AVALIAÇÃO DE QUALIDADE            DE REPOSITÓ RIOS             INSTITUCIONAIS              BRASILEIROS E              PORT...
Introduç ão• Aná lise da qualidade   de repositó rios  institucionais (RIs)     brasileiros   e  portugueses• RI é um serv...
Introduç ão• RIs são uma estraté gia proposta                         pelo  Movimento de Acesso Aberto.  • Budapest Initia...
Contexto• Novas diretrizes – padrõ de qualidade e                         es  interoperabilidade
Documento                           Categoria de análise                                    Recursos textuais             ...
Metodologia de avaliaç ão                                                            oram                                 ...
Metodologia de avaliaç ãoCategoria                         Item avaliado                                  URL como identif...
Seleç ã da Amostra                o• Amostra de dez RIs  – Cinco brasileiros  – Cinco portugueses• Crité rio para seleç ão...
Seleç ã da Amostra                                  o•Resultado da pesquisa realizada no ROAR <http://roar.eprints.org> em...
http://www.arca.fiocruz.br/                                                   http://repositorio.ufsc.br/                 ...
1. Seguranç a e qualidade dos dadosLigaç ã entre o registro e o documento       o•Identificador ú nico e persistente      ...
1. Seguranç a e qualidade dos dadosMetadados•Uso do metadado dc:type•Uso do vocabulá DRIVER               rio             ...
Vocabulá DRIVER v2.0                                              rio        •Vocabulá rio     recomendado         pelas D...
2. Visibilidade    •  Referência ao RI na página principal       da Instituição    • Normalização do nome do RI           ...
2. Visibilidade  •URL amigá vel   Curta e com identificaç ã do repositó rio                            o  •Domínio ou subd...
2. Visibilidade• Quantidade           de  documentos provenientes  dor RIs recuperados por  motores de busca.• Para a pesq...
3. Aspectos legais • Uso de licenç a para cada registro        – Creative Commons        – Licenç a pró pria        – Text...
4. Serviç os oferecidos pelos RI •        Disponibilizaç ã de informaç õ                          o             es        ...
4. Serviç os oferecidos pelos RI• Disponibilizaç ã de uma política de                  o  funcionamento do RI, estabelecen...
Consideraç õ finais                    es•Pontos fracos  • Uso do metadado dc:rights.  • Uso de vocabulá controlado no pre...
Consideraç õ finais                    es• Os repositó rios mais bem avaliados foram:  – Repositó rio Digital da Universid...
Obrigada!   Michelli Costa  michelli@ibict.br
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Avaliação de qualidade de repositórios institucionais brasileiros e portugueses

601 views

Published on

Avaliação de qualidade de repositórios institucionais brasileiros e portugueses. - Michelli Costa

Published in: Technology
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
601
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
14
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Avaliação de qualidade de repositórios institucionais brasileiros e portugueses

  1. 1. AVALIAÇÃO DE QUALIDADE DE REPOSITÓ RIOS INSTITUCIONAIS BRASILEIROS E PORTUGUESES Costa Michelli michelli@ibict.brApoio:
  2. 2. Introduç ão• Aná lise da qualidade de repositó rios institucionais (RIs) brasileiros e portugueses• RI é um serviç o de informaç ã científica o que reú armazena, organiza, preserva e ne, dissemina a informaç ã científica de uma o instituiç ã (LEITE, 2009). o
  3. 3. Introduç ão• RIs são uma estraté gia proposta pelo Movimento de Acesso Aberto. • Budapest Initiative of Open Access (2002) • orientou os repositó rios e os perió dicos a utilizarem o Open Archives Initiative Protocol for Metadata Harvesting; • Reuniã de Bethesda (2003) o • propos o estabelecimento do direito ao acesso aberto por meio de licenç as de uso e distribuiç ão; • Declaraç ã de Berlim (2003) o • destacou a importância da formalizaç ã de políticas de o informaç ã que requerem o depó sito das publicaç õ nos o es repositó rios. (COSTA, 2006)
  4. 4. Contexto• Novas diretrizes – padrõ de qualidade e es interoperabilidade
  5. 5. Documento Categoria de análise Recursos textuais MetadadosDiretrizes DRIVER Protocolo OAI-PMH Visibilidade do serviço Políticas Assessoria aos autores Aspectos legais Segurança, autenticidade e integridade Acesso Estatísticas de acessoCertificado DINI Disponibilidade a longo prazo Visibilidade Políticas Aspectos legais MetadadosGuia para la evaluación de Interoperabilidaderepositorios institucionales Logs e estatísticascientíficos Segurança, autenticidade e integridade dos dados Tamanho Google Scholar ArquivosRanking Web of World Repositories Visibilidade
  6. 6. Metodologia de avaliaç ão oram selecionados 16 itens de avaliaç ão que foram utilizados em pelo menos dois dos documentos analisados.Nuvem de palavras criada em: http://www.wordle.net/create
  7. 7. Metodologia de avaliaç ãoCategoria Item avaliado URL como identificador únicosegurança e qualidade dos dados URL interna ao repositório Metadados em inglês Uso do metadado dc:type Uso do vocabulário driver para o preenchimento do campo dc:type Página principal da instituição faz referencia ao RIvisibilidade Nome do RI normalizado em todos os registros URL amigável Domínio ou subdomínio próprio Numero de páginas em motores de busca (Yahoo)aspectos legais Autorização por registro (licença própria ou CC) Metadado dc:rights Classificação dos itens Possui estatísticas de acessoserviços oferecidos pelos RIs As estatísticas são acompanhadas de explicação Política sobre o funcionamento do RI (estabeleça o que pode ser depositado, quem depositará e as condições do depósito)
  8. 8. Seleç ã da Amostra o• Amostra de dez RIs – Cinco brasileiros – Cinco portugueses• Crité rio para seleç ão: – Maior quantidade de documentos armazenados, segundo os dados do diretó rio ROAR (Registry of Open Access Repositories) – Foram excluídas as bibliotecas digitais gerais e as bibliotecas digitais de teses e dissertaç ões.
  9. 9. Seleç ã da Amostra o•Resultado da pesquisa realizada no ROAR <http://roar.eprints.org> em junho de 2012.BrasilARCA (2230 records) Fiocruz - Fundação Oswaldo Cruz - 23 August 2010Institucional Repository at the Federal University of Santa Catarina. Repositório Institucional da Universidade Federal de Santa Catarina (unknown number of records) Universidade Federal de Santa Catarina, Biblioteca Universitária - 15 February 2011Institutional Repository at the University of Brasilia - Repositório Institucional da Universidade de Brasília (unknown number of records) Universidade de Brasília - 3 February 2011Repositório Alice (Acesso Livre à Informação Científica da Embrapa / Repository Open Access to Scientific Information from Embrapa) (29048 records) Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, Embrapa - Brazilian Agricultural Research Corporation - 9 April 2011Repositório Digital da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (21733 records) Universidade Federal do Rio Grande do Sul - 31 July 2007PortugalRepositório Aberto da Universidade do Porto (23656 records) Universidade do PortoUniversidade do Minho: RepositoriUM (16908 records)Biblioteca Digital do IPB (5760 records) Instituto Politecnico de Braganca, Biblioteca Digtial do IPB - 18 December 2007UTL Repository (3623 records) Universidade Técnica de Lisboa - 6 December 2008REPositório Institucional da FCT (3049 records) Faculty of Sciences and Technology New University of Lisbon - 15 February 2006
  10. 10. http://www.arca.fiocruz.br/ http://repositorio.ufsc.br/ http://repositorio.bce.unb.br/ http://www.alice.cnptia.embrapa.br/ http://www.lume.ufrgs.br/http://repositorio-aberto.up.pt/https://repositorium.sdum.uminho.pt/https://bibliotecadigital.ipb.pt/https://www.repository.utl.pt/http://run.unl.pt/
  11. 11. 1. Seguranç a e qualidade dos dadosLigaç ã entre o registro e o documento o•Identificador ú nico e persistente dedocumentos armazenados•URL interna aos sistemas RIUFS UPORTCritérios de avaliação Alice Lume RIUnB ARCA C O REPOSITORIUM IPB ULT FCTURL como identificador 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1únicoURL interna ao repositório 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1
  12. 12. 1. Seguranç a e qualidade dos dadosMetadados•Uso do metadado dc:type•Uso do vocabulá DRIVER rio UPORT REPOSITORIUCritérios de avaliação Alice Lume RIUnB ARCA RIUFSC O M IPB ULT FCTa. Metadados em inglês 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1b. Uso do metadado dc:type 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1c. Uso do vocabulário driverpara o preenchimento do 0 0 1 1 1 0 1 1 1 1campo dc:type
  13. 13. Vocabulá DRIVER v2.0 rio •Vocabulá rio recomendado pelas Diretrizes DRIVER para o preenchimento dos tipos de publicaç õ es “É uma combinaç ã dos tipos o de utilizados pelo DARE das directrizes DC, dos tipos enumerados no certificado DINI e dos tipos de publicaç õ e-Prints” es (DIRECTRIZES, 2009,p. 121¹ )¹http://www.driver-support.eu/documents/DRIVER_Guidelines_v2_Final__PT.pdf
  14. 14. 2. Visibilidade • Referência ao RI na página principal da Instituição • Normalização do nome do RI Ocorrência: alternância entre o uso da sigla e o nome por extenso RIUFS UPORT REPOSITORIUCritérios de avaliação Alice Lume RIUnB ARCA C O M IPB ULT FCTPágina principal da instituiçãofaz referencia ao RI 0 1 0 1 0 0 0 0 0 0Nome do RI normalizado emtodos os registros 0 1 1 1 1 1 1 1 1 1
  15. 15. 2. Visibilidade •URL amigá vel Curta e com identificaç ã do repositó rio o •Domínio ou subdomínio pró prio URL amigável Fonte: http://repositories.webometrics.info/en/Methodology RIUFS UPORT REPOSITORIUCritérios de avaliação Alice Lume RIUnB ARCA C O M IPB ULT FCTURL amigável 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1Domínio ou subdomíniopróprio 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1
  16. 16. 2. Visibilidade• Quantidade de documentos provenientes dor RIs recuperados por motores de busca.• Para a pesquisa foi utilizado a busca avanç ado do Yahoo! RIUFS UPORT REPOSITORIUCritérios de avaliação Alice Lume RIUnB ARCA C O M IPB ULT FCTNumero de páginas em 410/5motores de busca (Yahoo) 163 3610 310 28 77 200 452/18851 394 141 75
  17. 17. 3. Aspectos legais • Uso de licenç a para cada registro – Creative Commons – Licenç a pró pria – Texto padrã do Dspace o • Uso do metadado dc: rights RIUFS UPORT REPOSITORIUCritérios de avaliação Alice Lume RIUnB ARCA C O M IPB ULT FCTa. Autorização por registro(licença própria ou CC) 0 1 1 1 0 1 1 1 1 1b. Metadado dc:rights 0 1 1 0 0 1 1 1 1 1
  18. 18. 4. Serviç os oferecidos pelos RI • Disponibilizaç ã de informaç õ o es estatísticas sobre o acesso e downloads de documentos. • Sistemas de Estatísticas – Padrã do Dspace o – Universidade do Minho – Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UTL Repository ? RIUFS UPORT REPOSITORIUCritérios de avaliação Alice Lume RIUnB ARCA C O M IPB ULT FCTa. Possui estatísticas deacesso 1 1 1 1 0 1 1 1 1 1
  19. 19. 4. Serviç os oferecidos pelos RI• Disponibilizaç ã de uma política de o funcionamento do RI, estabelecendo : • o que pode ser depositado; • quem pode depositar; • condiç õ para o depó sito. es RIUFS UPORT REPOSITORIUCritérios de avaliação Alice Lume RIUnB ARCA C O M IPB ULT FCTPolítica sobre o 0 1 0 1 0 0 0 1 0 0funcionamento do RI
  20. 20. Consideraç õ finais es•Pontos fracos • Uso do metadado dc:rights. • Uso de vocabulá controlado no preenchimento rio do metadado dc:type. • Disponibilizaç ão publica da política de funcionamento do RI em sua pá gina principal. • Referência ao RI na pá gina principal da Instituiç ão. • Baixa recuperaç ã dos documentos pelos motores o de busca amplamente utilizados na web.
  21. 21. Consideraç õ finais es• Os repositó rios mais bem avaliados foram: – Repositó rio Digital da Universidade Federal do Rio Grande do Sul – ARCA Fiocruz – Biblioteca Digital do Instituto Politecnico de Braganca• Avaliaç ã geral dos RIs brasileiros - 8 a 14 o• Avaliaç ã geral dos RIs portugueses - 12 a 14 o
  22. 22. Obrigada! Michelli Costa michelli@ibict.br

×