Detetive biológico dicas e soluções

  • 1,682 views
Uploaded on

PARTE 1 DO TRABALHO …

PARTE 1 DO TRABALHO

Camila Agostinis Silva - 09122
Cláudia R. C. Rodrigues - 09123
Isabella Alves Piola - 09136
Juliana Albuquerque - 09139
Juliana Harumi Sonoda - 09140
Letícia Yumi Iamada - 09142
Madeleine Marcelino Reinert - 09144
Tiago Bento - 09148

2º PD

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
1,682
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
15
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. DETETIVE BIOLÓGICO
  • 2. a carne quase crua que estava sendo servida, ela 1- Pista Doença (4 partes) simplesmente ignorou e continuou comendo. Se Parte 4: No caso de. pudesse prever o futuro, a diarreia e as fortes dores abdominais a afastariam rapidamente do prato. 2- Pista da doença (4 partes) Parte 3: Síndrome mental caracterizada por exaltação 8- Pista da Doença (4 partes) eufórica do humor, excitação psíquica, hiperatividade, Parte 3: Existe alta e baixa, sendo ambas conseqüência insônia. Menos a última letra. de um fenômeno lunar. 3- Algumas pessoas no ponto de ônibus, que 9- Adalberto, o garçom que atendeu Bartolomeu e trabalham na mesma empresa que Bartolomeu, sua família na festa de aniversario de seu irmão gêmeo afirmam terem ouvido uma conversa entre ele e seu que estava fazendo 65 anos, confirmou a data em que amigo que também estava doente, e ele, que tinha 25 eles estiveram lá, aproximadamente uma semana antes anos e era fumante, dizia não sentir confusão mental dos sintomas aparecerem. como Bartolomeu, mas que os outros sintomas eram parecidos. 10- Pista do Culpado (4 partes) Parte 2: Mitologia egípcia, deus do sol. 4- Não havia circulação do ar, afinal o ônibus não Parte 4: Sufixo formador de substantivos. possuía ar-condicionado e as janelas permaneceram fechadas durante todo o tempo. 11- Algumas doenças são contraídas através do ar contaminado, por isso não é aconselhável a ninguém 5- No ônibus, sentado do lado de um senhor muito ficar em ambientes onde o ar não circula fácilmente, já velho que espirrou ao seu lado, imediatamente Mário que uma pessoa doente no ambiente, provavelmente levou um lenço ao rosto, com medo da epidemia que viu espalharia a doença para os outros. no México. 12- Pista do Reino (2 partes): 6- Pista do reino (2 partes): Parte 2: nome do documento que os alunos do Cotuca Parte 1: Relativo a moeda (menos o sufíxo). tem que apresentar no portão do colégio. 7- Os amigos de Ana sempre lhe dizem que ela 13- Pista da Doença (4 partes) exagera ao comer, e a mesma admite que é verdade. Parte 2: Criada pelo presidente Itamar Franco, valendo Assim, quando lhe aconselharam que parasse de comer 2750 cruzeiros reais, menos a última letra.
  • 3. 21- A mãe de Jéssica está desconfiada que a urina da 14- Uma enfermeira que viu Matheus no pronto filha vem sido acompanhada de sangue. socorro disse que o menino parecia estar com inflamação nos gânglios linfáticos do pescoço. 22- O estagiário da farmácia perto da empresa disse que atendeu Bartolomeu alguns dias atrás, e confirma 15- Um dos desejos da mulher de Mário foi carne de que ele queria comprar remédios para gripe, mas que porco, o precavido, porém, resolveu não comprar a ele achou melhor que Bartolomeu fosse antes a um carne com medo de contrair a doença. medico, já que gripe não se pega por causa do frio. 16- Pista da doença (4 partes) 23- Ao viajar para o México no meio do ano de 2009, Parte 2: Grupo religioso cristão anabatista, conhecido Mário teve que interromper a viagem e voltar para o por seus costumes conservadores, como o uso restrito Brasil por causa do surto da doença que agora ele de equipamentos eletrônicos, inclusive telefones e apresenta. automóveis. Somente a última sílaba. 24- Suspeitando da doença, Renato, um tio 17- Pista do Culpado (4 partes) farmacêutico que soube do ocorrido perguntou a Parte 1: Sinônimo de grosseiro, rima com pulo, menos a Matheus, se ele havia ido a feito algo diferente última sílaba recentemente, que pudesse ter transmitido a doença. Parte 3: Animal como Tico e Teco, 2ª, 3ª e 4ª letras. Porém Joana, sua irmã, estava próxima. 18- Pista da Doença (3 Partes) 25- Doença provocada por parasita encontrado nos Parte 1: Espaço público no qual o direito de ir e vir é trópicos, sub-trópicos e Europa meridional. plenamente realizado, menos a última letra. 26- Pista da Doença (3 partes) 19- Pista da doença (4 partes) Parte 3: Advogado, ex-líder rebelde e ex-presidente da Parte 1: Inexperiente em determinado assunto, menos África do Sul de 1994 a 1999. Principal representante do a última sílaba. movimento anti-apartheid. Três últimas letras de seu sobrenome mais conhecido. 20- Por ter entrado em contato com muita vegetação, Luciana achou que desenvolveu algum tipo 27- Pista de como podia ser evitada (4 partes): de alergia, mas apenas seu pescoço estava coçando. Parte 1: Contrário de pior. Então, ela parou e comprou uma pomada. Parte 2: Saudação informal em inglês.
  • 4. 28- Pista Doença (4 partes) 36- Pista da doença do amigo: Entre seus Parte 3: Corporação dos eclesiásticos, menos o r. componentes pode-se citar o acetato de chumbo, benzeno, formaldeido, cadmio e o arsenio. 29- Pista do Causador (3 partes): Parte 1: Fruta utilizada no preparo de molhos, primeira 37- Jorge, um amigo de classe de Matheus, disse sílaba. que, há pouco mais de um mês, ele, Matheus e mais alguns amigos haviam ido a uma festa, onde haviam 30- Pista da doença (3 partes): feito uma aposta de quem beijaria mais meninas. Jorge Parte 2: 1ª pessoa no singular. também alegou que perdera apenas de Matheus, por uma menina. 31- No fim de semana, a empregada de Luciana levou sua filha para passear no bosque da cidade e 38- Jéssica tem que ir ao banheiro rapidamente, alimentar os macacos. No dia seguinte, ela teve os pois, quando sente vontade de urinar, a vontade é mesmos sintomas da patroa. sempre urgente. 32- Visitando o médico para checar a recuperação do 39- Pista de como foi contraída (4 partes) braço quebrado, Mário percebeu que a sala-de-espera Parte 4: Que tem minas (feminino). do consultório do seu médico era fechada e somente refrigerada por aparelhos de ar-condicionado e resolveu 40- Um dos convidados da festa era um professor do aguardar sua vez na sacada. curso de biologia, Henrique Soares. Henrique ouviu Raquel conversando com outros convidados sobre o que 33- Os amigos de Sabrina dizem que o Sr.Zeus ela teria visto na piscina e resolveu investigar. Voltou costumava brincar em locais em que poderia haver dizendo que pessoas que bebem demais deveriam ficar existência de mosquitos transmissores de doenças. de bico calado, evitando assim falar asneiras. 34- Após olhar cuidadosamente as picadas, a mãe de 41- Sem pistas Maria percebeu que na verdade eram manchas avermelhadas. 42- Pista da Doença (4 partes) Parte 4: Sigla da segunda maior cidade dos Estados 35- Um dos sintomas finais da doença é uma Unidos, na Califórnia. síndrome caracterizada pela coloração amarelada de pele e mucosas devida a uma acumulação de bilirrubina 43- Pista da doença (3 partes) no organismo.
  • 5. Parte 1: Material utilizado para primeira aula sobre o 51- Laura, vizinha da família, disse que o menino feitiço wingardiun leviosa no filme Harry Potter menos provavelmente tinha apenas uma doença dessas as vogais. comuns que se têm frequentemente e que Joana estava Parte 3: NH3 menos a primeira letra. fazendo tempestade em copo d’água. 44- Mexendo nas coisas de Mário, você 52- Pista da Doença (2 partes) provavelmente encontraria um frasco de álcool-gel, isso Parte 2: Sufixo que significa inflamação. evidentemente não o protegeu muito bem. 53- Pista da Doença (4 partes) 45- Pista da Doença (2 partes) Parte 1: Três primeiras letras de um mês em inglês. Parte 1: Sistema - ema. (Atenção! Para formar o nome da doença, você terá que alterar a primeira letra dessa 54- Raquel Porto, uma estudante do curso de Letras palavra posteriormente). que tem fama de exagerar nas bebidas, estava na festa e afirmou ter visto mosquitos Aedes aegypti voando 46- Pensando no pior, Joana logo se apressou a perto da piscina. responder à pergunta de Renato, seu irmão, e disse que o filho não tinha feito nada e que confiava nele. 55- Após o trabalho, como de costume, Bartolomeu e seus amigos foram a um bar onde discutiram sobre a 47- Pista da Doença (3 partes) reforma da empresa. João um dos companheiros de bar, Parte 1: Peixe da família das trutas. disse que eles estavam criticando a nova sala, mas que ela tinha algo de bom, o ar-condicionado, coisa que a 48- Pista da Doença (3 partes) outra sala nao possuia. Parte 3: Coreografia de torcidas em que os torcedores se levantam em seqüência, como uma onda. 56- Pista de como foi contraída (4 partes) Parte 1: Fruta do Jardim do Éden. 49- Na noite anterior a morte do cachorro, os pais de Sabrina perceberam que o Sr.Zeus tinha perdido muito 57- Mário está sofrendo com febres muito altas e peso. diarréia. Os sintomas começaram pouco tempo depois de sair do pronto-socorro do bairro onde mora, onde 50- Pista do Causador (3 partes) havia estado para acompanhar sua mulher. Lá, muito Parte 2: componente do faqueiro, primeira sílaba, educado, abriu para a amada todas as portas e puxou menos o r. as cadeiras para que ela se sentasse confortavelmente.
  • 6. 58- Pista Doença (4 partes) Terceira maior cultura cerealífera do mundo menos Parte 2: Despido. tres ultimas letras + creme utilizado para melhorar a textura e a aparencia dos cabelos. 59- Pista da Doença (3 partes) Parte 2: Se, num código, o número 13 equivale a letra A 66- Pista de como podia ser evitada (4 partes): e o número 19 a letra D, o número 15 equivale a letra Parte 3: Primeira sílaba de um dos sinônimos da palavra ____. volta. 60- Luciana costuma dormir com a janela aberta, 67- Pista da Doença (3 partes) pois sente muito calor à noite. E esse hábito não mudou Parte 2: Depois do m. em sua ida ao Maranhão. 68- De acordo com o jornal Estado de Minas em 61- Pista de como podia ser evitada (4 partes): algumas áreas na cidade de João Pinheiro foi detectada Parte 4: Nome da letra antes do o. a presença de mosquitos palha ou birigui. 62- O homem no comando da churrasqueira 69- Pista Doença (4 partes) detestava carne bem passada e não deu a mínima para Parte 1: Prefixo indicador de um, um só, unidade. as pessoas que estavam pedindo para que ele deixasse a carne assar por mais tempo. 70- Pista do Causador (3 partes) Parte 3: Seres acelulares. 63- Pista da doença (4 partes) Parte 4: sufixo relativo a doenças degenerativas. 71- Pista de como foi contraída (4 partes) Parte 3: Operação aritmética. 64- Para a comemoração do aniversario da empresa, Parte 2: Filha da filha. motivo pelo qual estava sendo realizada sua reforma, houve um churrasco em um clube, onde Bartolomeu 72- Pista única da Causa nadou, mesmo estando frio. Por esse motivo, seus (Advérbio de negação) + (Forma artificial de colegas de trabalho acreditam que os sintomas sejam aquisição de imunidade). apenas de uma gripe. 65- Pista de um dos fatores que colaboraram com o surgimento da doença:
  • 7. Se você percebeu que a empregada de Luciana estava Soluções contaminada pelo mesmo vírus, estava no caminho certo ! A febre amarela é dividida entre urbana e silvestre. No caso de O caso da oportunidade inoportuna Luciana, ela foi contaminada pela forma silvestre, onde os mosquitos são o Haemagogus ou Sabethes. Já sua empregada, a) Feb + rea + mare + la = Febre Amarela foi pela forma urbana com o Aedes Aegypti como transmissor, e b) Não se vacinou este provavelmente contaminado com o sangue de um animal c) Através da picada de um mosquito infectado, em uma doente (sendo o macaco a principal fonte de infecção da febre área de risco amarela). Seus sintomas iniciais são facilmente confundíveis à outras http://onfinite.com/libraries/994168/470.jpg doenças, então Luciana não deu muita atenção, mas isso é muito perigoso pois a febre amarela quando não tratada corretamente pode matar. Uma medida simples que poderia ter evitado a doença seria ter se vacinado antes de ir viajar à uma área de risco. Mosquito Aedes aegypti http://t1.gstatic.com/images?q=tbn:vpcRylUhJZbe6M:http:/ /www.ioc.fiocruz.br/centrodeestudos/corpo/noticias/imag/dengu ecell.jpg Vírus da família dos flavivírus, transmissor de febre amarela Luciana acabou sendo infectada pelo vírus da febre amarela. Um vírus pertencente à família dos flavivírus, que é transmitida através da picada de mosquitos Aedes aegypti, Haemagogus ou Sabethes.
  • 8. O caso da semana agitada Um dos principais sintomas da doença é a febre alta, tosse, dor no tórax, alterações na pressão arterial, confusão a) Pneumonia mental entre outros, e, como no caso de Bartolomeu, há fatores b) Ar-condicionado e a idade avançada que contribuem com o contagio dessa doença, como, por c) Cigarro exemplo, o fumo, que provoca reação inflamatória, o álcool, que interfere no sistema imunológico, o ar-condicionado que deixa o ar muito seco, e ate mesmo a idade avançada, tudo isso http://guiadicas.net/fotos/2009/09/sintomas-da-pneumonia.jpg facilitando a penetração de agentes infecciosos. A melhor forma de se proteger contra essa doença é através da prevenção, como, por exemplo, não beber ou fumar exageradamente, limpar regularmente o ar-condicionado, não se expor a mudanças bruscas de temperaturas, se tiver mais de sessenta anos se vacinar contra gripe anualmente, entre outros. Essa doença, apesar de não parecer tão perigosa merece atenção, sendo que ela é responsável por muitas mortes em pessoas na faixa etária de 65 anos ou mais. Bronquios inflamados, sintoma da pneumonia Bartolomeu estava com pneumonia, que são infecções que se instalam nos pulmões. Essa doença é basicamente provocada pela penetração de um agente infeccioso ou irritante (bactérias, vírus, fungos e por reações alérgicas) no espaço alveolar. Essa doença, ao contrario do vírus da gripe, não costuma ser transmitida facilmente, motivo pelo qual seus colegas de escritório não se contaminaram com ela.
  • 9. O caso da mãe desesperada a) Mononucleose. (Mono + nu + clero + se). b) Ela foi contraída quando Matheus beijou uma das meninas da festa. http://1.bp.blogspot.com/_pMxMXFn7L- 4/ScybG7CHIoI/AAAAAAAAFdU/fn-5Igt8ny4/s400/17267.jpg Vírus Epstein-Barr Matheus tem mononucleose, uma infecção viral aguda causada por Epstein-Barr. Matheus contraiu a doença, ao beijar uma das meninas na festa onde fez uma aposta com seus amigos, pelo contato íntimo inter-humano de secreções orais (saliva). A doença só se manifestou tanto tempo depois, devido ao período de incubação: de 30 a 50 dias. Para sua mãe (ou qualquer outra pessoa) não contrair a doença, ela deverá evitar o contato com a saliva do filho, durante o período de transmissão (um ano ou mais), já que não existe vacinas. Por sorte, esta doença raramente leva a morte. O diagnóstico é feito pela análise dos sintomas, mas, pelo fato de estes assemelham-se aos de outras infecções, uma análise de Sintomas causados por mononucleose sangue se faz necessária. O tratamento baseia-se em sintomáticos e repouso. O uso de corticosteróides pode ser http://www.spaceflight.esa.int/users/images/gbf/ep-imm- benéfico em casos especiais. Pacientes com história recente da micro.jpg infecção não devem doar sangue. Porém, após a infecção, o vírus permanecerá latente em células da garganta e do sangue para o resto da vida de Matheus, sendo reativado periodicamente, reproduzindo-se e liberando novos vírus que são detectados na saliva. Nessa época, não aparecerão sintomas.
  • 10. O caso da crise no Olimpo http://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:JerichoButtons.jpg a)Leigo + amish + mania + ose = leishmaniose http://www.fiocruz.br/ccs/media/flebotomo.jpg Mosquito birigui transmissor do protozoário que causa leishmaniose http://www.vet.uga.edu/vpp/archives/NSEP/Brazil2002/leish mania/Images/lip_g1.jpg Feridas na pele causadas pela leishmaniose cutânea Sabrina Malmann ficou com leishmaniose, pois Sr.Zeus estava infectado, ele tinha contraído a doença quando ele ia brincar pelo sitio perto do lago, onde existe a presença de mosquitos transmissores da leishmaniose (birigui ou mosquito- Protozoário do gênero leishmania palha), que infectaram o cachorro e depois a própria Sabrina. Essa doença ocorre pela presença do protozoário do http://onfinite.com/libraries/994168/470.jpg gênero Leishmania, que é o verdadeiro causador de todo esse problema. Srtª. Mallman apresentou sintomas característicos dessa doença: febre, cansaço e dores abdominais, que no caso seriam sintomas da leishmaniose visceral. Para se prevenir Sabrina não deveria mais deixar seus animais brincarem em locais inapropriados, onde ocorre a proliferação de transmissores de doenças, como o lago. O combate dessa doença é feito com a administração de antimônios pelo médico. Ciclo da leishmaniose
  • 11. O caso da estudante francesa o ânus e as aberturas externas da uretra e da vagina são tão próximas que as bactérias podem migrar facilmente de uma a a) Cis + ti + te outra. b) Melhor + hi + gi + ene O tratamento é, geralmente, feito com antibióticos via c) Mone + ra oral. http://imprensamarela.files.wordpress.com/2009/11/e-coli.jpg bactéria Escherichia coli Jéssica tem cistite, nome dado a uma inflamação na bexiga. A de Jéssica foi causada pela bactéria Escherichia coli, que vive no intestino dos seres humanos. Para evitar que isso aconteça, é importante manter uma boa higiene e urinar com freqüência, além de beber muita água. As mulheres são mais suscetíveis que os homens, já que suas uretras são mais curtas (aproximadamente 4 cm, ao passo que a dos homens tem 20 cm), e por isso há uma distância menor para as bactérias percorrerem. Além disso, nas mulheres,
  • 12. O caso da maré de azar Cansaço, Diarréia, Vômito, Irritação nos Olhos e Fluxo Nasal. Os sitomas são muito parecidos com o de uma gripe normal, porém a) A doença é a Gripe Suína (H1N1) com mais ênfase. b) Ela foi contraída pelo ar durante a viagem de Mario ao México http://radamesm.files.wordpress.com/2009/08/virus- influenza-ah1n1.jpg vírus H1N1 Mario tinha H1N1 devido à sua viagem no méxico, o fato de ele estar em contato com muitas pessoas durante a viagem possibilitou essa contaminação, não há risco de contrair a doença ao comer carne de porco (muitas pessoas desenvolveram essa ideia devido ao nome popular da doença durante o surto: gripe suína), o diagnóstico foi possível devido aos sintomas de Mario: Febre, Tosse, Dores Musculares,
  • 13. O caso da viagem mal-sucedida a) A doença é a Rubéola b) Foi adquirida pelo ar, alguém possuía o vírus causador, o togavírus. c) To + ga + vírus d) Motivo: falta de preparo da empresa que fez os pacotes http://4.bp.blogspot.com/_kXevG1Yv8No/SkTGrSgQwNI/AAAAA AAAAOc/JVJa53r_W3A/s400/rubeola02.jpg togavírus A doença de Beatriz e Maria é a Rubéola, uma doença infecciosa, causada por um vírus do gênero rubuvirus, o togavírus. Essa doença é comum em crianças, como Maria. A rubéola foi passada de Maria para Beatriz através do ar. Em mulheres grávidas, como Beatriz o cuidado deve ser maior, pois pode ocorrer a rubéola congênita, que é passada da mãe para o feto e é a forma mais grave da doença, pois pode causar malformações como surdez e problemas visuais na criança. Essa doença só pode ser adquirida uma vez na vida e a única forma de prevenção é a vacina. Os sintomas podem ou não aparecer e no geral são muito parecidos com os sintomas de gripe. Maria na verdade não tinha picadas de inseto, eram manchas causadas pela rubéola manchas avermelhadas, um dos sintomas da doença. Como o sistema de ventilação do ônibus não tinha um http://farm1.static.flickr.com/198/497488632_f77467a696_m.jp bom funcionamento a doença foi transmitida mais facilmente g pelo ar. Não há tratamento especifico antiviral, somente algumas dores e febre devem ser controladas com analgésicos.
  • 14. O caso dos universitários carnívoros homem através da ingestão de alimentos contaminados com fezes animais. Os alimentos contaminados a) Qual é a doença? Salmonela (Salmão + n + ela) apresentam aparência e cheiro normais e a maioria deles é de origem animal, como carne de gado, galinha, b) Como ela foi contraída? Ingestão de carne mal ovos e leite. Entretanto, todos os alimentos, inclusive passada vegetais, podem tornar-se contaminados. É muito c) Quem pode ser considerado o culpado? O freqüente a contaminação de alimentos crus de origem churrasqueiro (Chu + Rá + squ + eiro) animal. È fácilmente prevenida: a carne de aves e ovos http://www.brasilescola.com/upload/e/salmonela.jpg devem ser bem cozidos, e devem ser observadas medidas de higiene básicas na preparação da comida. Se não tratada pode se espalhar dos intestinos para a corrente sanguínea, e daí para outras partes do corpo, podendo ser fatal.O diagnóstico é feito por cultura em meio específico de amostras fecais e análise microscópica e bioquímica. Bactéria salmonela A doença de Ana é a Samonelose, a popular Salmonela. A carne servida no churrasco estava contaminada com uma bactéria de um grupo do gênero Salmonella, que pertencem à família Enterobacteriaceae, que ao ser servida mal passada, graças à má vontade e o egoísmo do churrasqueiro, fez com que vários estudantes ficassem doentes. A samonela tem vários sintomas: A enterite (inflamação da mucosa intestinal) vômitos, náuseas violentas, e diarréia profusa sem sangue, assim como febre, dor abdominal forte e dores de cabeça, que persistem durante dois a sete dias. É transmitida ao
  • 15. Bibliografia: http://www.todabiologia.com/doencas/leishmaniose.htm http://www.abcdasaude.com.br/artigo.php?676 http://www.abcdasaude.com.br/artigo.php?80 http://www.copacabanarunners.net/cistite.html http://www.abcdasaude.com.br/artigo.php?675 http://www.abcdasaude.com.br/artigo.php?328 http://www.cives.ufrj.br/informacao/rubeola/rubeola-iv.html http://www.abcdasaude.com.br/artigo.php?372 http://portal.saude.gov.br/portal/saude/profissional/area.cfm?id_ area=1534 http://www.vacinacaoinfluenza.com.br/site/conteudo/index.asp http://adam.sertaoggi.com.br/encyclopedia/ency/article/000591.h tm http://www.abcdasaude.com.br/artigo.php?293 http://www.mdsaude.com/2009/03/mononucleose-doenca-do- beijo.html - Livro didático: Biologia volume 2 – biologia dos organismos Autor: José Mariano Amabia e Gilberto Rodrigues Martho Editora Moderna – 2ª Edição
  • 16. Grupo: Camila Agostinis Silva - 09122 Cláudia R. C. Rodrigues - 09123 Isabella Alves Piola - 09136 Juliana Albuquerque - 09139 Juliana Harumi Sonoda - 09140 Letícia Yumi Iamada - 09142 Madeleine Marcelino Reinert - 09144 Tiago Bento - 09148 2º PD