3ª Unidade Placa Mãe
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Like this? Share it with your network

Share

3ª Unidade Placa Mãe

on

  • 1,322 views

 

Statistics

Views

Total Views
1,322
Views on SlideShare
1,229
Embed Views
93

Actions

Likes
0
Downloads
23
Comments
0

2 Embeds 93

http://assuntos1aredes.blogspot.com.br 90
http://www.assuntos1aredes.blogspot.com.br 3

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

3ª Unidade Placa Mãe Presentation Transcript

  • 1. PLACA-MÃEINTRODUÇÃO Também conhecida como "mainboard", a placa-mãe é, basicamente, a responsável pela interconexão de todas as peças que formam o computador. O HD, a memória, o teclado, o mouse, a placa de vídeo, enfim, praticamente todos os dispositivos, precisam ser conectados à placa-mãe para formar o computador.
  • 2. PLACA-MÃEHISTÓRIA A primeira placa-mãe apareceu em um computador da IBM em 1982. O design que a IBM criou ainda é o que vemos nas placas mãe de hoje em dia – um número de portas e slots feitos para diferentes tipos de hardwares. Esse design mais tarde foi usado pela Apple no seu computador Apple II. O Apple II foi um que inovou quando o assunto era adicionar novos periféricos no computador com maior facilidade, e com isso o mercado de peças de computador foi aberto e assim podemos ter toda essa variedade nos dias de hoje.
  • 3. Placa mãe
  • 4. PLACA-MÃECONTROLADO RES On-board: como o próprio nome diz, o componente on- board vem diretamente conectado aos circuitos da placa mãe, funcionando em sincronia e usando capacidade do processador e memória RAM quando se trata de vídeo, som, modem e rede. Tem como maior objetivo diminuir o preço das placas ou componentes, mas em caso de defeito o dispositivo não será recuperável, como normalmente as placas vem com slots disponíveis a solução seria a substituição por uma placa.
  • 5. PLACA-MÃECONTROLADO RES Off-board: são os componentes ou circuitos que funcionam independentemente da placa mãe e por isso, são separados, tendo sua própria forma de trabalhar e não usando o processador, geralmente, quando vídeo, som, modem ou rede, o dispositivo é "ligado" a placa-mãe usando os slots de expansão para isso, têm um preço mais elevado que os dispositivos on-board, sendo quase que totalmente o contrário em todos os aspectos do tipo on-board, ou seja, praticamente todo o processamento é realizado pelo próprio chipset encontrado na placa do dispositivo.
  • 6. PLACA-MÃECONTROLADO RES
  • 7. PLACA-MÃEMODELOS AT AT é a sigla para Advanced Tecnology.Trata-se de um tipo de placa-mãe já antiga. Seu uso foi constante de 1983 até 1996. Um dos fatores que contribuíram para que o padrão AT deixasse de ser usado (e o ATX fosse criado), é o espaço interno reduzido, que com a instalação dos vários cabos do computador (flat cable, alimentação), dificultavam a circulação de ar, acarretando, em alguns casos danos permanentes à máquina devido ao super aquecimento.
  • 8. PLACA-MÃEAT
  • 9. PLACA-MÃEMODELOS ATX ATX é a sigla para (Advanced Technology Extended). Pelo nome, é possível notar que trata-se do padrão AT aperfeiçoado. Um dos principais desenvolvedores do ATX foi a Intel. O objetivo do ATX foi de solucionar os problemas do padrão AT (citados anteriormente), o padrão apresenta uma série de melhorias em relação ao anterior. Atualmente a maioria dos computadores novos vêm baseados neste padrão. Quanto à fonte de alimentação, encontramos melhoras significativas. A começar pelo conector de energia ligado à placa-mãe. Ao contrário do padrão AT, não é possível encaixar o plug de forma invertida. Cada orifício do conector possui um formato, que dificulta o encaixe errado.
  • 10. PLACA-MÃEATX
  • 11. PLACA-MÃECOMPONENTE S Existem alguns componentes que são extremamente importantes e que não mudam, quer dizer que em qualquer placa- mãe esses componentes estarão presentes, são eles: Soquete para o processador; Slots; Conectores; BIOS, CMOS; Bateria; CHIPSET (Norte e Sul). Vamos explicar cada um desses componentes, função, importância.
  • 12. PLACA-MÃESOQUETE O processador fica encaixado no soquete devendo observar que uma placa-mãe não aceita qualquer tipo de processador, pois é desenvolvida para soquetes específicos. Cada tipo de processador tem características que o diferenciam de outros modelos, a quantidade de pinos, por exemplo, ou o barramento da ponte norte. Assim sendo, a placa-mãe deve ser desenvolvida para aceitar determinados processadores.
  • 13. PLACA-MÃESOQUETE
  • 14. PLACA-MÃESLOTSSlot é um termo em inglês para designar ranhura,fenda, conector, encaixe ou espaço. Sua função é ligaros periféricos ao barramento e suas velocidades sãocorrespondentes as do seus respectivos barramentos.Nas placas-mãe são encontrados vários slots para oencaixe de placas (memória, vídeo, som, modem erede por exemplo).Alguns exemplos de slots: ISA, PCI, AGP, PCI Express.
  • 15. PLACA-MÃESLOTS
  • 16. PLACA-MÃECONECTORES Um conector é um dispositivo que efetua a ligação entre uma porta de saída de um determinado equipamento e a porta de entrada de outro (por exemplo, entre um computador e um periférico). Exemplos de conectores: Conector IDE - Usado para conectar HDs, Drives CD/DVD; Conector SATA - Usado para conectar HDs, Drives CD/DVD; Conector PS2; - Usado para conectar Mouses e Teclados; Porta Paralela - Usada para conectar impressoras antigas; Conector USB – Conector universal; Firewire – Parecido com o conector USB e é bem mais rápido que o USB 2.0.
  • 17. PLACA-MÃECONECTORES
  • 18. PLACA-MÃECMOS
  • 19. PLACA-MÃEBATERIA Com as mudanças que ocorreram na estrutura das placas-mãe, amemória utilizada para salvar os dados de inicialização e BIOSdeixou de ser volátil. Assim, as informações já não seriam maisperdidas, mesmo que houvesse falhas na alimentação de energia.As baterias passaram, então, a ser parte integrante do sistema RTC(Real Time Clock ou relógio em tempo real, em português). Dessaforma, a bateria de lítio acoplada à placa-mãe passa a serresponsável apenas pela manutenção da energia elétrica do relógiointerno. Logo, caso a pilha seja descarregada, o computador nãosofre grandes perdas de dados.
  • 20. PLACA-MÃEBATERIA