• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Mrtg
 

Mrtg

on

  • 1,820 views

gerenciamento de redes com mrtg

gerenciamento de redes com mrtg

Statistics

Views

Total Views
1,820
Views on SlideShare
1,820
Embed Views
0

Actions

Likes
1
Downloads
43
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Mrtg Mrtg Document Transcript

    • Trabalho sobre MRTG Francisco Aldevan Barbosa Costa – RA 1011354O MRTG é uma ferramenta livre desenvolvida em Perl, largamente utilizada, emboramais comumente utilizada para monitorar tráfego em interfaces de rede, pode monitorarmuitas outras variáveis, tais como utilização de HD, temperatura de hardware, uso deprocessador, etc, podendo gerar alertas a partir de "thresholds", facilitando assim ogerenciamento da rede.Além de "free", é relativamente fácil de instalar e configurar, tanto em ambiente Linuxcomo em ambiente Windows, o site do desenvolvedor tem várias informações e gráficosque pode ser acessado pelo link http://oss.oetiker.ch/mrtg/Este trabalho abordará a instalação e configuração em Windows, com o objetivo deapresentar de forma simples a instalação e uso do MRTG.Pré-requisitosPara a instalação do MRTG no Windows serão necessários os seguintes pacotes:PerlOBS: Baixar o "As package (x86)" para Windows 32 bits ou x86_64 para Windows de64 bits.MRTGOBS: Procurar arquivo mrtg-2.17.2.zip que é a versão lançado em fevereiro de 2011, nomeu caso foi baixado no dia 20 de novembro de 2011, versões mais antigas tambémestão disponível no site conforme abaixo:
    • Após baixar o arquivo ele vem compactado com ZIP, descompacte em qualquer pasta
    • Para que o MTRG funcione é necessário que o seu computador esteja com o Perl que éum interpretador de de programas esteja instalado no Computador, por isso agora fazerfazer essa instalação.Instalação do PerlConsiderando que os arquivos foram baixados para a pasta c:temp, entre na pasta quecontém os dois arquivos ZIP (Perl e MRTG), descompacte o Perl nesta pasta, acesse anova pasta (algo como c:tempActivePerl-5.8.8.819-MSWin32-x86-267479), nela seencontra um arquivo chamado "installer", execute-o.Na seqüência serão solicitadas algumas informações:Did you read the LICENSE.txt file? [no] yes(se já leu responda yes)Do you agree to the ActivePerl Community License v2.1? [no] yes(se concorda responda yes)Enter top level directory for install? [c:Perl]
    • (este é o diretório padrão, caso queira instalar em local diferente especifique, se quisermanter so teclar enter)Proceed? [yes] yes(o programa ira ser instalado nesta pasta)Create shortcuts to the HTML documentation? [yes] yes(documentação sempre é útil)Add the Perlbin directory to the PATH? [yes] yes(adiciona a entrada ao path, para que o perl possa ser encontrado a partir de qualquerdiretório)Create Perl file extension association? [yes] yes(associa arquivos perl)Create IIS script mapping for Perl? [yes] yesCreate IIS script mapping for Perl ISAPI? [yes] yes(mapeamento perl)Proceed? [yes] yes(executa a instalação conforme as opções escolhidas)Se tudo estiver corrido bem, esta será a tela final da instalação do Perl.
    • Instalação do MRTGNovamente acesse a pasta onde foram baixados os arquivos, no meu caso c:temp,descompacte o mrtg-2.17.2.zip em c:, será criada uma pasta c: mrtg-2.17.2, abra umprompt (iniciar > executar > cmd), entre na pasta > cd c:mrtg-2.14.7bin, digite oseguinte comando:c: mrtg-2.17.2bin> perl mrgtVocê deverá obter a seguinte saída:Pronto, o Perl e o MRTG já estão instalados, vamos agora às configurações.ConfiguraçãoA configuração do MRTG para o monitoramento de tráfego se torna relativamentesimples utilizando o "cfgmaker", conforme será abordado, porém alguns pré-requisitossão obrigatórios:
    • Você precisa conhecer o "IP address" ou "host name" do dispositivo a ser monitorado;Conhecer a comunidade de leitura do dispositivo a ser monitorado.Com estas informações básicas você já poderá iniciar o monitoramento do dispositivo,tratando-se do tráfego de entrada e saída das interfaces deste.Vamos criar uma pasta para armazenar as imagens e arquivos gerados pelo MRTG:c:wwwmrtgPara este exemplo estou a monitorar um roteador CISCO 2800, sendo o seu endereço IP10.2.2.1 e a comunidade (senha) "public".Execute o seguinte comando (de dentro do diretório c:mrtg-2.14.7bin):c: mrtg-2.17.2bin> perl cfgmaker public@10.2.2.1 –global "WorkDir: c:wwwmrtg" –output mrtg.cfgSerá criado no diretório corrente o arquivo mrtg.cfg, este é um arquivo de configuraçãocom base em todas as interfaces do dispositivo, desta forma o MRTG já pode serrodado, gerando gráficos quanto a utilização da interfaces de rede. Este arquivo podeservir como base para um arquivo customizado, nos próximos capítulos será abordadocom detalhes o arquivo gerado e como criar arquivos personalizados.Após a criação do arquivo mrtg.cfg, vamos colocar para rodar:c: mrtg-2.14.7bin> perl mrtg mrtg.cfgNote que o MRTG irá fazer apenas uma coleta e terminará, para fazer com que ele fiquecoletando os dados e atualizando automaticamente os gráficos, precisaremos editar oarquivo mrtg.cfg incluindo a seguinte linha:RunAsDaemon: yes
    • Esta linha pode ser incluída logo no início do arquivo, este pode ser aberto com oWordpad, mantenha a formatação atual.Execute novamente:c: mrtg-2.17.2bin> perl mrtg mrtg.cfgOBS: Caso sejam apresentadas mensagens de WARNING, não se preocupe, usando asconfigurações básicas é provável que sejam apresentadas estas mensagens porque osarquivos a serem atualizados ainda não existem, aguarde aproximadamente 6 minutos eexecute novamente. O MRTG fornece vários tipos de informações e gráficos, veja umexemplo de gráfico que o MRTG pode apresentar na ilustração abaixo:Pronto, desta forma o MRTG está rodando no seu Windows e atualizandoautomaticamente os gráficos, agora você pode acessar a pasta c:wwwmrtg e abrir osarquivos *.html, sendo que é gerado um para cada interface monitorada.Outras ferramentas de Gerenciamento de RedesNagios
    • Nagios é uma aplicação de monitoramento, essa ferramenta monitora hosts e serviços,gerando informações acerca do desempenho na rede.Principais CaracterísticasAcompanhamento de serviços de rede (SMTP, POP3, HTTP, NNTP, PING, etc).Acompanhamento de recursos de host (carga do processador, uso de disco).Checagem de serviços paralelamente.Envio de notificações quando problemas de serviço ou host ocorrer e ficar resolvido(via e-mail, pager ou método definido pelo usuário).Interface web opcional para visualização do status da rede atual, notificação e históricode problemas, arquivo de log, etc.CactiCacti é uma ferramenta que recolhe e exibe informações sobre o estado deequipamentos em uma rede de dados em forma de gráficos.Principais CaracterísticasNúmero ilimitado de elementos gráficos com base Em rrdtoll.Contém um mecanismo de entrada de dados que permite aos usuários definir scriptspersonalizados que podem ser usados para coletar dados.Templates permitem gráficos comuns que devem ser agrupadas por modelagem.A exibição em árvore permite aos usuários criar hierarquias de gráfico.A base de dados de gerenciamento de usuários permite administradores criar eadministrar usuários.ZabbixO Zabbix é uma ferramenta criada para monitorar a performance e a disponibilidade dosativos de uma rede, ele possui funcionalidades herdadas do Nagios e do Cacti.Principais CaracterísticasEscalabilidadeInterface Web de administraçãoMonitoramento em tempo realMonitora o uso: Memória, carga do sistema, disponibilidade de serviços e etc.Herda algumas características do Nagios e Cacti.