princípio com Deus. 3 Todas as coisas foram feitas por intermédio dele, e sem ele nada do que foi feito se fez. 4 Nele estava a vida, e a vida era a luz dos homens; 5 a luz resplandece nas trevas, e as trevas não prevaleceram contra ela. 6 Houve um homem enviado de Deus, cujo nome era João. 7 Este veio como testemunha, a fim de dar testemunho da luz, para que todos cressem por meio dele. 8 Ele não era a luz, mas veio para dar testemunho da luz. 9 Pois a verdadeira luz, que alumia a todo homem, estava chegando ao mundo. 10 >>>>>> Estava ele no mundo, e o mundo foi feito por intermédio dele, e o mundo não o conheceu. 11 >>>>>> Veio para o que era seu, e os seus não o receberam. 12 Mas, a todos quantos o receberam, aos que crêem no seu nome, (COMO JÁ CITAMOS, NINGUÉM NASCE FILHO DE DEUS, MAS SE TORNA) de se tornarem filhos de Deus; 13 os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do varão, mas de Deus. 14 E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós, cheio de graça e de verdade; e vimos a sua glória, como a glória do unigênito do Pai”.141 Sugerimos a leitura do texto Sagrado em Samuel, a partir do capítulo oito, onde vamos ler o relato do episódio, deveras abominável e injusto: 141 João 1:1/14.
  • 71 ”Mas vós hoje rejeitastes a vosso Deus, que vos livrou de todos os vossos males e trabalhos e lhe dissestes: Põe um rei sobre nós. Não é hoje a sega do trigo? Clamarei ao Senhor, e ele dará trovões e chuvas. E sabereis e vereis que é grande a vossa maldade que praticastes perante o Senhor, pedindo para vós um rei. Agora ouve a sua voz, porém protesta-lhes solenemente, e declara-lhes qual será o direito do rei que houver sobre eles.Tomará o melhor de vossas terras, das vossas vinhas, dos vossos olivais e os dará aos seus servos, (...). Então naquele dia clamareis por causa do vosso rei, que houverdes escolhido, mas o Senhor não vos ouvirá naquele dia”. Proclama em alta voz o profeta Miquéias sobre o negro assunto: “1 E disse eu: Ouvi, peço-vos, ó chefes de Jacó, e vós, ó príncipes da casa de Israel: não é a vós que pertence saber a justiça? 2 A vós que aborreceis o bem, e amais o mal, que arrancais a pele de cima deles, e a carne de cima dos seus ossos, 3 os que também comeis a carne do meu povo e lhes arrancais a pele, e lhes esmiuçais os ossos, e os repartis em pedaços como para a panela e como carne dentro do caldeirão. 4 Então clamarão ao Senhor; ele, porém, não lhes responderá, antes esconderá deles a sua face naquele tempo, conforme eles fizeram mal nas suas obras. 5 Assim diz o Senhor a respeito dos profetas que fazem errar o meu povo, que clamam: Paz! enquanto têm o que comer, mas preparam a guerra contra aquele que nada lhes mete na boca. 6 Portanto se vos fará noite sem visão; e trevas sem adivinhação haverá para vós. Assim se porá o sol sobre os profetas, e sobre eles, obscurecerá o dia. 7 E os videntes se envergonharão, e os adivinhadores se confundirão; sim, todos eles cobrirão os seus lábios, porque não haverá resposta de Deus. 8 Quanto a mim, estou cheio do poder do Espírito do Senhor, assim como de justiça e de coragem, para declarar a Jacó a sua transgressão e a Israel o seu pecado. 9 Ouvi agora isto, vós chefes da casa de Jacó, e vós governantes da casa de Israel, que abominais a justiça e perverteis tudo o que é direito, 10 edificando a Sião com sangue, e a Jerusalém com iniqüidade. 11 Os seus chefes dão as sentenças por peitas, e os seus sacerdotes ensinam por interesse, e os seus profetas adivinham por dinheiro; e ainda se encostam ao Senhor, dizendo: Não está o Senhor no meio de nós? nenhum mal nos sobrevirá. 12 Portanto, por causa de vós, Sião será lavrada como um campo, e Jerusalém se tornará em montões de pedras (... desta igreja apóstata, não ficará pedra sobre pedra...142 ), e o monte desta casa em lugares altos dum bosque”.143 142 Mateus 4:2. 143 Miquéias 3.
  • 72 Quando eu ainda dava os primeiros passos no reino de Deus, este texto do profeta Ezequiel que lemos anteriormente, veio à minha vista e temi muito. Neste momento, embora que ainda não tivesse muito entendimento, senti muita compaixão por estes líderes e um grande alívio por não ser um deles (não desconfiava eu o que Deus havia traçado para mim). Como já vimos, é isto é o que está escrito em João: “Haverá um só Pastor e um só rebanho”. 144 O profeta Jeremias sempre participa do clamor: “29 Ó terra, terra, terra; ouve a palavra do Senhor”.145 E o profeta Amós vem nos falar deste povo que anda errante, como ovelhas que não tem Pastor, com fome e sede de justiça, sem encontrar pastagem: ”11 Eis que vêm os dias, diz o Senhor Deus, em que enviarei fome sobre a terra; não fome de pão, nem sede de água, mas de ouvir as palavras do Senhor. 12 Andarão errantes de mar a mar, e do norte até o oriente; correrão por toda parte, buscando a palavra do Senhor, e não a acharão”.146 3.7.b Vestes sujas 144 João 10:16. 145 Jeremias 22:29. 146 Amós 8:11,12.
  • 73 Meditemos no Livro do profeta Zacarias, sobre o outro lado da moeda, em relação a este assunto, para que o Espírito de Deus nos vá instruindo sobre o ponto de equilíbrio na questão:147 “1 Ele me mostrou o sumo sacerdote Josué, o qual estava diante do anjo do Senhor, e Satanás estava à sua mão direita, para se lhe opor. Entre tantos fatos neste sentido, narrado pelas Escrituras Sagradas, aqui está um quadro muito comum que é o fato de satanás traçar planos estratégicos para derrubar uma liderança de Deus,148 pois assim vai arrastar com este muitas outras pessoas. Observamos que o quadro não é tão simples como parece ser. Uma liderança mercenária também é comum e está misturada com o trigo, que é igual por fora, embora o oposto na essência. Muitos, embora não sejam mercenários, estão no engano, justamente por serem muito empenhados e nada superficiais, pois se assim fosse, o inimigo do homem não perderia tempo com alguém com esta característica. O que é empenhado vai fundo no que faz. Muitas vezes estão no erro, na mentira, caíram, e não têm forças para levantar; muitas vezes se convencem que não tem mais jeito para eles. Como vemos, temos muitas considerações para fazer antes de classificar pessoas como sendo “raça de víboras”, pois as aparências enganam muito e infelizmente, somos muito frágeis quanto a esta questão. Como já falamos, toda liderança é falha e sujeita às mesmas 147 Capítulo 3. 148 Não podemos confundir a liderança mercenária estabelecida no status quo, com a liderança instituída por Deus, que não se firma, ou se fundamenta no status quo, embora muitas vezes ainda estejam militando neste contexto; alguns por uma obra estratégica de Deus (se fazendo de tolos no meio dos tolos), ou ainda esperando o necessário amadurecimento para receber a revelação sobre o assunto. Observamos também que maturidade para entender sobre o assunto não significa tempo de conversão ou frutos de um cristão, mas sim uma situação especial de cada um para que Deus possa falar sem prejudicar o que já está feito, que é o trigo na vida deste.
  • 74 paixões infames como qualquer outro que veio de Adão, pois não sobrou um sequer, vindo daí a necessidade de que Deus se tornasse homem para morrer no nosso lugar, e com o seu sacrifício inaudito, e sem nenhum atributo de Deus nesta hora, poder resgatar o Escrito da Dívida da humanidade para todo o sempre, bastando alguém crer para poder tomar posse desta herança extraordinária. Aqui estanca o conflito existencial do ser humano. Acabou a busca, pois Jesus é a Porta para encontrar a vida com abundância, a paz com Deus que cada um anseia, seja rico, pobre, analfabeto ou iletrado. Muitos ainda não alcançaram o estágio de maturidade espiritual para Deus revelar que desta igreja apóstata não ficará pedra sobre pedra que não seja derrubada, que o juízo começa pela casa de Deus, que Deus não habita em templos feitos por mãos de homens, que haverá um só Pastor e um só rebanho, que nos últimos dias ele instituirá os juízes novamente, que o reino de Deus está dentro do que crê, e que se adora a Deus em qualquer lugar, desde que seja em espírito, em verdade, e em nome e pelos méritos de Jesus, o Cristo de Deus. Quando falamos assim pode parecer que Deus julga a estes que receberam esta revelação, como mais capacitados, porém não é assim a matemática de Deus. Ele envia mensageiros que são preparados muitas vezes a vida inteira para falar uma pequena frase, para dar um único recado. Prepara outro para falar o que vai completar este recado, e assim, com a sua grande misericórdia, paciência e poder, Ele vai formando o texto e no contexto que Ele quer. Na liderança de Deus só há um importante, que é Ele, os demais servem e dependem totalmente d’Ele para tudo. Não há também acepção de pessoas, ou qualquer tipo de privilégios, pois o Reino de Deus é de Deus e não do diabo. Estamos aqui observando como é perseguida uma liderança divina e como é difícil discernir quem está no erro por ser um apóstata ou por ser um filho no engano.
  • 75 Jó , por exemplo era um homem de Deus e no entanto lá estava ele com o maligno ao seu derredor149 , como diz a palavra (como acontece com todos os que estão nas fileiras do exército de Cristo), buscando uma oportunidade, uma ocasião, um lugar150 dado por este, para poder entrar e matar, roubar e destruir. Se esta pessoa der este lugar, Deus não vai poder tirar, pois age dentro da Lei, mas vai interceder, tentar convencer, para que este se recomponha. Às vezes a pessoa escuta e outras vezes não, como Adão, que sabia do erro, mas preferiu ficar com a mulher que ele colocou antes de Deus na sua vida, como acontece com tantas pessoas, infringindo assim o primeiro mandamento e o mais importante que é “Amar a Deus sobre todas as coisas”. No caso de Jó havia uma obsessão demoníaca para derrubá-lo só porque era justo. Deus permitiu a situação para deixar provado que ele não servia a Deus só por causa do que tinha, que era muito. Perdeu tudo, mas não o seu bem mais precioso que era o seu Deus, e também o Dono do Mundo: “12 Ao que disse o Senhor a Satanás: Eis que tudo o que ele tem está no teu poder; somente contra ele não estendas a tua mão. E Satanás saiu da presença do Senhor”.151 Depois de perder tudo, até a sua família, Jó falou: “20 Então Jó se levantou, rasgou o seu manto, rapou a sua cabeça e, lançando-se em terra, adorou; 21 e disse: Nu saí do ventre de minha mãe, e nu tornarei para lá. O Senhor deu, e o Senhor tirou; bendito seja o nome do Senhor. 22 Em tudo isso Jó não pecou, nem atribuiu a Deus falta alguma”.152 Depois da prova, Deus restituiu tudo em dobro para ele. 149 I a Pedro 5:8. 150 Efésios 4:27. 151 Jó 1:12. 152 Jó 1:20/22.
  • 76 Vemos também em I a Reis, o Senhor convocando os seus exércitos: o da esquerda e o da direita. O primeiro funciona mais ou menos como um chicote para rebeldes. É interessantíssimo ler este capítulo para começarmos a entender quem está no controle de tudo, e também que não se pode dar legalidade a satanás para reinar em nossa vida, pois assim ele a terá, como ordena a lei. Deus não é bandido e é justo. Fala o Senhor em João: “47 E, se alguém ouvir as minhas palavras, e não as guardar, eu não o julgo; pois eu vim, não para julgar o mundo, mas para salvar o mundo (Ele agora é o advogado; depois da sua vinda, será o juiz). 48 Quem me rejeita, e não recebe as minhas palavras, já tem quem o julgue; a palavra que tenho pregado, essa o julgará no último dia”.153 Ou seja, Ele fala em Romanos154 que ninguém nos poderá afastar do amor d’Ele, mas fala também que a sua Lei é imutável, portanto, se alguém se afastar da Palavra que é Ele mesmo, não vai tolher a escolha de ninguém, embora vá tentar de todas as formas impedir que assim seja. Ele é a Lei e diz em Malaquias: “Eu o Senhor, não mudo”. Como nos arriscaremos a dizer que Deus é bonzinho e que vai mudar a Lei que Ele mesmo disse que é quem julga, e que é imutável, só para nos valer? Ele seria bonzinho se assim o fizesse ou seria uma verdadeira fraude? Se alguém não for uma virgem louca155 , ou uma virgem insensata, alguém que constrói a sua casa sobre a areia, um religioso, alguém que age com Deus como age com uma imagem, ou com uma idéia, certamente não vai entrar por este caminho de engano, mas antes vai lembrar do que nos alerta o Senhor do Universo, cujo nome é JUSTIÇA: 153 João 12:47,48. 154 Romanos 8:31/39. 155 Mateus 25.
  • 77 “28 E não temais os que matam o corpo, e não podem matar a alma; temei antes aquele que pode fazer perecer no inferno tanto a alma como o corpo”.156 E também: “10 O temor do Senhor é o princípio da sabedoria; têm bom entendimento todos os que cumprem os seus preceitos; o seu louvor subsiste para sempre”.157 Temos muita dificuldade para entender, que, assim como a morte física um dia acontece, a chance que temos com Deus um dia vai terminar, como o foi no dia do dilúvio, na destruição de Sodoma e Gomorra, e na vida de tantas pessoas que já se foram sem alcançar a vida eterna com Deus, mas herdando a a total e absoluta desgraça, que é viver eternamente sem Deus, no inferno, com satanás, a quem resolveu, com a sua própria vontade, servir aqui na terra, saboreando as suas “guloseimas”. Continuando o texto do capítulo dois de Zacarias: “2 Mas o anjo do Senhor disse a Satanás: Que o Senhor te repreenda, ó Satanás; sim, o Senhor, que escolheu Jerusalém, te repreenda! Não é este um tição tirado do fogo? 3 Ora Josué, vestido de trajes sujos, estava em pé diante do anjo. 4 Então falando este, ordenou aos que estavam diante dele, dizendo: Tirai-lhe estes trajes sujos. E a Josué disse: Eis que tenho feito com que passe de ti a tua iniqüidade, e te vestirei de trajes festivos. 5 Também disse eu: Ponham-lhe sobre a cabeça uma mitra limpa. Puseram-lhe, pois, sobre a cabeça uma mitra limpa, e vestiram-no; e o anjo do Senhor estava ali de pé. 6 E o anjo do Senhor protestou a Josué, dizendo: 7 Assim diz o Senhor dos exércitos: Se andares nos meus caminhos, e se observares as minhas ordenanças, também tu julgarás a minha casa, e também guardarás os meus átrios, e 156 Mateus 10:28. 157 Salmo 111:10.
  • 78 te darei lugar entre os que estão aqui. 8 Ouve, pois, Josué, sumo sacerdote, tu e os teus companheiros que se assentam diante de ti, porque são homens portentosos; eis que eu farei vir o meu servo, o Renovo. 9 Pois eis aqui a pedra que pus diante de Josué; sobre esta pedra única estão sete olhos. Eis que eu esculpirei a sua escultura, diz o Senhor dos exércitos, e tirarei a iniqüidade desta terra num só dia. 10 Naquele dia, diz o Senhor dos exércitos, cada um de vós convidará o seu vizinho para debaixo da videira e para debaixo da figueira”.158 Eis aqui o que temos falado reiteradamente: as tantas falhas da liderança de Deus, algumas criminosas e algumas por uma obra de engano. Temos visto também como Deus coloca tudo em cima do telhado como falou que faria. Na Bíblia inteira, Deus jamais encobre as terríveis, chocantes e surpreendentes atitudes erradas ou criminosas dos seus servos. É muito difícil entender e aceitar tudo isso por causa de um tabu, um sofisma, que é uma verdadeira fortaleza formada desde a Infância na mente dos homens, de que liderança é alguém que não erra. E por isso, quando acontece de algum líder que não está na listagem negra de Deus errar, como os mercenários que se sentam no lugar do Altíssimo, cuja maioria já blasfemou contra o Espírito Santo, não entrando e nem deixando ninguém entrar, fazendo seus discípulos, ou suas vítimas, que não estão servindo a Deus159 , mas a eles, e à sua associação, ou ao “seu clube”, sua indústria de idolatria, seu comércio160 , quando há alguém que não engrossa este exército da esquerda, mas ao da direita, e está influenciado por satanás e seus ardis, que Deus nos fala para não ignorar, este sofre muito de todas as maneiras, pois não percebeu ainda a “brecha” que está aberta, e sofrerá muito mais quando perceber o engano, pois feriu aquele que ele ama acima de tudo na vida. 158 Zacarias 2. 159 Mateus 23. 160 Apocalipse 18.
  • 79 A exemplo disso, vemos aqui, não qualquer um, mas Josué, este que Deus escolheu para substituir Moisés, com as vestes sujas. Como sabemos, Moisés foi treinado por Deus durante oitenta anos, considerado pelo Altíssimo como o homem mais manso da terra, e que no final perdeu o controle por causa do povo rebelde e de fronte obstinada.161 Em Números162 observamos uma situação em que o grande líder já dava sinais de muito cansaço em relação à obstinação deste povo de dura cerviz. Em outras palavras ele está dizendo para Deus que aquele povo não é dele, mas d’Ele, fazendo um paralelo com aqueles pais que quando vêem seus filhos fazendo bonito eles enchem o peito e exclamam: “Este é o meu filho”, mais quando estes fazem o errado logo grita para a mãe: “Olha aí o teu filho”. Quando ele bateu na rocha duas vezes163 deixando sua alma nua diante de todos, representado assim Deus de maneira errada, o JUSTO não admitiu a atitude de Moisés e passou a liderança para este homem que foi usado para comandar o exército de Deus, para destruir as muralhas de Jericó e tantas outras batalhas. Josué era um tremendo guerreiro de Deus, e, no entanto, não passou na “revista”: está com as vestes sujas. Fala o Pai em Apocalipse: “18 aconselho-te que de mim compres ouro refinado no fogo, para que te enriqueças; e vestes brancas, para que te vistas, e não seja manifesta a vergonha da tua nudez; e colírio, a fim de ungires os teus olhos, para que vejas. 19 Eu repreendo e castigo a todos quantos amo: sê pois zeloso, e arrepende- te”.164 Que Deus nos capacite a temê-lo, a amá-lo, a entendê-lo, e assim também ao próximo como a nós mesmos. 3.8 A busca pelas revelações de Deus 161 No texto “O Ponto de Equilíbrio”, meditamos sobre este assunto. 162 Números 11. 163 Números 20:11. 164 Apocalipse 3:18,19.
  • 80 Como já vimos (os que não viram deveriam, para que não sofram) que há uma ordenança severa para cada um em particular, para que medite dia e noite nas Leis Eternas, pois sem esta atitude, não haverá prosperidade. Há um “famoso” versículo muito usado pelos que esperam as “facilidades”. Afirmam os tais que o que se faz de errado na ignorância não trás nenhuma conseqüência, porém, Deus nos deixa um escape, que é o arrependimento, que implica em conversão deste mal caminho: “Mas Deus, não levando em conta os tempos da ignorância, manda agora que todos os homens em todo lugar se arrependam;”.165 Não podemos ignorar que a falta de conhecimento nos trás sofrimento, ou seja, a pessoa não faz, ou faz, porque não sabe, mas mesmo assim sofre as conseqüências dos seus erros, pois no Reino de Deus as “balas não são de festim” e o diabo, que anda em derredor dos filhos de Deus buscando uma brecha para adentrar e destruir, não perderá a oportunidade, pois nos acusa dia e noite diante do trono de Deus. Vamos nos valer da intercessão do Espírito de Deus, de Jesus, por nós, e também da Sua grande misericórdia que é a causa de não sermos consumidos. Se ainda somos ignorantes sobre alguns fatos, deveremos clamar a Deus por revelações. Não nos fala o Senhor para enterrar o passado neste sentido, mas fala Ele em Apocalipse que teremos que voltar ao ponto do erro para consertar as coisas: “5 Lembra-te, pois, donde caíste, e arrepende-te, e pratica as primeiras obras; e se não, brevemente virei a ti, e removerei do seu lugar o teu candeeiro, se não te arrependeres”. 165 Atos 17:30.
  • 81 Fala Salomão a mando de Deus: “13 O que encobre as suas transgressões nunca prosperará; mas o que as confessa e deixa, alcançará misericórdia”.166 Ou seja, Deus não “deixa para lá” e fala: “Venha como está e fique como quiser”, pois é um Pai severo, amoroso, justo, e não deixaria nenhum dos seus filhos perdidos e sem a devida correção, o devido refinamento, aprimoramento, que lhe trará o conhecimento, o crescimento, evidentemente com a Sua medida de justiça: “47 O servo que soube a vontade do seu senhor, e não se aprontou, nem fez conforme a sua vontade, será castigado com muitos açoites; 48 mas o que não a soube, e fez coisas que mereciam castigo, com poucos açoites será castigado. Daquele a quem muito é dado, muito se lhe requererá; e a quem muito é confiado, mais ainda se lhe pedirá”.167 Seria bem infantil e deveras ignorante alguém afirmar ao contrário (infelizmente afirmam): “6 pois o Senhor corrige ao que ama, e açoita a todo o que recebe por filho”.168 Como falamos, há artigos na Lei que nos garantem uma ampla defesa. Deus também nos permite o contraditório, ou seja, apresentar a Ele as nossas firmes razões: “21 Apresentai a vossa demanda, diz o Senhor; trazei as vossas firmes razões, diz o Rei de Jacó”.169 166 Prov 28:13. 167 Lucas 12:47,48. 168 Hebreus 12:6. 169 Isaías 41:21.
  • 82 Eis aqui um artigo da Lei Maior que podemos usar diante do Plenário Supremo: “13 Não vos sobreveio nenhuma tentação, senão humana; mas fiel é Deus, o qual não deixará que sejais tentados acima do que podeis resistir, antes com a tentação dará também o meio de saída, para que a possais suportar”.170 Citamos a seguir um pequeno trecho do Livro de Rebeca Brown e seu marido Daniel Yoder “Maldições não quebradas”171 , em que eles narram a terrível experiência que estavam vivendo, sofrendo danos sem conta e sem trégua. Depois de ouvir alguém dizer que teriam que ir à Suprema Corte do Universo pedir uma audiência com o Juiz Supremo, ficaram atônitos, relutando muito, afirmando que só precisavam da misericórdia de Deus. Porém, naquela madrugada, sem falar com o marido, ela se ajoelhou, e outra vez fez uma análise da sua vida em todas as áreas e não via nada que pudessem estar fazendo para que satanás continuasse a persegui-los daquela maneira. Sabia que Deus dá ordem para que ele peneire os seus filhos, mas sabia também que isso deveria ter um fim, ou que não seria para sempre. Sabemos que o véu do templo se rasgou e que todas as pessoas poderão chegar diante do Trono de Deus, através do sangue de Jesus, e que também não poderiam chegar a Este Plenário Divino através das suas obras ou méritos, mas pelos méritos de Cristo, não pelas suas justiças, mas apenas pela justiça d’Ele. Sabia também que era uma só com seu marido e resolveu ir perante o Juiz do Universo por ela e por ele. E assim ela se conduziu: 3.8.a Oração de Rebecca Brawn 170 I aos Cor 10:13. 171 Rio de Janeiro/1999/ Danprewan.
  • 83 - Você está louca! Eu não preciso que Deus julgue o meu caso! Eu preciso é de sua misericórdia. Esqueça isso! Mas o Espírito Santo continuou trabalhando com essa idéia em minha mente, vez após vez. Eu sabia que Satanás era quem estava nos derrotando, e sabia que apenas Deus poderia fazê-lo parar. Eu estava com medo de ir a qualquer corte de justiça, mas o Espírito Santo continuava me cutucando nesse sentido. Finalmente naquela noite, por volta das três horas da madrugada, eu me arranquei da cama e fui até a escura sala de estar para tentar aplicar a palavra de Deus em relação a nós. Eu tinha feito uma exaustiva busca interior e tinha orado, mas não conseguira descobrir nenhum pecado que Daniel ou eu não tivéssemos considerado. Não tínhamos nenhum pecado atuando em nossa vida, pelo que podíamos repreender. Também entendi que não sei se vai até uma corte de justiça perante um juiz de maneira desorganizada. Senti que a corte de justiça de Deus era ainda muito mais sério do que as daqui da terra, e assim organizei as minhas petições. Vou compartilhar com o leitor exatamente como foi que eu orei naquela noite para que possa entender melhor o que quero dizer. O primeiro ponto era o meu direito de poder ir perante o Juiz do universo. Obviamente eu não poderia ir com base em nada que Daniel ou eu tivéssemos feito. As Escrituras nos dizem que as nossas boas obras humanas são como trapos de imundície à vista de Deus.172 Somente poderia ir até ele sob a cobertura do precioso sangue de Jesus Cristo. Eu tinha apenas a justiça dele, nada que fosse minha justiça. Em segundo lugar, por ter Deus me unido com Daniel, de forma a sermos um, senti que eu poderia ir perante o Senhor por ele e por mim. Dessa forma, prostrei-me diante do Senhor e orei da seguinte maneira: 172 Isaías 64:6.
  • 84 “Pai, Em nome de Jesus Cristo, teu Filho, humildemente venho à tua presença. Em nome de Jesus eu faço a petição no sentido de que tu me permitas chegar até o teu trono como Juiz do universo. A minha petição é que me concedas uma audiência. Estou te pedindo que julgues a causa que eu e meu marido apresentamos contra Satanás. Portanto, peço que faças com que Satanás esteja presente nesta audiência”. Não sei se Satanás esteve lá ou não, mas presumo que sim. Eu me senti de repente tomada pela presença de Deus e com plena consciência de que de fato eu estava na Corte de Justiça Celestial, então prossegui: “Pai, quero deixar bem claro que ouso chegar diante de ti apenas debaixo da cobertura do precioso sangue de Jesus Cristo. Daniel e eu não temos justiça própria, nós temos apenas a justiça do teu Filho. Agora tenho várias petições a te apresentar, em nome de Jesus. (1) Primeiro, peço-Te que julgues de uma vez por todas: tu nos chamaste, ou não, a Daniel e a mim, para um ministério de tempo integral para Ti? Meu marido e eu cremos, com todo o nosso coração, que tu nos chamaste. Se tu julgas que sim, então humildemente eu submeto a ti que é da tua responsabilidade dar-nos condições para podermos levar adiante o trabalho que ordenaste que fizéssemos. (2) Peço-Te que olhes para o meu coração e para o coração de Daniel e julgues: estamos verdadeiramente querendo fazer a tua vontade, não importando o custo? Se o teu julgamento é que temos dado prova da nossa disposição para fazer a tua vontade, então eu submeto perante ti que tu sabes, que nós sabemos e que Satanás sabe que ele, nos tem impedido de realizarmos a tua vontade. Estou te pedindo que ponhas uma ordem restritiva sobre Satanás e sobre suas hostes para que não mais nos impeçam de fazer a tua vontade. (3) “Pai, sei por meio da tua Palavra que tu permites que Satanás nos peneire. Mas também sei pela tua Palavra que tal peneiramento tem um fim. Jesus disse a Pedro que tinha orado por ele, para que, depois de ter sido peneirado, ele se fortalecesse e confortasse os irmãos.173 Pai, humildemente ouso dizer-te que este processo de peneiramento em nossa vida já foi longe demais. Peço-te que o faças chegar a um ponto final. Senhor, se tu tens julgado que nos tem chamado para um ministério, e que o nosso coração está totalmente disposto a te obedecer, então eu te peço que ordenes a Satanás para parar de nos testar e de nos peneirar, de forma a podermos executar o trabalho que tu nos chamaste a fazer. Não temos condições de realizar todo o trabalho que tu nos chamaste a fazer enquanto permanecermos sendo peneirados.” Minha petição seguinte tinha a ver com Daniel. Desde que nos casamos ele vinha sendo atormentado com pesadelos e com imagens que voltavam à sua mente, tanto da tortura e morte de Kai como dos 173 Lucas 22:31,32.
  • 85 abusos pelos quais ele passara na infância. Isso acontecia apesar de sua total libertação, de nosso jejum e oração, e de toda repreensão feita a Satanás. Tudo o que fizemos não vinha dando resultado algum. “(4) Senhor, faço a petição diante de ti que forces Satanás e seus demônios a parar de atormentar o meu marido com pesadelos e com lembranças de cenas horríveis! O que basta, basta! Creio que eles não têm mais o direito de continuarem a fazer isso, e portanto a minha petição é que tu faças com que este tormento tenha um fim, de agora e, diante.” Desde quando Daniel foi preso, nós dois passamos a viver sob uma nuvem de medo. Tínhamos a perspicácia para sentir a sua presença. Oramos contrariamente por isso, jejuamos, repreendemos e fizemos tudo o que sabíamos, mas não nos sentíamos aliviados. Muitas noites eu acordava suando frio e totalmente aterrorizada, pensando ter ouvido alguém arrombar a nossa porta para pegar Daniel de novo. Havíamos sobrevivido dois anos, apesar do medo, mas eu sabia que ele nos impedia de entrar na plenitude do que Deus queria em nossa vida. “(5) Pai, como tu bem sabes, desde que Daniel foi preso, temos estado sob o jugo do medo. Peço-te que quebres este jugo sobre a nossa vida de uma vez para sempre. (6) Pai, peço-te que revejas as nossas finanças. Peço-te que julgues se temos sido retos na área financeira. Se o teu julgamento é que sim, então eu te peço que faças Satanás tirar as suas mãos de nossas finanças. Senhor, o nosso desejo é prosseguirmos no trabalho que sentimos que tu nos chamaste a fazer, mas não podemos realizá-lo se tivermos que desempenhar trabalhos seculares para o nosso sustento. Portanto, eu te peço que amarres Satanás, e os que o servem, para que não mais possam agir em nossas finanças, e que tu nos abençoes nesta área. (7) Finalmente, Senhor, peço-te que faças com que Satanás não mais interfira na tua comunicação conosco. Se tu tens julgado que o nosso coração deseja de fato servir-te, então tu sabes que tudo o que tens a fazer é nos dar as tuas ordens com clareza e nós as obedeceremos. Estou pedindo-te que nos dês uma direção completamente clara. Pai, entrego a vida de cada um de nós dois a teus cuidados. Sei que tu és um Juiz plenamente justo, e confio que o teu julgamento sobre o nosso caso é perfeito. Suponho que tu vais ouvir agora o que Satanás tem a dizer; assim, com a tua permissão, retorno para a minha cama. Agradeço-te de todo o meu coração por me teres ouvido. No precioso nome de Jesus Cristo, amém.” Fui para a cama, mas na manhã seguinte tinha receio de contar a Daniel o que eu tinha feito. Você sabe, a nossa vida estava mesmo atrapalhada. Eu não sabia como Deus responderia às minhas
  • 86 petições. Eu tinha plena consciência de que ele poderia julgar contra nós. Nesse caso a nossa situação se complicaria ainda mais! Mantive silêncio e esperei para ver o que o Senhor faria. Depois de orar, foi dormir com muito temor, pois sabia que o julgamento de Deus poderia ser contrário a eles, e, neste caso, a situação se complicaria ainda mais. Foram depois visitar um homem de Deus, e no momento da oração o Senhor de todos começou a falar com seu marido, e ia falando a resposta a cada uma das cláusulas que ela escreveu na sua petição naquela noite, sem que o seu marido soubesse. Daquele dia em diante as portas se abriram e o ministério deles fluiu verdadeira e espantosamente. Em dado momento da minha vida, em que a prova estava quase impossível de suportar e eu não entendia porque, uma pessoa veio me procurar para que eu fosse conhecer uma outra pessoa. Ela achava que eu deveria conhecê-lo. Lá chegando, este homem começou a falar de um sonho que tinha tido naquela noite, em que havia uma mulher que chorava como ele nunca tinha visto ninguém chorar e mesmo sem nunca ter me visto, ele apontou para mim e disse: ”Esta mulher eu sei que era você!”. Disse que havia uma multidão passando por algumas roletas para que fossem receber um diploma, e que esta mulher foi impedida de passar, e então a levaram para uma sala separada. Ali o pranto dela se derramou de maneira inacreditável e contínuo, gritando sem parar: “Os teus profetas me enganaram!”. O homem então ficou tão aterrorizado e penalizado que começou a interceder. Em dado momento uma gota de sangue manchou sua roupa branca e ao tentar limpar, este sangue se espalhava cada vez mais. Ele disse que este era o sangue do Cordeiro que foi derramado para que eu fosse perdoada. Eu estava livre do pecado do divórcio.
  • 87 Como já narrei em vários textos, quando pequena, senti vontade de ir à frente em uma igreja para receber orações e Jesus no meu coração (achava bonito e queria aquela atenção para mim; eu era criada sem pai, muito rejeitada e maltratada). Eu não entendia bem o que fazia, mas Deus, com a Sua grande misericórdia e fidelidade não perdeu a ocasião para me selar e abençoar. Depois daquele momento nunca mais fui à igreja alguma. Deus me deixou fora de Jerusalém, como Ciro, que era ungido de Deus, embora não conhecesse a Deus. O Senhor ia “à frente dele endireitando os caminhos tortos, quebrando as portas de bronze e despedaçando os ferrolhos de ferro”.174 Quando aprouve ao Altíssimo revelar seu Espírito a ele, Deus endireitou os seus caminhos tortos. Deus fez assim comigo. Me usava antes, como Ciro e em dado momento se revela a mim de maneira extraordinária175 . Neste momento em que conheci a Deus pessoalmente, estava junto com um rapaz muito mais novo do que eu e separada do meu marido (meus caminhos ainda estavam tortos, embora Deus me usasse como instrumento d’Ele, mesmo nestas condições, como faz com tantos). A igreja apóstata, como normalmente faz, orientou para que eu me divorciasse do meu marido e casasse com este, ou seja, para que eu “regularizasse a minha situação” no cartório humano e não no Divino. O Casamento é uma instituição humana ou Divina? Já que é Divina, tudo o que se relaciona a casamento deveria estar em conformidade com as Normas Divinas e não com as leis humanas. Há um texto escrito específico para este assunto, em que eu relato esta experiência e fundamento biblicamente esta questão que é seriíssima,176 mas neste momento quero me ater ao julgamento de Deus sobre a questão. Eu estava em adultério, ou seja, o segundo casamento é um adultério segundo a Bíblia, e por este motivo eu não parava mais de cair, era vertiginosa a minha queda e aqui não era sonho. Esta questão é 174 Isaías 44,45. 175 Faço esta narrativa no texto “Serafins e Correlatos”. 176 “Divórcio e Adultério”.
  • 88 absolutamente clara na Bíblia, mas tive que viver e sofrer sem medidas, creio que no mesmo sentido que sofreu aquele cego de nascença177 que assim viveu para que a glória de Deus fosse manifesta em determinado momento. Quando Deus lhe arrancou a cegueira ele provocou uma santa confusão como a que Jesus anuncia quando fala que não veio trazer paz, mas a espada. Assim foi comigo e é continuamente quando falo sobre este assunto, pois a igreja do status quo, esta que é estabelecida aos olhos de todos, ensina a apostasia nesta questão sagrada, provocando com isso uma “bola de neve” de desgraças no meio do povo de Deus, como fez comigo. Quando Deus nos pede para ler a Bíblia continuamente para que prosperemos, Ele sabe o que está falando. Obedecer a Deus sem questionar é condição sine qua nom para que consigamos alcançar o nosso objetivo no Reino de Deus. Ai de mim se assim não o tivesse feito. Ai de mim se tivesse feito algum curso teológico, como pretendia no princípio, desobedecendo a Deus, e assim talvez solidificar, engessar o erro, pois nestes cursos seguem a mesma linha de raciocínio, torcendo a Palavra e os princípios de Deus, baseados em apenas um versículo, uma só testemunha, sendo isto fatal para muitos. Expus a minha mente e o meu espírito virgens de argumentos humanos, assim como o foi com o Apóstolo Paulo que não recebeu revelação de homem nenhum, e aí pude, não depois de uma batalha sangrenta, entender aquilo que está claramente expresso nas Escrituras Sagradas, mas que a religião deturpa assim condenando uma multidão de pessoas. Apesar da ordem e do pranto de Deus por muitas vezes não escutarmos os seus profetas: “(...) Ouvi-me, ó Judá, e vós, moradores de Jerusalém. Crede no Senhor vosso Deus, e estareis seguros; crede nos seus profetas, e sereis bem sucedidos”.178 “44 Porque Jesus mesmo testificou que um profeta não recebe honra na sua própria pátria”.179 “4 Também o Senhor vos tem enviado com insistência todos os seus servos, os profetas mas vós não escutastes, nem inclinastes os vossos ouvidos para ouvir, 5 e para ouvirdes as palavras dos meus servos, os profetas, que eu com insistência vos envio, mas não ouvistes; (...)”.180 ... não nos pede para, indiscriminadamente, crer nas palavras de reis, de líderes sem o filtro da Sua Palavra: 177 João 9. 178 II Crônicas 20:20. 179 João 4:44. 180 Jeremias 25:4,5.
  • 89 “5 Assim diz o Senhor: Maldito o varão que confia no homem, e faz da carne o seu braço, e aparta o seu coração do Senhor”.181 “13 Nos profetas de Samária bem vi eu insensatez; profetizavam da parte de Baal, e faziam errar o meu povo Israel”.182 “14 Mas nos profetas de Jerusalém vejo uma coisa horrenda: cometem adultérios, e andam com falsidade, e fortalecem as mãos dos malfeitores, de sorte que não se convertam da sua maldade; eles têm-se tornado para mim como Sodoma, e os moradores dela como Gomorra”.183 “15 Portanto assim diz o Senhor dos exércitos acerca dos profetas: Eis que lhes darei a comer losna, e lhes farei beber águas de fel; porque dos profetas de Jerusalém saiu a contaminação sobre toda a terra”.184 “21 Não mandei esses profetas, contudo eles foram correndo; não lhes falei a eles, todavia eles profetizaram”.185 Infelizmente não é como agem muitas pessoas. Muitas delas também, embora leiam a Bíblia, ou já estão contaminados por esta mentira diabólica, ou mesmo sabendo ou desconfiando do erro, seguem após o seu lucro186 , e então, assim como no passado preferiram ouvir de reis terrenos, os quais viam, ao invés de ouvir do 181 Jeremias 17:5. 182 Jeremias 23:13. 183 Jeremias 23:14. 184 Jeremias 23:15. 185 Jeremias 23:21. 186 Ezequiel 33:30/33.
  • 90 Rei dos Reis, que não viam, da mesma maneira o fazem hoje, trazendo para si uma condenação sem limites. Muitos acabaram de chegar e não tiveram tempo para entender, e então são presas fáceis para esses mercenários (muitos não o são, mas estão no terrível engano, contaminados pela Babilônia) como eu naquele momento, em que estava cheia de gratidão por Deus, repleta de amor e temor, no meu primeiro amor, do qual não saí até os dias de hoje, embora sempre me tenham afirmado que isto acabaria logo. Ora, isto acontece com as pessoas que relacionam Deus com igreja e quando constatam o que acontece dentro desses arraiais religiosos, se escandalizam, obviamente, como não poderia deixar de ser, e por não suportar a hipocrisia saem da igreja e de Deus também. Se eu não tivesse conhecido a Deus fora da igreja e se não tivesse sido preparada por Deus para este impasse não teria como resistir a isso. Você pode perguntar por que Deus não faz o que fez comigo com todas as pessoas? E eu respondo: “Será que todos suportariam?”. Deus não faz acepção e é JUSTO, então descanse quanto a isso. O pior, porém, acontece quando a pessoa fica na Babilônia, mesmo vendo os absurdos que vê, e acaba, sutilmente, sem perceber, transferindo o seu amor e gratidão por Deus, para a igreja. Aí acontece a desgraça descrita em Mateus, como já vimos: “15 Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! porque percorreis o mar e a terra para fazer um prosélito; e, depois de o terdes feito, o tornais duas vezes mais filho do inferno do que vós”.187 Sofri muito; tanto que não posso descrever com palavras, mas só usando as palavras descritas no Livro de Jó. Não se tem perspectivas neste deserto de cobras abrasadoras, em que muitas vezes ficamos. Satanás não perde um minuto de chance para cobrar o erro, e requintadamente vem atormentar dia e noite. A oração para que Deus nos tire deste mar de lama é inútil, pois enquanto a brecha não for tirada, enquanto o diabo tiver pouso (“a maldição sem causa não encontra pouso”.188 ), o sofrimento não se esgota, mas aumenta a cada dia. Não é fácil manter a fé neste momento. Eu só conseguia isso por causa da grande experiência que tive com Deus e com o diabo. Isto me amarrava e eu não podia dar um passo para nenhum dos lados: não podia negar a Deus e também não podia suportar ou entender tudo aquilo, assim como aconteceu com Jó. Se eu não tivesse perseverado até o fim não poderia ser salva desta terrível e infernal armadilha. Depois de muito ler (é preciso ler muitas vezes para que a Palavra, como um martelo, esmiúce a penha): 187 Mateus 23:15. 188 Prov 26:2.
  • 91 “29 Não é a minha palavra como fogo, diz o Senhor, e como um martelo que esmiúça a pedra”.189 A repetição é importantíssima para se firmar a memória. Continuidade, perseverança, portanto, são requisitos indispensáveis para qualquer objetivo que se queira alcançar. Paulo fala na sua primeira carta aos Coríntios da constância, da objetividade que se precisa ter para se conquistar uma medalha: “24 Não sabeis vós que os que correm no estádio, todos, na verdade, correm, mas um só é que recebe o prêmio? Correi de tal maneira que o alcanceis. 25 E todo aquele que luta, exerce domínio próprio em todas as coisas; ora, eles o fazem para alcançar uma coroa corruptível, nós, porém, uma incorruptível. 26 Pois eu assim corro, não como indeciso; assim combato, não como batendo no ar. 27 Antes subjugo o meu corpo, e o reduzo à submissão, para que, depois de pregar a outros, eu mesmo não venha a ficar reprovado”.190 Ou seja, devemos insistir na leitura da Bíblia, para que a Palavra venha quebrar a dureza dos corações, o sofisma, esta fortaleza de mentira formada desde a infância191 na nossa mente através das religiões ou pelas pessoas religiosas, mesmo que isto nos pareça sem nexo. O homem que quer sair do jugo do mundo atual, deste suicídio, desta prisão, entra pela Porta que se chama Jesus de Nazaré e freqüenta a sua Escola para aprender a reescrever a sua história. Quando, por exemplo, este entende que algum conceito está firmado em erro, vai então refazer os arquivos da sua memória, como bem 189 Jeremias 23:29. 190 I aos Cor 9:24/27. 191 II aos Cor 10.
  • 92 escreve Augusto Cury,192 quando analisa a maneira de Jesus ensinar, firmando assim novos conceitos. Este é o método que Jesus propõe para os que querem ingressar na Sua Escola de Vida. Isto não é sobrenatural. Jesus era aqui homem e não Deus. Usava, portanto, métodos humanos, propostas práticas para o cotidiano para que o homem aprendesse a reciclar a sua mente entupida de sofismas, idéias pré concebidas, tabus, tradicionalismos que são verdadeiras fortalezas formadas desde a infância193 . Essas fortalezas são derrubadas com a ajuda das armas espirituais, mas primeiro haverá de se esgotar os recursos humanos neste sentido, pois Deus fará somente o que é impossível aos homens fazer. Em um momento de oração, em que eu relacionava os pecados que Deus havia me perdoado, agradecendo, Ele me fala que o maior pecado que cometi, eu não havia relacionado: o divórcio. Fiquei pasma. Reli (já havia lido vezes sem conta) todas as passagens sobre o assunto e tomei uma decisão: ou fico com a maioria ou com a Bíblia, ou eu creio no que a Bíblia diz ou no que a religião ensina, ou seja, ou fico com Deus ou com os homens: “19 Mas Pedro e João, respondendo, lhes disseram: Julgai vós se é justo diante de Deus ouvir-nos antes a vós do que a Deus; 20 pois nós não podemos deixar de falar das coisas que temos visto e ouvido”.194 192 Augusto Cury, é psiquiatra, psicólogo, com livros publicados em mais de 40 países, conferencista, diretor da Academia da Inteligência, antes ateu, estudou muitos anos sobre a inteligência de Cristo e seus métodos. 193 II aos Cor 10. 194 |Atos 4:19,20.
  • 93 Quando eu estava no fundo do poço, não foi a igreja ou qualquer pessoa dela que veio me mostrar o Caminho, mas Deus, o Pastor das ovelhas (“Haverá um só Pastor e um só rebanho”.195 ), falou comigo e me orientou qual o caminho a seguir196 . A Bíblia quer dizer o que ela diz, como todos sabem, mas a prisão religiosa é, como já falamos, uma verdadeira fortaleza na mente das pessoas, pois, se Deus fala que odeia o divórcio, como alguém lendo isso poderia se divorciar?197 Se Deus fala que se a pessoa porventura precisar se apartar do cônjuge (o marido pode ser um assassino, embora Deus já tenha convertido milhares deles), que então fique sem casar ou se reconcilie com ele: alguém poderá fazer diferente disso?198 Fala a Lei Divina que se a pessoa tiver o cônjuge vivo e se unir a outra pessoa, os dois serão chamados de adúlteros,199 e também fala que adúlteros não herdarão o Reino d’Ele200 , ou seja, se o cônjuge está vivo, não poderá este se unir a outra pessoa, sob pena de ser considerado por Deus, um adúltero, portanto: “8 Mas, quanto aos medrosos, e aos incrédulos, e aos abomináveis, e aos homicidas, e aos adúlteros, e aos feiticeiros, e aos idólatras, e a todos os mentirosos, a sua parte será no lago ardente de fogo e enxofre, que é a segunda morte”.201 Como alguém sabendo disso ousará fazer diferente? Assim fez o Rei Herodes, que casou com Herodias embora ela fosse mulher do seu irmão. João Batista foi odiado e teve a cabeça decepada porque anunciava que eles não podiam estar nestas condições.202 Se os Evangelhos anunciam que aquele que repudia sua mulher e casa com outra, adultera, como irá se divorciar e casar outra vez e não ficar condenado?203 A Bíblia não se especula, não se interpreta, mas recebe-se revelações de Deus, e junto com estas revelações divinas, o que busca, o que crê, segue os princípios de Deus que regem a todo contexto, todo ordenamento, de Gênesis ao Apocalipse. Se só existe uma testemunha (“Toda verdade devera ser confirmada por duas ou três testemunhas”.) dizendo que poderá haver o divórcio,204 como poderá então ser confirmada esta verdade? No mesmo texto Jesus fala que não é o que foi estabelecido no princípio da criação, mas que em determinado momento, Moisés, não instituiu, mas permitiu, por causa da dureza de coração do povo da época que não 195 João 10:16 196 Narrativa nos textos: “Terafins e Correlatos”, “O Oculto do ocultismo”, e outros. 197 Malaquias 2. 198 I aos Cor 7. 199 Romanos 7. 200 Apoc 21:8. 201 Apoc 21:8. 202 Marcos 6. 203 Lucas 16:18; Marcos 10:11,12. 204 Mateus 19.
  • 94 tinha o Espírito Santo dentro deles para os quebrantar, como O temos hoje. Este texto de Mateus está falando que em caso de adultério deverá haver o divórcio. Alguém em sã consciência poderia afirmar que Jesus disse que se o cônjuge trair poderá haver o divórcio? É tão frágil assim as leis de família e as Leis de Deus quanto a uma aliança de sangue? Pode-se invalidar todo o contexto por causa de um só texto, e junto com ele, todos os princípios de Deus. Como poderá haver divórcio, se Ele nos ensina que devemos perdoar setenta vezes sete? Como, se Ele nos ensina que não se pode quebrar um voto? Como pode ser isso se quem quebra uma aliança de sangue (um casamento), morre? Se observarmos o que Jesus está falando neste momento único (sem outras testemunhas), vamos ver claramente que este adultério não é um pecado do cônjuge, em que ele fornicou com outra pessoa, mas é o segundo casamento: “Todo aquele que repudia sua mulher e casa com outra, comete adultério; e quem casa com a que foi repudiada pelo marido, também comete adultério”.205 Quem adultera? Quem casa com outra. Quem adultera? Quem tem o cônjuge vivo e se une a outra pessoa: “De sorte que, enquanto viver o marido, será chamado adúltera, se for de outro homem; mas, se ele morrer, ela está livre da lei, e assim não será adúltera se for de outro marido”.206 205 Lucas 16:18. 206 Romanos 7:3.
  • 95 Existe também um momento único na Bíblia (uma só testemunha) que fala que a mulher não pode falar na igreja. Porque este versículo não é seguido à risca como este de Mateus 19? É fácil perceber que aqui há uma aparente contradição, pois Deus não faz acepção, e declara, entre outras afirmações, a este respeito: “17 E acontecerá nos últimos dias, diz o Senhor, que derramarei do meu Espírito sobre toda a carne; e os vossos filhos e as vossas filhas profetizarão, os vossos mancebos terão visões, os vossos anciãos terão sonhos”.207 Lançamos mão então da história, e vamos perceber que o Apóstolo Paulo falava aqui para uma situação particular para aquele momento, pois as mulheres haviam recebido a liberdade em Cristo, depois de muito tempo reprimidas, e então causavam uma grande confusão, pois não deixavam ninguém mais falar a não ser elas. Aqui, se não houvesse uma atitude mais grave do líder, estariam quebrando o princípio da ordem, da decência e do respeito à liderança do marido. Porque então só o versículo isolado de Mateus (não temos então duas testemunhas) é seguido à risca e este não? Não seria porque querem seguir após o seu lucro, ou o lucro da sua carne, do seu ventre, ignorando o caráter e a Palavra de Deus? Seria porventura algum mérito, senão uma total desonra, que a igreja considerada a de Cristo seja a recordista mundial de divórcios e não o mundo pagão? Fala o Todo Poderoso, que é testemunha de todo e qualquer casamento, seja ele celebrado onde for, ou mesmo um arranjo meramente humano, não poderá ser anulado, sob pena de maldição de miséria e morte eterna (Não podemos nos iludir com casos isolados e que ainda não tiveram o desfecho final). Deus fez dos dois uma só pessoa, embora Ele não tivesse falta de espíritos; e o que 207 Atos 2:17.
  • 96 Deus “fundiu”, ninguém mais poderá separar, pois Ele queria formar uma descendência piedosa, crianças bem criadas e não destroçadas, famílias estruturadas gerando delas pessoas estruturadas. É muito forte e terrível ver Deus dizendo que odeia seja o que for... ou não? Fala o Senhor que odeia o divórcio, que o que assim faz, cobre de violência as suas vestes espirituais (com elas sujas não se pode entrar na Cidade Santa). Onde está o Deus do juízo, pergunta Ele? “13 Ainda fazeis isto: cobris o altar do Senhor de lágrimas, de choros e de gemidos, porque ele não olha mais para a oferta, nem a aceitará com prazer da vossa mão. 14 Todavia perguntais: Por que? Porque o Senhor tem sido testemunha entre ti e a mulher da tua mocidade, para com a qual procedeste deslealmente sendo ela a tua companheira e a mulher da tua aliança. 15 E não fez ele somente um, ainda que lhe sobejava espírito? E por que somente um? Não é que buscava descendência piedosa? Portanto guardai-vos em vosso espírito, e que ninguém seja infiel para com a mulher da sua mocidade. 16 Pois eu detesto, odeio o divórcio, diz o Senhor Deus de Israel, e aquele que cobre de violência o seu vestido; portanto cuidai de vós mesmos, diz o Senhor dos exércitos; e não sejais infiéis. 17 Tendes enfadado ao Senhor com vossas palavras; e ainda dizeis: Em que o havemos enfadado? Nisto que dizeis: Qualquer que faz o mal passa por bom aos olhos do Senhor, e desses é que ele se agrada; ou: Onde está o Deus do juízo?”.208 A igreja estabelecida me colocou neste mar de lama e eu era como uma ovelha no meio de lobos: “16 Eis que vos envio como ovelhas ao meio de lobos; portanto, sede prudentes como as serpentes e simples como as pombas”.209 Quando encontrei pessoalmente Jesus na minha vida, me enchia de medo de pecar. Neste momento, sem que ninguém me falasse nada, me separei do rapaz, pois não via nele coisa alguma que tivesse haver comigo (a venda me caiu dos olhos; a “ficha caiu”). Não conseguia entender como eu pude me unir a ele um dia. Assim fiquei, esperando Deus me falar qual seria a Sua vontade. Quando falei com aquele líder, ele imediatamente pronunciou aquela frase que me causou tanto horror, dizendo que eu estava pecando contra Deus por estar afastada deste que estava comigo, e que eu deveria pedir o divórcio do meu marido e casar com este, pois Deus fala para ficar no estado em que fomos chamados (torcendo o versículo bíblico). Embora sofrendo muito, como se fosse para uma forca, mas tendo a 208 Malaquias 2:13/17. 209 Mateus 10:16.
  • 97 certeza que isso seria para agradar a Deus, fiquei com ele naquela mesma noite (nos outros dias não consegui mais). Pouco tempo depois eu descobri que fiquei grávida naquela mesma noite, sendo que já estava com ele há três anos sem engravidar, querendo ele que eu fizesse um tratamento para lhe dar um filho, ao que eu respondi que isto não faria, pois se Deus quisesse já o teria dado (eu tinha então, quarenta anos). Quando recebi a notícia da gravidez entendi naquele momento que isto seria uma confirmação de Deus quanto ao casamento (mas dentro de mim eu não tinha paz). Não entendia eu que há momentos em que o homem toma a decisão de se relacionar fora do casamento e está sujeito a gerar um filho, mesmo não sendo a vontade perfeita de Deus. Quantos filhos nascem desta maneira, ou de adolescentes ou até de crianças de dez, doze anos? Esta é a vontade de Deus? Deus anulará então, para essas crianças, a oportunidade? Claro que não, mas elas terão uma batalha muito maior para enfrentar, por causa do pecado dos seus pais. Eu não havia engravidado antes, mas agora, “conhecia a Verdade”, embora fosse totalmente inocente. Como eu poderia saber que estava em adultério se ninguém entendia do assunto e só repetiam o que a liderança falava? Eu estava cega como aquele cego de nascença que já citamos, e hoje, quando Deus me abriu os olhos, o Seu Nome é glorificado quando anuncio com toda autoridade, contrariando o status quo, àqueles que Ele indica (não se joga pérolas aos porcos), todo este engano, e muitas pessoas têm sido salvas:
  • 98 "6 Não deis aos cães o que é santo, nem lanceis aos porcos as vossas pérolas, para não acontecer que as calquem aos pés e, voltando-se, vos despedacem”. 210 Se a porta é estreita, entremos e aproveitemos tão grande oportunidade. Deus não falou que fechou a porta, mas que há um escape. Tudo isso eu citei aqui para enfatizar o julgamento de Deus para a minha vida por causa deste pecado. Como vimos, não fiz isso porque quis, mas pensando firmemente que esta era a vontade de Deus. Como percebemos, eu não pude me livrar do sofrimento, mas, depois de ser provada, fui aprovada nesta área. Este com quem eu havia casado, à exemplo de Herodes e Herodias, separou-se de Deus, e ficou possesso de espíritos malignos. Eu suportei o que não se pode narrar com palavras deste homem, mas não pedi o divórcio, mesmo sem ainda entender direito a revelação, e mesmo que tivesse a chance de o fazer, e depois ficar sem casar, não o faria, pois eu entendia que não teria moral para falar de Deus com ninguém se tivesse divorciada, então, mesmo que tivesse que morrer não me divorciaria outra vez. Deus provou a todos, que eu, realmente, odiava o divórcio, e quem me conhece sabe disso. Eu assim agi porque entendia que aquele homem era o meu marido. Aquele homem de Deus, enfaticamente afirmava, que o Juiz do Universo havia me julgado e me absolvido deste pecado. Pouco tempo depois, quando eu estava conversando com Deus sobre os meus pecados perdoados, como já citei, e Ele me falou do divórcio 210 Mateus 7:6.
  • 99 (do primeiro marido), me fez entender também, claramente, que aquele divórcio citado em Mateus 19, era o que eu precisaria fazer naquele momento para sair do adultério (o meu segundo casamento), razão do meu infortúnio. Há muitos anos vivo “solteira”, pois meu marido está casado com outra pessoa. Pedi perdão para ele pelo divórcio e disse do que me falou Deus sobre o assunto. Me tornei eunuco pelo Reino de Deus, ou seja, já que não posso me reconciliar com o meu marido e ele está vivo, estou impedida de casar com outra pessoa. Vivo de maneira sobrenatural e é surpreendente e maravilhoso como Deus me sustenta.211 Certamente é uma situação invejável a minha e a de tantos que estão nesta mesma condição. “3 Aproximaram-se dele alguns fariseus que o experimentavam, dizendo: É lícito ao homem repudiar sua mulher por qualquer motivo? 4 Respondeu-lhe Jesus: Não tendes lido que o Criador os fez desde o princípio homem e mulher, 5 e que ordenou: Por isso deixará o homem pai e mãe, e unir-se-á a sua mulher; e serão os dois uma só carne? 6 Assim já não são mais dois, mas um só carne. Portanto o que Deus ajuntou, não o separe o homem. 7 Responderam-lhe: Então por que mandou Moisés dar-lhe carta de divórcio e repudiá-la? 8 Disse-lhes ele: Pela dureza de vossos corações Moisés vos permitiu repudiar vossas mulheres; mas não foi assim desde o princípio. 9 Eu vos digo porém, que qualquer que repudiar sua mulher, a não ser por causa de infidelidade, e casar com outra, comete adultério; [e o que casar com a repudiada também comete adultério.] 10 Disseram-lhe os discípulos: Se tal é a condição do homem relativamente à mulher, não convém casar. 11 Ele, porém, lhes disse: Nem 211 Há um texto escrito sobre a solteirice: “Antes só do que mal acompanhada”.
  • 100 todos podem aceitar esta palavra, mas somente aqueles a quem é dado.12 Porque há eunucos que nasceram assim; e há eunucos que pelos homens foram feitos tais; e outros há que a si mesmos se fizeram eunucos por causa do reino dos céus. Quem pode aceitar isso, aceite-o”.212 Como podemos perceber, é um verdadeiro terreno minado este em que pisamos. Sem a orientação, sem as revelações de Deus, como poderemos andar, sobreviver ou obter vitórias neste mundo tenebroso que jaz todo no maligno?213 O perigo nos espreita por todos os lados e para quem não se expõe a Deus e à Sua Palavra fica muito fácil para o maldito confundir, envergonhar ou destruir a vida de uma pessoa, ATRAVÉS DE PESSOAS. Há uma constante dicotomia na Palavra de Deus, que engloba o total, e quem não conhece o contexto (de Gênesis ao Apocalipse), acaba por crer em uma falsa profecia que vem muitas vezes de um só lado, da Espada Afiada que tem dois gumes. Os dois lados precisarão ser pesados, medidos, mastigados e sobretudo revelados por Deus a cada instante. Temos um texto escrito com o título “O Ponto de Equilíbrio”, onde meditamos sobre esta dicotomia na Palavra, que, para quem não conhece, pode parecer uma contradição. Como vimos, a negligência e o descaso quanto a buscar revelações as de Deus, ou a ignorância das Suas Perfeitas Leis, nos trás sérias conseqüências: “O meu povo está sendo destruído, porque lhe falta o conhecimento. Porquanto rejeitaste o conhecimento, também eu te rejeitarei, para que não sejas sacerdote diante de mim; 212 Mateus 19:3/12. 213 I a João 5:19.
  • 101 visto que te esqueceste da lei do teu Deus, também eu me esquecerei de teus filhos”.214 “11 Sobre isso temos muito que dizer, mas de difícil interpretação, porquanto vos tornastes tardios em ouvir. 12 Porque, desde a infância sabes as sagradas letras, que podem necessitais de que se vos torne a ensinar os princípios elementares dos oráculos de Deus, e vos haveis feito tais que precisais de leite, e não de alimento sólido. 13 Ora, qualquer que se alimenta de leite é inexperiente na palavra da justiça, pois é criança; 14 mas o alimento sólido é para os adultos, os quais têm, pela prática, as faculdades exercitadas para discernir tanto o bem como o mal”.215 “1 E eu, irmãos não vos pude falar como a espirituais, mas como a carnais, como a criancinhas em Cristo. 2 Leite vos dei por alimento, e não comida sólida, porque não a podíeis suportar; nem ainda agora podeis; 3 porquanto ainda sois carnais; pois, havendo entre vós inveja e contendas, não sois porventura carnais, e não estais andando segundo os homens”.216 Temos também o clamor em Jeremias, e assim o faremos para não continuar comprando “gato por lebre”: “3 Clama a mim, e responder-te-ei, e anunciar-te-ei coisas grandes e ocultas, que não sabes”.217 3.9 A simbologia religiosa Percebemos o povo que se diz de Deus, nos dias de hoje, seguindo os mesmos passos errados do passado, ou seja, desavisados, ignorando, 214 Oséias 4:6. 215 Hebreus 5:11/14. 216 I aos Cor 3:1/3. 217 Jeremias 33:3.
  • 102 negligenciando, sendo tardios no ouvir. Temos muitos desses “tropeços” escritos para nossa edificação, nas Sagradas Escrituras, no entanto, continua Israel hoje, pecando e buscando nos rituais vazios as bênçãos de Deus: nas “correntes de oração”, nas “campanhas”, nos jejuns, nas ofertas, no corre-corre na igreja, nos ajuntamentos solenes, como fala Isaías: “Ah, nação pecadora, povo carregado de iniqüidade, descendência de malfeitores, filhos que praticam a corrupção! Deixaram o Senhor, desprezaram o Santo de Israel, voltaram para trás. De que me serve a mim a multidão de vossos sacrifícios? diz o Senhor. Estou farto dos holocaustos de carneiros, e da gordura de animais cevados; e não me agrado do sangue de novilhos, nem de cordeiros, nem de bodes. Quando vindes para comparecerdes perante mim, quem requereu de vós isto, que viésseis pisar os meus átrios? Não continueis a trazer ofertas vãs; o incenso é para mim abominação. As luas novas, os sábados, e a convocação de assembléias... não posso suportar a iniqüidade e o ajuntamento solene! As vossas luas novas, e as vossas festas fixas, a minha alma as aborrece; já me são pesadas; estou cansado de as sofrer. Quando estenderdes as vossas mãos, esconderei de vós os meus olhos; e ainda que multipliqueis as vossas orações, não as ouvirei; porque as vossas mãos estão cheias de sangue. Lavai-vos, purificai-vos; tirai de diante dos teus olhos a maldade dos vossos atos; cessai de fazer o mal; aprendei a fazer o bem; buscai a justiça, acabai com a opressão, fazei justiça ao órfão, defendei a causa da viúva. Vinde, pois, e arrazoemos, diz o Senhor: ainda que os vossos pecados são como a escarlata, eles se tornarão brancos como a neve; ainda que são vermelhos como o carmesim, tornar-se- ão como a lã”. Se quiserdes, e me ouvirdes, comereis o bem desta terra; mas se recusardes, e fordes rebeldes, sereis devorados à espada; pois a boca do Senhor o disse”.218 Intercalamos aqui um texto pertinente e que nos fala do que seria esta igreja que procuramos, ou seja, este propósito de união para com uma concordância haver um apoio mútuo, um momento de adoração em conjunto, uma representatividade para unir forças, um encontro de adoradores, um momento para desenvolver um plano social efetivo aos mais necessitados, enfim um ajuntamento solene onde haveria ordem, decência e sobretudo um só rebanho e um só Pastor, mas jamais um comércio ou uma indústria de ídolos. 3.9.a Fora da Igreja há salvação?219 Esta frase foi dita por Cipriano de Cartago no terceiro século de nossa era e acabou se tornando dogma na Igreja Católica Romana, 218 Isaías 1:4,11/20. 219 Por Lourenço Stelio Rega/ Fonte: Crer e Pensar [Via: Púlpito Cristão].
  • 103 mas creio que tem sido adotada por muitas igrejas e denominações evangélicas. Neste caso, o sentido da frase até pode ser ampliado para “Fora da igreja não há Cristianismo!” implicando, entre outras coisas, em que Cristianismo e igreja sejam a mesma coisa. Em primeiro lugar é preciso deixar claro que a existência da igreja não pode ser colocada em dúvida, mas isso não significa que ela deva ser um fim em si mesma e, creio, que é isso que tem acontecido em alguns casos. Pois quando entendemos que textos como “buscai em primeiro lugar o reino de Deus e sua justiça”220 são interpretados como “buscar em primeiro lugar as atividades e ocupações na igreja” estamos reduzindo o reino de Deus e o Cristianismo às atividades eclesiásticas em vez de considerarmos a igreja como um meio que Deus instituiu para ser um ambiente fértil para o desenvolvimento da vida cristã, da piedade, da capacitação do crente para ser cristão no mundo e desenvolver os seus dons de serviço. Também um meio para ser uma comunidade terapêutica, de capacitação na compreensão da vida, das doutrinas, da Bíblia, uma comunidade – a família de Deus, etc. Transformamos a igreja num fim em si mesma quando entendemos que a vida cristã se resume em atividades e mais atividades freneticamente desenvolvidas no domingo, que deveria ser um dia de celebração, descanso e passa a ser “dia do cansaço” e da agitação, como se o Cristianismo de sete dias pudesse ser vivido apenas em um dia. Mesmo porque igreja passou a ser um lugar, um estatuto, um organograma, em vez de pessoas pelas quais Cristo morreu na cruz. Sem dúvida o estatuto, o organograma são necessários, mas também são meios e não fins. A igreja de Jesus Cristo é um meio, um instrumento para levar o evangelho ao mundo, para capacitar os salvos à vida em comunhão e lealdade ao Senhor. A igreja não pode ser confundida com o reino de Deus, mas deve ser considerada um instrumento de Deus para seu reino, dando ao crente condições para viver o reino no mundo, no seu dia-a-dia, como cristão. E ser cristão não é só pregar que Cristo salva, mas viver a salvação que Cristo nos dá. Quando a igreja se considera um fim em si mesma acaba nutrindo a entropia, fechando-se em torno de sua própria existência. Não sendo sinérgica, deixa de cumprir a sua missão integral que tem como ponto de partida levar cada pessoa a viver para a glória de Deus. Como falávamos, os religiosos de hoje imitam os do passado, querem fazer igual ao povo da primeira aliança, posto que esta não era perfeita, já que, o Cordeiro de Deus, o que tira o pecado do mundo, o que veio aprimorá-la, ainda não havia feito o sacrifício inaudito para rasgar o escrito da dívida da humanidade. Eles iam buscar a Arca 220 Mateus 6:33.
  • 104 (que simbolizava a presença de Deus, na Velha Aliança), pretendendo com isso livrar-se do juízo divino, através da prática de rituais, sem os frutos de arrependimento. O povo de Israel, como se vê no Livro de Samuel,221 cansados de perder a guerra comemorou muito a presença da Arca com um festão (um louvorsão!) que foi ouvido no arraial do inimigo. Estes temeram muito, pois conheciam o poder do Deus de Israel, porém, no momento do confronto eles prevaleceram mais ainda, e ainda levaram a Arca. “Ora, saiu Israel à batalha contra os filisteus, e acampou-se perto de Ebenézer; e os filisteus se acamparam junto a Afeque. E os filisteus se dispuseram em ordem de batalha contra Israel; e, travada a peleja, Israel foi ferido diante dos filisteus, que mataram no campo cerca de quatro mil homens do exército. Quando o povo voltou ao arraial, disseram os anciãos de Israel: Por que nos feriu o Senhor hoje diante dos filisteus? Tragamos para nós de Siló a arca do pacto do Senhor, para que ela venha para o meio de nós, e nos livre da mão de nossos inimigos. Enviou, pois, o povo a Siló, e trouxeram de lá a arca do pacto do Senhor dos exércitos, que se assenta sobre os querubins; e os dois filhos de Eli, Hofni e Finéias, estavam ali com a arca do pacto de Deus. Quando a arca do pacto do Senhor chegou ao arraial, prorrompeu todo o Israel em grandes gritos, de modo que a terra vibrou. E os filisteus, ouvindo o som da gritaria, disseram: Que quer dizer esta grande vozearia no arraial dos hebreus? Quando souberam que a arca do Senhor havia chegado ao arraial, os filisteus se atemorizaram; e diziam: Os deuses vieram ao arraial. Diziam mais: Ai de nós! porque nunca antes sucedeu tal coisa. Ai de nós! quem nos livrará da mão destes deuses 221 I Samuel 4.
  • 105 possantes? Estes são os deuses que feriram aos egípcios com toda sorte de pragas no deserto. Esforçai-vos, e portai-vos varonilmente, ó filisteus, para que porventura não venhais a ser escravos dos hebreus, como eles o foram vossos; portai- vos varonilmente e pelejai. Então pelejaram os filisteus, e Israel foi derrotado, fugindo cada um para a sua tenda; e houve mui grande matança, pois caíram de Israel trinta mil homens de infantaria. Também foi tomada a arca de Deus, e os dois filhos de Eli, Hofni e Finéias, foram mortos”.222 “Então respondeu o que trazia as novas, e disse: Israel fugiu de diante dos filisteus, e houve grande matança entre o povo; além disto, também teus dois filhos, Hofni e Finéias, são mortos, e a arca de Deus é tomada”.223 O símbolo, que era a Arca, como qualquer tipo de simbologia sem a essência, não opera, mas é vazio. O holocausto terá que ser feito em espírito e em verdade, pois este não será entregue para um homem. Eli e seus filhos foram depostos, mortos, e a sua linhagem foi destituída do sacerdócio, pois embora estivessem no santuário eram vazios de caráter: “Ora, os filhos de Eli eram homens ímpios; não conheciam ao Senhor”.224 Exatamente, por estranho que possa parecer. Acontece isso cotidianamente, e às vezes até, sem talvez a culpa dos sacerdotes, porém, infelizmente, na grande maioria das vezes, as abominações no santuário, começa, exatamente na liderança: 222 I a Samuel 4:1/11. 223 I a Samuel 4:17. 224 I a Samuel 2:12.
  • 106 “Eli era já muito velho; e ouvia tudo quanto seus filhos faziam a todo o Israel, e como se deitavam com as mulheres que ministravam à porta da tenda da revelação”.225 , ... e isto se acentua vertiginosamente nos dias de hoje, quando constatamos que a igreja do status quo, esta que está estabelecida aos olhos de todos, se desviou da rota, e está na apostasia. E então: “Ao que Jesus lhe disse: Vês estes grandes edifícios? Não se deixará aqui pedra sobre pedra que não seja derribada”.226 É o que já está acontecendo. O Código Civil Brasileiro representando o querer da sociedade brasileira, já não reconhece as igrejas estabelecidas, como instituições divinas, mas estas são arroladas e tratadas como as outras associações, ou clubes, como infelizmente aparentam realmente ser. As autoridades competentes, embora percebam claramente o que ocorre dentro destas “igrejas” ainda não tomaram uma atitude viável contra o “covil de ladrões” como Jesus denunciou, porque têm medo de Deus e não sabem realmente como fazer isso, embora já tenhamos notícias de uma tênue tentativa vez ou outra, tentativas estas que se acentuam cada vez mais, nos fazendo pensar no juízo de Deus sobre a Sua casa, que poderá estar começando (é quase impossível que não esteja). Falamos juízo de Deus e não dos homens, que não terão autoridade para agir senão pela permissão e pelos planos muito bem traçados do Altíssimo. Fica difícil, realmente, para as pessoas entenderem na prática, que Deus, o Santo, o Digno, não está no meio da bandidagem, da politicagem, da corrupção, no covil de ladrões, mas no meio dos perdidos que são pessoas que vivem ainda presas no pecado sem ainda vislumbrarem a porta de saída que é Jesus, não são hipócritas, mas ignorantes quanto à Porta de Saída do caos, quanto ao endereço da redenção, desconhecem a respeito do Advogado que vai defender a sua causa mesmo que ela seja indefensável. Se não há providências no sentido de coibir as artimanhas religiosas este sentido, o mal prevalece: a prostituição, o conchavo, o roubo, o tráfico, a mentira, o crime hediondo. Sabe-se dos tantos crimes praticados neste meio, mas um só que ganhou espaço na mídia e ganha cada vez mais, seria suficiente para que fosse aberta uma CPI no meio dessas igrejas, que é a pedofilia. Cogita-se leis que condenem à trinta anos, sem progressão de pena, e com rastreador no pedófilo, para o resto das suas vidas; fala-se também de penas perpétuas para estes, comenta-se muito hoje em todo o mundo das terríveis seqüelas que ficam em pessoas, ou crianças abusadas (só pelo milagre em nome de Cristo são recuperadas), e, muitas delas, como também se sabe, enquanto abusadas, eram obrigadas a orar o 225 I a Samuel 2:22. 226 Marcos 13:2.
  • 107 Pai Nosso. Isto se fala abertamente, portanto não é novidade para ninguém essas atrocidades. Qual a providência tomada após anos e anos de crimes deste quilate dentro dessas ditas igrejas cristãs? Fala o Apóstolo Paulo que a imoralidade é maior dentro desta igreja que apostatou do que no dito povo pagão. E quem denunciou isso de maneira pungente foi o próprio Jesus, o dono da igreja, e isto não se pode negar ou discutir, a não ser observar que dentro delas há “sete mil que não se dobraram a Baal”, ou seja, trigos de Deus que ainda não deixaram a Babilônia porque ainda não estão maduras o suficiente para entender coisa tão complexa (o joio só é retirado quando o trigo tiver amadurecido). As pessoas quando escutam sobre este fato deveras nojento, disfarçam, tentam mudar de assunto, contendem, argumentam, ou seja, ficam perdidos e não entendem que estão tentando contradizer o próprio Deus que afirmou isso: “(...) e ensinava, dizendo-lhes: Não está escrito: A minha casa será chamada casa de oração para todas as nações? (Não foi esse o combinado de Deus com Salomão a respeito desses templos que o homem pediu a Deus?)... Vós ... (vós quem?), ... porém, a tendes feito (já foi feito) covil de salteadores”.227 Vamos repetir esta Verdade que parece mentira aos olhos incrédulos: Onde está estabelecido este covil? No lugar onde antes deveria ter sido a “Casa de Oração para todos os povos”. E que casa é esta? As igrejas estabelecidas ditas como cristãs. O capítulo sete de Jeremias fala sobre a falsa religião sem valor: 227 Marcos 11:17.
  • 108 “Tornou-se, pois, esta casa, que se chama pelo meu nome, uma caverna de salteadores aos vossos olhos? Eis que eu, eu mesmo, vi isso, diz o Senhor”. Com certeza, este capítulo deve ser lido na íntegra para se ter idéia do tamanho da ira de Deus sobre este fato: “1 A palavra que da parte do Senhor veio a Jeremias, dizendo: 2 Põe-te à porta da casa do Senhor, e proclama ali esta palavra, e dize: Ouvi a palavra do Senhor, todos de Judá, os que entrais por estas portas, para adorardes ao Senhor. 3 Assim diz o Senhor dos exércitos, o Deus de Israel: Emendai os vossos caminhos e as vossas obras, e vos farei habitar neste lugar. 4 Não vos fieis em palavras falsas, dizendo: Templo do Senhor, templo do Senhor, templo do Senhor são estes. 5 Mas, se deveras emendardes os vossos caminhos e as vossas obras; se deveras executardes a justiça entre um homem e o seu próximo; 6 se não oprimirdes o estrangeiro, e o órfão, e a viúva, nem derramardes sangue inocente neste lugar, nem andardes após outros deuses para vosso próprio mal, 7 então eu vos farei habitar neste lugar, na terra que dei a vossos pais desde os tempos antigos e para sempre. 8 Eis que vós confiais em palavras falsas, que para nada são proveitosas. 9 Furtareis vós, e matareis, e cometereis adultério, e jurareis falsamente, e queimareis incenso a Baal, e andareis após outros deuses que não conhecestes, 10 e então vireis, e vos apresentareis diante de mim nesta casa, que se chama pelo meu nome, e direis: Somos livres para praticardes ainda todas essas abominações? 11 Tornou-se, pois, esta casa, que se chama pelo meu nome, uma caverna de salteadores aos vossos olhos? Eis que eu, eu mesmo, vi isso, diz o Senhor. 12 Mas ide agora ao meu lugar, que estava em Siló, onde, ao princípio, fiz habitar o meu nome, e vede o que
  • 109 lhe fiz, por causa da maldade do meu povo Israel. 13 Agora, pois, porquanto fizestes todas estas obras, diz o Senhor, e quando eu vos falei insistentemente, vós não ouvistes, e quando vos chamei, não respondestes, 14 farei também a esta casa, que se chama pelo meu nome, na qual confiais, e a este lugar, que vos dei a vós e a vossos pais, como fiz a Siló. 15 E eu vos lançarei da minha presença, como lancei todos os vossos irmãos, toda a linhagem de Efraim. 16 Tu, pois, não ores por este povo, nem levantes por ele clamor ou oração, nem me importunes; pois eu não te ouvirei. 17 Não vês tu o que eles andam fazendo nas cidades de Judá, e nas ruas de Jerusalém? 18 Os filhos apanham a lenha, e os pais acendem o fogo, e as mulheres amassam a farinha para fazerem bolos à rainha do céu, e oferecem libações a outros deuses, a fim de me provocarem à ira. 19 Acaso é a mim que eles provocam à ira? diz o Senhor; não se provocam a si mesmos, para a sua própria confusão? 20 Portanto assim diz o Senhor Deus: Eis que a minha ira e o meu furor se derramarão sobre este lugar, sobre os homens e sobre os animais, sobre as árvores do campo e sobre os frutos da terra; sim, acender-se-á, e não se apagará. 21 Assim diz o Senhor dos exércitos, o Deus de Israel: Ajuntai os vossos holocaustos aos vossos sacrifícios, e comei a carne. 22 Pois não falei a vossos pais no dia em que os tirei da terra do Egito, nem lhes ordenei coisa alguma acerca de holocaustos ou sacrifícios. 23 Mas isto lhes ordenei: Dai ouvidos à minha voz, e eu serei o vosso Deus, e vós sereis o meu povo; andai em todo o caminho que eu vos mandar, para que vos vá bem. 24 Mas não ouviram, nem inclinaram os seus ouvidos; porém andaram nos seus próprios conselhos, no propósito do seu coração malvado; e andaram para trás, e não para diante. 25 Desde o dia em que vossos pais saíram da terra do Egito, até
  • 110 hoje, tenho-vos enviado insistentemente todos os meus servos, os profetas, dia após dia; 26 contudo não me deram ouvidos, nem inclinaram os seus ouvidos, mas endureceram a sua cerviz. Fizeram pior do que seus pais. 27 Dir-lhes-ás pois todas estas palavras, mas não te darão ouvidos; chamá-los- ás, mas não te responderão. 28 E lhes dirás: Esta é a nação que não obedeceu a voz do Senhor seu Deus e não aceitou a correção; já pereceu a verdade, e está exterminada da sua boca. 29 Corta os teus cabelos, Jerusalém, e lança-os fora, e levanta um pranto sobre os altos escalvados; porque o Senhor já rejeitou e desamparou esta geração, objeto do seu furor. 30 Porque os filhos de Judá fizeram o que era mau aos meus olhos, diz o Senhor; puseram as suas abominações na casa que se chama pelo meu nome, para a contaminarem. 31 E edificaram os altos de Tofete, que está no Vale do filho de Hinom, para queimarem no fogo a seus filhos e a suas filhas, o que nunca ordenei, nem me veio à mente. 32 Portanto, eis que vêm os dias, diz o Senhor, em que não se chamará mais Tofete, nem Vale do filho de Hinom, mas o Vale da Matança; pois enterrarão em Tofete, por não haver mais outro lugar. 33 E os cadáveres deste povo servirão de pasto às aves do céu e aos animais da terra; e ninguém os enxotará. 34 E farei cessar nas cidades de Judá, e nas ruas de Jerusalém, a voz de gozo e a voz de alegria, a voz de noivo e a voz de noiva; porque a terra se tornará em desolação”. 3.10 Reprisando o assunto Já fundamentamos aqui o fato de que os templos e esta liderança foram invenções do homem e não de Deus. Deus é o líder absoluto e o homem é o templo que Jesus construiu em três dias como falou que faria. Temos a Profecia para não nos deixar confundidos que nos guia a entender, como já falamos que “(...) haverá um só Pastor e um só
  • 111 rebanho”, 228 como o era no princípio, antes do homem pedir Reis, desprezando assim o seu Rei, o seu Pastor que lhes mandava as chuvas e o sol e toda a provisão. Como avisou Deus que seria, já temos explanado o suficiente, embora haja muito mais documentado, os feitos execráveis desta liderança ao longo da história, desses reis que (tirando as exceções, por causa de Davi) foram abomináveis para o reino de Deus. Deus, como já vimos, sofrendo muito com o pedido insano do povo, já que Ele era o Rei que provia tudo, descreveu passo a passo qual seria a atitudes desses reis. Vimos também que, Deus, mesmo sofrendo a desprezo do homem que criou, atende o seu pedido e faz um trato com ele, trato este que o homem não cumpriu. Samuel, perplexo e sofredor, fala a este povo do seu desvario, porém, eles não escutam. Em determinado momento, não sem o empenho muito grande de Samuel, enfim perceberam, porém já estava tudo estabelecido. Não é o que tantas vezes acontece? O homem pede e insiste sem realmente atentar para colocar que o Senhor o dê, somente se esta for a sua perfeita vontade, e então acontece o que está escrito em Romanos: “Pelo que Deus os abandonou às suas paixões infames”.229 Quantos casamentos são hoje destruídos exatamente por este pedido insistente e ignorante? Depois que o prejuízo se estabelece o homem vai cobrar de quem? De Deus é claro, o único que ele não teme e o único que deveria temer. Desperte o homem na sua loucura e cobre dele mesmo e do diabo, pois Deus deu esta terra para os homens reinarem, como já vimos e como vamos repetir: “Os céus são céus do Senhor, mas a terra, deu-a Ele aos filhos dos homens”, 230 ... e nós a entregamos ao diabo: “Disse-lhe o diabo: Dar-te-ei toda esta autoridade e a glória desses reinos, pois a mim me foi entregue, e a dou a quem quiser”.231 Ou seja, se as coisas vão mal no planeta religioso, vamos cobrar de nós mesmos, e vamos ser coerentes e aceitar o que foi tratado anteriormente com Deus, tanto em relação aos reis como em relação aos templos. O povo estava “apertado” neste momento que caiu em si, e a paciência de Deus é impossível de medir e Ele continua dando chance. 228 João 10:16. 229 Romanos 1:26. 230 Salmo 115:16. 231 Lucas 4:6.
  • 112 “Não vos desvieis; porquanto seguiríeis coisas vãs, que nada aproveitam, e tampouco vos livrarão, porque são vãs. Pois o Senhor, por causa do seu grande nome, não desamparará o seu povo; porque aprouve ao Senhor fazer de vós o seu povo. E quanto a mim, longe de mim esteja o pecar contra o Senhor, deixando de orar por vos; eu vos ensinarei o caminho bom e direito. Tão-somente temei ao Senhor, e servi-o fielmente de todo o vosso coração; pois vede quão grandiosas coisas vos fez.232 Se porém não cumprirem... eis aqui o que foi estabelecido no trato: “Se, porém, perseverardes em fazer o mal, perecereis, assim vós como o vosso rei”.233 E não foi assim que o homem fez? O homem não transformou, segundo Jesus, a Casa de Oração em covil de ... LADRÕES?... O que são ladrões, malfeitores? São pessoas que perseveram em fazer o bem? Não, então, fiquemos deveras aliviados, pois, o trato foi desfeito e, porém temos um escape, pois a Profecia nos garante que “Haverá e um só rebanho”, ou seja, é tempo de depor estes reis e empossar o Rei dos Reis novamente, como nos fala a música de Fernandinho. Verificamos também na fundamentação indicada que, da mesma maneira que pediu um rei, o homem pediu um templo. Deus se espantou, mas mesmo assim fez um acordo com este homem, permitindo a construção deste templo através de Salomão, porém o homem também não cumpriu este acordo e agora esta casa será (ou já está, quase que totalmente...) derrubada, como Ele falou que seria se não cumprissem o acordo. Pronto! Agora estamos livres deste fardo que nós mesmos nos impingimos. Jesus fez os santuários vivos que somos nós (em três dias), e temos o nosso Rei, o nosso único Pastor. Agora, para regularizar tudo como no princípio, temos também, surgindo em toda nação, a geração de juízes como eram antes, que falaremos um pouco depois. Estávamos falando sobre o sacerdote Eli e seus execráveis filhos, que ministravam no santuário, como acontece nos dias de hoje. Embora Eli falasse com eles, ele não tomou uma atitude condizente com a gravidade da situação, pois embora seja muito difícil, às vezes, para não destruir o que é sagrado, temos que tomar atitudes muito doloridas com as pessoas que nos são caras: “Se alguém vier a mim, e não aborrecer (há traduções que fala “deixar”) a pai e mãe, a mulher e filhos, a irmãos e irmãs, e 232 I a Samuel 12:21/24. 233 I a Samuel 12:25.0
  • 113 ainda também à própria vida, não pode ser meu discípulo. Assim, pois, todo aquele dentre vós que não renuncia a tudo quanto possui, não pode ser meu discípulo.”234 Um pai age como o Pai dos Pais, ou seja, corrige o filho que ama, e suporta este momento de correção, sem “arregar”, sem afrouxar, sem dar lugar a sentimentos humanos que não levam ninguém a sair do lugar, a subir degraus, mas muito ao contrário. Quantos líderes passam por este conflito: ensinam para os filhos de outros, mas no “seu momento” fica cego e não percebe que está fazendo, o que ensina que não é para fazer.235 Está escrito: “Horrenda coisa é cair nas mãos do Deus vivo”. E naquele tempo muito mais, pois Jesus, o intercessor não havia ainda feito a obra indizível do Calvário.236 Deus é justo e nos ensina a não temer nem ao homem e nem ao diabo, mas só a Ele, e isto, infelizmente não é o que o homem faz: “Porque já lhe fiz: saber que hei de julgar a sua casa para sempre, por causa da iniqüidade de que ele bem sabia, pois os seus filhos blasfemavam a Deus, e ele não os repreendeu”.237 Continuando o propósito de denunciar a fraude religiosa, protestando contra estes que se sentam no lugar de Deus, vemos que o religioso, contrariando a ordem divina, prefere escutar de um homem que vê e não do que é Invisível: “Disse-lhe a mulher: Senhor, vejo que és profeta. Nossos pais adoraram neste monte, e vós dizeis que em Jerusalém é o 234 Lucas 14:26,33. 235 No texto “O Ponto de Equilíbrio” comentamos o assunto. 236 Hebreus 10:31. 237 I a Samuel 3:13.
  • 114 lugar onde se deve adorar. Disse-lhe Jesus: Mulher, crê-me, a hora vem, em que nem neste monte, nem em Jerusalém adorareis o Pai. Vós adorais o que não conheceis; nós adoramos o que conhecemos; porque a salvação vem dos judeus. Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem. Deus é Espírito, e é necessário que os que o adoram o adorem em espírito e em verdade”.238 É em espírito e em verdade e não em nenhum outro lugar determinado, mas só em espírito e em verdade: “Buscar-me-eis, e me achareis, quando me buscardes de todo o vosso coração”.239 A Babilônia, a prostituta do Apocalipse, a religião e seus abomináveis comandantes transbordam de abominações. Todos os que lá estão são bandidos? Felizmente não, pois é a instituição que está falida, não a igreja espiritual, evidentemente. Disse Deus: “Todavia deixarei em Israel sete mil: todos os joelhos que não se dobraram a Baal, e toda boca que não o beijou”.240 Estes que não se contaminaram, no momento certo, ou seja, quando o trigo tiver maduro, quando houver maturidade neles suficiente para entender a questão (não é nem um pouco fácil entendê-la; há vinte anos Deus trabalha em mim neste sentido), Deus vai arrancá-los de lá: “Propôs-lhes outra parábola, dizendo: O reino dos céus é semelhante ao homem que semeou boa semente no seu campo; mas, enquanto os homens dormiam, veio o inimigo dele, semeou joio no meio do trigo, e retirou-se. Quando, porém, a erva cresceu e começou a espigar, então apareceu também o joio. Chegaram, pois, os servos do proprietário, e disseram-lhe: Senhor, não semeaste no teu campo boa semente? Donde, pois, vem o joio? Respondeu-lhes: Algum inimigo é quem fez isso. E os servos lhe disseram: Queres, pois, que vamos arrancá-lo? Ele, porém, disse: Não; para que, ao colher o joio, não arranqueis com ele também o trigo. Deixai crescer ambos (só na maturidade do trigo é que o joio poderá ser arrancado) juntos até a ceifa; e, por ocasião da ceifa, direi aos ceifeiros: Ajuntai primeiro o joio, e atai-o em molhos para o queimar; o trigo, porém, recolhei-o no meu celeiro”.241 ) - 238 João 4:19/24. 239 Jeremias 29:13. 240 I Reis 19:18. 241 Mateus 13:24/30.
  • 115 A que parece, mas que não é (a religião), ensina que o povo é dependente deles e desta igreja apóstata, esta que não está ainda liderada pelo Pastor das ovelhas, mas ainda por Reis. Esta igreja que faz comércio de tudo, até de alma de homens, diz que a igreja é o alicerce, contrariando frontalmente as Escrituras que diz peremptoriamente que o fundamento, o alicerce é Cristo, como não poderia deixar de ser: “Segundo a graça de Deus que me foi dada, lancei eu como sábio construtor, o fundamento, e outro edifica sobre ele; mas veja cada um como edifica sobre ele. Porque ninguém pode lançar outro fundamento, além do que já está posto, o qual é Jesus Cristo”.242 Segundo a ótica deles, embora até preguem sobre isso, não bastará ao homem entrar no seu reservado e buscar a Deus, porque eles se intitulam os mediadores, os indispensáveis, porém, não é o que está escrito: “Porque há um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Cristo Jesus, homem,...”243 Como já falamos, sentam-se na cadeira de Moisés, e fazem prosélitos que ficam duas vezes menos salvo do que eles: 242 I aos Coríntios 3:10,11. 243 II a Timóteo 2:5.
  • 116 “Mas ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! porque fechais aos homens o reino dos céus; pois nem vós entrais, nem aos que entrariam permitis entrar. Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! porque percorreis o mar e a terra para fazer um prosélito; e, depois de o terdes feito, o tornais duas vezes mais filho do inferno do que vós. Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! porque sois semelhantes aos sepulcros caiados, que por fora realmente parecem formosos, mas por dentro estão cheios de ossos e de toda imundícia. Assim também vós exteriormente pareceis justos aos homens, mas por dentro estais cheios de hipocrisia e de iniquidade. Serpentes, raça de víboras! como escapareis da condenação do inferno? Portanto, eis que eu vos envio profetas, sábios e escribas: e a uns deles matareis e crucificareis; e a outros os perseguireis de cidade em cidade;”244 Porque duas vezes mais? Porque o engano é muito grande. O joio é igual na aparência e será preciso discernir espiritualmente a diferença entre ele e o trigo, e para poder enxergar isso é necessário que a pessoa se torne antes um adorador, para que possa perceber a diferença. A igreja joio é mais atrativa, porque é oriundo de satanás que é o sedutor, enquanto que a igreja trigo não tem estas prerrogativas, não tem formosura assim como o seu Mestre: “Pois foi crescendo como renovo perante ele, e como raiz que sai duma terra seca; não tinha formosura nem beleza; e quando olhávamos para ele, nenhuma beleza víamos, para que o desejássemos. Era desprezado, e rejeitado dos homens; homem de dores, e experimentado nos sofrimentos; e, como um de quem os homens escondiam o rosto, era desprezado, e não fizemos dele caso algum”.245 As tentações, as ofertas de satanás são ótimas para a carne, para o ego, e se acomodam perfeitamente à hipocrisia. A pessoa vai se convencendo sem perceber, e quando um dia percebe (se perceber) já está atolado duas vezes mais. Convencer uma pessoa quando está uma vez só candidata ao inferno é preciso que haja uma guerra espiritual inarrável, pois uma alma para Deus é preciosíssima, mas para convencer uma duas vezes candidata, será preciso o dobro desta guerra. Deus continua falando em Isaías sobre a religiosidade: 244 Versículos: 13,15,27,28,33,34. 245 Isaías 53:2,3.
  • 117 “Clama em alta voz, não te detenhas, levanta a tua voz como a trombeta e anuncia ao meu povo a sua transgressão, e à casa de Jacó os seus pecados. Todavia me procuram cada dia, tomam prazer em saber os meus caminhos; como se fossem um povo que praticasse a justiça e não tivesse abandonado a ordenança do seu Deus, pedem-me juízos retos, têm prazer em se chegar a Deus!, por que temos nós jejuado, dizem eles, e tu não atentas para isso? por que temos afligido as nossas almas, e tu não o sabes? Eis que no dia em que jejuais, prosseguis nas vossas empresas, e exigis que se façam todos os vossos trabalhos. Eis que para contendas e rixas jejuais, e para ferirdes com punho iníquo! Jejuando vós assim como hoje, a vossa voz não se fará ouvir no alto. Seria esse o jejum que eu escolhi? o dia em que o homem aflija a sua alma? Consiste porventura, em inclinar o homem a cabeça como junco e em estender debaixo de si saco e cinza? chamarias tu a isso jejum e dia aceitável ao Senhor? Acaso não é este o jejum que escolhi? que soltes as ligaduras da impiedade, que desfaças as ataduras do jugo? e que deixes ir livres os oprimidos, e despedaces todo jugo? Porventura não é também que repartas o teu pão com o faminto, e recolhas em casa os pobres desamparados? que vendo o nu, o cubras, e não te escondas da tua carne? Então romperá a tua luz como a alva, e a tua cura apressadamente brotará. e a tua justiça irá adiante de ti; e a glória do Senhor será a tua retaguarda. Então clamarás, e o Senhor te responderá; gritarás, e ele dirá: Eis-me aqui. Se tirares do meio de ti o jugo, o estender do dedo, e o falar iniquamente; e se abrires a tua alma ao faminto, e fartares o aflito; então a tua luz nascerá nas trevas, e a tua escuridão será como o meio dia. O Senhor te guiará continuamente, e te fartará até em lugares áridos, e fortificará os teus ossos; serás como um jardim regado, e como um manancial, cujas águas nunca falham”.246 246 Isaías 58:1/11.
  • 118 Deus não suporta religiosidade, o fermento dos fariseus que é a hipocrisia: “Ajuntando-se entretanto muitos milhares de pessoas, de sorte que se atropelavam uns aos outros, começou Jesus a dizer primeiro aos seus discípulos: Acautelai-vos do fermento dos fariseus, que é a hipocrisia”.247 , ... e também sabe, já que Ele é Deus, zeloso, onisciente, onipresente e onipotente, que muitos fazem “cara de contrito”, levantam as mãos, cantam no coro e tudo o mais, escutam a Palavra e depois não a põe por obra, ou seja, escutam as Ordenanças de Deus como se fosse uma poesia, uma coisa bonita, uma figura de retórica, e só: “Quanto a ti, ó filho do homem, os filhos do teu povo falam de ti junto às paredes e nas portas das casas; e fala um com o outro, cada qual a seu irmão, dizendo: Vinde, peço-vos, e ouvi qual seja a palavra que procede do Senhor.E eles vêm a ti, como o povo costuma vir, e se assentam diante de ti como meu povo, e ouvem as tuas palavras, mas não as põem por obra; pois com a sua boca professam muito amor, mas o seu coração vai após o lucro. E eis que tu és para eles como uma canção de amores, canção de quem tem voz suave, e que bem tange; porque ouvem as tuas palavras, mas não as põem por obra. Quando suceder isso (e há de suceder), saberão que houve no meio deles um profeta”.248 É muito triste Deus enviar o socorro para alguém e este alguém não querer ouvir: “Também vos tenho enviado, insistentemente, todos os meus servos, os profetas, dizendo: Convertei-vos agora, cada um do seu mau caminho, e emendai as vossas ações, e não vades após outros deuses para os servir, e assim habitareis na terra que vos dei a vós e a vossos pais; mas não inclinastes o vosso ouvido, nem me obedecestes a mim”.249 Triste também é ver a igreja atolada em idolatria, correndo para “cartomantes” que chamam de profetas, ao invés de buscarem a Profecia, buscando o que vê, e não o Deus Invisível: “Até quando se achará isso no coração dos profetas que profetizam mentiras, e que profetizam do engano do seu próprio coração? Os quais cuidam fazer com que o meu povo se esqueça do meu nome pelos seus sonhos que cada um conta ao seu próximo, assim como seus pais se esqueceram do meu nome por causa de Baal. O profeta que tem um sonho 247 Lucas 12:1. 248 Ezequiel 33:30/33. 249 Jeremias 35:15.
  • 119 conte o sonho; e aquele que tem a minha palavra, fale fielmente a minha palavra. Que tem a palha com o trigo? diz o Senhor. Não é a minha palavra como fogo, diz o Senhor, e como um martelo que esmiúça a pedra? Portanto, eis que eu sou contra os profetas, diz o Senhor, que furtam as minhas palavras, cada um ao seu próximo. Eis que eu sou contra os profetas, diz o Senhor, que usam de sua própria linguagem, e dizem: Ele disse. Eis que eu sou contra os que profetizam sonhos mentirosos, diz o Senhor, e os contam, e fazem errar o meu povo com as suas mentiras e com a sua vã jactância; pois eu não os enviei, nem lhes dei ordem; e eles não trazem proveito algum a este povo, diz o Senhor”.250 Grande é o sofrimento divino por tanta maldade entre os homens que Ele criou. Anseia por adoradores, homens e mulheres que O amem acima de todas as coisas e ao próximo como a si mesmo, valentes a quem Ele possa enviar: “Oxalá houvesse entre vós alguém que fechasse as portas para que não acendesse debalde o fogo no meu altar”.251 “Depois disso ouvi a vós do Senhor, que dizia: A quem enviarei, e quem há de ir por nós? Então disse eu: Eis-me aqui. Envia-me a mim”.252 3.11 A corrida para sinais e milagres 250 Jeremias 23:26/32. 251 Malaquias 1:10. 252 Isaías 6:8.
  • 120 Continua o Senhor falando sobre esta corrida para sinais, milagres, profecias, menos para Ele: “Mas ele lhes respondeu: Uma geração má e adúltera pede um sinal; e nenhum sinal se lhe dará, senão o do profeta Jonas;”253 Ou seja, o único sinal que terão será a pregação da Palavra como o foi com o povo de Nínive, através de Jonas. Terão sim que meditar na Lei de Deus, pois os sinais são para os incrédulos. A Bíblia diz que João Batista foi o maior homem nascido de mulher e no entanto: “Muitos foram ter com ele, e diziam: João, na verdade, não fez sinal algum, mas tudo quanto disse deste homem era verdadeiro”.254 A igreja apóstata fala muito de sinais e de prosperidade e quase nada de frutos de arrependimento, de caráter, de honra, de dignidade, e quando fala algo sobre isso é para cumprir o “programa”, pois não põem por obra esses valores, portanto nem sabem o que isso significa, embora “cobrem” muitos dos outros. Watchman Nee255 no seu livro “O Poder Latente da Alma”, nos relata de maneira surpreendente, porque Satanás e seu fantoche, o anticristo, desejam usar a alma humana como um instrumento para suas atividades nestes últimos dias da terra. Quando Adão caiu não perdeu o seu poder totalmente, mas este ficou apenas congelado, 253 Mateus 12;39. 254 João 10:41. 255 Recomendamos o resumo do livro de Watchman Nee, “O Poder Latente da Alma”, Ed. Betânia. MG.
  • 121 latente, dentro dele. Imaginemos o homem, caído, e com este poder, aonde chegaria. A queda do homem congelou ou imobilizou este poder; sua alma fora destinada a se submeter ao controle do espírito, porém como este morreu por causa do pecado, agora ela está sujeita ao domínio da carne. Mas porque a alma do homem é tratada como uma mercadoria? Satanás usa a força da alma do homem para fazer prodígios e maravilhas, e manifestar a sua força (milagres, mágicas, penetrar o passado e o futuro; curas e os mais diversos fenômenos). O que comeu da árvore do conhecimento do bem e do mal, não depende de Deus, mais vive na sua independência, sem a consciência da sua limitação. Satanás confundirá os milagres de Deus. Ele deseja que a humanidade creia que todos os milagres na Bíblia são apenas psicológicos na sua origem, rebaixando deste modo o seu valor. Ele quer que os homens pensem que são capazes de fazer tudo o que o Senhor Jesus fez, confundindo a obra do Espírito Santo, levando-os a um falso arrependimento, falsa regeneração, falsa alegria, etc., ou seja, uma falsa igreja em uma busca exagerada por manifestações sobrenaturais, esquecendo-se que ... “(...) bem aventurado é aquele que não viu e creu”256 , ... está substituindo o poder sobrenatural de Deus, pelo poder da alma, uma religião sem vida, sem salvação, sem transformação. Muito grito, muita euforia, muito “louvorsão”: muita “espuma” e pouco “sabão”. Não se pode correr atrás desses enganos, pois está escrito: “Eu, o Senhor, não mudo”.257 3.12 O Advogado e o Juiz 256 João 20:29. 257 Matlaquias 3:1.
  • 122 Os homens precisam entender que o que está escrito é que o será, pois Deus não faz conchavos, e nem “quebra galhos” de ninguém, e que neste momento Ele está na posição do Advogado e defenderá a causa do perdido que for: “Meus filhinhos, estas coisas vos escrevo, para que não pequeis; mas, se alguém pecar, temos um Advogado para com o Pai, Jesus Cristo, o justo”.258 Porém, depois que terminar o tempo da graça, Ele virá como Juiz, com um cinto de ouro lhe cingindo o peito, simbolizando coração endurecido para aqueles que negligenciaram a Sua tão grande defesa: “(...) e no meio dos candeeiros um semelhante a filho de homem, vestido de uma roupa talar, e cingido à altura do peito com um cinto de ouro; e a sua cabeça e cabelos eram brancos como lã branca, como a neve; e os seus olhos como chama de fogo; e os seus pés, semelhantes a latão reluzente que fora refinado numa fornalha; e a sua voz como a voz de muitas águas. Tinha ele na sua destra sete estrelas; e da sua boca saía uma aguda espada de dois gumes; e o seu rosto era como o sol, quando resplandece na sua força. Quando o vi, caí a seus pés como morto; e ele pôs sobre mim a sua destra, dizendo: Não temas; eu sou o primeiro e o último. Eu sou o que vivo; fui morto, mas eis aqui estou vivo para todo o sempre! e tenho as chaves da morte e do inferno”.259 258 I a João 2:1. 259 Apocalipse 1:13/18.
  • 123 Como vemos, existe uma diferença absurda entre o Cristo pregado na cruz (que verdadeiramente éramos nós, a quem Ele representava, e não Ele que nunca teve dívidas), com esta imagem que constantemente nos é impingida pelas religiões para colocar Deus em uma posição que ele nunca esteve. Este “derrotado”, pregado em uma cruz é “Barrabás”, o ladrão, o salteador que foi livre, ou seja, NÓS, e não Ele, o Cristo Ressurreto. Assim, seguem os incautos sem perceber que o Juiz está às portas: e fala: “E, se alguém ouvir as minhas palavras, e não as guardar, eu não o julgo; pois eu vim, não para julgar o mundo... (tudo já está julgado; é só seguir os mandamentos), “... mas para salvar o mundo. Quem me rejeita, e não recebe as minhas palavras, já tem quem o julgue; a palavra que tenho pregado, essa o julgará no último dia”.260 Ou seja, quem estiver de acordo com esta Palavra é o que será salvo, e não todos. Não se deve aceitar a opressão, pois Ele é o ADVOGADO INVICTO e não perde batalha alguma, mas o homem sim, este perderá a oportunidade se não “remover a pedra” para que Ele possa fazer o milagre, executando então a sua parte no plano de redenção: “Disse Jesus: Tirai a pedra. Marta, irmã do defunto, disse-lhe: Senhor, já cheira mal, porque está morto há quase quatro dias. 260 João 12:47,48.
  • 124 (Sem os argumentos, e sem incredulidades, mas na fé, sem esquecer que nunca chegaremos a imaginar do que somos capazes de fazer antes de Deus nos capacitar). “... Respondeu-lhe Jesus: Não te disse que, se creres, verás a glória de Deus”.261 Aí sim, depois da fé e da obediência, Deus então fará a sua parte, que é a que o homem não pode fazer: “Jesus, fixando os olhos neles, respondeu: Para os homens é impossível, mas não para Deus; porque para Deus tudo é possível”.262 3.13 A Reforma Protestante 261 João 11:39. 262 Marcos 10:27.
  • 125 Na época de Martinho Lutero o povo estava sofrendo muito em todos os sentidos pelo monopólio e pela opressão da liderança cristã na época. Citamos o nome de Martinho, porém houve muitos antes dele e depois dele que fizeram parte deste grupo de enviados de Deus e que sofreram muito para que a verdade Bíblica fosse restaurada, para que a simplicidade da igreja primitiva, que contrastava com toda aquela luxúria, retornasse. Catedral Luterana em Helsinque, Finlândia. Pedro Valdo, um comerciante de Lyon, decidiu encomendar uma tradução da Bíblia em linguagem popular e ele mesmo pregava as verdades de Deus. Renunciou às suas atividades e aos seus bens e os repartiu aos pobres. Os valdenses, como eram chamados os que se
  • 126 agregavam a ele, lutavam pelo direito de cada povo ter a Bíblia traduzida para o seu idioma, se reuniam em casas ou clandestinamente para fugir das perseguições. John Wycliffe denunciou a luxúria que contradizia os evangelhos de Cristo. Esses que foram citados e mais outros, prepararam o caminho para outros incluindo Martinho Lutero. As suas famosas 95 teses, condenavam a "avareza e o paganismo" na Igreja, e pediam um debate teológico sobre o que as indulgências significavam. Essas foram logo traduzidas para o alemão e amplamente copiadas e impressas. Após um mês se haviam espalhado por toda a Europa. Logo foi declarado herege e perseguido durante vinte e cinco anos. Teve então que ser exilado e neste período traduziu a Bíblia para o Alemão (muitas vezes ficamos exilados para uma obra específica).263 Extensão da Reforma Protestante na Europa. 263 O Novo Testamento foi publicado em 1922.
  • 127 Eles não tinham a tradução da Bíblia ao seu dispor e por isso eram obrigados aceitar tudo o que lhes era impingido por esta liderança. A opulência, a luxúria, o materialismo, dominavam esta liderança que pouco ou nada sabiam ou se importavam, acerca das leis de Deus. Na época arrecadavam dinheiro para a construção do seu império religioso, com a vergonhosa venda de indulgências (venda do perdão). Também temos a partir disso, como já vimos, a contra- reforma, o contra-ataque desses terríveis religiosos (os que crucificaram Jesus), criando a vergonhosa Inquisição, uma mancha negra na história feita pela “igreja cristã”.264 O Concilio de Trento decidiu que seriam queimados todos os livros que, de alguma maneira os denunciava. Esses malditos mercenários que agiam em nome de Deus, mandavam queimar também as pessoas que ousavam denunciá-los, acusando-os de hereges, bruxos. Na França, o rei mandou assassinar milhares de calvinistas na chamada Noite de São Bartolomeu. O biógrafo de João Calvino, o francês Bernard Cottret, escreveu: "Com o Concílio de Trento (1545-1563)... trata-se da racionalização e reforma da vida do clero. A Reforma Protestante é para ser entendida num sentido mais extenso: ela denomina a exortação ao regresso aos valores cristãos de cada "indivíduo"". Segundo Bernard Cottret, "A reforma cristã, em toda a sua diversidade, aparece centrada na teologia da salvação. A salvação, no Cristianismo, é forçosamente algo de individual, diz mais respeito ao indivíduo do que à comunidade", diferente da pregação católica que defende a salvação na igreja. O principal acontecimento da contra-reforma foi a Massacre da noite de São Bartolomeu. As matanças, organizadas pela casa real francesa, começaram em 24 de Agosto de 1572 e duraram vários meses, inicialmente em Paris e depois em outras cidades francesas, vitimando entre 70.000 e 100.000 protestantes franceses (chamados huguenotes).265 João Calvino 264 Colocamos no final fotos da tortura aos cristãos. 265 Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
  • 128 Observamos que João Calvino era um humanista, e nunca foi ordenado sacerdote (como vemos, muitas vezes nos esbarramos em títulos, saímos do contexto e vamos para o engano). A revolta dos camponeses (1524/25), no ano de foi incitada principalmente pelo seguidor de Lutero, Thomas Münzer, que comandou massas camponesas contra a nobreza imperial, pois propunha uma sociedade sem diferenças entre ricos e pobres e sem propriedade privada[ , Lutero por sua vez defendia que a existência de “senhores e servos” era vontade divina[ , motivo pelo qual eles romperam, sendo que Lutero condenou Münzer e essa revolta. Prestemos atenão o que acontece com pessoas sinceras que extrapolam o ponto de Equilíbrio: como vimos mais uma vez, essas pessoas saem do Eixo, ou seja, da vontade de Deus, entrando no engano e pensando firmemente que está certo. Este é o muro dos Reformadores. Da esquerda à direita, estátuas de Guilherme Farel, João Calvino, Teodoro de Beza e John Knox. Henrique XIII
  • 129 O caráter diferente da Reforma Inglesa deve-se ao fato de ter sido promovida inicialmente pelas necessidades políticas de Henrique VIII. Sendo este casado com Catarina de Aragão, que não lhe havia dado filho homem, Henrique solicitou ao Papa Clemente VII a anulação do casamento. [25] Perante a recusa do Papado, Henrique fez-se proclamar, em 1531, protetor da Igreja inglesa. O “Ato de Supremacia”, votado no Parlamento em novembro de 1534, colocou Henrique e os seus sucessores na liderança da igreja, nascendo assim o Anglicanismo. Os súditos deveriam submeter-se ou então seriam excomungados, perseguidos [26] e executados, tribunais religiosos foram instaurados e católicos foram obrigados à assistir cultos protestantes[27] , muitos importantes opositores foram mortos, tais como Thomas More, o Bispo John Fischer e alguns sacerdotes, frades franciscanos e monges cartuchos. Quando Henrique foi sucedido pelo seu filho Eduardo VI em 1547, os protestantes viram- se em ascensão no governo. Uma reforma mais radical foi imposta diferenciando o anglicanismo ainda mais do catolicismo. 266 Na Escócia, John Knox (1505-1572), que tinha estudado com João Calvino em Genebra, levou o Parlamento da Escócia a abraçar a Reforma Protestante em 1560, sendo estabelecido o Presbiterianismo. A primeira Igreja Presbiteriana, a Church of Scotland (ou Kirk), foi fundada como resultado disso. John Knox Como vemos, a divisão na igreja se faz desta maneira. Deus não mandou aqui que fosse dividido o cristianismo, mas enviou um mensageiro para dar uma direção para aquele momento, e assim surgem vários seguimentos da igreja de hoje. Em 1561 apareceu uma confissão de fé com uma Exortação à Reforma da Igreja modificando seu sistema de liderança, pelo qual nenhuma igreja deveria exercer qualquer autoridade ou governo 266 Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
  • 130 sobre outras, e ninguém deveria exercer autoridade na Igreja se isso não lhe fosse conferido por meio de eleição. Esse sistema, considerado "separatista" pela Igreja Anglicana, ficou conhecido como Congregacionalismo. Este é outro segmento que traz um ajuste de Deus ao meio cristão, mas que ficou isolado, dividido, se tornando outra aberração para o cristianismo. Richard Fytz, foi considerado o primeiro pastor deste segmento religioso. Teve grande importância durante a Reforma um teólogo holandês: Erasmo de Roterdã. Erasmo No auge de sua fama literária, foi inevitavelmente chamado a tomar partido nas discussões sobre a Reforma. Inicialmente, Erasmo se simpatizou com os principais pontos da crítica de Lutero, descrevendo-o como "uma poderosa trombeta da verdade do evangelho" e admitindo que, "É claro que muitas das reformas que Lutero pede são urgentemente necessárias." Lutero e Erasmo demonstraram admiração mútua, porém Erasmo hesitou em apoiar Lutero devido a seu medo de mudanças na doutrina.267 Observamos aqui (o que nos relata a Bíblia), que muitas pessoas apoiavam Jesus, mas por medo dos religiosos, ficavam quietos.268 Fortemente perseguida, a Reforma praticamente não penetrou em Portugal e Espanha. Ainda assim, uma missão francesa enviada por João Calvino se estabeleceu em 1557 numa das ilhas da Baía de Guanabara, localizada no Brasil, então colônia de Portugal. Ainda que tenha durado pouco tempo, deixou como herança a Confissão de Fé da Guanabara. Na Espanha, as idéias reformadas influíram em dois monges católicos: Casiodoro de Reina, que fez a primeira tradução da Bíblia para o idioma espanhol, e Cipriano de Valera, que fez sua revisão, originando a conhecida como Biblia Reina-Valera.269 Muitos, como Nicodemos, iam procurar Jesus de noite.270 267 Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre. 268 João 9:22. 269 Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre. 270 João 3:2.
  • 131 Observamos que nesses países há uma grande resistência às verdades bíblicas e grande religiosidade, mas mesmo assim, a semente lá ficou plantada pela mão de bravos homens de Deus. Constatamos com esses apontamentos, o inimigo de Deus não perdeu tempo para semear o joio em todo este movimento tão importante, que nasceu no coração de Deus, para trazer a verdade de Deus ao povo, roubada pela religião, a prostituta do Apocalipse, implantando em meio a isso, uma divisão absurdamente contraditória na igreja de Cristo, divisão esta que não para de crescer, como um verdadeiro câncer, contrariando assim o próprio cristianismo que é essencialmente UNO, promovendo com isso um grande descrédito entre as pessoas que estão dentro e entre os que têm o desejo de seguir as Leis Cristãs. Para ilustrar e satisfazer a curiosidade e a tentativa de entender como isso acontece vamos colocar a seguir um mapeamento para explicar o que não se pode explicar, mas abominar:
  • 132 3.13.a A ramificação inadmissível na igreja de Cristo Um dos pontos de destaque da reforma é o fato de ela ter possibilitado um maior acesso à Bíblia, graças às traduções feitas por vários reformadores (entre eles o próprio Lutero) a partir do latim para as línguas nacionais. [58] Tal liberdade fez com que fossem criados diversos grupos independentes, conhecidos como denominações. Nas primeiras décadas após a Reforma Protestante, surgiram diversos grupos, destacando o Luteranismo e as Igrejas Reformadas ou calvinistas (Presbiterianismo e Congregacionalismo). Nos séculos seguintes, surgiram outras denominações reformadas, com destaque para os Batistas e os Metodistas. A seguir, uma tabela ilustrando o surgimento a traves dos séculos das diferentes correntes ou ramos do Protestantismo. Ramos do Protestantismo. Comparação entre o Catolicismo e o Protestantismo no século XVI Igreja Livro Salvação Sacrament Rito Principais
  • 133 Sagrado humana os religioso áreas de influência européia Católica A Bíblia é a fonte de fé, mas devia ser interpreta da pelos padres da Igreja. A tradição católica também é uma fonte de fé, assim como o Magistério da Igreja. Salvação pela fé com o auxílio das obras. São sete: Batismo, Crisma, Eucaristia, Matrimônio, Penitência, ordem e Unção dos doentes. Missa solene em latim. Espanha, Portugal, Itália, sul da Alemanha, maioria da França, maioria da Irlanda. Luteran a A Bíblia é a única fonte de fé. Permitia- se seu livre exame. Salvação pela fé em Deus. São dois: Batismo e Eucaristia. Culto simples (com liturgia) com o uso das línguas nacionais. Norte da Alemanha, Dinamarca, Noruega, Suécia, Finlândia. Calvinis ta A Bíblia é a única fonte de fé. Permitia- se seu livre exame. Salvação pela fé e graça de Deus (predestinaç ão). As boas obras eram vistas como conseqüência da salvação. São dois: Batismo e Eucaristia. Culto bem simples (com liturgia) com o uso das línguas nacionais. Suíça, Países Baixos, parte da França (huguenotes) , Inglaterra (puritanos), Escócia (presbiterian os). Anglica na A Bíblia é a fonte principal de fé. Salvação pela fé e graça de Deus Para os anglicanos o Batismo e a Eucaristia Culto conservan do a forma Inglaterra.
  • 134 Devia ser interpreta da pela Igreja (tradição) e permitia- se seu livre exame (razão). (predestinaç ão). As boas obras eram vistas como conseqüência da salvação. foram os dois sacramento s instituídos por Jesus Cristo. Os demais ritos sacramenta is da Igreja também são aceitos, apesar de não terem sido instituídos por Cristo, mas são reconhecido s por serem, em parte, estados de vida aprovados nas Escrituras: a Confirmaçã o, Penitência, Ordens, Matrimônio e a Unção dos enfermos. católica (liturgia, hierarquia da Igreja). Uso da língua nacional (inglês). 3.13.b O fracionamento religioso é revelador
  • 135 Como vimos, as religiões, apesar de jurarem diferenças entre si, são exatamente iguais, ou seja, as pessoas são salvas pelos rituais que praticam e não pela fé (muita religião e pouca fé). A fé não é uma poesia embora seja uma coisa maravilhosa. Dentro delas também há um fracionamento inconcebível, fato que nem eles entendem: “Como te roguei, quando partia para a Macedônia, que ficasse em Éfeso, para advertires a alguns que não ensinassem doutrina diversa, nem se preocupassem com fábulas ou genealogias intermináveis, pois que produzem antes
  • 136 discussões que edificação para com Deus, que se funda na fé. Mas o fim desta admoestação é o amor que procede de um coração puro, de uma boa consciência, e de uma fé não fingida; (existe então uma fé que é fingida e outra que não é) ... das quais coisas alguns se desviaram, e se entregaram a discursos vãos, querendo ser doutores da lei, embora não entendam nem o que dizem nem o que com tanta confiança afirmam”.271 Isto é notório e muito se comenta. Só esta divisão, que é insana e altamente contraditória já seria o suficiente para despertar suspeitas e conjecturar que há algo errado no meio de um povo que prega a unidade da fé e vive dividido contra si mesmo: “Ele, porém, conhecendo-lhes os pensamentos, disse-lhes: Todo reino dividido contra si mesmo será assolado, e casa sobre casa cairá”.272 3.13.c As religiões se mesclam 271 I a Timóteo 1:3/7. 272 Lucas 11:17.
  • 137 Outro ponto insano é o fato de algumas igrejas cristãs defenderem o fato de que tudo isto Jesus está falando das outras, não delas. Dizem eles que as outras são as religiosas e elas não. É fácil perceber os paralelos dos cultos dessas igrejas e de como se assemelham nos louvores, nas libertações, na maneira de falar, pregar e de praticar os crimes de pedofilia, corrupção e tudo o mais. Qual a diferença? Temos uma observação aqui e outra ali e tudo vai se equiparando e anulando as diferenças. Vemos, por ex, um Papa católico falando que é contra o aborto e contra o segundo casamento, que é absolutamente, e sem nenhuma sombra de dúvidas, um argumento bíblico, e, por outro lado uma liderança, um pontífice da igreja evangélica afirmar que Deus não fez pessoas informes e que o aborto é a solução para a o planejamento familiar, para a violência, chefiando este então um assassinato em massa de crianças inocentes. Ele não está em agonia ou em engano, levado por um sentimento de horror, tentando dizer que é a favor da pena de morte para um estuprador, ou que se apedrejem, como era antes na Velha aliança, adúlteros, como se tivesse desvairado por ver tanta desgraça, não, mas ele está dando o braço para a mídia e defendendo a morte de inocentes e dizendo que essas crianças não são crianças, mas coisas informes. No texto “Aborto”, inserimos uma entrevista de um líder religioso fazendo essas afirmações, as quais estão impressas no seu livro já publicado, infelizmente, para horror de todos.
  • 138 As igrejas ditas evangélicas pregam contra a idolatria na igreja católica (imagens, santos, etc), mas dão verdadeiras aulas de idolatria em meio de à sua liderança e em tantos outros detalhes, rituais e cultos. Os crimes estão lá e cá. Onde está a diferença? Jesus disse que em qualquer nação haverá homens e mulheres que praticam a justiça e fazem o que é reto e vice versa: qualquer nação. Se fez o que é correto e é lavado pelo sangue do Cordeiro é o que é necessário. 3.13.d Fala Ricardo Gondin
  • 139 E aqui vemos Ricardo Gondim273 em uma das suas imperdíveis mensagens: Neste sentido, obscuridade não é sinônimo de fracasso, ou seja, no sentido de que Jesus nunca “alardeou” seus milagres porque não deveria ser conhecido por eles somente, mas pela presença de Deus que estava n’Ele; neste sentido, acreditamos que uma Irmã Dulce vale mais do que um Padre Marcelo; uma Madre Tereza de Calcutá, vale mais do que uma Bispa Sônia Hernandes, um Dalai Lama, vale mais do que um Bispo Macedo, um Martin Luther King Junior, mas do que um Caio Fábio e um Bispo (n.r:?... não entendemos – a gravação estava inaudível - o nome do bispo, mesmo assim achamos importante registrar), vale mais do que um Ricardo Gondim. (...) É sabido que, certa vez, um grande evangelista das famosas cruzadas do EUA estava viajando pelo Oriente, na Ázia, quando um executivo sentado ao seu lado no avião, vira-se e pergunta: “Pastor, porque quando estou do lado de um evangelista americano tenho a 273 Pr da Igreja Betesda/SP; “Jesus no Contrafluxo da História”, “Estou cansado”.
  • 140 sensação de que estou sentado ao lado de um empresário, um homem de negócios, e quando me sento ao lado de um monge tibetano, tenho a sensação de que estou do lado de um homem santo?”. Porque? Qual a razão? Na nossa mentalidade ocidental, estamos fazendo da publicidade, da “badalação”, dos heróis, por coisa que não tem nada haver com o reino de Deus; tudo isso é maquinação do mundo ocidental, “mundanices”, porque o reino de Deus é feito por pessoas que não estão em busca disso. Queriam falar e anunciar as curas de Jesus e ele falava: não falem nada. 3.13.e Fala Josimar Sallun
  • 141 Citamos também o resumo do texto de Josimar Sallun:274 Admiro o trabalho evangelístico que muitos homens e mulheres de Deus fazem no meio artístico. Muitos “destes famosos” têm se convertido genuinamente ao Senhor, e através de muitos anos têm demonstrado uma vida de testemunho cristão e uma vida pautada pela Palavra de Deus. Outros tornam-se evangélicos apenas por modismo nesta onda de constantinização275 moderna. Transferem sua fama suja para a igreja, baseada em sua vida corrupta e perversa, e são disputados em programas evangélicos e em igrejas em busca de audiência e freqüência276 . (...) Afinal de contas qual é o problema de trabalharem em novelas, se mais de 70% dos evangélicos as assistem diariamente, as produzidas pelo canal de TV de propriedade de uma igreja evangélica, inclusive? A Bíblia porém declara: “Não vos comuniqueis com as obras infrutuosas das trevas, mas antes condenai-as.” (...) Mas olhando bem para dentro de nosso meio, o que dizer dos pregadores que aceitam somente convites onde suas demandas são aceitas, tais como hotéis de certa categoria, venda estipulada de seus 274 Josimar Salum/“O Mega Negócio do “Evangelho”/ http://jsalum.blogspot.com. 275 Grifo nosso: Constantino era um político, se tornou cristão de fachada, deu a mão para a hipocrisia. 276 Grifo nosso: Temos muita cautela em afirmar essas coisas, apesar de reconhecer a coragem, a sinceridade e o coração fiel do autor do texto, porém, sabemos que Deus é tão grande em misericórdia que é capaz de chamar pessoas e as deixar em determinados ambientes para ser um canal para atrair os outros. Além disso temos os “Ciros” que são instrumentos de Deus, pastores, ungidos, embora não conheçam a Deus (Isaías 44 e 45). Depois, quando aprouver ao Espírito de Deus despertar o espírito de um “Ciro”, Ele vai endireitar os caminhos tortos dele. Temos vários textos escritos, falando sobre o tema, entre eles: “O Oculto do Ocultismo” e outros. Lembramos também o que está escrito na 1ª carta de Paulo aos Coríntios (5), sobre o fato da “bandidagem” acontecer mais dentro da igreja do que fora (da igreja do status quo). A igreja de Cristo é invisível e não mora dentro de paredes, mas fora da porta (Atos 7:48; João 4:20/24; Hebreus 13:12, etc.). O reino de Deus está dentro de cada um e não vem com aparência exterior. Temos também a obra estratégica de Deus, onde um instrumento se faz de tudo, camufladamente, para salvar, se possível, alguns (I aos Coríntios 9:22).
  • 142 produtos e pagamento de oferta mínima? O que dizer dos cantores gospel que cobram cachês, alguns deles até continuam tendo a mesma vida devassa de antigamente e apresentam em igrejas e mais igrejas, endossados pela ingenuidade de muitos pastores? O pregador famoso que prega em todo o Brasil e no exterior, e que cobrou três mil reais para fazer uma cruzada, e quase “depenou” o pobre pastor que não conseguiu levantar o dinheiro para “pagá-lo”, pode até pregar muito bem, mas não passa de um mercenário da fé e um “pentecostal” hipócrita. E o cantor e a cantora gospel que procedem com tais práticas são “levitas de aluguel”, “paquitos e chacretes evangélicos” que conhecem somente o átrio do templo de Herodes onde os mercadores vendiam seus produtos. Para milhares a Pregação do Evangelho tornou-se uma profissão e deixou de ser a Pregação do Evangelho da Cruz para tornar-se apenas uma profissão. A Mensagem da Cruz de nosso Senhor Jesus Cristo tem sido aviltada pelos neologismos e "inventices" desta geração fraca e pobre de pregadores. Pregadores de um "evangelho" de conveniências que desconhecem a Cruz e a Santificação sem a qual ninguém verá o Senhor. De um “evangelho” de vendilhões do templo que desconhecem a Graça das Palavras de Jesus: “De Graça recebei, de Graça dai!“ Não venham me dizer de que “é digno o obreiro de seu sálario” como desculpa para suas cobranças de cachês, contratos publicitários e acordos comerciais! O obreiro é digno de seu salário, mas não o comerciante do Evangelho nem o mercantilista da fé. "Deixe o ímpio o seu caminho e se CONVERTA AO SENHOR" é a mensagem do Juiz de toda a Terra. Sem conversão não há salvação. Sem testemunho (frutos) o machado que está posto à raiz da árvore vai trabalhar direitinho. I JOÃO CAPÍTULO 3 AINDA É A PALAVRA DE DEUS! Aquele que vive
  • 143 na prática do pecado ainda não nasceu de novo nem sequer conheceu a Deus. Ainda pertence ao Diabo! Seja cantor, pastor, pregador, crente e quem quer que seja! A coisa está muito esquisita! As referências e padrões bíblicos de nossos pais na fé há muito já foram desprezadas277 . Estou cansado desta mega empresa e deste mega negócio que virou a igreja evangélica brasileira onde a maioria destas empresas de produção musical, igrejas-empresas, etc abarrotam-se de lucros em nome do Louvor e Adoração a Deus e não fazem nada pelo pobre, a viúva e pelo avançado do Reino do Senhor. Onde centenas e milhares de seus pregadores levantam ofertas oferecendo a multiplicação do dinheiro e a prosperidade, o paraíso na terra e as bençãos gratuitas de Deus. Protagonizam a versão moderna da venda das indulgências! Seus líderes são opressores dos pobres pastores que precisam bater todo o mês a cota de dízimos de suas congregações! Enquanto a igreja católica comercializa ídolos dos santos eles comercializam-se a si mesmos, suas imagens farisaicas e seus sermões repetidos. Esta raça de hipócritas deveria deixar de fantasiar e passar a tratar as coisas de Deus à sério. Muitos deles casam, descasam, furtam, exploram, vivem uma vida de luxúria em nome da prosperidade "divina" e produzem canções para o mercado evangélico como se fossem sustentados pela Verdade bíblica. É isto mesmo: igrejas empresas, profissionais da fé, empresários278 . Sua linguagem é o 277 O ponto de equilíbrio é a resposta. Não podemos viver na Lei, porém, viver no meio daqueles que ainda não contataram Deus através do espírito recriado, requer uma conversão genuína, pois, se ainda é cego: “Um cego não pode guiar outro cego, pois os dois cairão no barranco”, diz a Palavra em Lucas 6:39. Temos um texto escrito “O Ponto de Equilíbrio”, que trata deste assunto. 278 Atos 19 nos mostra a indústria que eles (os comerciantes vestidos de pastores) não querem de maneira alguma que se perca, e em Apocalipse 18 vemos a descrição da Babilônia que é
  • 144 lucro e a transação comercial seu sangue. Contratos e ofertas: se não receberem não cantam, não pregam, não fazem o show. Gente morna que o Senhor vai vomitar de Sua boca se não se arrependerem. No Evangelho não cabe empresários do Evangelho nem profissionais. O Evangelho não é negócio, definitivamente! Ah! Que o Senhor levante pelo menos uns 12 João Batistas para desmascarar esta farsa que é a igreja evangélica brasileira.279 Que o Senhor tenha misericórdia destes artistas e atrizes famosos para que venham conhecer o Verdadeiro Evangelho que anuncia a Salvação pela Graça, por meio da Fé em Jesus, através do Arrependimento. "Arrependei-vos, porque é chegado o Reino dos Céus." Se não nos arrependermos não escaparemos da ira do juízo de Deus. 3.13.f Fala Robson Oliveira esta igreja apóstata e vendida que ilude o povo, que se senta no lugar de Deus (Mateus 23) que vende até alma de homens, da qual Deus dá uma ordem: “Sai dela povo meu para que incorras nas suas pragas”). Mais uma vez queremos frisar sobre os vários textos escritos sobre este tema, que é uma parte forte do meu ministério, entre eles: “Os protestos de Hoje”. 279 AMÉMMMMMMMMMMMM!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
  • 145 Temos também aqui outro texto pertinente: “Dos meus cinco minutos, usei apenas quatro280 . Um jovem cheio da compaixão de Deus por um povo sofrido foi suplicar ajuda para ajudar este povo e não conseguiu. Certo dia... (...) Apenas dois dias no Brasil recebi uma chamada de Anápolis-Go; era um líder de missões insistindo para que eu fosse naquele domingo falar na sua igreja. Tentei argumentar da minha recém chegada e que fui contatado em cima da hora. Prevaleceu a insistência dele. Lembrei também da conversa com o jovem "Kóia". Pode ser que isso vem de Deus, pensei! Não havendo um vôo adequado de BH naquele dia, resolvi naquele sábado tomar um ônibus. Doze horas depois, ás 7 da manhã amanheci em Goiânia. Não havendo ninguém a minha espera, tomei outro ônibus até Anápolis e dali um táxi até a tal igreja. O culto começava ás nove; fui o primeiro a chegar. Sem nada para fazer fui ler naquele grande mural os muitos anúncios; havia de tudo: compra, venda, troca, propagandas e vários anúncios da igreja. Notei que não havia nada acerca do crucial: missões. Foi desconfortável está ali sem banho, sem café da manhã e ninguém a minha espera. Apos percorrer por várias vezes aquele grande cenáculo, sonolento, ensaiei um cochilo num daqueles confortáveis bancos. Depois sentei-me nos primeiros lugares para ser reconhecido pelo meu contacto. Minutos antes de iniciar a reunião, fui apresentado ao líder de missões. Sentindo que a recepção não foi acolhedora, como ele disse que gostaria, se desculpou. Os pastores foram chegando e tomando seus lugares; eram uns três. Ao iniciar a reunião fui tentado a dizer aqueles irmãos, que não era normal eu estar ali sem ser introduzido aos pastores. Notei que o culto estava se prolongando muito e que eu precisava de, no mínimo, 1 hora para dizer resumidamente o que gostaria. Nisto, aproximou-se o líder de missões e outro irmão, se desculpando por uma mudança 280 Robson Oliveira/ Bradesco – Ag. 2212-8 – C/C: 3404-5.
  • 146 de planos e que, para que eu não fosse embora sem falar nada, eu teria 5 minutos para compartilhar acerca da Índia. Tomei um leve choque, mas consegui me manter inalterado, mas, perplexo por dentro com aquela situação. De repente, um pastor aproximou de mim e perguntou: É você o obreiro da JOCUM? Sem cumprimentarmos ele disse-me em seguida: "Temos uma reunião extraordinária, muito importante para a igreja, por favor, não tome mais do que 5 minutos no seu testemunho. Prometi-lhe gastar apenas aqueles minutos. Sentado, chocado com toda aquela situação, pensava: O que existe de mais importante do que almas eternas? Fiquei sinceramente na expectativa e torcendo para que aquela reunião extraordinária, fosse algo que poderia ser realmente justificável e que eu pudesse sair dali "numa boa". Fui então apresentado: "Temos aqui um obreiro da JOCUM, ele vai dar um testemunho de 5 minutos e depois abriremos a sessão". Foi deselegante e até certo ponto desumano ser conhecido como "um obreiro de uma missão" e não pelo nome e aquela reafirmação massante de "cinco minutos". Tomei a palavra, apresentei rapidamente meu livro de missões na África, resumi toda minha vida de missões, toda pregação e meus últimos 3 anos de missões na Índia em apenas 4 minutos. Minhas últimas palavras foram: "Tenha a maior honra dada a um ser humano: ser participante da conquista de um povo para Deus. Seu maior troféu e galardão é adornar a coroa que lhe foi dada, para um dia você a depositar aos pés do Cordeiro. Seus amigos eternos te esperam para serem resgatados. Nos ajude a levar o evangelho ao povo Kóia, invista apenas U$50 (dólares) na vida do meu amigo Stivedhora, e tenha um tesouro onde a traça não corrói e onde o ladrão não rouba". Sentei-me, mas, tive a sensação que minhas palavras foram como "chuviscos em pena de pato". Pensando que orariam por aquele apelo, a oração foi: "Óh Jesus! Venha agora e nos dê sabedoria para decidirmos conforme a sua vontade, nos mostre se é ou não para comprarmos este terreno ao lado, amem!" Aberta a sessão, uns questionaram o porque daquela compra; outros diziam que não tinham todo dinheiro; alguns disseram que o investimento não estava apenas na compra do terreno, mas, o desafio maior seria a
  • 147 construção do futuro prédio. Outro em tom de desafio perguntou: "O que faremos com esta estrutura velha, o que poderá ser aproveitado?” A resposta foi: poderemos reformar uma parte do prédio e ter escolas bíblicas, salas para escola dominical, cozinha, sala de tv, games, estúdio, sala de danças, etc. Houve então a votação dos que queriam e os que rejeitavam. De uns 500 irmãos, apenas uns dez optaram pela não compra do terreno. O valor era, se não falho a memória, de 220 mil reais. Tinham 120 mil no banco e o desafio agora era pagar o restante em prestações de 12 mil (?). Ai então quase tive um "troço". Minha vontade era de levantar e perguntar: e o povo Kóia, vamos deixar para depois, ou está sendo rejeitado completamente? Mas, como sou naturalmente otimista, conservei a esperança que iriam me procurar e que talvez aumentariam minha proposta para uns U$100 ou U$200. Dissolvida a assembléia, todos tomaram seus rumos; uns foram para casa em seus confortáveis carros, outros foram para bons restaurantes, outros foram ainda discutir planos e idéias para aquela nova aquisição. Na porta principal tentava vender alguns livros, vendi uns dez. Ninguém me procurou. Só, naquele canto, em jejum, sem saberem se eu tinha dinheiro para retornar, sem conhecerem meu nome e quase sem ser notado, me senti humilhado, mas conservei meu altruísmo, ainda que eu fosse uma voz clamando no deserto. 281 Doze anos se passaram. E o povo Kóia, estaria ainda lá? Onde se encontrava Stivedhora? Doze anos de silêncio, uma década de esquecimento e porque não dizer de desprezo e negligência por aqueles que Jesus morreu e ressuscitou. Mas, será que Jesus desistiu deles? Jesus fez com os Kóias como eu fiz? Decepcionado, não falei mais deste povo; não lembro-me de ter orado por eles, não andei minha segunda milha buscando investimento de outros. Mesmo estando todos estes anos em missões, errei por não ser perseverante quando este macedônio clamou: "Passe a Macedônia e ajude-nos! 281 Não é exatamente uma empresa de negócios?
  • 148 Um tempo depois ele pode ver com seus olhos o que Deus fez àquele povo, usando apenas o seu amigo que lá ficou, que sem nenhum recurso, multiplicou o reino de Deus sobremaneira. (...) Outra vez pude entender ali que, se eu não me mover no mover da "nuvem", se eu não obedecer o chamado dEle no tempo dEle, Ele fará do Seu modo, usará até mesmo as "pedras", mas, Sua vontade prevalecerá. Praticamente só, Stivedora pegou no arado e não olhou atrás. Ele obedeceu e foi sem ter em mãos finanças, não esperou resposta do estrangeiro e nem se deteve diante dos obstáculos. O braço forte do Senhor usando seus "dois peixinhos" foi quem trouxe salvação e libertação a vários milhares. Com carinho, gratidão e oração. 3.13.g Fatores Religiosos Preponderantes que Ocasionaram a Reforma: Observemos este texto que nos chegou às mãos, tirado da internet:
  • 149 Os problemas religiosos e principalmente internos da Igreja vinham de longa data. Em 1420 São Bernardino relata o estado deplorável da igreja narrando que a vida pecaminosa de monges, freiras, frades e clero secular, faziam com que as pessoas ficassem abaladas, de forma que a fé era enfraquecida e a crença não alcançava lugar mais alto que o telhado de suas casas; não consideravam verdadeiras as coisas escritas acerca da fé, têm-nas escritas por homens enganadores. São Bernardino prossegue afirmando que: “Temem o inferno ou desejam o céu, mas agarram-se de todo o coração às coisas transitórias, e decidem que este mundo será seu paraíso”. Um século antes, o dominicano John Bromyard fez o seguinte comentário de seus irmãos frades: “Aqueles que deviam ser os pais dos pobres... cobiçam as comidas requintadas e apreciam o sono matinal... Muito poucos condescendem em estar presentes às matinas ou à missa... Estão gastos de glutonaria e embriaguez... para não dizer de sujeira, e por isso agora as reuniões de clérigos dão a impressão de bordéis de gente lasciva e congregações de atores de teatro”. A forma adulterada como a palavra era ensinada contribuiu muito para o desprezo da Igreja dirigida pelos papas, vários séculos de deturpação da vontade divina encontraram eco em vários pensamentos de homens e mulheres de Deus, mas foi no período da reforma que esses erros puderam ser ouvidos e reparados. Essa igreja permitiu que o Evangelho fosse substituído por uma religião de ritos sacramentais que outorgavam uma salvação mágica; relíquias milagrosas; vestimentas aparatosas; maldições e absolvição dos sacerdotes. O protesto contra tudo isso apareceu nesse período.
  • 150 O papado se encontrava em declínio, a Igreja Romana havia perdido muito o seu conceito junto aos leigos, segundo CAIRNS, e isso se deu por que: A organização hierárquica, com suas exigências de celibato e obediência absoluta ao papa, e a feudalização da Igreja Romana provocaram um declínio na moral e na moralidade dos clérigos. O celibato contrariava os instintos naturais do homem e as afirmações bíblicas em favor do casamento. Apesar desses desencantos verificados dentro da igreja medieval, que eram muitos, é inegável, também, que mesmo em meio aos desmandos da Igreja Romana existiram pessoas que conservaram o cristianismo genuíno, o que possibilitou no tempo certo o florescimento da reforma, de acordo com Amaral. De certa maneira, durante algumas centenas de anos, tanto se firmava na igreja uma situação que fazia distanciar-se de suas fontes vivas e de sua vocação espiritual como também paralelamente crescia em vigor uma corrente – complexa, heterogênea, obediente a impulsos profundos – que ansiava por transformações mais radicais. No Séc. XVI, a igreja alcança, para sua renovação, a “plenitude dos tempos”. A questão da imoralidade sexual reinante no seio da Igreja Católica Romana nos séculos antecedentes à reforma, saltava aos olhos de qualquer pessoa centrada na fé cristã. Os erros eram gritantes e não se coadunavam com aquilo que se pregava e se exigia dos fiéis. Tal situação foi assim retratada por Gonzalez: “Os filhos bastardos dos bispos se moviam no meio da nobreza, reclamando abertamente o sangue de que eram herdeiros”. Isso ocorria em todos os setores da Igreja, independente da hierarquia. Gonzalez prossegue descrevendo que: Se isso ocorria no alto clero, a situação não era melhor entre os padres paroquianos, muitos dos quais viviam publicamente com suas
  • 151 concubinas e filhos. E visto que tal situação não tinha a permanência do casamento, eram muitos os sacerdotes que tinham filhos de várias mulheres. Toda essa situação causava revolta até mesmo em algumas autoridades reais até poucos anos antes da reforma. Surgem então, personagens que vêm combater essa permissividade, entre as quais citamos Isabel e Fernando na Espanha, os quais contribuíram para o crescimento do conhecimento e assim, tentaram combater as discrepâncias existentes na Igreja de sua época. Outra questão religiosa relevante era a nomeação de autoridades eclesiásticas. O Estado se confundia com a Igreja e muitos dirigentes ocupavam tanto a direção eclesiástica como a civil: “... vinham de famílias nobres acostumadas a moral fácil e luxo; cobravam impostos e gastavam como príncipes... Os cardeais raramente eram escolhidos por sua piedade, geralmente por sua riqueza ou relações políticas...”282 Outro problema grave nas nomeações de clérigos era a venda de cargos eclesiásticos que fazia com que as autoridades religiosas não fossem respeitadas pelo povo. No entanto, muitos homens de Deus se levantaram contra os erros da Igreja, dentre eles destacaremos John Wycliffe e John Huss. Ainda no século XIV, John Wycliffe, que era padre e professor na Universidade de Oxford, protestou contra a Igreja e na tentativa de trazer maior conhecimento ao povo; seus seguidores traduziram a Bíblia do latim para o inglês em 1382, tendo sido distribuídas cópias pelo país. Mas não foi só isso, segundo CAIRNS , Wycliffe: Cristo era o dirigente da igreja. Afirmou que a Bíblia e não a Igreja era a autoridade única para o crente e que a Igreja Romana deveria se modelar segundo o padrão da Igreja do Novo Testamento. 3.13.h Religião? Bah! 282 Duran.
  • 152 Quantas vezes já lemos sobre isso e sempre que o fazemos o nosso espírito não entende, não se conforma e a nossa alma arde. O que está sendo feito para mudar este quadro, já que a situação não mudou e infelizmente se acentuou. Continuamos a ganhar o nosso dinheiro e esperando que um libertador, este que vai dar a “cara a tapa”, que será chamado de louco e que irá ser crucificado, venha para resolver o assunto, ou nos voltamos às Escrituras Sagradas que nos advertem que se não tomarmos a nossa cruz, se não nos dispusermos a ser odiado de todos como o Mestre foi, se não nos negarmos e nos esvaziarmos, se não morrermos, se não aborrecermos a nós mesmos e ao pai, mãe, irmãos e a todos, se não bebermos do cálice que Ele bebeu não poderemos ser seus discípulos? Continuaremos a nos enganar, a agir como se esse problema não fosse nosso, passando de largo como os sacerdotes e os levitas diante despedaçado e assaltado que jaz no chão? E será de quem o problema? Continuaremos a ver os soldados em filmes, ou na vida real uma Olga Benário ou um Prestes ou tantos outros incrédulos dando a vida pela sua causa, sendo torturados e mortos enquanto nós os cristãos descansamos em “berços esplêndidos” fingindo uma fé, morta em si mesma, já que não tem as obras, ou será que poderemos um dia dormir sem estar “prontos”, com o cajado na mão, com os ouvidos afinados para escutar o comando do “General dos generais”, ordenando o momento do ataque, da defesa, do disfarce, de se fazer de tolo no meio dos tolos, no meio de uma geração incrédula e perversa segundo a Palavra do Mestre, ventres preguiçosos, indiferentes à morte espiritual de uma multidão, muitos dos quais buscaram na Igreja de Cristo: socorro, exemplo, solução, ou seja, o caráter desse Deus santo e terrível impresso nesses que deveriam refletir esta santidade, esta verdade e que na realidade estão preocupados com as coisas seculares, perecíveis e de nenhum valor como se tivessem um “estepe” de vida, ou muitas vidas para
  • 153 ainda viver, como se não fossem como a erva que cresce e em seguida morre para ser julgado pelo Todo Poderoso. Em nome da ampla defesa, nas leis humanas, mentiremos, e ainda teremos que achar bonito um juiz dizendo ao réu que não precisará dizer a verdade (estes não são obrigados a declarar provas contra si mesmo), como se não estivesse escrito na Lei Maior que os mentirosos e perjuros não herdarão o reino de Deus. O Código Sagrado não é respeitado e vamos continuar como ordena a nossa Carta Magna (A Constituição Brasileira), sob a proteção de Deus? De que Deus estamos falando? Do Santo, Perfeito, Insondável, Indizível, Digno, Amor e Fogo Consumidor? Ou será este que fazemos com as nossas próprias mãos como o fizeram aqueles que se cansaram de esperar Moisés voltar do Monte, ou seja, fazê-lo como nós queremos que Ele seja, e não como Ele é eternamente? Com quem poderemos compartilhar a loucura do evangelho? Quem mais poderia escutar que “andar na contra mão da Paulista” é o melhor que alguém poderia fazer? “Entrou Jesus no templo, e expulsou a todos os que aí vendiam e compravam, e derrubou as mesas dos cambistas e as cadeiras dos que vendiam pombas. E disse-lhes: Está escrito. A minha cada será chamada casa de oração, mas vós a tendes convertido em covil de ladrões”.283 283 Mateus 21:12,13.
  • 154 “Alguns se desviaram dessas coisas e se entregaram a discursos vãos. Querem ser mestres da lei, mas não entendem nem o que dizem nem o que com tanta confiança afirmam”.284 “Pois lhes dou testemunho que têm zelo de Deus, mas não com entendimento. Visto que Não conheceram a justiça de Deus, e procuraram estabelecer a sua própria justiça, não se sujeitaram à que vem de Deus”.285 “Pois todos podem ver que os sábios morrem; que perecem igualmente o louco e o bruto, e deixam a outros os seus bens. O seu pensamento íntimo é que as suas casas serão perpétuas e as suas habitações de geração em geração; dão às suas terras os seus próprios nomes. Todavia, o homem, apesar das suas riquezas, não permanece; antes, é como os animais que perecem. Este é o caminho daqueles que confiam em si mesmos, e dos seus seguidores, que aprovam as suas palavras. Como ovelhas são destinados à sepultura, e a morte se alimentará deles. Os retos terão domínio sobre eles ao romper da manhã; a sua formosura na sepultura se consumirá, longe de suas mansões. Mas Deus remirá a minha alma poder da morte; certamente me receberá. Não temas, quando alguém se enriquece, quando a glória da sua casa aumenta; pois quando morrer, nada levará consigo, nem a sua glória o acompanhará. Ainda que durante a vida ele se tenha considerado feliz, e os homens o louvem quando prospera, irá ter com a geração de seus pais, que jamais verá luz da vida. O homem que possui riquezas sem entendimento é semelhante aos animais que parecem.”286 “Geralmente se ouve que há entre vós imoralidade, e imoralidade tal, como nem mesmo entre os gentios...” 287 3.13.h.1 Fala Olga Benário: 284 1ª a Timóteo 1. 285 Rom 10:2,3. 286 Sl 49:10/20. 287 1ª aos Cor 5:1.
  • 155 *Não há loucura maior do que querer corrigir o mundo. *Fazer de conta que o sonho é possível não é uma tarefa fácil. *O nosso desejo é mudar o mundo. Este é o nosso sonho de felicidade. *Lutar pelo justo, pelo bom e pelo melhor do mundo. *O guerreiro aprende a pensar que o impossível é possível. *Iluminar para sempre, iluminar tudo, até os últimos dias da eternidade, eis o meu trato e o do sol. *Prometo agora, que até o último instante não terão porque se envergonhar de mim. *Até o último momento manter-me-ei firme e com vontade de viver. 3.13.h.2 Fala Beno e Solange Cesar
  • 156 Esta é a letra de uma das suas músicas, que a cantora Jamily canta viajando pelo mundo: Conquistando o impossível Acredite, é hora de vencer/ Essa força vem de dentro de você/ Você pode até tocar o céu se crer/ Acredite que nenhum de nós/ Já nasceu com jeito de super herói/ Nossos sonhos a gente é quem constrói/ É vencendo os limites, escalando as fortalezas/ Conquistando o impossível pela fé/ Campeão, vencedor, Deus dá asas, faz seu vôo/ Campeão, vencedor/ Essa fé que te faz imbatível/ Te mostra o teu valor/ Tantos recordes você pode quebrar/ As barreiras você pode ultrapassar/ E vencer. 3.14 Textos em parceria
  • 157 3.14.a Os Vendedores Expulsos Do Templo288 Grifamos também aqui uma crônica escrita pelo Pe Divino Antonio Lopes, em uma inspiração que não podemos deixar de admirar e meditar, pois o seu pensamento vem somar a tudo que temos visto, debaixo do comando de Deus: “15 Chegaram a Jerusalém. E entrando no Templo, ele começou a expulsar os vendedores e os compradores que lá estavam: virou as mesas dos cambistas e as cadeiras dos que vendiam pombas, 16 e não permitia que ninguém carregasse objetos através do Templo. 17 E ensinava-lhes, dizendo: ‘Não está escrito: Minha casa será chamada casa de oração para todos os povos? Vós, porém, fizestes dela um covil de ladrões!’ 18 Os chefes dos sacerdotes e os escribas ouviram isso e procuravam como o matariam; eles o temiam, pois toda a multidão estava maravilhada com o seu ensinamento. 19 Ao entardecer, ele se dirigiu para fora da cidade”.289 Há um ponto no monte das Oliveiras de onde se revela aos olhos toda a cidade subjacente. Foi ali que, chegando para a última Páscoa, Jesus de deteve a contemplá-la. Quando Ele viu, numa névoa de ouro, os muros, as torres, o templo alvejante contra o sol, do coração subiu-lhe um amargo lamento: “Jerusalém! Ah! Se conhecesses também tu, nesta hora, o que adianta para a tua paz...”,290 e soluçou. Quando, depois, chegou à cidade, dirigiu-se ao templo. Que escândalo! Nos pátios sagrados, debaixo dos pórticos austeros, nas escadarias, os cambistas de moedas haviam colocado as suas 288 Pe. Divino Antônio Lopes FP. Anápolis, 19 de maio de 2008. 289 Marcos 11:15/19. 290 Mateus 23:37.
  • 158 mesinhas, os vendedores de pombas as suas gaiolas; por toda a volta a multidão vagava barulhenta como na praça do mercado. Jesus inflamou-se de ira, e, empunhando um flagelo, expulsava os profanadores, que fugiam diante d’Ele como folhas secas diante do vento outonal, e, sem sequer se volverem para trás, ouviam-no clamar: “A minha casa é para a oração, e vós a reduzistes a uma espelunca de ladrões”. Dom Duarte Leopoldo escreve:291 “Marcos diz claramente que os mercadores foram expulsos do Templo na segunda-feira. Muitos, porém, acreditam que eles já tinham sido expulsos no Domingo, voltando outra vez na segunda-feira devido aos manejos dos fariseus... Jesus se revolta contra o ruído deste mercado, porque exige que a casa de Seu Pai seja unicamente uma casa de oração. Se o Templo de Jerusalém devia ser tão respeitado, que diremos das nossas igrejas, onde está realmente o Filho de Deus feito homem? (...) Se os fiéis compreendessem bem esta verdade e fossem os primeiros a dar exemplo de modéstia, respeito e recolhimento no santo lugar, quantos escândalos se poderiam evitar!”, e: “O Senhor não concorda com um comportamento com falta de fé e de piedade nas coisas que se referem ao culto de Deus. Se Jesus Se comportou assim no que diz respeito ao Templo da Antiga Lei, que não haveremos de fazer nós relativamente ao Templo cristão? (...).292 “Vós a reduzistes a uma espelunca de ladrões.”. Se Jesus, com os olhos ainda úmidos das lágrimas derramadas sobre os pecados de Jerusalém e do mundo, entrasse também nesta igreja de hoje, nesta sua casa feita para a oração, dizei-me: não mais empunharia o seu flagelo? Não mais repetiria aquelas terríveis palavras: “A minha casa é para a oração, e vós a reduzistes a uma espelunca de ladrões?” Edições Theologica comenta: “O Êxodo 23, 15 mandava aos Israelitas que não se apresentassem no Templo com as mãos vazias, mas trouxessem alguma vítima para o sacrifício. Para facilitar o cumprimento deste mandato aos que vinham de longe, tinha- se montado nos átrios do Templo um serviço de compra-venda, um verdadeiro mercado de animais para os sacrifícios. O que em princípio pôde ser tolerável e até conveniente, parece que 291 (Edições Theologica). 292 Nota da Redação. Eis o que fala o profeta Malaquias sob o comando de Deus: “10 Oxalá que entre vós houvesse até um que fechasse as portas para que não acendesse debalde o fogo do meu altar”.
  • 159 tinha degenerado de modo que a intenção religiosa do projeto inicial se subordinava ao proveito econômico daqueles comerciantes, que talvez fossem os próprios sacerdotes e servidores do Templo. Este assemelhava-se mais a uma festa de gado que a um lugar de encontro com Deus. Jesus Cristo, movido pelo zelo da casa de Seu Pai293 , não pôde suportar tão deplorável espetáculo e com santa indignação arrojou-os todos dali. Com esta atuação quis inculcar qual havia de ser o respeito e compostura que se devia ao Templo pelo seu caráter sagrado. Muito maior terá de ser a nossa atitude de respeito e devoção no templo cristão – nas igrejas -, onde se celebra o sacrifício, e onde Jesus Cristo, Deus e Homem, está real e verdadeiramente presente. Para um cristão, o modo correto de vestir, os gestos (...) são manifestações concretas do respeito devido ao Senhor nos Seus templos”. Toda igreja deveria ser a casa de Deus. Os céus, e os céus dos céus, são demasiado pequenos para Ele; contudo, Ele se digna de habitar entre estas paredes construídas pelas pequenas mãos e pela pequena arte dos homens.294 Toda igreja é o refúgio dos necessitados. Oh! Como são amáveis os vossos caros pavilhões, ó Senhor das virtudes! O pardal tem um ninho, a rola tem um beiral onde se refugiar: para mim, ó Deus, ó Soberano, beiral e ninho são os vossos altares.295 Quando Jacó viu em sonho a escada prodigiosa cheia de Anjos ascendentes e descendentes, acordando exclamou: “Verdadeiramente o Senhor está neste lugar, e eu não o sabia. Verdadeiramente terrível é este lugar: não é outro senão a casa de Deus e a porta do Céu”.296 Estas palavras, com mais verdade podemos dizê-las da nossa igreja: dela não se eleva porventura uma prodigiosa escada que atinge o céu, de onde descem os anjos para receber as nossas súplicas e por onde sobem para levá-las? Eis por que as orações mais eficazes deveriam ser feitas na igreja: “Se a penúria, a peste, a epidemia, a ferrugem, os gafanhotos desolarem a terra: se o inimigo afligir o povo assediando as cidades, tu, ó Senhor, ouvirás aqueles que te rogam neste lugar santo”.297 Se a igreja é tudo isto, então meditemos o sacrilégio que é o aproximar-se dela sem respeito exterior ou interior. 3.14.a.1 Falta de respeito exterior 293 João 2:17. 294 I Reis 8:27. 295 Salmo 84:1/4. 296 Gênesis 28:16. 297 I Reis 8 e SS.
  • 160 (...) Quando eu vejo gente que passa por diante da igreja de chapéu na cabeça, sem um aceno de saudação religiosa; quando vejo nos dias santos muitas pessoas demorar-se à porta do templo em tagarelices e sorrisos, quando vejo mulheres avançarem até ao pé do altar vestidas sem delicadeza cristã, invoco a Deus para que volte também para entre nós e repita o seu milagre. Quantos entre nós mereceriam ser açoitados até o sangue, pelos anjos que guardam a casa de Deus! Entre outros, esses que conversam inutilmente; os que têm uma atitude aborrecida ou sem recolhimento; os que no domingo pela manhã vêm à igreja ainda vestidos com as roupas sujas de uma semana de trabalho, ao passo que à tarde se adornam requintadamente para irem a passeio e às reuniões com os amigos. Será que Nosso Senhor olha com simpatia para essas barraquinhas pagãs nas festas dos santos? Para as cervejas, pingas, músicas profanas, forrós e outras baixarias em “louvor” aos santos? Os bispos e padres que realizam esse paganismo, terão que prestar terríveis contas a Nosso Senhor no dia do Juízo. O que dirão a Deus no dia do Juízo, as moças e senhoras que vão seminuas na casa de Deus, desfilarem as suas roupinhas ridículas? O padre que permite tal exibicionismo também terá que se explicar. São milhões os católicos que dão coicinhos ao invés de fazerem uma piedosa genuflexão. Os mesmos esparramam os dedos pelo rosto, ao invés de se benzerem e se persignarem com piedade e respeito. Será que Nosso senhor fica feliz com tais atitudes? 3.14.a.2 Falta de respeito interior
  • 161 Longas caravanas de devotos passavam por Alexandria para irem em peregrinação ao Sepulcro de Cristo. Uma mulher corrupta e corruptora olhava-os passar, e luziu-lhe na mente um propósito diabólico: disse ela: “Eu também me farei peregrina, e semearei uma bela matança de almas na própria terra do Salvador; nos próprios templos onde eles entrarem para rezar, eu também entrarei, e os pescarei nas minhas redes sensuais”. E partiu. Mas, quando chegou à terra de Jesus, quando estava naquelas regiões que o viram caminhar e o ouviram falar, alguma coisa já se lhe havia mudado no espírito. Ainda imunda como era, tentou entrar no templo da Santa Cruz: apenas se achou no adro, um temor empolgou-a. Ela esforçava-se por avançar, mas não podia: uma força misteriosa repelia-a para trás, e ela não conseguia vencê-la. Maria Egipcíaca compreendeu, tremeu toda como uma folha de choupo, e chorou. (...) Ao levantar ao céu os olhos úmidos de lágrimas, viu no seu interior a lembrança de Jesus: ajoelhou-se e fez uma oração. Quando se levantou, estava arrependida no coração: pôde entrar no templo, onde confessou os seus pecados, e depois veio a ser santa. Mais importante do que o respeito exterior é o respeito interior que devemos levar à casa de Deus: “Ao aproximardes do meu santuário, tremei: eu sou o Senhor”.298 Contudo, quantas vezes se entra na igreja com a alma pesada de culpas e sem nenhuma dor delas, sem sequer o propósito de uma boa confissão! Deus nem sempre vos repelirá sensivelmente, como fez com Maria Egipcíaca, mas os seus olhos, que descobrem “manchas” nos anjos, fechar-se-ão com horror diante de vós. Ainda não percebestes como tudo na igreja vos convida à santidade interior? (...) De que vale haver na igreja lâmpadas de ouro, vasos preciosos, panos finíssimos, quando as almas são lâmpadas apagadas que não querem ser reacendidas, quando o coração é um vaso contaminado que não quer a purificação, quando a veste interior da graça se perdeu e nem de deseja readquiri-la? De que vale que tudo 298 Levítico 26:2.
  • 162 na igreja vos convide à santidade, se vós não ouvis o apelo e, o que pior é, se vindes à casa de Deus para fartar os olhos de vaidade e o coração de desejos ilícitos? Queira o Senhor que não suceda agora justamente o oposto do que aconteceu então, quando Jesus realizava os milagres no templo. Entravam cegos, aleijados e enfermos, e dali saíam sãos. Nas nossas igrejas entram sãos e saem dela enfermos; entram para rezar e dela saem cegados por algum pecado. O que dirão a Deus no dia do Juízo, os bispos e padres que incentivam e permitem os fiéis usarem a casa de Deus para discutirem sobre política? O que dirão a Deus por permitirem os fiéis dançarem, pularem e gritarem dentro da igreja, profanando terrivelmente a casa de Deus? O que não é permitido fazer no escritório de um juiz, de um promotor... é permitido fazer dentro da casa do Deus Altíssimo. Está correto tal atitude? Será que os bispos e padres que permitem tamanha baixaria possuem fé em Jesus? (...) É uma vergonha o que está acontecendo hoje em milhares de paróquias. As pessoas, infelizmente, procuram as igrejas para dançarem, pularem, berrarem... e o pior de tudo, o clero assiste tais profanações e até ajuda. Que vergonha! 3.14.b Quando teremos orgulho de nossos representantes?299 299 Tirado da internet.
  • 163 Mais um texto que tiramos da internet que vale a pena analisar e refletir, pois é importante perceber que as verdades de Deus estão “no ar”, e o Seu juízo está próximo. Tudo isso nos leva a pensar sobre quais mecanismos Deus começará o juízo na Sua casa. Temos tido notícias sobre as diversas ameaças que “volta e meia” vem de Brasília. São vários os projetos de lei que vem para tentar de todas as maneiras cercar as igrejas e o seu monopólio. Sabemos que os projetos de Deus não poderão ser frustrados e evidentemente o inferno não prevalece contra o que é de Cristo, porém contra o que é anti-Cristo, prevalecerá. Como poderemos separar aí o joio do trigo? Quando saberemos que a perseguição virá aos santos ou aos apóstatas? Fala Deus que os filhos não ficarão confundidos e nem envergonhados, portanto, de alguma maneira teremos algum discernimento sobre o assunto, pois os que militam no exército de Cristo estarão a postos nos últimos dias fazendo guerra, despovoando o inferno e povoando os céus. Sabemos também que esta igreja estabelecida, faliu, pois foi transformada em covil de ladrões como bem sabemos e vemos. Então, teremos que estar alertas para o que está acontecendo, pois muitas vezes o ataque às igrejas vem a mando do Criador varrendo a iniqüidade, purificando o templo, expulsando os cambistas, exterminando o comércio, a indústria de ídolos, e, como desta igreja do status quo não ficará pedra sobre pedra, e nos últimos dias Deus estabelecerá juízes como eram dantes, devemos esperar um movimento neste sentido, ou seja, que sejam derrubadas estas pedras que abrigam corações de pedras, e das cinzas Deus nos resgate para a honra, para o coração de carne, para a dignidade que perdemos ao longo desses negros anos em que reinou a apostasia e a vergonha. Vemos no texto a seguir algum movimento que citamos como exemplo. Os voluntários do Núcleo da cidade de Santos/SP estão presentes em todas as sessões e em audiências públicas, e observam, o que também acontece em outras Câmaras Municipais, que:
  • 164 Na maioria das sessões plenárias, o debate democrático dos vereadores e a discussão dos projetos em pauta, não existe. Este seria um momento e oportunidade de cada um dos parlamentares contribuir com sua experiência para a melhoria da realidade do cidadão comum e seu cotidiano na cidade, o que deveria ser o primeiro e principal objetivo do poder legislativo, o debate e a deliberação na conquista de melhores leis, diante de tantas carências. A postura dos vereadores é sempre um espanto para qualquer cidadão que assiste à uma sessão plenária em Santos. Conversas paralelas, ou por celulares, um entra e sai constante, fumantes em plenário, são os usuais padrões de comportamento e os assuntos em pauta não prendem a atenção. A ação fiscalizadora dos atos do executivo, um dos principais papeis dos vereadores, tem se demonstrado frágil e inconsistente. Acreditamos que a aprovação do projeto da reforma administrativa, por exemplo, deveria ter sido profundamente debatida, com audiências públicas divulgadas e em horário compatível, possibilitando à sociedade civil organizada, conhecer e opinar sobre a matéria, pois é de seu interesse um serviço público eficiente e de melhor qualidade. O acesso às informações é um direito de todo cidadão, e nem sempre cumprido, só nós sabemos a dificuldade para consegui-las. Os procedimentos extra-sessões (dia e horário de reuniões das comissões, por exemplo) são feitos aleatoriamente, sem comunicação, agendamento e aviso em tempo hábil. A suspensão das sessões por motivos injustificáveis é um desrespeito ao cidadão, interessado e responsável que quer assisti-las e não está sendo considerado. Homenagens podem ser feitas com um minuto de silêncio, sem prejuízo dos trabalhos legislativos, que não precisam ser interrompidos. Quando teremos representantes político atento aos problemas coletivos e a busca de suas soluções, travando com um canal de comunicação eficiente com a população para somar esforços? Seguimos em nosso trabalho com esperança e perseverança de um dia termos contribuído para o exercício da verdadeira democracia. Nota da redação: Antes da igualdade feminina as mulheres eram mais protegidas pela lei em caso de separação, agora elas cada vez mais pagam pensão aos homens, e estes cada vez mais conseguem na justiça escusar-se de cumprir com os seus compromissos. Da mesma maneira a situação se forma nas Igrejas que cederam terras de possessão perpétua em troca de paz, ou seja, cederam santidade, submissão às normas Bíblicas para serem mais aceitas e menos perseguidas, que deram as mãos para lucro, e que agora têm que se submeter a uma normatização igualitária aos clubes, ou associações, e desta forma, mais e mais se afastando da honrada posição de representantes de Cristo na terra, se adequando a várias situações que chocam com verdadeiro objetivo da Igreja. Quem planta colhe. A Igreja plantou o mercantilismo e se misturou de tal forma que não têm mais a prerrogativa de serem respeitadas nos seus princípios e
  • 165 nas suas funções sacerdotais. É uma lástima, porém, previu as Escrituras: “Não ficará pedra sobre pedra que não seja derrubada”, pois, o meu santuário se forma dentro do coração do homem, “o reino de Deus está dentro de vós”. Continuando o texto: A democracia também será incentivada. Os membros das igrejas, mesmo aquelas que adotam governo centralizado, passam a ter mais voz, com o aumento de poder das assembléias de congregados. Por outro lado, punições - como a exclusão, por exemplo - não poderão mais ser aplicadas de forma arbitrária. Vai acabar, ao menos no papel, aquela história de um membro ser expulso por não ler na cartilha do pastor. Além de um processo justo, equivalente ao que é feio no sistema legal do país, os acusados terão direito de recorrer. E o banimento de alguém do rol de membros só poderá ocorrer por justa causa, desde que conste, nos estatutos da comunidade, caracterização e punição estabelecidas para o delito cometido. Por este raciocínio, igrejas que costumam funcionar como verdadeiras empresas, dando remunerações adicionais a pastores pelo aumento de arrecadação ou constrangendo emocional e psicologicamente seus freqüentadores com pedidos de ofertas e contribuições, podem se complicar. Mesmo as tradicionais cantinas a livrarias que inúmeras igrejas mantêm nos templos? Em muitos casos, um jeitinho para driblar as tributações e encargos legais? podem estar com os dias contados. "Até agora, tolerou-se a exploração comercial paralela. Mas as igrejas chamaram a atenção dos gestores públicos. Hoje, há um esforço para separar as funções entendendo-se que esse tipo de atividade não é uma das funções que competem a uma igreja. Seria melhor que tais empreendimentos fossem explorados por terceiros ou microempresas que pagam normalmente os impostos", completa Duarte.
  • 166 “ - Mas não é apenas com o aspecto mercantilista que as igrejas terão que tomar cuidado daqui por diante. A nova lei traz, do artigo 53 até o 61, uma série de regras e observações que devem ser respeitadas. Daí para a ilegalidade e irregularidade perante os órgãos públicos é um passo. Ainda que a igreja não seja fechada, se determinadas transgressões ocorrerem, estará comprometida a validade de qualquer um de seus atos. Dessa forma, os administradores e pastores também precisarão ser muito mais responsáveis pelas suas ações. "Se ficar caracterizado o desvio de finalidade ou do patrimônio da associação com bens, o juiz pode responsabilizar os administradores por qualquer obrigação assumida pela comunidade", diz o juiz cível Santana, em São Paulo. De acordo com o magistrado, construção de grandes templos e valorização do trabalho ministerial são sempre importantes, mas é preciso tomar cuidado com os compromissos assumidos. Segundo Leonel, que é crente batista, as assembléias da igreja deverão aprovar e auditar as contas. Outro ponto que tem gerado muita controvérsia está no artigo 57 do novo Código, que trata das disciplinas e exclusão de membros. Em algumas denominações, comenta-se, até os membros apóstatas não poderão mais ser excluídos. "Isso não é verdade. As igrejas continuam com as prerrogativas de punir ou excluir", esclarece o advogado a professor do Seminário Batista do Sul do Brasil Gilberto Garcia. No entanto, ele adverte que agora algumas condições deverão ser observadas antes de se punir o membro faltoso. A primeira é explicitar no estatuto ou em um regimento disciplinar as transgressões que podem levar a penalidade ou exclusão. Cláusulas genéricas como "pecado", "transgressões contra a palavra de Deus" ou "atitudes em desacordo com a Bíblia Sagrada" devem ser evitadas e até, se possível, substituídas por termos técnicos jurídicos. Nota da redação: MISERICÓRDIA!!! 3.14.b.1 Comentário de Pastores sobre o sindicato
  • 167 Ministros de Cultos Religiosos Evangélicos e Trabalhadores Assemelhados, prevê uma tentativa de o sindicalismo bater as portas da Igreja Evangélica. Fruto da iniciativa de um obscuro grupo de pastores, a entidade chegou a ser registrada no Ministério do Trabalho, em maio de 1999, mas enfrentou feroz oposição de onde, talvez, menos esperasse - a própria Igreja. Entre as reivindicações dos companheiros pastores, estava o estabelecimento de piso salarial de, na época, R$ 500; registro em Carteira de Trabalho; a fundo de garantia, 13° salário e férias, além de outros benefícios. Só que a questão esbarrava num problema jurídico: a doutrina da Justiça do Trabalho classifica a relação entre pastores e igrejas como uma espécie de acordo desinteressado, visando o exercício da própria fé, e não como emprego. Tanto, que nem considera a remuneração que o ministro do Evangelho recebe como salário. O termo técnico usado pelos magistrados para se referir aos valores recebidos pelos ministros religiosos é "prebenda". "Pastores, padres, rabinos ou assemelhados não exercem atividade profissional em sentido técnico; apenas uma vocação religiosa, pois tal atividade não tem finalidade de lucro ou de produzir bens, mas apenas a pregação religiosa e a difusão da fé", ensina o juiz Antonio Miguel Pereira, do Tribuna Regional do Trabalho da 15° Região, em Campinas (SP). Claro que, na prática, a coisa nem sempre corre como deveria, e existem, de fato, pastores explorados por líderes de denominações. Mas o fato é que o Sindicato dos Pastores teve existência efêmera. Um mês depois de concedido o registro, o mesmo foi cassado pelo Ministério do Trabalho, e seus dirigentes voltaram para a obscuridade. Foi o fim de uma iniciativa que, se fosse bem sucedida, prometia causar o maior rebuliço nas igrejas. 3.14.b.2 Comentário final
  • 168 Muitos ministros evangélicos tem se resguardado e uns falam até em inconstitucionalidade, já que a Carta Magna diz que a liberdade de religião, crença, culto e consciência são invioláveis. "De fato, ao impor uma série de regras e obrigatoriedades, o novo Código Civil Brasileiro acaba interferindo na auto regulamentação das igrejas", admite o juiz Caramuru Afonso Francisco, doutor em direito pela USP e presbítero da Assembléia de Deus. Porém, a dificuldade é que uma ação de inconstitucionalidade não pode ser movida por associações nem convenções. Precisa do apoio de partidos políticos no Congresso e ainda assim, tem poucas chances de dar resultado devido ao tempo que leva para ser apreciada. "No final das contas, nenhuma lei secular vai garantir um padrão de ética para os crentes. Estes é que devem dar o exemplo", acredita, por sua vez, o juiz Abner Apolinário, da Assembléia de Deus de Recife, que completa: "Por exemplo, a mentira, exceto no caso de falso testemunho, não tem importância jurídica. Da mesma forma, as relações sexuais entre adultos desimpedidos de casar, mas são contrárias à Bíblia, nossa regra de fé. Se seguirmos o que ela diz, estaremos cumprindo a lei e dando o necessário testemunho". E é bom que seja assim, já que a Bíblia exorta os filhos de Deus a agirem de modo que os outros, vendo suas boas obras, glorifiquem ao Senhor. "A Miséria no mundo só irá acabar quando o último rei for enforcado nas tripas do ultimo padre ou pastor".300 3.14.c Alerta sobre a liberdade e a perseguição religiosa301 300 Diderot. 301 Missões Portas Abertas.
  • 169 Aqui temos outro exemplo falando do outro lado da moeda, que nos faz tremer só de pensar no atrevimento do diabo para tentar calar a boca de Deus, que é a Bíblia. Esta é uma perseguição aos santos, pois projetar uma lei que fira as cláusulas pétreas da Constituição Brasileira, os Direitos Humanos, os Tratados Internacionais de Paz e as Garantias dos direitos individuais que são invioláveis, isto realmente, é passar da medida. Fala o texto sobre os projetos de lei sobre os homossexuais. Como poderia Deus deixar alguém de fora da oportunidade da salvação? Os únicos que não terão direito ao perdão são os que blasfemaram contra o Espírito Santo de Deus, fora estes, todos terão a oportunidade de arrependimento e conserto. O leitor poderá ler e analisar os textos bíblicos, e, falar se poderá um cristão, um que segue esta Palavra que é o próprio Deus que se fez carne, negar este Deus para depois ser negado por Ele: “37 Todo o que o Pai me dá virá a mim; e o que vem a mim de maneira nenhuma o lançarei fora”.302 “33 Mas qualquer que me negar diante dos homens, também eu o negarei diante de meu Pai, que está nos céus”.303 “10 E a todo aquele que proferir uma palavra contra o Filho do homem, isso lhe será perdoado; mas ao que blasfemar contra o Espírito Santo, não lhe será perdoado”.304 “19 De tudo o que vive, de toda a carne, dois de cada espécie, farás entrar na arca, para os conservares vivos contigo; macho e fêmea serão”.305 302 João 6:37. 303 Mateus 10:33. 304 Lucas 12:10. 305 Gênesis 6:19.
  • 170 “27 Criou, pois, Deus o homem à sua imagem; à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou”.306 “22 e da costela que o senhor Deus lhe tomara, formou a mulher e a trouxe ao homem”.307 “22 Dizendo-se sábios, tornaram-se estultos, loucos, 23 e mudaram a glória do Deus incorruptível em semelhança da imagem de homem corruptível, e de aves, e de quadrúpedes, e de répteis. 24 Por isso Deus os entregou, nas concupiscências de seus corações, à imundícia, para serem os seus corpos desonrados entre si; 25 pois trocaram a verdade de Deus pela mentira, e adoraram e serviram à criatura antes que ao Criador, que é bendito eternamente. Amém. 26 Pelo que Deus os entregou a paixões infames. Porque até as suas mulheres mudaram o uso natural no que é contrário à natureza; 27 semelhantemente, também os varões, deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para como os outros, varão com varão, cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a devida recompensa do seu erro. 28 E assim como eles rejeitaram o conhecimento de Deus, Deus, por sua vez, os entregou a um sentimento depravado, para fazerem coisas que não convêm; 29 estando cheios de toda a injustiça, malícia, cobiça, maldade; cheios de inveja, homicídio, contenda, dolo, malignidade; 30 sendo murmuradores, detratores, aborrecedores de Deus, injuriadores, soberbos, presunçosos, inventores de males, desobedientes ao pais; 31 néscios, infiéis nos contratos, sem afeição natural, sem misericórdia; 32 os quais, conhecendo bem o decreto de Deus, que declara dignos de morte os que tais coisas praticam, não somente as fazem, mas também aprovam os que as praticam”.308 “9 Não sabeis que os injustos não herdarão o reino de Deus? Não vos enganeis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os sodomitas. 10 nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbedos, nem os maldizentes, nem os roubadores herdarão o reino de Deus”.309 “10 para os devassos, os sodomitas, os roubadores de homens, os mentirosos, os perjuros, e para tudo que for contrário à sã doutrina”.310 “22 Não te deitarás com varão, como se fosse mulher; é abominação”.311 306 Gênesis 1:27. 307 Gênesis 2:22. 308 Romanos 1: 309 I aos Cor 6:9,10. 310 I a Tim 1:10. 311 Levítico 18:22.
  • 171 Esta ameaça me transporta ao Apocalipse que nos alerta que haverá um tempo em que os cristãos serão perseguidos de morte se não se prostrarem diante da besta, ou seja, ou negam a Cristo ou morrem:312 “16 E fez que a todos, pequenos e grandes, ricos e pobres, livres e escravos, lhes fosse posto um sinal na mão direita, ou na fronte, 17 para que ninguém pudesse comprar ou vender, senão aquele que tivesse o sinal, ou o nome da besta, ou o número do seu nome. 18 Aqui há sabedoria. Aquele que tem entendimento, calcule o número da besta; porque é o número de um homem, e o seu número é seiscentos e sessenta e seis”.313 Não será o diabo quem ditará as normas aos filhos de Deus, mas estes terão que clamar, pois os tempos são findos, e os piores que já houve. 312 Registramos logo a seguir um texto que fala sobre esta desgraça. 313 Apoc 13:16/18.
  • 172 Não haverá exclusão para os homossexuais evidentemente e nem poderá haver quem diga que não há cura para estes no colo de Deus, pois inúmeros deles foram libertos para a honra e glória do Senhor do Universo que está no controle de tudo, e que é Soberano eternamente. Esta que vos escreve e que é uma pessoa separada para uso exclusivo de Deus, que fala com Deus, que tem o seu nome escrito no Livro da Vida, pois sou filha e serva, passou por esta experiência. Em dado momento da minha vida, em que eu vivia na companhia de pessoas que vivem este conflito (estava nesta época na Faculdade de Educação Física), passei a ter desejos por outra mulher. Havia momentos que eu pensava assim e em outros eu tinha horror de mim mesma, nojo e ficava perdida, pois estes pensamentos se alternavam dentro de mim sem eu saber o que isto significava. Os motivos eram muitos: rejeição, carência, decepção com os homens, etc., o fato é que eu estava dividida, e sem saber realmente o que eu era. Deus permitiu que eu vivesse esta desgraça (eu amo muito essas pessoas que sofrem o que só Deus sabe) para testemunhar, como assim o faço, e assim anunciar as boas novas de cura e libertação que é feita em NOME DE JESUS, a todos que se submetem ao tratamento com o Médico dos Médicos. Eu sei que isto choca muito as pessoas e que muitos que são curados não podem sequer testemunhar nas igrejas, assim como muitos que têm AIDS, pois na Babilônia é tudo manipulado para o lucro. Quando conheci Jesus entendi que demônios (um terço dos anjos caíram com satanás que era antes Lúcifer, um anjo de Luz, e se tornaram em demônios) se disfarçam de espíritos de toda natureza, e entram dentro das pessoas e usam os seus corpos.314 Assim acontecia comigo nesta época. Quando conheci a Verdade, fui liberta totalmente e não há nenhum vestígio em mim: “32 e conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará”.315 Eu mesma muitas vezes me espanto quando tenho que testemunhar, pois estou falando realmente de outra pessoa: a que era antes do meu novo nascimento, que não tinha recursos para entender ou se 314 Relato esta experiência nos textos “O oculto do ocultismo” e “Terafins e correlatos”. 315 João 8:32.
  • 173 livrar desta maldita carga espiritual, da qual tantos estão submersas, crendo que não têm saída. Quem poderá falar que isto é verdade, se há aqui alguém afirmando o contrário? Quem poderá dizer que um cristão é contra ou discrimina uma pessoa tão necessitada de ajuda e compreensão como esta depois de ler este pequeno parágrafo? NINGUÉM, em sã consciência. As aberrações, os aleijões, as maldições abundam na terra colocadas por nós, porém, Deus, na Sua incalculável e indizível misericórdia nos enviou o Remédio, o Caminho para a paz, a Porta de saída do Caos, que é também a Porta de entrada para as verdes pastagens, que é o Filho Unigênito do Pai que se tornou o Primogênito entre tantos, a Semente Bendita que morreu e depois brotou com toda força e beleza gerando frutos multiplicados para Deus. A pior desgraça que pode acontecer a uma pessoa na terra é perder esta grande oportunidade de entrar e sair por esta PORTA. O Brasil, país conhecido em todo o mundo por sua tolerância e respeito às diferenças raciais, religiosas e étnicas, entre outras, encontra-se hoje diante de uma flagrante ameaça à liberdade de expressão e culto. Dois projetos de lei que se propõem a evitar o preconceito, também possuem regras para silenciar e censurar a pregação da Bíblia Sagrada. E sem que a maioria da população se dê conta disso, estão seguindo o trâmite de aprovação no Congresso Nacional. Um deles está no Senado, prestes a se tornar lei (PL 122/06) e outro com o mesmo teor está na Câmara dos Deputados (PL 6418/2005). Em breve poderemos assistir pastores sendo presos por pregarem o Evangelho, como em muitos países da África, e pais perdendo a guarda dos filhos por transmitirem a sua convicção religiosa, como ocorre em localidades do Oriente Médio. Casos como na China e na Coréia do Norte, onde pastores são presos por distribuírem Bíblias, podem se tornar comuns. 3.14.c.1 Crime de opinião religiosa
  • 174 Uma leitura mais apurada no texto do PL 122/06 – que prevê detenção de um a três anos para quem for condenado por injúria ou intimidação ao expressar um ponto de vista moral, filosófico ou psicológico contrário ao dos homossexuais – revela que, na prática, a pregação de alguns trechos da Bíblia poderão ser criminalizados, a despeito das diferentes interpretações de correntes doutrinárias. O PL 122/06 está prestes a ser votado pelos senadores e em seguida seguirá para a sanção do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, para se tornar lei. Confira os principais pontos do projeto aqui. O governo é favorável à criação desta nova lei e seu posicionamento está claramente expresso no programa “Brasil Sem Homofobia” (leia mais). Um projeto ainda mais pernicioso e semelhante a este que tramita na Câmara, o PL 6418/2005, ainda prevê aumento da pena em um terço para qualquer um que fabrique, distribua ou comercialize quaisquer pontos de vista contra homossexuais, sejam impressos ou verbais. No caso de materiais impressos, a nova lei prevê o confisco e a destruição dos mesmos, o que expõe a Bíblia Sagrada ao risco de ser recolhida e destruída pelas autoridades brasileiras. No caso de transmissões televisivas ou radiofônicas, a lei prevê a suspensão delas. 3.14.c.2 Perseguição aos ofertantes
  • 175 A ameaça torna-se ainda mais gritante ao atingir os próprios crentes brasileiros, que são os principais financiadores de missões, igrejas e programas nos meios de comunicação de massa que se propõem a pregar o Evangelho de Cristo. Isso porque, pelo que está previsto no PL 6418/2005, quem financia, patrocina ou presta assistência a qualquer um que “transgredir essa lei”, ou seja, que pregar qualquer ponto que desagrade a um homossexual, poderá ser condenado a uma pena de dois a cinco anos de prisão. Como cristãos, ou seja, como defensores do amor ao próximo pregado por Jesus Cristo, não aceitamos que qualquer pessoa, seja homossexual ou não, sofra atos de violência, seja proibida de permanecer em locais públicos ou tenha seus direitos civis violados – pontos que estão servindo de justificativa para os que defendem tais projetos. Só não podemos permitir a invasão de um direito assegurado na Constituição Federal de 1988, no artigo 5º, inciso VI: “É inviolável a liberdade de consciência e de crença”. Por isso, diante desta séria ameaça aos direitos religiosos de todos nós, cidadãos cristãos, principalmente aos evangélicos, cresce a demanda por uma intensa mobilização por parte de todos aqueles que, independentemente de aprovarem ou não a conduta homossexual, desejam garantir o direito de livre expressão de suas opiniões e convicções, sejam elas contrárias ou não ao homossexualismo. Esta mobilização, além de ser expressa em orações e jejuns, deve ser acompanhada de uma dinâmica prática, sob diferentes formas, tais como: *Envie seu protesto para os senadores e deputados envolvidos na aprovação destas Leis... (veja listagem de alguns deles aqui) por meio de cartas, telefonemas, fax e emails; *Participe de abaixo-assinados que expressem o descontentamento com estes projetos de lei e assegure que eles sejam entregues às autoridades; *Entre em contato com o parlamentar em quem votou e chame a atenção dele à questão; *Repasse estas informações sobre a ameaça que estas leis trarão à liberdade de expressão e culto no Brasil a TODOS os seus conhecidos. *Utilize seu mailing pessoal e os meios de comunicação de sua igreja. *Nossa tão propagandeada liberdade religiosa pode estar com os dias contados. E não é apenas o cristianismo que está correndo o risco de ser censurado. O islamismo e o judaísmo também, pois todas tratam do assunto em seus livros sagrados. Portanto, o que está em questão não é o homossexualismo em si e sim a criação de um crime de expressão e opinião religiosa. Nota da redação: “12 E na verdade todos os que querem viver piamente em Cristo Jesus padecerão perseguições”.316 3.14.d Apocalipse – (Nosso futuro promissor??) 317 316 II a Timóteo 3:12. 317 Internet/ e-mail recebido.
  • 176 O que você vai saber agora é a mais recente novidade deste mundo. É do tamanho de um grão de arroz. Ele vem com uma novidade vantajosa que eliminará qualquer necessidade de se usar documento ou dinheiro. Já é usado como inibidor de seqüestros por empresários do mundo inteiro e você usará pelas vantagens e por imposição. Fuja disso, veja porque: A Motorola é quem está produzindo o microchip para a Mondex Smartcard que desenvolveu vários implantes em humanos usando o ship, que mede 7 mm de comprimento e 0,75 mm de largura, ou seja, mais ou menos do tamanho de um grão de arroz. Contém um transponder e uma bateria de lítio recarregável. A bateria é recarregada por um circuito de termopar que produz uma corrente elétrica com flutuações da temperatura do corpo. Trasponder é um sistema de armazenamento de leitura de informação em um microship, cuja leitura se dá em ondas como de controle remoto. Memorize este nome e sua marca: MONDEX (borboleta como símbolo). Mais de 250 corporações em 20 países estão envolvidas trazendo Mondex para o mundo e muitas nações já foram privilegiadas para usar o sistema, entre elas: Reino Unido, Canadá, EEUU, Austrália, Nova Zelândia, Israel, Hong Kong, China, Indonésia, Macau, Malásia, Filipinas, Cingapura, Tailândia, Índia, Taiuã, Scrilanka, Costa Rica, Guatemala, Nicarágua, Panamá, Onduras, El Salvador, e agora, Brasil. Estão sendo usados outros sistemas de Starcard, Smartcard em favor do Mondex, especialmente, desde que o Master Card comprou uma participação de 51% apostando na companhia. Então você perguntaria: Afinal, o que eu tenho a ver com isso? Eles gastaram mais de 1,5 milhões de dólares de estudos, para saber o melhor local para colocar este bioship no corpo humano. Eles só acharam dois lugares satisfatórios e eficientes: a testa, debaixo do couro cabeludo e a parte de trás da mão (especificamente a mão direita). “E fez que a todos, pequenos e grandes, ricos e pobres, livres e escravos, lhes foste posto um sinal na mão direita ou na fronte”.318 Não é muita coincidência? Eles estão produzindo anualmente um bilhão de bioship Mondex por ano. E eles já estiveram em produção durante pelo menos um ano. Eles descobriram que se o ship estivesse nos cartões haveria alguns 318 Apoc 13:16.
  • 177 problemas sérios, pois este poderia ser cortado, as informações seriam mudados ou falsificados, os valores podem ser alterados, pode ser quebrado, roubado ou perdido. Após a implantação do cartão, esse mesmo deverá sair fora de uso dentro de alguns anos (1 ou 2 anos mais ou menos), enfim, o dinheiro vivo não será mais seguro no comércio em geral. Há uma só solução para este problema que é seguido pela Motorola, que é o implante do bioship na mão direita ou na testa: Ele não poderá ser tirado depois de feito o implante, visto que se for tirado cirurgicamente, o invólucro se quebrará e o indivíduo será contaminado pelo lítio contido dentro da microbateria, e logo, o sistema de posicionamento global detectará esta retirada e colocará a polícia em alerta. Ainda, o Mondex quer dizer: Dinheiro na mão direita. MON = monetário – pertencendo a dinheiro. DEX = dexter, pertencendo ou localizado na mão direita. E aí, vai encarar? Este é o grupo que pretende governar este planeta.319 Clique nesses links a seguir para saber detalhes sobre os grupos que pretendem governar este planeta: http://www.Lucent.com.br http://www.mondex.com atp://www.cibc.com/index.html http://www.mondexusa.com Grifo nosso: Mais uma vez repetimos o Apocalipse, a Revelação de Deus. “E foi-lhe concedido que desse espírito à imagem da besta, para que também a imagem da besta falasse, e fizesse que fossem mortos todos os que não adorassem a imagem da besta. E faz que a todos, pequenos e grandes, ricos e pobres, livres e servos, lhes seja posto um sinal na sua mão direita, ou nas suas testas, para que ninguém possa comprar ou vender, senão aquele que tiver o sinal, ou o nome da besta, ou o número do seu nome. Aqui há sabedoria. Aquele que tem entendimento, calcule o número da besta; porque é o número de um homem, e o seu número é seiscentos e sessenta e seis”.320 3.15 A tradição e a fé Meditemos aqui neste texto em João sobre a questão: 319 www.momdex.com 320 Apocalipse 13:15/18.
  • 178 “1 Depois disso havia uma festa dos judeus; e Jesus subiu a Jerusalém. 2 Ora, em Jerusalém, próximo à porta das ovelhas... (simbologia: a porta da ovelhas é o lugar onde as pessoas escutam sobre a obra da cruz de Cristo, sobre a salvação, libertação, que poderá estar em qualquer lugar) ... há um tanque, chamado em hebraico Betesda, o qual tem cinco alpendres. 3 Nestes jazia grande multidão de enfermos, cegos, mancos e paralíticos [esperando o movimento da água]... (simbologia: a água é a Palavra de Deus, que lava a cada um de toda a imundícia, e que mata a fome e a sede de JUSTIÇA). ... 4 [Porquanto um anjo descia em certo tempo ao tanque, e agitava a água; então o primeiro que ali descia, depois do movimento da água, sarava de qualquer enfermidade que tivesse]... (isto acontecia antes de Jesus pagar o preço por cada um de nós; depois deste feito único e indizível este tanque de Águas Purificadoras estará no lugar preparado por Deus para banhar o que Ele anuncia e crê) ... 5 Achava-se ali um homem que, havia trinta e oito anos, estava enfermo ... (a sua fé não esmoreceu depois de todo este tempo, mesmo com a dificuldade muito maior que outros para descer ao tanque. Jesus busca estes tais que têm a certeza que Ele não os deixará vazios, que
  • 179 sabem que Ele não tem a mão encolhida, não é surdo e nem impotente para salvar321 ). ... 6 Jesus, vendo-o deitado e sabendo ... (Jesus sabia) ... que estava assim havia muito tempo, perguntou-lhe: Queres ficar são? 7 Respondeu-lhe o enfermo: Senhor, não tenho ninguém que, ao ser agitada a água, me ponha no tanque; assim, enquanto eu vou, desce outro antes de mim ... (este ritual era necessário naquela época; vemos aqui o egoísmo e a falta de misericórdia que abunda, infelizmente, no mundo que nós amaldiçoamos, e que jazz todo no maligno; este ritual não mais é necessário, mas a tradição religiosa ainda cobra, para ela, as indulgências, os dogmas, os sacrifícios vazios, as tantas especulações que se faz a respeito de Deus e o seu manancial de bênçãos, enganando os incautos, e se possível até os escolhidos322 ) ... 8 Disse-lhe Jesus: Levanta-te, toma o teu leito e anda ... (Jesus usou apenas o que é necessário pra que um paralítico ande: a FÉ. É só a fé que alguém precisará para se levantar da paralisia, seja ela qual for, seja o tempo que for. Se alguém tem a fé em Jesus e na obra do Calvário, está em aliança com Deus, e portanto a saúde de Jesus lhe é dada, em troca da sua doença. Esta estava sobre Ele na cruz, assim como todas as maldições323 . 321 Isaías 59:1. 322 Mateus 24:24. 323 Isaías 53:4.
  • 180 E por que os homens ainda são tão amaldiçoados? Porque ainda não crêem, e se creram, não aprenderam a tomar posse, ou há alguma reivindicação maligna ainda em pouso. Há um tempo para todo propósito debaixo dos céus324 . Há pessoas que são curadas da doença e outras na doença, ou seja, pelos motivos vários que poderá haver. Há pessoas, por exemplo, que Deus sabe ou ela mesma admite, que se curadas iriam “voltar ao vômito”, portanto, este espinho no seu ninho é só uma proteção de Deus, para que ela não se perca ainda mais. OU seja, alguns são capacitados para glorificarem o nome de Deus nesta condição, e outros são perfeitamente curados. Ele não deixa ninguém de fora325 . 3.15.a Fala Ricardo Gondim: 326 Colamos aqui um trecho do texto espetacular do autor: 324 Eclesiastes 3. 325 João 6:37 326 Doxa Produções- www.betesda.com.br- Cep: 04705-080- “Jesus no contrafluxo da história- Ricardo Gondim.
  • 181 (...) O versículo 15327 fala que Ele curou a todos. Precisamos corrigir o nosso conceito de cura (este texto é holístico, total, integral, integrado); quando lemos isso, se acabar a reunião e alguém não tiver sido curado do câncer, se for um dos “filósofos”, irá certamente perguntar: “O senhor não é um dos continuadores do ministério de Cristo? Se Jesus curou a todos, porque aqui não acontece à mesma coisa?”. Teremos então de dizer o seguinte: Sai curado sim, só que o nosso conceito de cura é diferente do conceito mundano de cura. Quando falamos que Jesus curou a todos, queremos dizer que todas as pessoas que estavam em contato com Ele foram curados, mas não estamos querendo dizer que todas as pessoas que foram curadas, o foram da mesma maneira328 . Ex: (vamos fazer uma declaração meio estranha) acreditamos que neste ambiente, neste momento, todos podem ser curados, porém quando falamos isso não estamos querendo dizer que se aqui tiver três pessoas paralíticas, todas irão andar, mas sim que um paralítico poderá ser curado da paralisia e os outros dois poderão ser curados na paralisia329 . “Curados de câncer” e “curados no câncer”; uma sutil diferença fazendo um mundo de diferenças. Quando falamos que todos serão curados estaremos incluindo também os que vão morrer de câncer, por isso quando a Bíblia fala que ele curou a todos estará sempre englobando estes dois aspectos; é um conceito holístico, 327 Mateus 12:15. 328 N. R: Recomendamos a leitura de “Benditos hormônios” do Dr. J. Ron Eaker; Graça Artes Gáficas e Editora Ltda, pois este médico cristão aborda com muita revelação este assunto. 329 N.R: Todas as pessoas que vão procurar a cura, estarão todos arrependidos, todos têm fé, são todos iguais? Alguém já viu alguém curado na paralisia fazer coisas maravilhosas que enquanto sãos jamais fizeram?
  • 182 integral. O evangelho não se propõe só a resolver o problema de câncer, mais a resolver problemas mais profundos: o dilema existencial. Deus pode curar a pessoa na situação e fazer com que a sua vida tenha valor.330 Acreditamos que o evangelho fácil que é pregado hoje, não é evangelho, mas uma mentira. Alguém orou assim: “Pedi força e vigor e Deus me mandou fraqueza, pedi sabedoria e Deus me mandou problemas para eu resolver, pedi prosperidade e Deus me deu energia e cérebro, pedi coragem e Deus me mandou situações perigosas para superar, pedi amor e Deus mandou pessoas com problemas, pedi favores e Deus me deu oportunidades; não recebi nada do que queria, mas recebi tudo o que precisava. Minhas preces foram atendidas. Obrigado Senhor”. Jesus pode nos curar na situação em que estamos. Deus sempre está disposto a nos dar tudo o que precisamos, mas nem sempre o que precisamos é aquilo que pedimos. Ás vezes, Deus quer nos curar na situação em que estamos e não nos tirar dela. O fim maior do cristianismo é nos preparar para momentos de tribulação. Podemos ilustrar isso com a história de uma senhora que passou a vida inteira ouvindo a Palavra. Orava e buscava a Deus constantemente. Certo dia descobriu que estava com câncer. Passando alguns dias, ela manda chamar o pastor de sua igreja em sua casa. Ao chegar lá, para surpresa do pastor, o que ela tinha a lhe dizer era o seguinte: - Pastor, durante anos tenho ouvido a Palavra de Deus e O buscado constantemente. Fui ao médico e ele me disse que tenho poucos meses de vida. Para prolongar um pouco mais esse tempo, terei que me submeter a sessões de quimioterapia. Ponderei e cheguei à conclusão que isso me daria uma sobre-vida, não somente para mim, mas também para os meus filhos. Decidi assim, não fazer a quimio. Quero terminar meus dias mostrando a toda minha família que o meu Deus é maior e mais forte, por isso me preparou para passar por isso. Estou preparada para morrer. Sei que tenho salvação e esta é a minha maior alegria. Quero viver estes 330 Nota da redação: “Conheço a tua tribulação e a tua pobreza (mas tu és rico)” (Ap.2:9).
  • 183 últimos dias com dignidade e alegria na presença dos meus filhos. Pois é... não é preciso dizer que até hoje, nas lembranças da família, não houveram momentos de maior glória entre eles. O poder de Deus foi tão forte durante aquele período que, mesmo que aquela mulher jamais tivesse feito ou dito nada, a mensagem deixada naquele período seria o suficiente. Deus nos dá valor em toda e qualquer situação. O cerne do evangelho não é benção, mas justiça! Quando a pessoa está desenganada, desesperada, normalmente fica com muita raiva, muito desapontada quando damos a ela alguma opção que não a que ela está esperando, porém, temos que dizer que o fim maior do cristianismo não é curar câncer, ou tirar alguma empresa do “buraco”, embora possa fazer e já tenha feito tantas vezes isso331 , mas sim preparar a pessoa para saber suportar as “tempestades”, viver àquela hora, que chega para todos indistintamente332 . 3.15.b Fala o Dr. J. Ron Eaker: O autor coloca três modelos de cura: o método mecânico de cura (antes do avanço da medicina muitos morriam pelos mais diversos fatores); a postura mental (foi provado cientificamente que as emoções, tais como estresse e raiva, podem, na verdade diminuir a função dos leucócitos, etc.) e o modo espiritual, ou seja, o poder da oração: 331 “...o vento sopra onde quer, quando quer...”. 332 “ ... se a casa tiver sido edificada sobre a areia e não sobre a rocha, cairá, e a sua queda será grande”. Deus trata o homem como um todo. Nós é que temos uma visão carnal e limitada, por isso sempre achamos que a cura é só física.
  • 184 Estas três abordagens funcionam melhor quando operam juntas. A pessoa sábia é aquela que não focaliza apenas em uma única ferramenta, mas abraça todos os dons da graça, que são dados tão livremente. Como eu entendo a cura, é impossível ser totalmente curado sem alguma influência de cada ferramenta: a biomecânica, a mental, e a espiritual. Cura, como eu uso o termo, refere-se a muito mais do que só livrar o corpo da doença. Volta à origem da palavra “baelam”, que significa deixar inteiro. Inteiro deste sentido é o equilíbrio entre mente, corpo e alma. Chamo isso de tríade de saúde, na qual cada componente é dependente do outro e, para alcançar o equilíbrio, todas as partes devem estar em harmonia. Fala o médico no seu livro das pesquisas científicas em relação à cura pela oração. Como profissional da área de educação física e com alguma experiência nesta área (mais de 20 anos) posso testemunhar que o desequilíbrio de uma das peças, vai interferir nas outras. Uma pessoa recriada por Deus através da fé na obra do calvário (João fala que àquele que creu foi lhe dado o poder de se tornar filho de Deus), é um espírito (feita à semelhança de Deus, que é um espírito), que possui uma alma (o seu intelecto, onde poderá decidir através do seu livre arbítrio), que habita em um corpo. Como já vimos (valendo repetir), afirma o Apóstolo Paulo, a mando de Deus: “O mesmo Deus de paz vos santifique completamente. E todo o vosso espírito, alma e corpo, sejam plenamente conservados irrepreensíveis para a vinda do nosso Senhor Jesus Cristo”.333 Continuando o texto bíblico em João: ... 9 Imediatamente o homem ficou são; e, tomando o seu leito, começou a andar ... (a fé mostra as obras) ... Ora, aquele dia era sábado. 10 Pelo que disseram os judeus ao que fora curado: Hoje é sábado, e não te é lícito carregar o leito ... (os malditos religiosos desfazem as ordens de Jesus; outra vez o tradicionalismo maligno vem mostrar os seus frutos que são sempre desprovidos de amor. Uma pessoa foi curada de uma paralisia de trinta e oito anos, e eles, os religiosos hipócritas e invejosos só tinham olhos para a sua indústria de idolatria, o seu comércio, as suas indulgências. Que prejuízo seria para os seus belos edifícios, destes que não vai ficar pedra sobre pedra que não seja derrubada334 , se todos fossem curados desta maneira, sem nenhum mercenário intermediando!) 333 I aos Tess 5:23. 334 Mateus 24:2.
  • 185 ... 11 Ele, porém, lhes respondeu: Aquele que me curou, esse mesmo me disse: Toma o teu leito e anda. 12 Perguntaram- lhe, pois: Quem é o homem que te disse: Toma o teu leito e anda? 13 Mas o que fora curado não sabia quem era; porque Jesus se retirara ... (o amor não espera recompensa; Jesus não queria publicidade sobre curas, pois o Seu intuito era levar as pessoas para a adoração ao dono da bênção, e não para buscar bênçãos) ... por haver muita gente naquele lugar. 14 Depois Jesus o encontrou no templo, e disse-lhe: Olha, já estás curado; não peques mais, para que não te suceda coisa pior ... (observe-se que havia muitas pessoas ali e Jesus só pode curar este, assim como na Sua cidade não pode fazer muitos milagres, pois não havia ali a fé necessária.335 Jesus era o carpinteiro que vivia com eles no dia a dia – as pessoas não crêem na simplicidade e dificilmente crêem no que está ao seu lado. Fala a Bíblia que o profeta não tem honra na sua própria casa.336 No caso aqui, talvez até pelo péssimo testemunho da família de Jesus que não criam e nem entediam o que Ele fazia. Certa vez saíram para buscar autoridades para prender Jesus, julgando que Ele estava louco, e depois voltaram e O mandaram chamar. Jesus respondeu ao que lhe dava o recado da “sua família” que estava lá fora, que a Sua família não era esta que estava lá fora, mas os que estavam ao Seu redor, ou seja, os que 335 Mateus 13:54/58. 336 João 4:44.
  • 186 faziam a vontade do Pai.337 É fácil e corriqueiro encarar esta Verdade? A religião fala sobre esta bomba? Até fala, mas não desta maneira. A verdade é que é muito difícil para nossa vã filosofia, entender que Maria, a bem-aventurada que gerou Jesus Homem, estava lá fora com os outros filhos, e que Jesus falou que ela, Sua mãe, e os Seus irmãos não eram a Sua família. Sabemos que Jesus nos alerta que aquele que não deixar tudo e todos por Ele, não poderá ser Seu discípulo,338 e isto não é assunto para religioso, mas para adoradores, que colocam Deus e o Seu Reino antes de todas as coisas, não porque lhes é fácil, ou porque não querem ir para o inferno, mas porque não suportam a perspectiva de ficar qualquer segundo sequer sem a presença do seu Deus, quanto mais a eternidade. Fala Rick Joyner, um profeta da atualidade, que só os adoradores vão conseguir perseverar a te o fim. Observamos também no texto bíblico a ordem clara para alguém que recebe a benção: não faça outra vez, não ande outra vez por este mesmo caminho, pois aquele que confessa e DEIXA alcança misericórdia339 , portanto se não deixa, tudo volta para traz; e também nos advertem as Leis Divinas que aquele que é repreendido muitas vezes na mesma área e endurece a sua cerviz, pode ser quebrantado sem que haja cura340 ) ... 15 Retirou-se, então, o homem, e contou aos judeus que era Jesus quem o curara”.341 As curas são feitas em nome de Jesus, que é o nome acima de todo nome que se nomeia, não só neste século, mas também no vindouro342 : “25 Em verdade, em verdade vos digo que vem a hora, e agora é, em que os mortos ouvirão a voz do Filho de Deus, e os que a ouvirem viverão”.343 As pessoas normalmente ainda pensam que as Escrituras Sagradas são reveladas apenas a algumas pessoas capacitadas344 . 337 Mateus 12:46/50. 338 Lucas 14:26. 339 Prov 28:13. 340 Prov 29:1. 341 João 5:1/15. 342 Efésios 1:21. 343 João 5:24. 344 II a Pedro 1:20,21.
  • 187 Isto é anti-Cristo, pois Este não faz acepção de pessoas e usa os fracos, pequenos e considerados desprezíveis, como já observamos anteriormente. Usa os que não são, para reduzir a nada os que são, estes não precisam de Deus.345 É uma pena que a astuta cilada do diabo ainda engane tantas pessoas. A Bíblia não se interpreta, mas o que crê recebe revelações. É o Livro das Revelações. A religião demoníaca, a Babilônia, faz tudo o que pode para manter esta mentira, pois assim as pessoas são presas fáceis para as suas artimanhas, ficam presas a eles, esperando deles a resposta de Deus que está à disposição de qualquer um que O buscar de todo o seu coração.346 Por outro lado, as pessoas não querem “ter trabalho”, não querem chegar muito perto de Deus, por medo, por culpa, por ignorância e preferem falar com os reis, apóstatas na sua grande maioria, estes manipuladores que engordam com o sangue das ovelhas347 . Como já vimos, quando o povo no passado pediu um rei, Deus avisou que seria o que é hoje, mas o povo não quis ouvir e agora sofrem as terríveis conseqüências por terem rejeitado o Rei dos Reis e empossado Saul, que representa a desobediência. É tempo de examinar as Escrituras e confirmar tudo o que falamos neste texto: que temos agora um só Pastor e um só rebanho348 , e que Deus estabelecerá os juízes como eram dantes349 . O povo fala de Deus, querem Deus, mas o que se precisa entender é que o endereço do Pai é Jesus350 . Deus abençoa o homem através dos méritos da cruz de Cristo e não, absolutamente, de outra forma. Crendo n’Ele e na sua obra351 , o caminho dos céus está aberto, para este que nasce de 345 I aos Cor 26:29. 346 Jeremias 29:13. 347 Ezequiel 34. 348 João 10:16. 349 Isaías 1:26. 350 João 14:6. 351 João 1.
  • 188 novo352 , herda o Reino de Deus e tem o seu nome então escrito no Livro da Vida353 : “37 E o Pai que me enviou, ele mesmo tem dado testemunho de mim. Vós nunca ouvistes a sua voz, nem vistes a sua forma; 38 e a sua palavra não permanece em vós; porque não credes naquele que ele enviou. 39 Examinais as Escrituras, porque julgais ter nelas a vida eterna; e são elas que dão testemunho de mim; 40 mas não quereis vir a mim para terdes vida!”.354 Deus fala pela sua Palavra. Ele é o Verbo que se fez carne e habitou entre nós355 . A Bíblia foi escrita por Deus, usando homens inspirados pelo Espírito Santo, vivendo estes em épocas completamente diferentes, de cultura, raças, completamente diversas, mas falando todos exatamente a mesma língua. “47 Mas, se não credes nos escritos, como crereis nas minhas palavras?”.356 A religião cobra o exterior, a aparência: é a espuma que enfeita, seduz, mas que não limpa. Jesus cobra o interior, o que não tem aparência, mas essência: é o sabão sem formosura, mas o único que realmente limpa: “29 Mas é judeu aquele que o é interiormente, e circuncisão é a do coração, no espírito, e não na letra; cujo louvor não provém dos homens, mas de Deus”.357 3.16 Discurso duro 352 João 3. 353 Apoc 21:27. 354 João 5:37/40. 355 João 1. 356 João 5:47. 357 Romanos 2:9.
  • 189 “60 Muitos, pois, dos seus discípulos, ouvindo isto, disseram: Duro é este discurso; quem o pode ouvir”.358 Vamos lançar mão da obra imperdível de Augusto Cury, para entender qual era o discurso duro de Jesus359 : Na platéia estavam pessoas que o viram crescer. Elas certamente não dariam muito crédito às suas palavras, não valorizariam o plano transcendental do carpinteiro. Não era o melhor lugar para dizer as coisas fundamentais que ocupavam seus pensamentos. Mas Jesus sempre ia contra a lógica. Não tinha medo de ser rejeitado, a crítica não o perturbava. Na platéia também estava, seus jovens discípulos e um grupo de fariseus desconfiados de tudo o que ele dizia. Com grande convicção, o mestre elevou a voz e pronunciou palavras que provocaram encanto e surpresa. Disse que estava nesta terra para proclamar a libertação aos cativos, restaurar a vista dos cegos e colocar em liberdade os oprimidos360 . Sua real profissão não era ser um carpinteiro, mas um escultor da alma humana, um libertador do cárcere do medo, da ansiedade, do egoísmo. Jesus queria libertar os cativos e os oprimidos. Também queria curar os cegos, não apenas os cegos cujos olhos não vêem, mas aqueles cujos corações não enxergam. Os cegos que têm medo de confrontar-se com as próprias limitações, que não conseguem questionar o real sentido de vida. Os cegos que são especialistas em julgar e condenar, mas que são incapazes de olhar para as suas próprias fragilidades. A platéia ficou chocada. Quem era esse homem que se colocava como carpinteiro da emoção? Não parecia o mesmo menino que tinha crescido nas ruas de Nazaré, não parecia o 358 João 6:60. 359 Augusto Cury,é psiquiatra, psicólogo, com livros publicados em mais de 40 países, conferencista, diretor da Academia da Inteligência, antes ateu, estudou muitos anos sobre a inteligência de Cristo e seus métodos. Augusto Cury; Análise da inteligência de Cristo/ Vol 5/ O Mestre Inesquecível/Ed Sextante/RJ/2006. Págs: 69 a 71. 360 Lucas 4:18.
  • 190 adolescente que seguia os passos do pai nem o homem que suava ao carregar toras pesadas de madeira. Não entenderam que o menino que brincava nas cercanias de Nazaré não apenas era inteligente, mas tinha crescido em sabedoria e se tornara, pouco a pouco, um analista da alma. Não faziam idéia de que o homem que se formara naquela pequena cidade tinha mapeado a personalidade humana como nenhum pesquisador da psicologia e se tornara o Mestre dos Mestres. Jesus não apenas conheceu nossos erros e defeitos exteriores, mas também analisou o funcionamento da nossa mente e compreendeu como as nossas mazelas psíquicas são produzidas no mais íntimo do nosso ser. Só isso explica por que ele foi tão tolerante com nossas falhas, por que deu a outra face aos seus inimigos, por que nunca deixou de dar chances ao inseguro, por que nunca desistiu de perdoar. Quando Jesus terminou o seu discurso na sinagoga de Nazaré, todos ali, instigados pelos fariseus, se enfureceram. Arrastaram-no para fora, querendo matá-lo. Mostraram que eram escravos dos seus preconceitos. Não podiam aceitar que um carpinteiro tivesse tão grande missão. Mostraram que eram cativos e cegos. Eram livres por fora e oprimidos por dentro. Os discípulos ficaram assustadíssimos. Começaram a entender a dimensão do problema em que tinham se envolvido. Jesus vendia o maior de todos os sonhos, o sonho de uma alma arejada, saudável, livre, feliz. Ele queria ajudar o ser humano a romper os grilhões dos conflitos que controlavam e sufocavam a psique. Mas quem estaria disposto a ser ajudado? Não só os inimigos, que era de se esperar, mas os que se diziam amigos, servos, também não suportavam a proposta do bem, pois estavam com o mal “até a garganta”: “66 Por causa disso muitos dos seus discípulos voltaram para trás e não andaram mais com ele. 67 Perguntou então Jesus aos doze: Quereis vós também retirar-vos? (Jesus não prendia ninguém) 68 Respondeu-lhe Simão Pedro: Senhor, para quem iremos nós? Tu tens as palavras da vida eterna (realmente... se tivesse um que fosse mais fácil e nos levasse ao Reino de Deus, mas não tem). 69 E nós já temos crido e bem sabemos que tu és o Santo de Deus”.361 Abandonar: Deixar, largar, Deixar só; Desamparar, Renunciar a, desistir de, Não se interessar por, Descuidar, Desprezar. As pessoas que não tem o hábito de ler as Leis de Deus, mas são ouvintes e ovelhas, não do Pastor das ovelhas, mas destes que estão na igreja apóstata do status quo, estão acostumadas a ouvir “canções de amores” ao invés de instruções para a guerra, e por isso têm dificuldade de alcançar a revelação da verdade: 361 João 6:66/69.
  • 191 “31 E eles vêm a ti, como o povo costuma vir, e se assentam diante de ti como meu povo, e ouvem as tuas palavras, mas não as põem por obra; pois com a sua boca professam muito amor, mas o seu coração vai após o lucro. 32 E eis que tu és para eles como uma canção de amores, canção de quem tem voz suave, e que bem tange; porque ouvem as tuas palavras, mas não as põem por obra. 33 Quando suceder isso (e há de suceder), saberão que houve no meio deles um profeta”.362 Isto é estratégia do inimigo para deixar as pessoas com as mentes passivas e totalmente despreparadas para a batalha que arde: “4 Nenhum soldado em serviço se embaraça com negócios desta vida, a fim de agradar àquele que o alistou para a guerra”.363 Estamos em tempo de guerra, paralelo com reinado do Rei Davi. Quando vier o tempo da paz, reinará o que é a Raiz de Davi, Jesus Cristo, fazendo um paralelo com Salomão, seu filho, que viveu em tempo de paz, gerada pela guerra que fez seu Pai. Para se alcançar a paz, há de se guerrear primeiro. Jeremias fala desta liderança macabra que distancia o povo do Cristo Bíblico: “14 Também se ocupam em curar superficialmente a ferida do meu povo, dizendo: Paz, paz; quando não há paz”.364 “8 uma flecha mortífera é a língua deles; fala engano; com a sua boca fala cada um de paz com o seu próximo, mas no coração 362 Ezequiel 33:31/33. 363 II a Timóteo 2:4. 364 Jeremias 6:14.
  • 192 arma-lhe ciladas”.365 “13 Então disse eu: Ah! Senhor Deus, eis que os profetas lhes dizem: Não vereis espada, e não tereis fome; antes vos darei paz verdadeira neste lugar”.366 Fala o Apóstolo Paulo: “3 Sofre comigo como bom soldado de Cristo Jesus”.367 O mesmo que fala: “5 Porque, mesmo quando chegamos à Macedônia, a nossa carne não teve repouso algum; antes em tudo fomos atribulados: por fora combates, temores por dentro”.368 “27 Somente portai-vos, dum modo digno do evangelho de Cristo, para que, quer vá e vos veja, quer esteja ausente, ouça acerca de vós que permaneceis firmes num só espírito, combatendo juntamente com uma só alma pela fé do evangelho”.369 “2 mas, havendo anteriormente padecido e sido maltratados em Filipos, como sabeis, tivemos a confiança em nosso Deus para vos falar o evangelho de Deus em meio de grande combate”.370 E no final da vida: “7 Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé”.371 E aqui o Livro de Hebreus: “32 Lembrai-vos, porém, dos dias passados, em que, depois de serdes iluminados, suportastes grande combate de aflições”.372 365 Jeremias 9:8. 366 Jeremias 14:13. 367 II a Timóteo 2:3. 368 II aos Cor 7:5. 369 Filipenses 1:27. 370 I aos Tess 2:2. 371 II a Tim 4:7. 372 Hebreus 10:32.
  • 193 “4 Ainda não resististes até o sangue, combatendo contra o pecado”.373 Isto é inflamável para pregar, mas será preciso uma conversão, um coração de adorador para suportar: “22 E sereis odiados de todos por causa do meu nome, mas aquele que perseverar até o fim, esse será salvo”.374 Não é comum, não é barato, apesar de ser de graça, o Evangelho de Cristo. Só os valentes conseguem ir à frente com mandamentos tão contrários ao que estavam acostumados375 : “44 Eu, porém, vos digo: Amai aos vossos inimigos, e orai pelos que vos perseguem”.376 É também comum observar os pais ensinam aos seus pimpolhos o revidar, o não levar desaforo para casa, mas isso, como vemos, é anti-Cristo, portanto anti-amor. Se todos agem segundo esta lei, quem vai sobrar? Muitos são chamados377 , mas servir a Cristo exige decisão para renunciar aos próprios interesses sempre que necessário, ou seja, deixar tudo e todos se for preciso378 , aborrecer a muitos e a si mesmo, assim como qualquer um que é alistado para a guerra em tempo de batalha379 : “Então, convocando a multidão e juntamente os seus discípulos, disse-lhes: Se alguém quer vir após mim, a si mesmo se negue, tome a sua cruz e siga-me”.380 “14 e porque estreita é a porta, e apertado o caminho que conduz à vida... 373 Hebreus 12:4. 374 Mateus 10:22. 375 Mateus 11:12. 376 Mateus 5:44. 377 Mateus 22:14. 378 Lucas 14:33. 379 Lucas 14:26. 380 Marcos 8:34..
  • 194 (Jesus nunca disse ao contrário, nunca prometeu rede, sombra e água fresca, mas sim vida com abundância, paz que excede o entendimento, o seu complemento para quando não pudéssemos suportar, e depois de vencer “aqui”, todos os valentes irão viver com Ele eternamente onde não há mais nada para vencer, para guerrear, para conquistar, para sofrer, para chorar, pois as primeiras coisas já passaram e tudo se fez novo381 . Estes têm que vencer aqui, pois lá, não há mais nada para se vencer. “Lá” só habitarão os vencedores382 ): ... e poucos são os que a encontram”.383 Muitos perdem tempo sofrendo e até blasfemando porque cobram de Deus aquilo que Ele nunca prometeu. Deus deu a terra para os filhos dos homens administrarem384 , estes entregaram para o diabo385 ; ora, se tudo vai mau no planeta, cobraremos dos filhos dos homens, até que se esgote o tempo do arrendamento da terra. Aí sim, a administração passará outra vez às mãos do Poderoso. O discípulo de Jesus tem que estar apto para ir além da sua própria salvação: “E, pondo-se Jesus a caminho, correu um homem ao seu encontro e, ajoelhando-se, perguntou-lhe: Bom Mestre, que farei para herdar a vida eterna? Respondeu-lhe Jesus: Por que me chamas bom? Ninguém é bom senão um, que é Deus. Sabes os mandamentos: Não matarás, não adulterarás, não furtarás, não dirás falso testemunho, não defraudarás ninguém, honra a teu pai e tua mãe. Então, ele respondeu: Mestre, tudo isso tenho observado desde a minha juventude. E Jesus, fitando-o, o amou e disse: Só uma coisa te falta: Vai, vende tudo o que tens, dá-o aos pobres e terás um tesouro no céu; então, vem e segue-me”.386 Esta única coisa era o empecilho entre ele e Deus, ou seja, era o seu ídolo, o seu verdadeiro deus. Se a pessoa não tiver convicção da sua fé, vai ficar difícil, pois o morno387 não conseguirá perseverar até o fim, já que o fogo vai provar a obra de cada um388 : “Ele, porém, contrariado com esta palavra, retirou-se triste, porque era dono de muitas propriedades’.389 381 II aos Cor 5:17. 382 Romanos 8:37. 383 Mateus 7:14. 384 Salmo 115:16. 385 Lucas 4: 386 Marcos 10:17/21. 387 Apocalipse 3:16. 388 I aos Cor 3: 389 Marcos 10:22.
  • 195 Coisas perecíveis, para ele, eram mais importantes do que a sua vida eterna com Deus, e quando morreu, deixou tudo aqui e “desceu” sem nada, como todos os que descem. Mateus não tinha tantas propriedades, mas tinha um emprego público, que hoje, corresponderia ao de fiscal da fazenda, mas isso não o tentou para deixar de servir a Cristo: “Partindo Jesus dali, viu um homem chamado Mateus sentado na coletoria e disse-lhe: Segue-me! Ele se levantou e o seguiu”.390 Seguiu a Cristo e então, venceu o maligno e herdou com o Filho de Deus. Temos o exemplo de Jesus, e é a Ele que devemos imitar: “Tende em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus, pois ele, subsistindo em forma de Deus, não julgou como usurpação o ser igual a Deus; antes, a si mesmo se esvaziou, assumindo a forma de servo, tornando-se em semelhança de homens; e, reconhecido em figura humana, a si mesmo se humilhou, tornando-se obediente até à morte e morte de cruz”.391 A vontade de Deus, do Pai, está acima da nossa: “Meu Pai, se possível, passe de mim este cálice! Todavia, não seja como eu quero, e sim como tu queres”.392 Depois de vislumbrar o Reino de Deus e também o reino das trevas, é, verdadeiramente, uma cena chocante e vergonhosa alguém 390 Mateus 9:9. 391 Filipenses 22:5/8. 392 Mateus 26:39.
  • 196 desertar, largar a mão do arado e voltar ao vômito. Desertar é execrável, em qualquer sentido: “61 Jesus, porém, lhe respondeu: Ninguém que lança mão do arado e olha para trás é apto para o reino de Deus”.393 “Todavia, o meu justo viverá pela fé; e: Se retroceder, nele não se compraz a minha alma. Nós, porém, não somos dos que retrocedem para a perdição; somos, entretanto, da fé, para a conservação da alma”.394 Esta é a pior classe de pessoas que existe na terra, pois estão pisando o sangue do Filho de Deus outra vez e o levando a vitupério: “20 Porquanto se, depois de terem escapado das corrupções do mundo pelo pleno conhecimento do Senhor e Salvador Jesus Cristo, ficam de novo envolvidos nelas e vencidos, tornou-se-lhes o último estado pior que o primeiro. 21 Porque melhor lhes fora não terem conhecido o caminho da justiça, do que, conhecendo-o, desviarem-se do santo mandamento que lhes fora dado. 22 Deste modo sobreveio-lhes o que diz este provérbio verdadeiro; Volta o cão ao seu vômito, e a porca lavada volta a revolver-se no lamaçal”.395 Registra este fato também, o Livro de Hebreus: “4 Porque é impossível que os que uma vez foram iluminados, e provaram o dom celestial, e se fizeram participantes do Espírito Santo, 5 e provaram a boa palavra de Deus, e os poderes do mundo vindouro, 6 e depois caíram, sejam outra vez renovados para arrependimento; visto que, quanto a eles, estão crucificando de novo o Filho de Deus, e o expondo ao vitupério. 7 Pois a terra que embebe a chuva, que cai muitas vezes sobre ela, e produz erva proveitosa para aqueles por quem é lavrada, recebe a bênção da parte de Deus; 8 mas se produz espinhos e abrolhos, é rejeitada, e perto está da maldição; o seu fim é ser queimada. 9 Mas de vós, ó amados, esperamos coisas melhores, e que acompanham a salvação, ainda que assim falamos. 10 Porque Deus não é injusto, para se esquecer da vossa obra, e do amor que para com o seu nome mostrastes, porquanto servistes aos santos, e ainda os servis. 11 E desejamos que cada um de vós mostre o mesmo zelo até o fim, para completa certeza da esperança; 12 para que não vos torneis indolentes, mas sejais imitadores dos que pela fé e paciência herdam as promessas”.396 Sim, pois está escrito: “4 Filhinhos, vós sois de Deus, e já os tendes vencido; porque maior é aquele que está em vós do que aquele que está no mundo”.397 Fala o profeta Isaías dos desertores execráveis: 393 Lucas 9:61. 394 Hebreus 10:38,39. 395 II a Pedro 2:20/22. 396 Hebreus 6:4/12. 397 I a João 4:4.
  • 197 “Ai desta nação pecaminosa, povo carregado de iniqüidade, raça de malignos, filhos corruptores; abandonaram o Senhor, blasfemaram do Santo de Israel, voltaram para trás”.398 Fala deles também o profeta Oséias: “O meu povo consulta o seu pedaço de madeira, e a sua vara lhe dá resposta; porque um espírito de prostituição os enganou, eles, prostituindo-se, abandonaram o seu Deus”.399 Fala Judas (irmão de Jesus) dos anjos que seguiram também a satanás: “(...) e a anjos, os que não guardaram o seu estado original, mas abandonaram o seu próprio domicílio, ele tem guardado sob trevas, em algemas eternas, para o juízo do grande Dia;”.400 Satanás nunca desiste, mas volta em ocasião oportuna401 . Ele foi expulso da vida de uma pessoa e esta sente o alívio imediato, mas não persevera e não teme: “21 mas não tem raiz em si mesmo, antes é de pouca duração; e sobrevindo a angústia e a perseguição por causa da palavra, logo se escandaliza”.402 Se a pessoa não estiver vigilante para esta volta de satanás, mas insensatamente desavisada, como as cinco virgens loucas, vai ser uma desgraça: “43 Ora, havendo o espírito imundo saído do homem, anda por lugares áridos, buscando repouso, e não o encontra. 44 Então diz: Voltarei para minha casa, donde saí. E, chegando, acha-a desocupada, varrida e adornada. 45 Então vai e leva consigo outros sete espíritos piores do que ele e, entretanto, habitam ali; e o último estado desse homem vem a ser pior do que o primeiro. Assim há de acontecer também a esta geração perversa”.403 Geme o Apóstolo Paulo tantos abandonos que sofreu, porque servia a Cristo: 398 I saías 1:4. 399 Oséias 4:12. 400 Judas 6. 401 Lucas 4:13. 402 Mateus 13:21. 403 Mateus 12:43/45.
  • 198 “10 pois Demas me abandonou, tendo amado o mundo presente, e foi para Tessalônica, Crescente para a Galácia, Tito para a Dalmácia”.404 “Estás ciente de que todos os da Ásia me abandonaram; dentre eles cito Fígelo e Hermógenes”.405 “Na minha primeira defesa, ninguém foi a meu favor; antes, todos me abandonaram. Que isto não lhes seja posto em conta!”.406 Elias sofre também o abandono de todos: “10 Respondeu ele: Tenho sido muito zeloso pelo Senhor Deus dos exércitos; porque os filhos de Israel deixaram o teu pacto, derrubaram os teus altares, e mataram os teus profetas à espada; e eu, somente eu, fiquei, e buscam a minha vida para ma tirarem”.407 Quantas vezes os soldados de Cristo sentem esta angústia que só é suportada pela resposta de Deus: “18 Todavia deixarei em Israel sete mil: todos os joelhos que não se dobraram a Baal, e toda boca que não o beijou. Dentro desta parafernália religiosa há aqueles “escondidos nas cavernas”, que sairão no momento de Deus - existem vários motivos para ainda estarem lá, e entre eles o fato de ainda não estarem amadurecidos (trigo) maduros para entender, para que o joio seja arrancado408 . E também mostrou Eliseu, que quando chamado, não deixou a sua terra arrendada, para se não desse certo voltar, mas concluiu e encerrou todas as suas obrigações, pois decidira não mais voltar: 404 II a Timóteo 4:10. 405 II a Timóteo 1:15. 406 II a Timóteo 4:16. 407 I a Reis 19:10. 408 Mateus 13:30.
  • 199 19 Partiu, pois, Elias dali e achou Eliseu, filho de Safate, que andava lavrando com doze juntas de bois adiante dele, estando ele com a duodécima; chegando-se Elias a Eliseu, lançou a sua capa sobre ele (fez uma aliança). 20 Então, deixando este os bois, correu após Elias, e disse: Deixa-me beijar a meu pai e a minha mãe, e então te seguirei. Respondeu-lhe Elias: Vai, volta; pois, que te fiz eu? 21 Voltou, pois, de o seguir, tomou a junta de bois, e os matou, e com os aparelhos dos bois cozeu a carne, e a deu ao povo, e comeram. Então se levantou e seguiu a Elias, e o servia”.409 Assim como Jesus, o filho de Deus terá prazer em cumprir a vontade de Deus, pois ela é boa, agradável e perfeita410 : “Disse-lhes Jesus: A minha comida consiste em fazer a vontade daquele que me enviou e realizar a sua obra”.411 Fala Davi, do seu constante amor pelo seu Deus: “De mim se apoderou a indignação, por causa dos pecadores que abandonaram a tua lei”.412 Vemos aqui Josué e a sua fidelidade ao seu Deus: “Então, respondeu o povo e disse: Longe de nós o abandonarmos o Senhor para servirmos a outros deuses;”.413 E aqui está a galeria dos heróis da fé no Livro de Hebreus: “33 os quais por meio da fé venceram reinos, praticaram a justiça, alcançaram promessas, fecharam a boca dos leões, 34 apagaram a força do fogo, escaparam ao fio da espada, da fraqueza tiraram forças, tornaram-se poderosos na guerra, puseram em fuga exércitos estrangeiros. 35 As mulheres 409 I a Reis 19:18/21. 410 Romanos 12:2. 411 João 4:34. 412 Salmo 119:53. 413 Josué 24:16.
  • 200 receberam pela ressurreição os seus mortos; uns foram torturados, não aceitando o seu livramento, para alcançarem uma melhor ressurreição; 36 e outros experimentaram escárnios e açoites, e ainda cadeias e prisões. 37 Foram apedrejados e tentados; foram serrados ao meio; morreram ao fio da espada; andaram vestidos de peles de ovelhas e de cabras, necessitados, aflitos e maltratados 38 (dos quais o mundo não era digno), errantes pelos desertos e montes, e pelas covas e cavernas da terra”.414 Registramos também a ira de Deus diante do pecado renitente: “Abandonarei o resto da minha herança, entregá-lo-ei nas mãos de seus inimigos; servirá de presa e despojo para todos os seus inimigos”.415 “Jurou o Senhor Deus por si mesmo, o Senhor, Deus dos Exércitos, e disse: Abomino a soberba de Jacó e odeio os seus castelos; e abandonarei a cidade e tudo o que nela há”.416 E também a fidelidade de Deus: “Seja a vossa vida sem avareza. Contentai-vos com as coisas que tendes; porque ele tem dito: De maneira alguma te deixarei, nunca jamais te abandonarei”.417 “13 se somos infiéis, ele permanece fiel; porque não pode negar-se a si mesmo”.418 Observemos quem são os bem-aventurados (... será que são os do carro “OK” e os que conquistaram muitas casas e tudo mais?): 414 Hebreus 11:33/38. 415 II a Reis 21:14. 416 Amós 6:8. 417 Hebreus 13:5. 418 II a Timóteo 2:13.
  • 201 “3 Bem-aventurados os humildes de espírito, porque deles é o reino dos céus. 4 Bem-aventurados os que choram, porque eles serão consolados. 5 Bem-aventurados os mansos, porque eles herdarão a terra. 6 Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça porque eles serão fartos. 7 Bem-aventurados os misericordiosos, porque eles alcançarão misericórdia. 8 Bem-aventurados os limpos de coração, porque eles verão a Deus. 9 Bem-aventurados os pacificadores, porque eles serão chamados filhos de Deus. 10 Bem-aventurados os que são perseguidos por causa da justiça, porque deles é o reino dos céus. 11 Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem e perseguiram e, mentindo, disserem todo mal contra vós por minha causa. 12 Alegrai-vos e exultai, porque é grande o vosso galardão nos céus; porque assim perseguiram aos profetas que foram antes de vós”.419 3.16.a Fala Augusto Cury: 420 Não resistimos ao desejo de terminar também com esta preciosa parceria: 419 Mateus 5:3/12. 420 Augusto Cury; Análise da inteligência de Cristo/ Vol 5/ O Mestre Inesquecível/Ed Sextante/RJ/2006.
  • 202 O que Jesus provocou? Os dois extremos. Frustração, porque não se colocou como um herói poderoso, mas como filho do homem. E exultação, porque nunca alguém fez o que ele fez ou falou o que ele falou. Seus movimentos eram dedicados e não revelavam o poder de um rei, mas a firmeza de um poeta. Não chamava a atenção de ninguém. Mas esse homem foi abrindo espaço na multidão. Tocava os ombros das pessoas e pedia licença com um sorriso. Esperavam um homem com o semblante de um rei, mas seu rosto era queimado de sol e suas mãos, castigadas por trabalho árduo. Nunca alguém tão grande se fez tão pequeno para tornar grandes os pequenos. A mudança de discurso confundiu as pessoas. Não eram essas as palavras que a multidão esperava ouvir quando João lhes apontasse o Cristo. Todos esperavam que ele dissesse: “Eis o grandioso rei que vos libertará de Roma.” Colocou-me no lugar dessas pessoas sofridas que tiravam o pão da boca dos seus filhos para pagar os impostos romanos. Certamente eu teria ficado muito frustrado. As pessoas estavam confusas e perdidas. Jamais alguém dissera que um homem era um cordeiro. Nada poderia soar mais estranho. Mais ainda, jamais alguém havia dito que um homem se tornaria um cordeiro de Deus que libertaria o mundo das suas misérias. As pessoas queriam segurança, liberdade e comida na mesa. Elas não suportavam a arrogância dos soldados. Queriam ser livres para andar, falar, correr, mas Jesus lhes mostraria que se o ser humano não for livre dentro de si jamais o será no exterior. Elas queriam um analgésico para aliviar o sintoma, mas Jesus lhes daria o remédio que combateria a causa da doença. Elas queriam um reino temporal, mas Ele lhes apresentaria um reino eterno. Jesus causou no primeiro momento grande frustração. Não era aquele homem que estava na fantasia das pessoas. A coragem e a gentileza do Mestre se entrelaçavam na sua oratória. Raramente alguém foi tão sensível e destemido na terra da censura. Expressar-se contra o sistema político e o sinédrio judaico gerava tantas conseqüências quanto falar hoje contra qualquer ditador no poder. ”E a paz que excede todo o entendimento guardará os vossos pensamentos e os vossos corações em Cristo Jesus”421 . 3.17 Fazendo a diferença 421 Filipenses 4:7
  • 203 O Deus de misericórdia, o Deus da alegria e da paz nos trás a oportunidade de meditar nos seus princípios, valores, para que possamos então fazer os comparativos entre o seu Reino e o presente sistema mundial; entre as suas Leis e as leis humanas, entre a sua justiça e a do homem. Pedimos a Ele então que nos capacite a escutar a sua voz para que assim o milagre possa acontecer. Em Crônicas Deus está fazendo um juízo para o povo que não dava valor aos seus cuidados e o abandonavam, para que eles percebessem a diferença entre o reino das trevas e o reino da luz, entre sofrer a correção de Deus e o sofrimento impingido pelo maligno.: “8 Todavia eles lhe serão servos, para que conheçam a diferença entre a minha servidão e a servidão dos reinos da terra”.422 Pedro aqui fala também da diferença entre sofrer pelo evangelho e sofrer por ser um marginal; se um filho de Deus sofre quanto mais o que virou as costas para a cruz de Cristo: “12 Amados, não estranheis a ardente provação que vem sobre vós para vos experimentar, como se coisa estranha vos acontecesse; 13 mas regozijai-vos por serdes participantes das aflições de Cristo; para que também na revelação da sua glória vos regozijeis e exulteis. 14 Se pelo nome de Cristo sois vituperados, bem-aventurados sois, porque sobre vós repousa o Espírito da glória, o Espírito de Deus. 15 Que nenhum de vós, entretanto, padeça como homicida, ou ladrão, ou malfeitor, ou como quem se entremete em negócios alheios; 16 mas, se padece como cristão, não se envergonhe, antes glorifique a Deus neste nome. 17 Porque já é tempo que comece o julgamento pela casa de Deus; e se começa por nós, qual será o fim daqueles que desobedecem ao evangelho de Deus? 18 E se o justo dificilmente se salva, onde comparecerá o ímpio pecador?19 Portanto os que sofrem segundo a 422 II a Crônicas 12:8.
  • 204 vontade de Deus confiem as suas almas ao fiel Criador, praticando o bem”.423 E aqui também em Hebreus está decretado o juízo de maior castigo para este: “29 de quanto maior castigo cuidais vós será julgado merecedor aquele que pisar o Filho de Deus, e tiver por profano o sangue do pacto, com que foi santificado, e ultrajar ao Espírito da graça”.424 Pedro fala da diferença entre aquele que nunca escutou falar da Porta de saída e daquele que entrou por esta Porta, achou pastagens e depois resolveu voltar para os temperos do Egito: “20 Porquanto se, depois de terem escapado das corrupções do mundo pelo pleno conhecimento do Senhor e Salvador Jesus Cristo, ficam de novo envolvidos nelas e vencidos, tornou-se-lhes o último estado pior que o primeiro. 21 Porque melhor lhes fora não terem conhecido o caminho da justiça, do que, conhecendo-o, desviarem-se do santo mandamento que lhes fora dado. 22 Deste modo sobreveio-lhes o que diz este provérbio verdadeiro; Volta o cão ao seu vômito, e a porca lavada volta a revolver-se no lamaçal”. 425 Ezequiel fala também que os sacerdotes não sabem mais a diferença entre as coisas de Deus e as coisas do diabo: “26 Os seus sacerdotes violentam a minha lei, e profanam as minhas coisas santas; não fazem diferença entre o santo e o profano, nem ensinam a discernir entre o impuro e o puro; e de meus sábados escondem os seus olhos, e assim sou profanado no meio deles”.426 423 I a Pedro 4:12/19. 424 Hebreus 10:29. 425 II a Pedro 2:20/22. 426 Ezequiel 22:26.
  • 205 Malaquias fala da diferença entre o justo e o ímpio: “13 As vossas palavras foram agressivas para mim, diz o Senhor. Mas vós dizeis: Que temos falado contra ti? 14 Vós tendes dito: inútil é servir a Deus. Que nos aproveita termos cuidado em guardar os seus preceitos, e em andar de luto diante do Senhor dos exércitos? 15 Ora pois, nós reputamos por bem-aventurados os soberbos; também os que cometem impiedade prosperam; sim, eles tentam a Deus, e escapam. 16 Então aqueles que temiam ao Senhor falaram uns aos outros; e o Senhor atentou e ouviu, e um memorial foi escrito diante dele, para os que temiam ao Senhor, e para os que se lembravam do seu nome. 17 E eles serão meus, diz o Senhor dos exércitos, minha possessão particular naquele dia que prepararei; poupá-los-ei, como um homem poupa a seu filho, que o serve. 18 Então vereis outra vez a diferença entre o justo e o ímpio; entre o que serve a Deus, e o que o não serve”.427 E por último este texto impressionante em que Deus nos coloca diante da diferença, e nos manda escolher: “11 Porque este mandamento, que eu hoje te ordeno, não te é difícil demais, nem tampouco está longe de ti. 12 Não está no céu para dizeres: Quem subirá por nós ao céu, e no-lo trará, e no-lo fará ouvir, para que o cumpramos? 13 Nem está além do mar, para dizeres: Quem passará por nós além do mar, e no-lo trará, e no-lo fará ouvir, para que o cumpramos? 14 Mas a palavra está mui perto de ti, na tua boca, e no teu coração, para a cumprires. 15 Vê que hoje te pus diante de ti a vida e o bem, a morte e o mal. 16 Se guardares o mandamento que eu hoje te ordeno de amar ao Senhor teu Deus, de andar nos 427 Malaquias 3:13/’8.
  • 206 seus caminhos, e de guardar os seus mandamentos, os seus estatutos e os seus preceitos, então viverás, e te multiplicarás, e o Senhor teu Deus te abençoará na terra em que estás entrando para a possuíres. 17 Mas se o teu coração se desviar, e não quiseres ouvir, e fores seduzido para adorares outros deuses, e os servires, 18 declaro-te hoje que certamente perecerás; não prolongarás os dias na terra para entrar na qual estás passando o Jordão, a fim de a possuíres. 19 O céu e a terra tomo hoje por testemunhas contra ti de que te pus diante de ti a vida e a morte, a bênção e a maldição; escolhe, pois, a vida, para que vivas, tu e a tua descendência, 20 amando ao Senhor teu Deus, obedecendo à sua voz, e te apegando a ele; pois ele é a tua vida, e o prolongamento dos teus dias; e para que habites na terra que o Senhor prometeu com juramento a teus pais, a Abraão, a Isaque e a Jacó, que lhes havia de dar”.428 É isto que Ele está falando: ”15 Mas, se vos parece mal o servirdes ao Senhor, escolhei hoje a quem haveis de servir; se aos deuses a quem serviram vossos pais, que estavam além do Rio, ou aos deuses dos amorreus, em cuja terra habitais. Porém eu e a minha casa serviremos ao Senhor”.429 Porque: “14 Multidões, multidões no vale da decisão! porque o dia do Senhor está perto, no vale da decisão”.430 3.18 Fidelidade e Idolatria Para receber as missões secretas do Senhor, será preciso que este seja reconhecido como fiel: 428 Deuteronômio 30:11/20. 429 Josué 24:15. 430 Joel 3:14.
  • 207 “Ora, além disso, requer-se dos despenseiros que cada um se ache fiel”.431 Onde está este homem? “1 Salva-nos, Senhor, pois não existe mais o piedoso; os fiéis desapareceram dentre os filhos dos homens”.432 Muitos se consideram justos, mas... “6 Muitos há que proclamam a sua própria bondade; mas o homem fiel, quem o achará”.433 Deus observa da Sua morada e encontra os tais, que muitas vezes pensamos que foram extintos: “6 Os meus olhos estão sobre os fiéis da terra, para que habitem comigo; o que anda no caminho perfeito, esse me servirá”.434 Estes serão provados: “10 Não temas o que hás de padecer. Eis que o Diabo está para lançar alguns de vós na prisão, para que sejais provados; e tereis uma tribulação de dez dias. Sê fiel até a morte, e dar- te-ei a coroa da vida”.435 Muitos se consideram fiéis, e até começaram nesta condição, e em dado momento se perderam, pois o poder de Deus corrompe este que 431 I aos Cor 4:2. 432 Salmo 12:1. 433 Prov 20:6. 434 Salmo 101:6. 435 Apoc 2:10.
  • 208 não vigia. Deus então pergunta: Por que te glorias com o que não vem de ti? Os dons são de Deus, sendo do homem os frutos que ele produzir. No entanto é comum percebermos tantos usando os dons de Deus para lucrar para si mesmo: “7 Pois, quem te diferença? E que tens tu que não tenhas recebido? E, se o recebeste, por que te glorias, como se não o houveras recebido”.436 Muitos se perdem na religião ou já nascem assim, destinados à perdição (são “...árvores que meu Pai não plantou...437 ”) e enganam a muitos pois são joio, aparentemente igual ao trigo. Quem não lê ou não conhece as Escrituras, as Leis de Deus, são constantemente vítimas destes, cujo deus é o ventre: “15 Tudo é puro para os que são puros, mas para os corrompidos e incrédulos nada é puro; antes tanto a sua mente como a sua consciência estão contaminadas. 16 Afirmam que conhecem a Deus, mas pelas suas obras o negam, sendo abomináveis, e desobedientes, e réprobos para toda boa obra”.438 Porém, de Deus não se zomba, porque Deus é Deus: “8 Eu sou o Senhor; este é o meu nome; a minha glória, pois, a outrem não a darei, nem o meu louvor às imagens esculpidas”.439 O homem se faz um ídolo, ou seja, se senta na cadeira de Deus, se faz como Deus, e assim sendo, perto está o seu fim, se não se converter deste mal caminho. 436 I aos Cor 4:7. 437 Mateus 15:13. 438 Tito 1:15,16. 439 Isaías 42:8.
  • 209 A religião cobra os seus dogmas e os seus rituais vazios, porém, Deus liberta o homem desta prisão e coloca apenas algumas restrições, e entre elas está a idolatria: “20 mas escrever-lhes que se abstenham das contaminações dos ídolos, da prostituição, do que é sufocado e do sangue”.440 Estamos rodeados de ídolos: homens, dinheiro, marido, filhos, comida, jogo, bebida, imagens, o ego, e tantos mais: “16 Enquanto Paulo os esperava em Atenas, revoltava-se nele o seu espírito, vendo a cidade cheia de ídolos”.441 Porém, aquele que sabe de Deus, e n’Ele se concentra e espera, sabe que Ele não dá sua glória a outrem: “16 E que consenso tem o santuário de Deus com ídolos? Pois nós somos santuário de Deus vivo, como Deus disse: Neles habitarei, e entre eles andarei; e eu serei o seu Deus e eles serão o meu povo”.442 Deus é zeloso: ”14 Portanto, meus amados, fugi da idolatria”.443 “22 Ou provocaremos a zelos o Senhor? Somos, porventura, mais fortes do que ele?”.444 “4 Não vos volteis para os ídolos, nem façais para vós deuses de fundição. Eu sou o Senhor vosso Deus.”.445 “7 Então lhes disse: Lançai de vós, cada um, as coisas abomináveis que encantam os seus olhos, e não vos 440 Atos 15:20 441 Atos 17:16. 442 II aos Cor 6:16. 443 I aos Cor 10:14. 444 I aos Cor 10:22. 445 Levítico 19:4.
  • 210 contamineis com os ídolos do Egito; eu sou o Senhor vosso Deus”.446 Deus continua o alerta: “4 Portanto fala com eles, e dize-lhes: Assim diz o Senhor Deus: Qualquer homem da casa de Israel que der lugar no seu coração aos seus ídolos, e puser o tropeço da sua maldade diante da sua face, e vier ao profeta, eu, o Senhor, lhe responderei nisso conforme a multidão dos seus ídolos. 5 para que possa apanhar a casa de Israel no seu coração, porquanto todos são alienados de mim pelos seus ídolos. 6 Portanto dize à casa de Israel: Assim diz o Senhor Deus: Convertei-vos, e deixai os vossos ídolos; e desviai os vossos rostos de todas as vossas abominações”.447 Com todo o amor que lhe é peculiar, fala o Apóstolo João: “21 Filhinhos, guardai-vos dos ídolos”.448 Muitos não escutam: “20 Os outros homens, que não foram mortos por estas pragas, não se arrependeram das obras das suas mãos, para deixarem de adorar aos demônios, e aos ídolos de ouro, de prata, de bronze, de pedra e de madeira, que nem podem ver, nem ouvir, nem andar”.449 E permanecem no pecado: “12 (...) e serviram os ídolos, dos quais o Senhor lhes dissera: Não fareis isso”.450 Chega então o momento da prisão da alma, pois o homem não fugiu da tentação quando devia e esta lhe serviu de laço: “36 Serviram aos seus ídolos, que vieram a ser-lhes um laço”.451 E vem o juízo de Deus. O que faz alguém privado da misericórdia de Deus, se esta é a causa de não sermos consumidos?452 446 Ezequiel 20:7. 447 Ezequiel 14:4/6. 448 I a João 5:21. 449 Apoc 9:20. 450 II a Reis 17:12. 451 Salmo 106:36. 452 Lamentações 3:22.
  • 211 “8 Os que se apegam aos vãos ídolos afastam de si a misericórdia”.453 Os idólatras estão contados com os assassinos e os demais criminosos, para passarem a eternidade sem Deus (... vão ficar com quem então?): “8 Mas, quanto aos medrosos, e aos incrédulos, e aos abomináveis, e aos homicidas, e aos adúlteros, e aos feiticeiros, e aos idólatras, e a todos os mentirosos, a sua parte será no lago ardente de fogo e enxofre, que é a segunda morte”.454 3.18.a Fala Jankélévitch:455 453 Jonas 2:8. 454 Apoc 21:8. 455 Internet
  • 212 A fidelidade é ou não louvável? “Conforme”, ou seja: depende dos valores a que se é fiel. Fiel a quê? (...) Ninguém dirá que o ressentimento é uma virtude, embora ele permaneça fiel a seu ódio ou a suas cóleras; a boa memória da afronta é uma má fidelidade. Tratando-se de fidelidade, o epíteto não é tudo? E há ainda uma fidelidade às pequenas coisas, que é mesquinharia e tenaz memória das bagatelas, repisamento e teima. (...) A virtude que queremos não é, pois, toda fidelidade, mas apenas boa fidelidade e grande fidelidade. 3.18.b Fala André Conte:456 O amor infiel não é o amor livre: é o amor esquecidiço, o amor renegado, o amor que esquece ou detesta o que amou e que, portanto, se esquece ou se detesta. Mas será isso ainda amor? 3.18.c Fala ruben.zevallos.com.br. A fidelidade, é o que ainda mantém a nossa sociedade coesa, é a base da nossa civilização. Sem a fidelidade, não haverá a família e com isso, não haverá mais o respeito e somente o caos reinará. Precisamos ter o cuidado com o uso de nossa palavra, e deixar de lado aquela estória que os fins justificam os meios. Então, somos e devemos ser fieis, por uma necessidade maior que a nossa existência, a existência da nossa civilização. 3.18.d Teoria da Oscilação457 : 456 “Pequeno Tratado das grandes Virtudes”; Martins Fontes; SP;1999. 457 David Hume (Wikipédia).
  • 213 Hume rejeita a idéia de uma evolução linear desde o politeísmo para o monoteísmo como um sumário da evolução histórica dos últimos 2.000 anos. Na verdade, Hume acredita que o que a história mostra é antes um oscilar irracional entre politeísmo e monoteísmo. Chama-lhe um “flux and reflux” (oscilar) entre as duas opções. Nas palavras de Hume: “a mente humana mostra uma tendência maravilhosa para oscilar entre diferentes tipos de religião: eleva-se do politeísmo para o monoteísmo para voltar a afundar-se na idolatria. Como Gellner afirma, esta oscilação não é o resultado de qualquer racionalidade, mas sim com os “mecanismos do medo, incerteza, da superioridade e inferioridade”. Do politeísmo para o monoteísmo: Os povos que adoram vários deuses com poderes limitados podem facilmente conceber um Deus com um poder mais extenso, ainda mais digno de veneração do que os outros. “Neste processo, os homens chegam ao estágio de um só Deus como ser infinito, a partir do qual nenhum progresso é possível. Do monoteísmo para o politeísmo: Esse Deus único, todo poderoso, é porém igualmente um Deus distante e de difícil acesso para o comum dos mortais (sobretudo se estes são analfabetos - e na Europa da Idade Média, a esmagadora maioria da população era analfabeta). O contacto directo com as escrituras sagradas na Idade Média permanecia um privilégio de uma casta limitada - o clero. A maioria do povo comum, analfabeto, sente-se impossibilitado de aceder a Deus por via “directa”. Neste momento, torna-se visível um princípio psicológico que caminha numa direcção contrária. Esse princípio psicológico é a ideia de que os homens vivem em busca da protecção, do apoio. Torna-se necessária a figura de intermediários perante o comum dos mortais e o Deus todo poderoso. Uma função para os santos, relíquias, (...) “Estes semi-deuses e intermediários, que são vistos pelos homens como parentes e lhes parecem menos distantes, são objecto da adoração e assim, a idolatria está de volta…” Novamente de regresso ao monoteísmo: Mas mais uma vez, o pêndulo tem de retornar. Como Gellner afirma, em breve, “o Panteão torna a encher-se”. Hume: “À medida que estas diferentes formas de idolatria dia por dia descem às formas cada vez mais baixas e ordinárias, acabam por se auto-destruir e as horríveis formas de idolatria vão acabar por provocar um retorno e um desejo de regresso ao monoteísmo… Por isso (entre os judeus e os muçulmanos) é que há proibição de figuras humanas na pintura e mesmo na escultura, porque eles receiam que a carne seja fraca e que acabe por se deixar levar para a idolatria”. 3.19 Uma morada para Deus
  • 214 Adorando ao único Deus Salvador, por meio de Cristo, o Senhor, colhemos em Ageu algumas sementes para nossa edificação: “4 Acaso é tempo de habitardes nas vossas casas forradas, enquanto esta casa fica desolada? 5 Ora pois, assim diz o Senhor dos exércitos: Considerai os vossos caminhos. 6 Tendes semeado muito, e recolhido pouco; comeis, mas não vos fartais; bebeis, mas não vos saciais; vestis-vos, mas ninguém se aquece; e o que recebe salário, recebe-o para o meter num saco furado. 7 Assim diz o Senhor dos exércitos: Considerai os vossos caminhos. 8 Subi ao monte, e trazei madeira, e edificai a casa; e dela me deleitarei, e serei glorificado, diz o Senhor. 9 Esperastes o muito, mas eis que veio a ser pouco; e esse pouco, quando o trouxestes para casa, eu o dissipei com um assopro. Por que causa? diz o Senhor dos exércitos. Por causa da minha casa, que está em ruínas, enquanto correis, cada um de vós, à sua própria casa. 10 Por isso os céus por cima de vós retêm o orvalho, e a terra retém os seus frutos. 11 E mandei vir a seca sobre a terra, e sobre as colinas, sobre o trigo e o mosto e o azeite, e sobre tudo o que a terra produz; como também sobre os homens e os animais, e sobre todo o seu trabalho. 12 Então Zorobabel, filho de Sealtiel, e o sumo sacerdote Josué, filho de Jeozadaque, juntamente com todo o resto do povo, obedeceram a voz do Senhor seu Deus, e as palavras do profeta Ageu, como o Senhor seu Deus o tinha enviado; e temeu o povo diante do Senhor. 13 Então Ageu, o mensageiro do Senhor, falou ao povo, conforme a mensagem do Senhor, dizendo: Eu sou convosco, e diz o Senhor”.458 Aqui temos a chamada à reconstrução do templo. Lembramos também que o templo de Deus é o homem com o espírito recriado: 458 Ageu 1: 4/13
  • 215 este que nasceu de novo através do sangue do Cordeiro, pois creu459 e confessou com a sua boca o que estava no seu coração460 , como falamos na observação do prefácio, pois Deus não habita em templos feitos por mãos de homens, como já vimos461 . Exorta o Senhor aqui para que busquemos primeiro o seu reino e a sua justiça para que as demais coisas nos sejam acrescentadas462 . Os carros para nada servem se estiverem na frente dos bois, assim como os instrumentos, sem mãos para os tocar: “26 Pois que aproveita ao homem se ganhar o mundo inteiro e perder a sua vida? ou que dará o homem em troca da sua vida, da sua alma”463 . Ou seja, sem cuidar da casa de Deus que está dentro de nós, da restauração da nossa personalidade, do nosso caráter, honradez, de que nos importará o visual externo, a não ser para enganar, dissimular como os hipócritas? “27 Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! porque sois semelhantes aos sepulcros caiados, que por fora realmente parecem formosos, mas por dentro estão cheios de ossos e de toda imundícia”.464 Como pisaremos nos átrios de Deus desta maneira: “16 Mas ao ímpio diz Deus: Que fazes tu em recitares os meus estatutos, e em tomares o meu pacto na tua boca, 17 visto que aborreces a correção, e lanças as minhas palavras para trás de ti”.465 459 João 1. 460 Romanos 10. 461 Atos 17:24. 462 Mateus 6:33. 463 Mateus 16: 26 464 Mateus 22: 27 465 Salmo 50: 16,17
  • 216 Como se pode então, nestas condições, prosperar em todos os caminhos? “1 Se ouvires atentamente a voz do Senhor teu Deus, tendo cuidado de guardar todos os seus mandamentos que eu hoje te ordeno, o Senhor teu Deus te exaltará sobre todas as nações da terra; 2 e todas estas bênçãos virão sobre ti e te alcançarão, se ouvires a voz do Senhor teu Deus”466 , ou seja: “15 Se, porém, não ouvires a voz do Senhor teu Deus, se não cuidares em cumprir todos os seus mandamentos e os seus estatutos, que eu hoje te ordeno, virão sobre ti todas estas maldições, e te alcançarão”.467 Os que reconhecem a sua fragilidade pede a ajuda de Deus e a sua misericórdia para aprender a obedecê-Lo e a vencer as iniqüidades: “1 Eis que a mão do Senhor não está encolhida, para que não possa salvar; nem surdo o seu ouvido, para que não possa ouvir; 2 mas as vossas iniqüidades fazem separação entre vós e o vosso Deus; e os vossos pecados esconderam o seu rosto de vós, de modo que não vos ouça”.468 Pois... “13 Se eu cerrar o céu de modo que não haja chuva, ou se ordenar aos gafanhotos que consumam a terra, ou se enviar a peste entre o meu povo; 14 e se o meu povo, que se chama pelo meu nome, 1. se humilhar, 2. e orar, 3, e buscar a minha face, 4. e se desviar dos seus maus caminhos, então eu ouvirei do céu, e perdoarei os seus pecados, e sararei a sua terra”.469 O homem dos últimos dias pensa mais nos seus deleites: “ (...) mais amigos dos deleites do que amigos de Deus, 5 tendo aparência de piedade, mas negando-lhe o poder”470 , ... ou seja, preocupam-se só com a sua casa terrena e não com a Casa de Deus, pois querem banquetear-se e viver dissolutamente, irresponsavelmente, sem nenhuma prudência ou sensatez, infelizmente, seguindo o exemplo daqueles que foram sucumbidos pelo dilívio. Finalizou o Senhor dizendo que está conosco. É só buscar o arrependimento e o encontrar. Empurramos então para fora da nossa porta o desinteresse, a incredulidade, o desencorajamento, a 466 Deuteronômio 28: 1,2 467 Deuteronômio 28: 15 468 Isaías 59: 1,2 469 II Crônicas 7: 13,14 470 II Timóteo 3: 4,5
  • 217 insatisfação e então edificaremos a Casa do Senhor, que é o nosso coração: “20 Sendo Jesus interrogado pelos fariseus sobre quando viria o reino de Deus, respondeu-lhes: O reino de Deus não vem com aparência exterior; 21 nem dirão: Ei-lo aqui! ou: Ei-lo ali! pois o reino de Deus está dentro de vós”.471 Meditemos o que nos fala a música “Edifica em mim”:472 Edifica em mim uma morada para ti Um lugar onde o Teu Espírito possa sempre estar Quero ser um verdadeiro templo, Senhor Ser cheio da Tua glória, respirar o teu amor Em tua presença, sou cheio da Tua glória Tua vida em mim, minha vida em Ti Em Tua presença, caminho em vitória Oh! Soberano e amado, glorioso e Santo Trino Deus!!! Oh! Aleluia. 3.20 O Poder da Unidade Aqui Deus nos fala da força da unidade. 471 Lucas 17: 20,21 472 Renascer Praise.
  • 218 “10 Rogo-vos, irmãos, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo, que sejais concordes no falar, e que não haja dissensões entre vós; antes sejais unidos no mesmo pensamento e no mesmo parecer”.473 Efésios nos fala como fomos chamados: jamais para sermos independentes, mas completamente dependente uns dos outros, como um só corpo: “1 Rogo-vos, pois, eu, o prisioneiro no Senhor, que andeis como é digno da vocação com que fostes chamados, 2 com toda a humildade e mansidão, com longanimidade, suportando-vos uns aos outros em amor, 3 procurando diligentemente guardar a unidade do Espírito no vínculo da paz. 4 Há um só corpo e um só Espírito, como também fostes chamados em uma só esperança da vossa vocação; 5 um só Senhor, uma só fé, um só batismo; 6 um só Deus e Pai de todos, o qual é sobre todos, e por todos e em todos”.474 Um corpo ajustado e ligado, formando uma só unidade: o corpo do Varão perfeito: “... 13 até que todos cheguemos à unidade da fé e do pleno conhecimento do Filho de Deus, ao estado de homem feito, à medida da estatura da plenitude de Cristo;” Ou seja, a estatura do varão perfeito aparece quando há a unidade. Como poderia eu ter um dedo machucado sem me lamentar e prontamente procurar a sua cura? “15 antes, seguindo a verdade em amor, cresçamos em tudo naquele que é a cabeça, Cristo, 16 do qual o corpo inteiro bem 473 I aos Cor 1:10. 474 Efésios 4:1/6.
  • 219 ajustado, e ligado pelo auxílio de todas as juntas, segundo a justa operação de cada parte, efetua o seu crescimento para edificação de si mesmo em amor”.475 Aqui está o poder que há na unidade: “Em verdade vos digo: Tudo quanto ligardes na terra será ligado no céu; e tudo quanto desligardes na terra será desligado no céu. Ainda vos digo mais: Se dois de vós na terra concordarem... (harmonizarem juntos ou fizerem uma sinfonia juntos; uma orquestra) ...acerca de qualquer coisa que pedirem, isso lhes será feito por meu Pai, que está nos céus. Pois onde se acham dois ou três reunidos em meu nome, aí estou eu no meio deles”.476 Diz também que na presença de dois ou três testemunhas toda a verdade será confirmada. Sem esta unidade a confirmação mão será possível: “16 mas se não te ouvir, leva ainda contigo um ou dois, para que pela boca de duas ou três testemunhas toda palavra seja confirmada”.477 Porém, eis aqui o que acontece quando a unidade desaparece: “Jesus, porém, conhecendo-lhes os pensamentos, disse-lhes: Todo reino dividido contra si mesmo é devastado; e toda cidade, ou casa, dividida contra si mesma não subsistirá”. 475 Efésios 4:15,16. 476 Mateus 18:19,20. 477 Mateus 18:16.
  • 220 Também quando desaparece no âmbito familiar ou em grupo, temos o seguinte princípio: “Igualmente vós, maridos, vivei com elas com entendimento, dando honra à mulher, como vaso mais frágil, e como sendo elas herdeiras convosco da graça da vida, para que não sejam impedidas as vossas orações”. Certamente a unidade é imprescindível para se ter a paz tão almejada: “1 Oh! quão bom e quão suave é que os irmãos vivam em união!”.478 E esta é a razão para Deus galardoar os que a promovem: “9 Bem-aventurados os pacificadores, porque eles serão chamados filhos de Deus”.479 478 Salmo 133:1. 479 Mateus 5:9.
  • 221 Em Gênesis vemos uma situação que mostra um momento de forte unidade, embora que para o mal: “... e disse: Eis que o povo é um e todos têm uma só língua; e isto é o que começam a fazer; agora não haverá restrição para tudo o que eles intentarem fazer”.480 Diante da condição que estava o homem, eles não poderiam ser um, pois iriam certamente praticar o mal com bastante sucesso, não fora a providência divina. A Torre de Babel era um símbolo de rebeldia contra Deus - era o primeiro povo que se organizava diretamente contra o Criador. Bab = uma idéia, uma filosofia que vai contra tudo o que vem de Deus: soberba, materialismo, orgulho, etc. O homem vai para “Babilônia” que é o mesmo que “Babel”, lugar onde o crime, o vício, a luxúria, a prostituição, a zombaria, o comércio, a afronta e a desordem reinaram (mãe de todas as meretrizes, segundo o Apocalipse), como em Sodoma e Gomorra e antes do dilúvio. A Babilônia física se foi, mas a idéia, a Babilônia espiritual continua viva, como já foi dito, prometendo uma vida satisfatória aos seus seguidores, dando-lhe exata medida de segurança e estabilidade, contaminando inclusive, infelizmente, os “cristãos” (“...para enganar, se possível os próprios eleitos”481 ), que seguem embalados nesta mentira, afastando-se totalmente de Deus, e conseqüentemente confundindo os que estão ainda de fora tentando achar Deus. O homem precisa conhecer a verdade: “Disse Jesus aos judeus que criam nele: Se permaneceres no meu ensino, verdadeiramente sereis meus discípulos. Então, conhecereis a verdade e a verdade vos libertará”.482 480 Gênesis 11:6. 481 Mateus 24:24. 482 João 18:31,32.
  • 222 Há certamente um poder extraordinário na concordância, positiva ou negativamente: “Como poderia um só perseguir mil, e dois fazer rugir dez mil, se a sua Rocha não os vendera, e o Senhor não os entregara?”.483 E se isto for multiplicado para 2, 4, 10, 100, 1000 ??!! Imaginemos o que aconteceria se esses homens continuassem a ser um!!! O homem perdeu o senso, se curvando ao pecado, e não poderia suportar tanto poder sem perder-se mais e mais. 3.21 Deus não resiste a um coração quebrantado e contrito 483 Deuteronômio 32:30.
  • 223 Certamente os que confiam em Deus não são órfãos: “16 O Senhor deu-se a conhecer, executou o juízo; enlaçado ficou o ímpio nos seus próprios feitos. 17 Os ímpios irão para o Seol, sim, todas as nações que se esquecem de Deus. 18 Pois o necessitado não será esquecido para sempre, nem a esperança dos pobres será frustrada perpetuamente.484 Sim, é o que se espera deste Deus que é Deus: “Porque desde a antigüidade não se ouviu, nem com ouvidos se percebeu, nem com os olhos se viu um Deus além de ti, que opera, que trabalha a favor daquele que por ele espera”.485 Mesmo sabendo que não há merecimento em nós, jubila o nosso coração quando recebemos a boa notícia que Ele veio buscar os perdidos e doentes! Eis-nos aqui esperando o Seu socorro, a Sua misericórdia, pois Ele prometeu: “18 Porque deveras terás uma recompensa; não será malograda a tua esperança”.486 Clamamos porque sabemos que este clamor não é vão: “17 Eu, na verdade, sou pobre e necessitado, mas o Senhor cuida de mim. Tu és o meu auxílio e o meu libertador; não te detenhas, ó Deus meu”.487 Na verdade não somos este coitado, mas há momentos que nos sentimos assim, e aí clamamos: “12 Pois males sem número me têm rodeado; as minhas iniqüidades me têm alcançado, de modo que não posso ver; 484 Salmo 9: 16,17 485 Isaías 64: 4 486 Provérbios 23: 18 487 Salmo 40: 17
  • 224 são mais numerosas do que os cabelos da minha cabeça, pelo que desfalece o meu coração. 13 Digna-te, Senhor, livra-me; Senhor, apressa-te em meu auxílio”. 488 Deus não resistirá a um coração quebrantado e contrito. Muitas vezes não se entende onde se está pecando: se por acaso alguém sucumbiu na mágoa, se colocou um filho, um namorado, ou qualquer outra pessoa ou coisa na frente de Deus... e, a partir disso, as conseqüências vêm: “A estultícia do próprio homem arruína a sua vida, contudo o seu coração se ira contra o Senhor”.489 Mas Deus é misericordioso e compassivo e não está surdo e nem impotente para salvar, como fala Isaías 59. Diz também que são as nossas iniqüidades que fazem separação entre nós e Deus. A oração é poderosa para modificar a cena: “1 Compadece-te de mim, ó Deus, segundo a tua benignidade; apaga as minhas transgressões, segundo a multidão das tuas misericórdias. 2 Lava-me completamente da minha iniqüidade, e purifica-me do meu pecado. 3 Pois eu conheço as minhas 488 Salmo 40: 12,13 489 Provérbios 19: 3
  • 225 transgressões, e o meu pecado está sempre diante de mim. 4 Contra ti, contra ti somente, pequei, e fiz o que é mau diante dos teus olhos; de sorte que és justificado em falares, e inculpável em julgares. (Deus sempre tem razão e não responde àquele que não clama) ... 5 Eis que eu nasci em iniqüidade, e em pecado me concedeu minha mãe. 6 Eis que desejas que a verdade esteja no íntimo; faze-me, pois, conhecer a sabedoria no secreto da minha alma. 7 Purifica-me com hissopo, e ficarei limpo; lava-me, e ficarei mais alvo do que a neve. 8 Faze-me ouvir júbilo e alegria, para que se regozijem os ossos que esmagaste. 9 Esconde o teu rosto dos meus pecados, e apaga todas as minhas iniqüidades. 10 Cria em mim, ó Deus, um coração puro, e renova em mim um espírito estável. 11 Não me lances fora da tua presença, e não retire de mim o teu santo Espírito. 12 Restitui-me a alegria da tua salvação, e sustém-me com um espírito voluntário. 13 Então ensinarei aos transgressores os teus caminhos, e pecadores se converterão a ti. 14 Livra- me dos crimes de sangue, ó Deus, Deus da minha salvação, e a minha língua cantará alegremente a tua justiça. 15 Abre, Senhor, os meus lábios, e a minha boca proclamará o teu louvor. 16 Pois tu não te comprazes em sacrifícios; se eu te oferecesse holocaustos, tu não te deleitarias... (não são os rituais vazios que tocam o coração de Deus...). ... 17 O sacrifício aceitável a Deus é o espírito quebrantado; ao coração quebrantado e contrito não desprezarás, ó Deus. 18 Faze o bem a Sião, segundo a tua boa vontade; edifica os muros de Jerusalém (Cura a minha alma). 19 Então te agradarás de sacrifícios de justiça dos holocaustos e das ofertas queimadas; então serão oferecidos novilhos sobre o teu altar... 490 Desta maneira, com o coração quebrantado e a alma curada, certamente: ... “5 Os que semeiam em lágrimas, com cânticos de júbilo segarão. 6 Aquele que sai chorando, levando a semente para semear, voltará com cânticos de júbilo, trazendo consigo os seus molhos”.491 E... “(...) O choro pode durar uma noite; pela manhã, porém, vem o cântico de júbilo”...492 490 Salmo 51. 491 Salmo 126: 5,6 492 Salmo 30: 5
  • 226 E mais: “1 Esperei com paciência pelo Senhor, e ele se inclinou para mim e ouviu o meu clamor. 2 Também me tirou duma cova de destruição, dum charco de lodo; pôs os meus pés sobre uma rocha, firmou os meus passos. 3 Pôs na minha boca um cântico novo, um hino ao nosso Deus; muitos verão isso e temerão, e confiarão no Senhor. 4 Bem-aventurado o homem que faz do Senhor a sua confiança,... (...)”.493 Esperou com paciência, perseverando na oração e na súplica: “Levanta-te, Senhor! Não prevaleça o homem; sejam julgadas as nações na tua presença! 20 Senhor, incute-lhes temor! Que as nações saibam que não passam de meros homens!”.494 3.22 E ai do que não falar 493 Salmo 40: 1/4 494 Salmo 40: 19,20
  • 227 Fala o Apóstolo Paulo, ensinando aos enviados de Deus: “16 Pois, se anuncio o evangelho, não tenho de que me gloriar, porque me é imposta essa obrigação; e ai de mim, se não anunciar o evangelho”.495 Não há crime maior que este, pois se a alguém foi revelado a Verdade de Deus, e este tem ciência do juízo que aguarda os que não são lavados pelo sangue de Cristo, como poderia este “economizar a sua carne”,496 tentando se livrar das agressões? Não haverá recurso possível e nem pequena defesa, quanto mais ampla, depois desta vida, para quem quer que seja. Esta será a única oportunidade para o homem buscar o arrependimento: “27 E, como aos homens está ordenado morrerem uma só vez, vindo depois o juízo”.497 Como vemos, Deus tem motivos suficientes para se horrorizar com os que resistem à Sua ordenança: os Jonas, os incrédulos, os rebeldes, os chorões, os inseguros, rejeitados, como tantos, incluindo Moisés, Jeremias... É realmente grande o número destes que Deus chamou e não se sentiram capazes (não há como se sentir capaz para tal), assim como, na mesma proporção, a ira de Deus contra estes, que aos poucos vão entendendo que Deus não chama os capazes, mas capacita os pequeninos que chama: “10 Então disse Moisés ao Senhor: Ah, Senhor! eu não sou eloqüente, nem o fui dantes, nem ainda depois que falaste ao teu servo; porque sou pesado de boca e pesado de língua. 11 Ao que lhe replicou o Senhor: Quem faz a boca do homem? ou quem faz o mudo, ou o surdo, ou o que vê, ou o cego? Não sou eu, o Senhor? 12 Vai, pois, agora, e eu serei com a tua boca e te ensinarei o que hás de falar. 13 Ele, porém, respondeu: Ah, Senhor! envia, peço-te, por mão daquele a quem tu hás de 495 I aos Cor 9:16. 496 Mateus 16:25. 497 Hebreus 9:27.
  • 228 enviar. 14 Então se acendeu contra Moisés a ira do Senhor, e disse ele: Não é Arão, o levita, teu irmão? eu sei que ele pode falar bem. Eis que ele também te sai ao encontro, e vendo-te, se alegrará em seu coração. 15 Tu, pois, lhe falarás, e porás as palavras na sua boca; e eu serei com a tua boca e com a dele, e vos ensinarei o que haveis de fazer. Então se acendeu contra Moisés, a ira do Senhor (...)”.498 “5 Antes que eu te formasse no ventre te conheci, e antes que saísses da madre te santifiquei; às nações te dei por profeta. 6 Então disse eu: Ah, Senhor Deus! Eis que não sei falar; porque sou um menino. 7 Mas o Senhor me respondeu: Não digas: Eu sou um menino; porque a todos a quem eu te enviar, irás; e tudo quanto te mandar dirás. 8 Não temas diante deles; pois eu seu contigo para te livrar, diz o Senhor. 17 Tu, pois, cinge os teus lombos, e levanta-te, e dêem-lhes tudo quanto eu te ordenar; não desanimes diante deles, para que eu não te desanime diante deles. 18 Eis que hoje te ponho como cidade fortificada, e como coluna de ferro e muros de bronze contra toda a terra, contra os reis de Judá, contra os seus príncipes, contra os seus sacerdotes, e contra o povo da terra. 19 E eles pelejarão contra ti, mas não prevalecerão; porque eu sou contigo, diz o Senhor, para te livrar.499 “3 E disse-me ele: Filho do homem, eu te envio aos filhos de Israel, às nações rebeldes que se rebelaram contra mim; eles e seus pais têm transgredido contra mim até o dia de hoje. 4 E os filhos são de semblante duro e obstinados de coração. Eu te envio a eles, e lhes dirás: Assim diz o Senhor Deus. 5 E eles, quer ouçam quer deixem de ouvir (porque eles são casa rebelde), hão de saber que esteve no meio deles um profeta. 6 E tu, ó filho do homem, não os temas, nem temas as suas palavras; ainda que estejam contigo sarças e espinhos, e tu habites entre escorpiões; não temas as suas palavras, nem te assustes com os seus semblantes, ainda que são casa rebelde. 7 Mas tu lhes dirás as minhas palavras, quer ouçam quer deixem de ouvir, pois são rebeldes. 8 Mas tu, ó filho do homem, ouve o que te digo; não sejas rebelde como a casa rebelde; abre a tua boca, e come o que eu te dou”.500 “20 E eu te porei contra este povo como forte muro de bronze; eles pelejarão contra ti, mas não prevalecerão contra ti; porque eu sou contigo para te salvar, para te livrar, diz o Senhor. 21 E arrebatar-te-ei da mão dos iníquos, e livrar-te-ei da mão dos cruéis”.501 Fala o Deus paciente, que suporta a nossa tão grande fragilidade: 498 Êxodo 4:10/14. 499 Jeremias 1:5/8; 17/19. 500 Ezequiel 2:3/8. 501 Jeremias 15:20,21.
  • 229 “Quanto a Israel, porém, diz: Todo o dia estendi as minhas mãos a um povo rebelde e contradizente.502 “E Jesus, respondendo, disse: ó geração incrédula e perversa! até quando estarei convosco? até quando vos sofrerei?” 503 “(...) Ouvi-me, ó Judá, e vós, moradores de Jerusalém. Crede no Senhor vosso Deus, e estareis seguros; crede nos seus profetas, e sereis bem sucedidos”.504 “Atendei, ó néscios, dentre o povo; e vós, insensatos, quando haveis de ser sábios?”505 “Então ele lhes disse: ó néscios, e tardos de coração para crerdes tudo o que os profetas disseram!”506 Certa vez escutei isto de Deus, pois assim como Moisés, Jeremias, eu não conseguia crer que Deus fosse me usar da maneira como estava falando. Foi uma batalha muito grande entre Deus e eu naquela noite. Levantava a minha cabeça e entendia que era comigo que Ele falava, mas logo em seguida abaixava outra vez sentindo vergonha de ter pensado tal coisa. O espírito de incredulidade, fazendo uma cadeia com rejeição não me deixavam crer que pudesse ser honrada desta maneira (eram muitas as feridas do passado). Realmente é uma grande honra sofrer pelo Evangelho de Cristo, mas eu não sabia neste momento o que significava, além da honra, este chamado de Deus. No final, Ele me disse que ia colocar um cântico na minha boca para que eu cresse que era Ele que falava comigo. Foi um cântico espiritual altíssimo e havia algumas pessoas do meu lado. Fiquei de 502 Romanos 10:21. 503 Mateus 17:17. 504 II a Crônicas 20:20. 505 Salmo 94:8. 506 Lucas 24:25.
  • 230 cabeça baixa e muito preocupada com o que as pessoas estariam pensando depois de me escutarem, “sem mais nem menos”, cantar daquela maneira e naquela altura. Quando consegui levantar os olhos e encarar a pessoa que estava ao meu lado, perguntei algo sobre o fato, já que ela não havia dito nada. Enfim, nem ela e nem ninguém escutou aquele cântico, mas só eu. Fiquei ainda mais cheia de temor, e este versículo, que escutei tantas vezes naquela noite, ecoou nos meus ouvidos espirituais e nunca mais saiu. Não foi fácil e nem rápido para Deus me ensinar e me convencer a anunciar estas boas novas, que para muitos, não são muito boas, já que os confronta por inteiro, mas Ele, como sempre, faz como quer, quando quer e com quem quiser, principalmente se este alguém for um pequeno, pois este terá mais facilidade para entender que ninguém é ninguém, fora o socorro de Deus. Observemos o perfil destes enviados: “Ora, vede, irmãos, a vossa vocação, que não são muitos os sábios segundo a carne, nem muitos os poderosos. nem muitos os nobres que são chamados. Pelo contrário, Deus escolheu as coisas loucas do mundo para confundir os sábios; e Deus escolheu as coisas fracas do mundo para confundir as fortes; e Deus escolheu as coisas ignóbeis do mundo, e as desprezadas, e as que não são, para reduzir a nada as que são; para que nenhum mortal se glorie na presença de Deus. Mas vós sois dele, em Cristo Jesus, o qual para nós foi feito por Deus sabedoria, e justiça, e santificação, e redenção; para que, como está escrito: Aquele que se gloria, glorie-se no Senhor”.507 Quando lemos esta passagem muitas vezes começamos a entender que Deus, realmente, pode estar nos chamando, pois nos enquadramos neste perfil. Não é fácil para o homem natural entender a loucura do Evangelho: “Naquela mesma hora exultou Jesus no Espírito Santo, e disse: Graças te dou, ó Pai, Senhor do céu e da terra, porque ocultaste estas coisas aos sábios e entendidos, e as revelaste aos pequeninos; sim, ó Pai, porque assim foi do teu agrado”.508 E disse mais o Mestre dos Mestres quando ensina a identificar os que são seus: “Portanto, pelos seus frutos os conhecereis”.509 507 I aos Coríntios 1:26/31. 508 Lucas 10:21. 509 Mateus 7:20.
  • 231 Não conhecerão por outra forma senão pelos frutos da pessoa, que deverão ser analisados sem partidarismos que é uma obra da carne segundo o Livro de Gálatas. Não serão conhecidos pela igreja que freqüentam, ou se falam da mesma maneira que eles, mas pelos frutos espirituais, pela conduta, pelo amor que os move. Então fala Deus: “Então Pedro, tomando a palavra, disse: Na verdade reconheço que Deus não faz acepção de pessoas; mas que lhe é aceitável aquele que, em qualquer nação, o teme e pratica o que é justo”.510 Em qualquer “nação” (pode ser nação território, nação de agregados, nação pessoa). E na verdade quantas vezes ficamos boquiabertos por não esperar, vindo de algumas nações algo de bom, porque temos noções pré-concebidas do que deveria ser a aparência de um enviado (por esta razão rejeitamos a Cristo, na Sua humanidade). Às vezes esta nação é uma verdadeira “lata de lixo” aos olhos humanos, aos corações enganosos: “Perguntou-lhe Natanael: Pode haver coisa bem vinda de Nazaré? Disse-lhe Felipe: Vem e vê. 511 “(...) e, reunindo todos os principais sacerdotes e os escribas do povo, perguntava- lhes onde havia de nascer o Cristo. Responderam-lhe eles: Em Belém da Judéia; pois assim está escrito pelo profeta: E tu, Belém, terra de Judá, de modo nenhum és a menor entre as principais cidades de Judá; porque de ti sairá o Guia que há de apascentar o meu povo de Israel”.512 Não teríamos páginas aqui suficientes para relacionar os “pequeninos, os fracos, os considerados desprezíveis que Deus usou e usa, a exemplo de Davi que era considerado um nada até pela sua família, 510 Atos 10:34. 511 João 1:46. 512 Mateus 2:4/6.
  • 232 pois era um simples e despercebido pastor de ovelhas, que Samuel teve que ungir apesar de ter se envolvido com a falsa aparência dos seus irmãos e por isso foi repreendido por Deus: “Mas o Senhor disse a Samuel: Não atentes para a sua aparência, nem para a grandeza da sua estatura, porque eu o rejeitei; porque o Senhor não vê como vê o homem, pois o homem olha para o que está diante dos olhos, porém o Senhor olha para o coração”.513 E as pessoas fingem pensar que isto é só com Samuel que acontece. E continuou Samuel se espantando e sem conseguir “fechar a boca”: “Disse mais Samuel a Jessé: São estes todos os teus filhos? Respondeu Jessé: Ainda falta o menor, que está apascentando as ovelhas. Disse, pois, Samuel a Jessé: Manda trazê-lo, porquanto não nos sentaremos até que ele venha aqui. Jessé mandou buscá-lo e o fez entrar. (...) Então disse o Senhor: Levanta-te, e unge-o, porque é este mesmo”.514 É este mesmo, aquele que não esperamos que seja. Não podemos esquecer do que nos fala Deus através do Apóstolo Paulo: “15 E como pregarão, se não forem enviados? assim como está escrito: Quão formosos os pés dos que anunciam coisas boas”.515 3.23 Os frutos e os dons Na realidade, esta igreja que se diz de Cristo, não se apercebeu ainda o que significa AMAR, embora já tenham escutado os versículos a seguir, pois são muito propagados até mundo secular. Eis aqui a descrição do que amor: 513 I a Samuel 16:7. 514 I a Samuel 16:11,12. 515 Romanos 10:15.
  • 233 “Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, e não tivesse amor, seria como o metal que soa ou como o címbalo que retine. E ainda que tivesse o dom de profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência, e ainda que tivesse toda fé, de maneira tal que transportasse os montes, e não tivesse amor, nada seria. E ainda que distribuísse todos os meus bens para sustento dos pobres, e ainda que entregasse o meu corpo para ser queimado, e não tivesse amor, nada disso me aproveitaria. O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não se vangloria, não se ensoberbece, não se porta inconvenientemente, não busca os seus próprios interesses, não se irrita, não suspeita mal; não se regozija com a injustiça, mas se regozija com a verdade; tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. O amor jamais acaba; agora, pois, permanecem a fé, a esperança, o amor, estes três; mas o maior destes é o amor”.516 Poderemos afirmar, sem medo de errar e de estar sendo irresponsável, hipócrita, ou mentindo, que é isso que encontramos nessas igrejas estabelecidas? Os dons ficarão depois do amor, quando se classifica uma pessoa pelos seus frutos, ou o que faz milagres são mais procurados e venerados? Os que abrem a Bíblia e citam os versículos são mais respeitados do que os “milagrentos”? É claro que não! O povo quer o lucro, a benção, e não são ensinados na prática, pois escutam laconicamente a Palavra de Deus, como uma teoria, um ritual a ser seguido, que ter o Dono da Benção dentro de si é ter a benção continuamente, e que depois irão aprender a andar com Ele, perseverar, insistir na fé, mesmo que não tenha nada na vide ou nos celeiros, pois “Deus é de graça, mas não é barato”: “Ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto nas [vide]s; ainda que falhe o produto da oliveira, e os campos não produzam mantimento; ainda que o rebanho seja exterminado da malhada e nos currais não haja gado, todavia eu me alegrarei no Senhor, exultarei no Deus da minha salvação”.517 O homem será salvo pelos frutos ou pelos dons? Sabemos que os dons são de Deus e os frutos são o que caracteriza o esforço do homem. 3.24 O lixo debaixo do tapete 516 I aos Coríntios 13:1/8,13. 517 Habacuque 3:17.
  • 234 O povo não sabe (pois não é ensinado) “pescar o peixe” (isto não é lucro para os mercenários controladores) porque não vai com Jesus, mas vai com a religião, com a igreja, que os ensina a sentar nos bancos desses templos a semana toda, e ai daquele que não vai por questões de trabalho, estudo ou porque tem o compromisso de passear com a família, ou um momento a sós com o cônjuge. Tudo isso, todo o aprimoramento das pessoas fica para segundo plano, pois o plano maior é estar no templo para que a “lavagem” seja contínua e eficiente nas suas mentes, para que estas fiquem passivas e seja cada vez mais fácil manipular, controlar, até que estas se tornem verdadeiros eunucos. O que importa é o templo de pedra e não o santuário vivo, o único que Deus habita, que é o coração de um homem que n’Ele crê e O adora. Vemos a Palavra nos alertar que a “bandidagem” é maior dentro desses arraiais religiosos, do que fora: “Geralmente se ouve que há entre vós imoralidade, imoralidade que nem mesmo entre os gentios se vê, a ponto de haver quem vive com a mulher de seu pai”.518 Porém, na verdade não se crê nesta realidade irrefutável, e que eternamente está escrito à disposição de toda a humanidade, em todas as épocas. Todas as coisas imundas que estão dentro do santuário não são lavadas, pois a “espuma” da religião não lava sujeira, mas a esconde e acumula, e também ensina os seus “fiéis” a esconder o seu opróbrio, pois o que importa e “parecer ser” e jamais “ser”, pois se um dia alguém “for”, ou seja, se tornar trigo, vai sair de lá. O lixão ficará então camuflado, agindo com os seus terríveis frutos, que continuarão sendo “escondidos”, isto só no meio deles (eles não percebem isso), pois todos os que estão de fora percebem o mal cheiro, que está debaixo do tapete ou de uma pedra. Quando Deus lhes pede para tirar a pedra para que Ele possa fazer o milagre, como fez com Lázaro, nem conseguem identificar que há um “defunto mal cheiroso” debaixo desta pedra tão pesada. Escutam 518 I aos Coríntios 5:1.
  • 235 continuamente: “Coloque uma pedra em cima do assunto e deixemos a chatice de lado”. Fala Ken Blue519 , que quando uma família disfuncional vê que não há espaço na igreja para as imperfeições dela, acaba encobrindo-as. Todos exibem um riso e agem com base na doutrina não-falada de que é melhor parecer do que ser, de fato, uma família cristã. A dor permanece escondida e não-tratada, fazendo com que uma má situação fique ainda pior. “14 Também se ocupam em curar superficialmente a ferida do meu povo, dizendo: Paz, paz; quando não há paz”.520 Se alguém insiste, porque leu na Bíblia, que precisa confessar os seus pecados para poder ser curado... (“Confessai, portanto, os vossos pecados uns aos outros (não é só a Deus, escondido, e orai uns pelos outros, para serdes curados. A súplica de um justo pode muito na sua atuação”.521 ) ... esta pessoa, depois de algumas evasivas será evitada, e se continuar insistindo será taxada como Jó522 , de pecador, de incrédulo, de “irmão problema” e esta situação vai se avolumando de tal maneira que das duas uma: ou ele se rende à “tribo” para não ficar de fora, para não ser excluído dela, ou mesmo para não sair de Deus, pois este ainda pensa que saindo deste antro sairá de Deus, ou seja, ou ele será expulso ou tratado de maneira que não haja possibilidade de convivência. Se for expulso, a liderança corrupta, mesmo que viva constantemente evidenciando os erros uns dos outros, nesta hora vão se unir para “deletar”, para matar, moralmente, espiritualmente e até 519 “Abuso Espiritual”, Ken Blue, Tradução de Healin Spiritul Abuse; ABU ed;1ª ed; 2000; Registramos um resumo deste livro no texto “Resumo de Livros de outros autores, com grifo nosso”. 520 Jeremias 6:14. 521 Tiago 5:16. 522 Recomendamos o texto “O Ponto de Equilíbrio”, quando falamos sobre o assunto.
  • 236 fisicamente estas pessoas. Registramos também o fato terrivelmente cruel de pessoas que confessaram e foram “massacradas” por eles de todas as formas. 3.24.a Fala Ken Blue:523 O autor trata deste assunto ignóbil no seu livro: “O fermento é o poder irresistível da corrupção. É a putrefação do mal que permeia a verdade, transformando-a em uma mistura de verdade e mentira. Isto, é claro, é bem mais perigoso do que uma mentira pura, porque esta é facilmente localizada e rejeitada. Mentira disfarçada em verdade nos engana e nos leva a aceitá-la. Jesus não preveniu seus discípulos para que tivessem cuidado com o fermento das prostitutas e dos coletores de impostos – os de baixo nível moral daqueles dias. O mal daqueles era óbvio, é claro, e, portanto, relativamente inofensivo. O verdadeiro perigo é a mentira religiosa desta aparência misturada em um corpo de verdades faladas por uma pessoa de respeito. Jesus nos exorta a termos cuidado com aqueles que se apresentam como autoridades religiosas. 3.24.b Como diz Philip Keller: “A maior ameaça à igreja hoje não vem de fora, mas de dentro de nossa própria liderança.” 3.25 O vício estabelecido e aceito 523 Tradução de Healin Spiritul Abuse; ABU ed;1ª ed; 2000
  • 237 A mídia sempre aponta para os malefícios do tabaco, do álcool, das drogas, e correlatos, mas muito pouco fala sobre glutonaria, negligenciando assim os “dependentes da comida”, ou seja, os viciados nela. As pessoas respeitam uma pessoa com diabetes, por exemplo, as quais não podem comer determinados alimentos, mas estão longe de entender e respeitar a doença de uma pessoa obesa, que é a consequência da glutonaria, e que é a origem do diabetes e de todas as outras doenças. Até parece que nem soa bem falar assim sobre comida, porque na verdade todos dependemos dela. Não precisamos de tabaco para viver, nem de álcool, nem de drogas, mas precisamos de comer. Ninguém vive sem a comida, mas também, ninguém poderá viver bem sem a disciplina e sem os excessos. O ponto de equilíbrio deverá estar presente em todas as atitudes humanas. Talvez a mídia não esteja capacitada a entender e a dissetar sobre o assunto, pois, na essência, glutonaria é mais um problema espiritual, do que emocional ou físico.
  • 238 A Gula é pecado, pois a motivação que existe nas pessoas para levá- las a buscar o sustento da emoção, o conforto emocional nos alimentos, são os mesmos que as levam a buscar outras substâncias correlatas. A comida também provoca reações químicas no organismo humano, trazendo o desfrute da sensação de prazer, sonolência, euforia, etc., como por exemplo, o chocolate e os doces em geral. Não tem este texto o objetivo de uma análise nesta área específica, mas sim de colocar aqui um alerta para denunciar a fraude estabelecida nas igrejas ditas cristãs a respeito do assunto, manchando assim o caráter da Bíblia. 3.25.a Fala Sergio Lopes
  • 239 Perguntaram certa vez ao cantor Sergio Lopes o que ele mais detestava e ele respondeu da seguinte forma sobre religiosidade e glutonaria:524 Não compreendo crente glutão e obeso falando de fé em Jesus quando não consegue controlar a glutonaria que o torna obeso. Pra mim esses crentes são uma fraude, pois quem não consegue controlar o próprio apetite que lhe denuncia o corpo exterior, não controla o que faz em oculto, as coisas que ninguém está vendo. Engraçado é que todos ignoram que a glutonaria também é um pecado capital, citado até no novo testamento. 3.25.b Fala Ellen G. White: 524 Copyright © CadêCristo.
  • 240 Citamos também um pequeno trecho do que escreve Eleen G. White,525 uma mulher para quem Deus revelou muito sobre a questão e que por motivos religiosos, toda este manancial de ensinamentos está muito camuflado e quase nada à disposição do povo em geral, principalmente pela interferência dos mercenários ditos cristãos, cujo deus é o ventre e caminham, quase sempre, de mãos dadas à glutonaria e a bebedices em geral: 3.25.b.1 A Glutonaria: Um Pecado É pecado ser intemperante na quantidade de alimento ingerido, mesmo que a qualidade seja recomendável. Muitos acham que por não usarem alimento cárneo e os artigos alimentares mais finos, podem comer do alimento simples até não mais terem vontade. Isto é um engano, muitos professos reformadores da saúde não são mais do que glutões. Põem eles sobre os órgãos digestivos um fardo tão grande que a vitalidade do organismo é consumida no esforço para dele desfazer-se. Exerce ele também uma influência depressiva sobre o intelecto, pois a energia nervosa do cérebro é requerida para auxiliar o estomago em seu trabalho. Comer em excesso, mesmo do alimento mais simples, embota a sensibilidade dos nervos do cérebro e enfraquece sua vitalidade. O comer em excesso exerce um efeito mais prejudicial sobre o organismo do que o trabalho excessivo; as energias da alma são mais efetivamente prostradas pelo comer intemperante do que pela intemperança no trabalho. Os órgãos digestivos jamais devem ser sobrecarregados com uma quantidade ou qualidade de alimento que exija esforço do organismo para dela apropriar-se. Tudo aquilo que é colocado no estômago, além do que o organismo pode utilizar para transformar em bom sangue, atravanca a maquinaria, pois não pode ser tornado quer em carne quer em sangue, e sua presença sobrecarrega o fígado e produz uma condição mórbida do organismo. O estômago trabalha demais em seu esforço para utilizá-lo, e há então uma sensação de langor que é interpretada como sendo fome, e, sem dar tempo aos órgãos digestivos para repousarem de seu intenso labor e renovar 525 Livros: “Conselho sobre o regime alimentar” e “Conselhos sobre saúde”, ambos pela Casa Publicadora Brasileira,SP,respectivamente, 1994 e 1993; págs: (respec: 15/23 e 160.
  • 241 suas energias, outra quantidade imoderada de alimento é colocada no estômago, pondo o cansado maquinismo de novo em movimento. O organismo recebe menos alimento de tão grande quantidade de comida, mesmo de devida qualidade, do que de uma quantidade menor, tomada em períodos regulares. É impossível ter clara concepção das coisas eternas a menos que a mente seja treinada a demorar-se sobre temas elevados. Todas as paixões devem ser trazidas em perfeita sujeição às faculdades morais. Quando homens e mulheres professam fé vigorosa e espiritualidade zelosa, sei que sua profissão é falsa se eles não têm posto todas as suas paixões sob controle. Deus pede isto. A razão pela qual tais trevas espirituais prevalecem é que a mente se satisfaz em seguir um baixo nível e não é dirigida para o alto, em um canal celestial puro e santo. 3.25.b.2 Para Glória de Deus (...) Cada faculdade com que o Criador nos dotou deve ser cultivada ao máximo grau da perfeição, a fim de podermos fazer a maior porção de bem de que formos capazes. Logo é bem empregado o tempo que se usa no estabelecer e preservar a saúde física e mental. Não podemos permitir que definhe ou invalide qualquer função do corpo ou da mente. É indubitável que ao fazermos isto sofreremos as conseqüências.526 3.25.b.3 Escolha de Vida ou Morte (...) Por outro lado, pode ele permitir que suas faculdades sem embotem por falta de uso, ou se pervertam por maus hábitos, por falta de domínio próprio ou de resistência moral. O curso de sua vida então se inclina para baixo; ele se torna desobediente à lei de Deus e às leis da saúde. O apetite conquista-o; a inclinação o conduz; torna- se-lhe mais fácil permitir que os poderes do mal, sempre ativos, o arrastem, do que lutar contra eles, indo avante. Seguem-se 526 I a Tess 5:23.
  • 242 dissipação, enfermidade e morte. Esta é a história de muitas vidas que podiam ter sido úteis à causa de Deus e à humanidade. 3.25.b.4 A Busca da Perfeição (...) O organismo vivo é propriedade de Deus. A Ele pertence pela criação e pela redenção; e pelo mau uso de qualquer de nossas faculdades roubamos a Deus da honra que Lhe é devida. 3.25.b.5 Uma Questão de Obediência (...) A obrigação que temos de nos apresentar a Deus limpos, puros, saudáveis, não é compreendida. A falta de cuidado pela maquinaria viva é um insulto ao Criador. Há regras divinamente indicadas que se observadas livrariam os seres humanos de enfermidades e morte prematura. (...) Cada ação descuidada e desatenta, qualquer abuso em relação ao maravilhoso mecanismo do Senhor, com desrespeito a Suas peculiares leis na habitação humana, é uma violação da lei de Deus. (...) O mundo está em grande medida entregue à satisfação do apetite; e a disposição de seguir os costumes do mundo nos tornará cativos de hábitos pervertidos – hábitos que nos farão cada vez mais semelhantes aos condenados habitantes de Sodoma. (...) Manter o corpo em condições saudáveis, a fim de que todas as partes da maquinaria viva possam agir harmoniosamente, tal deve ser a preocupação de nossa vida. Os filhos de Deus não podem gloriá-Lo com o corpo enfermo ou a mente amesquinhada. Os que condescendem com qualquer espécie de intemperança, seja no comer, seja no beber, desgastam suas energias físicas e enfraquecem as faculdades morais. Uma vez que as leis da Natureza são leis de Deus, é claro dever nosso dar a essas leis a mais cuidadosa atenção. Devemos estudar seus reclamos em relação a nosso próprio corpo, ajustando-nos a eles. A ignorância nessas coisas é pecado. (...) Glorificai, pois a Deus no vosso corpo, e no vosso espírito, os quais pertencem a Deus.527 Nosso corpo é propriedade adquirida de Cristo, e não devemos sentir-nos em liberdade de fazer com ele o que nos apraz. Os homens têm procedido assim; têm tratado o seu corpo como se suas leis não previssem penalidade. Por meio do 527 I aos Cor 6:15,19,20
  • 243 pervertido apetite seus órgãos e faculdades têm-se tornado debilitados, enfermos e inutilizados. E esses resultados que Satanás tem acarretado por suas próprias especiosas tentações, ele usa para escarnecer de Deus. Ele apresenta diante de Deus o corpo humano que Cristo adquiriu como Sua propriedade; e que deformada representação de seu Criador é o homem! Porque pecou contra o corpo, e corrompeu os seus caminhos, Deus é desonrado. Quando homens e mulheres são verdadeiramente convertidos, conscienciosamente consideram as leis da vida que Deus estabeleceu em seu ser, buscando assim evitar debilidade física, mental e moral. A obediência a essas leis deve ser feita matéria de dever pessoal. 3.25.b.6 Penalidade pela Ignorância (...) Deus criou leis que governam nossa constituição, e essas leis que Ele pôs em nosso ser são divinas, e para cada transgressão está fixada uma penalidade que, cedo ou tarde, será executada. 3.25.b.7 Nem sempre é Ignorância (...) “Sabemos muito mais do que praticamos”. Cada órgão, cada fibra do ser, devem ser religiosamente guardados de práticas danosas. 3.25.b.8 Responsabilidade pela Luz (...) Deus releva o tempo de ignorância, mas tão logo a luz brilhe sobre nós, de nós requer mudança nos hábitos destruidores da saúde, e que nos relacionemos devidamente com as leis físicas. A saúde é um tesouro. É de todas as posses temporais a mais preciosa. Riqueza, cultura a honra são adquiridas ao elevado preço da perda do vigor da saúde. Nada disso pode assegurar felicidade, se falta a saúde. Terrível pecado é o abuso da saúde que Deus nos deu; tais abusos debilitam nossa vida, tornando-nos perdedores mesmo que ganhemos por esse meio qualquer soma de educação.
  • 244 3.25.b.9 Uma Oferta sem Mancha (...) Apresentemos o nosso corpo a Deus em sacrifício vivo, santo e aceitável, que é o nosso culto racional. Nós somos a obra-prima de Deus. O salmista, meditando sobre a maravilhosa obra de Deus na estrutura humana, exclamou: “De um modo terrível e maravilhoso fui formado”.528 (...) As ofertas dos antigos hebreus deviam ser sem mancha; seria aceitável a Deus um sacrifício humano cheio de enfermidades e corrupção? “Fostes comprados por bom preço; glorificai pois a Deus”.529 3.25.b.10 Uma Piedosa Oferta (...) A enfermidade é motivada pela violação das leis da saúde; é o resultado da transgressão das leis da natureza. (...) Se adoecemos, sobrecarregamos nossos amigos e nos incapacitamos a nós mesmos para o cumprimento de nossos deveres para com a família e o próximo. 3.25.b.11 Por que a Luz Sobre a Reforma da Saúde (...) Satanás está trabalhando com grande afinco para levar homens a serem condescendentes com o apetite, a satisfazerem a inclinação e a gastarem os seus dias em desavisadas doidices. Ele apresenta atrações numa vida de prazer egoísta e condescendência sensual. A intemperança mina as energias tanto da mente como do corpo. Aquele que está assim sobrecarregado, colocou-se no terreno de Satanás, onde será tentado e molestado, e finalmente controlado à vontade pelo inimigo de toda a justiça. A fim de preservar a saúde, é necessário temperança em todas as coisas – no trabalho, no comer e no beber, de forma que pelo exercício da temperança na vida diária, sejam santificados pela verdade. Observemos que as pessoas que freqüentam essas igrejas são tidos normalmente por pessoas “cabecinhas”, pobres e feias. Isto entristece muito os que amam a Deus, pois Deus é a essência da beleza. Se tivermos a paciência de ficar observando o “desfile” desses “fiéis” à religião, vamos perceber com muita tristeza que são 528 Salmo 139:14. 529 I aos Cor 6:20.
  • 245 realmente pessoas de aspecto que deixa muito a desejar, não porque são simples como afirmam ser, sem vaidades terrenas, mas porque são mal orientados sobre a importância de cuidar do corpo, da saúde, da essência física. Dão a desculpa da vaidade para então se acomodarem e viverem inativos, sem o exercício físico que é primordial para uma boa saúde. Em contrapartida são terrivelmente glutões, pois: comida pode! Leram na Bíblia (isto eles leram) que é só santificar, que tudo pode. Não se importam se está escrito que há a comida dos santos, a que Deus criou para os fiéis530 e outros que são manipulados por satanás para envenenar e destruir o altar do Seu Espírito531 (quantos alimentos sabemos que destroem o corpo? São poucos?), este que teremos que apresentar a Deus, irrepreensível, junto com a alma e o espírito.532 Também fingem ignorar que há coisas que não se santifica, mas se entrega a César, pois é de César:533 “(...) Então lhes disse: Dai, pois, a César o que é de César, e a Deus o que é de Deus”.534 Eles fingem que acreditam que assim podem proceder, tentando a Deus, mas as conseqüências de uma alimentação errada são conhecidas de todos, e é inescusável “tapar o sol com a peneira”. Pelos frutos constatam que os efeitos são terríveis para a saúde, e então vão para o culto de cura pedindo a Deus que as livre da úlcera, da gastrite, da pressão alta. O fato é que o café que tomam em jejum e outros alimentos que ingerem de maneira errada, são a causa da enfermidade e não o diabo, e de nada adiantará expulsar a enfermidade que está sendo alimentada pelo vício. Este sim, deverá ser expulso depois da abstinência e da tomada de posição a respeito. 530 I a Timóteo 4. 531 I aos Cor 3:17. 532 I aos Tess 5:23. 533 Mateus 22:21. 534 Mateus 22:21.
  • 246 Este é outro problema grave. Se algum demônio é expulso sem que depois a pessoa não tenha uma tomada de posição, a situação vai piorar muito.535 Isto tem sido uma das causas da ruína, pois o povo usa dos dons, os atributos divinos com usura, irresponsabilidade, buscando lucros terrenos e se esquecem de temer, temer e temer muito: “Ora, havendo o espírito imundo saído do homem, anda por lugares áridos, buscando repouso, e não o encontra. Então diz: Voltarei para minha casa, donde saí. E, chegando, acha-a desocupada, varrida e adornada. Então vai e leva consigo outros sete espíritos piores do que ele e, entretanto, habitam ali; e o último estado desse homem vem a ser pior do que o primeiro. Assim há de acontecer também a esta geração perversa”.536 O que liberta mesmo é a conversão, é a pessoa entender o que Jesus disse: “Depois Jesus o encontrou no templo, e disse-lhe: Olha, já estás curado; não peques mais, para que não te suceda coisa pior..537 . Ninguém será obrigado a querer herdar o reino de Deus, pois tem o livre arbítrio para isso, porém, se decidir por isso, o seu livre arbítrio será usado para... “(...) venha o teu reino, seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu;”538 ... que se faça a vontade de Deus. A Bíblia fala para vir como está... “Vinde, pois, e arrazoemos, diz o Senhor: ainda que os vossos pecados são como a escarlata, eles se tornarão brancos como a neve; ainda que são vermelhos como o carmesim, tornar-se- ão como a lã. Se quiserdes, e me ouvirdes, comereis o bem desta terra;”539 ... ou seja, primeiro andaremos com Ele e depois seremos transformados, passo a passo, de glória em glória: 535 Mateus 12:45. 536 Mateus 12:43,44. 537 João 5:14. 538 Mateus 6:10. 539 Isaías 1:18.
  • 247 “Mas todos nós, com rosto descoberto, refletindo como um espelho a glória do Senhor, somos transformados de glória em glória na mesma imagem, como pelo Espírito do Senhor”540 ... no perfeito: “Quando Abrão tinha noventa e nove anos, apareceu-lhe o Senhor e lhe disse: Eu sou o Deus Todo-Poderoso; anda em minha presença, e sê perfeito;.541 ... ou seja: “não tente conseguir esta perfeição sem mim, ... ”pois sem mim, nada podereis fazer”542 ...venha como está, venha andar na minha presença para que eu o torne perfeito, e não ao contrário, ou seja, venha como está, MAS NÃO FICARÁ COMO QUISER. Como falávamos, eles, os carnais e ignorantes, com caras de contritos, usam muitos versículos para condenar as pessoas que os alertam para sair do vício da comida, do café, da coca-cola, do refrigerante e de toda sorte de alimento que não são para os santos, exortando-os como ordena a Palavra que se faça todos os dias543 , para que não se endureçam pelo engano do pecado, sem atentar para o ponto de equilíbrio na situação. Ficam na condição de porcos, os que não entendem nada de pérolas e quando as recebem pisam nelas e agridem o que as está dando, pois gostam mesmo é de “lavagem”.544 Há momentos em que de nada adiantará a santificação deste alimento (a não ser em um momento especial), pois são vazios de nutrientes, são refinadamente, diabolicamente preparados para agradar ao paladar e não à saúde. Paulo não estava falando nestas comidas quando falava para santificar o alimento, pois estas não são comidas feitas para os santos. Se lermos as Escrituras iremos perceber claramente o tipo de alimento que havia naquela época. É evidente que muitas vezes, pela fé e pelo amor, quando somos convidados por alguém, não seremos grosseiros, embora isto seja muito relativo, pois, hoje, as pessoas estão mais conscientizadas a respeito desses assuntos e haverá, com a direção do espírito, certamente uma maneira polida de se livrar do alimento que nos fará mal, e ainda teremos dado uma mensagem deveras importantíssima. Todos sabem o que os atletas devem ingerir para ter a energia e a saúde necessária para competir, e porque então os ditos “santos” deveriam ter menos saúde que eles, se os seus corpos são o altar do Espírito Santo de Deus, se são estes os soldados, os atletas de Cristo: 540 II aos Coríntios 3:18. 541 Gênesis 17:1. 542 João 15:5. 543 Hebreus 3:13. 544 Mateus 7:6.
  • 248 “Se alguém destruir o santuário de Deus, Deus o destruirá; porque sagrado é o santuário de Deus, que sois vós”.545 E aí então sucumbem antes da hora porque não respeitam as leis do corpo, seja por ignorância ou por pecado mesmo. Não conseguem entender que a glutonaria é uma questão de caráter e não conseguem crer o que afirma a Palavra em Gálatas que os que tais coisas praticam não herdarão o reino de Deus: “Ora, as obras da carne são manifestas, as quais são: a prostituição, a impureza, a lascívia, a idolatria, a feitiçaria, as inimizades, as contendas, os ciúmes, as iras, as facções, as dissensões, os partidos, as invejas, as bebedices, glutonarias, as orgias, e coisas semelhantes a estas, contra as quais vos 545 I aos Coríntios 3:17.
  • 249 previno, como já antes vos preveni, que os que tais coisas praticam não herdarão o reino de Deus”.546 Repetem versículos isolados dizendo que Deus criou todos os alimentos, porém não percebem que estão sendo tentados pela sua própria concupiscência e que os frutos mostram que estão errados. Deus criou tudo, porém: criou satanás e toda a maldição que veio com ele? Não, Ele criou Lúcifer, um anjo de luz, e este se tornou em satanás. Da mesma forma, Deus criou todos os alimentos e depois o homem, ensinado por satanás, por sua astúcia e sensualidade, os perverteu. Existe uma mistura efetiva entre sensualidade, comida, bebedeira, e demônios, e todos sabemos que a soma de tudo isso é orgia, porém a hipocrisia, a carnalidade, a ignorância proíbe que se fale sobre isso, e invariavelmente, de maneira abusiva, isto se acentua mais e mais nestas igrejas ditas cristãs, que ainda não entraram na forma da Palavra que dizem seguir, que exorta a qualquer homem: “E o próprio Deus de paz vos santifique completamente; e o vosso espírito, e alma e corpo sejam plenamente conservados irrepreensíveis para a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo”.547 Não será só o espírito e a alma, mas o corpo também, igualmente, portanto, são culpados mais que os outros, já que nas leis que eles dizem seguir está escrito tal coisa. Esta condição precária e nada inteligente deste povo que se diz de Deus, é notória e muito comentada entre as pessoas de fora que não querem este padrão para si, mas querem o melhor, que certamente não é isso. Isto os afasta de Deus, pois, por causa do paralelo que existe entre as igrejas e os Evangelhos, as pessoas ficam muitas 546 Gálatas 5:19/21. 547 I a Tessalonicenses 5:23.
  • 250 vezes bloqueadas de “entrar para Deus”, por causa destes detalhes. Vemos muitos movimentos de danças espirituais, esporte e outras coisas do gênero nessas ditas igrejas cristãs, mas com muita espuma, sendo isso só uma fachada para chamar membros para o seu “clube”, com a desculpa de assim poder evangelizar essas pessoas. Afirmam ser isso o mais importante, como o é, porém, ficam só aí, e embora disfarcem, deixam claro pelos frutos, que realmente não se incomodam mesmo com a saúde do corpo e têm raiva de quem ousar falar sobre esta questão; desprezam mesmo todo este mover de cura física, que vem do alimento e do movimento, por pura ignorância e mercantilismo. O que dá lucro é o que interessa, e a curto prazo, se possível. Isto faz parte da personalidade do joio, que aparenta ser igual, porém é vazio na essência, parece, mas não é. Não falamos sobre o assunto irresponsavelmente ou sem conhecimento de causa, pois enquanto demos aula em uma academia de ginástica durante vinte anos, tivemos inúmeras pessoas curadas de várias doenças, pelo alimento e pelo movimento. A disciplina nos trás benefícios incalculáveis e o corpo agradece nos devolvendo saúde não só para este, mas também para mente e para o espírito. E Deus se alegra muito, dando a cada um o estímulo e a ajuda que precisam. Não estamos falando aqui das exceções que são os sete mil que Deus fala que não se dobraram a Baal, e que está no meio deste povo, mas estamos tratando aqui do contexto e não do texto. 3.26 Lavando os pés uns dos outros?
  • 251 Os frutos de humildade são praticamente inexistentes neste meio religioso. Lavar os pés do próximo, só se for em alguma peça de teatro, pois a discriminação, a “panelinha”, a competição, os cargos, o poder, tudo isso é o cotidiano no meio desses tais religiosos, contrariando completamente as Escrituras que afirmam: “Mas o maior dentre vós há de ser vosso servo”.548 Observamos o que nos alerta a Palavra em Tiago: “Meus irmãos, não tenhais a fé em nosso Senhor Jesus Cristo, Senhor da glória, em acepção de pessoas. Porque, se entrar na vossa reunião algum homem com anel de ouro no dedo e com traje esplêndido, e entrar também algum pobre com traje sórdido, e atentardes para o que vem com traje esplêndido e lhe disserdes: Senta-te aqui num lugar de honra; e disserdes ao pobre: Fica em pé, ou senta-te abaixo do escabelo dos meus pés, não fazeis, porventura, distinção entre vós mesmos e não vos tornais juízes movidos de maus pensamentos? Ouvi, meus amados irmãos. Não escolheu Deus os que são pobres quanto ao mundo para fazê-los ricos na fé e herdeiros do reino que prometeu aos que o amam? Mas vós desonrastes o pobre. Porventura não são os ricos os que vos oprimem e os que vos arrastam aos tribunais? Não blasfemam eles o bom nome pelo qual sois chamados? Todavia, se estais cumprindo a lei real segundo a escritura: Amarás ao teu próximo como a ti mesmo, fazeis bem. Mas se fazeis acepção de pessoas, cometeis pecado, sendo por isso condenados pela lei como transgressores. Pois qualquer que guardar toda a lei, mas tropeçar em um só ponto, tem-se tornado culpado de todos. Porque o mesmo que disse: Não adulterarás, também disse: Não matarás. Ora, se não cometes adultério, mas és homicida, te hás tornado transgressor da lei. Falai de tal maneira e de tal maneira procedei, como havendo de ser julgados pela lei 548 Mateus 23:11.
  • 252 da liberdade. Porque o juízo será sem misericórdia para aquele que não usou de misericórdia; a misericórdia triunfa sobre o juízo. Que proveito há, meus irmãos se alguém disser que tem fé e não tiver obras? Porventura essa fé pode salvá- lo? Se um irmão ou uma irmã estiverem nus e tiverem falta de mantimento cotidiano, e algum de vós lhes disser: Ide em paz, aquentai-vos e fartai-vos; e não lhes derdes as coisas necessárias para o corpo, que proveito há nisso? Assim também a fé, se não tiver obras, é morta em si mesma. Mas dirá alguém: Tu tens fé, e eu tenho obras; mostra-me a tua fé sem as obras, e eu te mostrarei a minha fé pelas minhas obras. Crês tu que Deus é um só? Fazes bem; os demônios também o crêem, e estremecem. Mas queres saber, ó homem insensato, que a fé sem as obras é inútil? Porventura não foi pelas obras que nosso pai Abraão foi justificado quando ofereceu sobre o altar seu filho Isaque? Vês que a fé cooperou com as suas obras, e que pelas obras a fé foi aperfeiçoada. E se cumpriu a escritura que diz: E creu Abraão em Deus, e isso lhe foi imputado como justiça, e foi chamado amigo de Deus. Vedes então que é pelas obras que o homem é justificado, e não somente pela fé. E de igual modo não foi a meretriz Raabe também justificada pelas obras, quando acolheu os espias, e os fez sair por outro caminho? Porque, assim como o corpo sem o espírito está morto, assim também a fé sem obras é morta”.549 Como vemos, não adiantará a teoria, se a prática não acompanhar esta pregação. O discurso, um montão de palavras, sem as obras, é insuportável e afasta as pessoas com certeza, e aí não será o diabo, mas as atitudes, que contradizem a índole cristã, as Leis Cristãs que estão inseridas em todos os seguimentos da sociedade, na política, nas religiões e até entre os ateus. As pessoas sabem que estas leis 549 Capítulo 2.
  • 253 funcionam e que devem ser seguidas, como por exemplo, o que está escrito no Código Penal Brasileiro: “Não matarás”. Todos sabem que não se deve matar, porém quem ensinou isto para o homem? Jesus, a Palavra, o Verbo que se fez carne e habitou aqui, porém, O diabo providenciou para que se retirasse o nome de Jesus da autoria destas Leis e então vários assinam embaixo como se fossem os autores. Se estas Leis Sagradas não forem reconhecidas como Sagradas, as pessoas as seguirão se quiserem, cada um com a moral que escolher, e então o caos se estabelece, pois a lei moral não é salvadora, mas sim esta que é assinada e reconhecidamente do Cristo Deus.550 É uma confusão, pois aí não haverá o temor. Se um simples funcionário do gabinete do prefeito vem ao nosso meio, o temor e a reverência se estabelecem pela autoridade presente, mas se o Espírito de Deus que fez os céus e a terra se faz presente é assim que é comum, se comportarem? E não deveríamos nos comportar de uma maneira muito mais elevada? E é assim que se comporta este povo que se diz cristão, que diz seguir a Cristo? Todos sabemos que não. E por quê? Será que não está mais do que na hora de se rever tudo isso e de haver uma coerência entre o que se faz e o que se prega? Será que as pessoas que ainda não tiveram uma experiência pessoal com o Caminho, a Verdade e a Vida, não enxergam nada disso? Enxergam sim, e é por isso que Ele fala em Malaquias que depois que o juízo for feito primeiro na sua casa, será rápido e fácil a conversão dos incrédulos. 3.27 A decisão da águia 550 Recomendamos o comentário do filme que não se deve deixar de ver: “A Jornada”, que aborda o assunto de maneira especial.
  • 254 Ou seja, a decisão não é para todos, mas ao que crê, ao que tem paciência, humildade, perseverança, firmeza de propósitos, não recua em meio às adversidades, e não se conforma em viver no lugar comum, mas quer voar alto, fazer violência contra a injustiça, contra o mal que está dentro de si mesmo, completar a sua trajetória de vida e terminar a sua eternidade no colo de Deus. “12 E desde os dias de João, o Batista, até agora, o reino dos céus é tomado a força, e os violentos o tomam de assalto”.551 “32 Melhor é o longânimo do que o valente; e o que domina o seu espírito do que o que toma uma cidade”.552 3. 28 Pedimos desculpas 551 Mateus 11. 552 Prov 16.
  • 255 Pedimos também desculpas pelo tempo não ter sido suficiente para uma correção mais apurada do texto, como normalmente se faz com qualquer escrito, antes de torná-lo público. Decidimos colocar nossos textos à disposição de todos antes disto acontecer, pois julgamos que o mais importante aqui é a essência, e esta não pode esperar. Somos gratos por qualquer ajuda neste sentido, e, se houver tempo, antes do julgamento final, teremos prazer em nos apurar na correção, seja de digitação ou mesmo ortográfica.
  • 256 3.29 Fala Augusto Cury:553 O Amor é o fenômeno mais procurado da história e o menos compreendido. Ele é procurado no poder, nos aplausos, na fortuna, nos versos, na ciência, mas nada disso compra o sentido da vida, muitos morrem sem poesia, solitários, pois o procuram de forma errada e nos lugares errados; acham que ele se esconde em grandes coisas, sem se darem conta que ele está presente nas coisas mais simples, diminutas, quase imperceptíveis, como no sorriso de uma criança, no beijo das mães, no consolo dos amigos, nas dádivas do Criador. O Mestre da Vida queria formar pensadores que conhecessem o alfabeto do amor. Acreditou no ser humano. Acreditou no ser de todas as nossas falhas. Honrou pessoas sem honra e disse ‘Você pode’ aos paralíticos de corpo e inteligência. Amou os que não o amaram. E doou-se a quem não merecia. Se você sente que erra com freqüência, tem muitos conflitos e acha que não tem qualificação para brilhar afetiva e profissionalmente, não desanime. Se estivesse morando próximo ao mar da Galiléia, provavelmente seria um dos escolhidos para segui-lo. Jesus tinha um especial apreço pelas pessoas problemáticas. Quanto mais elas tropeçam e davam trabalho, mais ele as apreciava e investia nelas. E, por tudo isso, Jesus se tornou um Mestre Inesquecível”. “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. 17 Porque Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que julgasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele”. 553 Augusto Cury, psiquiatra, psicólogo, com livros publicados em mais de 40 países, conferencista, diretor da Academia da Inteligência, antes ateu, fala, depois de muitos anos estudar a inteligência de Cristo e seus métodos, que nós estamos ainda na idade da pedra diante das propostas educadoras do Mestre Invisível. É muito interessante, além de espetacular, ler o que ele escreve sobre o Jesus Homem, pois não é um teólogo, mas um psicólogo que observou que a humanidade está dividida entre antes e depois de Cristo, portanto é a pessoa mais importante que houve, e, mesmo assim, pouco se sabe ou se estuda nas escolas e faculdades sobre Ele. Escreveu, entre tantos livros interessantíssimos, cinco volumes sobre a Inteligência de Cristo.
  • 257 Com amor, Neli.