Aterramento EletrônicoO aterramento é parte fundamental para o sistema elétrico e osequipamentos interligados visto que pr...
O que é necessário para fazer um Aterramento                                1.   Caixa de Inspeção                        ...
PARA QUE SERVE O ATERRAMENTO ELÉTRICO?O aterramento elétrico tem três funções principais:A– Proteger o usuário e equipamen...
Um bom aterramento é o maior parceiro de uma instalaçãoelétrica segura. O aterramento é obrigatório segundo a normaregulam...
Mas afinal, o que é aterramento?De forma simples podemos definir aterramento como a prática de conectar aparelhoselétricos...
Fazendo um aterramento• Para fazer o aterramento, faz-se necessário: haste de cobre  (ou alumínio), conectores, condutores...
5. Com a haste já cravada, faça um buraco em volta, para colocar a   caixa de inspeção (serve para abrigar o conector hast...
Aterramento
IMPLICAÇÕES DE UM MAU ATERRAMENTOAo contrário do que muitos pensam, os problemas que um aterramento deficiente podecausar ...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

2ª Unidade Aterramento

989

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
989
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
26
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Transcript of "2ª Unidade Aterramento"

  1. 1. Aterramento EletrônicoO aterramento é parte fundamental para o sistema elétrico e osequipamentos interligados visto que protege o usuário do choqueelétrico e os equipamentos de interferências. Muitas unidadesresidenciais e/ou industriais não possuem aterramento por causadas dificuldades técnicas ou do custo operacional.
  2. 2. O que é necessário para fazer um Aterramento 1. Caixa de Inspeção 2. Haste de Aterramento 3. Braçadeira 4. Grelha ou tampa 5. Fio encapado de 12 mm 6. Eletroduto de PVC
  3. 3. PARA QUE SERVE O ATERRAMENTO ELÉTRICO?O aterramento elétrico tem três funções principais:A– Proteger o usuário e equipamento das descargas elétricas,através da viabilização de um caminho alternativo para a terra.B – “Descarregar” cargas estáticas acumuladas nas carcaças dasmáquinas ou equipamentos para a terra.C – Facilitar o funcionamento dos dispositivos de proteção(fusíveis, disjuntores, etc.), através da corrente desviada para aterra.Veremos, mais adiante, que existem várias outras funções para oaterramento elétrico.
  4. 4. Um bom aterramento é o maior parceiro de uma instalaçãoelétrica segura. O aterramento é obrigatório segundo a normaregulamentadora das instalações elétricas de baixa tensão NBR5410, sendo parte importantíssima de qualquer instalaçãoelétrica.É importante lembrar que se ocondomínio já possuiraterramento, qualquer novainstalação deve ser conectadano mesmo, e não efetuar umanova malha de terra.
  5. 5. Mas afinal, o que é aterramento?De forma simples podemos definir aterramento como a prática de conectar aparelhoselétricos à terra, para que em caso de uma eventual fuga de corrente destesaparelhos, esta corrente escoe pela terra, e não ponha em risco pessoas que tenhamcontato com tais equipamentos.Obviamente que conectar aparelhos à terra não é tarefa simples. Esta conexão é feitacom cabos e varas de cobre adequadas, precedida de estudos de solo, e mediçõescom instrumentos específicos.Só um profissional qualificado têm competência para efetuar um aterramentoadequado.Com a popularização do computador, o aterramento tornou-se mais popular, porém éimportante lembrar que não somente para o computador, mas para aparelhos comomáquinas de lavar, geladeiras, e principalmente chuveiros, o aterramento éimprescindível.É muito comum encontrarmos em muitas residências aterramentos feitos por pessoasnão qualificadas, que acreditam que o simples fato de fincar uma vara de aterramentono chão já garante a proteção. Como dissemos, um aterramento adequado envolve:estudos de solo, medições específicas, material adequado, e o aval de umprofissional qualificado.
  6. 6. Fazendo um aterramento• Para fazer o aterramento, faz-se necessário: haste de cobre (ou alumínio), conectores, condutores e tratamento químico do solo (quando preciso). Para cravar a haste no solo, podemos seguir o seguinte roteiro:1. Fazer um buraco na terra e colocar uma mangueira dágua para umidecer a terra, que tenderá a ficar mais branda.2. Após esperar alguns minutos, comece a fincar a haste com as mãos até onde conseguir. Retire a haste e coloque mais água.3. Repita este processo até não conseguir mais enterrá-la com as mãos. Agora utilize a marreta. (Se conseguir, retire a haste e coloque mais água).4. Quando não conseguir mais retirar a haste, utilize a marreta até sobre apenas 10cm de haste pra fora da terra.
  7. 7. 5. Com a haste já cravada, faça um buraco em volta, para colocar a caixa de inspeção (serve para abrigar o conector haste-condutor, de modo a evitar desgaste físico e acidentes).6 Para conectar a haste ao condutor, utiliza-se: conector ou solda (permanente). A solda é a melhor conexão, visto que o resultado obtido com a explosão é praticamente a inexistência da resistência de contato (requer mão-de-obra especializada para prover a ligação).7 Caso utilize conectores, faz-se necessária manutenção periódica, pois a corrosão com o tempo (devido a oxidação) aumenta a resistência de contato condutor-haste, reduzindo a eficiência do aterramento.
  8. 8. Aterramento
  9. 9. IMPLICAÇÕES DE UM MAU ATERRAMENTOAo contrário do que muitos pensam, os problemas que um aterramento deficiente podecausar não se limitam apenas aos aspectos de segurança. É bem verdade que os principaisefeitos de uma máquina mal aterrada são choques elétricos ao operador, e resposta lenta(ou ausente) dos sistemas de proteção (fusíveis, disjuntores, etc...). Mas outros problemasoperacionais podem ter origem no aterramento deficiente. Abaixo segue uma pequenalista do que já observamos em campo. Caso alguém se identifique com algum dessesproblemas, e ainda não checou seu aterramento, está aí à dica: 1. Em caso de computadores pessoais, funcionamento irregular com constantes “travamentos”. 2. Queima de placas eletrônicas sem razão; 3. Para equipamentos com monitores de vídeo, interferências na imagem e ondulações podem ocorrer; 4. Quebra de comunicação entre máquina e PC em modo on-line
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×