• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Colaboração be escola_bm
 

Colaboração be escola_bm

on

  • 691 views

 

Statistics

Views

Total Views
691
Views on SlideShare
456
Embed Views
235

Actions

Likes
0
Downloads
0
Comments
0

3 Embeds 235

http://digitalaosmolhos.blogspot.pt 209
http://digitalaosmolhos.blogspot.com 23
http://digitalaosmolhos.blogspot.com.br 3

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Colaboração be escola_bm Colaboração be escola_bm Presentation Transcript

    • ACTIVIDADE DE COLABORAÇÃO Biblioteca - alunos e professores 2009-2010Escola Secundária Artística António Arroio
    • Apresentação da actividade Modelo seleccionado: Pesquisa de Informação (iniciação dos utilizadores à pesquisa numa biblioteca ) Duração da actividade: 160 mn Resumo da actividade: observação de alunos do 10º ano, em actividade de pesquisa, na biblioteca do Palácio Galveias – Lisboa. Professores envolvidos: professora de Inglês, professor de Filosofia e professora bibliotecária.
    • Critérios para a selecção do Modelo de pesquisa Alguns constrangimentos à partida: Presentemente, os alunos não têm biblioteca na escola. Não sabemos quais os hábitos de leitura, o grau de literacia e as competências de pesquisa adquiridas. Por questões logísticas, conveniência de horário e dia da semana, a colaboração fez-se com os professores das disciplinas de Filosofia e Inglês da turma 10ºI – 26 alunos. Dada a especificidade do curso – Design de Produto – a biblioteca escolhida, por ser mais interessante e acessível: Biblioteca Municipal Galveias.
    • Plano da Actividade Primeiro contacto com uma biblioteca pública: conhecimento do edifício, salas de leitura, serviços, prática de modalidades de pesquisa. (40mn) Sequência de duas actividades com conteúdos e metodologias diferentes: A - actividade de Filosofia (50 min) B - actividade de Inglês (50 min) Questionário de interesses (leitura e avaliação da visita): 15 min
    • Motivação Previamente, distribuíramos guias de pesquisa (1) com : - a indicação da CDU – arrumação dos livros nos armários por áreas temáticas - pesquisa simples (esquema) - pesquisa avançada (esquema) À chegada, combinámos com a turma de que teriam, sensivelmente, 40min para descobrir a biblioteca. Demos liberdade de movimentos. Explicámos-lhes que a livre circulação pelo espaço era importante e que tal fazia parte das actividades programadas.
    • Modelo B - níveis a observar Motivação - Nível a observar em três momentos diferentes. Infelizmente, não conseguimos guias para fazerem a apresentação. Interacção – Observada durante o decurso das duas actividades (Filosofia e Inglês) Desenvolvimento de competências – observada na compreensão de tarefas e por comparação entre a primeira e a segunda actividades. Novas aplicações e tomada de decisões – a observar no final das actividades.
    • Início da Pesquisa Cada professor distribuiu um guia de pesquisa (2), de acordo com os conteúdos e a metodologia aconselhada. Filosofia – pesquisa/definição de “conceitos”. Inglês – Pesquisa de obras de autores estrangeiros sobre um tema de artes.(2) Guia elaborado pelos professores , de acordo coma metodologia apropriada.
    • Motivação Durante os 20 minutos iniciais, os alunos estiveram desconcentrados, pouco à vontade e mostraram-se relutantes em ler o guia. Havia pouco espaço livre, a biblioteca é pequena para o número habitual de leitores. Lentamente, a maioria começou a procurar materiais do seu agrado: muitos interessaram-se por BD, DVD e livros de arte. Um aluno abriu um livro de arquitectura e começou a desenhar. Outros detiveram-se na secção de novidades e folhearam alguns livros recentes. Três ou quatro alunos foram experimentando a pesquisa digital, seguindo as orientações do guia.
    • InteracçãoAspectos positivos: Os grupos mostraram espírito de entreajuda, os mais adiantados iam dando informações aos outros. Os alunos mais altos ajudavam a procurar livros nas estantes mais acima. Na actividade de Inglês, cediam computadores uns aos outros para a pesquisa e houve também entreajuda na pesquisa por assuntos.
    • Desenvolvimento de CompetênciasAspectos positivos a registar: Desenvolvimento da destreza na segunda pesquisa (Inglês), se compararmos com a primeira (Filosofia). Na segunda actividade, os alunos adoptaram métodos mais fáceis de chegar ao livro: pesquisa digital na base de dados e só depois a procura do livro na estante; revelaram maior autonomia no pedido de ajuda aos monitores de serviço. Cumpriram o tempo estipulado para a disciplina de Inglês. Puseram em prática a pesquisa elaborada (uma das exigências era encontrar obras em língua inglesa). Quatro alunas (2 grupos) fizeram o pedido ao depósito.
    • Novas aplicações e tomada de decisões Outros impactos positivos a salientar.No final da visita: Quatro alunos levaram a proposta de pedido de cartão de leitor Um aluno pediu que lhe reservassem um livro sobre simbologia egípcia. Pediu ainda que o deixassem consultar o Dicionário de Símbolos (interessa-se por símbolos e esoterismo). Uma aluna, que não mora em Lisboa, lamentou não terem um horário sem tardes livres, porque estaria disposta a frequentar a biblioteca. Um aluno levou para ler um livro disponível na crossing zone (a biblioteca Galveias é um dos locais assinalados).
    • Notas finais: A colaboração entre a Biblioteca e os professores das disciplinas foi considerada por todos de grande utilidade. Este tipo de iniciativas leva- nos a retirar algumas conclusões:- A biblioteca permite a colaboração interdisciplinar;- O Inglês (Língua estrangeira) é uma língua útil que veicula saberes/arte;- A biblioteca pública é um recurso de natureza cultural/social.- A Biblioteca desperta a curiosidade e fomenta a literacia;- O acesso à cultura é facilitado para alunos em situação economicamente desfavorável;- Adquire-se autonomia na pesquisa e no acesso à informação- Assim: Promove o conhecimento, desenvolve a auto-confiança, e reforça a identidade.
    • Na sequência desta actividade Posteriormente, o questionário de interesses será objecto de tratamento: Os professores envolvidos estão interessados na observação dos dados. O professor de Filosofia, mais interessado nos processos do que no produto, pretende abordar as razões que estiveram na origem das opções dos alunos. A professora de Inglês congratulou-se por os alunos terem revelado destreza na procura. Conseguiram criar alternativas de pesquisa para concluírem a tarefa. Os títulos encontrados, segundo os alunos, podem ser úteis em trabalhos escolares e futuras visitas à biblioteca.
    • Participaram na actividade:Eva Branco (profª Inglês)Fernando Mouro (prof de Filosofia)Alunos da turma 10º IJulieta silva (professora bibliotecária)  Data: 3 de Novembro de 2009