Your SlideShare is downloading. ×
Emília goulart
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Emília goulart

569

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
569
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
1
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Morte O poeta Mário Chamie foi enterrado ontem, em São Pau- lo. Ele faleceu no sábado, de- pois de lutar por vários meses contra um câncer. Mes- mo debilitado, o escritor trabalhava em poemas que pretendia reunirC1 Araçatuba, terça-feira, 5 de julho de 2011 em um livro. C3LITERATURA Escritora Emília Goulart lança seu primeiro romance nesta quinta-feira, em Araçatuba; tema central é a família da advogada Lina, que relata em um diário o seu cotidiano e revela fatos até então desconhecidos de seus familiares Valdivo Pereira/Folha da Região - 04/07/2011 ‘Diário de Araçatuba Talita Rustichelli Vó Lina’ da leitura do diário feita por De- nise, suas interpretações sobre a morrer, Lina dá a Denise uma bolsa de estudos em Londres, ci- lia. "Ela faz descobertas que nun- ca imaginaria e a partir disso co- Lembro-me que todos os alunos foram ao velório levando uma Goulart, mas o primeiro a ser pu- blicado. Ela conta que escreveu o talita.nayla@folhadaregiao.com.br vida da avó, e também da atuali- dade onde a neta está enquanto meça a enxergar a família de ou- florzinha; isso me marcou e deci- romance em 2006, mas lançou o dade, da vida de Denise e sua fa- lê o diário", acrescenta. tra forma e a desmistificá-la. Li- di colocar no livro", afirma. livro agora por questões financei-A escritora Emília Goulart, mília. Desta forma, ela realiza Emília afirma que o romance na fez grandes sacrifícios para ras. O outro, "Descaminho dos an- 68 anos, tem um apreço comparações entre as duas épo- é reflexivo e traz, além da questão manter uma família que na ver- PERSONAGEM jos", foi escrito em 2003, e a escri- especial pela literatura. cas e os diferentes tipos de com- da família, outros questionamen- dade era uma mentira, e só mes- Para Emília, é fundamental tora tem planos de lançá-lo emInspirada em Victor Hugo, Ma- portamento", diz a escritora. tos. "Lina põe em questão a reli- mo ela e o pai de Denise conhe- se colocar no lugar dos persona- breve. Outro livro foi publicadochado de Assis e, principalmente gião e ainda a igreja católica, que ciam a verdadeira", explica. "O li- gens para construí-los e, assim, es- por Emília em 2004, a coletâneaem Lygia Fagundes Telles ("uma antigamente era menos tolerante vro é carregado de conflitos e crever um texto. "O escritor deve de contos "Nossa gente".mulher escritora"), Emília passou História com a questão do suicídio, por paixões. O leitor irá se surpreen- mergulhar naquele contexto quea produzir textos em uma fase exemplo". Segundo Emília, Lina der a cada página", garante. está narrando, entrar no persona- tem comomais "madura" da vida, concentra- tem um irmão que se mata e a fa- A escritora diz que o livro é gem para criá-lo, a fim de passar a Emília tem cercada em emitir a emoção de cadapersonagem que cria. cenário mília não recebe nenhum apoio da igreja. Outros assuntos "polêmicos" uma ficção, mas que um fato em especial foi baseado em um acon- verdade dele. Principalmente por se tratar de uma ficção, precisa- de 80 contos o interior de Duas dessas personagenssão ponto fundamental de seu São Paulo presentes no enredo são drogas, ai- ds e virgindade. tecimento real. "Quando eu era criança, uma menina que estuda- mos sentir o que o personagem sente, para transmitir isso ao lei- escritosnovo livro, "Diário de Vó Lina". va na mesma escola em que eu tor, e para que ele também se sin- e costuma participarApós a morte de Lina, Denise DESCOBERTAS morreu em um incêndio. Na épo- ta parte do livro", afirma. de concursosdescobre entre os pertences da A história tem como cená- De acordo com Emília, à ca, eram utilizadas lamparinas pa-avó um diário e através dele vai rio o interior de São Paulo, medida em que Denise vai lendo ra iluminação dos locais. Em CONTOSconhecendo a história verdadei- quando se refere à Vó Lina, mas o diário, vai descobrindo diver- uma noite, a lamparina virou, "O diário de Vó Lina" é o se- Ela afirma que tem cerca dera de sua família. Foram impres- também em Londres. "Antes de sos fatos relacionados à sua famí- causando um incêndio trágico. gundo romance escrito por Emília 80 contos escritos e costuma par-sos 500 exemplares pela Editora ticipar de concursos do gênero,Somos, da Folha da Região , e tendo conseguido o primeiro lu-o lançamento acontece no dia 7de julho, quinta-feira, às 19h noAnnes Salão de Eventos. Escrita literária veio com a maturidade gar no ano de 2002 e terceiro lu- gar em 2009 no Concurso Inter- nacional de Contos "Cidade de "Lina é uma importante ad- A escritora conta que seu Já o exercício da escrita lite- tônico, imaginário, por um meni- estilos e gêneros literários, com Araçatuba", promovido pela Se-vogada de uma empresa aérea. contato com a literatura aconte- rária se desenvolveu mais tarde, no da escola. Escrevi uma carta um interesse em comum: a pro- cretaria Municipal de Cultura.De origem humilde, ela se en- ceu quando era criança. "Meu depois que os filhos se tornaram muito bonita pra ele, mas não dução literária", afirmou. Ela afir- Interessados em adquirirvolve profundamente nos proble- avô paterno era muito inteligen- independentes. "Casei-me muito entreguei, guardei no meio de ma que participar do grupo é "O diário de Vó Lina" devem en-mas da família, a ponto de qua- te, tinha muitos livros e sabia cedo e tive cinco filhos, então um caderno para mostrar às ami- um aprendizado e uma troca de trar em contato com a escritorase se anular. A família vai desa- as histórias de todos eles. Des- me dedicava a eles e ao meu tra- guinhas e dizer que foi ele experiências importante. "Sou pelos telefones (18) 3305-8530parecendo, ela vai ficando sozi- de cedo eu tinha contato com balho como costureira, não ti- quem escreveu para mim. Mi- autodidata, não tenho nenhuma e 9129-0555.nha e começa a questionar os os livros de Victor Hugo, que nha muito tempo para outras coi- nha mãe achou essa carta e le- formação na área e no Grupo emotivos pelos quais se dedicou acabou se tornando um dos sas, e pra mim era um prazer vei uma surra", lembra, rindo. nos cursos oferecidos pela Acade- Serviçotanto aos familiares, se foi por meus escritores preferidos". Ou- cuidar dos meus filhos. Depois mia de Letras de Araçatuba pu-amor, se foi por obra do desti- tra pessoa importante em sua vi- que eles cresceram, estudaram e GRUPO de aprender muito", diz.no", conta Emília. da de leitora foi sua avó mater- se casaram é que comecei a es- Emília afirma que o Grupo A escritora tem textos em Lançamento do livro "O Diário de Vó Lina", de Emília Goulart "O diário de Vó Lina" traça na. "Ela era analfabeta, mas ado- crever com frequência". Experimental da Academia sete das oito coletâneas publica- Dia: 7 de julho, quinta-feiraem 160 páginas e 24 capítulos rava histórias. Então, quando ia Porém, Emília costuma di- Araçatubense de Letras foi funda- das pelo Grupo Experimental, e Horário: 19hcurtos um paralelo entre a déca- até a cidade, comprava livri- zer que fez seu primeiro texto li- mental para o desenvolvimento participará também da próxima, Local: Annes Salão de Festasda de 40, quando foram escritas nhos de cordel e pedia que eu terário aos nove anos: uma carta de seus textos. "O grupo reúne "Experimentânea 9", que deve (Av. Saudade, 1483)as primeiras anotações do diário, os lesse para ela", conta. de amor. "Eu tinha um amor pla- diversas pessoas, de diferentes ser lançado ainda neste ano.TR Preço do livro: R$ 25,00até os dias atuais. "O livro trata

×