• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Guy Kawasaki - Manual de Empreendedorismo.
 

Guy Kawasaki - Manual de Empreendedorismo.

on

  • 281 views

Um breve apanhado das idéias, pensamentos, frases e provocações de Guy Kawasaki, um dos maiores pensadores das empresas atuais.

Um breve apanhado das idéias, pensamentos, frases e provocações de Guy Kawasaki, um dos maiores pensadores das empresas atuais.

Statistics

Views

Total Views
281
Views on SlideShare
281
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
0
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Guy Kawasaki - Manual de Empreendedorismo. Guy Kawasaki - Manual de Empreendedorismo. Presentation Transcript

    • Pensamentos que movem asPensamentos que movem as organizações do futuroorganizações do futuro -------- Guy KawasakiGuy KawasakiGuy KawasakiGuy KawasakiGuy KawasakiGuy KawasakiGuy KawasakiGuy Kawasaki --------
    • A Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do Começo Nos anos 80, Guy Kawasaki era o homem da Apple responsável por evangelizar o mundo sobre os benefícios da tecnologia. Esta experiência deu a ele o know-how para se especializar em empresas de tecnologia iniciantes (startups). Ele fundou a Garage Ventures, empresa de investimento de risco, cujo site traz boas dicas sobre como montar um plano prático de negócios esite traz boas dicas sobre como montar um plano prático de negócios e fazer apresentações bem objetivas para investidores. Seu conhecimento foi centralizado no livro “The Art of The Start”, considerado um dos melhores sobre este assunto pelos maiores investidores americanos. Em palestra efetuada, Guy Kawasaki aborta os 10 mandamentos de “A Arte do Começo”
    • A Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do Começo 1.Se você deseja mudar o mundo, se realmente deseja ser um empreendedor de sucesso, a melhor razão para iniciar uma empresa é trazer sentido, é realmente mudar o mundo. Podemos fazer sentido de três formas: • Aumentar a qualidade de vida: tornar as pessoas mais criativas e produtivas• Aumentar a qualidade de vida: tornar as pessoas mais criativas e produtivas • Fazer certo algo que é/está errado • Prevenir o fim de algo bom Empresas bem sucedidas foram criadas para trazer um sentido, e não para fazer dinheiro.
    • A Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do Começo 2.Criar um mantra para sua organização, não uma missão. O formato que normalmente se cria uma missão é assim: • inútil• inútil • muito longa • não é uma missão única • não é memorável. Um mantra deve ter três ou quatro palavras.
    • A Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do Começo 3.Deslanchar Ironicamente um monte de empreendedores tem dificuldade de deslanchar, pois eles querem ter certeza que existe um mercado, antes de fazer algo. Simplesmente faça!
    • A Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do Começo Três pontos para deslanchar: • Pense diferente. Não faça melhor do mesmo, não se contente em fazer 10% ou 15% melhor. Faça coisas 10 vezes melhor. • Não tenha medo de polarizar as pessoas.• Não tenha medo de polarizar as pessoas. Bons produtos polarizam as pessoas. Se você tentou criar um produto que parece ser perfeito para todos de 18 até 25, 25 até 35, 35 até 50, 50 até 75, 75 até a morte, se você tentou criar este produto perfeito, você criou mediocridade. • Achar algumas almas gêmeas. O conceito do empreendedor solitário é tão superestimado quanto mentiroso. Você precisa de pessoas para te contrabalançar, ache um contraponto.
    • A Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do Começo 4.Defina um modelo de negócios Três pontos são necessários para definir um modelo de negócios: • Seja específico. A questão que você deve perguntar a si próprio metaforicamente é: Quem é meu cliente e como eu vou tirar o meu dinheiro do bolso dele?meu dinheiro do bolso dele? • Mantenha-se simples • Pergunte a uma mulher sobre o seu modelo de negócios. Você não deve perder o seu tempo perguntando a um homem: eles têm uma falha genética que os leva a querer “matar” todas as coisas.
    • A Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do Começo 5.Crie um MAT (nessa ordem) MAT é Marcos, Premissas ( Assumptions) e Tarefas. A primeira coisa que se deve fazer é ter uma lista de marcos como, por exemplo, acabar o design, entregar o software, etc.exemplo, acabar o design, entregar o software, etc. Depois você deve escrever as premissas da tua companhia, e testá-las. A terceira etapa são as tarefas, que te ajudam a conquistar um marco ou testar uma premissa.
    • A Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do Começo 6.Descubra o seu nicho O melhor nicho é aquele em que você tem um produto único e somente você consegue fazer este produto. Além disso, esse produto é de grande valor para o consumidor.
    • A Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do Começo 7.Seguir a regra 10/20/30 Você deve ter 10 slides nas suas apresentações (não 50)... apresentados em 20 minutos... e a menor fonte que você pode usar é tamanho 30.e a menor fonte que você pode usar é tamanho 30. Isso o força a conhecer a apresentação e somente colocar no slide o texto principal. Não ler slides durante toda a apresentação.
    • A Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do Começo 8.Contratar gente ‘infectada’ Significa que além de ter experiência prévia e educação, ela ama o teu produto. A maioria das pessoas consideram somente dois fatores: experiência e educação. Guy sugere considerar mais três fatores: • Eles são infectados pelo seu produto? Isso significa que você deve ignorar o irrelevante. Algumas vezes é irrelevante que eles tenham este histórico, outras, é irrelevante que eles não tenham este histórico.
    • A Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do Começo • Você precisa contratar gente melhor que você mesmo. Pessoas A não contratam pessoas tipo A. Pessoas A contratam pessoas A+, pessoas B contratam pessoas C, pessoas C contratam pessoas DA+, pessoas B contratam pessoas C, pessoas C contratam pessoas D e pessoas D contratam pessoas E. Se você contratar uma pessoa B, um dia vai acordar e se ver rodeado por pessoas Z.
    • A Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do Começo • Teste do shopping center. Você vai ao shopping center e vê o candidato ao emprego. O candidato ainda não te viu. Você está a 15 metros dele. Nesse ponto você pode ter várias reações. A primeira reação é ir direto ao candidato e dizer “Oi, como você está? Eu estou feliz em te entrevistar, nós vamos acabar com os concorrentes eestou feliz em te entrevistar, nós vamos acabar com os concorrentes e eu espero que você se junte a nós”. A segunda opção é você pensar “O shopping center não é grande, se eu ficar de frente a ele, vou falar ‘Oi’.” A terceira opção é entrar no carro e voltar. Se você não teve a primeira reação de ver a pessoa e dizer: “Cara, eu tenho que ir lá, pois eu realmente gostei dele(a)”, não contrate a pessoa.
    • A Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do Começo 9.Baixar as barreiras de adoção Existem 3 formas de baixar as barreiras de adoção: • Diminuir a curva de aprendizado • Não peça para ninguém fazer algo que você não faria • Abrace o evangelismo, estas pessoas avançam na batalha para você. Evangelismo é baseado na palavra grega de “trazendo boas notícias”.
    • A Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do Começo 10.Semeie as nuvens Isso é sobre fazer chuvas e vendas. Devemos atentar para três pontos:Devemos atentar para três pontos: • Deixe 100 flores desabrocharem. No começo da companhia, você pode ver pessoas que não eram os seus consumidores esperados utilizando seus produtos de uma forma não prevista. Não há nada de errado com o seu posicionamento de produto. Muitas vezes descobre-se um novo produto desta forma.
    • A Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do ComeçoA Arte do Começo • Você precisa permitir test drive para incrementar as vendas. Deixe as pessoas levarem o seu produto para casa ou fazer download, se for o caso. • Ache os verdadeiros influenciadores. Muitos empreendedores acham que precisam trabalhar no “nível CEO”. Procure o suporte técnico, secretárias, ajudantes administrativos, estas pessoas realmente trabalham. Eles são os verdadeiros influenciadores chave.
    • Fontes:Fontes:Fontes:Fontes:Fontes:Fontes:Fontes:Fontes: http://www.venturecommons.com.br/guy-kawasaki-guru-americano-das- startups/ http://www.venturecommons.com.br/guy-kawasaki-guru-americano-das-http://www.venturecommons.com.br/guy-kawasaki-guru-americano-das- startups/
    • IMPACTO nas decisões ... gerando IMPACTO nos resultados.gerando IMPACTO nos resultados.
    • Formas de contatoFormas de contato O que fazemos A FOCAL Pesquisas criada em 1997, focada em soluções mercadológicas, onde cientificamente associamos pesquisas de mercado a processos ou demais ferramentas da administração e gestão empresarial. Visão Queremos ser a melhor empresa de pesquisa de mercado do Brasil, reconhecida pelos seus métodos científicos e pela sua capacidade de solução. FOCAL Marketing Ltda Av. Loureiro da Silva, 2001 / Salas 705 e 706 90.050-240 – Porto Alegre/RS Tel: (51) – 3023-5150 www.focal.com.br focal@focal.com.br gestão empresarial. Dispomos das mais diversas soluções, englobadas em três grandes áreas de negócio: Área de Pesquisa, Área de Assessoria Mercadológica e Central de Inteligência. Com isto buscamos unir pontos: a sua empresa com os resultados que você espera. solução. Missão Criar um futuro melhor para cada cliente Princípios Trabalho em equipe Inovação Resultados aplicáveis Sigilo Ciência