Apresentação1 trabalho eco.
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Like this? Share it with your network

Share

Apresentação1 trabalho eco.

on

  • 1,100 views

 

Statistics

Views

Total Views
1,100
Views on SlideShare
1,093
Embed Views
7

Actions

Likes
0
Downloads
7
Comments
0

1 Embed 7

http://www.slideshare.net 7

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Apresentação1 trabalho eco. Presentation Transcript

  • 1. Mata de Santa Genebra
    Colégio Técnico de Campinas – COTUCA
    Disciplina: Ecologia e Biodiversidade
    Professora Ionara Urrutia Moura
    1º Semestre de Meio Ambiente
    Grupo:
    Karen Natasha RA: 10237Ana Claudia RA:10225Rosineia Araujo RA:10247Thalita Carolina RA:10249Regina Célia RA:10245
  • 2. Introdução – Unidades de Conservação
    O que é uma unidade de conservação?
    É uma área de proteção ambiental.
    As unidades de conservação (UCs) são legalmente instituídas pelo poder público, nas suas três esferas (municipal, estadual e federal).
    Elas são reguladas pela Lei no. 9.985, de 2000, que institui o Sistema Nacional de Unidades de Conservação (SNUC). Estão divididas em dois grupos: as de proteção integral e as de uso sustentável.
    Fonte:: http://www.wwf.org.br/informacoes/questoes_ambientais/unid/
  • 3. Dados sobre a Mata de Santa Genebra
    *O maior remanescente de Mata Atlântica do município de Campinas, e a segunda maior floresta urbana do Brasil.
    Possui uma área de 251,77ha, altitude média de 670m e temperatura média anual de 20,6ºC
    * Foi declarada ARIE (Área de Relevante Interesse Ecológico) pelo Governo Federal em 1985.
    * VegetaçãoDe uma maneira geral, as árvores são bastante altas. (Mais de 660 espécies de vegetais, 130 espécies de lianas)
    *Fauna
    Além dos mamíferos (mais de 48 espécies; 2 espécies de primatas), as cobras também são abundantes na Mata de Santa Genebra. 21 espécies já foram registradas, entre espécies florestais e de áreas mais abertas.Mais de 200 espécies de aves.
    *ClimaClima sazonal, que apresenta duas estações bem definidas: uma quente e úmida e outra seca e fria
    * Recursos Hídricos
    Há na mata, pelo menos, duas nascentes.
    * Fonte: http://www.santagenebra.org.br/default.asp?id=6&mnu=6
    Foto: oglobo.com
  • 4.
  • 5. Objetivos do estudo:
    *Estudo dos fatores ecológicos em uma unidade de conservação urbana.
    Aplicar conhecimentos adquiridos na sala de aula, sobre clima, solo, e luz, por exemplo, no caso da Mata de Santa Genebra, e como estes interferem no tipo de vegetação lá presente.
    * Gestão de uma unidade de conservação- os efeitos da fragmentação, o efeito de borda.
    Aplicar conhecimento sobre efeito de borda, adquirido na sala de aula, ou seja, os efeitos causados na mata pelo fato desta ser localizada numa área urbana, como poluição, agrotóxicos por causa do bananal que existe ao lado, e as ruas ao redor, que podem gerar conseqüências ruins para os animais que as atravessam, por exemplo.Além das casas, e as pessoas pela vizinhança também.
    *Taxonomia vegetal- Estudo das característica das quatro divisões do Reino Metaphyta.
    Aplicar conhecimentos adquiridos na sala de aula sobre as 4 divisões do reino Plantae (Metaphyta): Briófitas, Pteridófitas, Gimnospermas e Angiospermas. Reconhecer na mata, o que foi dito em classe: Localização dessas divisões, e seu aspecto físico.
  • 6. Porte da Vegetação
    De uma maneira geral, as árvores são bastante altas, com indivíduos de espécies como o jequitibá-rosa (Cariniana legalis), a peroba-rosa (Aspidosperma polyneuron) e o jatobá (Hymenaea courbaril) que chegam a alcançar mais de 25 metros de altura. Em seguida, há um estrato arbóreo de 15 a 18 metros de altura, composto por diversas espécies como o jequitibá-branco (Cariniana estrellensis), o cedro-rosa (Cedrela fissilis), o pau-marfim (Balfourodendron riedellianum) e as figueiras (Ficus ennormis, Ficus glabra, Ficus guaranítica). Abaixo deste estrato arbóreo superior há um estrato arbóreo mais baixo, bastante denso, com árvores de porte variando entre 5 e 12 metros de altura, contendo 5 famílias predominantes: Meliaceae, Rutaceae, Rubiaceae, Euphorbiaceae e Myrtaceae.
    Abaixo disso, existe ainda um estrato herbáceo-arbustivo razoavelmente denso.
  • 7. Características Fenológicas das Plantas
    Sobre a floração, frutificação, queda de folhas e brotamento. As observações foram feitas da trilha que contorna a Reserva. A queda de folhas e o brotamento acontece na estação seca (queda de folhas) e início da estação chuvosa (brotamento) estando relacionados com a disponibilidade de água. A floração ocorre na estação chuvosa e a frutificação na estação seca. A frutificação ocorre a intervalos supra anuais com anos de produção intensa, parecendo estar relacionada a atividade de dispersores e/ou predadores de sementes.
  • 8.
  • 9.
  • 10.
  • 11.
  • 12.
  • 13.
  • 14.
  • 15.
  • 16.
  • 17.
  • 18.
  • 19.
  • 20.
  • 21.
  • 22. Estudo dos Fatores Climáticos
  • 23. Estudos do Fatores Ecológicos
    Estudos dos Fatores Climáticos:
    A influência dos ventos:
    O vento tem participação marcante na evaporação e transpiração das plantas. Ele transporta energia calorífica, amenizando temperaturas extremas em determinados locais; transporta grãos de pólen, esporos e sementes, na Mata Santa Genebra em vários pontos as plantas mais baixas não sente a ação do vento devido a floresta ser fechada com árvores altas.
  • 24. Na borda há muita luz e no interior da mata em alguns pontos a luz reflete entre as árvores.
  • 25. A Temperatura no ambiente
    Fora a temperatura estava muito quente e dentro da mata muito fresca. A temperatura média anual na mata Santa Genebra é de 20,6ºC.
    A Evaporação
    Como a temperatura na floresta é boa isso contribuem para o aumento da umidade do ar e da evaporação.
  • 26. A luz no ambiente
    A Umidade Relativa do Ar
    Muito úmido, agradável, um ar muito puro.
    O ambiente úmido propicia a presença de fungos.
  • 27. Estudo das águas
    Dentro da Mata de Santa Genebra há poucos locais com afloramento de água, mas há pelo menos duas nascentes. Uma delas deságua no córrego da Lagoa, que é um dos formadores do Ribeirão Quilombo. A água da outra nascente dirige-se para o Rio das Pedras, formador da Bacia do Anhumas.
    Os Fragmentos C e D existem inúmeras nascentes, todas contribuintes do Córrego da Lagoa.
  • 28.
  • 29. Solo como suporte
    O solo na trilha e na estrada é muito seco, mas na vegetação é úmido e fértil.
      O solo é um dos principais lugares de decomposição, um processo fundamental para a manutenção da floresta como um todo. É também a casa de milhares de plantas e animais, e oferece suporte para árvores responsáveis pela formação do dossel.
  • 30. Estudo dos Animais
  • 31. Estudos dos Animais
    A Mata de Santa Genebra abriga uma fauna bastante rica, 885 espécies habitam a reserva, como o macaco-prego, o bugio e o esquilo, além de diversas aves.
    Mamíferos como:gambás, cuícas;
    Animais de pequeno e médio porte como: tapiti, caxinguelê, ouriço-cacheiro, capivara, preá, teiú;
    Também são encontrados cachorro-do-mato, furão, morcegos, várias espécies de cobras e muitos outros.
  • 32. Pegadas de animal
  • 33. Macaco prego
  • 34. Aranha
  • 35. Mapeando os hábitos dos Animais
    O macaco-prego e o bugio são importantes dispersores de sementes.O bugio está presente na Mata em alta densidade, e se alimenta de folhas e frutos. Por preferirem as folhas jovens, são quase sempre vistos dependurados nas pontas dos galhos, utilizando a cauda como apoio.
  • 36. A jararaca é uma cobra muito perigosa para o homem por ser venenosa e de hábito noturno. Durante o dia fica em repouso, camuflada na vegetação rasteira ou no solo, situação que propicia acidentes com pessoas que estejam trabalhando ou passando por perto. Já a dormideira é uma cobra inofensiva para o homem.
  • 37. Estudando as Aves
    Presença de penas únicos vestígios de pássaros que deu pra fotografar, mas ouvimos seus lindos cantos.
    Muitas borboletas nas bordas porque ela gostam de luz