Your SlideShare is downloading. ×
0
Apresentacao da Comunidade
Apresentacao da Comunidade
Apresentacao da Comunidade
Apresentacao da Comunidade
Apresentacao da Comunidade
Apresentacao da Comunidade
Apresentacao da Comunidade
Apresentacao da Comunidade
Apresentacao da Comunidade
Apresentacao da Comunidade
Apresentacao da Comunidade
Apresentacao da Comunidade
Apresentacao da Comunidade
Apresentacao da Comunidade
Apresentacao da Comunidade
Apresentacao da Comunidade
Apresentacao da Comunidade
Apresentacao da Comunidade
Apresentacao da Comunidade
Apresentacao da Comunidade
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Apresentacao da Comunidade

1,563

Published on

Serviços de Consultoria e Formação da Comunidade Lean Thinking

Serviços de Consultoria e Formação da Comunidade Lean Thinking

Published in: Business
1 Comment
6 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total Views
1,563
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
1
Likes
6
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. PARCEIROS NA CRIAÇÃO DE VALOR COMUNIDADE LEAN THINKING COMUNIDADE LEAN THINKING ©
  • 2. 2 APRESENTAÇÃO de 20  A comunidade lean thinking é uma organização criada para desenvolver e promover a filosofia lean thinking junto de organizações públicas e privadas, com ou sem fins lucrativos;  A ideia de comunidade nasce da importância da interdependência alcançada através do trabalho em equipa e em prol de todos;  A aplicação dos princípios lean thinking permite o estabelecimento de relações de mútuo benefício (win-win) com as diversas organizações com quem a comunidade interactua. MISSÃO  Contribuir para o desenvolvimento dos seus stakeholders através da criação e partilha de conhecimento e experiências baseado em relações win-win;  Contribuir de forma desinteressada e íntegra para o bem comum partilhando ganhos e conhecimento, numa perspectiva de melhoria contínua;  Ser uma organização de referência no domínio da investigação, desenvolvimento e inovação nas áreas do lean thinking;  Obter reconhecimento nacional e internacional através da implementação da filosofia lean thinking em organizações empresariais através da metodologia going lean ®. COMUNIDADE LEAN THINKING ©
  • 3. 3 Honestidade de 20 Manter os Equidade compromissos Encorajar Respeito a iniciativa CORE VALUES pelo indivíduo individual VALORES WIN-WIN COMUNIDADE LEAN THINKING ©
  • 4. 4 CONHECER O CLIENTE quem servimos? de 20 PRINCÍPIOS LEAN THINKING DEFINIR VALOR o objectivo de todos DEFINIR A campo de CADEIA DE VALOR intervenção OPTIMIZAR FLUXOS os meios a aplicar IMPLEMENTAR o sistema a usar O SISTEMA PULL PERFEIÇÃO a insatisfação INOVAR SEMPRE a atitude certa COMUNIDADE LEAN THINKING ©
  • 5. 5 POR ACASO, de 20 ISTO É-LHE FAMILIAR?  Papeis (burocracia);  Demasiados níveis hierárquicos;  Tempo e recursos mal aproveitados;  Subestimar o valor das pessoas; Controlos Rework Stock  Transportes e movimentações;  Controlos e inspecções;  Acertos e ajustes (setups);  Defeitos e erros;  Stocks;  E muitos mais... DESPERDÍCIO É TUDO QUE NÃO ACRESCENTA VALOR!!! Excesso de Avarias Transportes actividades ANDA A FAZER NA PERFEIÇÃO O QUE NÃO NECESSITA DE SER FEITO? COMUNIDADE LEAN THINKING ©
  • 6. 6 de 20 ABORDAGEM CLT AO LEAN MANAGEMENT Envolvimento de todos na organização: • Orientação às pessoas; • Focalização nos processos; • Gestão por resultados. rápida intervenção VALOR 4 EXCELÊNCIA 3 2 Desenvolvimento Transferência de conhecimento 1 Introdução Avaliação TEMPO Eliminar o desperdício Criar valor para os stakeholders COMUNIDADE LEAN THINKING ©
  • 7. GOING LEAN ® 7 de 20 WORLD Eliminar o desperdício Criar valor para os Stakeholders CLASS ENTERPRISE Ganhos Redução de desperdícios, redução de custos, rapidez nas entregas, melhor Integração e Best in class! qualidade, maior utilização de recursos sincronização da SC Value-base mgt Iniciativas GOING LEAN ® Planeamento colaborativo da cadeia de valor Hoshin kanri strategy deployment na cadeia valor Validação do LOS em toda a cadeia de valor (Value Stream) Visão e missão do sistema Lean-SCM Iniciativas junto de parceiros na cadeia de valor. Formação, treino e coaching de todas as pessoas; rever continuamente o LOS Transferência de conhecimento Going Lean e iniciativas kaikaku (rapid improvement events). Rever a missão e a visão do sistema de operações. Value Stream Design (to-be) Alertar para as ameaças, oportunidades, pontos fortes, e desperdícios existentes. Realizar VSM e Lean Assessment (as-is) Etapas Definição da Desenho do Implementação do lean Desenho e implementação Sincronização do sistema base-line. lean operations operations system do sistema lean supply chain Lean-SCM. Cooperação Introdução do LT ao nível system (LOS) baseado na management (Lean SCM) através de toda a Cadeia de operacional metodologia Going Lean © Valor (Value Stream) Tempo 2-4 meses 4-9 meses 9-18 meses 1-2.5 anos > 3 anos COMUNIDADE LEAN THINKING ©
  • 8. 8 A METODOLOGIA GOING LEAN ® de 20  A CLT desenvolveu a metodologia Going Lean®, uma abordagem poderosa e sistemática para alcançar a excelência lean. Este processo maximiza o desempenho no curto prazo e prepara as organizações para a mudança cultural sustentada;  O procedimento Going Lean® requer uma intensa e focalizada acção em áreas chave, como por exemplo:  Liderança e visão;  Envolvimento de toda a organização;  Sistema de gestão e cultura;  Pessoas e processos;  Resultados do negócio. COMUNIDADE LEAN THINKING ©
  • 9. 9 de 20 GOING LEAN ® PRINCÍPIOS [achieving customer satisfaction] 1 CUSTOMER FOCUS 2 DELIVER VALUE 3 ELIMINATE WASTE CUSTOMER SATISFACTION 4 PEOPLE & PROCESS FOCUSED 5 WIN-WIN RELATIONS 6 DRIVEN BY RESULTS & FACTS FIRM'S SUCCESS 7 CONTINUOUS IMPROVEMENT 8 SUSTAINED DEVELOPMENT COMUNIDADE LEAN THINKING ©
  • 10. 10 de 20 ROADMAP GOING LEAN ® Visão e CICLO KAIZEN PROPOSTA DE CRIAÇÃO DE VALOR estratégia (longo prazo) da empresa Focar na Cadeia Identificar problemas e de Valor oportunidades-chave Mapear a cadeia de valor; Identificar o VALOR Definição de Como é criado o valor?; Projecto/produto errado; Definição de sucesso: Como os recursos são usados? Abordagem global; sucesso: • Amplitude e âmbito; Desenhar o estado to-be; Perdas de valor; Valor do Produto • Amplitude e âmbito; • Necessidades Identificar os gaps Qualidade de processos/produtos; ou Serviço • Necessidades dos clientes e partes; e oportunidades. Ineficiências. • Identificar os dos clientes e partes; • Objectivos lean. stakeholders; • Objectivos lean. • Perceber as Targets e métricas lean necessidades Rever a Targets e métricas lean Rever a • Prioridades balanceadas; • Perceber a utilidade cadeia de valor • Prioridades balanceadas; cadeia de valor • Kpis locais e globais do produto • Kpis locais e globais ou serviço. CICLO KAIKAKU ENTREGAR VALOR Valor do projecto (curto prazo) • Visão estratégica para o projecto; Planear (P) • Constrangimentos; Verificar (C) •Identificar os stakeholders chave; • Recursos; •Avaliar as melhorias; •Analisar a cadeia de valor local; • Requisitos. •Reter as lições aprendidas; Actuar (A) •Identificar o muda e as oportunidades •Identificar oportunidades emergentes; Adaptar e para criar valor; •Usar kpis apropriados. melhorar •Perceber o feedback e as interacções Valor criado para todas as partes; Fazer (D) Crescimento e Valor Valor •Incorporar as lições externas aprendidas; Rapid sustentabilidade; adicional adicional •Perceber os trade-offs custo/benefício e mudanças; Novas oportunidades; Improvement •Desenvolver kpi’s e acções em colaboração; Inovação; Events •Implementar e captar melhorias. Lições aprendidas. COMUNIDADE LEAN THINKING ©
  • 11. 11 A EVOLUÇÃO ESPERADA de 20 LEAN ESTRATÉGIA DE GESTÃO ESTADO ESTADO POSSÍVEL IDEAL ESTADO NÃO MUITO MRP DESEJADO IMPROVÁVEL (tradicional) DE ACONTECER! ESTRATÉGIA DE INVENTÁRIO MTS/BTS MTO/BTO MTS – make to schedule BTS – build to schedule MTO – make to order BTO – bild to order COMUNIDADE LEAN THINKING ©
  • 12. 12 de 20 CONSULTING e COACHING ÁREAS DE INTERVENÇÃO LEAN Estratégia Coorporate leadership Business management liderança lideranç MÉTODOS E PRÁTICAS Lean office Lean services fornecedores Gestão de operações clientes Gestão da cadeia de fornecimento gestão supply chain PESSOAS E PROCESSOS Lean manufacturing Continuous improvement Value stream management Customer service operações operaç People empowerment ABORDAGEM INTEGRADA E COLABORATIVA DE TODA A CADEIA DE VALOR COMUNIDADE LEAN THINKING ©
  • 13. 13 ÁREAS DE INTERVENÇÃO de 20  Liderança e Visão;  Alinhamento estratégico (hoshin kanri; strategy deployment);  Lean Operations (implementação de sistemas de gestão lean);  Supply Chain Management (gestão da cadeia de fornecimento);  Global Value Stream Mapping (VSM) and Analysis;  Rapid Improvement Events (RIE/kaikaku);  Melhoria contínua e eliminação de desperdícios;  Planeamento e análise de layouts;  Implementação de sistemas pull e kanban;  Total Pull Flow Management;  Trabalho em equipa e empowerment;  Implementação Lean Six Sigma;  Avaliação do desempenho e Kpi’s;  Methods and Time Measurement (MTM);  Formação, treino e coaching nas áreas anteriores. COMUNIDADE LEAN THINKING ©
  • 14. 14 GOING LEAN® : RESULTADOS ESPERADOS! de 20  Redução do lead time 70-90%;  Redução do tempo de ciclo 50-80%;  Redução dos tempos de resposta > 75%;  Redução de desenvolvimento de produtos 70%;  Redução de custos de qualidade 80%;  Redução do espaço ocupado 30-50%;  Redução de custos operacionais 50%;  Melhoria do customer service > 90%;  Melhoria na participação e moral das pessoas;  Aumentos de produtividade 15-55% por ano;  Redução de stocks (ex. WIP) > 70%;  Melhoria no retorno de investimentos > 90%. COMUNIDADE LEAN THINKING ©
  • 15. 15 de 20 CRIAR VALOR CONTINUAMENTE As regras da melhoria: Soluções lean  Processos uniformizados e estáveis Takt time, pull, Os resultados reforçam o sistema  Ligação directa e inequívoca entre cliente e flow… fornecedores Mudança cultural sustentada  Caminhos/links simples e directos  Resolução de problemas in loco através de métodos simples (PDCA e MC) Conhecimento detalhado de Cultura de melhoria todo o sistema de operações, contínua em toda a cadeia produtos e serviços: CONFIANÇA de valor  Através da cadeia de valor  Insatisfação e curiosidade  Em cada um dos processos  Estrutura baseada em valores Relações win-win, aprendizagem, resolução Lideres como Senseis Estabilidade a de problemas em todos os níveis: e mentores: conjunto.  Presença e lideranças  Produtos e  Trabalho em equipa serviços  Perceber o trabalho  Parcerias e apoiar  Processos  Cooperação  Pessoas  Aprender fazendo. AS PESSOAS COMO ELO DE LIGAÇÃO AS PESSOAS COMO ELO DE LIGAÇÃO DE TODO O SISTEMA DE TODO O SISTEMA COMUNIDADE LEAN THINKING ©
  • 16. COMPETÊNCIAS NO ÂMBITO DA VSM FORMAÇÃO mapeamento da cadeia de valor Liderança, estratégia e gestão empresarial E TREINO ge en ia im de st Gestão da cadeia to ão Planeamento ec ca de fornecimento e controlo de de rn a fo o d operações CLT op de stã er ge aç õe comunidade lean thinking s Lean Lean six SCM LEAN THINKING sigma Customer service e Soluções lean stakeholders manufacturing satisfaction & services COMUNIDADE LEAN THINKING ©
  • 17. 17 FORMAÇÃO E TREINO de 20  Curso de Pós-Graduação em Lean Management (PG_LM), a decorrer à sexta-feira (18h30) e ao sábado de manha no Porto, Leiria e Setúbal. Duração total: 170 hrs, mais projecto de 3 meses em ambiente empresarial. Sexta edição marcada para 16 de Outubro de 2009  Formação inter e intra-empresa nos seguintes domínios: Lean Thinking Gestão de Operações Soluções Lean Gestão da Cadeia Fornecimento Team work Lean People Lean Six Sigma Engenharia de Manutenção  Formação, coaching e treino à medida das necessidades da sua empresa;  Possibilidade de realizar algumas destas acções através da nossa plataforma de e-learning, permitindo aos colaboradores da sua empresa receberem formações em áreas específicas. A CLT é uma entidade acreditada pela DGERT para a formação profissional e o seu Sistema de Gestão da Qualidade está certificado no âmbito da ISO 9001:2008. Mais informações em www.leanthinkingcommunity.org COMUNIDADE LEAN THINKING ©
  • 18. 18 de 20 PORQUÊ ENVOLVER A CLT?  A metodologia Going Lean® permite às organizações iniciarem o seu percurso de criação de valor, potenciando o impacto da focalização no cliente, e desenvolvimento de uma cultura proactiva de melhoria contínua;  Ao longo da jornada lean, os objectivos poderão ser alcançados de forma sustentável se a organização for suportada e orientada por “senseis” que, trabalhando em parceria, possam maximizar os ganhos para a organização;  Baseada na abordagem hands-on-approach, aprender fazendo, a experiência da nossa equipa na implementação de soluções lean em vários sectores de actividade é uma importante mais valia;  Para que a sua organização possa tirar partido do apoio externo é necessário saber o que pretende alcançar e saber também quanto está disposta a pagar por isso; Assim, identificamos algumas das formas de apoiar a sua organização:  Garantia de alcance dos resultados a que nos propomos;  Manter o equilíbrio entre clientes, pessoas, processos e ganhos;  Valorizar o seu tempo e colocar em elevado patamar o alcance de objectivos dentro dos prazos e custos estabelecidos;  Promover ideias e a criatividade da sua equipa e da nossa de forma a resolver os problemas;  Partilhar experiências e conhecimentos livremente. se isto lhe parece uma boa opção para a sua empresa, por favor contacte-nos e ajude-nos a perceber melhor as suas necessidades. COMUNIDADE LEAN THINKING ©
  • 19. 19 PRINCIPAIS CLIENTES de 20  ALMEDINA Coimbra  ARVATO - TELESERVICE Porto;  BRIEL Porto;  BRINTONS Viseu;  CORTICEIRA AMORIM Coruche e Pnt Sôr;  Grupo EDP Porto  EFACEC Porto;  EURICO FERREIRA Trofa;  FAPOMED Felgueiras;  GAMOBAR Porto;  HEXION Specialty Chemicals Lda Coimbra;  HOSPITAL DE SJ DO PORTO Porto;  IDT/ISEP Porto;  IOLine Guarda;  IPE - Indústria Produtora de Espumas, SA Pedroso;  LAMEIRINHO Guimarães;  LEASEPLAN Lisboa;  PETRATEX Confecções SA Carvalhosa;  PIONEER PORTUGAL Seixal;  SIMOLDES Oliveira de Azeméis;  SAFIRA Matosinhos;  SODÉCIA Guarda  TOYOTA CAETANO PORTUGAL Ovar. COMUNIDADE LEAN THINKING ©
  • 20. CLT ©, Abril de 2009 comunidade lean thinking RELAÇÕES WIN-WIN Rua Cupertino de Miranda, 35 - 4Dto 4760 124 VN de Famalicão Telf. 91.853.89.82 Telf. 93.600.00.78/79 Fax. 211.454.136 management@leanthinkingcommunity.org www.leanthinkingcommunity.org lean today, win tomorrow COMUNIDADE LEAN THINKING ©

×