A realização do projeto OpenAIRE e o contributo de Portugal na infraestrutura open access para a investigação na Europa
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Like this? Share it with your network

Share

A realização do projeto OpenAIRE e o contributo de Portugal na infraestrutura open access para a investigação na Europa

  • 524 views
Uploaded on

A realização do projeto OpenAIRE e o contributo de Portugal na infraestrutura open access para a investigação na Europa. - Pedro Príncipe, Eloy Rodrigues, José Carvalho, Ricardo Saraiva

A realização do projeto OpenAIRE e o contributo de Portugal na infraestrutura open access para a investigação na Europa. - Pedro Príncipe, Eloy Rodrigues, José Carvalho, Ricardo Saraiva

More in: Technology
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
524
On Slideshare
524
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
9
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. CONTRIBUTO DE PORTUGAL NAINFRAESTRUTURA EUROPEIA DE OPEN ACCESS
  • 2. AGENDA1. OpenAIRE e a concretização das políticas Open Access da Comissão Europeia.2. Realização do projeto OpenAIRE em Portugal 1. Iniciativas em Portugal no âmbito do OpenAIRE 2. Adoção das Diretrizes OpenAIRE 3. Dados nacionais agregados e informação útil no portal OpenAIRE. 4. Perceção e opinião dos investigadores em Portugal sobre as políticas Open Access na Europa e o OpenAIRE3. Segunda geração da Infraestrutura Europeia de Open Access
  • 3. OpenAIRE e a concretização das políticas OA da Comissão Europeia1/3
  • 4. POLÍTICAS OPEN ACCESS NA UE Proporcionar ampla difusão e acessibilidade aosresultados publicados da investigação financiada
  • 5. Projecto-piloto Open Access do 7º PQ Conselho Europeu de Investigação[ERC em dezembro de 2007 e 7ºPQ em agosto 2008]Exige aos investigadores o depósito das publicações numrepositório institucional ou disciplinar.Aplica-se a artigos que: possuam revisão por pares; resultem de investigação financiada pelo ERC ou numa de7 áreas temáticas do 7ºPQ (energia, ambiente, saúde, tic, infra-estruturas de investigação, ciências na sociedade, ciênciassocioeconómicas e humanidades); tenham um acordo assinado depois de Agosto de 2008(cláusula especial 39).
  • 6. OBJETIVOS DO PROJETOApoiar os investigadores no cumprimento das condições HELPDESKdo Projecto-piloto Open Access do 7ºPQ através de umsistema europeu de helpdesk;Apoiar os investigadores no processo de depósito das REPOSITÓRIOSpublicações em repositórios institucionais oudisciplinares;Construir o portal OpenAIRE e a infra-estrutura WEB PORTALelectrónica para a rede de repositórios;Explorar serviços de gestão de dados científicos em & ESTUDOSconjunto com cinco comunidades disciplinares. OPENAIREPLUS
  • 7. CONCRETIZAÇÃO DO OPENAIREInfraestrutura aberta e participativa – Rede de repositórios institucionais e disciplinares – Revistas Open Access – Secretariados Nacionais de Open Access (envolvendo outros parceiros)Abordagem técnica – Interoperabilidade com repositórios – Interoperabilidade com infraestruturas de informação da CE – Interoperabilidade com outras fontes de dados (OpenDOAR, DOAJ, Plos…) – Serviços para diferentes parceiros  Acesso à informação e estatísticas  Depósito  Interligar publicações aos projetos  Interligar publicações a dados  Impacto do financiamento de projetos
  • 8. 8
  • 9. Marcos no desenvolvimento da política Open Access da CE (1/2)Desde o arranque do projeto OpenAIRE em Dezembro de 2009 Maio 2010: Europe 2020 Flagship Initiative - CommunicationA Digital Agenda for Europe Outubro 2010: Europe 2020 Flagship Initiative - CommunicationInnovation Union Dezembro 2010: Official launch of FP7 project OpenAIRE Fevereiro 2011: EC and FP7 Project PartnersOpen Access and preservation in the European ResearchArea report Maio 2011: Commission Communication on a Single Market forIntellectual Property Rights Boosting creativity and innovation toprovide economic growth, high quality jobs and first class productsand services in Europe COM(2011) Julho 2011: Launch of EC public consultation on scientificinformation (closes on 9 September 2011)
  • 10. Marcos no desenvolvimento da política Open Access da CE (2/2)Novembro 2011: Proposal for open access in Horizon 2020Dezembro 2011: National Open Access and Preservation Policiesin Europe: Analysis of a questionnaire to the ERA CommitteeJaneiro 2012: Survey on open access in FP7Janeiro 2012: Results of the public consultation on scientificinformation in the digital ageJulho 2012: Communication on a reinforced European ResearchArea partnership for excellence and growth – Communication Towards better access to scientific information – Recommendation on access to and preservation of scientific information
  • 11. Marcos no desenvolvimento da política Open Access da CE“[….] As políticas em prol do acesso aberto aos resultados dainvestigação científica devem ser aplicadas a toda a in-vestigação quereceba fundos públicos. […] Estas políticas respondem igualmente aodesejo da própria comunidade científica de que haja maior acesso àinformação científica.”
  • 12. Realização do projeto OpenAIRE em Portugal2/3
  • 13. REDE OPENAIREOs Serviços de Documentação da Universidade do Minhosão o ponto de contacto nacional e assumem acoordenação da região sul da Europa.
  • 14. Iniciativas em Portugal no âmbito doOpenAIRE
  • 15. REDE NACIONAL DE PARCERIASOPENAIRE
  • 16. ALGUMAS INICIATIVAS NACIONAISNo âmbito do projeto RCAAP – Reuniões gerais: breves apresentações sobre os desenvolvimentos do OpenAIRE – Compliance OpenAIRE: inclusão dos requisitos das diretrizes OpenAIRE no Addon OAI Extended; adicionalmente foi criado o Addon OpenAIRE Authority Control (UMinho+KeepSolutions); inclusão dos Addons nos upgrades aos repositórios do serviço SARI permitindo a conformidade com o OpenAIRECom os gestores de repositórios – Suporte ao processo de conformidade com as diretrizes (implementação dos requisitos, validação e registo do repositório no portal OpenAIRE). – Webinar OpenAIRE para gestores de repositórios (setembro 2011)
  • 17. ALGUMAS INICIATIVAS NACIONAISJunto dos Pontos de Contacto Nacional do 7º PQ (NCP) – Reunião com NCP para as infraestruturas de informação (outubro de 2010)– Reunião geral com os NCP sobre Open Access no Gabinete de Promoção do Programa Quadro de I&DT (junho de 2012)Com Bibliotecas e Gabinetes de Investigação e projetos – Sessões de esclarecimento (Univ. de Coimbra, Univ. de Évora, Univ. Aberta, Univ. do Minho) – Informação dirigida sobre projetos 7ºPQ para cada instituição – Apresentações e comunicações em eventos (Open Access Week, COnfOA, Jornadas APDIS, Congresso BAD)Investigadores e coordenadores de projetos – Webinar OpenAIRE para investigadores (outubro 2011) – Mailing a coordenadores de projetos do 7ºPQ e ERC
  • 18. PROJETOS 7ºPQ em Portugal1252 projetos aprovados em Portugal no âmbitodo 7ºPQ (17551 aprovados UE)242 projetos com coordenação portuguesaAprox. 150 projetos do 7ºPQ com cláusulaespecial 39Aprox. 180 participações em projetos do 7ºPQcom cláusula especial 39 Dados de Julho de 2012
  • 19. PROJETOS 7ºPQ em Portugalhttp://ec.europa.eu/portugal/pdf/comissao/destaques/7pq_9julho2012/gppq_fp7_maldonado_9julho12_pt.pdf
  • 20. Adoção das Diretrizes OpenAIRE
  • 21. DIRETRIZES OPENAIRE
  • 22. REPOSITÓRIOS OPENAIRECOMPLIANT
  • 23. REPOSITÓRIOS NO OPENAIRERede de repositórios em Portugal: – 45 repositórios listados no OpenDoar – 26 repositórios registados no DRIVER – 36 repositórios integram o projeto RCAAP – 29 repositórios OpenAIRE compliantRepositórios nos países da região sul: – 203 repositórios listados no OpenDoar – 104 repositórios registados no DRIVER – 60 repositórios OpenAIRE compliant
  • 24. REPOSITÓRIOS NACIONAIS NO OPENAIRE29 Repositórios OpenAIRE compliant em Portugal OpenAIRE 2nd year review, 2 February 2012, Brussels
  • 25. Considerações para os gestores e administradores de repositóriosMaior pró-atividade dos gestores de repositórios noapoio aos investigadores envolvidos em projetosfinanciados pela comissão europeia: – Melhor conhecimento sobre os projetos europeus nas instituições. – Mais comunicação com os investigadores. – Maior proximidade junto das unidades de investigação, gabinetes de gestão de projetos. – Maior atenção à validação da informação dos projetos nos metadados das publicações depositadas nos repositórios.
  • 26. REVISTAS PORTUGUESAS NO OPENAIRERevistas do Serviço dealojamento (SARC) do projetoRCAAP e agregadas no portalRCAAP cumprem já osrequisitos das diretrizesOpenAIRE:– Utilização do plugin OpenAIRE do Open Journal System.Poderá ser dado suporte parao processo de compliance derevistas nacionais.
  • 27. Dados nacionais agregados e informaçãoútil no portal OpenAIRE
  • 28. PUBLICAÇÕESPublicações de Portugalno portal OpenAIRE– 3006 Publicações– 1154 em Open Access (38.4%)– Resultados no âmbito de 274 projetos.
  • 29. INFORMAÇÃO ÚTILGuias OpenAIRE – Para investigadores – Para instituições de investigação – Para gestores de repositórios – Para editores de revistasInformação de referência – Questões de copyright – Políticas e mandatosEstatísticasPesquisaHelpdesk www.openaire.eu
  • 30. Opinião dos investigadores em PT sobre as políticas Open Access na Europa
  • 31. ENQUADRAMENTO DO ESTUDOInquérito promovido pelos Serviços de Documentação daUniversidade do Minho (SDUM) para:– recolher informações sobre a perceção, opinião e prática dos investigadores em Portugal relativamente ao acesso aberto (Open Access) à literatura científica.– Iniciativa no âmbito dos Projetos Open Access desenvolvidos pelos SDUM – OpenAIRE, MedOANet e OpenAIREplus.Inquérito por questionário:– Anónimo e composto por 49 perguntas.– Disponibilizado via web usando o software LimeSurvey em http://openaccess.sdum.uminho.pt/inqueritos.– Período para resposta: 19 de Junho a 27 de Julho 2012.– 1249 respostas completas.
  • 32. ENQUADRAMENTO DO ESTUDOReforço das politicas e iniciativas Open Access daUnião Europeia (Horizonte 2020).– A definição acompanhada de estudos e inquéritos
  • 33. PARTICIPAÇÃO EM PROJETOS DO 7ºPQ SIM SIM Participação como investigador: 300 Participação como coordenador: 65
  • 34. Qual é a sua opinião sobre a política europeia de acesso aberto?812 concordo + concordo plenamente414 sem opinião23 discordo + discordo plenamente N % Concordo plenamente 396 32% Concordo 416 33% Sem opinião 414 33% Discordo 19 2% Discordo plenamente 4 0,30% Total 1249
  • 35. Conhece o projeto-piloto OA da CEimplementado pelo OpenAIRE? N % Sim 223 18% Não 1026 82% Total 1249
  • 36. Sobre o conhecimento da políticaOA da CE e do OpenAIRE
  • 37. Reembolso dos custos de publicaçãonos projetos 7ºPQ Fez uso desta possibilidade nos seus projetos? N % Sim 16 1% Não 49 4% Total 65
  • 38. ConsideraçõesUma amostra relativamente significativa naparticipação em projetos do 7ºPQOpinião favorável aos princípios do Open Accessna política europeiaFraco conhecimento dos requisitos concretos dapolítica Europeia de Open AccessNecessidade de mais e melhor comunicação einformação junto dos investigadores ecoordenadores de projetos
  • 39. Segunda geração da InfraestruturaEuropeia de Open Access3/3
  • 40. OpenAIREplus 2ª geração da Infraestrutura Open Access para a Investigação na Europa40
  • 41. OpenAIREplusProjeto de 30 meses, iniciado em Dez. 2011Funcionará em conjunto com o projeto OpenAIRE – estendendo ainda mais a sua missão para facilitar o acesso a toda a produção científica do Espaço Europeu de Investigação em acesso aberto, – interligando publicações com os dados científicos associados e com os respetivos programas de financiamento.Reúne 41 parceiros europeus, onde estão incluídastrês comunidades interdisciplinares de investigação.
  • 42. Participação de todos os EstadosMembro da UE Human Network Human Network
  • 43. Objetivos OpenAIREplus Ligação entre as publicações, os dados científicos e a informação dos financiadores. – Consolidar a rede de repositórios institucionais. – Integrar os repositórios de dados. – Importar programas de financiamento de diferentes fontes. Apoiar o acesso aberto no espaço europeu de investigação – Propagar as políticas, o estudo de dados e de problemas de direitos de propriedade intelectual. – Abranger toda a Europa;  Os investigadores, gestores de investigação, responsáveis institucionais e políticos;24x7 serviços sustentáveis a longo prazo
  • 44. www.openaire.eu•www.facebook.com/groups/openaire•www.linkedin.com/groups/OpenAIRE-3893548•@OpenAIRE_eu