Your SlideShare is downloading. ×
Lean Maintenance
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Lean Maintenance

3,884
views

Published on

Mais informações sobre a PG Lean Maintenance aqui neste link: …

Mais informações sobre a PG Lean Maintenance aqui neste link:
http://www.cltservices.net/formacao/pos-graduacao-em-lean-maintenance/

Published in: Business

2 Comments
7 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total Views
3,884
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
2
Likes
7
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Lean MaintenancePensar Lean na Gestão da ManutençãoJornadas de Engenharia de Manutenção - ISEL18 de março 2011Pedro Coelho 1
  • 2. NPEN 13306:2007 – Terminologia da manutençãoManutenção- combinação de todas as acções técnicas, administrativas e de gestão,durante o ciclo de vida de um bem, destinadas a mantê-lo ou repô-lonum estado em que ele pode desempenhar a função requeridaGestão da Manutenção- todas as actividades de gestão que determinam os objectivos, aestratégia e as responsabilidades respeitantes à manutenção e que osimplementam por diversos meios tais como o planeamento, o controlo esupervisão da manutenção e a melhoria de métodos na organização,incluindo os aspectos económicos 2
  • 3. Testemunhos históricos sobre a Gestão da Manutenção- a Bíblia – no antigo testamento - (Livro de Neemias – Reconstrução muralhas de Jerusalém)- o Império Romano – 1º século - (Livro “De Aquoeductis” Planos de Manutenção dos Aquedutos e distribuição de água a Roma por Julius Frontinus) 3
  • 4. O que está a acontecer às Organizações- Redução de número de empregados- Aumento das expectativas de produção- Redução dos orçamentos de manutenção- Requisitos mais exigentes ao nível da segurança e ambiente- Instalações tecnicamente mais complexas- Mais conhecimentos e valências técnicas 4
  • 5. Mas, como sempreOs sistemas e equipamentos deverão ter uma elevada disponibilidade eos custos deverão ser mantidos no mínimo possível 5
  • 6. A Manutenção enquanto tal não acrescenta valor No entanto, acrescenta valor ao permitir e colaborar na estabilidade requerida pelo processo produtivoMas a manutenção não pode estorvar a criação de valor Então, isto explica a procura do Zero Tempo de Manutenção – Zero Maintenance Time 6
  • 7. “Zero tempo de manutenção”, no processo produtivo,não significa não fazer manutenção nos equipamentos mas sim significa eliminar desperdício e especificamente o desperdício que está associado à manutenção 7
  • 8. Neste contextoAs metodologias e ferramentas da manutençãonão devem ser só as correctas e as adequadasDevem ser lean magras e rápidas 8
  • 9. Mas isto não aconteceEnquanto insistirmos só na fiabilidade dos equipamentos eNão insistirmos também na Gestão da Manutenção onde toleramos falhas e ineficiências 9
  • 10. Devemos ser Técnicos da fiabilidade e também Gestores de processos 10
  • 11. Então além de metodologias e ferramentas, devemos adoptarUma filosofia de actuação para a Gestão da ManutençãoDevemos explorar a filosofia, os conceitos, as ferramentase os princípios do Pensamento Lean e aprender aaplicá-los à Gestão da Manutenção e suas metodologias Lean Maintenance ou Manutenção Magra 11
  • 12. A filosofia do Pensamento Lean surgiu como umsistema de gestão cujo objectivo é o desenvolvimento deprocessos e sistemas tendo em vista a eliminação dodesperdício em toda a organização e a criação de valorpara todas as partes 12
  • 13. O OBJECTIVO DO PENSAMENTO LEAN É A MELHORIACONTÍNUA DO DESEMPENHO OPERACIONAL ATRAVÉSDA ELIMINAÇÃO SISTEMÁTICA DO DESPERDÍCIO E ACRIAÇÃO DE VALOR 13
  • 14. Melhoria contínua (Kaizen)1 - interacção contínua entre o planeamento e a execução,que se apoia no uso do ciclo de melhoria contínua,denominado PDCA (plan, do, check, act) Planear A P A P Fazer p Verificar C D Actuar Ciclo PDCA de Deming2 - Desenvolvimento de uma mentalidade de trabalho em equipa 14
  • 15. Princípios do Pensamento Lean – aplicar à Lean Maintenance 1 - conhecer o cliente quem servimos 2 - definir valor o objectivo de todos 3 - definir cadeia de valor campo de intervenção 4 - optimizar os fluxos os meios a aplicar 5 - implementar sistema pull sistema a usar 6 – perfeição melhoria contínua 7 – inovar sempre a atitude certa 15
  • 16. A Lean Maintenance deve utilizar as metodologias eferramentas da fiabilidade existentes(TPM,RCM,RCFA,etc) eas metodologias e ferramentas da Lean Management-Lean Production e Lean Services 16
  • 17. A Lean Maintenance traz 2 novos conceitosdo Lean Management para a Manutenção:- a eliminação de desperdício e a criação devalor- a orientação para a cadeia de valor 17
  • 18. Sistema de Gestão da Manutenção Lean ou“Lean Maintenance Management System” ou Lean Maintenance 18
  • 19. orientado para a cadeia de valor, cujos objectivos são: Zero Tempo de Manutenção para aumentar a produtividade Evitar desperdício no sistema de manutenção e deste modo aumentar a rentabilidade Suportar a cadeia de valor assegurando processos estáveis e a qualidade 19
  • 20. M.Autónoma Manutenção TPM Prev/Pred OEE Indicadores OPM FMEA Sistema RCMcomunicação informação Sistema de Gestão deFormação Manutenção Lean RCFA Análise Minimizar EfeitosActividade FalhasEstrutura Melhoria Contínua KAIZEN 5S Value Stream Ferramentas Lean Mapping 20
  • 21. Estudo dos Processos da ManutençãoIdentificação de Desperdícios – 3 tipos de perdasDesperdício - tudo o que não acrescenta valor é desperdício e como tal deve ser eliminadoIrracionalidade - excessos ou insuficiências. é eliminado pela uniformizaçãoVariabilidade – irregularidades ou insuficiências. Deve fazer-se o necessário e quando pedido 21
  • 22. Desperdícios Processos Tempos de espera inadequados Excessos de controlo Trabalho desnecessárioTransportes retrabalho Movimentações desnecessárias Avarias Excessos de stock Excesso Defeitos trabalho qualidade 22
  • 23. A simplicidade das ferramentas lean LEAN MAINTENANCE Takt-time Diagramas5 Porquês fluxogramas Seis Sigma Ishikawa Método à prova SMED de erro VSM BalanceamentoSistema PULL processos Matrizes QFD 5W2H Lead-Time 5S 23
  • 24. Normalização/UniformizaçãoUniformizar significa fazerem todos do mesmo modo,seguindo a mesma sequência, as mesmas operaçõese as mesmas ferramentas Vantagens – previsibilidade dos processos redução da variabilidade menores custos 24
  • 25. A Normalização e a formalização(pôr por escrito)são o suporte dos avanços da melhoria contínua Este “calço” evita Trabalho Que tudo volte ao em equipa estado inicial (uniformização) 25
  • 26. Normas Portuguesas de ManutençãoNP EN 13306:2007 - Terminologia de manutençãoNP EN 13269:2007 - Manutenção - Instruções para apreparação de contratos de manutençãoNP EN 15341:2009 - Manutenção - Indicadores dedesempenho de manutenção económicos, técnicos e organizacionais 26
  • 27. Normas Portuguesas de ManutençãoNP EN 13460:2009 - Manutenção – Documentação paramanutençãoFutura NP EN 4XXX:2011 - Manutenção – Qualificaçãodo pessoal de manutenção Técnico de Manutenção Supervisor de Manutenção Gestor de Manutenção 27
  • 28. Normas Portuguesas de ManutençãoNP 4483:2009 – Norma guia para a implementação desistemas de gestão de manutençãoNP 4492:2010 – Requisitos para a prestação de serviçosde manutenção 28
  • 29. NP 4492:2010 – Requisitos para a prestação deserviços de manutenção Auditores - Especialistas de Manutenção- para que sejam reconhecidas e valorizadas - a competência e qualificação técnicas - a organização, preparação e planeamento do trabalho - a formação específica - o rigor na execução - o cumprimento de prazos - o cumprimento dos orçamentos 29
  • 30. Importância da Normalização na Manutenção- Universalidade de conceitos e termos na Manutenção- Na Elaboração de Contratos de Manutenção- Uniformização dos Indicadores da Manutenção- Uniformização da documentação técnica da Manutenção- Uniformização dos níveis de qualificação e conhecimentosrequeridos pelo pessoal da Manutenção 30
  • 31. Normalizamos para simplificar a vida, eliminar esforçosdesnecessários em tarefas repetitivas, evitar, eliminarou minimizar desperdícios, aproveitar melhor o tempo.Enfim, para melhorar a nossa qualidade de vida. Mais do que uma regularização, a Normalização deve ser uma actividade humana da Manutenção 31
  • 32. VariabilidadeMetodologia Six Sigma – Lean Six SigmaMetodologia que, através do uso de dados provenientes dosprocessos, reduz a variação destes de forma sistemáticaO Six Sigma utiliza ferramentas estatísticas para inferir ascausas dos problemas que muitas vezes não são visíveisA metodologia Six Sigma melhora a capacidade do processoA metodologia deve aplicar-se após a estabilização dosprocessos (eliminação dos desperdícios e uniformização) 32
  • 33. Sistema de Gestão de Manutenção Lean-Estrutura e Organização – que se vai adequando-Pessoas motivadas e com formação – auto-motivação-Trabalho em equipa-Cultura da Melhoria Contínua 33
  • 34. Sistema de Gestão de Manutenção Leanem 4 etapas1 - Priorizar sistemas - efeito na produção, posição na cadeia de valor2 - Classificar os tipos de anomalias/avarias - efeito no sistema operativo, previsibilidadede avarias, frequência de avarias 34
  • 35. Sistema de Gestão de Manutenção Leanem 4 etapas3 - Desenvolver conceito de actuação - sistema crítico - traçar plano de acção - sistema não crítico – manutençãobásica,preventiva....4 - Desenvolver a organização - estrutura e organização da manutenção,planeamento das capacidades da manutenção, 35
  • 36. Cadeia de Manutenção - Chain Maintenance 36
  • 37. Cadeia de Manutenção - Chain Maintenance Fornecedor e seus Empresa Empresa fornecedoresFornecedores Serviço Serviçomateriais e serviçosmanutenção Manutenção Produção 37
  • 38. Gestão Lean da Cadeia de ManutençãoA jornada Gestão Lean desenvolve-se em várias fasesA primeira é a conquista interna, ou seja a implementação dafilosofia do Pensamento Lean na Manutenção.A segunda consiste em disseminar a filosofia ao longo dacadeia de manutenção, de modo que fornecedores e clientesadoptem os seus princípios e as suas práticas com afinalidade de se alcançar a sincronização de todos os elos nosentido da satisfação do cliente finalO sucesso da Gestão Lean ficará comprometido se a suaaplicação se limitar às fronteiras da manutenção 38
  • 39. Lean Maintenance Novo Paradigma naGestão da Manutenção 39
  • 40. nada é permanente senão a mudança Obrigado 40
  • 41. 41