PRESERVAÇÃO DO
CONHECIMENTO NUCLEAR
BRASILEIRO:
infraestrutura para integração, acesso,
compartilhamento e reuso de dados ...
APRESENTAÇÃO


Desenvolvimento de repositório digital modelo
baseado em padrões de metadados
 curadoria e integração dos...
MATERIAIS E MÉTODO
MATERIAIS


objetos digitais





e-prints
dados de pesquisa

metadados






descritivos,
técn...
OBJETIVO


Preservar, integrar, recuperar,
compartilhar e reusar em âmbito nacional
dados e informações da área Nuclear,
...
CONSIDERAÇÕES FINAIS
Repositório - protótipo para criação de um modelo de ciberinfraestrutura para a toda a CNEN e

REFERÊ...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Preservação do conhecimento nuclear brasileiro: infraestrutura para integração, acesso, compartilhamento e reuso de dados de pesquisa

186

Published on

Poster apresentado - CONFOA 2013 (06 a 09 de outubro de 2013 - Sao Paulo, SP, Brasil) - Luana Farias Sales, Luís Fernando Sayao

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
186
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
3
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Preservação do conhecimento nuclear brasileiro: infraestrutura para integração, acesso, compartilhamento e reuso de dados de pesquisa

  1. 1. PRESERVAÇÃO DO CONHECIMENTO NUCLEAR BRASILEIRO: infraestrutura para integração, acesso, compartilhamento e reuso de dados de pesquisa. Luana Farias Sales – CNEN-IEN –lsales@ien.gov.br Luís Fernando Sayão – CNEN-CIN – lsayao@cnen.gov.br
  2. 2. APRESENTAÇÃO  Desenvolvimento de repositório digital modelo baseado em padrões de metadados  curadoria e integração dos diversos tipos de informações e de coleções de dados de pesquisa produzidos no decorrer das pesquisas em ciências nucleares;  geração de indicadores para a gestão de C, T & I;  criação de aplicações inovadoras baseadas no reuso dos conteúdos  preservação da memória técnico-científica digital da área de ciências nucleares. JUSTIFICATIVAS  Produção intensa de informações e dados de pesquisa em formatos digitais que armazenados em servidores ou suportes isolados, estão ameaçados de desaparecerem pelos ciclos de obsolescência tecnológica, pela fragilidade intrínseca das mídias digitais e pela impossibilidade de uma gestão ativa sobre eles.  Necessidade de ampliação do potencial de compartilhamento, reuso e preservação a longo prazo dos recursos informacionais gerados a partir de pesquisas realizadas na área de ciências nucleares.
  3. 3. MATERIAIS E MÉTODO MATERIAIS  objetos digitais    e-prints dados de pesquisa metadados     descritivos, técnicos, Administrativos preservação MÉTODO 1.Seleção e implantação das soluções de software para gestão de repositório; 2.Definição dos padrões a serem adotados( interoperabilidade, preservação digital, identificador persistente, esquema de metadados, intercâmbio de metadados, formatos de arquivo, digitalização, documentos ampliados e de armazenamento seguro) 3. Definição das políticas do repositório: tipos de documentos, coleções, comunidades, política de submissão (auto-submissão, moderação, retenção, copyright, etc.), 4. Definição do perfil de aplicação IEN de metadados, 5. Definição da política de permissões e acesso, planos de digitalização, de preservação e de marketing; e carteira de serviços. 6. Compatibilização com o OPAC da biblioteca. 7. Implementação do Repositório em dSpace, 8. Customização do Repositório, 9. Seleção dos Objetos Digitais a serem incluídos no repositório 10. Povoamento do Repositório com objetos digitais. 11. Avaliação do Protótipo 12. Expansão do modelo para outros institutos da CNEN
  4. 4. OBJETIVO  Preservar, integrar, recuperar, compartilhar e reusar em âmbito nacional dados e informações da área Nuclear, fazendo com que estes dados sirvam de base para novas atividades de pesquisa, e possam também cumprir o seu papel de memória. RESULTADOS PARCIAIS 1) Software selecionado: Dspace 2) Padrão de Metadados construído 3) Políticas do Repositório estabelecida 4) Perfil de aplicação definido 5) Repositório implementado e Customizado em Dspace Em andamento: Seleção dos objetos digitais e povoamento do Repositório
  5. 5. CONSIDERAÇÕES FINAIS Repositório - protótipo para criação de um modelo de ciberinfraestrutura para a toda a CNEN e REFERÊNCIAS  SAYÃO, Luís Fernando et al (org.). Implantação e gestão de repositórios institucional: política, memória, memórias, livre acesso e preservação. Salvador: EdUFBA, 2009.  SAYAO, L. F.2012; SAYÃO, Luís Fernando; SALES, Luana Farias. Curadoria digital: um novo patamar para a preservação de dados digitais de pesquisa. Informação & Sociedade (UFPB. Online), v. 22, p. 1, 2012.  SALES, Luana Farias; SAYÃO, Luís Fernando. Política de implementação para o repositório de publicações técnicocientífica e de dados de pesquisa: modelo de metadados, padrões e práticas. IEN, 2013. 19p. RT-IEN 01-2013 para a área nuclear no país Perspectivas futuras:  apoiar e integrar os processos de criação de coleções de materiais digitais para a área nuclear, incluindo dados de pesquisa; produzir de conteúdos digitais para a transferência do conhecimento nuclear, especificamente para o ensino a distância, para a divulgação científica e para a pesquisa; desenvolver ambientes virtuais e colaboratórios para a geração compartilhada de conhecimento e intensificação da interlocução científica local e remota; promover interoperabilidade e a integração entre os diversos serviços e sistemas de informação da CNEN; e tornar visível e aberta a todas as camadas da sociedade – estudantes, pesquisadores, imprensa, formadores de opinião, fazedores de política e o cidadão comum – os dados e informações produzidos na CNEN.
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×