Projecto Blimunda                          Ana Alves Pereira                                Elsa Pereira                  ...
Where are we ?
Sumário   Enquadramento do Projecto Blimunda   Objetivos do Projecto Blimunda   Metodologia do Projecto Blimunda   SHE...
Apresentação do Projecto Blimunda Levantamento das políticas das editoras e revistas científicas portuguesas para o auto-a...
Apresentação do Projecto BlimundaBlimunda personagem do romance deJosé Saramago “Memorial do Convento”que tem capacidades ...
Enquadramento do Projecto Blimunda        Surge no âmbito do      Repositório Científico de                               ...
Objetivos do Projecto Blimunda Proceder à compilação das políticas de auto-arquivo das editoras e revistas  científicas n...
Metodologia do Projecto BlimundaIdentificação das            Contacto com as                 Integração das               ...
SHERPA/RoMEO: Interface em Português
SHERPA/RoMEO: Interface em Português 4 101 visitas registadas Provenientes de 61 países                         Dados re...
Blimunda algumas Bolhas…                                           Repositórios                         RCAAP            i...
Blimunda algumas Bolhas…Kit de Contacto     • Carta de Sensibilização     • Documento de Apoio e Contextualização     • Li...
Blimunda algumas Bolhas… Kit de Contacto   • Orientações para a Definição de   Políticas de Depósito em RIs
Blimunda em números   Total de revistas    Revistas com                                                % de respostas    i...
Blimunda em números
Blimunda em números
Blimunda em números
Blimunda em números
Blimunda em números      Política de auto-arquivo em RIs: síntese                                              Versão     ...
Blimunda em números
Blimunda em números                 • O SARC foi implementado em 2011                 • A 1ª call foi realizada em Maio   ...
Blimunda em números                      Ranking no Sherpa/RoMEO                         N.º de editoras, por país,       ...
Lições aprendidas / Conclusões                              O processo de validação         O helpdesk e a persistênciaÉ n...
Questões / Contactos
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Pps blimunda confoa11 copacabana

280

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
280
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
2
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide
  • Bomdia a minhacomunicação é sobre o PB e estoumuitocontenteporter a oportunidade de vosapresentaresteprojectoquejulgopodesertambémútilpara o Brasil.
  • Naminhaapresentaçãoexplicarei no queconsiste o projecto e como se desenvolveu, falarei das dificuldadesqueenfrentamosporque ao longo do seuprecurso a Blimundafoiganhandoalgumasbolhas…E no final apresentareiosresultadosobetidos e algumasconclusões.
  • Esteprojectoconsisteno... Antes de avançarmaisvouexplicarjáporque se chamaBlimunda
  • Aescolha do nomeprocurouseguirnomesescolhidosparaprojectosidênticos
  • Assimosobjectivos do PB são
  • Em termos de métodologia de trabalhocomeçamospor…1 Base de dados / A nossa principal fonte de recolha dostitulos e das editorasforam...No inicio do projecto, o nossouniverso era de 203 revistascientíficas E estefoi o nossoprimeirouniverso de trabalho. No decurso dos contactos com as editoras e responsáveispelasrevistascientíficasestenúmeroascendeuatéàs 276 2 Formulário – explicar a estrututa do formulário / Página / Kit de ContactoFase 3
  • Um dos aspectosquemaissatisfaçãonostrouxe no desenvolvimentodesteprojectofoi a tradução do portal S/R paraptquejulgoserumamaisvaliapara o mundolusófono.Traduzimos 1800 frases. Nestemomentotemosalgumastraduçãoesparafazer + de 300 frases) e afinar a tradução de acordo com novo acordoortográficoA versãoem PT estádisponiveldesdeOutubro de 2010 e foidisponibilizadadurante a semana do AcessoAberto de 2010
  • Pps blimunda confoa11 copacabana

    1. 1. Projecto Blimunda Ana Alves Pereira Elsa Pereira Salima Rehemtula FCT/U.NOVA 2ª Conferência Luso-Brasileira de Acesso Aberto Nov 2011 | Rio de Janeiro
    2. 2. Where are we ?
    3. 3. Sumário  Enquadramento do Projecto Blimunda  Objetivos do Projecto Blimunda  Metodologia do Projecto Blimunda  SHERPA/RoMEO: interface em português  Blimunda com algumas bolhas…  Blimunda em números  Conclusões / Lições aprendidas
    4. 4. Apresentação do Projecto Blimunda Levantamento das políticas das editoras e revistas científicas portuguesas para o auto-arquivo em Repositórios Institucionais.
    5. 5. Apresentação do Projecto BlimundaBlimunda personagem do romance deJosé Saramago “Memorial do Convento”que tem capacidades extraordinárias quelhe permitem ver coisas que não estãoao alcance das outras pessoas.
    6. 6. Enquadramento do Projecto Blimunda Surge no âmbito do Repositório Científico de Desenvolvido na Divisão Acesso Aberto de de Documentação e Portugal (RCAAP). Biblioteca da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa.
    7. 7. Objetivos do Projecto Blimunda Proceder à compilação das políticas de auto-arquivo das editoras e revistas científicas nacionais. Incluir a informação na base de dados do Projeto SHERPA/RoMEO com as políticas traduzidas para inglês. Proceder à validação formal das políticas definidas junto das editoras e responsáveis das revistas científicas. Saber do interesse das revistas em aderirem ao Serviço de Alojamento de Revistas Científicas (SARC) a disponibilizar pelo RCAAP. Sensibilizar as editoras e responsáveis pelas revistas científicas para o Acesso Aberto, através de ações de comunicação e disseminação.Traduzir o portal do Projeto SHERPA/RoMEO para português.
    8. 8. Metodologia do Projecto BlimundaIdentificação das Contacto com as Integração das Validação formal daseditoras e revistas editoras e políticas no políticas definidas ecientíficas responsáveis das SHERPA/RoMEO já incluídas noportuguesas revistas científicas SHERPA/RoMEO• Fontes: • Base de dados de • Tradução das políticas • Envio do PDF da página • “Relatório sobre o editoras/revistas/contactos definidas para Inglês do SHERPA/RoMEO estado da arte do • Formulário eletrónico • Registo das políticas no contendo a política de Acesso Aberto em (Lime Survey) SHERPA/RoMEO uma determinada Portugal”*; Scielo • E-mail do Projeto revista, ao responsável Portugal; Ulrich`s da mesma,. • Website do Projeto Periodicals Directory; • Kit de Contacto Latindex; DOAJ; Fonte Académica EBSCO; Instituições contactadas Tradução do Atividades de Portal SHERPA/RoMEO Helpdesk Comunicação e para POR Disseminação*Saraiva, Ricardo (2009)
    9. 9. SHERPA/RoMEO: Interface em Português
    10. 10. SHERPA/RoMEO: Interface em Português 4 101 visitas registadas Provenientes de 61 países Dados recolhidos entre 1 de Outubro / 2010 e 9 de Novembro / 2011
    11. 11. Blimunda algumas Bolhas… Repositórios RCAAP institucionais/ temáticos Auto- arquivo Acesso SARC Aberto RevistasSHERPA/ electrónicasRoMEO Postprint Preprint
    12. 12. Blimunda algumas Bolhas…Kit de Contacto • Carta de Sensibilização • Documento de Apoio e Contextualização • Lista de perguntas frequentes (FAQ’s) • Glossário • Orientações para a Definição de Políticas de Depósito em RIs
    13. 13. Blimunda algumas Bolhas… Kit de Contacto • Orientações para a Definição de Políticas de Depósito em RIs
    14. 14. Blimunda em números Total de revistas Revistas com % de respostas identificadas política definida 276 165 60% Resultados obtidos até 15 de Novembro | 2011
    15. 15. Blimunda em números
    16. 16. Blimunda em números
    17. 17. Blimunda em números
    18. 18. Blimunda em números
    19. 19. Blimunda em números Política de auto-arquivo em RIs: síntese Versão Nº total de Auto-arquivo em autorizada para revistas com RIs auto-arquivo em A maioria das política definida revistas RIs permite o Postprint do auto-arquivo editor sem embargo 126 (93%) 99 (73%) Postprint do SIM autor 136 (82%) 46 (34%) 165 NÃO Preprint 29 (18%) 33 (24%)
    20. 20. Blimunda em números
    21. 21. Blimunda em números • O SARC foi implementado em 2011 • A 1ª call foi realizada em Maio • Foram registadas 35 candidaturas Foram selecionadas 10 revistas!
    22. 22. Blimunda em números Ranking no Sherpa/RoMEO N.º de editoras, por país, com políticas definidas para auto-arquivo em RIs.
    23. 23. Lições aprendidas / Conclusões O processo de validação O helpdesk e a persistênciaÉ necessário envolver todas revelou-se essencial para: resultam:as partes interessadas e  Esclarecer dúvidas  O contacto direto,alargar o debate sobre o  Maior adesão personalizado (telefoneAcesso Aberto a editores,  Maior sensibilização face ou presencial) temdocentes, pesquisadores… ao Acesso Aberto resultados mais positivosir além do círculo dos (mudança para políticas que o email, devido aobibliotecários. mais permissivas), grande desconhecimento  Contactar o decisor. sobre o Acesso Aberto.A visibilidade conta: A inclusão numa base A informação faz a diferença: O facto de o Blimunda ser internacional é  Quando elucidados o um projeto satélite de um motivadora interesse em aderir ao projecto de sucesso A divulgação da posição projeto aumenta. (RCAAP) potenciou o seu de Portugal no  Existe uma grande próprio sucesso    Sherpa/RoMEO vontade de inovação e de desbloqueou resistências atualizar os modelos de e fez aumentar o número publicação. de respostas.
    24. 24. Questões / Contactos
    1. A particular slide catching your eye?

      Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

    ×