Infraestrutura Brasileira Influenciando o Agronegócio.

4,046 views
3,844 views

Published on

Published in: Business
0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
4,046
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
145
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Infraestrutura Brasileira Influenciando o Agronegócio.

  1. 1. UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA Acadêmicas: Daniele Freytag Karla Renata Maliski Thais de Toledo de Souza Prof. Roni 4º MA
  2. 2. OBJETIVOS <ul><li>Definir o que significa infraestrutura e como ela é composta; </li></ul><ul><li>Analisar a situação da infraestrutura no Brasil; </li></ul><ul><li>Relatar como a infraestrutura influencia no agronegócio brasileiro. </li></ul>
  3. 3. <ul><li>Como está a infraestrutura no Brasil? </li></ul><ul><li>Qual a evolução da infraestrutura no agronegócio? </li></ul><ul><li>Como os agricultores poderiam estar unindo-se para pressionar as prefeituras para ajudar no escoamento dos seus produtos quando eles não tem meio de transporte que suporte uma colheita muito grande? </li></ul>PERGUNTAS
  4. 4. O QUE É INFRAESTRUTURA?
  5. 5. INFRAESTRUTURA <ul><li>É o conjunto de atividades e estruturas da economia de um país que servem de base para o desenvolvimento de outras atividades. </li></ul><ul><li>Rodovias, usinas hidrelétricas, portos, aeroportos, rodoviárias, sistemas de telecomunicações, ferrovias, rede de distribuição de água e tratamento de esgoto, sistemas de transmissão de energia, etc. </li></ul>
  6. 6. INFRAESTRUTURA NO MUNDO
  7. 7. JAPÃO RECONSTRÓI RODOVIA DESTRUÍDA POR TERREMOTO EM APENAS SEIS DIAS
  8. 8. DUBAI: INFRAESTRUTURA ALTAMENTE SOFISTICADA
  9. 9. O PODER DA CHINA
  10. 11. Média Mundial QUALIDADE DA INFRAESTRUTURA BRASILEIRA Fonte: O ESTADO DE SÃO PAULO, 2010.
  11. 12. O BRASIL HOJE TEM... Fonte: ANTT, ANTAQ, Infraero
  12. 13. HIDROVIAS <ul><li>Viável economicamente; </li></ul><ul><li>Pouco utilizadas; </li></ul><ul><li>Avanço do agronegócio para o interior do país. </li></ul>
  13. 14. PORTOS <ul><li>Antigos; </li></ul><ul><li>Mal dimensionados; </li></ul><ul><li>Mal equipados; </li></ul><ul><li>Mal localizados; </li></ul><ul><li>Difícil acesso; </li></ul><ul><li>Obsoletos; </li></ul><ul><li>Poucos operacionais; </li></ul><ul><li>Caros. </li></ul>
  14. 15. ARMAZENAGEM <ul><li>Estrutura de armazenagem mal localizadas; </li></ul><ul><li>Pequena capacidade de armazenamento; </li></ul><ul><li>O que obriga os produtores a escoar sua safra imediatamente após a colheita; </li></ul><ul><li>Acarretando longas filas nos portos. </li></ul>
  15. 16. FERROVIAS: Curiosidade <ul><li>30 de abril de 1854; </li></ul><ul><li>Dom Pedro II; </li></ul><ul><li>Rio de Janeiro; </li></ul><ul><li>14,5 km; </li></ul><ul><li>Transporte de grãos. </li></ul>
  16. 17. FERROVIAS <ul><li>Velhas; </li></ul><ul><li>Obsoletas; </li></ul><ul><li>Mal conservadas; </li></ul><ul><li>Extremamente limitadas. </li></ul>
  17. 18. RODOVIAS: Curiosidade <ul><li>23 de junho de 1861; </li></ul><ul><li>Dom Pedro II; </li></ul><ul><li>Ligando RJ e MG; </li></ul><ul><li>Escoamento da produção cafeeira; </li></ul><ul><li>Avanço da Engenharia. </li></ul>
  18. 19. RODOVIAS <ul><li>Trechos intransitáveis; </li></ul><ul><li>Inseguras; </li></ul><ul><li>Fiscalização precária; </li></ul><ul><li>Custos de manutenção; </li></ul><ul><li>Menos econômico. </li></ul>
  19. 20. Fonte: CNT, 2009 e 2010. AVALIAÇÃO DA RODOVIAS DO BRASIL
  20. 21. OPERAÇÃO TAPA- BURACO <ul><li>Programa Emergencial de Trafegabilidade e Segurança nas Estradas; </li></ul><ul><li>Início em 2006; </li></ul><ul><li>440 milhões; </li></ul><ul><li>26 mil km de rodovias; </li></ul><ul><li>Tapar buracos; </li></ul><ul><li>Recapeamento; </li></ul><ul><li>Restauração pavimento/sinalização; </li></ul><ul><li>Recuperação de pontes. </li></ul>
  21. 22. OPERAÇÃO TAPA-BURACO: Falta de Planejamento e Projeto <ul><li>Caráter emergencial; </li></ul><ul><li>Período de chuvas; </li></ul><ul><li>Obras mal executadas; </li></ul><ul><li>Utilização de materiais impróprios; </li></ul><ul><li>Não cumprimento do cronograma; </li></ul><ul><li>Sem fiscalização; </li></ul><ul><li>Durabilidade curta. </li></ul>
  22. 24. SITUAÇÃO DA LOGÍSTICA NO AGRONEGÓCIO BRASILEIRO Logística: atividades de movimentação e armazenagem que facilitam o fluxo de produtos desde o ponto de aquisição da matéria-prima até o ponto de consumo final.
  23. 25. SITUAÇÃO DA LOGÍSTICA NO AGRONEGÓCIO BRASILEIRO <ul><li>Característica do agronegócio brasileiro : produção de grãos em grandes volumes; </li></ul><ul><li>O ideal seria utilizar o transporte ferroviário e hidroviário; </li></ul><ul><li>Ele transporta grandes volumes e tem um baixo custo; </li></ul><ul><li>Transporte mais utilizado é o rodoviário. </li></ul>
  24. 26. SITUAÇÃO DA LOGÍSTICA NO AGRONEGÓCIO BRASILEIRO
  25. 27. SITUAÇÃO DA LOGÍSTICA NO AGRONEGÓCIO BRASILEIRO <ul><li>menor custo para implantação; </li></ul><ul><li>cultura rodoviária instalada no país a partir de 1950; </li></ul><ul><li>rodovia passou a ser vista como símbolo de modernidade, e ferrovias como símbolo do passado. </li></ul>Motivos que levam o Brasil a utilizar o transporte rodoviário:
  26. 28. SITUAÇÃO DA LOGÍSTICA NO AGRONEGÓCIO BRASILEIRO <ul><li>Faltam linhas aéreas e contêineres; </li></ul><ul><li>Excessivo gasto no deslocamento da produção; </li></ul><ul><li>Perdas ocorridas por danos no transporte; </li></ul><ul><li>Sobrecarga das rodovias. </li></ul>
  27. 29. SITUAÇÃO DA LOGÍSTICA NO AGRONEGÓCIO BRASILEIRO <ul><li>A infraestrutura de transporte disponível do Brasil é menor do que a de diversos países em desenvolvimento e de grandes extensões territoriais. </li></ul>
  28. 30. SITUAÇÃO DA LOGÍSTICA NO AGRONEGÓCIO BRASILEIRO Densidade ferroviária no Brasil em relação a outros países Fonte: CNT, 2008
  29. 31. SITUAÇÃO DA LOGÍSTICA NO AGRONEGÓCIO BRASILEIRO Fonte: Instituto ILOS ; ANDT; DOT; Pesquisa Ferroviária CNT 2009
  30. 32. SITUAÇÃO DA LOGÍSTICA NO AGRONEGÓCIO BRASILEIRO <ul><li>Além dos problemas nos corredores de transporte, há falta de infraestrutura das unidades armazenadoras de grãos; </li></ul><ul><li>O Brasil tem tido safras recordes, mas não consegue estocar essa produção a ponto de esperar o melhor momento de comercialização e garantir ganhos com valores menores de frete. </li></ul>
  31. 33. COMO A SITUAÇÃO DA INFRAESTRUTURA NO BRASIL INFLUENCIA NO AGRONEGÓCIO?
  32. 34. &quot;Talvez nunca consigamos medir quanto as deficiências da nossa infraestrutura de transportes atrasam o nosso desenvolvimento. Mas que atrasam, atrasam. E muito.” Geraldo Vianna Presidente da NTC&Logística COMO A SITUAÇÃO DA INFRAESTRUTURA NO BRASIL INFLUENCIA NO AGRONEGÓCIO?
  33. 35. INFLUÊNCIA DA INFRAESTRUTURA NO AGRONEGÓCIO <ul><li>O agronegócio é um dos setores mais importantes da economia nacional; </li></ul><ul><li>O escoamento da produção reflete no preço das commodities agrícolas e no preço dos alimentos; </li></ul><ul><li>Os problemas logísticos representam um gargalo para o agronegócio. </li></ul>
  34. 36. INFLUÊNCIA DA INFRAESTRUTURA NO AGRONEGÓCIO <ul><li>A falta de infraestrutura pode afetar as exportações e a produção; </li></ul><ul><li>Perda de competitividade para as empresas nacionais; </li></ul><ul><li>Muitos produtores planejam sua safra pelo que conseguem transportar; </li></ul><ul><li>Limitam a expansão e o crescimento econômico do país. </li></ul>
  35. 37. REPORTAGENS E NOTÍCIAS
  36. 38. Armazéns lotados, e agora? Fonte: Revista Istoé Dinheiro Rural Ed. 71 Setembro/2010 O agronegócio brasileiro comemora uma safra de grãos recorde, mas a frágil capacidade de armazenagem põe em risco esta produção.
  37. 39. Armazéns lotados, e agora? Fonte: Revista Istoé Ed. 71 Setembro/2010
  38. 40. Falta de capacidade portuária compromete o crescimento do agronegócio no Brasil Fonte: Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal <ul><li>O agronegócio brasileiro não cresce mais por falta de capacidade portuária para escoamento. </li></ul>
  39. 41. <ul><li>Na última safra três milhões de toneladas de soja e milho foram deixadas de produzir por não haver portos marítimos próximos com capacidade para escoar a produção; </li></ul><ul><li>50 mil empregos permanentes não foram gerados. </li></ul>Falta de capacidade portuária compromete o crescimento do agronegócio no Brasil Fonte: Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal
  40. 42. PERSPECTIVA 2011: DESENVOLVER AGRONEGÓCIO EXIGE INVESTIMENTOS EM INFRAESTRUTURA E LOGÍSTICA Fonte:  Canal Rural em 05/01/2011 <ul><li>Investimento necessário para melhorar estradas federais é de R$ 14 bilhões; </li></ul><ul><li>Para que o agronegócio brasileiro se desenvolva são necessários investimentos em infraestrutura e logística. </li></ul>
  41. 43. Produção cresce, mas infraestrutura atrapalha aumento Fonte: Agrodiário em 02/09/2011 <ul><li>Dados divulgados recentemente pela ANDA apontam que houve aumento de 5,6% na produção brasileira; </li></ul><ul><li>Porém, cadeia é prejudicada </li></ul><ul><li>por problemas de infraestrutura </li></ul><ul><li>e de custo do frete. </li></ul>
  42. 44. CONCLUSÃO Por mais que o agronegócio brasileiro esteja crescendo nos últimos anos, ainda há vários entraves que dificultam o seu crescimento. Assim, a falta de infraestrutura é uma destas. Dessa forma é necessário que o governo invista em melhorias da infraestrutura para escoamento dos produtos, entre as quais a construção de dutos, de ferrovias, de hidrovias e a modernização dos portos.
  43. 45. REFERÊNCIAS Atlas do Transporte do Brasil . Disponível: < http://univesp.ensinosuperior.sp.gov.br/preunivesp/media/upload/info_transportes.swf > Acesso em: 15 set 2011. Brasil é reprovado em infraestrutura . Disponível em: < http://www.estadao.com.br/noticias/impresso,brasil-e-reprovado-em-infraestrutura,591965,0.htm > Acesso em: 16 set 2011. Custo rodoviário como ferramenta de gerenciamento logístico para o transporte de grãos: O caso do Paraná. In: Encontro Paranaense de Economia, VIII, 2010, Maringá. Paraná rumo a sustentabilidade: o papel da economia de baixo carbono. Disponível em: < www.ecopar.net.br/artigos.php>. Acesso em: 10 set 2011. Falta de capacidade portuária compromete o crescimento do agronegócio no Brasil. Disponível em: < http://www.amambainoticias.com.br/brasil/falta-de-capacidade-portuaria-compromete-o-crescimento-do-agronegocio-no-brasil>. Acesso em: 10 set 2011. FLEURY, Paulo. Desafios para a Infraestrutura Logística Brasileira . Disponível em: < http://ww2.tendencias.inf.br/news_files/41_06_Paulo_Fleury.pdf > Acesso em: 17 set 2011. Informe Agronegócios. Brasília, v.1. 2006. Disponível em: < http://www.iica.org.br/Docs/Publicacoes/Agronegocio/InformeAgronegocios_Vol1.pdf> . Acesso em: 10 set 2011. Infraestrutura: Saiba o que é, importância, economia, exemplos, Infraestrutura do Brasil . Disponível em: < http://www.suapesquisa.com/o_que_e/infra-estrutura.htm > Acesso em: 16 set 2011.
  44. 46. REFERÊNCIAS Japão reconstrói rodovia destruída por terremoto em apenas seis dias . Disponível em: < http://g1.globo.com/tsunami-no-pacifico/noticia/2011/03/japao-reconstroi-rodovia-destruida-por-terremoto-em-apenas-seis-dias.html > Acesso em: 16 set 2011. Operação Tapa-buracos: faltaram planejamento e projeto . Consulte Notícias SINAENCO, Ano VIII n º 56 fevereiro/março 2006. Disponível em: < http://www.sinaenco.com.br/downloads/boletim_consulte/Consulte56V6.pdf > Acesso em: 15 set 2011. Perspectiva 2011: desenvolver agronegócio exige investimentos em infraestrutura. Disponível em: <http://logisticatotal.com.br/noticia/perspectiva-2011-desenvolver-agronegocio-exige-investimentos-em-infraestrutura-e-logistica/c1fea270c48e8079d8ddf>. Acesso em: 10 set 2011. Pontos fracos do agronegócio: infraestrutura . Disponível em: < http://www.gestaocooperativa.com.br/tabid/446/articleType/ArticleView/articleId/10/Pontos-fracos-do-agronegcio-infraestrutura.aspx> Acesso em: 15 set 2011. Primeira rodovia pavimentada no Brasil comemora 150 anos . Disponível em: < http://odia.terra.com.br/portal/brasil/html/2011/6/primeira_rodovia_pavimentada_no_brasil_comemora_150_anos_173263.html > Acesso em: 15 set 2011. TAGUCHI, Viviane. Armazéns lotados, e agora? Disponível em: < http://www.terra.com.br/revistadinheirorural/edicoes/71/artigo186565-2.htm>. Acesso em: 10 set 2011.

×